SlideShare uma empresa Scribd logo
A Primeira Lei de Mendel
Prof.ª Maria Inês
Ramo da biologia que estuda a hereditariedade.
 Mendel nasceu na Áustria, filho de camponeses.
 Aos 21 anos foi para o Mosteiro de São Tomás,
Áustria.
 1851 a 1853 - estudou História Natural na
Universidade de Viena.
 1856 - Iniciou as suas experiências nos jardins do
mosteiro.
 1868 - Tornou-se abade do mosteiro.
 1884 - Morreu em relativa obscuridade.
facilidade de cultivo
variedades facilmente identificadas
 alto índice de fertilidade
ciclo de vida curto
FLOR DE ERVILHA
Mendel e as ervilhas
AUTOFECUNDAÇÃO:
VERDE x VERDE
VERDE
AMARELA x AMARELA
AMARELA
(PURA) (PURA)
AMARELA x VERDE
(PURA) (PURA)
AMARELA
(HÍBRIDA)
AMARELA x AMARELA
(HÍBRIDA) (HÍBRIDA)
AMARELA E VERDE
(75%) (25%)
P
F1
F1 x F1
F2
PRIMEIRA LEI DE MENDEL:
“Cada caráter é determinado por
um par de fatores que se separam
na formação dos gametas, indo um
fator do par para cada gameta, que
é, portanto, puro.”
GENÓTIPO: conjunto de genes de um indivíduo.
EXEMPLOs VV, Vv, vv
FENÓTIPO: expressão do genótipo em interação
com o meio.
EXEMPLOs
 ALELOS: formas alternativas de um gene. Ex: V ou v
 ALELO DOMINANTE: aquele que manifesta seu caráter
mesmo estando em dose única. Ex: V
 ALELO RECESSIVO: aquele que manifesta seu caráter
apenas se estiver em dose dupla. Ex: v
GENE: parte de um
cromossomo que determina a
produção de uma proteína.
NÚCLEO CELULAR – CROMOSSOMO - DNA

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Slide Genética
Slide GenéticaSlide Genética
Introdução à genética
Introdução à genética Introdução à genética
Introdução à genética
nielimaia
 
Introdução a genetica
Introdução a geneticaIntrodução a genetica
Introdução a genetica
UERGS
 
19 bases da hereditariedade
19   bases da hereditariedade19   bases da hereditariedade
19 bases da hereditariedade
Rebeca Vale
 
Conceitos basicos em genetica
 Conceitos basicos em genetica Conceitos basicos em genetica
Conceitos basicos em genetica
Adrianne Mendonça
 
Genética
GenéticaGenética
Genética
Andreia Maria
 
Segunda Lei de Mendel
Segunda Lei de MendelSegunda Lei de Mendel
Segunda Lei de Mendel
Carlos Priante
 
Evolução biológica
Evolução biológicaEvolução biológica
Evolução biológica
César Milani
 
Segunda Lei de Mendel
Segunda Lei de MendelSegunda Lei de Mendel
Segunda Lei de Mendel
Fatima Comiotto
 
Caracteristicas gerais dos seres vivos
Caracteristicas gerais dos seres vivosCaracteristicas gerais dos seres vivos
Caracteristicas gerais dos seres vivos
César Milani
 
1 introdução ao Estudo da Biologia 1º ano
1   introdução ao Estudo da Biologia 1º ano1   introdução ao Estudo da Biologia 1º ano
1 introdução ao Estudo da Biologia 1º ano
Luiz Lázaro Leal de Albuquerque
 
Genetica
GeneticaGenetica
Genetica
emanuel
 
1a e 2a Leis de Mendel - Ensino Médio
1a e 2a Leis de Mendel - Ensino Médio1a e 2a Leis de Mendel - Ensino Médio
1a e 2a Leis de Mendel - Ensino Médio
Rodrigo Travitzki
 
I.2 características dos seres vivos
I.2 características dos seres vivosI.2 características dos seres vivos
I.2 características dos seres vivos
Rebeca Vale
 
Conceitos básicos de Genética
Conceitos básicos de GenéticaConceitos básicos de Genética
Conceitos básicos de Genética
Governo do Estado do Rio Grande do Sul
 
Aula sobre células
Aula sobre célulasAula sobre células
Aula sobre células
cienciasdinamica
 
1ª lei de mendel
1ª lei de mendel1ª lei de mendel
1ª lei de mendel
giovannimusetti
 
Genética Introdução
Genética   IntroduçãoGenética   Introdução
Genética Introdução
Mateus Domingos
 
Aulão a origem da vida
Aulão a origem da vidaAulão a origem da vida
Aulão a origem da vida
César Milani
 
Herança ligada ao sexo
Herança ligada ao sexoHerança ligada ao sexo
Herança ligada ao sexo
Fatima Comiotto
 

Mais procurados (20)

Slide Genética
Slide GenéticaSlide Genética
Slide Genética
 
Introdução à genética
Introdução à genética Introdução à genética
Introdução à genética
 
Introdução a genetica
Introdução a geneticaIntrodução a genetica
Introdução a genetica
 
19 bases da hereditariedade
19   bases da hereditariedade19   bases da hereditariedade
19 bases da hereditariedade
 
Conceitos basicos em genetica
 Conceitos basicos em genetica Conceitos basicos em genetica
Conceitos basicos em genetica
 
Genética
GenéticaGenética
Genética
 
Segunda Lei de Mendel
Segunda Lei de MendelSegunda Lei de Mendel
Segunda Lei de Mendel
 
Evolução biológica
Evolução biológicaEvolução biológica
Evolução biológica
 
Segunda Lei de Mendel
Segunda Lei de MendelSegunda Lei de Mendel
Segunda Lei de Mendel
 
Caracteristicas gerais dos seres vivos
Caracteristicas gerais dos seres vivosCaracteristicas gerais dos seres vivos
Caracteristicas gerais dos seres vivos
 
1 introdução ao Estudo da Biologia 1º ano
1   introdução ao Estudo da Biologia 1º ano1   introdução ao Estudo da Biologia 1º ano
1 introdução ao Estudo da Biologia 1º ano
 
Genetica
GeneticaGenetica
Genetica
 
1a e 2a Leis de Mendel - Ensino Médio
1a e 2a Leis de Mendel - Ensino Médio1a e 2a Leis de Mendel - Ensino Médio
1a e 2a Leis de Mendel - Ensino Médio
 
I.2 características dos seres vivos
I.2 características dos seres vivosI.2 características dos seres vivos
I.2 características dos seres vivos
 
Conceitos básicos de Genética
Conceitos básicos de GenéticaConceitos básicos de Genética
Conceitos básicos de Genética
 
Aula sobre células
Aula sobre célulasAula sobre células
Aula sobre células
 
1ª lei de mendel
1ª lei de mendel1ª lei de mendel
1ª lei de mendel
 
Genética Introdução
Genética   IntroduçãoGenética   Introdução
Genética Introdução
 
Aulão a origem da vida
Aulão a origem da vidaAulão a origem da vida
Aulão a origem da vida
 
Herança ligada ao sexo
Herança ligada ao sexoHerança ligada ao sexo
Herança ligada ao sexo
 

Mais de mainamgar

Avaliação orientações teórico -metodológicas
Avaliação   orientações teórico -metodológicasAvaliação   orientações teórico -metodológicas
Avaliação orientações teórico -metodológicas
mainamgar
 
Eliminação adiada
Eliminação adiadaEliminação adiada
Eliminação adiada
mainamgar
 
Núcleo celular
Núcleo celularNúcleo celular
Núcleo celular
mainamgar
 
Organelas celulares
Organelas celularesOrganelas celulares
Organelas celulares
mainamgar
 
Exemplos de células
Exemplos de célulasExemplos de células
Exemplos de células
mainamgar
 
Conceitos em genética
Conceitos em genéticaConceitos em genética
Conceitos em genética
mainamgar
 
Citologia introdução-histórico
Citologia   introdução-históricoCitologia   introdução-histórico
Citologia introdução-histórico
mainamgar
 
Biotecnologia III
Biotecnologia IIIBiotecnologia III
Biotecnologia III
mainamgar
 
Biotecnologia II
Biotecnologia IIBiotecnologia II
Biotecnologia II
mainamgar
 
Biotecnologia I
Biotecnologia IBiotecnologia I
Biotecnologia I
mainamgar
 
Princípios da educação inclusiva
Princípios da educação inclusivaPrincípios da educação inclusiva
Princípios da educação inclusiva
mainamgar
 
Reprodução humana
Reprodução humanaReprodução humana
Reprodução humana
mainamgar
 
Poluição do ar
Poluição do arPoluição do ar
Poluição do ar
mainamgar
 
Parasitismo
ParasitismoParasitismo
Parasitismo
mainamgar
 
Interações biológicas nos ecossistemas (2)
Interações biológicas nos ecossistemas (2)Interações biológicas nos ecossistemas (2)
Interações biológicas nos ecossistemas (2)
mainamgar
 
Ciclos biogeoquímicos
Ciclos biogeoquímicosCiclos biogeoquímicos
Ciclos biogeoquímicos
mainamgar
 
Biologia introdução
Biologia introduçãoBiologia introdução
Biologia introdução
mainamgar
 
Saúde e qualidade de vida
Saúde e qualidade de vidaSaúde e qualidade de vida
Saúde e qualidade de vida
mainamgar
 
Energia e matéria nos ecossistemas
Energia e matéria nos ecossistemasEnergia e matéria nos ecossistemas
Energia e matéria nos ecossistemas
mainamgar
 

Mais de mainamgar (19)

Avaliação orientações teórico -metodológicas
Avaliação   orientações teórico -metodológicasAvaliação   orientações teórico -metodológicas
Avaliação orientações teórico -metodológicas
 
Eliminação adiada
Eliminação adiadaEliminação adiada
Eliminação adiada
 
Núcleo celular
Núcleo celularNúcleo celular
Núcleo celular
 
Organelas celulares
Organelas celularesOrganelas celulares
Organelas celulares
 
Exemplos de células
Exemplos de célulasExemplos de células
Exemplos de células
 
Conceitos em genética
Conceitos em genéticaConceitos em genética
Conceitos em genética
 
Citologia introdução-histórico
Citologia   introdução-históricoCitologia   introdução-histórico
Citologia introdução-histórico
 
Biotecnologia III
Biotecnologia IIIBiotecnologia III
Biotecnologia III
 
Biotecnologia II
Biotecnologia IIBiotecnologia II
Biotecnologia II
 
Biotecnologia I
Biotecnologia IBiotecnologia I
Biotecnologia I
 
Princípios da educação inclusiva
Princípios da educação inclusivaPrincípios da educação inclusiva
Princípios da educação inclusiva
 
Reprodução humana
Reprodução humanaReprodução humana
Reprodução humana
 
Poluição do ar
Poluição do arPoluição do ar
Poluição do ar
 
Parasitismo
ParasitismoParasitismo
Parasitismo
 
Interações biológicas nos ecossistemas (2)
Interações biológicas nos ecossistemas (2)Interações biológicas nos ecossistemas (2)
Interações biológicas nos ecossistemas (2)
 
Ciclos biogeoquímicos
Ciclos biogeoquímicosCiclos biogeoquímicos
Ciclos biogeoquímicos
 
Biologia introdução
Biologia introduçãoBiologia introdução
Biologia introdução
 
Saúde e qualidade de vida
Saúde e qualidade de vidaSaúde e qualidade de vida
Saúde e qualidade de vida
 
Energia e matéria nos ecossistemas
Energia e matéria nos ecossistemasEnergia e matéria nos ecossistemas
Energia e matéria nos ecossistemas
 

Último

O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 

Último (20)

O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 

A primeira lei de mendel

  • 1. A Primeira Lei de Mendel Prof.ª Maria Inês
  • 2. Ramo da biologia que estuda a hereditariedade.
  • 3.
  • 4.  Mendel nasceu na Áustria, filho de camponeses.  Aos 21 anos foi para o Mosteiro de São Tomás, Áustria.
  • 5.  1851 a 1853 - estudou História Natural na Universidade de Viena.  1856 - Iniciou as suas experiências nos jardins do mosteiro.  1868 - Tornou-se abade do mosteiro.  1884 - Morreu em relativa obscuridade.
  • 6.
  • 7. facilidade de cultivo variedades facilmente identificadas  alto índice de fertilidade ciclo de vida curto
  • 9. Mendel e as ervilhas
  • 10.
  • 11. AUTOFECUNDAÇÃO: VERDE x VERDE VERDE AMARELA x AMARELA AMARELA (PURA) (PURA)
  • 12. AMARELA x VERDE (PURA) (PURA) AMARELA (HÍBRIDA) AMARELA x AMARELA (HÍBRIDA) (HÍBRIDA) AMARELA E VERDE (75%) (25%) P F1 F1 x F1 F2
  • 13.
  • 14. PRIMEIRA LEI DE MENDEL: “Cada caráter é determinado por um par de fatores que se separam na formação dos gametas, indo um fator do par para cada gameta, que é, portanto, puro.”
  • 15. GENÓTIPO: conjunto de genes de um indivíduo. EXEMPLOs VV, Vv, vv FENÓTIPO: expressão do genótipo em interação com o meio. EXEMPLOs
  • 16.  ALELOS: formas alternativas de um gene. Ex: V ou v  ALELO DOMINANTE: aquele que manifesta seu caráter mesmo estando em dose única. Ex: V  ALELO RECESSIVO: aquele que manifesta seu caráter apenas se estiver em dose dupla. Ex: v GENE: parte de um cromossomo que determina a produção de uma proteína.
  • 17. NÚCLEO CELULAR – CROMOSSOMO - DNA