SlideShare uma empresa Scribd logo
Gestalt 
A psicologia da Gestalt é um movimento que atua na área da teoria 
da forma. O design utiliza as leis da Gestalt o tempo todo, muitas 
vezes até de forma inconsciente. 
Significado 
Muita gente acha que é o sobrenome de algum psicólogo que 
teria fundado o movimento. Na verdade, é uma palavra de origem 
germânica que significa “forma” ou “figura”.
Leis Básicas da Gestalt 
Semelhança 
Proximidade 
Continuidade 
Pregnância 
Fechamento 
Unidade
Semelhança 
A lei da semelhança dita que objetos similares se agruparão entre si. 
Na imagem abaixo, a maioria das pessoas vê colunas de quadrados 
e colunas de círculos. Poucas pessoas vão associar isto como “uma 
linha horizontal onde quadrados e círculos se intercalam”.
Proximidade 
Elementos próximos tendem a se agruparem, constituindo uma 
unidade. Elementos vão parecer mais próximos e unificados quanto 
menor for a distância entre eles. Você nota os 16 círculos, ou os 4 
grupos de círculos na imagem abaixo?
Continuidade 
Essa lei dita que pontos que estão conectados por uma linha reta 
ou curva, são vistos de uma maneira a seguirem um caminho mais 
suave. Em vez de ver linhas e ângulos separados, linhas são vistas 
como uma só.
Pregnância 
É chamado também de lei da simplicidade. Ela dita que objetos em 
um ambiente são vistos da forma mais simples possíveis. Quanto 
mais simples, mais facilmente é assimilada. Na imagem abaixo, 
vemos vários círculos em vez de uma forma complexa:
Fechamento 
Elementos são agrupados se eles parecem se completar. Ou seja, 
nossa mente ver um objeto completo mesmo quando não há um.
Unificação 
Na lei da unificação, mesmo uma imagem abstrata pode ser 
entendida pela mente humana pois preenchemos os espaços vazios 
instintivamente, como no logo do Johnnie Walker ou da WWF (um 
homem caminhando e um urso panda).
Figura e Fundo 
Tudo aquilo que vivemos e experienciamos, nossas lembranças, nossos conceitos, nosso 
modo de encarar e perceber a vida e as coisas à nossa volta. A isso, chamamos de Fundo. 
Em contrapartida, tudo aquilo que nos chama a atenção em determinado momento, que nos 
prende, seja um objeto, seja uma necessidade que precisa ser satisfeita (fome, sede, amor, 
dinheiro, etc.), é o que chamamos de Figura.
Leis da Gestalt

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gestalt
GestaltGestalt
Gestalt
lilalemos
 
Psicologia da Gestalt
Psicologia da GestaltPsicologia da Gestalt
Psicologia da Gestalt
Fernanda Zechinatto
 
A teoria de gestalt
A teoria de gestaltA teoria de gestalt
A teoria de gestalt
Rute Oliveira
 
Psicologia gestalt
Psicologia gestaltPsicologia gestalt
Psicologia gestalt
Dorothy Dias
 
Leis da Gestalt
Leis da GestaltLeis da Gestalt
Leis da Gestalt
Camila Casarotto
 
Gestalt
GestaltGestalt
Gestalt new(fix)
Gestalt new(fix)Gestalt new(fix)
Gestalt new(fix)
De Janks
 
Percepção visual
Percepção visualPercepção visual
Percepção visual
SofiaOliveira96
 
Alfabetismo visual elementos_sintaticos2
Alfabetismo visual elementos_sintaticos2Alfabetismo visual elementos_sintaticos2
Alfabetismo visual elementos_sintaticos2
Denise Lima
 
Teoria da Gestalt
Teoria da GestaltTeoria da Gestalt
Teoria da Gestalt
Silvia Marina Anaruma
 
Gestalt do objeto
Gestalt do objetoGestalt do objeto
Gestalt do objeto
Priscila Souza
 
Aula 2 composição visual
Aula  2 composição visualAula  2 composição visual
Aula 2 composição visual
Artedoiscmb Cmb
 
Aula 05 linguagem visual
Aula 05   linguagem visualAula 05   linguagem visual
Aula 05 linguagem visual
Elizeu Nascimento Silva
 
Elementos visuais
Elementos visuaisElementos visuais
Elementos visuais
Keyla Dias
 
Linguagem Visual - Fundamentos Compositivos
Linguagem Visual - Fundamentos CompositivosLinguagem Visual - Fundamentos Compositivos
Leis Visuais Gestalt
Leis Visuais GestaltLeis Visuais Gestalt
AULA 2:Fundamentos composicao visual
AULA 2:Fundamentos composicao visualAULA 2:Fundamentos composicao visual
AULA 2:Fundamentos composicao visual
W.COM
 
A psicologia da Gestalt - histórico e princípios
A psicologia da Gestalt - histórico e princípiosA psicologia da Gestalt - histórico e princípios
A psicologia da Gestalt - histórico e princípios
Ludmila Moura
 
A linguagem visual
A linguagem visualA linguagem visual
A linguagem visual
Rodolfo Ferreira de Oliveira
 
Expressão e composição da forma
Expressão e composição da formaExpressão e composição da forma
Expressão e composição da forma
Fernando Mendes
 

Mais procurados (20)

Gestalt
GestaltGestalt
Gestalt
 
Psicologia da Gestalt
Psicologia da GestaltPsicologia da Gestalt
Psicologia da Gestalt
 
A teoria de gestalt
A teoria de gestaltA teoria de gestalt
A teoria de gestalt
 
Psicologia gestalt
Psicologia gestaltPsicologia gestalt
Psicologia gestalt
 
Leis da Gestalt
Leis da GestaltLeis da Gestalt
Leis da Gestalt
 
Gestalt
GestaltGestalt
Gestalt
 
Gestalt new(fix)
Gestalt new(fix)Gestalt new(fix)
Gestalt new(fix)
 
Percepção visual
Percepção visualPercepção visual
Percepção visual
 
Alfabetismo visual elementos_sintaticos2
Alfabetismo visual elementos_sintaticos2Alfabetismo visual elementos_sintaticos2
Alfabetismo visual elementos_sintaticos2
 
Teoria da Gestalt
Teoria da GestaltTeoria da Gestalt
Teoria da Gestalt
 
Gestalt do objeto
Gestalt do objetoGestalt do objeto
Gestalt do objeto
 
Aula 2 composição visual
Aula  2 composição visualAula  2 composição visual
Aula 2 composição visual
 
Aula 05 linguagem visual
Aula 05   linguagem visualAula 05   linguagem visual
Aula 05 linguagem visual
 
Elementos visuais
Elementos visuaisElementos visuais
Elementos visuais
 
Linguagem Visual - Fundamentos Compositivos
Linguagem Visual - Fundamentos CompositivosLinguagem Visual - Fundamentos Compositivos
Linguagem Visual - Fundamentos Compositivos
 
Leis Visuais Gestalt
Leis Visuais GestaltLeis Visuais Gestalt
Leis Visuais Gestalt
 
AULA 2:Fundamentos composicao visual
AULA 2:Fundamentos composicao visualAULA 2:Fundamentos composicao visual
AULA 2:Fundamentos composicao visual
 
A psicologia da Gestalt - histórico e princípios
A psicologia da Gestalt - histórico e princípiosA psicologia da Gestalt - histórico e princípios
A psicologia da Gestalt - histórico e princípios
 
A linguagem visual
A linguagem visualA linguagem visual
A linguagem visual
 
Expressão e composição da forma
Expressão e composição da formaExpressão e composição da forma
Expressão e composição da forma
 

Destaque

Teoria da Gestalt
Teoria da GestaltTeoria da Gestalt
Teoria da Gestalt
Lilian Mascarenhas
 
04 gestalt
04 gestalt04 gestalt
04 gestalt
Djalma J. Patricio
 
Gestalt
GestaltGestalt
Gestalt
Misterios10
 
A historia da gestalt
A historia da gestaltA historia da gestalt
A historia da gestalt
Diego Avila
 
Gestalt Terapia - Psicologia
Gestalt Terapia - PsicologiaGestalt Terapia - Psicologia
Gestalt Terapia - Psicologia
Adriane Fernandes
 
Gestalt Slides
Gestalt SlidesGestalt Slides
Gestalt Slides
André Oliveira
 
Gestalt da forma
Gestalt da formaGestalt da forma
Gestalt da forma
sergioborgato
 
Ihm Aula 06 Gestalt 25.03.08 E
Ihm   Aula 06   Gestalt  25.03.08 EIhm   Aula 06   Gestalt  25.03.08 E
Ihm Aula 06 Gestalt 25.03.08 E
Professor Samuel Ribeiro
 
Programação visual aula 03 - leis da gestalt
Programação visual   aula 03 - leis da gestaltProgramação visual   aula 03 - leis da gestalt
Programação visual aula 03 - leis da gestalt
Eauv
 
Teoria de Gestalt
Teoria de GestaltTeoria de Gestalt
Teoria de Gestalt
Patrícia Filipa Martins
 
Aula sobre Gestalt - FPE
Aula sobre Gestalt - FPEAula sobre Gestalt - FPE
Aula sobre Gestalt - FPE
Rodrigo Castro
 
Teoria de Desenho (Plano / Forma / Movimento)
Teoria de Desenho (Plano / Forma / Movimento)Teoria de Desenho (Plano / Forma / Movimento)
Teoria de Desenho (Plano / Forma / Movimento)
Mauricio Mallet Duprat
 
Gestalt poligrafo
Gestalt poligrafoGestalt poligrafo
UCM Psicologia de la comunicación Sesión 6
UCM Psicologia de la comunicación Sesión 6UCM Psicologia de la comunicación Sesión 6
UCM Psicologia de la comunicación Sesión 6
Sergio Mena
 
Trabalho De Grupo Semiotica Da ComunicaçAo O Grito
Trabalho De Grupo Semiotica Da ComunicaçAo O GritoTrabalho De Grupo Semiotica Da ComunicaçAo O Grito
Trabalho De Grupo Semiotica Da ComunicaçAo O Grito
Nuno Granada
 
Gestalt - Percepção da Forma - Categorias Fundamentais - Ligia Fascione
Gestalt - Percepção da Forma - Categorias Fundamentais - Ligia FascioneGestalt - Percepção da Forma - Categorias Fundamentais - Ligia Fascione
Gestalt - Percepção da Forma - Categorias Fundamentais - Ligia Fascione
Luiza Amaral
 
Principles of-design
Principles of-designPrinciples of-design
Principles of-design
Djalma J. Patricio
 

Destaque (17)

Teoria da Gestalt
Teoria da GestaltTeoria da Gestalt
Teoria da Gestalt
 
04 gestalt
04 gestalt04 gestalt
04 gestalt
 
Gestalt
GestaltGestalt
Gestalt
 
A historia da gestalt
A historia da gestaltA historia da gestalt
A historia da gestalt
 
Gestalt Terapia - Psicologia
Gestalt Terapia - PsicologiaGestalt Terapia - Psicologia
Gestalt Terapia - Psicologia
 
Gestalt Slides
Gestalt SlidesGestalt Slides
Gestalt Slides
 
Gestalt da forma
Gestalt da formaGestalt da forma
Gestalt da forma
 
Ihm Aula 06 Gestalt 25.03.08 E
Ihm   Aula 06   Gestalt  25.03.08 EIhm   Aula 06   Gestalt  25.03.08 E
Ihm Aula 06 Gestalt 25.03.08 E
 
Programação visual aula 03 - leis da gestalt
Programação visual   aula 03 - leis da gestaltProgramação visual   aula 03 - leis da gestalt
Programação visual aula 03 - leis da gestalt
 
Teoria de Gestalt
Teoria de GestaltTeoria de Gestalt
Teoria de Gestalt
 
Aula sobre Gestalt - FPE
Aula sobre Gestalt - FPEAula sobre Gestalt - FPE
Aula sobre Gestalt - FPE
 
Teoria de Desenho (Plano / Forma / Movimento)
Teoria de Desenho (Plano / Forma / Movimento)Teoria de Desenho (Plano / Forma / Movimento)
Teoria de Desenho (Plano / Forma / Movimento)
 
Gestalt poligrafo
Gestalt poligrafoGestalt poligrafo
Gestalt poligrafo
 
UCM Psicologia de la comunicación Sesión 6
UCM Psicologia de la comunicación Sesión 6UCM Psicologia de la comunicación Sesión 6
UCM Psicologia de la comunicación Sesión 6
 
Trabalho De Grupo Semiotica Da ComunicaçAo O Grito
Trabalho De Grupo Semiotica Da ComunicaçAo O GritoTrabalho De Grupo Semiotica Da ComunicaçAo O Grito
Trabalho De Grupo Semiotica Da ComunicaçAo O Grito
 
Gestalt - Percepção da Forma - Categorias Fundamentais - Ligia Fascione
Gestalt - Percepção da Forma - Categorias Fundamentais - Ligia FascioneGestalt - Percepção da Forma - Categorias Fundamentais - Ligia Fascione
Gestalt - Percepção da Forma - Categorias Fundamentais - Ligia Fascione
 
Principles of-design
Principles of-designPrinciples of-design
Principles of-design
 

Semelhante a Leis da Gestalt

Aula gestalt
Aula gestaltAula gestalt
Aula gestalt
Gabriel Muniz
 
Interface Homem Computador - Aula04 - Principios da Gestalt
Interface Homem Computador - Aula04 - Principios da GestaltInterface Homem Computador - Aula04 - Principios da Gestalt
Interface Homem Computador - Aula04 - Principios da Gestalt
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 
Perceção e gestalt
Perceção e gestaltPerceção e gestalt
Perceção e gestalt
Luis De Sousa Rodrigues
 
PERCEPÇÃO VISUAL
PERCEPÇÃO VISUALPERCEPÇÃO VISUAL
PERCEPÇÃO VISUAL
Andrea Dalforno
 
A teoria da gestalt
A teoria da gestaltA teoria da gestalt
A teoria da gestalt
Patrycia Patty
 
Teoria de Gestalt
Teoria de GestaltTeoria de Gestalt
Teoria de Gestalt
Bruno Mendes
 
Design configuração
Design   configuraçãoDesign   configuração
Design configuração
sergioborgato
 
GESTALT.pptx
GESTALT.pptxGESTALT.pptx
GESTALT.pptx
MaeSoaresdaSilva
 
7 ges-teoria-palestra-outubro-06 ok
7 ges-teoria-palestra-outubro-06 ok7 ges-teoria-palestra-outubro-06 ok
7 ges-teoria-palestra-outubro-06 ok
brandermarlonxavier
 
As leis da perceção
As leis da perceçãoAs leis da perceção
As leis da perceção
Luis De Sousa Rodrigues
 
Perceção visual
Perceção visualPerceção visual
Perceção visual
catarinacarvalho260
 
Módulo 2 -Perceção visual
Módulo 2 -Perceção visualMódulo 2 -Perceção visual
Módulo 2 -Perceção visual
catarinacarvalho260
 
Gestalt a teoria da forma. Gestaltismo pptx
Gestalt a teoria da forma. Gestaltismo pptxGestalt a teoria da forma. Gestaltismo pptx
Gestalt a teoria da forma. Gestaltismo pptx
WilsonGomes53
 
Psicologia Gestalt.pptx
Psicologia Gestalt.pptxPsicologia Gestalt.pptx
Psicologia Gestalt.pptx
LetciaSchneider
 
introdução gestalt
introdução gestaltintrodução gestalt
introdução gestalt
carol brandao
 
Ego ciência e serciência versus proposta do sagrado
Ego ciência e serciência versus proposta do sagradoEgo ciência e serciência versus proposta do sagrado
Ego ciência e serciência versus proposta do sagrado
Carlos Azeitona
 
Teoria de gestalt informacao
Teoria de gestalt informacaoTeoria de gestalt informacao
Teoria de gestalt informacao
Bibliotecas Infante D. Henrique
 
Apostila sobre Gestalt
Apostila sobre GestaltApostila sobre Gestalt
Apostila sobre Gestalt
Doisnovemeia Publicidade
 
A teoria de gestalt
A teoria de gestaltA teoria de gestalt
A teoria de gestalt
Sandra Domingues
 
Elementos do design
Elementos do designElementos do design
Elementos do design
Fernando Ricardo Max
 

Semelhante a Leis da Gestalt (20)

Aula gestalt
Aula gestaltAula gestalt
Aula gestalt
 
Interface Homem Computador - Aula04 - Principios da Gestalt
Interface Homem Computador - Aula04 - Principios da GestaltInterface Homem Computador - Aula04 - Principios da Gestalt
Interface Homem Computador - Aula04 - Principios da Gestalt
 
Perceção e gestalt
Perceção e gestaltPerceção e gestalt
Perceção e gestalt
 
PERCEPÇÃO VISUAL
PERCEPÇÃO VISUALPERCEPÇÃO VISUAL
PERCEPÇÃO VISUAL
 
A teoria da gestalt
A teoria da gestaltA teoria da gestalt
A teoria da gestalt
 
Teoria de Gestalt
Teoria de GestaltTeoria de Gestalt
Teoria de Gestalt
 
Design configuração
Design   configuraçãoDesign   configuração
Design configuração
 
GESTALT.pptx
GESTALT.pptxGESTALT.pptx
GESTALT.pptx
 
7 ges-teoria-palestra-outubro-06 ok
7 ges-teoria-palestra-outubro-06 ok7 ges-teoria-palestra-outubro-06 ok
7 ges-teoria-palestra-outubro-06 ok
 
As leis da perceção
As leis da perceçãoAs leis da perceção
As leis da perceção
 
Perceção visual
Perceção visualPerceção visual
Perceção visual
 
Módulo 2 -Perceção visual
Módulo 2 -Perceção visualMódulo 2 -Perceção visual
Módulo 2 -Perceção visual
 
Gestalt a teoria da forma. Gestaltismo pptx
Gestalt a teoria da forma. Gestaltismo pptxGestalt a teoria da forma. Gestaltismo pptx
Gestalt a teoria da forma. Gestaltismo pptx
 
Psicologia Gestalt.pptx
Psicologia Gestalt.pptxPsicologia Gestalt.pptx
Psicologia Gestalt.pptx
 
introdução gestalt
introdução gestaltintrodução gestalt
introdução gestalt
 
Ego ciência e serciência versus proposta do sagrado
Ego ciência e serciência versus proposta do sagradoEgo ciência e serciência versus proposta do sagrado
Ego ciência e serciência versus proposta do sagrado
 
Teoria de gestalt informacao
Teoria de gestalt informacaoTeoria de gestalt informacao
Teoria de gestalt informacao
 
Apostila sobre Gestalt
Apostila sobre GestaltApostila sobre Gestalt
Apostila sobre Gestalt
 
A teoria de gestalt
A teoria de gestaltA teoria de gestalt
A teoria de gestalt
 
Elementos do design
Elementos do designElementos do design
Elementos do design
 

Último

farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
AngelicaCostaMeirele2
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 

Último (20)

farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 

Leis da Gestalt

  • 1. Gestalt A psicologia da Gestalt é um movimento que atua na área da teoria da forma. O design utiliza as leis da Gestalt o tempo todo, muitas vezes até de forma inconsciente. Significado Muita gente acha que é o sobrenome de algum psicólogo que teria fundado o movimento. Na verdade, é uma palavra de origem germânica que significa “forma” ou “figura”.
  • 2. Leis Básicas da Gestalt Semelhança Proximidade Continuidade Pregnância Fechamento Unidade
  • 3. Semelhança A lei da semelhança dita que objetos similares se agruparão entre si. Na imagem abaixo, a maioria das pessoas vê colunas de quadrados e colunas de círculos. Poucas pessoas vão associar isto como “uma linha horizontal onde quadrados e círculos se intercalam”.
  • 4. Proximidade Elementos próximos tendem a se agruparem, constituindo uma unidade. Elementos vão parecer mais próximos e unificados quanto menor for a distância entre eles. Você nota os 16 círculos, ou os 4 grupos de círculos na imagem abaixo?
  • 5. Continuidade Essa lei dita que pontos que estão conectados por uma linha reta ou curva, são vistos de uma maneira a seguirem um caminho mais suave. Em vez de ver linhas e ângulos separados, linhas são vistas como uma só.
  • 6. Pregnância É chamado também de lei da simplicidade. Ela dita que objetos em um ambiente são vistos da forma mais simples possíveis. Quanto mais simples, mais facilmente é assimilada. Na imagem abaixo, vemos vários círculos em vez de uma forma complexa:
  • 7. Fechamento Elementos são agrupados se eles parecem se completar. Ou seja, nossa mente ver um objeto completo mesmo quando não há um.
  • 8. Unificação Na lei da unificação, mesmo uma imagem abstrata pode ser entendida pela mente humana pois preenchemos os espaços vazios instintivamente, como no logo do Johnnie Walker ou da WWF (um homem caminhando e um urso panda).
  • 9. Figura e Fundo Tudo aquilo que vivemos e experienciamos, nossas lembranças, nossos conceitos, nosso modo de encarar e perceber a vida e as coisas à nossa volta. A isso, chamamos de Fundo. Em contrapartida, tudo aquilo que nos chama a atenção em determinado momento, que nos prende, seja um objeto, seja uma necessidade que precisa ser satisfeita (fome, sede, amor, dinheiro, etc.), é o que chamamos de Figura.