SlideShare uma empresa Scribd logo
A ORIGEM DO HOMEM
CRIACIONISMO
                                               Então o Senhor Deus
                                              mandou ao homem um
                                                  profundo sono, e
                                                enquanto ele dormia
                                              tirou-lhe uma costela e
                                             fechou-lhe de novo com
                                               carne o lugar. Depois,
                                             da costela do homem, o
                                                Senhor Deus formou
                                                    uma mulher e
                                                  aprensentou-a ao
                                                homem. E o homem
                                                 disse: “Desta vez é
                                             carne de minha carne e
                                              osso dos meus ossos”.
                                                     Gênesis 2, 21-23.
Michelângelo. Criação de Adão e Eva: 1512.
Em 1925, os
evolucionistas,
   adeptos de
     Charles
     Darwin,
 reivindicaram
     o direito
acadêmico de
                  Darwin, o autor da teoria
    ensinar a     sobre o evolucionismo.
    teoria da
 evolução nas
     escolas         Aparentemente, tudo o que eles
  públicas dos
                  queriam era apenas uma oportunidade
      U.S.A.
                   para apresentar suas concepções.
No ano de1859, na certeza de ter encontrado a resposta aos
seus questionamentos, Charles Darwin, escreveu os livros:
 “A Origem das Espécies”, e “A Descendência do Homem”,
nos quais ele manifestou suas idéias sobre o surgimento da
 raça humana na Terra. Seus dois livros geraram debates e
muitas controvérsias na época, contudo, hoje em dia, muitas
          de suas idéias são aceitas pela ciência.
EVOLUCIONISMO: Há a teoria de que todas as coisas vivas
   surgiram através de um processo evolutivo, mecânico e
natural, a partir de uma única fonte, que surgiu através de um
      processo semelhante a partir de um mundo morto,
   inorgânico. Segundo essa teoria; na evolução do gênero
    humano é possível distinguir três etapas principais: na
  primeira, certas espécies de antropóides adaptaram-se ao
    meio; na segunda, o Homo erectus fabricou utensílios e
 ferramentas; na terceira, o Homo sapiens sapiens, que, por
        sua capacidade intelectual, dominou o habitat.
ORIGENS MÍTICAS DO MUNDO E DOS SERES
                         HUMANOS
        Todas as grandes tradições, trazem mitos
          sobre a criação do mundo por um Ser
           Supremo através de emanações ou
                transformações de si; por:
•   Pensamentos ou palavras divinas, ou;
•   ele mergulha num oceano ou similar, de onde o
    mundo se desenvolve, ou;
•   através da divisão de uma parte primordial em
    outras partes, ou ainda;
•   pelo desmembramento de um ser primordial em
    outros seres, etc.
A civilização mais antiga oficialmente
reconhecida pela ciência é a dos sumérios.
   Deles se originam o texto mais antigo
    escrito, sobre a criação do mundo:
Cosmogonia Mesopotâmica. Nele consta
  "Quando no alto o céu ainda não tinha
 nome, a terra firme abaixo não tinha sido
 chamada pelo nome, nada havia senão o
 primordial Apsu; o genitor dos homens, e
 Mummu-Tiamat; foi dela que partiu, suas
  águas mesclando-se num só corpo;...“
Nos Upanixades temos:
1. No princípio não existia
absolutamente nada aqui. Na verdade ,
isto era habitado pela morte, ou pela
fome, pois a fome é a morte. Com o
pensamento, 'dai-me individualidade' ,
ele criou a mente. Então pôs-se a andar
de um lado para outro, em adoração. E
dele, assim em adoração, produziu-se a
água...
2.... aquilo que era espuma da água
solidificou-se e tornou-se terra..."
Ainda dos egípcios:

"Eu era o espírito nas Águas Primevas, aquele que não
tinha companheiro, quando meu nome passou a existir.
A forma mais antiga na qual eu comecei a existir foi a de
 um afogado. Eu fui aquele que começou a existir como
   um círculo, aquele que habitava em seu ovo. Eu fui
   aquele que começou tudo. O habitante das Águas
                       Primevas.
Primeiramente Hahu emergiu para mim e então comecei
 a me mover. Criei meus membros em minha glória. Fui
 o criador de mim mesmo, visto que me formei segundo
       meu desejo e de acordo com meu coração".
Mapa das primeiras migrações humanas, de
   acordo com análises efetuadas ao DNA
mitocondrial (unidades: milênios até ao presente).
Características da vida dos homens do
                paleolítico




              Instrumento
               e lança de
   Pedra       madeira         Domínio do
trabalhada.                      fogo
No Paleolítico o ser humano era nômade, e vivia da caça, pesca e
 coleta. Moravam em cavernas onde deixaram registradas suas
                           atividade.
A REVOLUÇÃO NEOLÍTICA




 A capacidade intelectual e a evolução técnica se aceleram.
Com o polimento, os instrumentos e armas tornaram-se mais
eficientes. Foi um período de grandes migrações, quando os
  grupos humanos se dispersaram por boa parte da Terra,
      procurando melhores condições de sobrevivência.
A REVOLUÇÃO NEOLÍTICA

  Com a domesticação de
         animais e o
     desenvolvimento da
    agricultura, a oferta de
 alimentos cresceu. Grupos
 humanos começaram a se
sedentarizar, dando origem
às primeiras comunidades e
 a diversificar as atividades
     com o artesanato, a
 tecelagem, a cerâmica e a
fabricação de farinha, pão e
            bebidas.
Por esta tranca de
  porta do paleolítico
 encontrada na Itália,
nota-se que o homem
dessa época, já tinha
preocupação com as
trancas das portas.O
  que denota que os
mesmos já habitavam
em comunidades e já
  havia uma luta por
  bens econômicos.
  (Note o detalhe do
   trabalho em ferro).
ITÁLIA
    Este sítio arqueológico
   constitui um significativo
exemplo de um povoado de
cumeada no Município, com
uma cronologia de ocupação
que vai do Neolítico à Idade
 do Ferro. Foi descoberto e
 sondado em 1970 por José
  Arnaud e Teresa Gamito.
Foram efetuadas sondagens
posteriores (1989,1990) pela
CMA com a colaboração da
   ARQA. Nas sondagens
  efetuadas em 1989/1990,
    detectaram-se quatro
   estratos arqueológicos:
1. Camada de aterros resultantes da atividade extrativa da pedreira com pouca
   abundância de materiais;
2. Camada calco lítica colocada sob a forma de aterros em conseqüência da
   limpeza dos terrenos para extração de pedra, com grande abundância de
   materiais.
3. Camada da Idade do Ferro com um nível de ocupação selado por derrubes
   da estrutura e um outro de abandono.
4. Camada de intrusão nos interstícios do lapiaz com escasso materiais
   arqueológicos.
As pinturas da pré-história eram feitas nas
      paredes das cavernas. As pessoas
reproduziam o mundo em que seu grupo vivia:
   cavalos, leões, cervos, mamutes, bisões,
 touros. Posteriormente produziram cenas de
caça. Pinturas de caráter mágico religioso, etc.
Análise da estátua de
   Vênus de Willendorf
 Essa mulher simboliza a
   fecundidade. É muito
importante para o povo da
 pré-história manter alta a
  taxa de natalidade uma
    vez que era difícil a
 sobrevivência e a taxa de
   mortalidade infantil era
         muito alta.
Prof. Antonio Marcos N. dos Reis
www.pamnr.blogspot.com
www.profamnr.blogspot.com
antonio_ead@hotmail.com
 06/02/12                              20

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Tempo e história
Tempo e históriaTempo e história
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
Daniel Alves Bronstrup
 
Pré historia 6° ano
Pré historia 6° anoPré historia 6° ano
Pré historia 6° ano
zahirmax
 
Introdução à história
Introdução à históriaIntrodução à história
Introdução à história
Paulo Alexandre
 
A evolução dos hominídeos
A evolução dos hominídeosA evolução dos hominídeos
A evolução dos hominídeos
Carlos Pinheiro
 
1° ano - Mesopotâmia
1° ano - Mesopotâmia1° ano - Mesopotâmia
1° ano - Mesopotâmia
Daniel Alves Bronstrup
 
O ser humano chega a america
O ser humano chega a america O ser humano chega a america
O ser humano chega a america
edna2
 
Pré-História
Pré-HistóriaPré-História
Pré-História
eiprofessor
 
O que é historia
O que é historiaO que é historia
O que é historia
alinemaiahistoria
 
Revolução neolítica
Revolução neolíticaRevolução neolítica
Revolução neolítica
Carlos Pinheiro
 
A sociedade feudal - 7-ano
A sociedade feudal - 7-anoA sociedade feudal - 7-ano
A sociedade feudal - 7-ano
Lucas Degiovani
 
América portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasilAmérica portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasil
Douglas Barraqui
 
Introdução ao Estudo da História
Introdução ao Estudo da HistóriaIntrodução ao Estudo da História
Introdução ao Estudo da História
Henrique Tobal Jr.
 
Palavras cruzadas - feudalimso
Palavras cruzadas  - feudalimso  Palavras cruzadas  - feudalimso
Palavras cruzadas - feudalimso
Mary Alvarenga
 
Pré História - 6º Ano
Pré História - 6º AnoPré História - 6º Ano
Pré História - 6º Ano
Patrícia Costa Grigório
 
Civilizações Pré-Colombianas
Civilizações Pré-ColombianasCivilizações Pré-Colombianas
Civilizações Pré-Colombianas
joana71
 
O TEMPO NA HISTÓRIA - HISTÓRIA TEMPO E ESPAÇO
O TEMPO NA HISTÓRIA - HISTÓRIA TEMPO E ESPAÇOO TEMPO NA HISTÓRIA - HISTÓRIA TEMPO E ESPAÇO
O TEMPO NA HISTÓRIA - HISTÓRIA TEMPO E ESPAÇO
Ana Selma Sena Santos
 
O Tempo e a História - 6o ano
O Tempo e a História - 6o anoO Tempo e a História - 6o ano
O Tempo e a História - 6o ano
Lucas Degiovani
 
Introdução aos estudos históricos
Introdução aos estudos históricosIntrodução aos estudos históricos
Introdução aos estudos históricos
Paulo Alexandre
 
Índios brasileiros
Índios brasileirosÍndios brasileiros
Índios brasileiros
Paulo Alexandre
 

Mais procurados (20)

Tempo e história
Tempo e históriaTempo e história
Tempo e história
 
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
 
Pré historia 6° ano
Pré historia 6° anoPré historia 6° ano
Pré historia 6° ano
 
Introdução à história
Introdução à históriaIntrodução à história
Introdução à história
 
A evolução dos hominídeos
A evolução dos hominídeosA evolução dos hominídeos
A evolução dos hominídeos
 
1° ano - Mesopotâmia
1° ano - Mesopotâmia1° ano - Mesopotâmia
1° ano - Mesopotâmia
 
O ser humano chega a america
O ser humano chega a america O ser humano chega a america
O ser humano chega a america
 
Pré-História
Pré-HistóriaPré-História
Pré-História
 
O que é historia
O que é historiaO que é historia
O que é historia
 
Revolução neolítica
Revolução neolíticaRevolução neolítica
Revolução neolítica
 
A sociedade feudal - 7-ano
A sociedade feudal - 7-anoA sociedade feudal - 7-ano
A sociedade feudal - 7-ano
 
América portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasilAmérica portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasil
 
Introdução ao Estudo da História
Introdução ao Estudo da HistóriaIntrodução ao Estudo da História
Introdução ao Estudo da História
 
Palavras cruzadas - feudalimso
Palavras cruzadas  - feudalimso  Palavras cruzadas  - feudalimso
Palavras cruzadas - feudalimso
 
Pré História - 6º Ano
Pré História - 6º AnoPré História - 6º Ano
Pré História - 6º Ano
 
Civilizações Pré-Colombianas
Civilizações Pré-ColombianasCivilizações Pré-Colombianas
Civilizações Pré-Colombianas
 
O TEMPO NA HISTÓRIA - HISTÓRIA TEMPO E ESPAÇO
O TEMPO NA HISTÓRIA - HISTÓRIA TEMPO E ESPAÇOO TEMPO NA HISTÓRIA - HISTÓRIA TEMPO E ESPAÇO
O TEMPO NA HISTÓRIA - HISTÓRIA TEMPO E ESPAÇO
 
O Tempo e a História - 6o ano
O Tempo e a História - 6o anoO Tempo e a História - 6o ano
O Tempo e a História - 6o ano
 
Introdução aos estudos históricos
Introdução aos estudos históricosIntrodução aos estudos históricos
Introdução aos estudos históricos
 
Índios brasileiros
Índios brasileirosÍndios brasileiros
Índios brasileiros
 

Destaque

Origem Humana
Origem HumanaOrigem Humana
Origem Humana
Carlos Zaranza
 
Origem do homem
Origem do homemOrigem do homem
Origem do homem
Maksud Rangel
 
A Origem e a Evolução do Homem
A Origem e a Evolução do Homem A Origem e a Evolução do Homem
A Origem e a Evolução do Homem
7 de Setembro
 
Origem e evolução do ser humano
Origem e evolução do ser humanoOrigem e evolução do ser humano
Origem e evolução do ser humano
Rodolfo Ferreira de Oliveira
 
A evolução do ser humano - História 6º ano
A evolução do ser humano - História 6º anoA evolução do ser humano - História 6º ano
A evolução do ser humano - História 6º ano
Fábio Paiva
 
Criacionismo x evolucionismo
Criacionismo x evolucionismoCriacionismo x evolucionismo
Criacionismo x evolucionismo
Elisa Dos Santos Cardoso
 
Origem do homem
Origem do homemOrigem do homem
Origem do homem
Bruno Machado
 
A origem da humanidade
A origem da humanidadeA origem da humanidade
A origem da humanidade
RODRIGO Cicéro
 
Origem Da Vida
Origem Da VidaOrigem Da Vida
Origem Da Vida
Diego Yamazaki Bolano
 
Slides EvoluçãO Humana
Slides   EvoluçãO HumanaSlides   EvoluçãO Humana
Slides EvoluçãO Humana
Moranguinho
 
Da origem do homem aos primeiros estados
Da origem do homem aos primeiros estadosDa origem do homem aos primeiros estados
Da origem do homem aos primeiros estados
Rodrigo Luiz
 
EvoluçãO Humana
EvoluçãO HumanaEvoluçãO Humana
EvoluçãO Humana
guest5484d9
 
Teorias da Evolução - Prof. Arlei
Teorias da Evolução - Prof. ArleiTeorias da Evolução - Prof. Arlei
Teorias da Evolução - Prof. Arlei
Carmina Monteiro
 
A vida do homem no paleolítico
A vida do homem no paleolíticoA vida do homem no paleolítico
A vida do homem no paleolítico
amgmrodrigues
 
A Origem do Homem
A Origem do HomemA Origem do Homem
A Origem do Homem
Claytoncr
 
Evolucao humana
Evolucao humanaEvolucao humana
Evolucao humana
Tatiana Nahas
 
Criacionismo x evolucionismo
Criacionismo x evolucionismoCriacionismo x evolucionismo
Criacionismo x evolucionismo
Neiriberto Camilo Gallo Júnior
 
SEGUNDO REINADO 1840-1889
SEGUNDO REINADO 1840-1889SEGUNDO REINADO 1840-1889
SEGUNDO REINADO 1840-1889
Isabel Aguiar
 
Esparta e o militarismo grego
Esparta e o militarismo gregoEsparta e o militarismo grego
Esparta e o militarismo grego
Vagner Roberto
 
Atenas e esparta
Atenas e espartaAtenas e esparta
Atenas e esparta
Gilmar Andrioli
 

Destaque (20)

Origem Humana
Origem HumanaOrigem Humana
Origem Humana
 
Origem do homem
Origem do homemOrigem do homem
Origem do homem
 
A Origem e a Evolução do Homem
A Origem e a Evolução do Homem A Origem e a Evolução do Homem
A Origem e a Evolução do Homem
 
Origem e evolução do ser humano
Origem e evolução do ser humanoOrigem e evolução do ser humano
Origem e evolução do ser humano
 
A evolução do ser humano - História 6º ano
A evolução do ser humano - História 6º anoA evolução do ser humano - História 6º ano
A evolução do ser humano - História 6º ano
 
Criacionismo x evolucionismo
Criacionismo x evolucionismoCriacionismo x evolucionismo
Criacionismo x evolucionismo
 
Origem do homem
Origem do homemOrigem do homem
Origem do homem
 
A origem da humanidade
A origem da humanidadeA origem da humanidade
A origem da humanidade
 
Origem Da Vida
Origem Da VidaOrigem Da Vida
Origem Da Vida
 
Slides EvoluçãO Humana
Slides   EvoluçãO HumanaSlides   EvoluçãO Humana
Slides EvoluçãO Humana
 
Da origem do homem aos primeiros estados
Da origem do homem aos primeiros estadosDa origem do homem aos primeiros estados
Da origem do homem aos primeiros estados
 
EvoluçãO Humana
EvoluçãO HumanaEvoluçãO Humana
EvoluçãO Humana
 
Teorias da Evolução - Prof. Arlei
Teorias da Evolução - Prof. ArleiTeorias da Evolução - Prof. Arlei
Teorias da Evolução - Prof. Arlei
 
A vida do homem no paleolítico
A vida do homem no paleolíticoA vida do homem no paleolítico
A vida do homem no paleolítico
 
A Origem do Homem
A Origem do HomemA Origem do Homem
A Origem do Homem
 
Evolucao humana
Evolucao humanaEvolucao humana
Evolucao humana
 
Criacionismo x evolucionismo
Criacionismo x evolucionismoCriacionismo x evolucionismo
Criacionismo x evolucionismo
 
SEGUNDO REINADO 1840-1889
SEGUNDO REINADO 1840-1889SEGUNDO REINADO 1840-1889
SEGUNDO REINADO 1840-1889
 
Esparta e o militarismo grego
Esparta e o militarismo gregoEsparta e o militarismo grego
Esparta e o militarismo grego
 
Atenas e esparta
Atenas e espartaAtenas e esparta
Atenas e esparta
 

Semelhante a A ORIGEM DO HOMEM

Objetivos da aula dia 04 março
Objetivos da aula dia 04 marçoObjetivos da aula dia 04 março
Objetivos da aula dia 04 março
hermes2974
 
Objetivos História 1º ano dia 4 março
Objetivos História 1º ano dia 4 marçoObjetivos História 1º ano dia 4 março
Objetivos História 1º ano dia 4 março
hermes2974
 
Aula em slide sobre a origem do homem.ppt
Aula  em slide sobre a origem do homem.pptAula  em slide sobre a origem do homem.ppt
Aula em slide sobre a origem do homem.ppt
JULIA911569
 
Pré História
Pré HistóriaPré História
Pré História
Josefa Libório
 
Objetivos da aula dia 04 março
Objetivos da aula dia 04 marçoObjetivos da aula dia 04 março
Objetivos da aula dia 04 março
brubialet
 
Aula introduo-histriajack-1207757692843510-8
Aula introduo-histriajack-1207757692843510-8Aula introduo-histriajack-1207757692843510-8
Aula introduo-histriajack-1207757692843510-8
deizealmagro1
 
Aula 2 - Grupo da SEDU - Origens da Humanidade.pptx
Aula 2 - Grupo da SEDU - Origens da Humanidade.pptxAula 2 - Grupo da SEDU - Origens da Humanidade.pptx
Aula 2 - Grupo da SEDU - Origens da Humanidade.pptx
AlexandreBelliniTasc1
 
A pré história
A pré históriaA pré história
A pré história
Denis Gasco
 
A origem da vida e a pré história
A origem da vida e a pré históriaA origem da vida e a pré história
A origem da vida e a pré história
Professorinha Fernanda Alves
 
Ariane 6o. ano
Ariane   6o. anoAriane   6o. ano
Ariane 6o. ano
espacoaberto
 
Prevupe - Pré-História Geral
Prevupe - Pré-História GeralPrevupe - Pré-História Geral
Prevupe - Pré-História Geral
Rodrigo Ferreira
 
A bíblia e os dinossauros
A bíblia e os dinossaurosA bíblia e os dinossauros
A bíblia e os dinossauros
Teologia Bis
 
Pré história
Pré históriaPré história
Pré história
Janaína Tavares
 
A aventura humana
A aventura humanaA aventura humana
A aventura humana
Juliana Zalamena
 
Primeiros humanos
Primeiros humanosPrimeiros humanos
Primeiros humanos
Loredana Ruffo
 
Os primeiros hominídeos show.filé
Os primeiros hominídeos show.filéOs primeiros hominídeos show.filé
Os primeiros hominídeos show.filé
mundica broda
 
Os primeiros hominídeos
Os primeiros hominídeos Os primeiros hominídeos
Os primeiros hominídeos
Fabio Salvari
 
1 capítulos 1, 2, 3 e 4
1 capítulos 1, 2, 3 e 41 capítulos 1, 2, 3 e 4
1 capítulos 1, 2, 3 e 4
Welda Fonseca
 
A origem do ser humano, as primeiras sociedades e a ocupação da América (2).pdf
A origem do ser humano, as primeiras sociedades e a ocupação da América (2).pdfA origem do ser humano, as primeiras sociedades e a ocupação da América (2).pdf
A origem do ser humano, as primeiras sociedades e a ocupação da América (2).pdf
MirleneOliveira4
 
Pré história
Pré históriaPré história
Pré história
Lucas Reis
 

Semelhante a A ORIGEM DO HOMEM (20)

Objetivos da aula dia 04 março
Objetivos da aula dia 04 marçoObjetivos da aula dia 04 março
Objetivos da aula dia 04 março
 
Objetivos História 1º ano dia 4 março
Objetivos História 1º ano dia 4 marçoObjetivos História 1º ano dia 4 março
Objetivos História 1º ano dia 4 março
 
Aula em slide sobre a origem do homem.ppt
Aula  em slide sobre a origem do homem.pptAula  em slide sobre a origem do homem.ppt
Aula em slide sobre a origem do homem.ppt
 
Pré História
Pré HistóriaPré História
Pré História
 
Objetivos da aula dia 04 março
Objetivos da aula dia 04 marçoObjetivos da aula dia 04 março
Objetivos da aula dia 04 março
 
Aula introduo-histriajack-1207757692843510-8
Aula introduo-histriajack-1207757692843510-8Aula introduo-histriajack-1207757692843510-8
Aula introduo-histriajack-1207757692843510-8
 
Aula 2 - Grupo da SEDU - Origens da Humanidade.pptx
Aula 2 - Grupo da SEDU - Origens da Humanidade.pptxAula 2 - Grupo da SEDU - Origens da Humanidade.pptx
Aula 2 - Grupo da SEDU - Origens da Humanidade.pptx
 
A pré história
A pré históriaA pré história
A pré história
 
A origem da vida e a pré história
A origem da vida e a pré históriaA origem da vida e a pré história
A origem da vida e a pré história
 
Ariane 6o. ano
Ariane   6o. anoAriane   6o. ano
Ariane 6o. ano
 
Prevupe - Pré-História Geral
Prevupe - Pré-História GeralPrevupe - Pré-História Geral
Prevupe - Pré-História Geral
 
A bíblia e os dinossauros
A bíblia e os dinossaurosA bíblia e os dinossauros
A bíblia e os dinossauros
 
Pré história
Pré históriaPré história
Pré história
 
A aventura humana
A aventura humanaA aventura humana
A aventura humana
 
Primeiros humanos
Primeiros humanosPrimeiros humanos
Primeiros humanos
 
Os primeiros hominídeos show.filé
Os primeiros hominídeos show.filéOs primeiros hominídeos show.filé
Os primeiros hominídeos show.filé
 
Os primeiros hominídeos
Os primeiros hominídeos Os primeiros hominídeos
Os primeiros hominídeos
 
1 capítulos 1, 2, 3 e 4
1 capítulos 1, 2, 3 e 41 capítulos 1, 2, 3 e 4
1 capítulos 1, 2, 3 e 4
 
A origem do ser humano, as primeiras sociedades e a ocupação da América (2).pdf
A origem do ser humano, as primeiras sociedades e a ocupação da América (2).pdfA origem do ser humano, as primeiras sociedades e a ocupação da América (2).pdf
A origem do ser humano, as primeiras sociedades e a ocupação da América (2).pdf
 
Pré história
Pré históriaPré história
Pré história
 

Mais de Antonio Marcos

EZEQUIEL, O HOMEM DAS VISÕES
EZEQUIEL, O HOMEM DAS VISÕESEZEQUIEL, O HOMEM DAS VISÕES
EZEQUIEL, O HOMEM DAS VISÕES
Antonio Marcos
 
ELISEU, UM HOMEM MILAGROSO
ELISEU, UM HOMEM MILAGROSOELISEU, UM HOMEM MILAGROSO
ELISEU, UM HOMEM MILAGROSO
Antonio Marcos
 
DAVI, O REI – PARTE II
DAVI, O REI – PARTE IIDAVI, O REI – PARTE II
DAVI, O REI – PARTE II
Antonio Marcos
 
SAUL, UM REI BONITO E TOLO
SAUL, UM REI BONITO E TOLOSAUL, UM REI BONITO E TOLO
SAUL, UM REI BONITO E TOLO
Antonio Marcos
 
SAMUEL, O MENINO SERVO DE DEUS
SAMUEL, O MENINO SERVO DE DEUSSAMUEL, O MENINO SERVO DE DEUS
SAMUEL, O MENINO SERVO DE DEUS
Antonio Marcos
 
RUTE, UMA HISTÓRIA DE AMOR
RUTE, UMA HISTÓRIA DE AMORRUTE, UMA HISTÓRIA DE AMOR
RUTE, UMA HISTÓRIA DE AMOR
Antonio Marcos
 
O PEQUENO EXÉRCITO DE GIDEÃO
O PEQUENO EXÉRCITO DE GIDEÃOO PEQUENO EXÉRCITO DE GIDEÃO
O PEQUENO EXÉRCITO DE GIDEÃO
Antonio Marcos
 
SANSÃO, UM FORTE HOMEM DE DEUS
SANSÃO, UM FORTE HOMEM DE DEUSSANSÃO, UM FORTE HOMEM DE DEUS
SANSÃO, UM FORTE HOMEM DE DEUS
Antonio Marcos
 
UM FILHO FAVORITO QUE SE TORNOU ESCRAVO
UM FILHO FAVORITO QUE SE TORNOU ESCRAVOUM FILHO FAVORITO QUE SE TORNOU ESCRAVO
UM FILHO FAVORITO QUE SE TORNOU ESCRAVO
Antonio Marcos
 
DEUS PROVA O AMOR DE ABRAÃO
DEUS PROVA O AMOR DE ABRAÃODEUS PROVA O AMOR DE ABRAÃO
DEUS PROVA O AMOR DE ABRAÃO
Antonio Marcos
 

Mais de Antonio Marcos (20)

EZEQUIEL, O HOMEM DAS VISÕES
EZEQUIEL, O HOMEM DAS VISÕESEZEQUIEL, O HOMEM DAS VISÕES
EZEQUIEL, O HOMEM DAS VISÕES
 
ESTER, UMA LINDA RAINHA
ESTER, UMA LINDA RAINHAESTER, UMA LINDA RAINHA
ESTER, UMA LINDA RAINHA
 
ELISEU, UM HOMEM MILAGROSO
ELISEU, UM HOMEM MILAGROSOELISEU, UM HOMEM MILAGROSO
ELISEU, UM HOMEM MILAGROSO
 
ELIAS, UM HOMEM DE FOGO
ELIAS, UM HOMEM DE FOGOELIAS, UM HOMEM DE FOGO
ELIAS, UM HOMEM DE FOGO
 
REIS BONS E REIS MAUS
REIS BONS E REIS MAUSREIS BONS E REIS MAUS
REIS BONS E REIS MAUS
 
O SÁBIO REI SALOMÃO
O SÁBIO REI SALOMÃOO SÁBIO REI SALOMÃO
O SÁBIO REI SALOMÃO
 
DAVI, O REI – PARTE II
DAVI, O REI – PARTE IIDAVI, O REI – PARTE II
DAVI, O REI – PARTE II
 
DAVI, O REI – PARTE I
DAVI, O REI – PARTE IDAVI, O REI – PARTE I
DAVI, O REI – PARTE I
 
DAVI, O PASTORZINHO
DAVI, O PASTORZINHODAVI, O PASTORZINHO
DAVI, O PASTORZINHO
 
SAUL, UM REI BONITO E TOLO
SAUL, UM REI BONITO E TOLOSAUL, UM REI BONITO E TOLO
SAUL, UM REI BONITO E TOLO
 
SAMUEL, O MENINO SERVO DE DEUS
SAMUEL, O MENINO SERVO DE DEUSSAMUEL, O MENINO SERVO DE DEUS
SAMUEL, O MENINO SERVO DE DEUS
 
RUTE, UMA HISTÓRIA DE AMOR
RUTE, UMA HISTÓRIA DE AMORRUTE, UMA HISTÓRIA DE AMOR
RUTE, UMA HISTÓRIA DE AMOR
 
O PEQUENO EXÉRCITO DE GIDEÃO
O PEQUENO EXÉRCITO DE GIDEÃOO PEQUENO EXÉRCITO DE GIDEÃO
O PEQUENO EXÉRCITO DE GIDEÃO
 
SANSÃO, UM FORTE HOMEM DE DEUS
SANSÃO, UM FORTE HOMEM DE DEUSSANSÃO, UM FORTE HOMEM DE DEUS
SANSÃO, UM FORTE HOMEM DE DEUS
 
JOSUÉ ASSUME O COMANDO
JOSUÉ ASSUME O COMANDOJOSUÉ ASSUME O COMANDO
JOSUÉ ASSUME O COMANDO
 
QUARENTA ANOS
QUARENTA ANOSQUARENTA ANOS
QUARENTA ANOS
 
ADEUS, FARAÓ!
ADEUS, FARAÓ!ADEUS, FARAÓ!
ADEUS, FARAÓ!
 
UM FILHO FAVORITO QUE SE TORNOU ESCRAVO
UM FILHO FAVORITO QUE SE TORNOU ESCRAVOUM FILHO FAVORITO QUE SE TORNOU ESCRAVO
UM FILHO FAVORITO QUE SE TORNOU ESCRAVO
 
JACÓ, O ENGANADOR
JACÓ, O ENGANADORJACÓ, O ENGANADOR
JACÓ, O ENGANADOR
 
DEUS PROVA O AMOR DE ABRAÃO
DEUS PROVA O AMOR DE ABRAÃODEUS PROVA O AMOR DE ABRAÃO
DEUS PROVA O AMOR DE ABRAÃO
 

A ORIGEM DO HOMEM

  • 2. CRIACIONISMO Então o Senhor Deus mandou ao homem um profundo sono, e enquanto ele dormia tirou-lhe uma costela e fechou-lhe de novo com carne o lugar. Depois, da costela do homem, o Senhor Deus formou uma mulher e aprensentou-a ao homem. E o homem disse: “Desta vez é carne de minha carne e osso dos meus ossos”. Gênesis 2, 21-23. Michelângelo. Criação de Adão e Eva: 1512.
  • 3. Em 1925, os evolucionistas, adeptos de Charles Darwin, reivindicaram o direito acadêmico de Darwin, o autor da teoria ensinar a sobre o evolucionismo. teoria da evolução nas escolas Aparentemente, tudo o que eles públicas dos queriam era apenas uma oportunidade U.S.A. para apresentar suas concepções.
  • 4. No ano de1859, na certeza de ter encontrado a resposta aos seus questionamentos, Charles Darwin, escreveu os livros: “A Origem das Espécies”, e “A Descendência do Homem”, nos quais ele manifestou suas idéias sobre o surgimento da raça humana na Terra. Seus dois livros geraram debates e muitas controvérsias na época, contudo, hoje em dia, muitas de suas idéias são aceitas pela ciência.
  • 5. EVOLUCIONISMO: Há a teoria de que todas as coisas vivas surgiram através de um processo evolutivo, mecânico e natural, a partir de uma única fonte, que surgiu através de um processo semelhante a partir de um mundo morto, inorgânico. Segundo essa teoria; na evolução do gênero humano é possível distinguir três etapas principais: na primeira, certas espécies de antropóides adaptaram-se ao meio; na segunda, o Homo erectus fabricou utensílios e ferramentas; na terceira, o Homo sapiens sapiens, que, por sua capacidade intelectual, dominou o habitat.
  • 6. ORIGENS MÍTICAS DO MUNDO E DOS SERES HUMANOS Todas as grandes tradições, trazem mitos sobre a criação do mundo por um Ser Supremo através de emanações ou transformações de si; por: • Pensamentos ou palavras divinas, ou; • ele mergulha num oceano ou similar, de onde o mundo se desenvolve, ou; • através da divisão de uma parte primordial em outras partes, ou ainda; • pelo desmembramento de um ser primordial em outros seres, etc.
  • 7. A civilização mais antiga oficialmente reconhecida pela ciência é a dos sumérios. Deles se originam o texto mais antigo escrito, sobre a criação do mundo: Cosmogonia Mesopotâmica. Nele consta "Quando no alto o céu ainda não tinha nome, a terra firme abaixo não tinha sido chamada pelo nome, nada havia senão o primordial Apsu; o genitor dos homens, e Mummu-Tiamat; foi dela que partiu, suas águas mesclando-se num só corpo;...“
  • 8. Nos Upanixades temos: 1. No princípio não existia absolutamente nada aqui. Na verdade , isto era habitado pela morte, ou pela fome, pois a fome é a morte. Com o pensamento, 'dai-me individualidade' , ele criou a mente. Então pôs-se a andar de um lado para outro, em adoração. E dele, assim em adoração, produziu-se a água... 2.... aquilo que era espuma da água solidificou-se e tornou-se terra..."
  • 9. Ainda dos egípcios: "Eu era o espírito nas Águas Primevas, aquele que não tinha companheiro, quando meu nome passou a existir. A forma mais antiga na qual eu comecei a existir foi a de um afogado. Eu fui aquele que começou a existir como um círculo, aquele que habitava em seu ovo. Eu fui aquele que começou tudo. O habitante das Águas Primevas. Primeiramente Hahu emergiu para mim e então comecei a me mover. Criei meus membros em minha glória. Fui o criador de mim mesmo, visto que me formei segundo meu desejo e de acordo com meu coração".
  • 10. Mapa das primeiras migrações humanas, de acordo com análises efetuadas ao DNA mitocondrial (unidades: milênios até ao presente).
  • 11. Características da vida dos homens do paleolítico Instrumento e lança de Pedra madeira Domínio do trabalhada. fogo
  • 12. No Paleolítico o ser humano era nômade, e vivia da caça, pesca e coleta. Moravam em cavernas onde deixaram registradas suas atividade.
  • 13. A REVOLUÇÃO NEOLÍTICA A capacidade intelectual e a evolução técnica se aceleram. Com o polimento, os instrumentos e armas tornaram-se mais eficientes. Foi um período de grandes migrações, quando os grupos humanos se dispersaram por boa parte da Terra, procurando melhores condições de sobrevivência.
  • 14. A REVOLUÇÃO NEOLÍTICA Com a domesticação de animais e o desenvolvimento da agricultura, a oferta de alimentos cresceu. Grupos humanos começaram a se sedentarizar, dando origem às primeiras comunidades e a diversificar as atividades com o artesanato, a tecelagem, a cerâmica e a fabricação de farinha, pão e bebidas.
  • 15. Por esta tranca de porta do paleolítico encontrada na Itália, nota-se que o homem dessa época, já tinha preocupação com as trancas das portas.O que denota que os mesmos já habitavam em comunidades e já havia uma luta por bens econômicos. (Note o detalhe do trabalho em ferro).
  • 16. ITÁLIA Este sítio arqueológico constitui um significativo exemplo de um povoado de cumeada no Município, com uma cronologia de ocupação que vai do Neolítico à Idade do Ferro. Foi descoberto e sondado em 1970 por José Arnaud e Teresa Gamito. Foram efetuadas sondagens posteriores (1989,1990) pela CMA com a colaboração da ARQA. Nas sondagens efetuadas em 1989/1990, detectaram-se quatro estratos arqueológicos:
  • 17. 1. Camada de aterros resultantes da atividade extrativa da pedreira com pouca abundância de materiais; 2. Camada calco lítica colocada sob a forma de aterros em conseqüência da limpeza dos terrenos para extração de pedra, com grande abundância de materiais. 3. Camada da Idade do Ferro com um nível de ocupação selado por derrubes da estrutura e um outro de abandono. 4. Camada de intrusão nos interstícios do lapiaz com escasso materiais arqueológicos.
  • 18. As pinturas da pré-história eram feitas nas paredes das cavernas. As pessoas reproduziam o mundo em que seu grupo vivia: cavalos, leões, cervos, mamutes, bisões, touros. Posteriormente produziram cenas de caça. Pinturas de caráter mágico religioso, etc.
  • 19. Análise da estátua de Vênus de Willendorf Essa mulher simboliza a fecundidade. É muito importante para o povo da pré-história manter alta a taxa de natalidade uma vez que era difícil a sobrevivência e a taxa de mortalidade infantil era muito alta.
  • 20. Prof. Antonio Marcos N. dos Reis www.pamnr.blogspot.com www.profamnr.blogspot.com antonio_ead@hotmail.com 06/02/12 20