SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 31
Baixar para ler offline
CONSTRUINDO UMA VISÃO CRISTÃ
  AUTÊNTICA PARA A IGREJA
         Texto Os 4.6
A ORIGEM DA EBD
• A Escola Bíblica Dominical se
originou na Inglaterra no Século
20, precisamente em 14 de Junho
de 1980 em Gloucester. Seu
fundador foi o jornalista Robert
Raikes – dono do Jornal
Gloucester, herdado de seu pai.
• A Escola Bíblica Dominical teve
como motivação inicial a obra
social visando a alfabetização e
estudos bíblicos aos domingos
com crianças desocupadas nas
ruas de Gloucester.
• “No Brasil, a primeira Escola
Dominical nasceu em Petrópolis,
RJ, no dia 19 de agosto de 1855,
na casa do médico e missionário
escocês Robert Kalley. Nesse
primeiro dia havia cinco crianças
presentes, e a esposa, Sarah
Kalley, contou-lhes a história de
Jonas”.
DEFINIÇÃO
• O que é Escola?
  “A escola é um ambiente construído e
reservado para a ministração do ensino
sistemático e coletivo. Neste local se
encontram alunos e professores para,
juntos participarem do processo formal
de ensino – aprendizagem” (Mana
Lobão, Nova Realidade Para a Escola
Dominical Bíblica Dominical, São Luis,
2006. Graffias, pg.13).
• O que é Escola Bíblica Dominical ?
  Segundo o comentarista e consultor
teológico da CPAD Antônio Gilberto, a
EBD “é uma escola de ensino bíblico
da igreja que evangeliza enquanto
ensina”.
• O que é Educador(a) Cristão(a)?
  “Ele mesmo concedeu uns para...
mestres”(Ef 4.11).
  “Se é ministério, dediquemo – nos ao
ministério; ou o que ensina esmere – se
no fazê – lo”(Rm 12.7).
O Ministro é uma peça
fundamental para a edificação
dentro da igreja. A vida sadia
da igreja vem através da
ministração dos       principais
fundamentos       eclesiásticos,
incluindo as duas ordenanças
de Cristo.
QUAL IMPORTÂNCIA VOCÊ DÁ
       PARA A EBD?
• Você é frequentador da EBD?
• Você está matriculado na EBD?
• Você tem a lição da EBD?
• Você estuda a lição da EBD?
• Você oferta regularmente na EBD?
• Você aproveita para descansar no dia da
  EBD?
• Você traz sua família para a EBD?
• Você ama a EBD?
1 - A EBD E O DIA DO SENHOR
 Por que muitos crentes na atualidade
não são frequentadores assíduos da
EBD?
•Muitos descansam do trabalho semanal
 no domingo.
•Muitos trabalham no domingo.
•Muitos realizam trabalhos escolares e
 acadêmicos no domingo.
•Muitos acham que não há necessidade
 de ir duas vezes no domingo para a
 igreja.
• Muitos cresceram sem frequentar
  a EBD.
• Muitos têm preguiça de ir a EBD.
• Muitos trocam regularmente a EBD
  por programas e lazeres familiares.
 Se queremos construir uma visão
cristã para a igreja nos dias atuais
não podemos ignorar ou desprezar
a observância do dia do Senhor
como se ver hoje.
O QUE É O DIA DO SENHOR?
• Em Gn 2.1 – 3: “Assim, pois, foram
acabados os céus e a terra e todo o
seu exército. E, havendo Deus
terminado no dia sétimo a sua obra,
que fizera, descansou neste dia de
toda a sua obra que tinha feito. E
abençoou Deus o dia sétimo e o
santificou; porque nele descansou o
de toda a obra que, como Criador,
fizera”.
• O dia de descanso foi instituído
pelo Criador para o homem. Mas o
descanso não é inércia, nem falta
de aptidão para o trabalho, estudo
e adoração na igreja como muitos
evangélicos na atualidade faz
costumeiramente. O domingo para
o crente é o dia de descanso.
EVENTOS IMPORTANTES DA ERA
   CRISTÃ QUE OCORRERAM NO
           DOMINGO:
• A ressurreição de Cristo (Jo 20.1)
• A aparição de Jesus aos dez
discípulos (Jo 20.19)
• A aparição de Jesus aos onze
discípulos (Jo 20.26)
• A descida do Espírito Santo no
dia de pentecostes (Lv 23.15, 16 – o
dia imediato ao sábado)
• A pregação do primeiro sermão
  sobre a morte e ressurreição de
  Cristo por Pedro (At 2.14)
• A união dos os crentes em
  Trôade para adoração (At 20.7)
• A contribuição de ofertas dos
  crentes a Paulo (1 Co 16.2)
• A aparição de Jesus a João, em
  Patmos (Ap 1.10).
SOLANO PORTELA ESCREVEU:
• “O quarto mandamento fala de um dia
de descanso e de adoração ao Senhor.
Deus julgou essa questão tão importante
que a inseriu em sua lei moral. O
descanso requerido por Deus é uma
prévia da redenção que ele assegurou
para o seu povo (Dt 5.12-15). Os
israelitas foram levados em cativeiro (Jr
17.19-27) por haver repetidamente
desrespeitado este mandamento.”
SOLANO PORTELA ESCREVEU:
• “Em nossas bíblias o quarto
mandamento está redigido assim –
"Lembra-te do dia de sábado para o
santificar...". A palavra que foi
traduzida "sábado", é a palavra
hebraica shabat, que quer dizer
descanso. É correto, portanto,
entendermos o mandamento como
"... lembra-te do dia de descanso
para o santificar".”
2 - A EBD E O PRAZER PELA
      APRENDIZAGEM
  Temos observado na igreja hodierna
que muitos membros e congregados
frequentam mais a EBD quando esta
promove       Escolas     Pentecostais
trazendo de fora cantores e pregadores
de renome. Por que isto acontece?
  Alguns pontos:
• Muitos perderam o prazer pela
  aprendizagem.
• Muitos acham monótono ir à igreja
  para sentar e aprender.
• Muitos gostam mais de movimentos:
  cultos de vitória, curas, bênçãos,
  prosperidade, revelações, batismo
  no Espírito Santo, etc.
• Muitos perderam o amor e a gratidão
  ao Senhor no amanhecer de
  domingo e não mostram mais garra
  para ir regularmente a EBD para
  adorar e aprender.
O Salmo 92.1, 2, 12 - 15 é um hino de
gratidão a Deus.
   “Bom é render graças ao teu nome, ó
Altíssimo, anunciar de manhã a tua
misericórdia e, durante as noites, a tua
fidelidade. O justo florescerá como a palmeira,
crescerá como o cedro no Líbano. Plantados
na casa do Senhor, florescerão nos átrios do
nosso Deus. Na velhice darão ainda mais
frutos, serão cheios de seiva e de verdor, para
anunciar que o Senhor é reto”.
   É    através    da     aprendizagem      que
construiremos uma visão cristã autêntica para
a igreja atual.
A EBD DEVE PROMOVER UMA
 APRENDIZAGEM DINÂMICA
  Muitas Escolas Bíblicas fecham as
portas para os crentes não irem à igreja.
Como?
• Não promovem dinamismos na Escola.
• Não investem na aquisição de novos
  materiais.
• Não promovem palestras, conferências,
  simpósios sobre EBD.
• Não investem em bibliotecas.
•Não      investem    no     crescimento
 educacional      e     teológico    dos
 professores e superintendentes.
•Não investem em uma estrutura física
 educacional.
•Não reconhecem a importância do
 ensino bíblico para o crescimento sadio
 da igreja.
•Não      acompanham       a    evolução
 tecnológica e sua importância para o
 processo de aprendizagem em nossos
 dias.
3 - A EBD E AS HERESIAS ATUAIS
• A EBD e os cultos de ensino são a
principal    fonte   de    disseminação
doutrinária dentro das igrejas. Os
apóstolos nos deixaram um legado
escrito, inspirado e precioso vindo da
parte de Deus. Também nos advertiu
severamente sobre os ensinos heréticos
que entrariam na igreja através de
homens gananciosos e malignos. Como a
igreja deve enfrentar e vencer tais
mestres e suas heresias devastadoras?
• Jesus Cristo nos advertiu:
  “Vede que ninguém vos engane. Porque
virão muitos em meu nome, dizendo: Eu
sou o Cristo,e enganarão muitos”(Mt 24.4,
5).
  O crente precisa:
• Viver atento – “Vede que ninguém vos
  engane...”.
• Viver em observação – “Porque virão
  muitos em meu nome, dizendo: Eu sou o
  Cristo,e enganarão muitos”.
• Viver em meditação e estudo – “Vede que
  ninguém vos engane...”
Viver com bom discernimento –
“Porque virão muitos em meu nome,
dizendo: Eu sou o Cristo,e enganarão
muitos”.
• A EBD é um excelente canal para o
  estudo minucioso da Escritura
  visando o correto juízo do crente nas
  coisas do Reino, principalmente em
  relação a doutrina das última coisas.
• Paulo com esta preocupação
  escreveu      ao   jovem     pastor
  Timóteo:“Toda       Escritura     é
  inspirada por Deus e útil para o
  ensino, para a repreensão, para a
  correção, para a educação na
  justiça, a fim de que o homem de
  Deus        seja     perfeito     e
  perfeitamente habilitado para
  toda boa obra”(2 Tm 3.16, 17).
QUAIS SÃO OS SINAIS BÍBLICOS
DA SEGUNDA VINDA DE CRISTO?
• A proclamação do Evangelho a todas as
nações – Mt 24.14
• A salvação da plenitude de Israel –
Rm11.26
• Tribulação – Mt 24.
• Apostasia – 2 Ts 2.3
• Anticristos – Mt 24.5, 11; 2 Ts 2.3
• Guerras – Mt 24.6, 7
• Terremotos – Mt 24.7
• Fomes – Mt 24.7
4 - A EBD E A ADORAÇÃO
• “Deus é espírito; e importa que
os seus adoradores o adorem em
espírito e em verdade”(Jo4,24).
Esta passagem é uma evidência
bíblica da importância do ensino e
aprendizagem para a correta
adoração a Deus.
Rm 12.1, 2: “Rogo – vos, pois, irmãos
pelas misericórdias de Deus, que
apresenteis o vosso corpo por
sacrifício vivo, santo e agradável a
Deus, que é o vosso culto racional. E
não vos conformeis com este século,
mais transformai – vos pela
renovação      mente,    para     que
experimenteis qual seja a boa,
agradável e perfeita vontade de
Deus”.
• Será somente através do ensino
  que a igreja atual desmistificará
  a atual tendência de que o crente
  pode adorar a Deus como está.
  Deus não aceita qualquer tipo de
  adoração. A questão externa e
  estética na adoração a Deus só
  tem valor quando unicamente
  brotar de um coração sincero,
  contrito e quebrantado.
Não nos enganemos:
•   Para entrar na casa de Deus temos
    que bater os pés.
•   Os utensílios na casa de Deus são
    separados para o uso exclusivo na
    adoração ao Senhor.
•   A casa do Senhor não é lugar de
    comércio.
•   A casa do Senhor é casa de Oração.
•   A casa do Senhor é lugar de ensino,
    edificação,    testemunho,    louvor,
    pregação e adoração.
CONCLUSÃO
• Através de uma Escola Bíblica
Dominical sadia e dinâmica podemos
construir uma visão cristã autentica
para a igreja atual enfrentar e vencer os
desafios do século 21. Para isto a igreja
não é preciso negociar, nem perder sua
identidade,     valor     e     princípios
ensinados e vividos pelo seu Criador,
Senhor e Salvador – a Santíssima
Trindade. Glória a Deus. Amém!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Os Desafios da EBD nos Dias Atuais para a Formação de Verdadeiros Cristaos
Os Desafios da EBD nos Dias Atuais para a Formação de Verdadeiros CristaosOs Desafios da EBD nos Dias Atuais para a Formação de Verdadeiros Cristaos
Os Desafios da EBD nos Dias Atuais para a Formação de Verdadeiros Cristaostenmario04
 
O(a) professor(a) da Escola Dominical
O(a) professor(a) da Escola DominicalO(a) professor(a) da Escola Dominical
O(a) professor(a) da Escola DominicalAmor pela EBD
 
Série Igreja A igreja que queremos ser
Série Igreja   A igreja que queremos serSérie Igreja   A igreja que queremos ser
Série Igreja A igreja que queremos serEid Marques
 
O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,Felicio Araujo
 
Lição 10 - O discípulo e o discipulado
Lição 10 - O discípulo e o discipuladoLição 10 - O discípulo e o discipulado
Lição 10 - O discípulo e o discipuladoÉder Tomé
 
Lição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristãLição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristãJoanilson França Garcia
 
Discipulado de Cristo e o cuidado do novo convertido
Discipulado de Cristo e o cuidado do novo convertidoDiscipulado de Cristo e o cuidado do novo convertido
Discipulado de Cristo e o cuidado do novo convertidoJoary Jossué Carlesso
 
APOSTILA DO OBREIRO NO SERVIR A DEUS
APOSTILA DO OBREIRO NO SERVIR A DEUSAPOSTILA DO OBREIRO NO SERVIR A DEUS
APOSTILA DO OBREIRO NO SERVIR A DEUSPASTOR CARLOS SILVA
 
A excelência do professor da escola dominical
A excelência do professor da escola dominicalA excelência do professor da escola dominical
A excelência do professor da escola dominicalFilipe Rhuan
 
10 motivos
10 motivos10 motivos
10 motivosjouvacy
 
Evangelismo conteúdo, método e motivação.
Evangelismo   conteúdo, método e motivação.Evangelismo   conteúdo, método e motivação.
Evangelismo conteúdo, método e motivação.Rodrigo Ribeiro
 

Mais procurados (20)

Educação cristã
Educação cristãEducação cristã
Educação cristã
 
História da escola dominical
História da escola dominicalHistória da escola dominical
História da escola dominical
 
Treinamento para diáconos
Treinamento para diáconosTreinamento para diáconos
Treinamento para diáconos
 
Os Desafios da EBD nos Dias Atuais para a Formação de Verdadeiros Cristaos
Os Desafios da EBD nos Dias Atuais para a Formação de Verdadeiros CristaosOs Desafios da EBD nos Dias Atuais para a Formação de Verdadeiros Cristaos
Os Desafios da EBD nos Dias Atuais para a Formação de Verdadeiros Cristaos
 
Maturidade CRISTA
Maturidade CRISTAMaturidade CRISTA
Maturidade CRISTA
 
O(a) professor(a) da Escola Dominical
O(a) professor(a) da Escola DominicalO(a) professor(a) da Escola Dominical
O(a) professor(a) da Escola Dominical
 
Série Igreja A igreja que queremos ser
Série Igreja   A igreja que queremos serSérie Igreja   A igreja que queremos ser
Série Igreja A igreja que queremos ser
 
O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,
 
Projeto curricular ebd
Projeto curricular ebdProjeto curricular ebd
Projeto curricular ebd
 
Estudo Dízimos e Ofertas
Estudo Dízimos e OfertasEstudo Dízimos e Ofertas
Estudo Dízimos e Ofertas
 
Lição 10 - O discípulo e o discipulado
Lição 10 - O discípulo e o discipuladoLição 10 - O discípulo e o discipulado
Lição 10 - O discípulo e o discipulado
 
Lição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristãLição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristã
 
Eclesiologia
EclesiologiaEclesiologia
Eclesiologia
 
Homilética
HomiléticaHomilética
Homilética
 
Discipulado de Cristo e o cuidado do novo convertido
Discipulado de Cristo e o cuidado do novo convertidoDiscipulado de Cristo e o cuidado do novo convertido
Discipulado de Cristo e o cuidado do novo convertido
 
APOSTILA DO OBREIRO NO SERVIR A DEUS
APOSTILA DO OBREIRO NO SERVIR A DEUSAPOSTILA DO OBREIRO NO SERVIR A DEUS
APOSTILA DO OBREIRO NO SERVIR A DEUS
 
A excelência do professor da escola dominical
A excelência do professor da escola dominicalA excelência do professor da escola dominical
A excelência do professor da escola dominical
 
10 motivos
10 motivos10 motivos
10 motivos
 
E deu dons aos homens
E deu dons aos homensE deu dons aos homens
E deu dons aos homens
 
Evangelismo conteúdo, método e motivação.
Evangelismo   conteúdo, método e motivação.Evangelismo   conteúdo, método e motivação.
Evangelismo conteúdo, método e motivação.
 

Semelhante a A Importância da EBD para Construir uma Visão Cristã Autêntica

Porque ser membro de uma igreja?
Porque ser membro de uma igreja?Porque ser membro de uma igreja?
Porque ser membro de uma igreja?Noimix
 
LBJ LIÇÃO 2 - O real proposito da Igreja
LBJ LIÇÃO 2 - O real proposito da IgrejaLBJ LIÇÃO 2 - O real proposito da Igreja
LBJ LIÇÃO 2 - O real proposito da Igrejaboasnovassena
 
E.b.d jovens 1ºtrimestre 2017 lição 02
E.b.d   jovens 1ºtrimestre 2017 lição 02E.b.d   jovens 1ºtrimestre 2017 lição 02
E.b.d jovens 1ºtrimestre 2017 lição 02Joel Silva
 
EBD Revista Palavra e Vida 4T2014: Aula 9: Desafios de uma igreja local (pt. 1)
EBD Revista Palavra e Vida 4T2014: Aula 9: Desafios de uma igreja local (pt. 1)EBD Revista Palavra e Vida 4T2014: Aula 9: Desafios de uma igreja local (pt. 1)
EBD Revista Palavra e Vida 4T2014: Aula 9: Desafios de uma igreja local (pt. 1)Andre Nascimento
 
Doutrina Da Igreja Modulo 2
Doutrina Da Igreja Modulo 2Doutrina Da Igreja Modulo 2
Doutrina Da Igreja Modulo 2fogotv
 
Projeto Isaque - Conhecendo o Programa
Projeto Isaque - Conhecendo o ProgramaProjeto Isaque - Conhecendo o Programa
Projeto Isaque - Conhecendo o ProgramaAry Queiroz Jr
 
O fruto de um trabalho zeloso - Lições Bíblicas dos Jovens
O fruto de um trabalho zeloso - Lições Bíblicas dos JovensO fruto de um trabalho zeloso - Lições Bíblicas dos Jovens
O fruto de um trabalho zeloso - Lições Bíblicas dos JovensFrancelia Carvalho Oliveira
 
LBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igreja
LBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igrejaLBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igreja
LBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igrejaNatalino das Neves Neves
 
3º trimestre 2015 adolescentes lição 10
3º trimestre 2015 adolescentes lição 103º trimestre 2015 adolescentes lição 10
3º trimestre 2015 adolescentes lição 10Joel de Oliveira
 
3º trimestre 2015 adolescentes lição 10
3º trimestre 2015 adolescentes lição 103º trimestre 2015 adolescentes lição 10
3º trimestre 2015 adolescentes lição 10Joel Silva
 
Boletim 667 - 09/02/20
Boletim 667 - 09/02/20Boletim 667 - 09/02/20
Boletim 667 - 09/02/20stanaami
 
A igreja presbiteriana do flamengo
A igreja presbiteriana do flamengoA igreja presbiteriana do flamengo
A igreja presbiteriana do flamengorevpex
 
Lição 5 - A mordomia da igreja
Lição 5 - A mordomia da igrejaLição 5 - A mordomia da igreja
Lição 5 - A mordomia da igrejaMarina de Morais
 
O-que-e-a-Igreja.pptx
O-que-e-a-Igreja.pptxO-que-e-a-Igreja.pptx
O-que-e-a-Igreja.pptxIvairCampos1
 
Manual do lider
Manual do liderManual do lider
Manual do liderpibfsa
 
A Igreja que Deus quer.docx
A Igreja que Deus quer.docxA Igreja que Deus quer.docx
A Igreja que Deus quer.docxEnoque13
 

Semelhante a A Importância da EBD para Construir uma Visão Cristã Autêntica (20)

Porque ser membro de uma igreja?
Porque ser membro de uma igreja?Porque ser membro de uma igreja?
Porque ser membro de uma igreja?
 
LBJ LIÇÃO 2 - O real proposito da Igreja
LBJ LIÇÃO 2 - O real proposito da IgrejaLBJ LIÇÃO 2 - O real proposito da Igreja
LBJ LIÇÃO 2 - O real proposito da Igreja
 
Boletim ippi 19.04.2015
Boletim ippi 19.04.2015Boletim ippi 19.04.2015
Boletim ippi 19.04.2015
 
E.b.d jovens 1ºtrimestre 2017 lição 02
E.b.d   jovens 1ºtrimestre 2017 lição 02E.b.d   jovens 1ºtrimestre 2017 lição 02
E.b.d jovens 1ºtrimestre 2017 lição 02
 
EBD Revista Palavra e Vida 4T2014: Aula 9: Desafios de uma igreja local (pt. 1)
EBD Revista Palavra e Vida 4T2014: Aula 9: Desafios de uma igreja local (pt. 1)EBD Revista Palavra e Vida 4T2014: Aula 9: Desafios de uma igreja local (pt. 1)
EBD Revista Palavra e Vida 4T2014: Aula 9: Desafios de uma igreja local (pt. 1)
 
Doutrina Da Igreja Modulo 2
Doutrina Da Igreja Modulo 2Doutrina Da Igreja Modulo 2
Doutrina Da Igreja Modulo 2
 
Projeto Isaque - Conhecendo o Programa
Projeto Isaque - Conhecendo o ProgramaProjeto Isaque - Conhecendo o Programa
Projeto Isaque - Conhecendo o Programa
 
O fruto de um trabalho zeloso - Lições Bíblicas dos Jovens
O fruto de um trabalho zeloso - Lições Bíblicas dos JovensO fruto de um trabalho zeloso - Lições Bíblicas dos Jovens
O fruto de um trabalho zeloso - Lições Bíblicas dos Jovens
 
LBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igreja
LBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igrejaLBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igreja
LBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igreja
 
3º trimestre 2015 adolescentes lição 10
3º trimestre 2015 adolescentes lição 103º trimestre 2015 adolescentes lição 10
3º trimestre 2015 adolescentes lição 10
 
3º trimestre 2015 adolescentes lição 10
3º trimestre 2015 adolescentes lição 103º trimestre 2015 adolescentes lição 10
3º trimestre 2015 adolescentes lição 10
 
Boletim 667 - 09/02/20
Boletim 667 - 09/02/20Boletim 667 - 09/02/20
Boletim 667 - 09/02/20
 
palavraevida_4_ano_2016.pdf
palavraevida_4_ano_2016.pdfpalavraevida_4_ano_2016.pdf
palavraevida_4_ano_2016.pdf
 
A igreja presbiteriana do flamengo
A igreja presbiteriana do flamengoA igreja presbiteriana do flamengo
A igreja presbiteriana do flamengo
 
A função de discipulado da igreja
A função de discipulado da igrejaA função de discipulado da igreja
A função de discipulado da igreja
 
Lição 5 - A mordomia da igreja
Lição 5 - A mordomia da igrejaLição 5 - A mordomia da igreja
Lição 5 - A mordomia da igreja
 
CHAMADA DA MEIA NOITE
CHAMADA DA MEIA NOITECHAMADA DA MEIA NOITE
CHAMADA DA MEIA NOITE
 
O-que-e-a-Igreja.pptx
O-que-e-a-Igreja.pptxO-que-e-a-Igreja.pptx
O-que-e-a-Igreja.pptx
 
Manual do lider
Manual do liderManual do lider
Manual do lider
 
A Igreja que Deus quer.docx
A Igreja que Deus quer.docxA Igreja que Deus quer.docx
A Igreja que Deus quer.docx
 

Mais de Vilmar Nascimento

Discipulado para jovens e adultos
Discipulado para jovens e adultosDiscipulado para jovens e adultos
Discipulado para jovens e adultosVilmar Nascimento
 
Discipulado para crianças 2
Discipulado para crianças   2Discipulado para crianças   2
Discipulado para crianças 2Vilmar Nascimento
 
A importância da comunhão na igreja
A importância da comunhão na igrejaA importância da comunhão na igreja
A importância da comunhão na igrejaVilmar Nascimento
 
Como o filho alegra o coração dos pais
Como o filho alegra o coração dos paisComo o filho alegra o coração dos pais
Como o filho alegra o coração dos paisVilmar Nascimento
 
Fortalecendo o relacionamento entre pais e filhos
Fortalecendo o relacionamento entre pais e filhosFortalecendo o relacionamento entre pais e filhos
Fortalecendo o relacionamento entre pais e filhosVilmar Nascimento
 
A família protestante vivendo na dinâmica do espírito
A família protestante vivendo na dinâmica do espíritoA família protestante vivendo na dinâmica do espírito
A família protestante vivendo na dinâmica do espíritoVilmar Nascimento
 
A mulher como instrumento de bênção
A mulher como instrumento de bênçãoA mulher como instrumento de bênção
A mulher como instrumento de bênçãoVilmar Nascimento
 
Porque devemos ir à igreja do senhor
Porque devemos ir à igreja do senhorPorque devemos ir à igreja do senhor
Porque devemos ir à igreja do senhorVilmar Nascimento
 
Depressão espiritual de asafe
Depressão espiritual de asafeDepressão espiritual de asafe
Depressão espiritual de asafeVilmar Nascimento
 
Frutos para um casamento feliz segundo a bíblia
Frutos para um casamento feliz segundo a bíbliaFrutos para um casamento feliz segundo a bíblia
Frutos para um casamento feliz segundo a bíbliaVilmar Nascimento
 
Até que ponto podemos questionar a deus
Até que ponto podemos questionar a deusAté que ponto podemos questionar a deus
Até que ponto podemos questionar a deusVilmar Nascimento
 

Mais de Vilmar Nascimento (20)

Chama inextinguível
Chama inextinguívelChama inextinguível
Chama inextinguível
 
Discipulado para jovens e adultos
Discipulado para jovens e adultosDiscipulado para jovens e adultos
Discipulado para jovens e adultos
 
Discipulado para crianças
Discipulado para criançasDiscipulado para crianças
Discipulado para crianças
 
Discipulado para crianças 2
Discipulado para crianças   2Discipulado para crianças   2
Discipulado para crianças 2
 
A importância da comunhão na igreja
A importância da comunhão na igrejaA importância da comunhão na igreja
A importância da comunhão na igreja
 
Estudo em 1 coríntios
Estudo em 1 coríntiosEstudo em 1 coríntios
Estudo em 1 coríntios
 
Como o filho alegra o coração dos pais
Como o filho alegra o coração dos paisComo o filho alegra o coração dos pais
Como o filho alegra o coração dos pais
 
Fortalecendo o relacionamento entre pais e filhos
Fortalecendo o relacionamento entre pais e filhosFortalecendo o relacionamento entre pais e filhos
Fortalecendo o relacionamento entre pais e filhos
 
A família protestante vivendo na dinâmica do espírito
A família protestante vivendo na dinâmica do espíritoA família protestante vivendo na dinâmica do espírito
A família protestante vivendo na dinâmica do espírito
 
A ira de deus
A ira de deusA ira de deus
A ira de deus
 
Pregação
PregaçãoPregação
Pregação
 
Tentação
TentaçãoTentação
Tentação
 
Tentação e provação
Tentação e provaçãoTentação e provação
Tentação e provação
 
A mulher como instrumento de bênção
A mulher como instrumento de bênçãoA mulher como instrumento de bênção
A mulher como instrumento de bênção
 
A centralidade da palavra
A centralidade da palavraA centralidade da palavra
A centralidade da palavra
 
Porque devemos ir à igreja do senhor
Porque devemos ir à igreja do senhorPorque devemos ir à igreja do senhor
Porque devemos ir à igreja do senhor
 
Depressão espiritual de asafe
Depressão espiritual de asafeDepressão espiritual de asafe
Depressão espiritual de asafe
 
Filipenses
FilipensesFilipenses
Filipenses
 
Frutos para um casamento feliz segundo a bíblia
Frutos para um casamento feliz segundo a bíbliaFrutos para um casamento feliz segundo a bíblia
Frutos para um casamento feliz segundo a bíblia
 
Até que ponto podemos questionar a deus
Até que ponto podemos questionar a deusAté que ponto podemos questionar a deus
Até que ponto podemos questionar a deus
 

A Importância da EBD para Construir uma Visão Cristã Autêntica

  • 1. CONSTRUINDO UMA VISÃO CRISTÃ AUTÊNTICA PARA A IGREJA Texto Os 4.6
  • 2. A ORIGEM DA EBD • A Escola Bíblica Dominical se originou na Inglaterra no Século 20, precisamente em 14 de Junho de 1980 em Gloucester. Seu fundador foi o jornalista Robert Raikes – dono do Jornal Gloucester, herdado de seu pai.
  • 3. • A Escola Bíblica Dominical teve como motivação inicial a obra social visando a alfabetização e estudos bíblicos aos domingos com crianças desocupadas nas ruas de Gloucester.
  • 4. • “No Brasil, a primeira Escola Dominical nasceu em Petrópolis, RJ, no dia 19 de agosto de 1855, na casa do médico e missionário escocês Robert Kalley. Nesse primeiro dia havia cinco crianças presentes, e a esposa, Sarah Kalley, contou-lhes a história de Jonas”.
  • 5. DEFINIÇÃO • O que é Escola? “A escola é um ambiente construído e reservado para a ministração do ensino sistemático e coletivo. Neste local se encontram alunos e professores para, juntos participarem do processo formal de ensino – aprendizagem” (Mana Lobão, Nova Realidade Para a Escola Dominical Bíblica Dominical, São Luis, 2006. Graffias, pg.13).
  • 6. • O que é Escola Bíblica Dominical ? Segundo o comentarista e consultor teológico da CPAD Antônio Gilberto, a EBD “é uma escola de ensino bíblico da igreja que evangeliza enquanto ensina”. • O que é Educador(a) Cristão(a)? “Ele mesmo concedeu uns para... mestres”(Ef 4.11). “Se é ministério, dediquemo – nos ao ministério; ou o que ensina esmere – se no fazê – lo”(Rm 12.7).
  • 7. O Ministro é uma peça fundamental para a edificação dentro da igreja. A vida sadia da igreja vem através da ministração dos principais fundamentos eclesiásticos, incluindo as duas ordenanças de Cristo.
  • 8. QUAL IMPORTÂNCIA VOCÊ DÁ PARA A EBD? • Você é frequentador da EBD? • Você está matriculado na EBD? • Você tem a lição da EBD? • Você estuda a lição da EBD? • Você oferta regularmente na EBD? • Você aproveita para descansar no dia da EBD? • Você traz sua família para a EBD? • Você ama a EBD?
  • 9. 1 - A EBD E O DIA DO SENHOR Por que muitos crentes na atualidade não são frequentadores assíduos da EBD? •Muitos descansam do trabalho semanal no domingo. •Muitos trabalham no domingo. •Muitos realizam trabalhos escolares e acadêmicos no domingo. •Muitos acham que não há necessidade de ir duas vezes no domingo para a igreja.
  • 10. • Muitos cresceram sem frequentar a EBD. • Muitos têm preguiça de ir a EBD. • Muitos trocam regularmente a EBD por programas e lazeres familiares. Se queremos construir uma visão cristã para a igreja nos dias atuais não podemos ignorar ou desprezar a observância do dia do Senhor como se ver hoje.
  • 11. O QUE É O DIA DO SENHOR? • Em Gn 2.1 – 3: “Assim, pois, foram acabados os céus e a terra e todo o seu exército. E, havendo Deus terminado no dia sétimo a sua obra, que fizera, descansou neste dia de toda a sua obra que tinha feito. E abençoou Deus o dia sétimo e o santificou; porque nele descansou o de toda a obra que, como Criador, fizera”.
  • 12. • O dia de descanso foi instituído pelo Criador para o homem. Mas o descanso não é inércia, nem falta de aptidão para o trabalho, estudo e adoração na igreja como muitos evangélicos na atualidade faz costumeiramente. O domingo para o crente é o dia de descanso.
  • 13. EVENTOS IMPORTANTES DA ERA CRISTÃ QUE OCORRERAM NO DOMINGO: • A ressurreição de Cristo (Jo 20.1) • A aparição de Jesus aos dez discípulos (Jo 20.19) • A aparição de Jesus aos onze discípulos (Jo 20.26) • A descida do Espírito Santo no dia de pentecostes (Lv 23.15, 16 – o dia imediato ao sábado)
  • 14. • A pregação do primeiro sermão sobre a morte e ressurreição de Cristo por Pedro (At 2.14) • A união dos os crentes em Trôade para adoração (At 20.7) • A contribuição de ofertas dos crentes a Paulo (1 Co 16.2) • A aparição de Jesus a João, em Patmos (Ap 1.10).
  • 15. SOLANO PORTELA ESCREVEU: • “O quarto mandamento fala de um dia de descanso e de adoração ao Senhor. Deus julgou essa questão tão importante que a inseriu em sua lei moral. O descanso requerido por Deus é uma prévia da redenção que ele assegurou para o seu povo (Dt 5.12-15). Os israelitas foram levados em cativeiro (Jr 17.19-27) por haver repetidamente desrespeitado este mandamento.”
  • 16. SOLANO PORTELA ESCREVEU: • “Em nossas bíblias o quarto mandamento está redigido assim – "Lembra-te do dia de sábado para o santificar...". A palavra que foi traduzida "sábado", é a palavra hebraica shabat, que quer dizer descanso. É correto, portanto, entendermos o mandamento como "... lembra-te do dia de descanso para o santificar".”
  • 17. 2 - A EBD E O PRAZER PELA APRENDIZAGEM Temos observado na igreja hodierna que muitos membros e congregados frequentam mais a EBD quando esta promove Escolas Pentecostais trazendo de fora cantores e pregadores de renome. Por que isto acontece? Alguns pontos: • Muitos perderam o prazer pela aprendizagem.
  • 18. • Muitos acham monótono ir à igreja para sentar e aprender. • Muitos gostam mais de movimentos: cultos de vitória, curas, bênçãos, prosperidade, revelações, batismo no Espírito Santo, etc. • Muitos perderam o amor e a gratidão ao Senhor no amanhecer de domingo e não mostram mais garra para ir regularmente a EBD para adorar e aprender.
  • 19. O Salmo 92.1, 2, 12 - 15 é um hino de gratidão a Deus. “Bom é render graças ao teu nome, ó Altíssimo, anunciar de manhã a tua misericórdia e, durante as noites, a tua fidelidade. O justo florescerá como a palmeira, crescerá como o cedro no Líbano. Plantados na casa do Senhor, florescerão nos átrios do nosso Deus. Na velhice darão ainda mais frutos, serão cheios de seiva e de verdor, para anunciar que o Senhor é reto”. É através da aprendizagem que construiremos uma visão cristã autêntica para a igreja atual.
  • 20. A EBD DEVE PROMOVER UMA APRENDIZAGEM DINÂMICA Muitas Escolas Bíblicas fecham as portas para os crentes não irem à igreja. Como? • Não promovem dinamismos na Escola. • Não investem na aquisição de novos materiais. • Não promovem palestras, conferências, simpósios sobre EBD. • Não investem em bibliotecas.
  • 21. •Não investem no crescimento educacional e teológico dos professores e superintendentes. •Não investem em uma estrutura física educacional. •Não reconhecem a importância do ensino bíblico para o crescimento sadio da igreja. •Não acompanham a evolução tecnológica e sua importância para o processo de aprendizagem em nossos dias.
  • 22. 3 - A EBD E AS HERESIAS ATUAIS • A EBD e os cultos de ensino são a principal fonte de disseminação doutrinária dentro das igrejas. Os apóstolos nos deixaram um legado escrito, inspirado e precioso vindo da parte de Deus. Também nos advertiu severamente sobre os ensinos heréticos que entrariam na igreja através de homens gananciosos e malignos. Como a igreja deve enfrentar e vencer tais mestres e suas heresias devastadoras?
  • 23. • Jesus Cristo nos advertiu: “Vede que ninguém vos engane. Porque virão muitos em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo,e enganarão muitos”(Mt 24.4, 5). O crente precisa: • Viver atento – “Vede que ninguém vos engane...”. • Viver em observação – “Porque virão muitos em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo,e enganarão muitos”. • Viver em meditação e estudo – “Vede que ninguém vos engane...”
  • 24. Viver com bom discernimento – “Porque virão muitos em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo,e enganarão muitos”. • A EBD é um excelente canal para o estudo minucioso da Escritura visando o correto juízo do crente nas coisas do Reino, principalmente em relação a doutrina das última coisas.
  • 25. • Paulo com esta preocupação escreveu ao jovem pastor Timóteo:“Toda Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra”(2 Tm 3.16, 17).
  • 26. QUAIS SÃO OS SINAIS BÍBLICOS DA SEGUNDA VINDA DE CRISTO? • A proclamação do Evangelho a todas as nações – Mt 24.14 • A salvação da plenitude de Israel – Rm11.26 • Tribulação – Mt 24. • Apostasia – 2 Ts 2.3 • Anticristos – Mt 24.5, 11; 2 Ts 2.3 • Guerras – Mt 24.6, 7 • Terremotos – Mt 24.7 • Fomes – Mt 24.7
  • 27. 4 - A EBD E A ADORAÇÃO • “Deus é espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade”(Jo4,24). Esta passagem é uma evidência bíblica da importância do ensino e aprendizagem para a correta adoração a Deus.
  • 28. Rm 12.1, 2: “Rogo – vos, pois, irmãos pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis com este século, mais transformai – vos pela renovação mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus”.
  • 29. • Será somente através do ensino que a igreja atual desmistificará a atual tendência de que o crente pode adorar a Deus como está. Deus não aceita qualquer tipo de adoração. A questão externa e estética na adoração a Deus só tem valor quando unicamente brotar de um coração sincero, contrito e quebrantado.
  • 30. Não nos enganemos: • Para entrar na casa de Deus temos que bater os pés. • Os utensílios na casa de Deus são separados para o uso exclusivo na adoração ao Senhor. • A casa do Senhor não é lugar de comércio. • A casa do Senhor é casa de Oração. • A casa do Senhor é lugar de ensino, edificação, testemunho, louvor, pregação e adoração.
  • 31. CONCLUSÃO • Através de uma Escola Bíblica Dominical sadia e dinâmica podemos construir uma visão cristã autentica para a igreja atual enfrentar e vencer os desafios do século 21. Para isto a igreja não é preciso negociar, nem perder sua identidade, valor e princípios ensinados e vividos pelo seu Criador, Senhor e Salvador – a Santíssima Trindade. Glória a Deus. Amém!