SlideShare uma empresa Scribd logo
Aula 7:
Revisão Pré-Avaliação
prof. Gustavo Zimmermann
EFD Curso I – Fundamento: A Bíblia – Antigo Testamento E-mail: contato@gust4vo.com
Origem do Nome
Bíblia Sagrada
Bíblia Sagrada
Conceito: Santo que significa
“separado”.
Etimologia: A palavra "sagrado"
provém do termo latino sacrum.
Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação
Origem do Nome
 Caule do Papiro » Biblos (grego)
 Papiro, Livro » Biblos (grego)
 Acervo literário » Biblioteca
 Livro » Biblos (grego)
 Livrinho » Biblion (grego)
Bíblia Sagrada
Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação
Origem do Nome
Biblion
(Livrinho)
Biblia
(Livrinhos)
Bíblia Sagrada
Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação
Origem do Nome
Bíblia de
Gutenberg
a primeira Bíblia impressa
A Primeira Bíblia Impressa
Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação
Bíblia de Gutenberg
A Bíblia foi impressa por volta de 1450 na
cidade de Mainz, na Alemanha, pelo genial
Johannes Gutenberg, que por este evento,
revolucionou a história do mundo ocidental.
Livros
Apócrifos
de origem duvidosa
Apócrifos
Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação
Livros Apócrifos
Livros Apócrifos ou Pseudoepígrafos são livros
que não entraram no cânon hebraico dos livros
inspirados. Do grego, apócrifos significa “oculto”,
“escondido” ou “de origem duvidosa”.
Deutorocanônicos
Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação
Livros Apócrifos
Os Livros Apócrifos Deutorocanônicos são um conjunto de 7
livros e 2 acréscimos encontrados nas Bíblias de editoras
católicas.
• Tobias
• Judite
• Eclesiástico (Sabedoria de Jesus Ben Sirach)
• Sabedoria de Salomão
• Baruque
• I Macabeus e II Macabeus
• adições em Ester
• adições em Daniel
Deutorocanônicos
Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação
Livros Apócrifos
Deutorocanônicos
Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação
Livros Apócrifos
"Este prólogo, como vanguarda (principium) com
capacete das Escrituras, pode ser aplicado a todos
os Livros que traduzimos do Hebraico para o Latim,
de tal maneira que possamos saber que tudo
quanto é separado destes deve ser colocado entre
os Apócrifos. Portanto, a sabedoria comumente
chamada de Salomão, o livro de Jesus, filho de
Siraque, e Judite e Tobias e o Pastor (supõe-se
que seja o Pastor de Hermas), não fazem parte
do cânon.”São Jerônimo
Versões e
Métodos de Tradução
Septuaginta é o nome da versão da Bíblia hebraica traduzida em etapas para
o grego koiné , entre o século III a.C. e o século I a.C., em Alexandria. Dentre outras
tantas, é a mais antiga tradução da bíblia hebraica para o grego.
A tradução ficou conhecida como a Versão dos Setenta (ou Septuaginta, palavra
latina que significa setenta, ou ainda LXX), pois setenta e dois rabinos (seis de cada
uma das doze tribos) trabalharam nela e, segundo a tradição, teriam completado a
tradução em setenta e dois dias. A Septuaginta, desde o século I, é a versão clássica
da Bíblia hebraica para os cristãos de língua grega e é usada como base para
diversas traduções da Bíblia.
Antigo Testamento: Septuaginta
Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação
Versões e Métodos de Tradução
Texto massorético ou masorético é o texto hebraico da Bíblia utilizado com a versão
universal da Tanakh para o judaísmo moderno, e também como fonte de tradução
para o Antigo Testamento da Bíblia cristã, inicialmente pelos protestantes e,
modernamente, também por tradutores católicos.
Em torno do século VI, um grupo de competentes escribas judeus teve por missão
reunir os textos considerados inspirados por Deus, utilizados pela comunidade
hebraica, em um único escrito. Este grupo recebeu o nome de "Escola de Massorá".
Os "massoretas" escreveram a Bíblia de Massorá, examinando e comparando todos
os manuscritos bíblicos conhecidos à época. O resultado deste trabalho ficou
conhecido posteriormente como o "Texto Massorético".
Antigo Testamento: Texto Massorético
Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação
Versões e Métodos de Tradução
Novo Testamento: Textos
Tradução Texto Grego: Quanto ao Novo Testamento, a
primeira coisa que precisamos entender é a questão do Texto
Grego, onde temos dois tipos de textos:
01. Texto Crítico
Baseado em 3 ou 4 manuscritos mais antigos datando do séc. II a IV.
02. Texto Majoritário
Baseado na grande maioria dos textos e manuscritos antigos, mas que datam de bem mais tarde,
no caso do séc. VIII a X.
Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação
Versões e Métodos de Tradução
01. Método de Equivalência Formal
02. Método de Equivalência Dinâmica
Métodos de Tradução
Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação
Versões e Métodos de Tradução
Equivalência
Formal
Equivalência
Dinâmica
AlmeidaCorrigida
AMensagem
AlmeidaAtualizada
NVI
NTLH
Métodos de Tradução
Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação
Versões e Métodos de Tradução
Tradução
para o
Português
tentativas...
Originalmente a Bíblia foi escrita em Hebraico, Aramaico e Grego e hoje ela esta traduzida em
mais de 2.500 línguas e dialetos.
Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação
Tradução para o Português (pág. 37)
Novo Testamento
Don Dinis
Rei de Portugal
Leonor de Avis
Esposa de Don João II
João F. A. Almeida
Cosmopolita do Século XVII
1279 – 1325 1505 1645
Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação
Tradução para o Português (pág. 38)
Antigo Testamento
João Ferreira, depois de ter traduzido vários capítulos,
perdeu o manuscrito que levou 3 anos par escrever e
teve que começar tudo de novo, até que em 1676 ele
finalmente terminou a tradução do Novo Testamento e
envio para ser impresso na Batávia (região histórica na
província de Guéldria, nos Países Baixos), mas o trabalho
de revisão foi tão lento que ele teve que tomar o
manuscrito e reenviar para ser impresso em Amsterdam,
na Holanda e finalmente em 1681 surgiu o primeiro
Novo Testamento traduzido completamente em
português.
Após traduzir o Novo Testamento, Almeida se deparou com a hora de começar a traduzir o
Antigo Testamento, mas ele só conseguiu chegar até o livro de Ezequiel 41, pois uma
enfermidade ceifou lhe a vida em 1681, aos 63 anos de idade.
Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação
Tradução para o Português (pág. 39)
Antigo Testamento
Jacobus op den Akker
Pastor Protestante Holandes
João F. A. Almeida
Cosmopolita do Século XVII
1681 (até Ezequiel 51) 1753 1778
António Pereira de Figueiredo
Padre Português
Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação
Tradução para o Português (pág. 39)
Almeida Vs. Figueiredo (1ª Edição de 1778)
1 Pedro 5:5
 Versão Almeida: “devida obediência aos mais velhos”.
 Versão Figueiredo: “apoiando a honra dos padres”.
João 11:57
 Versão Almeida: “sacerdote”.
 Versão Figueiredo: “pontífice”
Apocalipse 1:10
 Versão Almeida: “arrebatado fui no dia do Senhor”.
 Versão Figueiredo: “arrebatado fui no dia de domingo”.
Pentateuco
1. Gênesis: Bereshit (No princípio);
2. Êxodo: Shemot (São estes os nomes);
3. Levítico: Vayikrá (Relativo aos levitas);
4. Números: Badmibar (No deserto);
5. Deuteronômio: Devarim (Segunda lei)
Tanach: Torá (lei)
Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação
Pentateuco
Gênesis
Pontos Importantes
Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação
Pentateuco
História do Mudo (Gn 1-11) e dos Hebreus (Gn 12-50)
A Criação
1. O Começo da Criação
2. Os Dias da Criação
3. As Origens do Homem e da Mulher
O Pecado Original
1. A Tentação
2. Os Julgamentos
As 2 Sementes
1. Caim e Abel
2. Noé
3. Abraão
4. José
Êxodo
Pontos Importantes
Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação
Pentateuco
Sujeição: O povo hebreu no Egito
Emancipação:
A jornada dos hebreus do
Egito até o Sinai
Revelação:
Os Hebreus no Sinai
Levítico
Pontos Importantes
Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação
Pentateuco
Sacrifício:
O Caminho para Deus
Santificação:
A Caminhada com Deus
Números
Pontos Importantes
Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação
Pentateuco
Sinai:
Preparação do Povo
Cades-Barnéia:
Marcha e Estadia
Moabe:
Marcha e estado na
Planície
Deuteronômio
Pontos Importantes
Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação
Pentateuco
Parte Histórica:
Recapitulação da Peregrinação de Israel
Parte Legal:
Repetição da Lei de Israel
Ratificação:
Ratificação da Aliança
com Israel
Conclusão:
1. As Incumbências de Moisés
2. O Cântico de Moisés
3. O Testamento de Moisés
4. A Morte de Moisés
<fim />prof. Gustavo Zimmermann
http://gust4vo.com / contato@gust4vo.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Bibliologia
BibliologiaBibliologia
Bibliologia
Fabio Couto
 
Bibliologia
BibliologiaBibliologia
Bibliologia
Lemuell Canario
 
Aula 2 - Gênesis
Aula 2 - GênesisAula 2 - Gênesis
Aula 2 - Gênesis
Gustavo Zimmermann
 
Aula- Teologia Sistemática/Bibliologia - Instituto Bíblico de Tirano
Aula- Teologia Sistemática/Bibliologia - Instituto Bíblico de TiranoAula- Teologia Sistemática/Bibliologia - Instituto Bíblico de Tirano
Aula- Teologia Sistemática/Bibliologia - Instituto Bíblico de Tirano
Romulo Andalécio
 
Bibliologia - Inspiração - Cânon das Escrituras Sagradas
Bibliologia - Inspiração - Cânon das Escrituras SagradasBibliologia - Inspiração - Cânon das Escrituras Sagradas
Bibliologia - Inspiração - Cânon das Escrituras Sagradas
Erivelton Rodrigues Nunes
 
Bibliologia Parte 2
Bibliologia Parte 2Bibliologia Parte 2
Bibliologia Parte 2
Jovens Do Caminho
 
Bibliologia apostila do aluno
Bibliologia apostila do alunoBibliologia apostila do aluno
Bibliologia apostila do aluno
Presb Anderson Emanoel
 
5 aula bibliologia - preservação e tradução da bíblia
5 aula bibliologia - preservação e tradução da bíblia5 aula bibliologia - preservação e tradução da bíblia
5 aula bibliologia - preservação e tradução da bíblia
RODRIGO FERREIRA
 
Apostila de bibliologia
Apostila de bibliologiaApostila de bibliologia
Apostila de bibliologia
Antonio Rodrigues
 
Curso de Bibliologia
Curso de BibliologiaCurso de Bibliologia
Curso de Bibliologia
Sergio Silva
 
Aula 02- O Cânon Sagrado
Aula 02- O Cânon SagradoAula 02- O Cânon Sagrado
Aula 02- O Cânon Sagrado
Maxsuel Aquino
 
Bibliologia pr. jonas freitas de jesus
Bibliologia   pr. jonas freitas de jesusBibliologia   pr. jonas freitas de jesus
Bibliologia pr. jonas freitas de jesus
jonasfreitasdejesus
 
Formação sobre Bíblia
Formação sobre BíbliaFormação sobre Bíblia
Formação sobre Bíblia
Francisco Rodrigo
 
Bíblia: Uma bênção para nós (Estudo 1)
Bíblia: Uma bênção para nós (Estudo 1)Bíblia: Uma bênção para nós (Estudo 1)
Bíblia: Uma bênção para nós (Estudo 1)
Daniel Junior
 
Bibliologia Parte 1
Bibliologia Parte 1Bibliologia Parte 1
Bibliologia Parte 1
Jovens Do Caminho
 
A formação da bíblia
A formação da bíbliaA formação da bíblia
A formação da bíblia
Bruno Cesar Santos de Sousa
 
Bibliologia
BibliologiaBibliologia
Bibliologia
Eriovaldo Santin
 
A Origem e História da Bíblia
A Origem e História da BíbliaA Origem e História da Bíblia
A Origem e História da Bíblia
Antonio Fernandes
 
todas as parbolas da biblia
 todas as parbolas da biblia todas as parbolas da biblia
todas as parbolas da biblia
Anderson Luiz Soares
 
A origem da Bíblia e a sua História
A origem da Bíblia e a sua HistóriaA origem da Bíblia e a sua História
A origem da Bíblia e a sua História
Robson Rocha
 

Mais procurados (20)

Bibliologia
BibliologiaBibliologia
Bibliologia
 
Bibliologia
BibliologiaBibliologia
Bibliologia
 
Aula 2 - Gênesis
Aula 2 - GênesisAula 2 - Gênesis
Aula 2 - Gênesis
 
Aula- Teologia Sistemática/Bibliologia - Instituto Bíblico de Tirano
Aula- Teologia Sistemática/Bibliologia - Instituto Bíblico de TiranoAula- Teologia Sistemática/Bibliologia - Instituto Bíblico de Tirano
Aula- Teologia Sistemática/Bibliologia - Instituto Bíblico de Tirano
 
Bibliologia - Inspiração - Cânon das Escrituras Sagradas
Bibliologia - Inspiração - Cânon das Escrituras SagradasBibliologia - Inspiração - Cânon das Escrituras Sagradas
Bibliologia - Inspiração - Cânon das Escrituras Sagradas
 
Bibliologia Parte 2
Bibliologia Parte 2Bibliologia Parte 2
Bibliologia Parte 2
 
Bibliologia apostila do aluno
Bibliologia apostila do alunoBibliologia apostila do aluno
Bibliologia apostila do aluno
 
5 aula bibliologia - preservação e tradução da bíblia
5 aula bibliologia - preservação e tradução da bíblia5 aula bibliologia - preservação e tradução da bíblia
5 aula bibliologia - preservação e tradução da bíblia
 
Apostila de bibliologia
Apostila de bibliologiaApostila de bibliologia
Apostila de bibliologia
 
Curso de Bibliologia
Curso de BibliologiaCurso de Bibliologia
Curso de Bibliologia
 
Aula 02- O Cânon Sagrado
Aula 02- O Cânon SagradoAula 02- O Cânon Sagrado
Aula 02- O Cânon Sagrado
 
Bibliologia pr. jonas freitas de jesus
Bibliologia   pr. jonas freitas de jesusBibliologia   pr. jonas freitas de jesus
Bibliologia pr. jonas freitas de jesus
 
Formação sobre Bíblia
Formação sobre BíbliaFormação sobre Bíblia
Formação sobre Bíblia
 
Bíblia: Uma bênção para nós (Estudo 1)
Bíblia: Uma bênção para nós (Estudo 1)Bíblia: Uma bênção para nós (Estudo 1)
Bíblia: Uma bênção para nós (Estudo 1)
 
Bibliologia Parte 1
Bibliologia Parte 1Bibliologia Parte 1
Bibliologia Parte 1
 
A formação da bíblia
A formação da bíbliaA formação da bíblia
A formação da bíblia
 
Bibliologia
BibliologiaBibliologia
Bibliologia
 
A Origem e História da Bíblia
A Origem e História da BíbliaA Origem e História da Bíblia
A Origem e História da Bíblia
 
todas as parbolas da biblia
 todas as parbolas da biblia todas as parbolas da biblia
todas as parbolas da biblia
 
A origem da Bíblia e a sua História
A origem da Bíblia e a sua HistóriaA origem da Bíblia e a sua História
A origem da Bíblia e a sua História
 

Semelhante a Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação

IGBb-1.pdf
IGBb-1.pdfIGBb-1.pdf
IGBb-1.pdf
Tiago Silva
 
Os evangelhos
Os evangelhosOs evangelhos
Os evangelhos
Sérgio Ira
 
BÍBLIA PALAVRA VIVA E EFICAZ(1).pptx
BÍBLIA PALAVRA VIVA E EFICAZ(1).pptxBÍBLIA PALAVRA VIVA E EFICAZ(1).pptx
BÍBLIA PALAVRA VIVA E EFICAZ(1).pptx
RODRIGO FERREIRA
 
Antigo testamento
Antigo testamento Antigo testamento
Antigo testamento
DAVICUNHA12
 
03.lucas comentário esperança
03.lucas   comentário esperança03.lucas   comentário esperança
03.lucas comentário esperança
josimar silva
 
Estrutura interna da bíblia
Estrutura interna da bíbliaEstrutura interna da bíblia
Estrutura interna da bíblia
Manuel Pereira Gonçalves
 
12.colossenses comentário esperança
12.colossenses   comentário esperança12.colossenses   comentário esperança
12.colossenses comentário esperança
josimar silva
 
A Integridade Da Bíblia
A Integridade Da BíbliaA Integridade Da Bíblia
A Integridade Da Bíblia
DimensaoCatolica
 
21.1 pedro comentário esperança
21.1 pedro   comentário esperança21.1 pedro   comentário esperança
21.1 pedro comentário esperança
josimar silva
 
Biblia emrc
Biblia emrcBiblia emrc
Biblia emrc
Zaara Miranda
 
19.hebreus comentário esperança
19.hebreus   comentário esperança19.hebreus   comentário esperança
19.hebreus comentário esperança
josimar silva
 
Edoc.site pentateuco apostila
Edoc.site pentateuco apostilaEdoc.site pentateuco apostila
Edoc.site pentateuco apostila
Shirley Militão
 
Apostilavidanova
ApostilavidanovaApostilavidanova
Apostilavidanova
Waldecy Jose da Silva
 
Introdução
Introdução Introdução
Introdução
EscolaPregadoresdoDe
 
Introdução à bíblia
Introdução à bíbliaIntrodução à bíblia
Introdução à bíblia
Marcos Antonio da Silva
 
17.tito comentário esperança
17.tito   comentário esperança17.tito   comentário esperança
17.tito comentário esperança
Pr.Jocemar Porto
 
13.1 tessalonicenses comentário esperança
13.1 tessalonicenses   comentário esperança13.1 tessalonicenses   comentário esperança
13.1 tessalonicenses comentário esperança
josimar silva
 
A Historicidade da Bíblia
A Historicidade da BíbliaA Historicidade da Bíblia
A Historicidade da Bíblia
Escola Bíblica Digital
 
22.1,2,3 joao comentário esperança
22.1,2,3 joao   comentário esperança22.1,2,3 joao   comentário esperança
22.1,2,3 joao comentário esperança
josimar silva
 
07.1 corintios comentário esperança
07.1 corintios   comentário esperança07.1 corintios   comentário esperança
07.1 corintios comentário esperança
josimar silva
 

Semelhante a Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação (20)

IGBb-1.pdf
IGBb-1.pdfIGBb-1.pdf
IGBb-1.pdf
 
Os evangelhos
Os evangelhosOs evangelhos
Os evangelhos
 
BÍBLIA PALAVRA VIVA E EFICAZ(1).pptx
BÍBLIA PALAVRA VIVA E EFICAZ(1).pptxBÍBLIA PALAVRA VIVA E EFICAZ(1).pptx
BÍBLIA PALAVRA VIVA E EFICAZ(1).pptx
 
Antigo testamento
Antigo testamento Antigo testamento
Antigo testamento
 
03.lucas comentário esperança
03.lucas   comentário esperança03.lucas   comentário esperança
03.lucas comentário esperança
 
Estrutura interna da bíblia
Estrutura interna da bíbliaEstrutura interna da bíblia
Estrutura interna da bíblia
 
12.colossenses comentário esperança
12.colossenses   comentário esperança12.colossenses   comentário esperança
12.colossenses comentário esperança
 
A Integridade Da Bíblia
A Integridade Da BíbliaA Integridade Da Bíblia
A Integridade Da Bíblia
 
21.1 pedro comentário esperança
21.1 pedro   comentário esperança21.1 pedro   comentário esperança
21.1 pedro comentário esperança
 
Biblia emrc
Biblia emrcBiblia emrc
Biblia emrc
 
19.hebreus comentário esperança
19.hebreus   comentário esperança19.hebreus   comentário esperança
19.hebreus comentário esperança
 
Edoc.site pentateuco apostila
Edoc.site pentateuco apostilaEdoc.site pentateuco apostila
Edoc.site pentateuco apostila
 
Apostilavidanova
ApostilavidanovaApostilavidanova
Apostilavidanova
 
Introdução
Introdução Introdução
Introdução
 
Introdução à bíblia
Introdução à bíbliaIntrodução à bíblia
Introdução à bíblia
 
17.tito comentário esperança
17.tito   comentário esperança17.tito   comentário esperança
17.tito comentário esperança
 
13.1 tessalonicenses comentário esperança
13.1 tessalonicenses   comentário esperança13.1 tessalonicenses   comentário esperança
13.1 tessalonicenses comentário esperança
 
A Historicidade da Bíblia
A Historicidade da BíbliaA Historicidade da Bíblia
A Historicidade da Bíblia
 
22.1,2,3 joao comentário esperança
22.1,2,3 joao   comentário esperança22.1,2,3 joao   comentário esperança
22.1,2,3 joao comentário esperança
 
07.1 corintios comentário esperança
07.1 corintios   comentário esperança07.1 corintios   comentário esperança
07.1 corintios comentário esperança
 

Mais de Gustavo Zimmermann

Aula 13 - Livros Proféticos
Aula 13 - Livros ProféticosAula 13 - Livros Proféticos
Aula 13 - Livros Proféticos
Gustavo Zimmermann
 
Aula 12 - Revisão Pré-Avaliação
Aula 12 - Revisão Pré-AvaliaçãoAula 12 - Revisão Pré-Avaliação
Aula 12 - Revisão Pré-Avaliação
Gustavo Zimmermann
 
Aula 9 - Livros Históricos (part. 2)
Aula 9 - Livros Históricos (part. 2)Aula 9 - Livros Históricos (part. 2)
Aula 9 - Livros Históricos (part. 2)
Gustavo Zimmermann
 
Aula 10 - Livros Históricos (part. 3)
Aula 10 - Livros Históricos (part. 3)Aula 10 - Livros Históricos (part. 3)
Aula 10 - Livros Históricos (part. 3)
Gustavo Zimmermann
 
Aula 8 - Livros Históricos (part. 1)
Aula 8 - Livros Históricos (part. 1)Aula 8 - Livros Históricos (part. 1)
Aula 8 - Livros Históricos (part. 1)
Gustavo Zimmermann
 
Aula 6 - Deuteronômio
Aula 6 - DeuteronômioAula 6 - Deuteronômio
Aula 6 - Deuteronômio
Gustavo Zimmermann
 
Aula 5 - Números
Aula 5 - NúmerosAula 5 - Números
Aula 5 - Números
Gustavo Zimmermann
 
Aula 1 - História da Bíblia
Aula 1 - História da BíbliaAula 1 - História da Bíblia
Aula 1 - História da Bíblia
Gustavo Zimmermann
 
Aula 3 - Êxodo
Aula 3 - ÊxodoAula 3 - Êxodo
Aula 3 - Êxodo
Gustavo Zimmermann
 
Aula 1 - Apologética e suas Metodologias
Aula 1 - Apologética e suas MetodologiasAula 1 - Apologética e suas Metodologias
Aula 1 - Apologética e suas Metodologias
Gustavo Zimmermann
 
Aula 2 - Teologia Natural
Aula 2 - Teologia NaturalAula 2 - Teologia Natural
Aula 2 - Teologia Natural
Gustavo Zimmermann
 
Conciência Política
Conciência PolíticaConciência Política
Conciência Política
Gustavo Zimmermann
 
Introdução ao Web Design: Aula 6 - HTML 5 (part. 2)
Introdução ao Web Design: Aula 6 - HTML 5 (part. 2)Introdução ao Web Design: Aula 6 - HTML 5 (part. 2)
Introdução ao Web Design: Aula 6 - HTML 5 (part. 2)
Gustavo Zimmermann
 
Introdução ao Web Design: Aula 5 - HTML (part. 1)
Introdução ao Web Design: Aula 5 - HTML (part. 1)Introdução ao Web Design: Aula 5 - HTML (part. 1)
Introdução ao Web Design: Aula 5 - HTML (part. 1)
Gustavo Zimmermann
 
Introdução ao Web Design: Aula 3 - PhotoShop (part. 1)
Introdução ao Web Design: Aula 3 - PhotoShop (part. 1)Introdução ao Web Design: Aula 3 - PhotoShop (part. 1)
Introdução ao Web Design: Aula 3 - PhotoShop (part. 1)
Gustavo Zimmermann
 
Introdução ao Web Design: Aula 4 - PhotoShop (part. 2)
Introdução ao Web Design: Aula 4 - PhotoShop (part. 2)Introdução ao Web Design: Aula 4 - PhotoShop (part. 2)
Introdução ao Web Design: Aula 4 - PhotoShop (part. 2)
Gustavo Zimmermann
 
Introdução ao Web Design: Aula 2 - IHC/UX Design
Introdução ao Web Design: Aula 2 - IHC/UX DesignIntrodução ao Web Design: Aula 2 - IHC/UX Design
Introdução ao Web Design: Aula 2 - IHC/UX Design
Gustavo Zimmermann
 
Introdução ao Web Design: Aula 1 - Imersão ao Web Design
Introdução ao Web Design: Aula 1 - Imersão ao Web DesignIntrodução ao Web Design: Aula 1 - Imersão ao Web Design
Introdução ao Web Design: Aula 1 - Imersão ao Web Design
Gustavo Zimmermann
 
HTML5 Básico: Marcação (aula 1)
HTML5 Básico: Marcação (aula 1)HTML5 Básico: Marcação (aula 1)
HTML5 Básico: Marcação (aula 1)
Gustavo Zimmermann
 
Apologética (Aula 5): Filosofia Vs. Verdade
Apologética (Aula 5): Filosofia Vs. VerdadeApologética (Aula 5): Filosofia Vs. Verdade
Apologética (Aula 5): Filosofia Vs. Verdade
Gustavo Zimmermann
 

Mais de Gustavo Zimmermann (20)

Aula 13 - Livros Proféticos
Aula 13 - Livros ProféticosAula 13 - Livros Proféticos
Aula 13 - Livros Proféticos
 
Aula 12 - Revisão Pré-Avaliação
Aula 12 - Revisão Pré-AvaliaçãoAula 12 - Revisão Pré-Avaliação
Aula 12 - Revisão Pré-Avaliação
 
Aula 9 - Livros Históricos (part. 2)
Aula 9 - Livros Históricos (part. 2)Aula 9 - Livros Históricos (part. 2)
Aula 9 - Livros Históricos (part. 2)
 
Aula 10 - Livros Históricos (part. 3)
Aula 10 - Livros Históricos (part. 3)Aula 10 - Livros Históricos (part. 3)
Aula 10 - Livros Históricos (part. 3)
 
Aula 8 - Livros Históricos (part. 1)
Aula 8 - Livros Históricos (part. 1)Aula 8 - Livros Históricos (part. 1)
Aula 8 - Livros Históricos (part. 1)
 
Aula 6 - Deuteronômio
Aula 6 - DeuteronômioAula 6 - Deuteronômio
Aula 6 - Deuteronômio
 
Aula 5 - Números
Aula 5 - NúmerosAula 5 - Números
Aula 5 - Números
 
Aula 1 - História da Bíblia
Aula 1 - História da BíbliaAula 1 - História da Bíblia
Aula 1 - História da Bíblia
 
Aula 3 - Êxodo
Aula 3 - ÊxodoAula 3 - Êxodo
Aula 3 - Êxodo
 
Aula 1 - Apologética e suas Metodologias
Aula 1 - Apologética e suas MetodologiasAula 1 - Apologética e suas Metodologias
Aula 1 - Apologética e suas Metodologias
 
Aula 2 - Teologia Natural
Aula 2 - Teologia NaturalAula 2 - Teologia Natural
Aula 2 - Teologia Natural
 
Conciência Política
Conciência PolíticaConciência Política
Conciência Política
 
Introdução ao Web Design: Aula 6 - HTML 5 (part. 2)
Introdução ao Web Design: Aula 6 - HTML 5 (part. 2)Introdução ao Web Design: Aula 6 - HTML 5 (part. 2)
Introdução ao Web Design: Aula 6 - HTML 5 (part. 2)
 
Introdução ao Web Design: Aula 5 - HTML (part. 1)
Introdução ao Web Design: Aula 5 - HTML (part. 1)Introdução ao Web Design: Aula 5 - HTML (part. 1)
Introdução ao Web Design: Aula 5 - HTML (part. 1)
 
Introdução ao Web Design: Aula 3 - PhotoShop (part. 1)
Introdução ao Web Design: Aula 3 - PhotoShop (part. 1)Introdução ao Web Design: Aula 3 - PhotoShop (part. 1)
Introdução ao Web Design: Aula 3 - PhotoShop (part. 1)
 
Introdução ao Web Design: Aula 4 - PhotoShop (part. 2)
Introdução ao Web Design: Aula 4 - PhotoShop (part. 2)Introdução ao Web Design: Aula 4 - PhotoShop (part. 2)
Introdução ao Web Design: Aula 4 - PhotoShop (part. 2)
 
Introdução ao Web Design: Aula 2 - IHC/UX Design
Introdução ao Web Design: Aula 2 - IHC/UX DesignIntrodução ao Web Design: Aula 2 - IHC/UX Design
Introdução ao Web Design: Aula 2 - IHC/UX Design
 
Introdução ao Web Design: Aula 1 - Imersão ao Web Design
Introdução ao Web Design: Aula 1 - Imersão ao Web DesignIntrodução ao Web Design: Aula 1 - Imersão ao Web Design
Introdução ao Web Design: Aula 1 - Imersão ao Web Design
 
HTML5 Básico: Marcação (aula 1)
HTML5 Básico: Marcação (aula 1)HTML5 Básico: Marcação (aula 1)
HTML5 Básico: Marcação (aula 1)
 
Apologética (Aula 5): Filosofia Vs. Verdade
Apologética (Aula 5): Filosofia Vs. VerdadeApologética (Aula 5): Filosofia Vs. Verdade
Apologética (Aula 5): Filosofia Vs. Verdade
 

Último

Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
REFORMADOR PROTESTANTE
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
marcobueno2024
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
Oziete SS
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
claudiovieira83
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
GABRIELADIASDUTRA1
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 

Último (12)

Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 

Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação

  • 1. Aula 7: Revisão Pré-Avaliação prof. Gustavo Zimmermann EFD Curso I – Fundamento: A Bíblia – Antigo Testamento E-mail: contato@gust4vo.com
  • 2.
  • 4. Bíblia Sagrada Conceito: Santo que significa “separado”. Etimologia: A palavra "sagrado" provém do termo latino sacrum. Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação Origem do Nome
  • 5.  Caule do Papiro » Biblos (grego)  Papiro, Livro » Biblos (grego)  Acervo literário » Biblioteca  Livro » Biblos (grego)  Livrinho » Biblion (grego) Bíblia Sagrada Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação Origem do Nome
  • 6. Biblion (Livrinho) Biblia (Livrinhos) Bíblia Sagrada Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação Origem do Nome
  • 8. A Primeira Bíblia Impressa Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação Bíblia de Gutenberg A Bíblia foi impressa por volta de 1450 na cidade de Mainz, na Alemanha, pelo genial Johannes Gutenberg, que por este evento, revolucionou a história do mundo ocidental.
  • 10. Apócrifos Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação Livros Apócrifos Livros Apócrifos ou Pseudoepígrafos são livros que não entraram no cânon hebraico dos livros inspirados. Do grego, apócrifos significa “oculto”, “escondido” ou “de origem duvidosa”.
  • 11. Deutorocanônicos Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação Livros Apócrifos Os Livros Apócrifos Deutorocanônicos são um conjunto de 7 livros e 2 acréscimos encontrados nas Bíblias de editoras católicas.
  • 12. • Tobias • Judite • Eclesiástico (Sabedoria de Jesus Ben Sirach) • Sabedoria de Salomão • Baruque • I Macabeus e II Macabeus • adições em Ester • adições em Daniel Deutorocanônicos Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação Livros Apócrifos
  • 13. Deutorocanônicos Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação Livros Apócrifos "Este prólogo, como vanguarda (principium) com capacete das Escrituras, pode ser aplicado a todos os Livros que traduzimos do Hebraico para o Latim, de tal maneira que possamos saber que tudo quanto é separado destes deve ser colocado entre os Apócrifos. Portanto, a sabedoria comumente chamada de Salomão, o livro de Jesus, filho de Siraque, e Judite e Tobias e o Pastor (supõe-se que seja o Pastor de Hermas), não fazem parte do cânon.”São Jerônimo
  • 15. Septuaginta é o nome da versão da Bíblia hebraica traduzida em etapas para o grego koiné , entre o século III a.C. e o século I a.C., em Alexandria. Dentre outras tantas, é a mais antiga tradução da bíblia hebraica para o grego. A tradução ficou conhecida como a Versão dos Setenta (ou Septuaginta, palavra latina que significa setenta, ou ainda LXX), pois setenta e dois rabinos (seis de cada uma das doze tribos) trabalharam nela e, segundo a tradição, teriam completado a tradução em setenta e dois dias. A Septuaginta, desde o século I, é a versão clássica da Bíblia hebraica para os cristãos de língua grega e é usada como base para diversas traduções da Bíblia. Antigo Testamento: Septuaginta Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação Versões e Métodos de Tradução
  • 16. Texto massorético ou masorético é o texto hebraico da Bíblia utilizado com a versão universal da Tanakh para o judaísmo moderno, e também como fonte de tradução para o Antigo Testamento da Bíblia cristã, inicialmente pelos protestantes e, modernamente, também por tradutores católicos. Em torno do século VI, um grupo de competentes escribas judeus teve por missão reunir os textos considerados inspirados por Deus, utilizados pela comunidade hebraica, em um único escrito. Este grupo recebeu o nome de "Escola de Massorá". Os "massoretas" escreveram a Bíblia de Massorá, examinando e comparando todos os manuscritos bíblicos conhecidos à época. O resultado deste trabalho ficou conhecido posteriormente como o "Texto Massorético". Antigo Testamento: Texto Massorético Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação Versões e Métodos de Tradução
  • 17. Novo Testamento: Textos Tradução Texto Grego: Quanto ao Novo Testamento, a primeira coisa que precisamos entender é a questão do Texto Grego, onde temos dois tipos de textos: 01. Texto Crítico Baseado em 3 ou 4 manuscritos mais antigos datando do séc. II a IV. 02. Texto Majoritário Baseado na grande maioria dos textos e manuscritos antigos, mas que datam de bem mais tarde, no caso do séc. VIII a X. Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação Versões e Métodos de Tradução
  • 18. 01. Método de Equivalência Formal 02. Método de Equivalência Dinâmica Métodos de Tradução Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação Versões e Métodos de Tradução
  • 19. Equivalência Formal Equivalência Dinâmica AlmeidaCorrigida AMensagem AlmeidaAtualizada NVI NTLH Métodos de Tradução Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação Versões e Métodos de Tradução
  • 21. Originalmente a Bíblia foi escrita em Hebraico, Aramaico e Grego e hoje ela esta traduzida em mais de 2.500 línguas e dialetos. Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação Tradução para o Português (pág. 37) Novo Testamento Don Dinis Rei de Portugal Leonor de Avis Esposa de Don João II João F. A. Almeida Cosmopolita do Século XVII 1279 – 1325 1505 1645
  • 22. Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação Tradução para o Português (pág. 38) Antigo Testamento João Ferreira, depois de ter traduzido vários capítulos, perdeu o manuscrito que levou 3 anos par escrever e teve que começar tudo de novo, até que em 1676 ele finalmente terminou a tradução do Novo Testamento e envio para ser impresso na Batávia (região histórica na província de Guéldria, nos Países Baixos), mas o trabalho de revisão foi tão lento que ele teve que tomar o manuscrito e reenviar para ser impresso em Amsterdam, na Holanda e finalmente em 1681 surgiu o primeiro Novo Testamento traduzido completamente em português.
  • 23. Após traduzir o Novo Testamento, Almeida se deparou com a hora de começar a traduzir o Antigo Testamento, mas ele só conseguiu chegar até o livro de Ezequiel 41, pois uma enfermidade ceifou lhe a vida em 1681, aos 63 anos de idade. Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação Tradução para o Português (pág. 39) Antigo Testamento Jacobus op den Akker Pastor Protestante Holandes João F. A. Almeida Cosmopolita do Século XVII 1681 (até Ezequiel 51) 1753 1778 António Pereira de Figueiredo Padre Português
  • 24. Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação Tradução para o Português (pág. 39) Almeida Vs. Figueiredo (1ª Edição de 1778) 1 Pedro 5:5  Versão Almeida: “devida obediência aos mais velhos”.  Versão Figueiredo: “apoiando a honra dos padres”. João 11:57  Versão Almeida: “sacerdote”.  Versão Figueiredo: “pontífice” Apocalipse 1:10  Versão Almeida: “arrebatado fui no dia do Senhor”.  Versão Figueiredo: “arrebatado fui no dia de domingo”.
  • 26. 1. Gênesis: Bereshit (No princípio); 2. Êxodo: Shemot (São estes os nomes); 3. Levítico: Vayikrá (Relativo aos levitas); 4. Números: Badmibar (No deserto); 5. Deuteronômio: Devarim (Segunda lei) Tanach: Torá (lei) Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação Pentateuco
  • 27. Gênesis Pontos Importantes Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação Pentateuco História do Mudo (Gn 1-11) e dos Hebreus (Gn 12-50) A Criação 1. O Começo da Criação 2. Os Dias da Criação 3. As Origens do Homem e da Mulher O Pecado Original 1. A Tentação 2. Os Julgamentos As 2 Sementes 1. Caim e Abel 2. Noé 3. Abraão 4. José
  • 28. Êxodo Pontos Importantes Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação Pentateuco Sujeição: O povo hebreu no Egito Emancipação: A jornada dos hebreus do Egito até o Sinai Revelação: Os Hebreus no Sinai
  • 29. Levítico Pontos Importantes Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação Pentateuco Sacrifício: O Caminho para Deus Santificação: A Caminhada com Deus
  • 30. Números Pontos Importantes Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação Pentateuco Sinai: Preparação do Povo Cades-Barnéia: Marcha e Estadia Moabe: Marcha e estado na Planície
  • 31. Deuteronômio Pontos Importantes Curso A Bíblia A.T.: Aula 7 - Revisão Pré-Avaliação Pentateuco Parte Histórica: Recapitulação da Peregrinação de Israel Parte Legal: Repetição da Lei de Israel Ratificação: Ratificação da Aliança com Israel Conclusão: 1. As Incumbências de Moisés 2. O Cântico de Moisés 3. O Testamento de Moisés 4. A Morte de Moisés
  • 32. <fim />prof. Gustavo Zimmermann http://gust4vo.com / contato@gust4vo.com