SlideShare uma empresa Scribd logo
Teleconferência

Resultados 4T11 e 2011




    São Paulo, 26 de março de 2012

                                     1
Aviso Legal


Esta apresentação poderá conter considerações referentes a perspectivas futuras do negócio, estimativas de resultados
operacionais e financeiros, bem como perspectivas de crescimento da OHL Brasil, baseando-se exclusivamente nas
expectativas da Administração em relação ao futuro do negócio e seu contínuo acesso a capitais para financiar o plano de
negócios da Companhia.


Tais considerações futuras podem ser afetadas por mudanças nas condições de mercado, regras governamentais,
desempenho do setor, programa de privatização de novas rodovias, cenário econômico, entre outros fatores, além dos riscos
apresentados nos documentos de divulgação arquivados pela OHL Brasil e estão sujeitos a mudanças sem aviso prévio.




                                                                                                                            2
Tráfego

                                                                        Var%        Var%                            Var%
    Veículos Equivalentes (Mil)       4T11       3T11       4T10                               2011      2010
                                                                    4T11/3T11   4T11/4T10                       2011/2010
    Estaduais                        46.747     48.374     43.369       -3,4%       7,8%    182.180   159.440      14,3%
       Autovias                      10.919     11.326     10.805       -3,6%       1,1%     42.931    41.850       2,6%
       Centrovias                    12.364     12.616      9.741       -2,0%      26,9%     47.642    29.265      62,8%
       Intervias                     14.967     15.681     14.628       -4,6%       2,3%     58.534    56.859       2,9%
       Vianorte                       8.497      8.751      8.196       -2,9%       3,7%     33.073    31.466       5,1%
    Federais                        127.556    122.764    124.804       3,9%        2,2%    487.193   437.044      11,5%
       Planalto Sul                   7.079      6.815      6.969       3,9%        1,6%     27.969    26.697       4,8%
       Fluminense                    12.099     11.917     12.196       1,5%        -0,8%    46.778    43.492       7,6%
       Fernão Dias                   39.912     39.635     37.999       0,7%        5,0%    153.191   121.657      25,9%
       Régis Bittencourt             37.435     36.142     36.507       3,6%        2,5%    143.705   136.159       5,5%
       Litoral Sul                   31.030     28.254     31.132       9,8%        -0,3%   115.550   109.039       6,0%
    Total                           174.303    171.138    168.172       1,8%        3,6%    669.372   596.484      12,2%




  Fatores que influenciaram o crescimento do tráfego:

   • Implantação da cobrança bidirecional em quatro praças de pedágio da concessionária estadual Centrovias.

   • Abertura da última praça de pedágio da concessionária federal Fernão Dias.




                                                                                                                            3
Tarifas


                                                                       Var%        Var%                           Var%
     Tarifa Média (R$ / Veic. Equiv.)   4T11    3T11       4T10                             2011       2010
                                                                   4T11/3T11   4T11/4T10                      2011/2010
     Estaduais                          6,20     6,19       5,92       0,2%        4,8%     5,93       6,09      -2,6%
        Autovias                        6,53     6,52       5,94       0,1%       10,0%     6,25       5,83       7,3%
        Centrovias                      5,91     5,91       6,55       0,1%        -9,7%    5,66       8,15     -30,6%
        Intervias                       5,35     5,35       4,88       -0,1%       9,7%     5,13       4,79       6,9%
        Vianorte                        7,71     7,66       7,01       0,7%       10,0%     7,34       6,88       6,8%
     Federais                           1,68     1,69       1,50       -0,5%      11,9%     1,68       1,51      11,2%
        Planalto Sul                    3,13     3,10       2,93       0,9%        6,9%     3,11       2,91       6,9%
        Fluminense                      2,80     2,80       2,60       0,0%        7,7%     2,78       2,59       7,4%
        Fernão Dias                     1,31     1,30       1,13       1,0%       16,3%     1,30       1,11      17,5%
        Régis Bittencourt               1,70     1,70       1,50       -0,1%      13,4%     1,70       1,50      13,4%
        Litoral Sul                     1,35     1,40       1,20       -3,6%      12,5%     1,36       1,19      13,6%
     Total                              2,89     2,96       2,64       -2,3%       9,6%     2,84       2,73       3,7%



  Principais acontecimentos do período:

   • Reajuste nas tarifas das concessionárias estaduais em julho de 2011 com base no IGP-M, e nas federais pela variação
    acumulada do IPCA

   • Cobrança bidirecional em quatro praças de pedágio administradas pela Centrovias, com redução de suas tarifas em
    50%


   A partir de 2012 as tarifas das concessionárias estaduais passam a ser reajustadas de acordo com o IPCA,
   medida oficializada pela ARTESP em janeiro de 2012.                                                                     4
Composição da Receita Bruta

                                            Receita Bruta (R$ milhões)


                                                                          24%
                                                                                2.900
                                                                                105
                                                                  2.343                 Pedágio
                                                                   94
                                                                                896     Obras

                                                                                        Outras
                                                32%               618
                                                      5%

                                                787         827
                                     628
                                                25          24                  1.899
                                     25                           1.631
                                               256         299
                                    159
                                    444        507         504

                                   4T10        3T11        4T11   2010          2011


  Principais acontecimentos do período:

   • Reajustes tarifários nas concessões estaduais e federais

   • Aumento na receita de pedágio (+13,6% no 4T11 x 4T10 e +16,4% em 2011 x 2010)

   • Aumento das receitas de obras (+ 88,7% no 4T11 x 4T10 e 45,1% em 2011 x 2010)

                                                                                                  5
Desempenho Operacional

                EBITDA Ajustado e Margem EBITDA Ajustada (R$ milhões)



                                                                                            1.195
      1200                                                                                           80,0%
                                                                        980                   183
                                                                                                     70,0%
      1000
                                                                         146                         60,0%   EBITDA

       800   45,7%             46,0%
                                                                        44,9%               44,1%    50,0%   Provisão p/ Manutenção
                                                   39,0%
       600                                                                                           40,0%
                                                                                             1.012           Margem EBITDA Ajustada
                                339                 304                                              30,0%
       400                                                               834
              267
                                 43                                                                  20,0%
                                                     36
               58
       200
                                295                  268                                             10,0%
              209

         0                                                                                           0,0%
              4T10              3T11                4T11                2010                 2011




                     É importante ressaltar que a partir de 01 de outubro de 2011 a Companhia
                     passou a desconsiderar para o cálculo do EBITDA Ajustado a reversão dos
                     EBITDAs das construtoras, uma vez que esse ajuste não é refletido nos valores
                     referentes aos Investimentos da Companhia.




                                                                                                                              6
Resultado Financeiro


                   Resultado Financeiro Líquido (R$ milhões)




                                                (218)   (207)

                                   44%



                   (61)                  (56)
                            (39)

                   4T10    3T11          4T11   2010    2011




                                                                7
Evolução do Lucro


                                    Lucro Líquido (R$ milhões)




            500,0
            450,0
            400,0
            350,0
            300,0
            250,0
            200,0                       34%                                        404
            150,0                                                   304
            100,0
                                       138
             50,0        78                          105
               -
                       4T10           3T11           4T11          2010           2011



                    Dividendos Adicionais: A proposta da Companhia para o resultado do exercício
                    de 2011 é a distribuição, através de dividendos, de 52,63% do lucro líquido
                    referente ao exercício encerrado em 31 de dezembro de 2011, após a
                    constituição da reserva legal, no total de R$195,2 milhões, em função da
                    disponibilidade de caixa da Companhia e da expectativa limitada de novas
                    oportunidades de negócios no curto prazo.                                      8
Endividamento
                                                                                                                   2.500
                                                                                                                                                                                       2,5
                                                                                                                                        1,6                                 1,6
                                                                                                                                                         1,5
                                                                                                                   2.000
Endividam ento                                                                               Var%           Var%                                                                       1,5
                                                    4T11        3T11            4T10
(Em m ilhares de reais)                                                                  4T11/3T11      4T11/4T10
                                                                                                                   1.500
                                                                                                                                                                                       0,5
Dívida Bruta                                3.098.442      2.962.623     2.788.542              4,6%        11,1%
 Curto Prazo                                     426.332    552.017      1.234.363             -22,8%      -65,5%1.000                                                                 (0,5)
                                                                                                                                                                           1.797
                                                                                                                                    1.523               1.611
 Longo Prazo                                2.672.110      2.410.606     1.554.179             10,8%       71,9%
                                                                                                                    500                                                                (1,5)
   Caixa e equivalentes de caixa            1.178.454      1.250.731     1.168.288              -5,8%        0,9%
   Aplicações financeiras vinculadas ¹           123.169    101.072           97.176           21,9%       26,7%       -                                                               (2,5)
                                                                                                                                    4T10                3T11               4T11
Dívida Líquida                              1.796.819      1.610.820     1.523.078             11,5%        18,0%
                                                                                                                                              Dívida Líquida / EBITDA Ajustado
¹ Curto e longo prazos




                                                                                                    0,7%
                                                 12,9%

                                                                       TJLP                                                BNDES


                                                           48,7%       CDI                                 48,7%           Debêntures
                                                                                       50,6%

                                         38,4%                         IPCA                                                Outros




          • É importante ressaltar que as linhas de crédito de longo prazo das concessionárias federais aprovadas pelo BNDES

            contribuíram para o alongamento do perfil da dívida da companhia.

                                                                                                                                                                                   9
Investimentos – Desembolsos de Caixa


                               Ativos Imobilizados e Intangíveis (R$ milhões)

                                                                              31


                                                                                                      Federais

                                                                                                      Estaduais




                                                                             835
                                                                  1
                                                    12
                           8            10
                                                                294
                                                   230
                          138           173

                         1T11          2T11        3T11         4T11        2011



   Adicionalmente, desembolsamos aproximadamente R$ 39,5 milhões nas concessionárias estaduais a título de
   pagamentos de manutenção de rodovias no 4T11. Em 2011, esses pagamentos totalizaram R$ 131,2 milhões.

                                                                                                                  10

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação 2 t11 e 1s11 port final
Apresentação 2 t11 e 1s11 port finalApresentação 2 t11 e 1s11 port final
Apresentação 2 t11 e 1s11 port final
Localiza
 
Apres call 1_t10_v2_correção tabela ebitda cv [modo de compatibilidade]
Apres call 1_t10_v2_correção tabela ebitda cv [modo de compatibilidade]Apres call 1_t10_v2_correção tabela ebitda cv [modo de compatibilidade]
Apres call 1_t10_v2_correção tabela ebitda cv [modo de compatibilidade]
Arteris S.A.
 
Apresentação 3 t08
Apresentação 3 t08Apresentação 3 t08
Apresentação 3 t08
Arteris S.A.
 
Apres call 2_t10_v2
Apres call 2_t10_v2Apres call 2_t10_v2
Apres call 2_t10_v2
Arteris S.A.
 
Apresentação 3 t11 e 9m11 port final
Apresentação 3 t11 e  9m11 port finalApresentação 3 t11 e  9m11 port final
Apresentação 3 t11 e 9m11 port final
Localiza
 
Apresentação 4Tt10 port
Apresentação 4Tt10 portApresentação 4Tt10 port
Apresentação 4Tt10 port
Localiza
 
Apimec resultados do 2 t05
Apimec   resultados do 2 t05Apimec   resultados do 2 t05
Apimec resultados do 2 t05
CCR Relações com Investidores
 
Apimec resultados do 2 t04
Apimec   resultados do 2 t04Apimec   resultados do 2 t04
Apimec resultados do 2 t04
CCR Relações com Investidores
 
Apimec resultados do 3 t05
Apimec   resultados do 3 t05Apimec   resultados do 3 t05
Apimec resultados do 3 t05
CCR Relações com Investidores
 
APIMEC – Resultados do 3T07
APIMEC – Resultados do 3T07APIMEC – Resultados do 3T07
APIMEC – Resultados do 3T07
CCR Relações com Investidores
 
2T10 final
2T10 final2T10 final
2T10 final
Localiza
 
Apresentação call 3 t12_port
Apresentação call 3 t12_portApresentação call 3 t12_port
Apresentação call 3 t12_port
Arteris S.A.
 
Apimec resultados do 3 t03
Apimec   resultados do 3 t03Apimec   resultados do 3 t03
Apimec resultados do 3 t03
CCR Relações com Investidores
 
ReuniãO PúBlicacom Analistase Investidores 3 T05
ReuniãO PúBlicacom Analistase Investidores 3 T05ReuniãO PúBlicacom Analistase Investidores 3 T05
ReuniãO PúBlicacom Analistase Investidores 3 T05
Localiza
 
Apimec apresentação sul
Apimec   apresentação sulApimec   apresentação sul
Apimec apresentação sul
CCR Relações com Investidores
 
Por.Apresentacao Teleconferencia%202006 Final Port
Por.Apresentacao Teleconferencia%202006 Final PortPor.Apresentacao Teleconferencia%202006 Final Port
Por.Apresentacao Teleconferencia%202006 Final Port
Arteris S.A.
 
Apresentação 1 t11 port
Apresentação 1 t11 portApresentação 1 t11 port
Apresentação 1 t11 port
Localiza
 

Mais procurados (17)

Apresentação 2 t11 e 1s11 port final
Apresentação 2 t11 e 1s11 port finalApresentação 2 t11 e 1s11 port final
Apresentação 2 t11 e 1s11 port final
 
Apres call 1_t10_v2_correção tabela ebitda cv [modo de compatibilidade]
Apres call 1_t10_v2_correção tabela ebitda cv [modo de compatibilidade]Apres call 1_t10_v2_correção tabela ebitda cv [modo de compatibilidade]
Apres call 1_t10_v2_correção tabela ebitda cv [modo de compatibilidade]
 
Apresentação 3 t08
Apresentação 3 t08Apresentação 3 t08
Apresentação 3 t08
 
Apres call 2_t10_v2
Apres call 2_t10_v2Apres call 2_t10_v2
Apres call 2_t10_v2
 
Apresentação 3 t11 e 9m11 port final
Apresentação 3 t11 e  9m11 port finalApresentação 3 t11 e  9m11 port final
Apresentação 3 t11 e 9m11 port final
 
Apresentação 4Tt10 port
Apresentação 4Tt10 portApresentação 4Tt10 port
Apresentação 4Tt10 port
 
Apimec resultados do 2 t05
Apimec   resultados do 2 t05Apimec   resultados do 2 t05
Apimec resultados do 2 t05
 
Apimec resultados do 2 t04
Apimec   resultados do 2 t04Apimec   resultados do 2 t04
Apimec resultados do 2 t04
 
Apimec resultados do 3 t05
Apimec   resultados do 3 t05Apimec   resultados do 3 t05
Apimec resultados do 3 t05
 
APIMEC – Resultados do 3T07
APIMEC – Resultados do 3T07APIMEC – Resultados do 3T07
APIMEC – Resultados do 3T07
 
2T10 final
2T10 final2T10 final
2T10 final
 
Apresentação call 3 t12_port
Apresentação call 3 t12_portApresentação call 3 t12_port
Apresentação call 3 t12_port
 
Apimec resultados do 3 t03
Apimec   resultados do 3 t03Apimec   resultados do 3 t03
Apimec resultados do 3 t03
 
ReuniãO PúBlicacom Analistase Investidores 3 T05
ReuniãO PúBlicacom Analistase Investidores 3 T05ReuniãO PúBlicacom Analistase Investidores 3 T05
ReuniãO PúBlicacom Analistase Investidores 3 T05
 
Apimec apresentação sul
Apimec   apresentação sulApimec   apresentação sul
Apimec apresentação sul
 
Por.Apresentacao Teleconferencia%202006 Final Port
Por.Apresentacao Teleconferencia%202006 Final PortPor.Apresentacao Teleconferencia%202006 Final Port
Por.Apresentacao Teleconferencia%202006 Final Port
 
Apresentação 1 t11 port
Apresentação 1 t11 portApresentação 1 t11 port
Apresentação 1 t11 port
 

Destaque

Risotto de salmón
Risotto de salmónRisotto de salmón
Risotto de salmón
Anny Pardiño
 
Lourdes
LourdesLourdes
Lourdes
lourdeslf
 
Cómo crear negocios exitosos en Internet
Cómo crear negocios exitosos en InternetCómo crear negocios exitosos en Internet
Cómo crear negocios exitosos en Internet
marketingred
 
Marisabel john
Marisabel  johnMarisabel  john
Marisabel john
Yasmin Marquez
 
De Onde Viemos
De Onde ViemosDe Onde Viemos
De Onde Viemos
home
 
Ntic´s
Ntic´sNtic´s
Malware aitor
Malware aitorMalware aitor
Malware aitor
toryoutubr
 
Facebook rentable para vender
Facebook rentable para venderFacebook rentable para vender
Facebook rentable para vender
marketingred
 
MacroanáLise Das OrganizaçõEs
MacroanáLise Das OrganizaçõEsMacroanáLise Das OrganizaçõEs
MacroanáLise Das OrganizaçõEs
patricia oliveira
 
Aula 250309
Aula 250309Aula 250309
Revista de Arquitectura Nº16 - Muestra
Revista de Arquitectura Nº16 - MuestraRevista de Arquitectura Nº16 - Muestra
Revista de Arquitectura Nº16 - Muestra
PublicacionesFAU
 
Aromadeflores
AromadefloresAromadeflores
Aromadeflores
Kuky
 
Practicas Toxicologia tercer trimestre
Practicas Toxicologia  tercer trimestrePracticas Toxicologia  tercer trimestre
Practicas Toxicologia tercer trimestre
Geoconda Tubetano
 
Portfolioeixo3 Glauberhenriquedemoraes
Portfolioeixo3 GlauberhenriquedemoraesPortfolioeixo3 Glauberhenriquedemoraes
Portfolioeixo3 Glauberhenriquedemoraes
Glauber Moraes
 
Feliz Natal
Feliz NatalFeliz Natal
Feliz Natal
home
 
Mi familiaa
Mi familiaaMi familiaa
Mi familiaa
lissarabia
 

Destaque (16)

Risotto de salmón
Risotto de salmónRisotto de salmón
Risotto de salmón
 
Lourdes
LourdesLourdes
Lourdes
 
Cómo crear negocios exitosos en Internet
Cómo crear negocios exitosos en InternetCómo crear negocios exitosos en Internet
Cómo crear negocios exitosos en Internet
 
Marisabel john
Marisabel  johnMarisabel  john
Marisabel john
 
De Onde Viemos
De Onde ViemosDe Onde Viemos
De Onde Viemos
 
Ntic´s
Ntic´sNtic´s
Ntic´s
 
Malware aitor
Malware aitorMalware aitor
Malware aitor
 
Facebook rentable para vender
Facebook rentable para venderFacebook rentable para vender
Facebook rentable para vender
 
MacroanáLise Das OrganizaçõEs
MacroanáLise Das OrganizaçõEsMacroanáLise Das OrganizaçõEs
MacroanáLise Das OrganizaçõEs
 
Aula 250309
Aula 250309Aula 250309
Aula 250309
 
Revista de Arquitectura Nº16 - Muestra
Revista de Arquitectura Nº16 - MuestraRevista de Arquitectura Nº16 - Muestra
Revista de Arquitectura Nº16 - Muestra
 
Aromadeflores
AromadefloresAromadeflores
Aromadeflores
 
Practicas Toxicologia tercer trimestre
Practicas Toxicologia  tercer trimestrePracticas Toxicologia  tercer trimestre
Practicas Toxicologia tercer trimestre
 
Portfolioeixo3 Glauberhenriquedemoraes
Portfolioeixo3 GlauberhenriquedemoraesPortfolioeixo3 Glauberhenriquedemoraes
Portfolioeixo3 Glauberhenriquedemoraes
 
Feliz Natal
Feliz NatalFeliz Natal
Feliz Natal
 
Mi familiaa
Mi familiaaMi familiaa
Mi familiaa
 

Semelhante a Apresentação call 4 t11_port

Apresentação call 3 t11
Apresentação call 3 t11Apresentação call 3 t11
Apresentação call 3 t11
Arteris S.A.
 
Apresentação 2 t11
Apresentação 2 t11Apresentação 2 t11
Apresentação 2 t11
Arteris S.A.
 
1 t10
1 t101 t10
Apresentação resultados 3 t11
Apresentação resultados 3 t11Apresentação resultados 3 t11
Apresentação resultados 3 t11
CCR Relações com Investidores
 
Apresentação - 1T12
Apresentação - 1T12Apresentação - 1T12
Apresentação - 1T12
CCR Relações com Investidores
 
Apresentacao CCR - 3T09
Apresentacao CCR - 3T09Apresentacao CCR - 3T09
Apresentacao CCR - 3T09
CCR Relações com Investidores
 
Teleconferência concessão rodoanel 1
Teleconferência concessão rodoanel 1Teleconferência concessão rodoanel 1
Teleconferência concessão rodoanel 1
CCR Relações com Investidores
 
Apresentação CCR Day 4
Apresentação CCR Day 4Apresentação CCR Day 4
Apresentação CCR Day 4
CCR Relações com Investidores
 
Teleconferência Concessão Rodoanel
Teleconferência Concessão RodoanelTeleconferência Concessão Rodoanel
Teleconferência Concessão Rodoanel
CCR Relações com Investidores
 
Apresentação 4 T11
Apresentação 4 T11Apresentação 4 T11
Apresentação 4 T11
CCR Relações com Investidores
 
3 t10 final
3 t10 final3 t10 final
3 t10 final
Localiza
 
Por.Apresenta%E7%E3o%20 Teleconferencia%201 T06
Por.Apresenta%E7%E3o%20 Teleconferencia%201 T06Por.Apresenta%E7%E3o%20 Teleconferencia%201 T06
Por.Apresenta%E7%E3o%20 Teleconferencia%201 T06
Arteris S.A.
 
Apresentação 3T12
Apresentação 3T12Apresentação 3T12
Apresentação 3T12
CCR Relações com Investidores
 
Apimec resultados do 1 t06
Apimec   resultados do 1 t06Apimec   resultados do 1 t06
Apimec resultados do 1 t06
CCR Relações com Investidores
 
Apimec resultados do 1 t06
Apimec   resultados do 1 t06Apimec   resultados do 1 t06
Apimec resultados do 1 t06
CCR Relações com Investidores
 
1T10_final
1T10_final1T10_final
1T10_final
Localiza
 
1T10_final
1T10_final1T10_final
1T10_final
Localiza
 
Apimec resultados do 1 t04
Apimec   resultados do 1 t04Apimec   resultados do 1 t04
Apimec resultados do 1 t04
CCR Relações com Investidores
 
Apres call 3_t10_11.11.10
Apres call 3_t10_11.11.10Apres call 3_t10_11.11.10
Apres call 3_t10_11.11.10
Arteris S.A.
 

Semelhante a Apresentação call 4 t11_port (19)

Apresentação call 3 t11
Apresentação call 3 t11Apresentação call 3 t11
Apresentação call 3 t11
 
Apresentação 2 t11
Apresentação 2 t11Apresentação 2 t11
Apresentação 2 t11
 
1 t10
1 t101 t10
1 t10
 
Apresentação resultados 3 t11
Apresentação resultados 3 t11Apresentação resultados 3 t11
Apresentação resultados 3 t11
 
Apresentação - 1T12
Apresentação - 1T12Apresentação - 1T12
Apresentação - 1T12
 
Apresentacao CCR - 3T09
Apresentacao CCR - 3T09Apresentacao CCR - 3T09
Apresentacao CCR - 3T09
 
Teleconferência concessão rodoanel 1
Teleconferência concessão rodoanel 1Teleconferência concessão rodoanel 1
Teleconferência concessão rodoanel 1
 
Apresentação CCR Day 4
Apresentação CCR Day 4Apresentação CCR Day 4
Apresentação CCR Day 4
 
Teleconferência Concessão Rodoanel
Teleconferência Concessão RodoanelTeleconferência Concessão Rodoanel
Teleconferência Concessão Rodoanel
 
Apresentação 4 T11
Apresentação 4 T11Apresentação 4 T11
Apresentação 4 T11
 
3 t10 final
3 t10 final3 t10 final
3 t10 final
 
Por.Apresenta%E7%E3o%20 Teleconferencia%201 T06
Por.Apresenta%E7%E3o%20 Teleconferencia%201 T06Por.Apresenta%E7%E3o%20 Teleconferencia%201 T06
Por.Apresenta%E7%E3o%20 Teleconferencia%201 T06
 
Apresentação 3T12
Apresentação 3T12Apresentação 3T12
Apresentação 3T12
 
Apimec resultados do 1 t06
Apimec   resultados do 1 t06Apimec   resultados do 1 t06
Apimec resultados do 1 t06
 
Apimec resultados do 1 t06
Apimec   resultados do 1 t06Apimec   resultados do 1 t06
Apimec resultados do 1 t06
 
1T10_final
1T10_final1T10_final
1T10_final
 
1T10_final
1T10_final1T10_final
1T10_final
 
Apimec resultados do 1 t04
Apimec   resultados do 1 t04Apimec   resultados do 1 t04
Apimec resultados do 1 t04
 
Apres call 3_t10_11.11.10
Apres call 3_t10_11.11.10Apres call 3_t10_11.11.10
Apres call 3_t10_11.11.10
 

Mais de Arteris S.A.

Call 2 t14_eng vfinal
Call 2 t14_eng vfinalCall 2 t14_eng vfinal
Call 2 t14_eng vfinal
Arteris S.A.
 
Call 2 t14_port vfinal
Call 2 t14_port vfinalCall 2 t14_port vfinal
Call 2 t14_port vfinal
Arteris S.A.
 
Call 1 t14_eng v_final
Call 1 t14_eng v_finalCall 1 t14_eng v_final
Call 1 t14_eng v_final
Arteris S.A.
 
Call 1 t14_port v_final
Call 1 t14_port v_finalCall 1 t14_port v_final
Call 1 t14_port v_final
Arteris S.A.
 
Call 4 t13_eng
Call 4 t13_engCall 4 t13_eng
Call 4 t13_eng
Arteris S.A.
 
Call 4 t13_port
Call 4 t13_portCall 4 t13_port
Call 4 t13_port
Arteris S.A.
 
Call 3 t13_port
Call 3 t13_portCall 3 t13_port
Call 3 t13_port
Arteris S.A.
 
Call 3 t13_eng
Call 3 t13_engCall 3 t13_eng
Call 3 t13_eng
Arteris S.A.
 
Call 2 t13_eng
Call 2 t13_engCall 2 t13_eng
Call 2 t13_eng
Arteris S.A.
 
Call 2 t13_port
Call 2 t13_portCall 2 t13_port
Call 2 t13_port
Arteris S.A.
 
Apresentação call 1 t13_eng
Apresentação call 1 t13_engApresentação call 1 t13_eng
Apresentação call 1 t13_eng
Arteris S.A.
 
Apresentação call 1 t13_port
Apresentação call 1 t13_portApresentação call 1 t13_port
Apresentação call 1 t13_port
Arteris S.A.
 
4Q12 Presentation
4Q12 Presentation4Q12 Presentation
4Q12 Presentation
Arteris S.A.
 
Apresentação ri arteris ingles dez13
Apresentação ri arteris ingles dez13Apresentação ri arteris ingles dez13
Apresentação ri arteris ingles dez13
Arteris S.A.
 
Apresentação ri arteris dez13
Apresentação ri arteris dez13Apresentação ri arteris dez13
Apresentação ri arteris dez13
Arteris S.A.
 
Apresentação call 3 t12_eng
Apresentação call 3 t12_engApresentação call 3 t12_eng
Apresentação call 3 t12_eng
Arteris S.A.
 
Apresentação call 2 t12_eng
Apresentação call 2 t12_engApresentação call 2 t12_eng
Apresentação call 2 t12_eng
Arteris S.A.
 
Apresentação call 1 q12_eng
Apresentação call 1 q12_engApresentação call 1 q12_eng
Apresentação call 1 q12_eng
Arteris S.A.
 
Call presentation 2 q11
Call  presentation 2 q11Call  presentation 2 q11
Call presentation 2 q11
Arteris S.A.
 
Call presentation 4 q11_eng
Call presentation 4 q11_engCall presentation 4 q11_eng
Call presentation 4 q11_eng
Arteris S.A.
 

Mais de Arteris S.A. (20)

Call 2 t14_eng vfinal
Call 2 t14_eng vfinalCall 2 t14_eng vfinal
Call 2 t14_eng vfinal
 
Call 2 t14_port vfinal
Call 2 t14_port vfinalCall 2 t14_port vfinal
Call 2 t14_port vfinal
 
Call 1 t14_eng v_final
Call 1 t14_eng v_finalCall 1 t14_eng v_final
Call 1 t14_eng v_final
 
Call 1 t14_port v_final
Call 1 t14_port v_finalCall 1 t14_port v_final
Call 1 t14_port v_final
 
Call 4 t13_eng
Call 4 t13_engCall 4 t13_eng
Call 4 t13_eng
 
Call 4 t13_port
Call 4 t13_portCall 4 t13_port
Call 4 t13_port
 
Call 3 t13_port
Call 3 t13_portCall 3 t13_port
Call 3 t13_port
 
Call 3 t13_eng
Call 3 t13_engCall 3 t13_eng
Call 3 t13_eng
 
Call 2 t13_eng
Call 2 t13_engCall 2 t13_eng
Call 2 t13_eng
 
Call 2 t13_port
Call 2 t13_portCall 2 t13_port
Call 2 t13_port
 
Apresentação call 1 t13_eng
Apresentação call 1 t13_engApresentação call 1 t13_eng
Apresentação call 1 t13_eng
 
Apresentação call 1 t13_port
Apresentação call 1 t13_portApresentação call 1 t13_port
Apresentação call 1 t13_port
 
4Q12 Presentation
4Q12 Presentation4Q12 Presentation
4Q12 Presentation
 
Apresentação ri arteris ingles dez13
Apresentação ri arteris ingles dez13Apresentação ri arteris ingles dez13
Apresentação ri arteris ingles dez13
 
Apresentação ri arteris dez13
Apresentação ri arteris dez13Apresentação ri arteris dez13
Apresentação ri arteris dez13
 
Apresentação call 3 t12_eng
Apresentação call 3 t12_engApresentação call 3 t12_eng
Apresentação call 3 t12_eng
 
Apresentação call 2 t12_eng
Apresentação call 2 t12_engApresentação call 2 t12_eng
Apresentação call 2 t12_eng
 
Apresentação call 1 q12_eng
Apresentação call 1 q12_engApresentação call 1 q12_eng
Apresentação call 1 q12_eng
 
Call presentation 2 q11
Call  presentation 2 q11Call  presentation 2 q11
Call presentation 2 q11
 
Call presentation 4 q11_eng
Call presentation 4 q11_engCall presentation 4 q11_eng
Call presentation 4 q11_eng
 

Apresentação call 4 t11_port

  • 1. Teleconferência Resultados 4T11 e 2011 São Paulo, 26 de março de 2012 1
  • 2. Aviso Legal Esta apresentação poderá conter considerações referentes a perspectivas futuras do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, bem como perspectivas de crescimento da OHL Brasil, baseando-se exclusivamente nas expectativas da Administração em relação ao futuro do negócio e seu contínuo acesso a capitais para financiar o plano de negócios da Companhia. Tais considerações futuras podem ser afetadas por mudanças nas condições de mercado, regras governamentais, desempenho do setor, programa de privatização de novas rodovias, cenário econômico, entre outros fatores, além dos riscos apresentados nos documentos de divulgação arquivados pela OHL Brasil e estão sujeitos a mudanças sem aviso prévio. 2
  • 3. Tráfego Var% Var% Var% Veículos Equivalentes (Mil) 4T11 3T11 4T10 2011 2010 4T11/3T11 4T11/4T10 2011/2010 Estaduais 46.747 48.374 43.369 -3,4% 7,8% 182.180 159.440 14,3% Autovias 10.919 11.326 10.805 -3,6% 1,1% 42.931 41.850 2,6% Centrovias 12.364 12.616 9.741 -2,0% 26,9% 47.642 29.265 62,8% Intervias 14.967 15.681 14.628 -4,6% 2,3% 58.534 56.859 2,9% Vianorte 8.497 8.751 8.196 -2,9% 3,7% 33.073 31.466 5,1% Federais 127.556 122.764 124.804 3,9% 2,2% 487.193 437.044 11,5% Planalto Sul 7.079 6.815 6.969 3,9% 1,6% 27.969 26.697 4,8% Fluminense 12.099 11.917 12.196 1,5% -0,8% 46.778 43.492 7,6% Fernão Dias 39.912 39.635 37.999 0,7% 5,0% 153.191 121.657 25,9% Régis Bittencourt 37.435 36.142 36.507 3,6% 2,5% 143.705 136.159 5,5% Litoral Sul 31.030 28.254 31.132 9,8% -0,3% 115.550 109.039 6,0% Total 174.303 171.138 168.172 1,8% 3,6% 669.372 596.484 12,2% Fatores que influenciaram o crescimento do tráfego: • Implantação da cobrança bidirecional em quatro praças de pedágio da concessionária estadual Centrovias. • Abertura da última praça de pedágio da concessionária federal Fernão Dias. 3
  • 4. Tarifas Var% Var% Var% Tarifa Média (R$ / Veic. Equiv.) 4T11 3T11 4T10 2011 2010 4T11/3T11 4T11/4T10 2011/2010 Estaduais 6,20 6,19 5,92 0,2% 4,8% 5,93 6,09 -2,6% Autovias 6,53 6,52 5,94 0,1% 10,0% 6,25 5,83 7,3% Centrovias 5,91 5,91 6,55 0,1% -9,7% 5,66 8,15 -30,6% Intervias 5,35 5,35 4,88 -0,1% 9,7% 5,13 4,79 6,9% Vianorte 7,71 7,66 7,01 0,7% 10,0% 7,34 6,88 6,8% Federais 1,68 1,69 1,50 -0,5% 11,9% 1,68 1,51 11,2% Planalto Sul 3,13 3,10 2,93 0,9% 6,9% 3,11 2,91 6,9% Fluminense 2,80 2,80 2,60 0,0% 7,7% 2,78 2,59 7,4% Fernão Dias 1,31 1,30 1,13 1,0% 16,3% 1,30 1,11 17,5% Régis Bittencourt 1,70 1,70 1,50 -0,1% 13,4% 1,70 1,50 13,4% Litoral Sul 1,35 1,40 1,20 -3,6% 12,5% 1,36 1,19 13,6% Total 2,89 2,96 2,64 -2,3% 9,6% 2,84 2,73 3,7% Principais acontecimentos do período: • Reajuste nas tarifas das concessionárias estaduais em julho de 2011 com base no IGP-M, e nas federais pela variação acumulada do IPCA • Cobrança bidirecional em quatro praças de pedágio administradas pela Centrovias, com redução de suas tarifas em 50% A partir de 2012 as tarifas das concessionárias estaduais passam a ser reajustadas de acordo com o IPCA, medida oficializada pela ARTESP em janeiro de 2012. 4
  • 5. Composição da Receita Bruta Receita Bruta (R$ milhões) 24% 2.900 105 2.343 Pedágio 94 896 Obras Outras 32% 618 5% 787 827 628 25 24 1.899 25 1.631 256 299 159 444 507 504 4T10 3T11 4T11 2010 2011 Principais acontecimentos do período: • Reajustes tarifários nas concessões estaduais e federais • Aumento na receita de pedágio (+13,6% no 4T11 x 4T10 e +16,4% em 2011 x 2010) • Aumento das receitas de obras (+ 88,7% no 4T11 x 4T10 e 45,1% em 2011 x 2010) 5
  • 6. Desempenho Operacional EBITDA Ajustado e Margem EBITDA Ajustada (R$ milhões) 1.195 1200 80,0% 980 183 70,0% 1000 146 60,0% EBITDA 800 45,7% 46,0% 44,9% 44,1% 50,0% Provisão p/ Manutenção 39,0% 600 40,0% 1.012 Margem EBITDA Ajustada 339 304 30,0% 400 834 267 43 20,0% 36 58 200 295 268 10,0% 209 0 0,0% 4T10 3T11 4T11 2010 2011 É importante ressaltar que a partir de 01 de outubro de 2011 a Companhia passou a desconsiderar para o cálculo do EBITDA Ajustado a reversão dos EBITDAs das construtoras, uma vez que esse ajuste não é refletido nos valores referentes aos Investimentos da Companhia. 6
  • 7. Resultado Financeiro Resultado Financeiro Líquido (R$ milhões) (218) (207) 44% (61) (56) (39) 4T10 3T11 4T11 2010 2011 7
  • 8. Evolução do Lucro Lucro Líquido (R$ milhões) 500,0 450,0 400,0 350,0 300,0 250,0 200,0 34% 404 150,0 304 100,0 138 50,0 78 105 - 4T10 3T11 4T11 2010 2011 Dividendos Adicionais: A proposta da Companhia para o resultado do exercício de 2011 é a distribuição, através de dividendos, de 52,63% do lucro líquido referente ao exercício encerrado em 31 de dezembro de 2011, após a constituição da reserva legal, no total de R$195,2 milhões, em função da disponibilidade de caixa da Companhia e da expectativa limitada de novas oportunidades de negócios no curto prazo. 8
  • 9. Endividamento 2.500 2,5 1,6 1,6 1,5 2.000 Endividam ento Var% Var% 1,5 4T11 3T11 4T10 (Em m ilhares de reais) 4T11/3T11 4T11/4T10 1.500 0,5 Dívida Bruta 3.098.442 2.962.623 2.788.542 4,6% 11,1% Curto Prazo 426.332 552.017 1.234.363 -22,8% -65,5%1.000 (0,5) 1.797 1.523 1.611 Longo Prazo 2.672.110 2.410.606 1.554.179 10,8% 71,9% 500 (1,5) Caixa e equivalentes de caixa 1.178.454 1.250.731 1.168.288 -5,8% 0,9% Aplicações financeiras vinculadas ¹ 123.169 101.072 97.176 21,9% 26,7% - (2,5) 4T10 3T11 4T11 Dívida Líquida 1.796.819 1.610.820 1.523.078 11,5% 18,0% Dívida Líquida / EBITDA Ajustado ¹ Curto e longo prazos 0,7% 12,9% TJLP BNDES 48,7% CDI 48,7% Debêntures 50,6% 38,4% IPCA Outros • É importante ressaltar que as linhas de crédito de longo prazo das concessionárias federais aprovadas pelo BNDES contribuíram para o alongamento do perfil da dívida da companhia. 9
  • 10. Investimentos – Desembolsos de Caixa Ativos Imobilizados e Intangíveis (R$ milhões) 31 Federais Estaduais 835 1 12 8 10 294 230 138 173 1T11 2T11 3T11 4T11 2011 Adicionalmente, desembolsamos aproximadamente R$ 39,5 milhões nas concessionárias estaduais a título de pagamentos de manutenção de rodovias no 4T11. Em 2011, esses pagamentos totalizaram R$ 131,2 milhões. 10