SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
A importância da Escola
Dominical na atualidade
Profa. Esp. Míriam Navarro de Castro Nunes
miriam.nc@hotmail.com
Escola Dominical
Principal Agência de Ensino da Igreja
 Possui um programa de estudo da
Bíblia: sistemático, profundo,
eficaz e abrangente.
 Possibilita o estudo completo das
Escrituras, respeitando a idade, a
capacidade e a linguagem dos
educandos.
 É a mais antiga e tradicional
organização de ensino das igrejas.
Escola Dominical
Principal Agência de Ensino da Igreja
 Funciona com regularidade,
sem interrupções.
 Seu livro-texto é a Bíblia.
 Responsável pela instrução do
povo de Deus nas Escrituras.
Agência de Transformação
 A Escola Dominical de Raikes:
- crianças resgatadas das ruas, do
vício, do crime.
- tríplice ênfase: social, bíblica,
evangelística.
- recuperou milhares de vidas,
revolucionou a Inglaterra, se espalhou
pelo mundo.
 A ED nos dias de hoje mantém o
mesmo potencial.
- Fórmula: Fé + Investimento +
Trabalho.
 A ED hoje é dever; é prioridade!!!
Agência de Evangelização e Discipulado
A ED é um espaço privilegiado para...
 potencializar a evangelização.
 receber pessoas não crentes.
 discipular (classe de novos convertidos).
 conduzir pessoas ao batismo.
“Uma das razões porque apenas cinco em cada cem decisões
chegarem ao batismo deve-se a falta de instrução bíblica”.
Marcos Tuler
Agência de Genuíno Avivamento
 O ensino da Palavra de Deus é a
base do genuíno avivamento.
 A igreja precisa redescobrir o
livro da “Lei do Senhor” e
voltar à sua essência (2 Cr
34.15).
 A igreja precisa voltar a ler,
conhecer, entender e praticar a
Palavra de Deus (Ne 8.8-9).
Agência de Genuíno Avivamento
Onde a Palavra de Deus é ensinada e praticada, o
avivamento acontece. Pecados são confessados e
perdoados, os ídolos pessoais são banidos, o
desinteresse pelas coisas de Deus desaparece, a
aliança espiritual é renovada e o povo passa a celebrar,
com alegra, a vitória recebida (TULER, 2006, p. 18).
Referência Bibliográfica
TULER, Marcos. Abordagens e Práticas da Pedagogia
Cristã. Rio de Janeiro: CPAD, 2006.
Na próxima aula....
Falaremos sobre a relação
ensino-aprendizagem na ED!
Não perca!
Obrigada!!!
 Se você ama a EBD, junte-se a nós!!
 Curta a nossa página no Facebook!
“Eu amo a EBD”
https://www.facebook.com/amorpelaebd/

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A família e a escola dominical
A família e a escola dominicalA família e a escola dominical
A família e a escola dominicalMoisés Sampaio
 
TREINAMENTO DE PROFESSORES DA EBD
TREINAMENTO DE PROFESSORES DA EBDTREINAMENTO DE PROFESSORES DA EBD
TREINAMENTO DE PROFESSORES DA EBDMARCELO SIPRIANO
 
10 motivos
10 motivos10 motivos
10 motivosjouvacy
 
PLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBD
PLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBDPLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBD
PLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBDEdnaldo Santos de Jesus
 
O(a) professor(a) da Escola Dominical
O(a) professor(a) da Escola DominicalO(a) professor(a) da Escola Dominical
O(a) professor(a) da Escola DominicalAmor pela EBD
 
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)Antonio Filho
 
O Professor Da Ebd, Seu Papel E Desafios
O Professor Da Ebd, Seu Papel E DesafiosO Professor Da Ebd, Seu Papel E Desafios
O Professor Da Ebd, Seu Papel E DesafiosSilas Duarte Jr
 
O professor (ebd) precisa saber - DINAMIZAR UMA EBD
O professor (ebd) precisa saber - DINAMIZAR UMA EBDO professor (ebd) precisa saber - DINAMIZAR UMA EBD
O professor (ebd) precisa saber - DINAMIZAR UMA EBDValdinar Viana
 
Treinamento de professores Escola Bíblica Dominical -parte II
Treinamento de professores Escola Bíblica Dominical -parte IITreinamento de professores Escola Bíblica Dominical -parte II
Treinamento de professores Escola Bíblica Dominical -parte IIAna Paula Baptista
 
Departamento infantil
Departamento infantilDepartamento infantil
Departamento infantilPriscla Silva
 
estudo biblico
estudo biblicoestudo biblico
estudo biblicovalmarques
 
Robert Raikes o fundador da ebd
Robert Raikes   o fundador da ebdRobert Raikes   o fundador da ebd
Robert Raikes o fundador da ebdFernando Giorgetti
 

Mais procurados (20)

A família e a escola dominical
A família e a escola dominicalA família e a escola dominical
A família e a escola dominical
 
TREINAMENTO DE PROFESSORES DA EBD
TREINAMENTO DE PROFESSORES DA EBDTREINAMENTO DE PROFESSORES DA EBD
TREINAMENTO DE PROFESSORES DA EBD
 
História da escola dominical
História da escola dominicalHistória da escola dominical
História da escola dominical
 
Planejamento ebd
Planejamento ebdPlanejamento ebd
Planejamento ebd
 
Escola bíblica dominical
Escola bíblica dominicalEscola bíblica dominical
Escola bíblica dominical
 
10 motivos
10 motivos10 motivos
10 motivos
 
PLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBD
PLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBDPLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBD
PLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBD
 
O(a) professor(a) da Escola Dominical
O(a) professor(a) da Escola DominicalO(a) professor(a) da Escola Dominical
O(a) professor(a) da Escola Dominical
 
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
 
Simpósio de EBD
Simpósio de EBDSimpósio de EBD
Simpósio de EBD
 
O Professor Da Ebd, Seu Papel E Desafios
O Professor Da Ebd, Seu Papel E DesafiosO Professor Da Ebd, Seu Papel E Desafios
O Professor Da Ebd, Seu Papel E Desafios
 
O professor (ebd) precisa saber - DINAMIZAR UMA EBD
O professor (ebd) precisa saber - DINAMIZAR UMA EBDO professor (ebd) precisa saber - DINAMIZAR UMA EBD
O professor (ebd) precisa saber - DINAMIZAR UMA EBD
 
Treinamento de professores Escola Bíblica Dominical -parte II
Treinamento de professores Escola Bíblica Dominical -parte IITreinamento de professores Escola Bíblica Dominical -parte II
Treinamento de professores Escola Bíblica Dominical -parte II
 
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deusComo ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
 
Slides Licao 1, O Avivamento Espiritual, 1Tr23, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Licao 1, O Avivamento Espiritual, 1Tr23, Pr Henrique, EBD NA TV.pptxSlides Licao 1, O Avivamento Espiritual, 1Tr23, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Licao 1, O Avivamento Espiritual, 1Tr23, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
 
Departamento infantil
Departamento infantilDepartamento infantil
Departamento infantil
 
Palestra maturidade cristã
Palestra   maturidade cristãPalestra   maturidade cristã
Palestra maturidade cristã
 
Treinamento obreiros e auxiliares
Treinamento obreiros e auxiliaresTreinamento obreiros e auxiliares
Treinamento obreiros e auxiliares
 
estudo biblico
estudo biblicoestudo biblico
estudo biblico
 
Robert Raikes o fundador da ebd
Robert Raikes   o fundador da ebdRobert Raikes   o fundador da ebd
Robert Raikes o fundador da ebd
 

Destaque

OS DESAFIOS ATUAIS DA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL
OS DESAFIOS ATUAIS DA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL OS DESAFIOS ATUAIS DA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL
OS DESAFIOS ATUAIS DA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL ALTAIR GERMANO
 
Treinamento para professores da EBD.
Treinamento para professores da EBD.Treinamento para professores da EBD.
Treinamento para professores da EBD.Abdias Barreto
 
Plano de aula e de ensino ( 1 aula)
Plano de aula e de ensino ( 1 aula)Plano de aula e de ensino ( 1 aula)
Plano de aula e de ensino ( 1 aula)leisiv
 
A importancia do plano de aula
A importancia do plano de aulaA importancia do plano de aula
A importancia do plano de aulaRê Rodrigues
 
Sete Competências para o Professor da Escola Bíblica Dominical
Sete Competências para o Professor da Escola Bíblica DominicalSete Competências para o Professor da Escola Bíblica Dominical
Sete Competências para o Professor da Escola Bíblica DominicalALTAIR GERMANO
 
Métodos de ensino para a EBD
Métodos de ensino para a EBDMétodos de ensino para a EBD
Métodos de ensino para a EBDAmor pela EBD
 
Curso de capacitação e atualização para professores da EBD
Curso de capacitação e atualização para professores da EBDCurso de capacitação e atualização para professores da EBD
Curso de capacitação e atualização para professores da EBDMárcio Melânia
 

Destaque (7)

OS DESAFIOS ATUAIS DA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL
OS DESAFIOS ATUAIS DA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL OS DESAFIOS ATUAIS DA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL
OS DESAFIOS ATUAIS DA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL
 
Treinamento para professores da EBD.
Treinamento para professores da EBD.Treinamento para professores da EBD.
Treinamento para professores da EBD.
 
Plano de aula e de ensino ( 1 aula)
Plano de aula e de ensino ( 1 aula)Plano de aula e de ensino ( 1 aula)
Plano de aula e de ensino ( 1 aula)
 
A importancia do plano de aula
A importancia do plano de aulaA importancia do plano de aula
A importancia do plano de aula
 
Sete Competências para o Professor da Escola Bíblica Dominical
Sete Competências para o Professor da Escola Bíblica DominicalSete Competências para o Professor da Escola Bíblica Dominical
Sete Competências para o Professor da Escola Bíblica Dominical
 
Métodos de ensino para a EBD
Métodos de ensino para a EBDMétodos de ensino para a EBD
Métodos de ensino para a EBD
 
Curso de capacitação e atualização para professores da EBD
Curso de capacitação e atualização para professores da EBDCurso de capacitação e atualização para professores da EBD
Curso de capacitação e atualização para professores da EBD
 

Semelhante a A importância da Escola Dominical na Atualidade

Escola Bíblica pra quê?
Escola Bíblica pra quê?Escola Bíblica pra quê?
Escola Bíblica pra quê?Amor pela EBD
 
Texto do projeto de capelania escolar 2ª edição
Texto do projeto de capelania escolar 2ª ediçãoTexto do projeto de capelania escolar 2ª edição
Texto do projeto de capelania escolar 2ª ediçãoElianXamar
 
Texto do projeto de capelania escolar 2ª edição
Texto do projeto de capelania escolar 2ª ediçãoTexto do projeto de capelania escolar 2ª edição
Texto do projeto de capelania escolar 2ª ediçãoElianXamar
 
2013 - 2 tri - lição 8 - educação cristã, responsabilidade dos pais
2013 - 2 tri - lição 8 - educação cristã, responsabilidade dos pais2013 - 2 tri - lição 8 - educação cristã, responsabilidade dos pais
2013 - 2 tri - lição 8 - educação cristã, responsabilidade dos paisNatalino das Neves Neves
 
Expositor Cristão - Fevereiro de 2014
Expositor Cristão - Fevereiro de 2014Expositor Cristão - Fevereiro de 2014
Expositor Cristão - Fevereiro de 2014Paulo Dias Nogueira
 
LBJ Lição 9 - A missão ensinadora da igreja
LBJ Lição 9 -  A missão ensinadora da igrejaLBJ Lição 9 -  A missão ensinadora da igreja
LBJ Lição 9 - A missão ensinadora da igrejaNatalino das Neves Neves
 
DGAE 2011 2015 padrekleber
DGAE 2011 2015 padrekleberDGAE 2011 2015 padrekleber
DGAE 2011 2015 padrekleberKleber Silva
 
Dgae 2011 2015 visitapastoral
Dgae 2011 2015 visitapastoralDgae 2011 2015 visitapastoral
Dgae 2011 2015 visitapastoralKleber Silva
 
EBD Revista Palavra e Vida 4T2014: Aula 9: Desafios de uma igreja local (pt. 1)
EBD Revista Palavra e Vida 4T2014: Aula 9: Desafios de uma igreja local (pt. 1)EBD Revista Palavra e Vida 4T2014: Aula 9: Desafios de uma igreja local (pt. 1)
EBD Revista Palavra e Vida 4T2014: Aula 9: Desafios de uma igreja local (pt. 1)Andre Nascimento
 
APRESENTAÇÃO OFICIAL
APRESENTAÇÃO OFICIALAPRESENTAÇÃO OFICIAL
APRESENTAÇÃO OFICIALMarkson Cézar
 
Lição 5 - A mordomia da igreja
Lição 5 - A mordomia da igrejaLição 5 - A mordomia da igreja
Lição 5 - A mordomia da igrejaMarina de Morais
 
9 Marcas de uma igreja saudável - aula.pdf
9 Marcas de uma igreja saudável - aula.pdf9 Marcas de uma igreja saudável - aula.pdf
9 Marcas de uma igreja saudável - aula.pdfDanielSantana688069
 
Treinamento de Líderes de Células e Discipulado Um a Um
Treinamento de Líderes de Células e Discipulado Um a UmTreinamento de Líderes de Células e Discipulado Um a Um
Treinamento de Líderes de Células e Discipulado Um a UmChristian Lepelletier
 
Lição 05 - A evangelização de grupos específicos
Lição 05 - A evangelização de grupos específicosLição 05 - A evangelização de grupos específicos
Lição 05 - A evangelização de grupos específicosÉder Tomé
 
PORQUE SER ALUNO DA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - (Vinte Razões).docx
PORQUE SER ALUNO DA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - (Vinte Razões).docxPORQUE SER ALUNO DA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - (Vinte Razões).docx
PORQUE SER ALUNO DA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - (Vinte Razões).docxGezielSilvaCruz478
 
Aula 01 evangelismo (etcam)
Aula 01 evangelismo (etcam)Aula 01 evangelismo (etcam)
Aula 01 evangelismo (etcam)guest9c2db2e
 

Semelhante a A importância da Escola Dominical na Atualidade (20)

Escola Bíblica pra quê?
Escola Bíblica pra quê?Escola Bíblica pra quê?
Escola Bíblica pra quê?
 
Lição 11
Lição 11Lição 11
Lição 11
 
Texto do projeto de capelania escolar 2ª edição
Texto do projeto de capelania escolar 2ª ediçãoTexto do projeto de capelania escolar 2ª edição
Texto do projeto de capelania escolar 2ª edição
 
Texto do projeto de capelania escolar 2ª edição
Texto do projeto de capelania escolar 2ª ediçãoTexto do projeto de capelania escolar 2ª edição
Texto do projeto de capelania escolar 2ª edição
 
2013 - 2 tri - lição 8 - educação cristã, responsabilidade dos pais
2013 - 2 tri - lição 8 - educação cristã, responsabilidade dos pais2013 - 2 tri - lição 8 - educação cristã, responsabilidade dos pais
2013 - 2 tri - lição 8 - educação cristã, responsabilidade dos pais
 
Adv apresentação-2014
Adv   apresentação-2014Adv   apresentação-2014
Adv apresentação-2014
 
Expositor Cristão - Fevereiro de 2014
Expositor Cristão - Fevereiro de 2014Expositor Cristão - Fevereiro de 2014
Expositor Cristão - Fevereiro de 2014
 
LBJ Lição 9 - A missão ensinadora da igreja
LBJ Lição 9 -  A missão ensinadora da igrejaLBJ Lição 9 -  A missão ensinadora da igreja
LBJ Lição 9 - A missão ensinadora da igreja
 
DGAE 2011 2015 padrekleber
DGAE 2011 2015 padrekleberDGAE 2011 2015 padrekleber
DGAE 2011 2015 padrekleber
 
Dgae 2011 2015 visitapastoral
Dgae 2011 2015 visitapastoralDgae 2011 2015 visitapastoral
Dgae 2011 2015 visitapastoral
 
EBD Revista Palavra e Vida 4T2014: Aula 9: Desafios de uma igreja local (pt. 1)
EBD Revista Palavra e Vida 4T2014: Aula 9: Desafios de uma igreja local (pt. 1)EBD Revista Palavra e Vida 4T2014: Aula 9: Desafios de uma igreja local (pt. 1)
EBD Revista Palavra e Vida 4T2014: Aula 9: Desafios de uma igreja local (pt. 1)
 
APRESENTAÇÃO OFICIAL
APRESENTAÇÃO OFICIALAPRESENTAÇÃO OFICIAL
APRESENTAÇÃO OFICIAL
 
Grupo Adoração e Vida
Grupo Adoração e VidaGrupo Adoração e Vida
Grupo Adoração e Vida
 
Lição 5 - A mordomia da igreja
Lição 5 - A mordomia da igrejaLição 5 - A mordomia da igreja
Lição 5 - A mordomia da igreja
 
9 Marcas de uma igreja saudável - aula.pdf
9 Marcas de uma igreja saudável - aula.pdf9 Marcas de uma igreja saudável - aula.pdf
9 Marcas de uma igreja saudável - aula.pdf
 
Treinamento de Líderes de Células e Discipulado Um a Um
Treinamento de Líderes de Células e Discipulado Um a UmTreinamento de Líderes de Células e Discipulado Um a Um
Treinamento de Líderes de Células e Discipulado Um a Um
 
Lição 05 - A evangelização de grupos específicos
Lição 05 - A evangelização de grupos específicosLição 05 - A evangelização de grupos específicos
Lição 05 - A evangelização de grupos específicos
 
Dna a visão da igreja obpc
Dna a visão da igreja obpcDna a visão da igreja obpc
Dna a visão da igreja obpc
 
PORQUE SER ALUNO DA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - (Vinte Razões).docx
PORQUE SER ALUNO DA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - (Vinte Razões).docxPORQUE SER ALUNO DA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - (Vinte Razões).docx
PORQUE SER ALUNO DA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - (Vinte Razões).docx
 
Aula 01 evangelismo (etcam)
Aula 01 evangelismo (etcam)Aula 01 evangelismo (etcam)
Aula 01 evangelismo (etcam)
 

Mais de Amor pela EBD

Licao 25 A dinâmica do cuidado na vida da igreja
Licao 25 A dinâmica do cuidado na vida da igrejaLicao 25 A dinâmica do cuidado na vida da igreja
Licao 25 A dinâmica do cuidado na vida da igrejaAmor pela EBD
 
A Ressurreição de Jesus e a esperança do crente
A Ressurreição de Jesus e a esperança do crenteA Ressurreição de Jesus e a esperança do crente
A Ressurreição de Jesus e a esperança do crenteAmor pela EBD
 
O cristão e a cultura
O cristão e a culturaO cristão e a cultura
O cristão e a culturaAmor pela EBD
 
Esboço A Vinda do Senhor 2 Pedro 3
Esboço A Vinda do Senhor 2 Pedro 3Esboço A Vinda do Senhor 2 Pedro 3
Esboço A Vinda do Senhor 2 Pedro 3Amor pela EBD
 
Três parábolas uma lição: Jesus ama o perdido
Três parábolas uma lição: Jesus ama o perdidoTrês parábolas uma lição: Jesus ama o perdido
Três parábolas uma lição: Jesus ama o perdidoAmor pela EBD
 
A defesa do apostolado de Paulo
A defesa do apostolado de PauloA defesa do apostolado de Paulo
A defesa do apostolado de PauloAmor pela EBD
 
Ofício para pedir doações em nome da igreja
Ofício para pedir doações em nome da igrejaOfício para pedir doações em nome da igreja
Ofício para pedir doações em nome da igrejaAmor pela EBD
 
Discurso de abertura para festividade de jovens II
Discurso de abertura para festividade de jovens IIDiscurso de abertura para festividade de jovens II
Discurso de abertura para festividade de jovens IIAmor pela EBD
 
Discurso de abertura para festividade de jovens
Discurso de abertura para festividade de jovensDiscurso de abertura para festividade de jovens
Discurso de abertura para festividade de jovensAmor pela EBD
 
Exercício Planejando uma aula para EBD
Exercício Planejando uma aula para EBDExercício Planejando uma aula para EBD
Exercício Planejando uma aula para EBDAmor pela EBD
 
Carta para um jovem afastado da igreja
Carta para um jovem afastado da igrejaCarta para um jovem afastado da igreja
Carta para um jovem afastado da igrejaAmor pela EBD
 
Carta para uma jovem afastada da igreja
Carta para uma jovem afastada da igrejaCarta para uma jovem afastada da igreja
Carta para uma jovem afastada da igrejaAmor pela EBD
 
Carta para culto de jovens / mocidade
Carta para culto de jovens / mocidadeCarta para culto de jovens / mocidade
Carta para culto de jovens / mocidadeAmor pela EBD
 
Carta para evangelizar um amigo descrente
Carta para evangelizar um amigo descrenteCarta para evangelizar um amigo descrente
Carta para evangelizar um amigo descrenteAmor pela EBD
 
Carta para evangelizar alguém que está doente
Carta para evangelizar alguém que está doenteCarta para evangelizar alguém que está doente
Carta para evangelizar alguém que está doenteAmor pela EBD
 
O Livro de Provérbios
O Livro de ProvérbiosO Livro de Provérbios
O Livro de ProvérbiosAmor pela EBD
 
O homem e sua missão
O homem e sua missãoO homem e sua missão
O homem e sua missãoAmor pela EBD
 
Perguntas sobre reis e profetas
Perguntas sobre reis e profetasPerguntas sobre reis e profetas
Perguntas sobre reis e profetasAmor pela EBD
 

Mais de Amor pela EBD (20)

Licao 25 A dinâmica do cuidado na vida da igreja
Licao 25 A dinâmica do cuidado na vida da igrejaLicao 25 A dinâmica do cuidado na vida da igreja
Licao 25 A dinâmica do cuidado na vida da igreja
 
A Ressurreição de Jesus e a esperança do crente
A Ressurreição de Jesus e a esperança do crenteA Ressurreição de Jesus e a esperança do crente
A Ressurreição de Jesus e a esperança do crente
 
Jesus: O Deus-Homem
Jesus: O Deus-HomemJesus: O Deus-Homem
Jesus: O Deus-Homem
 
O cristão e a cultura
O cristão e a culturaO cristão e a cultura
O cristão e a cultura
 
Esboço A Vinda do Senhor 2 Pedro 3
Esboço A Vinda do Senhor 2 Pedro 3Esboço A Vinda do Senhor 2 Pedro 3
Esboço A Vinda do Senhor 2 Pedro 3
 
Três parábolas uma lição: Jesus ama o perdido
Três parábolas uma lição: Jesus ama o perdidoTrês parábolas uma lição: Jesus ama o perdido
Três parábolas uma lição: Jesus ama o perdido
 
A defesa do apostolado de Paulo
A defesa do apostolado de PauloA defesa do apostolado de Paulo
A defesa do apostolado de Paulo
 
Ofício para pedir doações em nome da igreja
Ofício para pedir doações em nome da igrejaOfício para pedir doações em nome da igreja
Ofício para pedir doações em nome da igreja
 
Discurso de abertura para festividade de jovens II
Discurso de abertura para festividade de jovens IIDiscurso de abertura para festividade de jovens II
Discurso de abertura para festividade de jovens II
 
Discurso de abertura para festividade de jovens
Discurso de abertura para festividade de jovensDiscurso de abertura para festividade de jovens
Discurso de abertura para festividade de jovens
 
Exercício Planejando uma aula para EBD
Exercício Planejando uma aula para EBDExercício Planejando uma aula para EBD
Exercício Planejando uma aula para EBD
 
Carta para um jovem afastado da igreja
Carta para um jovem afastado da igrejaCarta para um jovem afastado da igreja
Carta para um jovem afastado da igreja
 
Carta para uma jovem afastada da igreja
Carta para uma jovem afastada da igrejaCarta para uma jovem afastada da igreja
Carta para uma jovem afastada da igreja
 
Carta para culto de jovens / mocidade
Carta para culto de jovens / mocidadeCarta para culto de jovens / mocidade
Carta para culto de jovens / mocidade
 
Carta para evangelizar um amigo descrente
Carta para evangelizar um amigo descrenteCarta para evangelizar um amigo descrente
Carta para evangelizar um amigo descrente
 
Carta para evangelizar alguém que está doente
Carta para evangelizar alguém que está doenteCarta para evangelizar alguém que está doente
Carta para evangelizar alguém que está doente
 
O Livro de Provérbios
O Livro de ProvérbiosO Livro de Provérbios
O Livro de Provérbios
 
O Livro de Esdras
O Livro de EsdrasO Livro de Esdras
O Livro de Esdras
 
O homem e sua missão
O homem e sua missãoO homem e sua missão
O homem e sua missão
 
Perguntas sobre reis e profetas
Perguntas sobre reis e profetasPerguntas sobre reis e profetas
Perguntas sobre reis e profetas
 

Último

"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...marioeugenio8
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docxSílvia Carneiro
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfAndersonW5
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialDouglasVasconcelosMa
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASricardo644666
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja Mary Alvarenga
 
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...GisellySobral
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptorlando dias da silva
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................mariagrave
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfCsarBaltazar1
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 

A importância da Escola Dominical na Atualidade

  • 1. A importância da Escola Dominical na atualidade Profa. Esp. Míriam Navarro de Castro Nunes miriam.nc@hotmail.com
  • 2. Escola Dominical Principal Agência de Ensino da Igreja  Possui um programa de estudo da Bíblia: sistemático, profundo, eficaz e abrangente.  Possibilita o estudo completo das Escrituras, respeitando a idade, a capacidade e a linguagem dos educandos.  É a mais antiga e tradicional organização de ensino das igrejas.
  • 3. Escola Dominical Principal Agência de Ensino da Igreja  Funciona com regularidade, sem interrupções.  Seu livro-texto é a Bíblia.  Responsável pela instrução do povo de Deus nas Escrituras.
  • 4. Agência de Transformação  A Escola Dominical de Raikes: - crianças resgatadas das ruas, do vício, do crime. - tríplice ênfase: social, bíblica, evangelística. - recuperou milhares de vidas, revolucionou a Inglaterra, se espalhou pelo mundo.  A ED nos dias de hoje mantém o mesmo potencial. - Fórmula: Fé + Investimento + Trabalho.  A ED hoje é dever; é prioridade!!!
  • 5. Agência de Evangelização e Discipulado A ED é um espaço privilegiado para...  potencializar a evangelização.  receber pessoas não crentes.  discipular (classe de novos convertidos).  conduzir pessoas ao batismo. “Uma das razões porque apenas cinco em cada cem decisões chegarem ao batismo deve-se a falta de instrução bíblica”. Marcos Tuler
  • 6. Agência de Genuíno Avivamento  O ensino da Palavra de Deus é a base do genuíno avivamento.  A igreja precisa redescobrir o livro da “Lei do Senhor” e voltar à sua essência (2 Cr 34.15).  A igreja precisa voltar a ler, conhecer, entender e praticar a Palavra de Deus (Ne 8.8-9).
  • 7. Agência de Genuíno Avivamento Onde a Palavra de Deus é ensinada e praticada, o avivamento acontece. Pecados são confessados e perdoados, os ídolos pessoais são banidos, o desinteresse pelas coisas de Deus desaparece, a aliança espiritual é renovada e o povo passa a celebrar, com alegra, a vitória recebida (TULER, 2006, p. 18).
  • 8. Referência Bibliográfica TULER, Marcos. Abordagens e Práticas da Pedagogia Cristã. Rio de Janeiro: CPAD, 2006.
  • 9. Na próxima aula.... Falaremos sobre a relação ensino-aprendizagem na ED! Não perca!
  • 10. Obrigada!!!  Se você ama a EBD, junte-se a nós!!  Curta a nossa página no Facebook! “Eu amo a EBD” https://www.facebook.com/amorpelaebd/