SlideShare uma empresa Scribd logo
Hamilton Fernandes de Moraes Junior
Engenharia de Usabilidade
para sistemas web
hamilton@ime.usp.br
hamilton.mjunior@fatec.sp.gov.br
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
2
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
3
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
4
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
5
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
6
Conceitos sobre engenharia de
usabilidade
Aula 1
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
Conteúdo do dia
7
 Motivação
 Interação Humano Computador
 Ergonomia e Usabilidade
 Engenharia de Usabilidade
 Panorama atual
 Considerações Finais
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
Motivação
8
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
9
Motivação
 Usuário cada vez mais exigente
 Interface é uma parte fundamental no sucesso de um sistema
 Entender o impacto das interfaces junto a:
 Usuários;
 Tarefas;
 Organizações;
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
10
Interação Humano Computador
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
11
Interação Humano Computador
 É o canal de comunicação entre o homem e o
computador, através do qual interagem, visando
atingir um objetivo comum.
 É o conjunto de comandos de controle do
usuário + respostas do computador, constituídos
por sinais (gráficos, acústicos e tácteis)
Interface AplicaçãoUsuário
Sistema
ação
interpretação
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
12
 Porque é necessário estabelecer um bom nível de conversação
entre o usuário e o sistema computacional
CONFORTO
(Confiabilidade)
DESEMPENHO
(Custo do trabalho)
Interação Humano Computador
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
13
Histórico
Primeiros programas
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
14
Passado
Histórico
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
15
Presente
Histórico
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
16
Futuro
http://takethewheel.nissan.com.au/
http://www.baixaki.com.br/info/2279-
uma-selecao-de-aplicacoes-de-realidade-
aumentada-para-voce-mesmo-
experimentar.htm
Histórico
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
17
Ergonomia e Usabilidade
“Ergonomia visa proporcionar
eficácia e eficiência, além do
bem estar e saúde do usuário,
por meio da adaptação do
trabalho ao homem”
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
18
Ergonomia e Usabilidade
Ergonomia física
Ergonomia cognitiva
Ergonomia organizacional
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
19
Ergonomia e Usabilidade
Segundo a ISO 9241:
 Eficácia: A capacidade oferecida para alcançar seus objetivos
em número e com a qualidade necessária.
 Eficiência: A quantidade de recursos necessários que os sistemas
solicitam aos usuários para a obtenção de seus objetivos com o
sistema.
 Satisfação: A emoção que os sistemas proporcionam aos
usuários em face dos resultados obtidos e dos recursos
necessários para alcançar tais objetivos.
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
20
Ergonomia e Usabilidade
“Usabilidade é Medida da
qualidade da experiência do
usuário ao interagir com um
sistema”
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
21
Ergonomia e Usabilidade
 Engenharia de
Usabilidade
• Desenvolve o projeto da
lógica de utilização
• Observação das
estratégias de uso do
sistema pelo usuário
 Engenharia de Software
• Desenvolve o projeto da
lógica do funcionamento
• Identificam requisitos
funcionais que o sistema
deve implementar
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
22
Ergonomia e Usabilidade
 Fáceis de aprender
 Fáceis de lembrar
 Maximizam a produtividade
 Minimizam erros
 Maximizam satisfação
Usabilidade é associada a 5 atributos:
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
23
Ergonomia e Usabilidade
Modelo de atributos de aceitabilidade do sistema (Nielsen)
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
24
Ergonomia e Usabilidade
“Enquanto a usabilidade é
medida, a ergonomia da
interface só pode ser
inspecionada e/ou avaliada”
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
25
Ergonomia e Usabilidade
Efeitos de um problema de usabilidade:
 Sobrecarga Cognitiva;
 Sobrecarga Perceptiva;
 Sobrecarga Física;
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
26
Engenharia de Usabilidade
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
27
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
2828
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
29
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
30
Ergonomia e Usabilidade
The three main dimensions on which users' experience differs
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
31
Usuários Iniciantes
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
32
Usuários Intermediários
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
33
Usuários Avançados
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
34
Ergonomia e Usabilidade
 O foco dos projetistas é a
funcionalidade, eficiência e custo
 Porém se tudo funciona como
especificado, por que os usuários
não se satisfazem com muitos
sistemas?
 Porque é importante considerar mais
que a funcionalidade?
Funcionalidade X Usabilidade
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
35
Ergonomia e Usabilidade
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
36
Engenharia de Usabilidade
•Conhecer o usuário
Conhecer suas características individuais;
Conhecer a tarefa desempenhada pelo usuário;
Análise funcional;
A evolução do usuário e seu trabalho;
•Análise de produtos semelhantes;
•Definir prioridade de usabilidade
Analise do impacto financeiro;
•Design paralelo;
•Design participativo com o usuário;
•Design coordenado de toda a interface;
•Aplicação de guidelines e análise heurística;
•Prototipação;
•Teste Empirico;
•Design interativo;
•Coleta de feedback do usuário.
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
37
Engenharia de Usabilidade
 Técnicas de análise;
 Técnicas para implementação;
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
38
Avaliação de Usabilidade
O modelo estrela criado por Hix e Hartson
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
39
Avaliação de Usabilidade
 Automática: Softwares comparam as especificações
listadas para a interface analisada com o resultado
final;
 Empírica: Por meio de observação, a usabilidade da
interface é verificada a partir de testes com usuários
reais;
 Formal: Através de modelos e fórmulas a usabilidade é
medida;
 Informal: A avaliação é realizada através de
heurísticas e da experiência, conhecimentos e
habilidades do avaliador.
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
40
Avaliação de Usabilidade
 Tempo utilizado para a realização de uma tarefa;
 Número de cliques ou comandos efetuados;
 Razão entre interações de sucesso e erro;
 Freqüência de uso de manuais de ajuda;
 Número de vezes que o usuário expressou frustração;
 Taxa de tarefas completadas;
Métricas de Usabilidade
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
41
Considerações
 Técnicas de avaliação são importantes para obter um feedback;
 Diagnóstico prévio traz economia em tempo e dinheiro;
 A participação do usuário é necessário no processo de
desenvolvimento do site;
 Quanto melhor a usabilidade maior o sucesso;
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
42
Projeto do Site
Para esta atividade deve-se entregar um documento do word,
seguindo as normas ABNT, e que contenha os seguintes tópicos:
•Introdução
•Objetivos, publico alvo e justificativa
•O trabalho deve deixar claro como seu projeto ajudará os usuários.
•Técnicas de concepção de idéias utilizadas (explicar quais foram
utilizadas e de que maneira)
•Estrutura de menus (aqui deve-se mostrar o resultado obtido com o
card sorting na etapa final da atividade)
•Estudo de cores (aqui deve-se apresentar quais cores foram
adotadas e porque, para o design do site)
•Wireframes (aqui deve-se mostrar o layout definido com o uso das
cores escolhidas)
•Avaliação heurística de um site similar
•Preparação do roteiro para teste de usabilidade
•Conclusão e referências bibliográficas
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
43
http://restaurantespot.com.br/
http://www.roverinformatica.com.br/
Atividade 1
Entre nos dois sites abaixo e de acordo com sua primeira impressão,
anote em um arquivo do google docs(ou similar) o que você achou bom
e ruim.
De uma descrição da experiência do usuário resultante dessa
interação.
Anote todas as suas observações em um documento do google docs ou
similar.
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
44
Atividade 2
Deve-se formar um grupo com 4 integrantes e definir
o projeto que será desenvolvido .
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
Sites Interessantes
45
• UXPA(User Experience Professionals Association)
http://www.uxpasaopaulo.com.br/
 Nielsen Norman Group
http://www.nngroup.com/
Conferência sobre Design de Interação
• http://isa.ixda.org/2014/
Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior
46
46
Referências
ISO 9241. “Ergonomic requirements for office work with visual display
terminals (VDTs)”. Part 10: Dialogue principles.
Nielsen, J. Usability Engineering. San Francisco, CA: Morgan Kaufmann,
1993.
Hix, D. Hartson.H.R.”Developing User Interfaces:Ensure Usability Through
Poduct and Process. John Wiley and Sons, New York.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Usabilidade Web Alberane
Usabilidade Web AlberaneUsabilidade Web Alberane
Usabilidade Web Alberane
guest2da055
 
Métodos de avaliação de IHC
Métodos de avaliação de IHCMétodos de avaliação de IHC
Métodos de avaliação de IHC
João Aloísio Winck
 
Desenvolvimento Ágil
Desenvolvimento ÁgilDesenvolvimento Ágil
Desenvolvimento Ágil
Gefferson Vivan
 
Aula 5 -Avaliação de interfaces de usuário - testes com usuários
Aula 5 -Avaliação de interfaces de usuário - testes com usuáriosAula 5 -Avaliação de interfaces de usuário - testes com usuários
Aula 5 -Avaliação de interfaces de usuário - testes com usuários
André Constantino da Silva
 
IHC - Questionario
IHC - QuestionarioIHC - Questionario
IHC - Questionario
Jonatas Melo
 
Eng.ª do Software - 3. Processos da engenharia de requisitos
Eng.ª do Software - 3. Processos da engenharia de requisitosEng.ª do Software - 3. Processos da engenharia de requisitos
Eng.ª do Software - 3. Processos da engenharia de requisitos
Manuel Menezes de Sequeira
 
127290035 12-usabilidade-mai-2007
127290035 12-usabilidade-mai-2007127290035 12-usabilidade-mai-2007
127290035 12-usabilidade-mai-2007
Marco Guimarães
 
Princípios Gerais para o Design de Interfaces
Princípios Gerais para o Design de InterfacesPrincípios Gerais para o Design de Interfaces
Princípios Gerais para o Design de Interfaces
peres marlene
 
Case estágio - Proposta de interface para um módulo de estratégia do sistema ...
Case estágio - Proposta de interface para um módulo de estratégia do sistema ...Case estágio - Proposta de interface para um módulo de estratégia do sistema ...
Case estágio - Proposta de interface para um módulo de estratégia do sistema ...
Guilherme Ponce
 
Aula 3
Aula 3Aula 3
Tudo são Dados - PHP Conference 2008
Tudo são Dados - PHP Conference 2008Tudo são Dados - PHP Conference 2008
Tudo são Dados - PHP Conference 2008
ECRAYON Tecnologia Criativa
 
Eng.ª do Software - 2. Requisitos
Eng.ª do Software - 2. RequisitosEng.ª do Software - 2. Requisitos
Eng.ª do Software - 2. Requisitos
Manuel Menezes de Sequeira
 
Apostial i.h.c - apostila oficial
Apostial   i.h.c - apostila oficialApostial   i.h.c - apostila oficial
Apostial i.h.c - apostila oficial
Daniel Nunes
 
Prototipação de software
Prototipação de softwarePrototipação de software
Prototipação de software
Marcio Costa
 
Requisitos de Interface com o usuário em Software Educacional
Requisitos de Interface com o usuário em Software EducacionalRequisitos de Interface com o usuário em Software Educacional
Requisitos de Interface com o usuário em Software Educacional
Nathalia Sautchuk Patricio
 
Mini aula análise de requisitos
Mini aula análise de requisitosMini aula análise de requisitos
Mini aula análise de requisitos
Wanderlei Silva do Carmo
 
Aula 9. Técnicas de avaliação de interface
Aula 9. Técnicas de avaliação de interfaceAula 9. Técnicas de avaliação de interface
Aula 9. Técnicas de avaliação de interface
Silvia Dotta
 
Avaliação de interfaces com o usuário atraves de prototipação
Avaliação de interfaces com o usuário atraves de prototipaçãoAvaliação de interfaces com o usuário atraves de prototipação
Avaliação de interfaces com o usuário atraves de prototipação
Livia Gabos
 
7. Variantes de testes de usabilidade
7. Variantes de testes de usabilidade7. Variantes de testes de usabilidade
7. Variantes de testes de usabilidade
Luiz Agner
 
A proposal to combine elicitation techniques to write vision document and use...
A proposal to combine elicitation techniques to write vision document and use...A proposal to combine elicitation techniques to write vision document and use...
A proposal to combine elicitation techniques to write vision document and use...
André Agostinho
 

Mais procurados (20)

Usabilidade Web Alberane
Usabilidade Web AlberaneUsabilidade Web Alberane
Usabilidade Web Alberane
 
Métodos de avaliação de IHC
Métodos de avaliação de IHCMétodos de avaliação de IHC
Métodos de avaliação de IHC
 
Desenvolvimento Ágil
Desenvolvimento ÁgilDesenvolvimento Ágil
Desenvolvimento Ágil
 
Aula 5 -Avaliação de interfaces de usuário - testes com usuários
Aula 5 -Avaliação de interfaces de usuário - testes com usuáriosAula 5 -Avaliação de interfaces de usuário - testes com usuários
Aula 5 -Avaliação de interfaces de usuário - testes com usuários
 
IHC - Questionario
IHC - QuestionarioIHC - Questionario
IHC - Questionario
 
Eng.ª do Software - 3. Processos da engenharia de requisitos
Eng.ª do Software - 3. Processos da engenharia de requisitosEng.ª do Software - 3. Processos da engenharia de requisitos
Eng.ª do Software - 3. Processos da engenharia de requisitos
 
127290035 12-usabilidade-mai-2007
127290035 12-usabilidade-mai-2007127290035 12-usabilidade-mai-2007
127290035 12-usabilidade-mai-2007
 
Princípios Gerais para o Design de Interfaces
Princípios Gerais para o Design de InterfacesPrincípios Gerais para o Design de Interfaces
Princípios Gerais para o Design de Interfaces
 
Case estágio - Proposta de interface para um módulo de estratégia do sistema ...
Case estágio - Proposta de interface para um módulo de estratégia do sistema ...Case estágio - Proposta de interface para um módulo de estratégia do sistema ...
Case estágio - Proposta de interface para um módulo de estratégia do sistema ...
 
Aula 3
Aula 3Aula 3
Aula 3
 
Tudo são Dados - PHP Conference 2008
Tudo são Dados - PHP Conference 2008Tudo são Dados - PHP Conference 2008
Tudo são Dados - PHP Conference 2008
 
Eng.ª do Software - 2. Requisitos
Eng.ª do Software - 2. RequisitosEng.ª do Software - 2. Requisitos
Eng.ª do Software - 2. Requisitos
 
Apostial i.h.c - apostila oficial
Apostial   i.h.c - apostila oficialApostial   i.h.c - apostila oficial
Apostial i.h.c - apostila oficial
 
Prototipação de software
Prototipação de softwarePrototipação de software
Prototipação de software
 
Requisitos de Interface com o usuário em Software Educacional
Requisitos de Interface com o usuário em Software EducacionalRequisitos de Interface com o usuário em Software Educacional
Requisitos de Interface com o usuário em Software Educacional
 
Mini aula análise de requisitos
Mini aula análise de requisitosMini aula análise de requisitos
Mini aula análise de requisitos
 
Aula 9. Técnicas de avaliação de interface
Aula 9. Técnicas de avaliação de interfaceAula 9. Técnicas de avaliação de interface
Aula 9. Técnicas de avaliação de interface
 
Avaliação de interfaces com o usuário atraves de prototipação
Avaliação de interfaces com o usuário atraves de prototipaçãoAvaliação de interfaces com o usuário atraves de prototipação
Avaliação de interfaces com o usuário atraves de prototipação
 
7. Variantes de testes de usabilidade
7. Variantes de testes de usabilidade7. Variantes de testes de usabilidade
7. Variantes de testes de usabilidade
 
A proposal to combine elicitation techniques to write vision document and use...
A proposal to combine elicitation techniques to write vision document and use...A proposal to combine elicitation techniques to write vision document and use...
A proposal to combine elicitation techniques to write vision document and use...
 

Semelhante a Apresentação do curso Engenharia de Usabilidade

Aula 1. Introdução: Interface Homem-Máquina
Aula 1. Introdução: Interface Homem-MáquinaAula 1. Introdução: Interface Homem-Máquina
Aula 1. Introdução: Interface Homem-Máquina
Silvia Dotta
 
O Desafio da Usabilidade - Seminário de Metodologia do IBGE 2014
O Desafio da Usabilidade - Seminário de Metodologia do IBGE 2014O Desafio da Usabilidade - Seminário de Metodologia do IBGE 2014
O Desafio da Usabilidade - Seminário de Metodologia do IBGE 2014
Luiz Agner
 
Ergonomia e experiência do usuário: O que eu ganho com isso?
Ergonomia e experiência do usuário: O que eu ganho com isso?Ergonomia e experiência do usuário: O que eu ganho com isso?
Ergonomia e experiência do usuário: O que eu ganho com isso?
guest5da527
 
Engenharia de-usabilidade
Engenharia de-usabilidadeEngenharia de-usabilidade
Engenharia de-usabilidade
Carlos Rodrigo de Araujo
 
Heurística, Principios e Usabilidade na web
Heurística, Principios e Usabilidade na webHeurística, Principios e Usabilidade na web
Heurística, Principios e Usabilidade na web
Daniel Brandão
 
Ergonomia e Experiência do Usuário
Ergonomia e Experiência do UsuárioErgonomia e Experiência do Usuário
Ergonomia e Experiência do Usuário
Robson Santos
 
Saiba coisas de Design da Tecnologia, Programação e Análise de Sistemas que ...
 Saiba coisas de Design da Tecnologia, Programação e Análise de Sistemas que ... Saiba coisas de Design da Tecnologia, Programação e Análise de Sistemas que ...
Saiba coisas de Design da Tecnologia, Programação e Análise de Sistemas que ...
Erika Ragghiante B Pavao
 
Projeto e interface_com_usuário_resumo
Projeto e interface_com_usuário_resumoProjeto e interface_com_usuário_resumo
Projeto e interface_com_usuário_resumo
Gustavo Alcantara
 
Apresentação da usi
Apresentação da usiApresentação da usi
Apresentação da usi
Marissol Martins
 
Analista de Sistema X Usuario.pptx
Analista de Sistema  X Usuario.pptxAnalista de Sistema  X Usuario.pptx
Analista de Sistema X Usuario.pptx
MiltonManjate1
 
Avaliação de maturidade das organizaç
Avaliação de maturidade das organizaçAvaliação de maturidade das organizaç
Avaliação de maturidade das organizaç
Bernardo Mattos
 
Gerenciamento PDS
Gerenciamento PDSGerenciamento PDS
Gerenciamento PDS
Fatec Jales
 
Otimizando os projetos de TI com User Experience
Otimizando os projetos de TI com User ExperienceOtimizando os projetos de TI com User Experience
Otimizando os projetos de TI com User Experience
Tuia
 
AMSI.pptx
AMSI.pptxAMSI.pptx
AMSI.pptx
AndersonCunha61
 
Aula 6 - Design e Processo de Design de Interfaces de Usuário
Aula 6 - Design e Processo de Design de Interfaces de UsuárioAula 6 - Design e Processo de Design de Interfaces de Usuário
Aula 6 - Design e Processo de Design de Interfaces de Usuário
André Constantino da Silva
 
Fases do desenvolvimento de software baseado no código de ética.
Fases do desenvolvimento de software baseado no código de ética.Fases do desenvolvimento de software baseado no código de ética.
Fases do desenvolvimento de software baseado no código de ética.
Ronildo Oliveira
 
Desenvolvimento em tempos de UX - Versão 3.0
Desenvolvimento em tempos de UX - Versão 3.0Desenvolvimento em tempos de UX - Versão 3.0
Desenvolvimento em tempos de UX - Versão 3.0
Catarinas Design de Interação
 
Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BPMS...
Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BPMS...Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BPMS...
Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BPMS...
Lecom Tecnologia
 
– Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BP...
– Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BP...– Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BP...
– Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BP...
EloGroup
 
[Café com BPM - Setor Privado] Como implantar transformações organizacionais ...
[Café com BPM - Setor Privado] Como implantar transformações organizacionais ...[Café com BPM - Setor Privado] Como implantar transformações organizacionais ...
[Café com BPM - Setor Privado] Como implantar transformações organizacionais ...
EloGroup
 

Semelhante a Apresentação do curso Engenharia de Usabilidade (20)

Aula 1. Introdução: Interface Homem-Máquina
Aula 1. Introdução: Interface Homem-MáquinaAula 1. Introdução: Interface Homem-Máquina
Aula 1. Introdução: Interface Homem-Máquina
 
O Desafio da Usabilidade - Seminário de Metodologia do IBGE 2014
O Desafio da Usabilidade - Seminário de Metodologia do IBGE 2014O Desafio da Usabilidade - Seminário de Metodologia do IBGE 2014
O Desafio da Usabilidade - Seminário de Metodologia do IBGE 2014
 
Ergonomia e experiência do usuário: O que eu ganho com isso?
Ergonomia e experiência do usuário: O que eu ganho com isso?Ergonomia e experiência do usuário: O que eu ganho com isso?
Ergonomia e experiência do usuário: O que eu ganho com isso?
 
Engenharia de-usabilidade
Engenharia de-usabilidadeEngenharia de-usabilidade
Engenharia de-usabilidade
 
Heurística, Principios e Usabilidade na web
Heurística, Principios e Usabilidade na webHeurística, Principios e Usabilidade na web
Heurística, Principios e Usabilidade na web
 
Ergonomia e Experiência do Usuário
Ergonomia e Experiência do UsuárioErgonomia e Experiência do Usuário
Ergonomia e Experiência do Usuário
 
Saiba coisas de Design da Tecnologia, Programação e Análise de Sistemas que ...
 Saiba coisas de Design da Tecnologia, Programação e Análise de Sistemas que ... Saiba coisas de Design da Tecnologia, Programação e Análise de Sistemas que ...
Saiba coisas de Design da Tecnologia, Programação e Análise de Sistemas que ...
 
Projeto e interface_com_usuário_resumo
Projeto e interface_com_usuário_resumoProjeto e interface_com_usuário_resumo
Projeto e interface_com_usuário_resumo
 
Apresentação da usi
Apresentação da usiApresentação da usi
Apresentação da usi
 
Analista de Sistema X Usuario.pptx
Analista de Sistema  X Usuario.pptxAnalista de Sistema  X Usuario.pptx
Analista de Sistema X Usuario.pptx
 
Avaliação de maturidade das organizaç
Avaliação de maturidade das organizaçAvaliação de maturidade das organizaç
Avaliação de maturidade das organizaç
 
Gerenciamento PDS
Gerenciamento PDSGerenciamento PDS
Gerenciamento PDS
 
Otimizando os projetos de TI com User Experience
Otimizando os projetos de TI com User ExperienceOtimizando os projetos de TI com User Experience
Otimizando os projetos de TI com User Experience
 
AMSI.pptx
AMSI.pptxAMSI.pptx
AMSI.pptx
 
Aula 6 - Design e Processo de Design de Interfaces de Usuário
Aula 6 - Design e Processo de Design de Interfaces de UsuárioAula 6 - Design e Processo de Design de Interfaces de Usuário
Aula 6 - Design e Processo de Design de Interfaces de Usuário
 
Fases do desenvolvimento de software baseado no código de ética.
Fases do desenvolvimento de software baseado no código de ética.Fases do desenvolvimento de software baseado no código de ética.
Fases do desenvolvimento de software baseado no código de ética.
 
Desenvolvimento em tempos de UX - Versão 3.0
Desenvolvimento em tempos de UX - Versão 3.0Desenvolvimento em tempos de UX - Versão 3.0
Desenvolvimento em tempos de UX - Versão 3.0
 
Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BPMS...
Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BPMS...Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BPMS...
Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BPMS...
 
– Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BP...
– Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BP...– Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BP...
– Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BP...
 
[Café com BPM - Setor Privado] Como implantar transformações organizacionais ...
[Café com BPM - Setor Privado] Como implantar transformações organizacionais ...[Café com BPM - Setor Privado] Como implantar transformações organizacionais ...
[Café com BPM - Setor Privado] Como implantar transformações organizacionais ...
 

Apresentação do curso Engenharia de Usabilidade

  • 1. Hamilton Fernandes de Moraes Junior Engenharia de Usabilidade para sistemas web hamilton@ime.usp.br hamilton.mjunior@fatec.sp.gov.br
  • 2. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 2
  • 3. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 3
  • 4. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 4
  • 5. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 5
  • 6. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 6 Conceitos sobre engenharia de usabilidade Aula 1
  • 7. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 Conteúdo do dia 7  Motivação  Interação Humano Computador  Ergonomia e Usabilidade  Engenharia de Usabilidade  Panorama atual  Considerações Finais
  • 8. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 Motivação 8
  • 9. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 9 Motivação  Usuário cada vez mais exigente  Interface é uma parte fundamental no sucesso de um sistema  Entender o impacto das interfaces junto a:  Usuários;  Tarefas;  Organizações;
  • 10. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 10 Interação Humano Computador
  • 11. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 11 Interação Humano Computador  É o canal de comunicação entre o homem e o computador, através do qual interagem, visando atingir um objetivo comum.  É o conjunto de comandos de controle do usuário + respostas do computador, constituídos por sinais (gráficos, acústicos e tácteis) Interface AplicaçãoUsuário Sistema ação interpretação
  • 12. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 12  Porque é necessário estabelecer um bom nível de conversação entre o usuário e o sistema computacional CONFORTO (Confiabilidade) DESEMPENHO (Custo do trabalho) Interação Humano Computador
  • 13. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 13 Histórico Primeiros programas
  • 14. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 14 Passado Histórico
  • 15. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 15 Presente Histórico
  • 16. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 16 Futuro http://takethewheel.nissan.com.au/ http://www.baixaki.com.br/info/2279- uma-selecao-de-aplicacoes-de-realidade- aumentada-para-voce-mesmo- experimentar.htm Histórico
  • 17. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 17 Ergonomia e Usabilidade “Ergonomia visa proporcionar eficácia e eficiência, além do bem estar e saúde do usuário, por meio da adaptação do trabalho ao homem”
  • 18. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 18 Ergonomia e Usabilidade Ergonomia física Ergonomia cognitiva Ergonomia organizacional
  • 19. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 19 Ergonomia e Usabilidade Segundo a ISO 9241:  Eficácia: A capacidade oferecida para alcançar seus objetivos em número e com a qualidade necessária.  Eficiência: A quantidade de recursos necessários que os sistemas solicitam aos usuários para a obtenção de seus objetivos com o sistema.  Satisfação: A emoção que os sistemas proporcionam aos usuários em face dos resultados obtidos e dos recursos necessários para alcançar tais objetivos.
  • 20. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 20 Ergonomia e Usabilidade “Usabilidade é Medida da qualidade da experiência do usuário ao interagir com um sistema”
  • 21. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 21 Ergonomia e Usabilidade  Engenharia de Usabilidade • Desenvolve o projeto da lógica de utilização • Observação das estratégias de uso do sistema pelo usuário  Engenharia de Software • Desenvolve o projeto da lógica do funcionamento • Identificam requisitos funcionais que o sistema deve implementar
  • 22. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 22 Ergonomia e Usabilidade  Fáceis de aprender  Fáceis de lembrar  Maximizam a produtividade  Minimizam erros  Maximizam satisfação Usabilidade é associada a 5 atributos:
  • 23. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 23 Ergonomia e Usabilidade Modelo de atributos de aceitabilidade do sistema (Nielsen)
  • 24. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 24 Ergonomia e Usabilidade “Enquanto a usabilidade é medida, a ergonomia da interface só pode ser inspecionada e/ou avaliada”
  • 25. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 25 Ergonomia e Usabilidade Efeitos de um problema de usabilidade:  Sobrecarga Cognitiva;  Sobrecarga Perceptiva;  Sobrecarga Física;
  • 26. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 26 Engenharia de Usabilidade
  • 27. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 27
  • 28. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 2828
  • 29. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 29
  • 30. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 30 Ergonomia e Usabilidade The three main dimensions on which users' experience differs
  • 31. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 31 Usuários Iniciantes
  • 32. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 32 Usuários Intermediários
  • 33. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 33 Usuários Avançados
  • 34. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 34 Ergonomia e Usabilidade  O foco dos projetistas é a funcionalidade, eficiência e custo  Porém se tudo funciona como especificado, por que os usuários não se satisfazem com muitos sistemas?  Porque é importante considerar mais que a funcionalidade? Funcionalidade X Usabilidade
  • 35. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 35 Ergonomia e Usabilidade
  • 36. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 36 Engenharia de Usabilidade •Conhecer o usuário Conhecer suas características individuais; Conhecer a tarefa desempenhada pelo usuário; Análise funcional; A evolução do usuário e seu trabalho; •Análise de produtos semelhantes; •Definir prioridade de usabilidade Analise do impacto financeiro; •Design paralelo; •Design participativo com o usuário; •Design coordenado de toda a interface; •Aplicação de guidelines e análise heurística; •Prototipação; •Teste Empirico; •Design interativo; •Coleta de feedback do usuário.
  • 37. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 37 Engenharia de Usabilidade  Técnicas de análise;  Técnicas para implementação;
  • 38. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 38 Avaliação de Usabilidade O modelo estrela criado por Hix e Hartson
  • 39. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 39 Avaliação de Usabilidade  Automática: Softwares comparam as especificações listadas para a interface analisada com o resultado final;  Empírica: Por meio de observação, a usabilidade da interface é verificada a partir de testes com usuários reais;  Formal: Através de modelos e fórmulas a usabilidade é medida;  Informal: A avaliação é realizada através de heurísticas e da experiência, conhecimentos e habilidades do avaliador.
  • 40. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 40 Avaliação de Usabilidade  Tempo utilizado para a realização de uma tarefa;  Número de cliques ou comandos efetuados;  Razão entre interações de sucesso e erro;  Freqüência de uso de manuais de ajuda;  Número de vezes que o usuário expressou frustração;  Taxa de tarefas completadas; Métricas de Usabilidade
  • 41. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 41 Considerações  Técnicas de avaliação são importantes para obter um feedback;  Diagnóstico prévio traz economia em tempo e dinheiro;  A participação do usuário é necessário no processo de desenvolvimento do site;  Quanto melhor a usabilidade maior o sucesso;
  • 42. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 42 Projeto do Site Para esta atividade deve-se entregar um documento do word, seguindo as normas ABNT, e que contenha os seguintes tópicos: •Introdução •Objetivos, publico alvo e justificativa •O trabalho deve deixar claro como seu projeto ajudará os usuários. •Técnicas de concepção de idéias utilizadas (explicar quais foram utilizadas e de que maneira) •Estrutura de menus (aqui deve-se mostrar o resultado obtido com o card sorting na etapa final da atividade) •Estudo de cores (aqui deve-se apresentar quais cores foram adotadas e porque, para o design do site) •Wireframes (aqui deve-se mostrar o layout definido com o uso das cores escolhidas) •Avaliação heurística de um site similar •Preparação do roteiro para teste de usabilidade •Conclusão e referências bibliográficas
  • 43. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 43 http://restaurantespot.com.br/ http://www.roverinformatica.com.br/ Atividade 1 Entre nos dois sites abaixo e de acordo com sua primeira impressão, anote em um arquivo do google docs(ou similar) o que você achou bom e ruim. De uma descrição da experiência do usuário resultante dessa interação. Anote todas as suas observações em um documento do google docs ou similar.
  • 44. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 44 Atividade 2 Deve-se formar um grupo com 4 integrantes e definir o projeto que será desenvolvido .
  • 45. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 Sites Interessantes 45 • UXPA(User Experience Professionals Association) http://www.uxpasaopaulo.com.br/  Nielsen Norman Group http://www.nngroup.com/ Conferência sobre Design de Interação • http://isa.ixda.org/2014/
  • 46. Prof. Me. Hamilton Fernandes de Moraes Junior 46 46 Referências ISO 9241. “Ergonomic requirements for office work with visual display terminals (VDTs)”. Part 10: Dialogue principles. Nielsen, J. Usability Engineering. San Francisco, CA: Morgan Kaufmann, 1993. Hix, D. Hartson.H.R.”Developing User Interfaces:Ensure Usability Through Poduct and Process. John Wiley and Sons, New York.