SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 73
Baixar para ler offline
Aula 13:
Livros Proféticos
prof. Gustavo Zimmermann
EFD Curso I – Fundamento: A Bíblia – Antigo Testamento E-mail: contato@gust4vo.com
Introdução
Livros Poéticos
Até então...
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos
Livros do Pentateuco:
1. Gênesis
2. Êxodo
3. Levíticos
4. Números
5. Deuteronômio
Livros Históricos:
1. Josué
2. Juízes
3. Rute
4. I e II Samuel
5. I e II Reis
6. I e II Crônicas
7. Esdras
8. Neemias
9. Ester
Livros Poéticos
1. Jó
2. Salmos
3. Provérbios
4.Eclesiastes
5.Cantares
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos
Livros Proféticos
Profetas Maiores Profetas Menores
1. Isaías
2. Jeremias
3. Lamentações
4. Ezequiel
5. Daniel
1. Oséias
2. Joel
3. Amós
4. Obadias
5. Jonas
6. Miqueias
7. Naum
8. Habacuque
9. Sofonias
10. Ageu
11. Zacarias
12. Malaquias
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos
Conceito
O profeta do Antigo Testamento era a pessoa incumbida para falar em nome de
Deus. O Altíssimo fazia dele o seu porta-voz, um embaixador que representava os
interesses do reino divino na Terra. Quando Deus levantava um profeta,
designava-o a falar para toda a nação israelita, e até mesmo a povos ou nações
estranhas (Jr 1.5). Ao longo de toda a história veterotestamentária o Senhor
levantou homens e mulheres para profetizarem em seu nome: Samuel, o último
dos juízes e o primeiro dos profetas para a nação de Israel (1Sm 3.19,20), Elias e
Eliseu (1Rs 18.18-46; 2Rs 2.1-25), a profetisa Hulda (2Rs 22.14-20) e muitos
outros, como os profetas literários Isaías, Jeremias e Daniel.
Profetas no A.T.
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 90)
O Ofício
Através da inspiração divina o profeta recebia uma revelação que desvendava o
oculto, anunciava juízos, emitia conselhos e advertências divinas. Expressões
como “veio a mim a palavra do Senhor” e “assim diz o Senhor” eram fórmulas
usuais para o profeta começar a mensagem divina (Jr 1.4; Is 45.1). Símbolos e
visões também eram formas de Deus falar através dos profetas ao seu povo (Jr
31.28; Dn 7.1). Num primeiro momento, o profeta exercia um importante papel
de conselheiro no palácio real (Natã, cf. 2Sm 12.1; 1Rs 1.8,10,11). Contudo, após a
divisão do reino de Israel, o profeta passou a ser perseguido, pois sua profecia
confrontava diretamente a prepotência da nobreza, a dissimulação dos
sacerdotes e a injustiça social (Jr 1.18,19; 5.30,31; Is 58.1-12).
Profetas no A.T.
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 90)
Simplicidade x Arrogância
Duas características do verdadeiro profeta são a simplicidade e o amor.
Ainda que a Palavra seja de juízo, o coração do profeta transborda de
amor e a sua conduta simples demonstra a quem ele está servindo: o
Deus de amor. Lembremo-nos de Jeremias (38.14-27), Oseias (8.12) e do
próprio Senhor Jesus (Mt 23.37). Já o falso profeta só pensa em si, em seu
status e benefícios. Profetiza objetivando a autopromoção. Ele mente,
ilude e engana. Lembremo-nos de Hananias, o profeta mentiroso que
enfrentou Jeremias (Jr 28.10-12).
Verdadeiro Vs. Falso
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 90)
Pelos frutos os conhecereis
Uma advertência séria de Jesus para os seus discípulos foi acerca da
precaução com os falsos profetas. Como reconhecê-los? Jesus disse que
os reconheceríamos “pelos seus frutos” (Mt 7:15-20), pois o resultado, ou
“fruto”, do que o profeta “diz” e “faz”, revela o seu caráter. Logo você
conhecerá de onde procede a “árvore” (o profeta). Lembre-se de que não
devemos diferençar o verdadeiro profeta do falso pela “performance” ou
pelo “espetáculo”, mas pelos frutos que eles produzem.
Verdadeiro Vs. Falso
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 90)
Com os profetas, o Antigo Testamento alcança o ápice, seja como
valor espiritual absoluto, seja como preparação para o Novo
testamento. Os profetas eram homens que Deus investia
diretamente do seu espírito para uma missão espiritual no seio do
seu povo, em tempos de perigo ou necessidade religiosa e moral.
Tornavam-se assim, guias espirituais do povo de Israel, pelo
mesmo titulo com que outrora os juízes suscitados por Deus, eram
os chefes políticos e militares, os libertadores no tempo de aflição.
Livros Proféticos
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 90)
Livros Proféticos
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 90)
Embora tenha havido pessoas dotadas de espírito profético
desde as origens do povo hebreu (Gn 20:7; Nm 11:25-26; Dt
34:10), contudo, somente a partir de Samuel esses homens
inspirados por Deus, e por Ele enviados ao povo sucedem-se
com tal frequência, que chegam a formar uma cadeia
ininterrupta durante cerca de seis séculos (aproximadamente
desde 1050 a 450 a.C., cf. I Sm 3:1)
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 90)
Livros Proféticos: 2 períodos
Profetas de Ação (3 primeiros séculos - até 730 a.C.):
• Pregam energicamente
• Não escrevem
Profetas Escritores ou Literais (3 séculos seguintes):
• Escreviam mensagens
• Divisão com base na extensão dos seus escritos (Profetas
Maiores e Profetas Menores)
Livros Proféticos
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 91)
• Advertiram a respeito do julgamento de Israel e Judá;
• Obadias: Escreveu para Edom;
• Amós, Oséias e Joel: Escreveram para o Reino do Norte;
• Isaias, Miquéias, Naum, Habacuque, Sofonias e Jeremias:
Escreveram para Judá;
• Jonas: Levantado para profetizar arrependimento ao povo de
Nínive.
Profetas Pré-exilicos
Livros Proféticos
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 92)
• Os profetas exílicos escreveram para encorajar o povo de Deus a
esperar pela restauração deles;
• Ezequiel e Daniel: Escreveram da Babilônica para fortalecer a fé
dos judeus exilados;
Profetas Durante o Exílio
Livros Proféticos
• Os profetas pós-exílicos escreveram para confirmar a
aliança de Deus com o Seu povo;
• Ageu, Zacarias e Malaquias escreveram para o povo de
Judá que havia retornado do cativeiro.
Profetas Depois do Exílio
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 92)
Livros Proféticos
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 92)
• Além disso, os profetas possuíam como ponto marcante do seu
ministério, apresentar a majestosa figura do descendente de Davi,
mediante o qual se realizarão as promessas;
• A mensagem divina era comunicada, em geral:
• Mediante a pregação;
• Mediante uma ação simbólica, realizada publicamente, com a
finalidade de causar maior impressão sobre o povo.
Conteúdo
Profetas
Maiores
01.
Isaias
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 93)
Significado
• É chamado de o “príncipe dos profetas do A.T”, devido ao
seu enorme ímpeto, caráter majestoso, visão teológica e
conteúdo messiânico da sua profecia.
Isaías: “O Senhor salva”
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 93)
Isaías: “O Senhor salva”
Isaías
Parte 1: Denúncia (Is 1:1-39:8)
Parte 2: Consolação (Is 40:1-66:24)
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 93)
Isaías: “O Senhor salva”
Parte 1: Denúncia
1. Denúncia contra Judá (Is 1:1-12:6)
4. Denúncia contra Israel e Judá (ais e bênçãos) (Is 28:1-35:10)
2. Denúncia contra outras
nações (Is 13:1-23:18)
3. Tribulação e reino
vindouro (o Apocalipse de
Isaías) (Is 24:1-27:13)
5. Denúncia contra Senaqueribe
(Is 36:1-39:8)
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 93)
Isaías: “O Senhor salva”
Parte 2: Consolação
1. A grandeza de Deus (Is 40:1-66:24)
3. O plano de Deus para a paz (Is 58:1-66:24)
2. A salvação do Servo-Messias (Is 49:1-57:21)
02.
Jeremias
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 95)
Significado
• O livro é repleto de referências biográficas e
autobiográficas de Jeremias como autor e de Baruque
como escrivão ou secretário.
Jeremias: “O Senhor designa ou estabelece”
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 95)
Jeremias: “O Senhor designa ou estabelece”
Jeremias
1. O chamado e a comissão de Jeremias (Jr 1:1-19)
2. Profecias referentes
a Judá (Jr 2:1-45:5)
3. Profecias sobre as nações (Jr 46:1-51:64)
4. Suplemento histórico
(Jr 52:1-34)
03.
Lamentações
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 96)
Significado
• Lamentações obteve seu título na Vulgata.
• Consiste em cinco poemas melancólicos de lamentação
pela destruição total de Jerusalém e do templo pelos
babilônicos.
Lamentações: “Chorar em voz alta”
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 96)
Lamentações: “Chorar em voz alta”
Lamentações
1. A desolação de Jerusalém (Lm 1:1-22)
4. A derrota do povo de Jerusalém (Lm 4:1-22)
2. A destruição de
Jerusalém (Lm 2:1-22)
3. O desconsolo do profeta
(Lm 3:1-66)
5. A oração pelo povo
(Lm 5:1-22)
04.
Ezequiel
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 98)
Significado
• Ezequiel, que significa “Deus fortalece”, significado
apropriado para o livro e para o profeta, que recebeu a
difícil missão de levar a mensagem de Deus aos judeus
exilados na Babilônia.
Ezequiel: “Deus fortalece”
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 98)
Ezequiel: “Deus fortalece”
Ezequiel
1. O chamado e comissionamento de Ezequiel (Ez 1:1-3:27)
4. Profecias da restauração de Israel (Ez 33:1-39:29)
2. Profecias contra Judá e
Jerusalém (Ez 4:1-24:27)
3. Profecias contra nações
estrangeiras (Ez 25:1-32:32)
5. Profecias sobre Israel no reino milenar
(Ez 40:1-48:35)
05.
Daniel
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 100)
Significado
• Descreve sobre a soberania de Deus sobre as nações;
• O fato de Jesus confirmar essa autoria fica claro quando
se refere ao “sacrilégio terrível”, do qual falou o profeta
Daniel (Mt 24.15).
Daniel: “Deus é Juiz”
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 100)
Daniel: “Deus é Juiz”
Daniel
1. A dedicação de Daniel
(Dn 1:1-21)
4. A visão de Nabucodonosor
(Dn 4:1-37)
5. A festa de Belsazar
(Dn 5:1-31)
2. O sonho de Nabucodonosor
(Dn 2:1-49)
3. A fornalha ardente
(Dn 3:1-30)
8. A visão do carneiro, do
bode e do chifre
pequeno
(Dn 8:1-27)
7. A visão dos quatro animais e
do Ancião de Dias
(Dn 7:1-28)
6. Daniel na cova dos
leões
(Dn 6:1-28)
10. O panorama profético de
Daniel (Dn 10:1-12:13)
9. A profecia das setenta
semanas de anos (Dn 9:1-27)
Profetas
Menores
01.
Oséias
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 101)
Significado
• O seu livro sugere em muitas particularidades, que Oséias era natural
do Reino do Norte.
• Contemporâneo de Isaías, Amós e Miquéias. Seu ministério começou
durante o ministério de Amós ou talvez pouco depois.
• Sendo natural do Norte, conhecia as más condições existentes em
Israel, isso deu peso especial a sua mensagem.
Oséias: “ajuda” ou “livramento”
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 101)
Oséias
1. A esposa pródiga (Os 1:1-3:5)
2. O povo pródigo (Os 4:1-14:9)
Oséias: “ajuda” ou “livramento”
02.
Joel
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 102)
Significado
• Seu ministério foi para Judá;
• Joel costuma ser chamado “o profeta do avivamento religioso”;
Joel: “Jeová é meu Deus”
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 102)
Joel
1. A desolação (Jl 1:1-2:17)
2. O livramento (Jl 2:18-3:21)
Joel: “Jeová é meu Deus”
03.
Amós
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 104)
Significado
• Nome do profeta, Amós, que significa “aquele que leva cargas
pesadas” ou “carrega fardos”.
• Amós nasceu em Tecoa, Judá, a uns 17 km de Jerusalém e 10 km ao
sul de Belém.
• Não foi educado para ser profeta, ou como ele mesmo disse: “Não
sou profeta, nem discípulo de profeta, mas boiadeiro e colhedor de
figos” (Am. 7:14).
Amós: “aquele que leva cargas pesadas”
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 104)
Amós: “aquele que leva cargas pesadas”
Amós
1. As profecias de Amós (Am 1:1-2:16)
2. Os sermões de Amós (Am 3:1-6:14)
3. As visões de Amós (Am 7:1-9:15)
04.
Obadias
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 107)
Significado
• É um nome bíblico comum, atribuído a mais de uma dezena de
personagens no Antigo Testamento.
Obadias: “servo ou adorador do Senhor”
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 107)
Obadias: “servo ou adorador do Senhor”
Obadias
1. O castigo de Edom (Ob 1-9)
2. A condenação de Edom (Ob 10-14)
3. A destruição de Edom (Ob 15-21)
05.
Jonas
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 109)
Significado
• Embora o livro não identifique o autor, a tradição o atribui ao próprio
Jonas;
• Foi um dos primeiros profetas de Israel;
• É mencionado em II Reis 14:25; por haver profetizado o crescimento
do território de Israel, dizendo que seriam recuperados seus antigos
limites, tendo essa profecia se cumprido durante o reinado de
Jeroboão.
Jonas: “pombo”
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 109)
Jonas: “pombo”
Jonas
1. A fuga de Jonas (Jn 1:1-17)
2. A oração de Jonas
(Jn 2:1-10)
3. A pregação de Jonas (Jn 3:1-10)
4. A lição de Jonas
(Jn 4:1-11)
06.
Miquéias
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 111)
Significado
• O próprio profeta Miquéias, o livro foi escrito depois dos reinados de
Onri e de Acabe (6:16);
Miquéias: “quem é semelhante a Deus”
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 111)
Miquéias: “quem é semelhante a Deus”
Miquéias
1. A mensagem de destruição para Samaria e Judá
(Mq 1:1-2:13)
2. Uma mensagem de
castigo e libertação
(Mq 3:1-5:15)
3. Uma mensagem de denúncia
(Mq 6:1-7:10)
4. Bençãos para Israel
(Mq 7:11-20)
07.
Naum
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 113)
Significado
• Nome do profeta, Naum, que significa “consolo”, e está relacionado
com o nome Neemias, que significa “o Senhor consola”
Naum: “consolo”
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 113)
Naum: “consolo”
Naum
1. A majestade de Deus (Na 1:1-14)
2. O juízo de Deus (Na 1:15:3:19)
08.
Habacuque
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 114)
Significado
• Nome do profeta, Habacuque, que significa “braço” ou que ele foi
“abraçado por Deus”;
• Acredita-se que Habacuque profetizou em Judá durante o reinado de
Joaquim (609-598 a.C.), pouco antes da invasão de Nabucodonosor
(1:6; 2:3) e à deportação do jovem rei Joaquim para a Babilônia em
597 a.C. (II Rs 24.8-17); sendo assim contemporâneo de Jeremias.
Habacuque: “abraçado por Deus”
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 114)
Habacuque: “abraçado por Deus”
Habacuque
1. Os problemas de Habacuque
(Hc 1:1-2:20)
2. O louvor de Habacuque
(Hc 3:1-19)
09.
Sofonias
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 116)
Significado
• Sofonias faz parte de uma família de alta posição em Judá, com
parentescos de linhagem real (1:1), o que é uma característica
incomum entre os profetas do Senhor.
Sofonias: “O Senhor Protege”
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 116)
Sofonias: “O Senhor Protege”
Sofonias
1. As profecias de juízo (Sf 1:1-3:8)
2. As profecias de bênção (Sf 3:9-20)
10.
Ageu
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 118)
Significado
• Nome do profeta, Ageu, de origem hebraica, significa “festivo” e tem
a ver com o fato dele ter nascido por ocasião de uma das grandes
festas judaicas.
Ageu: “festivo”
Ageu
1. Conclamação à construção do templo
(Ag 1:1-15)
2. Conclamação à
coragem no Senhor
(Ag 2:1-9)
3. Conclamação a uma consciência pura
(Ag 2:10-19)
4. Conclamação à
confiança no futuro
(Ag 2:20-23)
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 118)
Ageu: “festivo”
11.
Zacarias
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 119)
Significado
• Assim como Jeremias e Ezequiel, Zacarias não era apenas profeta
(1.1), mas também sacerdote.
Zacarias: “Jeová se lembra”
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 119)
Zacarias: “Jeová se lembra”
Zacarias
1. O chamado ao arrependimento (Zc 1:1-6)
2. As visões de
Zacarias
(Zc 1:7-6:15
3. As questões referentes ao jejum (Zc 7:1-8:23)
4. As sentenças sobre
o futuro
(Zc 9:1-14:21)
12.
Malaquias
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 122)
Significado
• O nome “Malaquias” pode ser traduzido por “meu mensageiro” ou
“meu Anjo” e a Septuaginta traduz “por intermédio de Malaquias”
como “pela mão de seu anjo”.
• Alguns estudiosos alegam que o nome é apenas o título editorial do
livro emprestado da fraseologia de 3:1, presumindo assim que a obra
seja uma profecia anônima; sendo os principais argumentos a
ausência de dados específicos no que diz respeito a seu pai e
menção ao lugar de nascimento do profeta.
Malaquias: “meu mensageiro”
Aula 13: Livros Proféticos
Livros Proféticos (pág. 122)
Malaquias: “meu mensageiro”
Malaquias
1. A compaixão de Deus por Israel (Ml 1:1-5)
2. A queixa de Deus contra Israel (Ml 1:6-3:15)
3. A condenação de Deus para Israel (Ml 3:16-4:6)
<fim />prof. Gustavo Zimmermann
http://gust4vo.com / contato@gust4vo.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula de pneumatologia
Aula de pneumatologiaAula de pneumatologia
Aula de pneumatologia
Alberto Nery
 

Mais procurados (20)

Disciplina de Teologia do Antigo Testamento
Disciplina de Teologia do Antigo TestamentoDisciplina de Teologia do Antigo Testamento
Disciplina de Teologia do Antigo Testamento
 
Panorama do novo testamento
Panorama do novo testamentoPanorama do novo testamento
Panorama do novo testamento
 
Panorama do AT - Isaías
Panorama do AT - IsaíasPanorama do AT - Isaías
Panorama do AT - Isaías
 
Aula de pneumatologia
Aula de pneumatologiaAula de pneumatologia
Aula de pneumatologia
 
Bibliologia - IBADEP: AULA 01
Bibliologia - IBADEP: AULA 01Bibliologia - IBADEP: AULA 01
Bibliologia - IBADEP: AULA 01
 
Panorama do AT - Salmos
Panorama do AT - SalmosPanorama do AT - Salmos
Panorama do AT - Salmos
 
1. Antigo Testamento: Introdução
1. Antigo Testamento: Introdução1. Antigo Testamento: Introdução
1. Antigo Testamento: Introdução
 
9. epístola de paulo 1' coríntios
9. epístola de paulo 1' coríntios9. epístola de paulo 1' coríntios
9. epístola de paulo 1' coríntios
 
42. O Profeta Sofonias
42. O Profeta Sofonias42. O Profeta Sofonias
42. O Profeta Sofonias
 
O pentateuco
O pentateucoO pentateuco
O pentateuco
 
44. O Profeta Zacarias
44. O Profeta Zacarias44. O Profeta Zacarias
44. O Profeta Zacarias
 
Panorama do NT - João
Panorama do NT - JoãoPanorama do NT - João
Panorama do NT - João
 
27. Os poéticos: Cantares de Salomão
27. Os poéticos: Cantares de Salomão27. Os poéticos: Cantares de Salomão
27. Os poéticos: Cantares de Salomão
 
4. O Evangelho Segundo Marcos
4. O Evangelho Segundo Marcos4. O Evangelho Segundo Marcos
4. O Evangelho Segundo Marcos
 
28. Introdução aos Profetas
28. Introdução aos Profetas28. Introdução aos Profetas
28. Introdução aos Profetas
 
Jeremias
JeremiasJeremias
Jeremias
 
Panorama do NT - Colossenses
Panorama do NT - ColossensesPanorama do NT - Colossenses
Panorama do NT - Colossenses
 
Panorama do AT - Êxodo
Panorama do AT -  ÊxodoPanorama do AT -  Êxodo
Panorama do AT - Êxodo
 
Hermeneutica bíblica
Hermeneutica bíblicaHermeneutica bíblica
Hermeneutica bíblica
 
Atos
AtosAtos
Atos
 

Semelhante a Aula 13 - Livros Proféticos

18 jeremias e lamentações
18 jeremias e lamentações18 jeremias e lamentações
18 jeremias e lamentações
PIB Penha
 
Estudo sobre os evangelhos
Estudo sobre os evangelhosEstudo sobre os evangelhos
Estudo sobre os evangelhos
marquione ban
 
Lição 12 zacarias - o reino messiânico
Lição 12   zacarias - o reino messiânicoLição 12   zacarias - o reino messiânico
Lição 12 zacarias - o reino messiânico
cledsondrumms
 
A biblia sagrada antigo testamento (livro - portugues)
A biblia sagrada   antigo testamento (livro - portugues)A biblia sagrada   antigo testamento (livro - portugues)
A biblia sagrada antigo testamento (livro - portugues)
Rita Luz
 
Profetas Menores I - Apresentação
Profetas Menores I  -  ApresentaçãoProfetas Menores I  -  Apresentação
Profetas Menores I - Apresentação
JUERP
 

Semelhante a Aula 13 - Livros Proféticos (20)

PANORAMA_DO_AT_4.ppt
PANORAMA_DO_AT_4.pptPANORAMA_DO_AT_4.ppt
PANORAMA_DO_AT_4.ppt
 
IBADEP BÁSICO PROFETAS MAIORES AULA 1 - PROFETA ISAÍAS.pptx
IBADEP BÁSICO PROFETAS MAIORES AULA 1 - PROFETA ISAÍAS.pptxIBADEP BÁSICO PROFETAS MAIORES AULA 1 - PROFETA ISAÍAS.pptx
IBADEP BÁSICO PROFETAS MAIORES AULA 1 - PROFETA ISAÍAS.pptx
 
Lição
LiçãoLição
Lição
 
Os livros profeticos da Bíblia.pptx
Os livros profeticos da Bíblia.pptxOs livros profeticos da Bíblia.pptx
Os livros profeticos da Bíblia.pptx
 
Aula 12 - Revisão Pré-Avaliação
Aula 12 - Revisão Pré-AvaliaçãoAula 12 - Revisão Pré-Avaliação
Aula 12 - Revisão Pré-Avaliação
 
Panorama do at 3
Panorama do at 3Panorama do at 3
Panorama do at 3
 
Profetismo
ProfetismoProfetismo
Profetismo
 
Panorama do at 4
Panorama do at 4Panorama do at 4
Panorama do at 4
 
18 jeremias e lamentações
18 jeremias e lamentações18 jeremias e lamentações
18 jeremias e lamentações
 
A Bíblia (Aula 8): Livros Proféticos
A Bíblia (Aula 8): Livros ProféticosA Bíblia (Aula 8): Livros Proféticos
A Bíblia (Aula 8): Livros Proféticos
 
Profetas maiores ibadep o livro de lamentações
Profetas maiores ibadep o livro de lamentaçõesProfetas maiores ibadep o livro de lamentações
Profetas maiores ibadep o livro de lamentações
 
Estudo sobre os evangelhos
Estudo sobre os evangelhosEstudo sobre os evangelhos
Estudo sobre os evangelhos
 
29. O profeta Isaías
29. O profeta Isaías29. O profeta Isaías
29. O profeta Isaías
 
LOVE teologia (testamento)
LOVE teologia (testamento)LOVE teologia (testamento)
LOVE teologia (testamento)
 
Os Profetas Maiores: estudo introdutório
Os Profetas Maiores: estudo introdutórioOs Profetas Maiores: estudo introdutório
Os Profetas Maiores: estudo introdutório
 
Lição 12 zacarias - o reino messiânico
Lição 12   zacarias - o reino messiânicoLição 12   zacarias - o reino messiânico
Lição 12 zacarias - o reino messiânico
 
Amós estudo 01 -
Amós   estudo 01 -Amós   estudo 01 -
Amós estudo 01 -
 
Profetas maiores
Profetas maioresProfetas maiores
Profetas maiores
 
A biblia sagrada antigo testamento (livro - portugues)
A biblia sagrada   antigo testamento (livro - portugues)A biblia sagrada   antigo testamento (livro - portugues)
A biblia sagrada antigo testamento (livro - portugues)
 
Profetas Menores I - Apresentação
Profetas Menores I  -  ApresentaçãoProfetas Menores I  -  Apresentação
Profetas Menores I - Apresentação
 

Mais de Gustavo Zimmermann

Mais de Gustavo Zimmermann (20)

Aula 9 - Livros Históricos (part. 2)
Aula 9 - Livros Históricos (part. 2)Aula 9 - Livros Históricos (part. 2)
Aula 9 - Livros Históricos (part. 2)
 
Aula 10 - Livros Históricos (part. 3)
Aula 10 - Livros Históricos (part. 3)Aula 10 - Livros Históricos (part. 3)
Aula 10 - Livros Históricos (part. 3)
 
Aula 8 - Livros Históricos (part. 1)
Aula 8 - Livros Históricos (part. 1)Aula 8 - Livros Históricos (part. 1)
Aula 8 - Livros Históricos (part. 1)
 
Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação
Aula 7 - Revisão Pré-AvaliaçãoAula 7 - Revisão Pré-Avaliação
Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação
 
Aula 6 - Deuteronômio
Aula 6 - DeuteronômioAula 6 - Deuteronômio
Aula 6 - Deuteronômio
 
Aula 5 - Números
Aula 5 - NúmerosAula 5 - Números
Aula 5 - Números
 
Aula 1 - História da Bíblia
Aula 1 - História da BíbliaAula 1 - História da Bíblia
Aula 1 - História da Bíblia
 
Aula 3 - Êxodo
Aula 3 - ÊxodoAula 3 - Êxodo
Aula 3 - Êxodo
 
Aula 4 - Levíticos
Aula 4 - LevíticosAula 4 - Levíticos
Aula 4 - Levíticos
 
Aula 2 - Gênesis
Aula 2 - GênesisAula 2 - Gênesis
Aula 2 - Gênesis
 
Aula 1 - Apologética e suas Metodologias
Aula 1 - Apologética e suas MetodologiasAula 1 - Apologética e suas Metodologias
Aula 1 - Apologética e suas Metodologias
 
Aula 2 - Teologia Natural
Aula 2 - Teologia NaturalAula 2 - Teologia Natural
Aula 2 - Teologia Natural
 
Conciência Política
Conciência PolíticaConciência Política
Conciência Política
 
Introdução ao Web Design: Aula 6 - HTML 5 (part. 2)
Introdução ao Web Design: Aula 6 - HTML 5 (part. 2)Introdução ao Web Design: Aula 6 - HTML 5 (part. 2)
Introdução ao Web Design: Aula 6 - HTML 5 (part. 2)
 
Introdução ao Web Design: Aula 5 - HTML (part. 1)
Introdução ao Web Design: Aula 5 - HTML (part. 1)Introdução ao Web Design: Aula 5 - HTML (part. 1)
Introdução ao Web Design: Aula 5 - HTML (part. 1)
 
Introdução ao Web Design: Aula 3 - PhotoShop (part. 1)
Introdução ao Web Design: Aula 3 - PhotoShop (part. 1)Introdução ao Web Design: Aula 3 - PhotoShop (part. 1)
Introdução ao Web Design: Aula 3 - PhotoShop (part. 1)
 
Introdução ao Web Design: Aula 4 - PhotoShop (part. 2)
Introdução ao Web Design: Aula 4 - PhotoShop (part. 2)Introdução ao Web Design: Aula 4 - PhotoShop (part. 2)
Introdução ao Web Design: Aula 4 - PhotoShop (part. 2)
 
Introdução ao Web Design: Aula 2 - IHC/UX Design
Introdução ao Web Design: Aula 2 - IHC/UX DesignIntrodução ao Web Design: Aula 2 - IHC/UX Design
Introdução ao Web Design: Aula 2 - IHC/UX Design
 
Introdução ao Web Design: Aula 1 - Imersão ao Web Design
Introdução ao Web Design: Aula 1 - Imersão ao Web DesignIntrodução ao Web Design: Aula 1 - Imersão ao Web Design
Introdução ao Web Design: Aula 1 - Imersão ao Web Design
 
HTML5 Básico: Marcação (aula 1)
HTML5 Básico: Marcação (aula 1)HTML5 Básico: Marcação (aula 1)
HTML5 Básico: Marcação (aula 1)
 

Último

Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
StelaWilbert
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
MilyFonceca
 

Último (8)

Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
 
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdfpdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
 

Aula 13 - Livros Proféticos

  • 1. Aula 13: Livros Proféticos prof. Gustavo Zimmermann EFD Curso I – Fundamento: A Bíblia – Antigo Testamento E-mail: contato@gust4vo.com
  • 2.
  • 4. Até então... Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos Livros do Pentateuco: 1. Gênesis 2. Êxodo 3. Levíticos 4. Números 5. Deuteronômio Livros Históricos: 1. Josué 2. Juízes 3. Rute 4. I e II Samuel 5. I e II Reis 6. I e II Crônicas 7. Esdras 8. Neemias 9. Ester
  • 5. Livros Poéticos 1. Jó 2. Salmos 3. Provérbios 4.Eclesiastes 5.Cantares Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos
  • 6. Livros Proféticos Profetas Maiores Profetas Menores 1. Isaías 2. Jeremias 3. Lamentações 4. Ezequiel 5. Daniel 1. Oséias 2. Joel 3. Amós 4. Obadias 5. Jonas 6. Miqueias 7. Naum 8. Habacuque 9. Sofonias 10. Ageu 11. Zacarias 12. Malaquias Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos
  • 7. Conceito O profeta do Antigo Testamento era a pessoa incumbida para falar em nome de Deus. O Altíssimo fazia dele o seu porta-voz, um embaixador que representava os interesses do reino divino na Terra. Quando Deus levantava um profeta, designava-o a falar para toda a nação israelita, e até mesmo a povos ou nações estranhas (Jr 1.5). Ao longo de toda a história veterotestamentária o Senhor levantou homens e mulheres para profetizarem em seu nome: Samuel, o último dos juízes e o primeiro dos profetas para a nação de Israel (1Sm 3.19,20), Elias e Eliseu (1Rs 18.18-46; 2Rs 2.1-25), a profetisa Hulda (2Rs 22.14-20) e muitos outros, como os profetas literários Isaías, Jeremias e Daniel. Profetas no A.T. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 90)
  • 8. O Ofício Através da inspiração divina o profeta recebia uma revelação que desvendava o oculto, anunciava juízos, emitia conselhos e advertências divinas. Expressões como “veio a mim a palavra do Senhor” e “assim diz o Senhor” eram fórmulas usuais para o profeta começar a mensagem divina (Jr 1.4; Is 45.1). Símbolos e visões também eram formas de Deus falar através dos profetas ao seu povo (Jr 31.28; Dn 7.1). Num primeiro momento, o profeta exercia um importante papel de conselheiro no palácio real (Natã, cf. 2Sm 12.1; 1Rs 1.8,10,11). Contudo, após a divisão do reino de Israel, o profeta passou a ser perseguido, pois sua profecia confrontava diretamente a prepotência da nobreza, a dissimulação dos sacerdotes e a injustiça social (Jr 1.18,19; 5.30,31; Is 58.1-12). Profetas no A.T. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 90)
  • 9. Simplicidade x Arrogância Duas características do verdadeiro profeta são a simplicidade e o amor. Ainda que a Palavra seja de juízo, o coração do profeta transborda de amor e a sua conduta simples demonstra a quem ele está servindo: o Deus de amor. Lembremo-nos de Jeremias (38.14-27), Oseias (8.12) e do próprio Senhor Jesus (Mt 23.37). Já o falso profeta só pensa em si, em seu status e benefícios. Profetiza objetivando a autopromoção. Ele mente, ilude e engana. Lembremo-nos de Hananias, o profeta mentiroso que enfrentou Jeremias (Jr 28.10-12). Verdadeiro Vs. Falso Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 90)
  • 10. Pelos frutos os conhecereis Uma advertência séria de Jesus para os seus discípulos foi acerca da precaução com os falsos profetas. Como reconhecê-los? Jesus disse que os reconheceríamos “pelos seus frutos” (Mt 7:15-20), pois o resultado, ou “fruto”, do que o profeta “diz” e “faz”, revela o seu caráter. Logo você conhecerá de onde procede a “árvore” (o profeta). Lembre-se de que não devemos diferençar o verdadeiro profeta do falso pela “performance” ou pelo “espetáculo”, mas pelos frutos que eles produzem. Verdadeiro Vs. Falso Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 90)
  • 11. Com os profetas, o Antigo Testamento alcança o ápice, seja como valor espiritual absoluto, seja como preparação para o Novo testamento. Os profetas eram homens que Deus investia diretamente do seu espírito para uma missão espiritual no seio do seu povo, em tempos de perigo ou necessidade religiosa e moral. Tornavam-se assim, guias espirituais do povo de Israel, pelo mesmo titulo com que outrora os juízes suscitados por Deus, eram os chefes políticos e militares, os libertadores no tempo de aflição. Livros Proféticos Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 90)
  • 12. Livros Proféticos Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 90) Embora tenha havido pessoas dotadas de espírito profético desde as origens do povo hebreu (Gn 20:7; Nm 11:25-26; Dt 34:10), contudo, somente a partir de Samuel esses homens inspirados por Deus, e por Ele enviados ao povo sucedem-se com tal frequência, que chegam a formar uma cadeia ininterrupta durante cerca de seis séculos (aproximadamente desde 1050 a 450 a.C., cf. I Sm 3:1)
  • 13. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 90) Livros Proféticos: 2 períodos Profetas de Ação (3 primeiros séculos - até 730 a.C.): • Pregam energicamente • Não escrevem Profetas Escritores ou Literais (3 séculos seguintes): • Escreviam mensagens • Divisão com base na extensão dos seus escritos (Profetas Maiores e Profetas Menores)
  • 14. Livros Proféticos Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 91) • Advertiram a respeito do julgamento de Israel e Judá; • Obadias: Escreveu para Edom; • Amós, Oséias e Joel: Escreveram para o Reino do Norte; • Isaias, Miquéias, Naum, Habacuque, Sofonias e Jeremias: Escreveram para Judá; • Jonas: Levantado para profetizar arrependimento ao povo de Nínive. Profetas Pré-exilicos
  • 15. Livros Proféticos Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 92) • Os profetas exílicos escreveram para encorajar o povo de Deus a esperar pela restauração deles; • Ezequiel e Daniel: Escreveram da Babilônica para fortalecer a fé dos judeus exilados; Profetas Durante o Exílio
  • 16. Livros Proféticos • Os profetas pós-exílicos escreveram para confirmar a aliança de Deus com o Seu povo; • Ageu, Zacarias e Malaquias escreveram para o povo de Judá que havia retornado do cativeiro. Profetas Depois do Exílio Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 92)
  • 17. Livros Proféticos Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 92) • Além disso, os profetas possuíam como ponto marcante do seu ministério, apresentar a majestosa figura do descendente de Davi, mediante o qual se realizarão as promessas; • A mensagem divina era comunicada, em geral: • Mediante a pregação; • Mediante uma ação simbólica, realizada publicamente, com a finalidade de causar maior impressão sobre o povo. Conteúdo
  • 20. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 93) Significado • É chamado de o “príncipe dos profetas do A.T”, devido ao seu enorme ímpeto, caráter majestoso, visão teológica e conteúdo messiânico da sua profecia. Isaías: “O Senhor salva”
  • 21. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 93) Isaías: “O Senhor salva” Isaías Parte 1: Denúncia (Is 1:1-39:8) Parte 2: Consolação (Is 40:1-66:24)
  • 22. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 93) Isaías: “O Senhor salva” Parte 1: Denúncia 1. Denúncia contra Judá (Is 1:1-12:6) 4. Denúncia contra Israel e Judá (ais e bênçãos) (Is 28:1-35:10) 2. Denúncia contra outras nações (Is 13:1-23:18) 3. Tribulação e reino vindouro (o Apocalipse de Isaías) (Is 24:1-27:13) 5. Denúncia contra Senaqueribe (Is 36:1-39:8)
  • 23. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 93) Isaías: “O Senhor salva” Parte 2: Consolação 1. A grandeza de Deus (Is 40:1-66:24) 3. O plano de Deus para a paz (Is 58:1-66:24) 2. A salvação do Servo-Messias (Is 49:1-57:21)
  • 25. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 95) Significado • O livro é repleto de referências biográficas e autobiográficas de Jeremias como autor e de Baruque como escrivão ou secretário. Jeremias: “O Senhor designa ou estabelece”
  • 26. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 95) Jeremias: “O Senhor designa ou estabelece” Jeremias 1. O chamado e a comissão de Jeremias (Jr 1:1-19) 2. Profecias referentes a Judá (Jr 2:1-45:5) 3. Profecias sobre as nações (Jr 46:1-51:64) 4. Suplemento histórico (Jr 52:1-34)
  • 28. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 96) Significado • Lamentações obteve seu título na Vulgata. • Consiste em cinco poemas melancólicos de lamentação pela destruição total de Jerusalém e do templo pelos babilônicos. Lamentações: “Chorar em voz alta”
  • 29. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 96) Lamentações: “Chorar em voz alta” Lamentações 1. A desolação de Jerusalém (Lm 1:1-22) 4. A derrota do povo de Jerusalém (Lm 4:1-22) 2. A destruição de Jerusalém (Lm 2:1-22) 3. O desconsolo do profeta (Lm 3:1-66) 5. A oração pelo povo (Lm 5:1-22)
  • 31. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 98) Significado • Ezequiel, que significa “Deus fortalece”, significado apropriado para o livro e para o profeta, que recebeu a difícil missão de levar a mensagem de Deus aos judeus exilados na Babilônia. Ezequiel: “Deus fortalece”
  • 32. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 98) Ezequiel: “Deus fortalece” Ezequiel 1. O chamado e comissionamento de Ezequiel (Ez 1:1-3:27) 4. Profecias da restauração de Israel (Ez 33:1-39:29) 2. Profecias contra Judá e Jerusalém (Ez 4:1-24:27) 3. Profecias contra nações estrangeiras (Ez 25:1-32:32) 5. Profecias sobre Israel no reino milenar (Ez 40:1-48:35)
  • 34. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 100) Significado • Descreve sobre a soberania de Deus sobre as nações; • O fato de Jesus confirmar essa autoria fica claro quando se refere ao “sacrilégio terrível”, do qual falou o profeta Daniel (Mt 24.15). Daniel: “Deus é Juiz”
  • 35. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 100) Daniel: “Deus é Juiz” Daniel 1. A dedicação de Daniel (Dn 1:1-21) 4. A visão de Nabucodonosor (Dn 4:1-37) 5. A festa de Belsazar (Dn 5:1-31) 2. O sonho de Nabucodonosor (Dn 2:1-49) 3. A fornalha ardente (Dn 3:1-30) 8. A visão do carneiro, do bode e do chifre pequeno (Dn 8:1-27) 7. A visão dos quatro animais e do Ancião de Dias (Dn 7:1-28) 6. Daniel na cova dos leões (Dn 6:1-28) 10. O panorama profético de Daniel (Dn 10:1-12:13) 9. A profecia das setenta semanas de anos (Dn 9:1-27)
  • 38. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 101) Significado • O seu livro sugere em muitas particularidades, que Oséias era natural do Reino do Norte. • Contemporâneo de Isaías, Amós e Miquéias. Seu ministério começou durante o ministério de Amós ou talvez pouco depois. • Sendo natural do Norte, conhecia as más condições existentes em Israel, isso deu peso especial a sua mensagem. Oséias: “ajuda” ou “livramento”
  • 39. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 101) Oséias 1. A esposa pródiga (Os 1:1-3:5) 2. O povo pródigo (Os 4:1-14:9) Oséias: “ajuda” ou “livramento”
  • 41. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 102) Significado • Seu ministério foi para Judá; • Joel costuma ser chamado “o profeta do avivamento religioso”; Joel: “Jeová é meu Deus”
  • 42. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 102) Joel 1. A desolação (Jl 1:1-2:17) 2. O livramento (Jl 2:18-3:21) Joel: “Jeová é meu Deus”
  • 44. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 104) Significado • Nome do profeta, Amós, que significa “aquele que leva cargas pesadas” ou “carrega fardos”. • Amós nasceu em Tecoa, Judá, a uns 17 km de Jerusalém e 10 km ao sul de Belém. • Não foi educado para ser profeta, ou como ele mesmo disse: “Não sou profeta, nem discípulo de profeta, mas boiadeiro e colhedor de figos” (Am. 7:14). Amós: “aquele que leva cargas pesadas”
  • 45. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 104) Amós: “aquele que leva cargas pesadas” Amós 1. As profecias de Amós (Am 1:1-2:16) 2. Os sermões de Amós (Am 3:1-6:14) 3. As visões de Amós (Am 7:1-9:15)
  • 47. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 107) Significado • É um nome bíblico comum, atribuído a mais de uma dezena de personagens no Antigo Testamento. Obadias: “servo ou adorador do Senhor”
  • 48. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 107) Obadias: “servo ou adorador do Senhor” Obadias 1. O castigo de Edom (Ob 1-9) 2. A condenação de Edom (Ob 10-14) 3. A destruição de Edom (Ob 15-21)
  • 50. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 109) Significado • Embora o livro não identifique o autor, a tradição o atribui ao próprio Jonas; • Foi um dos primeiros profetas de Israel; • É mencionado em II Reis 14:25; por haver profetizado o crescimento do território de Israel, dizendo que seriam recuperados seus antigos limites, tendo essa profecia se cumprido durante o reinado de Jeroboão. Jonas: “pombo”
  • 51. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 109) Jonas: “pombo” Jonas 1. A fuga de Jonas (Jn 1:1-17) 2. A oração de Jonas (Jn 2:1-10) 3. A pregação de Jonas (Jn 3:1-10) 4. A lição de Jonas (Jn 4:1-11)
  • 53. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 111) Significado • O próprio profeta Miquéias, o livro foi escrito depois dos reinados de Onri e de Acabe (6:16); Miquéias: “quem é semelhante a Deus”
  • 54. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 111) Miquéias: “quem é semelhante a Deus” Miquéias 1. A mensagem de destruição para Samaria e Judá (Mq 1:1-2:13) 2. Uma mensagem de castigo e libertação (Mq 3:1-5:15) 3. Uma mensagem de denúncia (Mq 6:1-7:10) 4. Bençãos para Israel (Mq 7:11-20)
  • 56. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 113) Significado • Nome do profeta, Naum, que significa “consolo”, e está relacionado com o nome Neemias, que significa “o Senhor consola” Naum: “consolo”
  • 57. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 113) Naum: “consolo” Naum 1. A majestade de Deus (Na 1:1-14) 2. O juízo de Deus (Na 1:15:3:19)
  • 59. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 114) Significado • Nome do profeta, Habacuque, que significa “braço” ou que ele foi “abraçado por Deus”; • Acredita-se que Habacuque profetizou em Judá durante o reinado de Joaquim (609-598 a.C.), pouco antes da invasão de Nabucodonosor (1:6; 2:3) e à deportação do jovem rei Joaquim para a Babilônia em 597 a.C. (II Rs 24.8-17); sendo assim contemporâneo de Jeremias. Habacuque: “abraçado por Deus”
  • 60. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 114) Habacuque: “abraçado por Deus” Habacuque 1. Os problemas de Habacuque (Hc 1:1-2:20) 2. O louvor de Habacuque (Hc 3:1-19)
  • 62. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 116) Significado • Sofonias faz parte de uma família de alta posição em Judá, com parentescos de linhagem real (1:1), o que é uma característica incomum entre os profetas do Senhor. Sofonias: “O Senhor Protege”
  • 63. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 116) Sofonias: “O Senhor Protege” Sofonias 1. As profecias de juízo (Sf 1:1-3:8) 2. As profecias de bênção (Sf 3:9-20)
  • 65. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 118) Significado • Nome do profeta, Ageu, de origem hebraica, significa “festivo” e tem a ver com o fato dele ter nascido por ocasião de uma das grandes festas judaicas. Ageu: “festivo”
  • 66. Ageu 1. Conclamação à construção do templo (Ag 1:1-15) 2. Conclamação à coragem no Senhor (Ag 2:1-9) 3. Conclamação a uma consciência pura (Ag 2:10-19) 4. Conclamação à confiança no futuro (Ag 2:20-23) Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 118) Ageu: “festivo”
  • 68. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 119) Significado • Assim como Jeremias e Ezequiel, Zacarias não era apenas profeta (1.1), mas também sacerdote. Zacarias: “Jeová se lembra”
  • 69. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 119) Zacarias: “Jeová se lembra” Zacarias 1. O chamado ao arrependimento (Zc 1:1-6) 2. As visões de Zacarias (Zc 1:7-6:15 3. As questões referentes ao jejum (Zc 7:1-8:23) 4. As sentenças sobre o futuro (Zc 9:1-14:21)
  • 71. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 122) Significado • O nome “Malaquias” pode ser traduzido por “meu mensageiro” ou “meu Anjo” e a Septuaginta traduz “por intermédio de Malaquias” como “pela mão de seu anjo”. • Alguns estudiosos alegam que o nome é apenas o título editorial do livro emprestado da fraseologia de 3:1, presumindo assim que a obra seja uma profecia anônima; sendo os principais argumentos a ausência de dados específicos no que diz respeito a seu pai e menção ao lugar de nascimento do profeta. Malaquias: “meu mensageiro”
  • 72. Aula 13: Livros Proféticos Livros Proféticos (pág. 122) Malaquias: “meu mensageiro” Malaquias 1. A compaixão de Deus por Israel (Ml 1:1-5) 2. A queixa de Deus contra Israel (Ml 1:6-3:15) 3. A condenação de Deus para Israel (Ml 3:16-4:6)
  • 73. <fim />prof. Gustavo Zimmermann http://gust4vo.com / contato@gust4vo.com