SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 25
Baixar para ler offline
A verdadeira adoração
       Lição 12
Textos Bíblicos
Mas a hora vem, e agora é, em que os
verdadeiros adoradores adorarão o Pai em
espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais
que assim o adorem.
Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o
adorem     em     espírito   e   em     verdade.
João 4:23-24
Mensagem Valiosa

“... Adore o Senhor, o seu Deus, e só a Ele
preste culto,” Mateus 4:10
Verdade Aplicada

Na era moderna, muitas coisas disputam a
nossa   devoção.   Mas   somente   Deus   é
merecedor de nossa adoração.
“O propósito de Deus ao criar Adão e Eva,
resumia-se no que eles fariam por Deus, que
nada mais em toda criação tinha condições de
fazer. Deus era exclusivamente deles e de nada
mais. Diferentemente de todo o resto, nesse
mundo místico e maravilhoso criado por Deus,
Adão e Eva podiam adorar a Deus, e Deus
ansiava por aquela adoração.”   A. W. Tozer
Introdução

Adorar – do latim adorare, que significa “falar
com” ou “ter comunhão com”.



Adorar pressupõe relacionamento e interação
com o ser adorado.
Onde e como Adorar?

Há muitos lugares e instrumentos (meios)
para a adoração, mas apenas um modo de
fazê-la.
“Mas a hora vem, e agora é, em que os
verdadeiros adoradores adorarão o Pai em
espírito e em verdade;” João 4:23
“O ímpeto para adorar está no âmago de cada
ser humano, e é a coisa mais natural a nosso
respeito. Mas não são todos os caminhos que
levam à adoração que Deus aceita e na qual
se deleita. Deus abomina e não aceita certos
tipos de adoração, mesmo que seja dirigidos e
oferecidos a Ele.”   A. W. Tozer
Caminhos que não levam à adoração:

 O caminho da excelência humana – representa o
 que de melhor o homem tem a oferecer. Isto
 significa dar a Deus o que nos é deleite, sem levar
 em conta o mandamento divino. Exemplo: Caim.
 Não é aceita por Deus pois admite que pelo
 esforço e devoção humana podemos atingir o
 padrão que Deus deseja para nós.
O Caminho da escuridão pagã - o pior caminho,
pois adora a criação, em vez de adorar o Criador.
Sempre espelha a cultura ao redor, em vez de
espelhar o Cristo que está dentro de si.
“Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o
glorificaram como Deus, nem lhe deram graças,
antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu
coração insensato se obscureceu.” Romanos 1:21
O caminho da confusão herege – aceita o que
gosta (da Palavra de Deus) e rejeita o que não
gosta. O Senhor rejeita esse tipo de adoração em
função de sua natureza seletiva, quando se
escolhe o que se quer e que não atrapalhe nosso
estilo de vida. Os samaritanos dos dias de Jesus
faziam esse tipo de adoração.
Nos dias de hoje a heresia está por toda parte.
O caminho da Sublimidade existencial –
sentimentos arrebatadores de êxtase muito
confundidos com a verdadeira adoração.

É fácil confundir a música da religião como
sendo verdadeira adoração, porque a música
enleva a mente e empolga o coração.
Qual é a adoração que Deus aceita?
É aquela que é mediada pelo Espírito Santo.
A operação do Espírito Santo dentro de nós
nos capacita a adorar a Deus de forma
aceitável, através da pessoa que chamamos
Jesus Cristo, que também é Deus.
A mente humana caída não sabe como adorar
a Deus, então o Espírito Santo toma a mente
humana,     eleva-a,    corrige-a,   purifica-a,
posiciona-a e a dirige de forma que possa
adorar a Deus. Por isso é tão importante e
vital conhecer o Espírito Santo.
A adoração se expressa através de nós quando
nos voltamos para Deus, reconhecendo o que
Ele é, o que Ele representa para nós e,
consequentemente,quando lhe entregamos o
que somos e o que temos, para que tudo
redunde em glória ao seu nome.
1. A hora é agora e o lugar é este!
A adoração, de maneira nenhuma, pode ser
limitada a tempo e espaço.
O culto no templo é apenas a reunião dos santos,
mas a adoração vai muito além disso; acontece
no dia a dia.
O lugar da adoração não é tão importante quanto
a atitude dos adoradores.
Adorar é estar disposto a obedecer e colocar
no altar as coisas que Deus nos pede para que
vivamos em comunhão com Ele, mesmo que
seja a que mais amamos, a exemplo de
Abraão,
2. Pré-requisitos para a adoração ao
               Senhor.
A adoração a Deus consiste em honrar a Deus
por meio de atos e atitudes.



O ato de adorar a Deus é reflexo do amor que
o homem sente pelo Criador.
O amor é um requisito fundamental no
momento da adoração.



“E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus
de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e
de todo o teu pensamento.” Mateus 22:37
A adoração e serviço devem ser espirituais e
autênticos.
3. A verdadeira adoração promove
           santificação
No tempo de Moisés somente os sacerdotes
entravam     no   Santo    dos    Santos,      onde
acontecia a adoração de fato. Para entrar lá
precisavam    passar      por    um   ritual     de
purificação, caso contrário morreriam. Êx
30.17-21.
Hoje, através de Jesus Cristo, temos acesso
direto ao Santo dos Santos. E, da mesma
forma que os sacerdotes, precisamos nos
purificar.

Essa purificação não é imediata, mas se dá no
dia-a-dia como um processo contínuo.
“Quem subirá ao monte do SENHOR, ou quem
estará no seu lugar santo?

Aquele que é limpo de mãos e puro de
coração, que não entrega a sua alma à
vaidade, nem jura enganosamente.”

Salmos 24:3-4
• Mãos limpas são mãos isentas de atos
 pecaminosos externos;

• Puro de coração é uma referência à santidade
 interior, isto é, motivos e objetivos puros.
Conclusão

Deus procura adoradores que busquem
intimidade com Ele entre os domingos, em
sua individualidade e não somente na
coletividade.



                      http://leiturasdaquenia.blogspot.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Princípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de SantidadePrincípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de SantidadeIBMemorialJC
 
Cura interior a luz da palavra.
Cura interior a luz da palavra.Cura interior a luz da palavra.
Cura interior a luz da palavra.João Campos
 
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nósLição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nósÉder Tomé
 
Lição 6 - A Rebeldia de Saul e a Rejeição de Deus
Lição 6 - A Rebeldia de Saul e a Rejeição de DeusLição 6 - A Rebeldia de Saul e a Rejeição de Deus
Lição 6 - A Rebeldia de Saul e a Rejeição de DeusÉder Tomé
 
A Formação do Caráter Cristão
A Formação do Caráter CristãoA Formação do Caráter Cristão
A Formação do Caráter CristãoMárcio Martins
 
Vencendo as obras da carne - Pecados relacionais
Vencendo as obras da carne - Pecados relacionaisVencendo as obras da carne - Pecados relacionais
Vencendo as obras da carne - Pecados relacionaisMichel Plattiny
 
Soteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da SalvaçãoSoteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da SalvaçãoRODRIGO FERREIRA
 
Lição 9 - O Poder de Jesus para Transformar a Família
Lição 9 - O Poder de Jesus para Transformar a FamíliaLição 9 - O Poder de Jesus para Transformar a Família
Lição 9 - O Poder de Jesus para Transformar a FamíliaÉder Tomé
 
Lição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretas
Lição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretasLição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretas
Lição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretasÉder Tomé
 
Estudo 16 oração e jejum
Estudo 16   oração e jejumEstudo 16   oração e jejum
Estudo 16 oração e jejumJaed Gomes
 
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Louvor e adoração
Louvor e adoraçãoLouvor e adoração
Louvor e adoraçãoAndré Lopes
 

Mais procurados (20)

Jejum
JejumJejum
Jejum
 
Lição 01 Livro Apocalipse
Lição 01 Livro ApocalipseLição 01 Livro Apocalipse
Lição 01 Livro Apocalipse
 
As 12 colunas que sustentam uma família
As 12 colunas que sustentam uma famíliaAs 12 colunas que sustentam uma família
As 12 colunas que sustentam uma família
 
Uma oração para deus
Uma   oração   para    deusUma   oração   para    deus
Uma oração para deus
 
Princípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de SantidadePrincípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de Santidade
 
Cura interior a luz da palavra.
Cura interior a luz da palavra.Cura interior a luz da palavra.
Cura interior a luz da palavra.
 
O poder do chamado de deus
O poder do chamado de deus O poder do chamado de deus
O poder do chamado de deus
 
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nósLição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
 
Lição 6 - A Rebeldia de Saul e a Rejeição de Deus
Lição 6 - A Rebeldia de Saul e a Rejeição de DeusLição 6 - A Rebeldia de Saul e a Rejeição de Deus
Lição 6 - A Rebeldia de Saul e a Rejeição de Deus
 
A Formação do Caráter Cristão
A Formação do Caráter CristãoA Formação do Caráter Cristão
A Formação do Caráter Cristão
 
O que e Igreja
O que e IgrejaO que e Igreja
O que e Igreja
 
Vida de oração
Vida de oraçãoVida de oração
Vida de oração
 
Vencendo as obras da carne - Pecados relacionais
Vencendo as obras da carne - Pecados relacionaisVencendo as obras da carne - Pecados relacionais
Vencendo as obras da carne - Pecados relacionais
 
Soteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da SalvaçãoSoteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da Salvação
 
Lição 9 - O Poder de Jesus para Transformar a Família
Lição 9 - O Poder de Jesus para Transformar a FamíliaLição 9 - O Poder de Jesus para Transformar a Família
Lição 9 - O Poder de Jesus para Transformar a Família
 
O pecado e suas consequencias parte 1-22.02.2015
O pecado e suas consequencias parte 1-22.02.2015O pecado e suas consequencias parte 1-22.02.2015
O pecado e suas consequencias parte 1-22.02.2015
 
Lição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretas
Lição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretasLição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretas
Lição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretas
 
Estudo 16 oração e jejum
Estudo 16   oração e jejumEstudo 16   oração e jejum
Estudo 16 oração e jejum
 
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
 
Louvor e adoração
Louvor e adoraçãoLouvor e adoração
Louvor e adoração
 

Destaque

Seminário sobre louvor e adoração
Seminário  sobre louvor e adoraçãoSeminário  sobre louvor e adoração
Seminário sobre louvor e adoraçãorodrigocristao84
 
Lição 11 – o dia de adoração e serviço a deus
Lição 11  – o dia de adoração e serviço a deusLição 11  – o dia de adoração e serviço a deus
Lição 11 – o dia de adoração e serviço a deusestevao01
 
Dinheiro: benção ou maldição?
Dinheiro: benção ou maldição?Dinheiro: benção ou maldição?
Dinheiro: benção ou maldição?Quenia Damata
 
Lição 9: Trabalhando na Judeia
Lição 9: Trabalhando na JudeiaLição 9: Trabalhando na Judeia
Lição 9: Trabalhando na JudeiaQuenia Damata
 
Introdução 3 (serviço e adoração)
Introdução 3 (serviço e adoração)Introdução 3 (serviço e adoração)
Introdução 3 (serviço e adoração)Ricardo Gondim
 
Lição10: Ministrando aos galileus
Lição10: Ministrando aos galileusLição10: Ministrando aos galileus
Lição10: Ministrando aos galileusQuenia Damata
 
Lição 9 a pureza do movimento pentecostal
Lição 9   a pureza do movimento pentecostalLição 9   a pureza do movimento pentecostal
Lição 9 a pureza do movimento pentecostalJose Ventura
 
Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem manda em você?
Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem  manda em você?Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem  manda em você?
Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem manda em você?Quenia Damata
 
Lição 8 - Israel no Plano da Redenção
Lição 8 - Israel no Plano da RedençãoLição 8 - Israel no Plano da Redenção
Lição 8 - Israel no Plano da RedençãoErberson Pinheiro
 
Namoro, muito mais que diversão.
Namoro, muito mais que diversão.Namoro, muito mais que diversão.
Namoro, muito mais que diversão.Quenia Damata
 
A pureza do movimento pentecostal
A pureza do movimento pentecostalA pureza do movimento pentecostal
A pureza do movimento pentecostaldenilsonlemes
 
Lição 13 aviva ó senhor a tua obra
Lição 13   aviva ó senhor a tua obraLição 13   aviva ó senhor a tua obra
Lição 13 aviva ó senhor a tua obraJose Ventura
 
Lbj lição 10 a adoração sem conhecimento
Lbj lição 10  a adoração sem conhecimento Lbj lição 10  a adoração sem conhecimento
Lbj lição 10 a adoração sem conhecimento boasnovassena
 
O Homem e sua origem - lição 7
O Homem e sua origem - lição 7O Homem e sua origem - lição 7
O Homem e sua origem - lição 7Quenia Damata
 
EssêNcia Da AdoraçãO
EssêNcia Da  AdoraçãOEssêNcia Da  AdoraçãO
EssêNcia Da AdoraçãOluiscandido
 

Destaque (20)

Seminário sobre louvor e adoração
Seminário  sobre louvor e adoraçãoSeminário  sobre louvor e adoração
Seminário sobre louvor e adoração
 
Lição 11 – o dia de adoração e serviço a deus
Lição 11  – o dia de adoração e serviço a deusLição 11  – o dia de adoração e serviço a deus
Lição 11 – o dia de adoração e serviço a deus
 
A essência da adoração
A essência da adoraçãoA essência da adoração
A essência da adoração
 
Dinheiro: benção ou maldição?
Dinheiro: benção ou maldição?Dinheiro: benção ou maldição?
Dinheiro: benção ou maldição?
 
Lição 9: Trabalhando na Judeia
Lição 9: Trabalhando na JudeiaLição 9: Trabalhando na Judeia
Lição 9: Trabalhando na Judeia
 
Introdução 3 (serviço e adoração)
Introdução 3 (serviço e adoração)Introdução 3 (serviço e adoração)
Introdução 3 (serviço e adoração)
 
Lição10: Ministrando aos galileus
Lição10: Ministrando aos galileusLição10: Ministrando aos galileus
Lição10: Ministrando aos galileus
 
O Bom Samaritano
O Bom SamaritanoO Bom Samaritano
O Bom Samaritano
 
O culto a Deus
O culto a DeusO culto a Deus
O culto a Deus
 
Lição 9 a pureza do movimento pentecostal
Lição 9   a pureza do movimento pentecostalLição 9   a pureza do movimento pentecostal
Lição 9 a pureza do movimento pentecostal
 
Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem manda em você?
Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem  manda em você?Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem  manda em você?
Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem manda em você?
 
EBD - LIÇÃO - 9 A PUREZA DO MOVIMENTO PENTECOSTAL
EBD - LIÇÃO - 9  A PUREZA DO MOVIMENTO PENTECOSTALEBD - LIÇÃO - 9  A PUREZA DO MOVIMENTO PENTECOSTAL
EBD - LIÇÃO - 9 A PUREZA DO MOVIMENTO PENTECOSTAL
 
Lição 8 - Israel no Plano da Redenção
Lição 8 - Israel no Plano da RedençãoLição 8 - Israel no Plano da Redenção
Lição 8 - Israel no Plano da Redenção
 
Namoro, muito mais que diversão.
Namoro, muito mais que diversão.Namoro, muito mais que diversão.
Namoro, muito mais que diversão.
 
LIÇÃO - 06 NEEMIAS LIDERA UM GENUÍNO AVIVAMENTO
LIÇÃO - 06 NEEMIAS LIDERA UM GENUÍNO AVIVAMENTOLIÇÃO - 06 NEEMIAS LIDERA UM GENUÍNO AVIVAMENTO
LIÇÃO - 06 NEEMIAS LIDERA UM GENUÍNO AVIVAMENTO
 
A pureza do movimento pentecostal
A pureza do movimento pentecostalA pureza do movimento pentecostal
A pureza do movimento pentecostal
 
Lição 13 aviva ó senhor a tua obra
Lição 13   aviva ó senhor a tua obraLição 13   aviva ó senhor a tua obra
Lição 13 aviva ó senhor a tua obra
 
Lbj lição 10 a adoração sem conhecimento
Lbj lição 10  a adoração sem conhecimento Lbj lição 10  a adoração sem conhecimento
Lbj lição 10 a adoração sem conhecimento
 
O Homem e sua origem - lição 7
O Homem e sua origem - lição 7O Homem e sua origem - lição 7
O Homem e sua origem - lição 7
 
EssêNcia Da AdoraçãO
EssêNcia Da  AdoraçãOEssêNcia Da  AdoraçãO
EssêNcia Da AdoraçãO
 

Semelhante a Adoração verdadeira

Adoração
AdoraçãoAdoração
AdoraçãoADPC109
 
Adoração - Um Presente do Homem Para Deus - Sermão
Adoração - Um Presente do Homem Para Deus - SermãoAdoração - Um Presente do Homem Para Deus - Sermão
Adoração - Um Presente do Homem Para Deus - SermãoLevi de Paula Tavares
 
A GLORIA DE DEUS estudo sobre a gloria de Deus
A GLORIA DE DEUS estudo sobre a gloria de DeusA GLORIA DE DEUS estudo sobre a gloria de Deus
A GLORIA DE DEUS estudo sobre a gloria de DeusAdrianaAlmeida301140
 
O Líder que ADORA!
O Líder que ADORA! O Líder que ADORA!
O Líder que ADORA! IBRSNV
 
A HOMENAGEM REVERENCIAL A DEUS PAI - A ADORAÇÃO A DEUS
A HOMENAGEM REVERENCIAL A DEUS PAI -  A ADORAÇÃO A DEUSA HOMENAGEM REVERENCIAL A DEUS PAI -  A ADORAÇÃO A DEUS
A HOMENAGEM REVERENCIAL A DEUS PAI - A ADORAÇÃO A DEUSEstudiantes Urantia
 
Lição 6: A MORDOMIA DA ADORAÇÃO
Lição 6: A MORDOMIA DA ADORAÇÃOLição 6: A MORDOMIA DA ADORAÇÃO
Lição 6: A MORDOMIA DA ADORAÇÃOHamilton Souza
 
2 adoração como estilo de vida
2  adoração como estilo de vida2  adoração como estilo de vida
2 adoração como estilo de vidaGilberto Rehder
 
Estudo 07 3. oração de adoração
Estudo 07   3. oração de adoraçãoEstudo 07   3. oração de adoração
Estudo 07 3. oração de adoraçãoJaed Gomes
 
Lição 6 - A Mordomia da Adoração
Lição 6 - A Mordomia da AdoraçãoLição 6 - A Mordomia da Adoração
Lição 6 - A Mordomia da AdoraçãoÉder Tomé
 
Adorando a Deus em toda nossa maneira de viver
Adorando a Deus em toda nossa maneira de viverAdorando a Deus em toda nossa maneira de viver
Adorando a Deus em toda nossa maneira de viverDangelo Nascimento
 
ebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptxebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptxKARINEVONEYVIEIRABAR
 
O Poder da Oração - Autores diversos
O Poder da Oração - Autores diversosO Poder da Oração - Autores diversos
O Poder da Oração - Autores diversosedbtr
 
Apostila Juventude Adoração
Apostila Juventude AdoraçãoApostila Juventude Adoração
Apostila Juventude Adoraçãopibvilaverde
 
Eu Decido Me Relacionar Com Deus
Eu Decido Me Relacionar Com DeusEu Decido Me Relacionar Com Deus
Eu Decido Me Relacionar Com DeusEid Marques
 

Semelhante a Adoração verdadeira (20)

Adoração
AdoraçãoAdoração
Adoração
 
Adoração - Um Presente do Homem Para Deus - Sermão
Adoração - Um Presente do Homem Para Deus - SermãoAdoração - Um Presente do Homem Para Deus - Sermão
Adoração - Um Presente do Homem Para Deus - Sermão
 
A GLORIA DE DEUS estudo sobre a gloria de Deus
A GLORIA DE DEUS estudo sobre a gloria de DeusA GLORIA DE DEUS estudo sobre a gloria de Deus
A GLORIA DE DEUS estudo sobre a gloria de Deus
 
O Líder que ADORA!
O Líder que ADORA! O Líder que ADORA!
O Líder que ADORA!
 
Adoração e adoradores
Adoração e adoradoresAdoração e adoradores
Adoração e adoradores
 
A HOMENAGEM REVERENCIAL A DEUS PAI - A ADORAÇÃO A DEUS
A HOMENAGEM REVERENCIAL A DEUS PAI -  A ADORAÇÃO A DEUSA HOMENAGEM REVERENCIAL A DEUS PAI -  A ADORAÇÃO A DEUS
A HOMENAGEM REVERENCIAL A DEUS PAI - A ADORAÇÃO A DEUS
 
Lição 6: A MORDOMIA DA ADORAÇÃO
Lição 6: A MORDOMIA DA ADORAÇÃOLição 6: A MORDOMIA DA ADORAÇÃO
Lição 6: A MORDOMIA DA ADORAÇÃO
 
2 adoração como estilo de vida
2  adoração como estilo de vida2  adoração como estilo de vida
2 adoração como estilo de vida
 
Estudo 07 3. oração de adoração
Estudo 07   3. oração de adoraçãoEstudo 07   3. oração de adoração
Estudo 07 3. oração de adoração
 
Lição 6 - A Mordomia da Adoração
Lição 6 - A Mordomia da AdoraçãoLição 6 - A Mordomia da Adoração
Lição 6 - A Mordomia da Adoração
 
Adorando a Deus em toda nossa maneira de viver
Adorando a Deus em toda nossa maneira de viverAdorando a Deus em toda nossa maneira de viver
Adorando a Deus em toda nossa maneira de viver
 
Advento 2018
Advento 2018Advento 2018
Advento 2018
 
ministerio videira2.pdf
ministerio videira2.pdfministerio videira2.pdf
ministerio videira2.pdf
 
ebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptxebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptx
 
O Poder da Oração - Autores diversos
O Poder da Oração - Autores diversosO Poder da Oração - Autores diversos
O Poder da Oração - Autores diversos
 
Disciple sermon 5.2
Disciple sermon 5.2Disciple sermon 5.2
Disciple sermon 5.2
 
Apostila Juventude Adoração
Apostila Juventude AdoraçãoApostila Juventude Adoração
Apostila Juventude Adoração
 
Eu Decido Me Relacionar Com Deus
Eu Decido Me Relacionar Com DeusEu Decido Me Relacionar Com Deus
Eu Decido Me Relacionar Com Deus
 
A prece
A preceA prece
A prece
 
O poder da oração
O poder da oraçãoO poder da oração
O poder da oração
 

Mais de Quenia Damata

Parabéns Pastora Zade
Parabéns Pastora ZadeParabéns Pastora Zade
Parabéns Pastora ZadeQuenia Damata
 
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +Quenia Damata
 
Dinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participação
Dinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participaçãoDinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participação
Dinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participaçãoQuenia Damata
 
Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)
Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)
Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)Quenia Damata
 
O Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito SantoO Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito SantoQuenia Damata
 
As parábolas de Jesus
As parábolas de JesusAs parábolas de Jesus
As parábolas de JesusQuenia Damata
 
Lição 10: A necessidade e a urgência do culto doméstico
Lição 10: A necessidade e a urgência do culto domésticoLição 10: A necessidade e a urgência do culto doméstico
Lição 10: A necessidade e a urgência do culto domésticoQuenia Damata
 
A tentação de Jesus
A tentação de Jesus A tentação de Jesus
A tentação de Jesus Quenia Damata
 
A história de João Batista
A história de João BatistaA história de João Batista
A história de João BatistaQuenia Damata
 
Lição 3: Um exemplo a ser imitado
Lição 3: Um exemplo a ser imitadoLição 3: Um exemplo a ser imitado
Lição 3: Um exemplo a ser imitadoQuenia Damata
 
Lição 2: Os caminhos de Deus
Lição 2: Os caminhos de DeusLição 2: Os caminhos de Deus
Lição 2: Os caminhos de DeusQuenia Damata
 
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPADTudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPADQuenia Damata
 
Dinâmica: Corpo, Alma e Espírito
Dinâmica: Corpo, Alma e EspíritoDinâmica: Corpo, Alma e Espírito
Dinâmica: Corpo, Alma e EspíritoQuenia Damata
 
Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!
Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!
Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!Quenia Damata
 
Você está podendo?
Você está podendo?Você está podendo?
Você está podendo?Quenia Damata
 
Autoridade das Escrituras
Autoridade das EscriturasAutoridade das Escrituras
Autoridade das EscriturasQuenia Damata
 
O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9
O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9
O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9Quenia Damata
 
O pecado e suas consequências - Lição 6
O pecado e suas consequências - Lição 6O pecado e suas consequências - Lição 6
O pecado e suas consequências - Lição 6Quenia Damata
 

Mais de Quenia Damata (20)

Parabéns Pastora Zade
Parabéns Pastora ZadeParabéns Pastora Zade
Parabéns Pastora Zade
 
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
 
Dinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participação
Dinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participaçãoDinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participação
Dinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participação
 
Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)
Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)
Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)
 
O Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito SantoO Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito Santo
 
As parábolas de Jesus
As parábolas de JesusAs parábolas de Jesus
As parábolas de Jesus
 
Lição 10: A necessidade e a urgência do culto doméstico
Lição 10: A necessidade e a urgência do culto domésticoLição 10: A necessidade e a urgência do culto doméstico
Lição 10: A necessidade e a urgência do culto doméstico
 
A tentação de Jesus
A tentação de Jesus A tentação de Jesus
A tentação de Jesus
 
A história de João Batista
A história de João BatistaA história de João Batista
A história de João Batista
 
Lição 3: Um exemplo a ser imitado
Lição 3: Um exemplo a ser imitadoLição 3: Um exemplo a ser imitado
Lição 3: Um exemplo a ser imitado
 
Lição 2: Os caminhos de Deus
Lição 2: Os caminhos de DeusLição 2: Os caminhos de Deus
Lição 2: Os caminhos de Deus
 
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPADTudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
 
Dinâmica: Corpo, Alma e Espírito
Dinâmica: Corpo, Alma e EspíritoDinâmica: Corpo, Alma e Espírito
Dinâmica: Corpo, Alma e Espírito
 
Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!
Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!
Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!
 
Você está podendo?
Você está podendo?Você está podendo?
Você está podendo?
 
Autoridade das Escrituras
Autoridade das EscriturasAutoridade das Escrituras
Autoridade das Escrituras
 
O Natal em mangá
O Natal em mangáO Natal em mangá
O Natal em mangá
 
O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9
O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9
O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9
 
O pecado e suas consequências - Lição 6
O pecado e suas consequências - Lição 6O pecado e suas consequências - Lição 6
O pecado e suas consequências - Lição 6
 
O caráter de Deus
O caráter de DeusO caráter de Deus
O caráter de Deus
 

Adoração verdadeira

  • 2. Textos Bíblicos Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade. João 4:23-24
  • 3. Mensagem Valiosa “... Adore o Senhor, o seu Deus, e só a Ele preste culto,” Mateus 4:10
  • 4. Verdade Aplicada Na era moderna, muitas coisas disputam a nossa devoção. Mas somente Deus é merecedor de nossa adoração.
  • 5. “O propósito de Deus ao criar Adão e Eva, resumia-se no que eles fariam por Deus, que nada mais em toda criação tinha condições de fazer. Deus era exclusivamente deles e de nada mais. Diferentemente de todo o resto, nesse mundo místico e maravilhoso criado por Deus, Adão e Eva podiam adorar a Deus, e Deus ansiava por aquela adoração.” A. W. Tozer
  • 6. Introdução Adorar – do latim adorare, que significa “falar com” ou “ter comunhão com”. Adorar pressupõe relacionamento e interação com o ser adorado.
  • 7. Onde e como Adorar? Há muitos lugares e instrumentos (meios) para a adoração, mas apenas um modo de fazê-la. “Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade;” João 4:23
  • 8. “O ímpeto para adorar está no âmago de cada ser humano, e é a coisa mais natural a nosso respeito. Mas não são todos os caminhos que levam à adoração que Deus aceita e na qual se deleita. Deus abomina e não aceita certos tipos de adoração, mesmo que seja dirigidos e oferecidos a Ele.” A. W. Tozer
  • 9. Caminhos que não levam à adoração: O caminho da excelência humana – representa o que de melhor o homem tem a oferecer. Isto significa dar a Deus o que nos é deleite, sem levar em conta o mandamento divino. Exemplo: Caim. Não é aceita por Deus pois admite que pelo esforço e devoção humana podemos atingir o padrão que Deus deseja para nós.
  • 10. O Caminho da escuridão pagã - o pior caminho, pois adora a criação, em vez de adorar o Criador. Sempre espelha a cultura ao redor, em vez de espelhar o Cristo que está dentro de si. “Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu.” Romanos 1:21
  • 11. O caminho da confusão herege – aceita o que gosta (da Palavra de Deus) e rejeita o que não gosta. O Senhor rejeita esse tipo de adoração em função de sua natureza seletiva, quando se escolhe o que se quer e que não atrapalhe nosso estilo de vida. Os samaritanos dos dias de Jesus faziam esse tipo de adoração. Nos dias de hoje a heresia está por toda parte.
  • 12. O caminho da Sublimidade existencial – sentimentos arrebatadores de êxtase muito confundidos com a verdadeira adoração. É fácil confundir a música da religião como sendo verdadeira adoração, porque a música enleva a mente e empolga o coração.
  • 13. Qual é a adoração que Deus aceita? É aquela que é mediada pelo Espírito Santo. A operação do Espírito Santo dentro de nós nos capacita a adorar a Deus de forma aceitável, através da pessoa que chamamos Jesus Cristo, que também é Deus.
  • 14. A mente humana caída não sabe como adorar a Deus, então o Espírito Santo toma a mente humana, eleva-a, corrige-a, purifica-a, posiciona-a e a dirige de forma que possa adorar a Deus. Por isso é tão importante e vital conhecer o Espírito Santo.
  • 15. A adoração se expressa através de nós quando nos voltamos para Deus, reconhecendo o que Ele é, o que Ele representa para nós e, consequentemente,quando lhe entregamos o que somos e o que temos, para que tudo redunde em glória ao seu nome.
  • 16. 1. A hora é agora e o lugar é este! A adoração, de maneira nenhuma, pode ser limitada a tempo e espaço. O culto no templo é apenas a reunião dos santos, mas a adoração vai muito além disso; acontece no dia a dia. O lugar da adoração não é tão importante quanto a atitude dos adoradores.
  • 17. Adorar é estar disposto a obedecer e colocar no altar as coisas que Deus nos pede para que vivamos em comunhão com Ele, mesmo que seja a que mais amamos, a exemplo de Abraão,
  • 18. 2. Pré-requisitos para a adoração ao Senhor. A adoração a Deus consiste em honrar a Deus por meio de atos e atitudes. O ato de adorar a Deus é reflexo do amor que o homem sente pelo Criador.
  • 19. O amor é um requisito fundamental no momento da adoração. “E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.” Mateus 22:37
  • 20. A adoração e serviço devem ser espirituais e autênticos.
  • 21. 3. A verdadeira adoração promove santificação No tempo de Moisés somente os sacerdotes entravam no Santo dos Santos, onde acontecia a adoração de fato. Para entrar lá precisavam passar por um ritual de purificação, caso contrário morreriam. Êx 30.17-21.
  • 22. Hoje, através de Jesus Cristo, temos acesso direto ao Santo dos Santos. E, da mesma forma que os sacerdotes, precisamos nos purificar. Essa purificação não é imediata, mas se dá no dia-a-dia como um processo contínuo.
  • 23. “Quem subirá ao monte do SENHOR, ou quem estará no seu lugar santo? Aquele que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua alma à vaidade, nem jura enganosamente.” Salmos 24:3-4
  • 24. • Mãos limpas são mãos isentas de atos pecaminosos externos; • Puro de coração é uma referência à santidade interior, isto é, motivos e objetivos puros.
  • 25. Conclusão Deus procura adoradores que busquem intimidade com Ele entre os domingos, em sua individualidade e não somente na coletividade. http://leiturasdaquenia.blogspot.com