SlideShare uma empresa Scribd logo
Atividade 20 O universo e a Terra Exercícios de Aplicação p.261
01. A teoria do  Big Bang  diz que toda matéria existente estava concentrada em um ponto, e uma forte “explosão” fez com que ela se fragmentasse e sofresse expansão, criando o Universo.
02. Dizia que a crosta terrestre é constituída por uma massa sólida mais leve que flutua sobre um substrato mais denso, o que faz com que as massas continentais se desloquem e se choquem.
03. As evidências eram semelhanças geológicas no clima, no relevo entre as áreas de possível contato no passado, além de espécies animais e vegetais com ancestrais comuns.
04. Surgiu a teoria das Placas Tectônicas, em que a litosfera é formada por vários fragmentos ou placas e sobre essas placas encontram-se os continentes e o assoalho dos oceanos. Todas as placas flutuam sobre o manto por serem mais sólidas.
05. É importante para compreendermos a formação das montanhas, os terremotos e os maremotos. O encontro de duas placas dá origem a terremotos e vulcanismos.
 
Atividade 21 O aparecimento da vida Exercícios de Aplicação p.264
01. C.B.E.A.D 02. Acredita-se que as primeiras manifestações de vida ocorreram há cerca de 600 milhões de anos, depois do surgimento da Terra, e que essa manifestação ocorreu na água.
03. Era habitada por répteis de grande porte. 04. A) peixes; B) dinossauros, pterossauros; C) glaciação.
05. Caracterizam-se pela queda acentuada da temperatura na superfície do planeta e por um avanço da superfície das áreas de gelo nos pólos e nas montanhas.
06.  diminuição dos níveis dos mares, com a formação das geleiras; mudanças na distribuição da vegetação; desaparecimento de vários tipos de animais e vegetais.
07. Por causa da redução do nível da água dos mares apareceu uma ligação de terra entre os continentes americano e asiático (na região do Alasca) e supõe-se que por essa passagem os seres humanos teriam chegado à América.
Atividade 22 As rochas e a estrutura geológica Exercícios de Aplicação p.266
01. A rocha pode ser definida como agrupamento de minerais ou apenas um mineral solidificado, composto de elementos químicos. O mineral é um elemento ou composto químico resultante de processos inorgânicos e de composição química definida.
02. As rochas magmáticas, ao sofrerem o efeito da erosão, transformam-se em rochas sedimentares. Tanto as rochas magmáticas quanto as sedimentares podem sofrer o processo de metamorfismo em diferentes condições de pressão e temperatura.
03. ígneas ou magmáticas; Metamórficas e as sedimentares. 04. b.c.a 05.  A)  V  B)  V  C)  F  D)  V  E)  F
06. As estalactites e as estalagmites se originam da precipitação e posterior solidificação de bicarbonato de cálcio, dissolvido na água. As estalactites são as colunas que pendem do teto e as estalagmites, as que se formam do piso para o teto.
07. Erosão; Granito; Calcário; Falha; Metamórficas; Sedimentares. 08.  a) granito, gnaisse. B)Serra do Mar; Mantiqueira; C) intrusiva ou protônica; Extrusiva ou vulcânica; basalto.
09. A decomposição do basalto dá origem ao solo de terra roxa, encontrado em grandes áreas do Centro-Sul do Brasil.
Atividade 23 A dinâmica interna do relevo Exercícios de Aplicação p.269
01. Os vulcões e os terremotos ocorrem nas regiões de encontro de placas tectônicas. Esses locais favorecem o vazamento do magma, do interior da Terra para a superfície (vulcanismo). Os movimentos das placas tectônicas podem causar terremotos.
02. Tectonismo compreende todos os movimentos que deslocam e deformam as rochas que constituem a crosta terrestre, geralmente lentos e prolongados. 03. a)  movimento epirogênico ; do norte ; Escandinávia ;
3.  b)  movimento orogênicos . C)  dobramentos  e os  falhamentos . 04.  A)  dobramento ;  grandes cadeias montanhosas ; B)  falhamento ;  fossas tectônicas .
05. Portanto, o terremoto é produzido pela ruptura de rochas provocada por acomodações geológicas das camadas internas da crosta terrestre pela movimentação das placas tectônicas.
06. B.C.D.A 07.  A:  Câmara magmática B:  Chaminé C:  Cratera D:  Lavas vulcânica E:  Erupção vulcânica F: Cone vulcânico .
08. São originados pela dinâmica interna do planeta e provocam o surgimento dos vulcões. 09. Estudar os vulcões se justifica porque, além de os dados coletados auxiliarem no estudo das placas tectônicas, dos terremotos, prevê-los possibilita retirar a população da área, antes que seja atingida.
10. É o cinturão ou alinhamento de áreas de vulcanismo. O Círculo de Fogo do Pacífico é o mais conhecido e com a maior concentração de vulcões.
11.  A)  rochas ;  lava ;  combinações químicas ;  vapor de água . B)  edifício vulcânico ;  cratera ;  chaminé vulcânica . C)  oceanos .
12. No Brasil, não há vulcões em atividade, porque as últimas manifestações vulcânicas ocorreram na era Mesozóica.
13 A) Sua formação ocorre quando a câmara vulcânica está próxima de lençóis freáticos. As rochas são aquecidas e fazem a água do subsolo entrar em ebulição. Essa água atravessa a fenda das rochas e esguicha em intervalos regulares.
13.B) Islândia, Nova Zelândia e nos Estados Unidos (Parque Nacional Yellowstone) C) Os gêiseres expelem a água no sentido vertical. D) Não. Constituem as fontes termais, como as de Araxá, Poços de Caldas e Caldas Novas, todas no Brasil
Atividade 24 A dinâmica externa do relevo Exercícios de Aplicação p. 274
01. A água, o vento e os seres vivos, por meio de um trabalho chamado erosão, que compreende três etapas: o desgaste, o transporte e a deposição dos materiais que formam a crosta terrestre.
02. Provoca erosão e transporte com as enxurradas e o acúmulo de sedimentos nos vales e nos leitos dos rios, em razão da deposição.  03. 3. 4. 1. 5. 2 04. O ditado mostra a ação da água enquanto agente transformador do relevo. Um processo lento, mas de grande impacto ao longo do tempo.
05. A água é o mais importante agente erosivo do relevo, agindo sob várias formas: chuva, rios, gelo, mares e água subterrânea, enxurrada. 06. Alternativa E Os fiordes formam-se a partir dos vales glaciais invadidos pelas águas do mar.
07. Alternativa C 08.  A) natureza das rochas; declividade do terreno; velocidade do fluxo da água; forca das correntezas. B) rio Colorado;  C) Cânios. D) cânios.
09. A) praias, restingas, recifes e tômbolos. B)  C) restinga; recifes; tômbolos; praias.  10. C. A. D. B. F. E. 11. I. E. E. E. E. I. I.
12. Porque os  icebergs  flutuam nos oceanos e nos mares, podendo se chocar com os navios 13. Essa paisagem é um deserto com dunas. O agente externo que mais age nessa paisagem é o vento.
Atividade 25 Estrutura geológica do relevo mundial Exercícios de Aplicação P. 277
É formada por escudos cristalinos, bacias sedimentares e dobramentos modernos. B. C. A.
3. são formadas por granitos e gnaisses bastante rígidos. Ao seu redor estão as rochas sedimentares. Quanto à superfície, sofreram forte processo erosivo, portanto são bastante desgastadas e geralmente apresentam altitudes modestas. São terrenos cristalinos antigos e estáveis. Exemplos: escudo canadense, sul-africano, guiano, brasileiro, entre outros.
4. O petróleo e o carvão mineral, combustíveis fósseis, são encontrados nas bacias sedimentares, onde foram comprimidos pelo peso das camadas sedimentares, em geral arenitos, areias, argila e calcário.
5. se formaram por movimentos orogenéticos ocorridos pela ação da tectônica de placas. São terrenos jovens e instáveis, com predominância de rochas sedimentares, que se moldaram às pressões horizontais da crosta terrestre. Exemplos: a cordilheira dos Andes, as montanhas Rochosas, a cordilheira do Himalaia, os Alpes, a cadeia do Atlas, o Cáucaso.
Atividade 26 As formas de relevo Exercícios de Aplicação P. 278.
1. É importante conhecer as formas de relevo para que as atividades humanas, ao interferir nessas formas, respeitem a natureza e não provoquem a degradação do meio ambiente.
2. Relevo são as diferentes formas de terreno que aparecem na superfície da Terra. As principais formas de relevo são: montanhas, planaltos, planícies e depressões. 3. Resposta pessoal. 4. E. C. D. A. B
05.  A) Surgem as montanhas. B) Esse processo consiste no choque de duas placas tectônicas, o que dá origem ao dobramento da superfície terrestre onde se constitui uma cadeia de montanhas.
06.  A) A palavra geomorfologia vem do grego e significa “estudo das formas da Terra”. B) A geomorfologia estuda também os processos (internos e externos) de sua formação e a sua estrutura, considerando a escala das eras geológicas.
07. Planície; planalto; montanhas. 08. São formadas pelo processo de sedimentação e apresentam altitude menor que a dos planaltos que são formados pelo processo de erosão. 09. D. C. A. B
10. O nível do mar marca o limite entre o relevo continental e o relevo submarino. É o nível zero usado para determinar as medidas de altitude e profundidade.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Geologia
GeologiaGeologia
Geologia
rsaloes
 
Aula 4 a geomorfologia e as diferentes feições do relevo
Aula 4 a geomorfologia e as diferentes feições do relevoAula 4 a geomorfologia e as diferentes feições do relevo
Aula 4 a geomorfologia e as diferentes feições do relevo
geopedrote
 
Dinâmica interna e externa do relevo
Dinâmica interna e externa do relevoDinâmica interna e externa do relevo
Dinâmica interna e externa do relevo
João José Ferreira Tojal
 
Geomorfologia
GeomorfologiaGeomorfologia
Geomorfologia
profleofonseca
 
Estrutura geológica 2010
Estrutura geológica 2010Estrutura geológica 2010
Estrutura geológica 2010
landipaula
 
Sagrada familia 1 ano resolução de atividades
Sagrada familia 1 ano resolução de atividadesSagrada familia 1 ano resolução de atividades
Sagrada familia 1 ano resolução de atividades
Jose Luiz de Oliveira
 
Dinâmica interna e externa do relevo
Dinâmica interna e externa do relevoDinâmica interna e externa do relevo
Dinâmica interna e externa do relevo
João José Ferreira Tojal
 
Aula 2 geo
Aula 2 geoAula 2 geo
Aula 02 auxiliar de mineração (geologia) ll
Aula 02 auxiliar de mineração (geologia) llAula 02 auxiliar de mineração (geologia) ll
Aula 02 auxiliar de mineração (geologia) ll
Homero Alves de Lima
 
Litosfera e relevo
Litosfera e relevoLitosfera e relevo
Litosfera e relevo
flaviocosac
 
Estrutura Forma Relevo
Estrutura Forma RelevoEstrutura Forma Relevo
Estrutura Forma Relevo
antoniogeo
 
Estruturaerochas
EstruturaerochasEstruturaerochas
Estruturaerochas
Professor
 
As províncias Geológicas
As províncias Geológicas As províncias Geológicas
As províncias Geológicas
Samuel Araújo
 
Formação e Transformação do Relevo Terrestre
Formação e Transformação do Relevo TerrestreFormação e Transformação do Relevo Terrestre
Formação e Transformação do Relevo Terrestre
Mauricio Martins
 
Ambientes de Sedimentação e Tempo Geológico
Ambientes de Sedimentação  e Tempo GeológicoAmbientes de Sedimentação  e Tempo Geológico
Ambientes de Sedimentação e Tempo Geológico
Yago Matos
 
Os Agentes do Relevo - Geografia
Os Agentes do Relevo - GeografiaOs Agentes do Relevo - Geografia
Os Agentes do Relevo - Geografia
Antonio Pinto Pereira
 
Texto Intemperismo e Erosão
Texto Intemperismo e ErosãoTexto Intemperismo e Erosão
Texto Intemperismo e Erosão
CADUCOCFRENTE2
 
Geografia a formacao do relevo, suas formas e diferentes tipos
Geografia   a formacao do relevo, suas formas e diferentes tiposGeografia   a formacao do relevo, suas formas e diferentes tipos
Geografia a formacao do relevo, suas formas e diferentes tipos
Gustavo Soares
 

Mais procurados (18)

Geologia
GeologiaGeologia
Geologia
 
Aula 4 a geomorfologia e as diferentes feições do relevo
Aula 4 a geomorfologia e as diferentes feições do relevoAula 4 a geomorfologia e as diferentes feições do relevo
Aula 4 a geomorfologia e as diferentes feições do relevo
 
Dinâmica interna e externa do relevo
Dinâmica interna e externa do relevoDinâmica interna e externa do relevo
Dinâmica interna e externa do relevo
 
Geomorfologia
GeomorfologiaGeomorfologia
Geomorfologia
 
Estrutura geológica 2010
Estrutura geológica 2010Estrutura geológica 2010
Estrutura geológica 2010
 
Sagrada familia 1 ano resolução de atividades
Sagrada familia 1 ano resolução de atividadesSagrada familia 1 ano resolução de atividades
Sagrada familia 1 ano resolução de atividades
 
Dinâmica interna e externa do relevo
Dinâmica interna e externa do relevoDinâmica interna e externa do relevo
Dinâmica interna e externa do relevo
 
Aula 2 geo
Aula 2 geoAula 2 geo
Aula 2 geo
 
Aula 02 auxiliar de mineração (geologia) ll
Aula 02 auxiliar de mineração (geologia) llAula 02 auxiliar de mineração (geologia) ll
Aula 02 auxiliar de mineração (geologia) ll
 
Litosfera e relevo
Litosfera e relevoLitosfera e relevo
Litosfera e relevo
 
Estrutura Forma Relevo
Estrutura Forma RelevoEstrutura Forma Relevo
Estrutura Forma Relevo
 
Estruturaerochas
EstruturaerochasEstruturaerochas
Estruturaerochas
 
As províncias Geológicas
As províncias Geológicas As províncias Geológicas
As províncias Geológicas
 
Formação e Transformação do Relevo Terrestre
Formação e Transformação do Relevo TerrestreFormação e Transformação do Relevo Terrestre
Formação e Transformação do Relevo Terrestre
 
Ambientes de Sedimentação e Tempo Geológico
Ambientes de Sedimentação  e Tempo GeológicoAmbientes de Sedimentação  e Tempo Geológico
Ambientes de Sedimentação e Tempo Geológico
 
Os Agentes do Relevo - Geografia
Os Agentes do Relevo - GeografiaOs Agentes do Relevo - Geografia
Os Agentes do Relevo - Geografia
 
Texto Intemperismo e Erosão
Texto Intemperismo e ErosãoTexto Intemperismo e Erosão
Texto Intemperismo e Erosão
 
Geografia a formacao do relevo, suas formas e diferentes tipos
Geografia   a formacao do relevo, suas formas e diferentes tiposGeografia   a formacao do relevo, suas formas e diferentes tipos
Geografia a formacao do relevo, suas formas e diferentes tipos
 

Destaque

Deriva continental e os Dinossauros
Deriva continental e os DinossaurosDeriva continental e os Dinossauros
Deriva continental e os Dinossauros
Andrea Barreto
 
Falhas e Dobras
Falhas e Dobras   Falhas e Dobras
Falhas e Dobras
vialongadt
 
Dobras E Falhas
Dobras E FalhasDobras E Falhas
Dobras E Falhas
Sérgio Luiz
 
Avaliação bimestral de geografia 6º ano
Avaliação bimestral de geografia 6º anoAvaliação bimestral de geografia 6º ano
Avaliação bimestral de geografia 6º ano
Atividades Diversas Cláudia
 
Avaliação de geografia 6º ano - 1º bimestre
Avaliação de geografia 6º ano - 1º bimestreAvaliação de geografia 6º ano - 1º bimestre
Avaliação de geografia 6º ano - 1º bimestre
Priscila Silva Andrade
 
Avaliação de geografia 4ºbimestre
Avaliação de geografia 4ºbimestreAvaliação de geografia 4ºbimestre
Avaliação de geografia 4ºbimestre
Dayenne Sousa Alencar
 

Destaque (6)

Deriva continental e os Dinossauros
Deriva continental e os DinossaurosDeriva continental e os Dinossauros
Deriva continental e os Dinossauros
 
Falhas e Dobras
Falhas e Dobras   Falhas e Dobras
Falhas e Dobras
 
Dobras E Falhas
Dobras E FalhasDobras E Falhas
Dobras E Falhas
 
Avaliação bimestral de geografia 6º ano
Avaliação bimestral de geografia 6º anoAvaliação bimestral de geografia 6º ano
Avaliação bimestral de geografia 6º ano
 
Avaliação de geografia 6º ano - 1º bimestre
Avaliação de geografia 6º ano - 1º bimestreAvaliação de geografia 6º ano - 1º bimestre
Avaliação de geografia 6º ano - 1º bimestre
 
Avaliação de geografia 4ºbimestre
Avaliação de geografia 4ºbimestreAvaliação de geografia 4ºbimestre
Avaliação de geografia 4ºbimestre
 

Semelhante a 6ano grupo 04 atividade 20

Estrutura geológica e Formação do relevo Brasileiro.
Estrutura geológica e Formação do relevo Brasileiro.Estrutura geológica e Formação do relevo Brasileiro.
Estrutura geológica e Formação do relevo Brasileiro.
Fernando Bueno
 
43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx
43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx
43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx
alessandraoliveira324
 
43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx
43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx
43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx
Centro Educacional Nilton Oliveira Santos -CENOS
 
Estudo de geografia 6º ano – 3º trimestre – Novembro – 2012 – Prof.ª Ana ...
Estudo de geografia    6º ano – 3º trimestre – Novembro – 2012 – Prof.ª Ana  ...Estudo de geografia    6º ano – 3º trimestre – Novembro – 2012 – Prof.ª Ana  ...
Estudo de geografia 6º ano – 3º trimestre – Novembro – 2012 – Prof.ª Ana ...
Luiza Collet
 
Margens oceanicass
Margens oceanicassMargens oceanicass
Margens oceanicass
Guachaarmando Paulo
 
Planeta terra Turmas (11 e 12)
Planeta terra Turmas (11 e 12)Planeta terra Turmas (11 e 12)
Planeta terra Turmas (11 e 12)
Jose Luiz de Oliveira
 
Aula1 - Megaestruturas
Aula1 - MegaestruturasAula1 - Megaestruturas
Aula1 - Megaestruturas
Leonardo Felipe
 
Revisão Geologia Geral 2012 - SARTRE
Revisão Geologia Geral 2012 - SARTRERevisão Geologia Geral 2012 - SARTRE
Revisão Geologia Geral 2012 - SARTRE
Carlos Eduardo Oliveira
 
Aula Geografia
Aula Geografia Aula Geografia
Aula Geografia
Cris Crepaldi
 
Construção do modulado terrestre
Construção do modulado terrestreConstrução do modulado terrestre
Construção do modulado terrestre
Adriana Gomes Messias
 
N aula estrut evol da terra_relevo
N aula estrut evol da terra_relevoN aula estrut evol da terra_relevo
N aula estrut evol da terra_relevo
Péricles Penuel
 
CN: A tectonica de placas
CN: A tectonica de placasCN: A tectonica de placas
CN: A tectonica de placas
nelsonesim
 
Agentes formadores do relevo
Agentes formadores do relevoAgentes formadores do relevo
Agentes formadores do relevo
Fernando M. Knapik
 
Abalos Sismicos No Brasil E No Mundo
Abalos Sismicos No Brasil E No MundoAbalos Sismicos No Brasil E No Mundo
Abalos Sismicos No Brasil E No Mundo
Planeta Diário Online
 
Apresentação estrutura interna
Apresentação estrutura interna Apresentação estrutura interna
Apresentação estrutura interna
LUIS ABREU
 
Aula 1.2 revisão intemperismo
Aula 1.2 revisão intemperismoAula 1.2 revisão intemperismo
Aula 1.2 revisão intemperismo
karolpoa
 
Geologia2010 11
Geologia2010 11Geologia2010 11
Geologia2010 11
alfredo1ssa
 
530 27 03_2012_arquivo
530 27 03_2012_arquivo530 27 03_2012_arquivo
530 27 03_2012_arquivo
Christiane Campos
 
Litosfera
LitosferaLitosfera
Apresentação estrutura interna
Apresentação estrutura interna Apresentação estrutura interna
Apresentação estrutura interna
LUIS ABREU
 

Semelhante a 6ano grupo 04 atividade 20 (20)

Estrutura geológica e Formação do relevo Brasileiro.
Estrutura geológica e Formação do relevo Brasileiro.Estrutura geológica e Formação do relevo Brasileiro.
Estrutura geológica e Formação do relevo Brasileiro.
 
43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx
43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx
43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx
 
43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx
43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx
43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx
 
Estudo de geografia 6º ano – 3º trimestre – Novembro – 2012 – Prof.ª Ana ...
Estudo de geografia    6º ano – 3º trimestre – Novembro – 2012 – Prof.ª Ana  ...Estudo de geografia    6º ano – 3º trimestre – Novembro – 2012 – Prof.ª Ana  ...
Estudo de geografia 6º ano – 3º trimestre – Novembro – 2012 – Prof.ª Ana ...
 
Margens oceanicass
Margens oceanicassMargens oceanicass
Margens oceanicass
 
Planeta terra Turmas (11 e 12)
Planeta terra Turmas (11 e 12)Planeta terra Turmas (11 e 12)
Planeta terra Turmas (11 e 12)
 
Aula1 - Megaestruturas
Aula1 - MegaestruturasAula1 - Megaestruturas
Aula1 - Megaestruturas
 
Revisão Geologia Geral 2012 - SARTRE
Revisão Geologia Geral 2012 - SARTRERevisão Geologia Geral 2012 - SARTRE
Revisão Geologia Geral 2012 - SARTRE
 
Aula Geografia
Aula Geografia Aula Geografia
Aula Geografia
 
Construção do modulado terrestre
Construção do modulado terrestreConstrução do modulado terrestre
Construção do modulado terrestre
 
N aula estrut evol da terra_relevo
N aula estrut evol da terra_relevoN aula estrut evol da terra_relevo
N aula estrut evol da terra_relevo
 
CN: A tectonica de placas
CN: A tectonica de placasCN: A tectonica de placas
CN: A tectonica de placas
 
Agentes formadores do relevo
Agentes formadores do relevoAgentes formadores do relevo
Agentes formadores do relevo
 
Abalos Sismicos No Brasil E No Mundo
Abalos Sismicos No Brasil E No MundoAbalos Sismicos No Brasil E No Mundo
Abalos Sismicos No Brasil E No Mundo
 
Apresentação estrutura interna
Apresentação estrutura interna Apresentação estrutura interna
Apresentação estrutura interna
 
Aula 1.2 revisão intemperismo
Aula 1.2 revisão intemperismoAula 1.2 revisão intemperismo
Aula 1.2 revisão intemperismo
 
Geologia2010 11
Geologia2010 11Geologia2010 11
Geologia2010 11
 
530 27 03_2012_arquivo
530 27 03_2012_arquivo530 27 03_2012_arquivo
530 27 03_2012_arquivo
 
Litosfera
LitosferaLitosfera
Litosfera
 
Apresentação estrutura interna
Apresentação estrutura interna Apresentação estrutura interna
Apresentação estrutura interna
 

Mais de Joao Paulo

Correções dos 7 ano
Correções dos 7 anoCorreções dos 7 ano
Correções dos 7 ano
Joao Paulo
 
Correções dos 8 anos
Correções dos 8 anosCorreções dos 8 anos
Correções dos 8 anos
Joao Paulo
 
Ee maria rita c postar
Ee maria rita c postarEe maria rita c postar
Ee maria rita c postar
Joao Paulo
 
Trabalho de educon 1408
Trabalho de educon 1408Trabalho de educon 1408
Trabalho de educon 1408
Joao Paulo
 
O.T 8 ano atividade 40 a 43.
O.T 8 ano atividade 40 a 43.O.T 8 ano atividade 40 a 43.
O.T 8 ano atividade 40 a 43.
Joao Paulo
 
8b
 8b 8b
Sociologia e ecologia
Sociologia e ecologiaSociologia e ecologia
Sociologia e ecologia
Joao Paulo
 
Sociologia e ecologia
Sociologia e ecologiaSociologia e ecologia
Sociologia e ecologia
Joao Paulo
 
Amanda digitacao
Amanda digitacaoAmanda digitacao
Amanda digitacao
Joao Paulo
 
6ano grupo 04 atividade 20
6ano grupo 04 atividade 206ano grupo 04 atividade 20
6ano grupo 04 atividade 20
Joao Paulo
 
6ano grupo 04 atividade 20
6ano grupo 04 atividade 206ano grupo 04 atividade 20
6ano grupo 04 atividade 20
Joao Paulo
 
7ano atividade 18 a 27
7ano atividade 18 a 277ano atividade 18 a 27
7ano atividade 18 a 27
Joao Paulo
 
Atividade de geografia 6 ano
Atividade de geografia 6 anoAtividade de geografia 6 ano
Atividade de geografia 6 ano
Joao Paulo
 
Atividade complementar de_7ano
Atividade complementar de_7anoAtividade complementar de_7ano
Atividade complementar de_7ano
Joao Paulo
 
Novo(a) apresentação do microsoft office power point (3)
Novo(a) apresentação do microsoft office power point (3)Novo(a) apresentação do microsoft office power point (3)
Novo(a) apresentação do microsoft office power point (3)
Joao Paulo
 
Trabalho geografia
Trabalho geografiaTrabalho geografia
Trabalho geografia
Joao Paulo
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
Joao Paulo
 
Maikoooo
MaikooooMaikoooo
Maikoooo
Joao Paulo
 
Geografia
GeografiaGeografia
Geografia
Joao Paulo
 
Unicef
UnicefUnicef
Unicef
Joao Paulo
 

Mais de Joao Paulo (20)

Correções dos 7 ano
Correções dos 7 anoCorreções dos 7 ano
Correções dos 7 ano
 
Correções dos 8 anos
Correções dos 8 anosCorreções dos 8 anos
Correções dos 8 anos
 
Ee maria rita c postar
Ee maria rita c postarEe maria rita c postar
Ee maria rita c postar
 
Trabalho de educon 1408
Trabalho de educon 1408Trabalho de educon 1408
Trabalho de educon 1408
 
O.T 8 ano atividade 40 a 43.
O.T 8 ano atividade 40 a 43.O.T 8 ano atividade 40 a 43.
O.T 8 ano atividade 40 a 43.
 
8b
 8b 8b
8b
 
Sociologia e ecologia
Sociologia e ecologiaSociologia e ecologia
Sociologia e ecologia
 
Sociologia e ecologia
Sociologia e ecologiaSociologia e ecologia
Sociologia e ecologia
 
Amanda digitacao
Amanda digitacaoAmanda digitacao
Amanda digitacao
 
6ano grupo 04 atividade 20
6ano grupo 04 atividade 206ano grupo 04 atividade 20
6ano grupo 04 atividade 20
 
6ano grupo 04 atividade 20
6ano grupo 04 atividade 206ano grupo 04 atividade 20
6ano grupo 04 atividade 20
 
7ano atividade 18 a 27
7ano atividade 18 a 277ano atividade 18 a 27
7ano atividade 18 a 27
 
Atividade de geografia 6 ano
Atividade de geografia 6 anoAtividade de geografia 6 ano
Atividade de geografia 6 ano
 
Atividade complementar de_7ano
Atividade complementar de_7anoAtividade complementar de_7ano
Atividade complementar de_7ano
 
Novo(a) apresentação do microsoft office power point (3)
Novo(a) apresentação do microsoft office power point (3)Novo(a) apresentação do microsoft office power point (3)
Novo(a) apresentação do microsoft office power point (3)
 
Trabalho geografia
Trabalho geografiaTrabalho geografia
Trabalho geografia
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
 
Maikoooo
MaikooooMaikoooo
Maikoooo
 
Geografia
GeografiaGeografia
Geografia
 
Unicef
UnicefUnicef
Unicef
 

6ano grupo 04 atividade 20

  • 1. Atividade 20 O universo e a Terra Exercícios de Aplicação p.261
  • 2. 01. A teoria do Big Bang diz que toda matéria existente estava concentrada em um ponto, e uma forte “explosão” fez com que ela se fragmentasse e sofresse expansão, criando o Universo.
  • 3. 02. Dizia que a crosta terrestre é constituída por uma massa sólida mais leve que flutua sobre um substrato mais denso, o que faz com que as massas continentais se desloquem e se choquem.
  • 4. 03. As evidências eram semelhanças geológicas no clima, no relevo entre as áreas de possível contato no passado, além de espécies animais e vegetais com ancestrais comuns.
  • 5. 04. Surgiu a teoria das Placas Tectônicas, em que a litosfera é formada por vários fragmentos ou placas e sobre essas placas encontram-se os continentes e o assoalho dos oceanos. Todas as placas flutuam sobre o manto por serem mais sólidas.
  • 6. 05. É importante para compreendermos a formação das montanhas, os terremotos e os maremotos. O encontro de duas placas dá origem a terremotos e vulcanismos.
  • 7.  
  • 8. Atividade 21 O aparecimento da vida Exercícios de Aplicação p.264
  • 9. 01. C.B.E.A.D 02. Acredita-se que as primeiras manifestações de vida ocorreram há cerca de 600 milhões de anos, depois do surgimento da Terra, e que essa manifestação ocorreu na água.
  • 10. 03. Era habitada por répteis de grande porte. 04. A) peixes; B) dinossauros, pterossauros; C) glaciação.
  • 11. 05. Caracterizam-se pela queda acentuada da temperatura na superfície do planeta e por um avanço da superfície das áreas de gelo nos pólos e nas montanhas.
  • 12. 06. diminuição dos níveis dos mares, com a formação das geleiras; mudanças na distribuição da vegetação; desaparecimento de vários tipos de animais e vegetais.
  • 13. 07. Por causa da redução do nível da água dos mares apareceu uma ligação de terra entre os continentes americano e asiático (na região do Alasca) e supõe-se que por essa passagem os seres humanos teriam chegado à América.
  • 14. Atividade 22 As rochas e a estrutura geológica Exercícios de Aplicação p.266
  • 15. 01. A rocha pode ser definida como agrupamento de minerais ou apenas um mineral solidificado, composto de elementos químicos. O mineral é um elemento ou composto químico resultante de processos inorgânicos e de composição química definida.
  • 16. 02. As rochas magmáticas, ao sofrerem o efeito da erosão, transformam-se em rochas sedimentares. Tanto as rochas magmáticas quanto as sedimentares podem sofrer o processo de metamorfismo em diferentes condições de pressão e temperatura.
  • 17. 03. ígneas ou magmáticas; Metamórficas e as sedimentares. 04. b.c.a 05. A) V B) V C) F D) V E) F
  • 18. 06. As estalactites e as estalagmites se originam da precipitação e posterior solidificação de bicarbonato de cálcio, dissolvido na água. As estalactites são as colunas que pendem do teto e as estalagmites, as que se formam do piso para o teto.
  • 19. 07. Erosão; Granito; Calcário; Falha; Metamórficas; Sedimentares. 08. a) granito, gnaisse. B)Serra do Mar; Mantiqueira; C) intrusiva ou protônica; Extrusiva ou vulcânica; basalto.
  • 20. 09. A decomposição do basalto dá origem ao solo de terra roxa, encontrado em grandes áreas do Centro-Sul do Brasil.
  • 21. Atividade 23 A dinâmica interna do relevo Exercícios de Aplicação p.269
  • 22. 01. Os vulcões e os terremotos ocorrem nas regiões de encontro de placas tectônicas. Esses locais favorecem o vazamento do magma, do interior da Terra para a superfície (vulcanismo). Os movimentos das placas tectônicas podem causar terremotos.
  • 23. 02. Tectonismo compreende todos os movimentos que deslocam e deformam as rochas que constituem a crosta terrestre, geralmente lentos e prolongados. 03. a) movimento epirogênico ; do norte ; Escandinávia ;
  • 24. 3. b) movimento orogênicos . C) dobramentos e os falhamentos . 04. A) dobramento ; grandes cadeias montanhosas ; B) falhamento ; fossas tectônicas .
  • 25. 05. Portanto, o terremoto é produzido pela ruptura de rochas provocada por acomodações geológicas das camadas internas da crosta terrestre pela movimentação das placas tectônicas.
  • 26. 06. B.C.D.A 07. A: Câmara magmática B: Chaminé C: Cratera D: Lavas vulcânica E: Erupção vulcânica F: Cone vulcânico .
  • 27. 08. São originados pela dinâmica interna do planeta e provocam o surgimento dos vulcões. 09. Estudar os vulcões se justifica porque, além de os dados coletados auxiliarem no estudo das placas tectônicas, dos terremotos, prevê-los possibilita retirar a população da área, antes que seja atingida.
  • 28. 10. É o cinturão ou alinhamento de áreas de vulcanismo. O Círculo de Fogo do Pacífico é o mais conhecido e com a maior concentração de vulcões.
  • 29. 11. A) rochas ; lava ; combinações químicas ; vapor de água . B) edifício vulcânico ; cratera ; chaminé vulcânica . C) oceanos .
  • 30. 12. No Brasil, não há vulcões em atividade, porque as últimas manifestações vulcânicas ocorreram na era Mesozóica.
  • 31. 13 A) Sua formação ocorre quando a câmara vulcânica está próxima de lençóis freáticos. As rochas são aquecidas e fazem a água do subsolo entrar em ebulição. Essa água atravessa a fenda das rochas e esguicha em intervalos regulares.
  • 32. 13.B) Islândia, Nova Zelândia e nos Estados Unidos (Parque Nacional Yellowstone) C) Os gêiseres expelem a água no sentido vertical. D) Não. Constituem as fontes termais, como as de Araxá, Poços de Caldas e Caldas Novas, todas no Brasil
  • 33. Atividade 24 A dinâmica externa do relevo Exercícios de Aplicação p. 274
  • 34. 01. A água, o vento e os seres vivos, por meio de um trabalho chamado erosão, que compreende três etapas: o desgaste, o transporte e a deposição dos materiais que formam a crosta terrestre.
  • 35. 02. Provoca erosão e transporte com as enxurradas e o acúmulo de sedimentos nos vales e nos leitos dos rios, em razão da deposição. 03. 3. 4. 1. 5. 2 04. O ditado mostra a ação da água enquanto agente transformador do relevo. Um processo lento, mas de grande impacto ao longo do tempo.
  • 36. 05. A água é o mais importante agente erosivo do relevo, agindo sob várias formas: chuva, rios, gelo, mares e água subterrânea, enxurrada. 06. Alternativa E Os fiordes formam-se a partir dos vales glaciais invadidos pelas águas do mar.
  • 37. 07. Alternativa C 08. A) natureza das rochas; declividade do terreno; velocidade do fluxo da água; forca das correntezas. B) rio Colorado; C) Cânios. D) cânios.
  • 38. 09. A) praias, restingas, recifes e tômbolos. B) C) restinga; recifes; tômbolos; praias. 10. C. A. D. B. F. E. 11. I. E. E. E. E. I. I.
  • 39. 12. Porque os icebergs flutuam nos oceanos e nos mares, podendo se chocar com os navios 13. Essa paisagem é um deserto com dunas. O agente externo que mais age nessa paisagem é o vento.
  • 40. Atividade 25 Estrutura geológica do relevo mundial Exercícios de Aplicação P. 277
  • 41. É formada por escudos cristalinos, bacias sedimentares e dobramentos modernos. B. C. A.
  • 42. 3. são formadas por granitos e gnaisses bastante rígidos. Ao seu redor estão as rochas sedimentares. Quanto à superfície, sofreram forte processo erosivo, portanto são bastante desgastadas e geralmente apresentam altitudes modestas. São terrenos cristalinos antigos e estáveis. Exemplos: escudo canadense, sul-africano, guiano, brasileiro, entre outros.
  • 43. 4. O petróleo e o carvão mineral, combustíveis fósseis, são encontrados nas bacias sedimentares, onde foram comprimidos pelo peso das camadas sedimentares, em geral arenitos, areias, argila e calcário.
  • 44. 5. se formaram por movimentos orogenéticos ocorridos pela ação da tectônica de placas. São terrenos jovens e instáveis, com predominância de rochas sedimentares, que se moldaram às pressões horizontais da crosta terrestre. Exemplos: a cordilheira dos Andes, as montanhas Rochosas, a cordilheira do Himalaia, os Alpes, a cadeia do Atlas, o Cáucaso.
  • 45. Atividade 26 As formas de relevo Exercícios de Aplicação P. 278.
  • 46. 1. É importante conhecer as formas de relevo para que as atividades humanas, ao interferir nessas formas, respeitem a natureza e não provoquem a degradação do meio ambiente.
  • 47. 2. Relevo são as diferentes formas de terreno que aparecem na superfície da Terra. As principais formas de relevo são: montanhas, planaltos, planícies e depressões. 3. Resposta pessoal. 4. E. C. D. A. B
  • 48. 05. A) Surgem as montanhas. B) Esse processo consiste no choque de duas placas tectônicas, o que dá origem ao dobramento da superfície terrestre onde se constitui uma cadeia de montanhas.
  • 49. 06. A) A palavra geomorfologia vem do grego e significa “estudo das formas da Terra”. B) A geomorfologia estuda também os processos (internos e externos) de sua formação e a sua estrutura, considerando a escala das eras geológicas.
  • 50. 07. Planície; planalto; montanhas. 08. São formadas pelo processo de sedimentação e apresentam altitude menor que a dos planaltos que são formados pelo processo de erosão. 09. D. C. A. B
  • 51. 10. O nível do mar marca o limite entre o relevo continental e o relevo submarino. É o nível zero usado para determinar as medidas de altitude e profundidade.