SlideShare uma empresa Scribd logo
A FAMÍLIA E A
SEXUALIDADE2º Trimestre de
2013
Lição 9
TEXTO ÁUREO
2Pr. Moisés Sampaio de Paula
"E criou Deus o homem à sua imagem; à
imagem de Deus o criou; macho e fêmea
os criou"
(Gn 1.27).
"E criou Deus o homem à sua imagem; à
imagem de Deus o criou; macho e fêmea
os criou"
(Gn 1.27).
VERDADE PRÁTICA
3Pr. Moisés Sampaio de Paula
Apesar da grotesca e abominável
exploração sexual que vitima o mundo
atual, não podemos esquecer-nos dos
princípios bíblicos que regem o
relacionamento entre os sexos.
Apesar da grotesca e abominável
exploração sexual que vitima o mundo
atual, não podemos esquecer-nos dos
princípios bíblicos que regem o
relacionamento entre os sexos.
OBJETIVOS
• Após esta aula, o aluno deverá estar apto a:
• Identificar algumas questões importantes
sobre a sexualidade.
• Reconhecer o valor da pureza sexual antes do
casamento.
• Compreender o que a Bíblia ensina sobre a
homossexualidade
4Pr. Moisés Sampaio de Paula
Palavra chave
5Pr. Moisés Sampaio de Paula
I. QUESTÕES SOBRE A SEXUALIDADE
1. Um mundo dominado pelo erotismo.
2. Fornicação é pecado.
3. Prazer no casamento.
II.O VALOR DA PUREZA SEXUAL ANTES DO CASAMENTO
1. No Antigo Testamento.
2. Em o Novo Testamento.
III. O SEXO QUE A BÍBLIA CONDENA
1. A prática do homossexualismo.
2. Educando os jovens na Palavra de Deus.
I. QUESTÕES SOBRE A SEXUALIDADE
1. Um mundo dominado pelo erotismo.
2. Fornicação é pecado.
3. Prazer no casamento.
II.O VALOR DA PUREZA SEXUAL ANTES DO CASAMENTO
1. No Antigo Testamento.
2. Em o Novo Testamento.
III. O SEXO QUE A BÍBLIA CONDENA
1. A prática do homossexualismo.
2. Educando os jovens na Palavra de Deus.
Esboço da Lição
6Pr. Moisés Sampaio de Paula
Pense nisso!
• Por muito tempo era
tabu falar sobre a
sexualidade na Igreja
Evangélica. Muito se
avançou neste
sentido, mas sabemos
que o assunto ainda é
necessário e precisa
ser desenvolvido com
propriedade e
seriedade. Pr. Moisés Sampaio de Paula 7
• Sabemos que o sexo foi criado por
Deus com um propósito elevado,
nobre e saudável. No entanto,
desde a Queda, a sexualidade vem
sendo deturpada de modo
irresponsável, pecaminoso e
grotesco. Assim, por ser também
um tema bíblico, tal assunto deve
ser abordado na Escola Dominical.
O objetivo desta lição é ajudar às
famílias, proporcionando-lhes uma
visão bíblica e ortodoxa a respeito
deste assunto. Afinal, como Igreja
de Cristo, temos de ser santos em
toda a nossa maneira de ser.
8Pr. Moisés Sampaio de Paula
INTRODUÇÃO
I. QUESTÕES SOBRE A
SEXUALIDADE
9Pr. Moisés Sampaio de Paula
Vivemos numa
sociedade dominada
pelo erotismo e pela
sexualidade distorcida
que nada tem com a
ética cristã.
1. Um mundo dominado pelo erotismo.
2. Fornicação é pecado.
3. Prazer no casamento.
1. Um mundo dominado pelo erotismo.
2. Fornicação é pecado.
3. Prazer no casamento.
• Vivemos numa sociedade marcada
por um erotismo tão maligno e
ímpio, que não poupa sequer as
crianças.
• Nossas famílias, principalmente as
crianças, estão sendo expostas à
exploração do sexo de modo intenso
e irresponsável.
• O sexo em si não é pecaminoso,
pois foi Deus quem o criou. O
Diabo, porém, encarregou-se de
transformá-lo em algo vergonhoso e
vil.
10Pr. Moisés Sampaio de Paula
1. Um mundo dominado pelo erotismo.1. Um mundo dominado pelo erotismo.
I. QUESTÕES SOBRE A
SEXUALIDADE
• Eis porque temos de educar nossas
crianças e jovens segundo os princípios da
Palavra de Deus, para que não sejam
destruídos.
• Infelizmente há cristãos, inclusive obreiros,
que, utilizando-se indevidamente da
internet tornam-se vítimas da
pornografia. O fácil acesso a esse tipo
de material vem roubando a alegria da
salvação de muita gente . Portanto,
tomemos cuidado com o que vemos no
computador (leia Sl 101.3).
11Pr. Moisés Sampaio de Paula
1. Um mundo dominado pelo erotismo.1. Um mundo dominado pelo erotismo.
I. QUESTÕES SOBRE A
SEXUALIDADE
• Não querendo Deus que o homem vivesse
só, deu-lhe uma esposa (Gn 2.18). Por isso,
o Cântico dos Cânticos de Salomão exalta
o relacionamento sexual não entre
solteiros, mas entre um homem e uma
mulher devidamente casados (Ct 4.1-12; Ef
5.22-25). Isso significa que o sexo antes ou
fora do casamento desagrada a Deus. E
quem vive na prática do pecado não
herdará o Reino de Deus (Ef 5.5).
12Pr. Moisés Sampaio de Paula
2. Fornicação é pecado.2. Fornicação é pecado.
I. QUESTÕES SOBRE A
SEXUALIDADE
Pense nisso!
• Os cristãos devem
entender que o sexo
no âmbito do
casamento expressa a
vontade de Deus para
um matrimônio feliz
Pr. Moisés Sampaio de Paula 13
• Muita gente acha que o relacionamento
sexual entre marido e mulher tem como
único objetivo a procriação. Isso é um erro.
• Na Bíblia, encontramos vários textos que
incentivam o casal a desfrutar das alegrias
conjugais. Em Provérbios 5.18-23, os
cônjuges são exortados a usufruírem da
intimidade matrimonial.
• Por outro lado, o homem é advertido
contra "a mulher estranha", a adúltera.
• Em seguida, é incentivado a valorizar a
união matrimonial e santa, exaltando
sempre a monogamia, a fidelidade e o
amor (Ec 9.9; Ct 4.1-12; 7.1-9). 14Pr. Moisés Sampaio de Paula
3. Prazer no casamento.3. Prazer no casamento.
I. QUESTÕES SOBRE A
SEXUALIDADE
Para ter vida sexual
satisfatória, é preciso...
• A mulher, embora dotada de impulsos
equivalentes, tem reação mais lenta e não é
tão impulsionada pelos estímulos visuais;
para ela, são mais significativos os gestos, o
romantismo e as palavras.
• Quando o homem e a mulher têm
consciência das diferentes necessidades um
do outro e procuram supri-las, então, o
sexo torna-se satisfatório para os dois.Pr. Moisés Sampaio de Paula 15
• Conhecimento das diferentes respostas sexuais - Homens e mulheres
são diferentes na forma como reagem aos estímulos sexuais. Para o homem,
o desejo sexual está ligado ao acúmulo de líquido seminal, que traz consigo a
necessidade física de eliminação. Por isso, o impulso sexual masculino é forte
e constante. O homem também, mais do que a mulher, é atraído por aquilo
que vê.
Para ter vida sexual
satisfatória, é preciso...
Saber como os orgãos sexuais são e como
funcionam – Ele e ela devem conhecer:
a) as fases do ato sexual, como excitação,
entrega, orgasmo e declinação; b) o que
muda em cada fase; e
c) como conseguir que, do princípio ao fim,
a satisfação seja plena para os dois.
Procure se informar de fontes sadias,
conselheiros confiáveis e bons livros,
escritos por autores sérios.
Pr. Moisés Sampaio de Paula 16
Para manter a chama viva...
Para manter os sentimentos ternos e românticos
que embelezam a vida sexual, você pode fazer
duas coisas:
1) Acentuar o aspecto positivo:
a) Cultivem o amor físico, separando tempo
para estar juntos e em privacidade;
b) Cuidado com a aparência física. Ela
demonstra apreço pela opinião do(a)
parceiro(a) e respeito por si mesmo(a);
c) Conversem acerca das necessidades
individuais, procurando o bem um do
outro.
d) Manifestem carinho físico não sexual.
Pr. Moisés Sampaio de Paula 17
Para manter a chama viva...
2) Eliminar o aspecto negativo:
a) Os sentimentos de hostilidade, a amargura
e as expectativas irreais quanto ao seu
cônjuge, para não impedir que o
relacionamento se desenvolva.
b) As ações negativas como o excesso de
atividades que provocam cansaço (as que
podem ser eliminadas) e de tempo na
frente da TV (esse hábito tem um efeito
anestesiante e leva à inércia). Pessoas
exaustas, confusas ou apáticas
dificilmente gozam um bom
relacionamento sexual.
c) O estímulo de fantasias extraconjugais.
Pr. Moisés Sampaio de Paula 18
Pense nisso!
• Pessoas mal
resolvidas na sua
sexualidade podem
ter sérios problemas
conjugais. É
importante
desconstruir a ideia de
que o sexo é
pecaminoso.
Pr. Moisés Sampaio de Paula 19
Pr. Moisés Sampaio de Paula 20
Uma pergunta
Pr. Moisés Sampaio de Paula 21
Qual o valor da pureza sexual antes do
casamento?
Qual o valor da pureza sexual antes do
casamento?
II.O VALOR DA PUREZA SEXUAL
ANTES DO CASAMENTO
22Pr. Moisés Sampaio de Paula
No Antigo e em o Novo
testamento, a pureza
sexual de um jovem é
exaltada e valorizada.
1. No Antigo Testamento.
2. Em o Novo Testamento.
1. No Antigo Testamento.
2. Em o Novo Testamento.
• A Bíblia exalta a pureza na vida de um
jovem (Sl 119.9-11). Aliás, esse texto é
indispensável a todo servo de Deus. As leis
sobre a castidade eram rigorosas.
• Se uma jovem, por exemplo, tivesse
relações sexuais antes do casamento era
apedrejada até à morte (Dt 22.20,21),
• O sacerdote só poderia se casar com uma
virgem (lv 21.13,14), demostrando que
em Israel, a virgindade era necessária
e valorizada por todos (Gn 34.7).
23Pr. Moisés Sampaio de Paula
1. No Antigo Testamento.1. No Antigo Testamento.
II.O VALOR DA PUREZA SEXUAL
ANTES DO CASAMENTO
• Doutrinando os coríntios sobre a
fidelidade a Cristo, Paulo faz alusão
ao valor da virgindade: "Porque
estou zeloso de vós com zelo de
Deus; porque vos tenho preparado
para vos apresentar como uma
virgem pura a um marido, a saber,
a Cristo" (2 Co 11.2). Por
conseguinte, a pureza sexual em o
Novo testamento é tanto para o
homem quanto para a mulher.
Ambos devem manter-se castos e
virgens até o casamento.
24Pr. Moisés Sampaio de Paula
2. Em o Novo Testamento.2. Em o Novo Testamento.
II.O VALOR DA PUREZA SEXUAL
ANTES DO CASAMENTO
Uma Pergunta
• O sexo antes e fora do
casamento é pecado
(Êx 20.14; 1 ts 4.3).
Pr. Moisés Sampaio de Paula 25
Sendo o casamento tão importante,
seria certo praticar sexo antes para
sabermos se dará certo depois?
1. A primeira relação sexual determina os rumos que
tomarão a nossa vida sexual e nosso patrimônio
emocional, por isso que essa experiência é tão
marcante.
2. Um jovem que se mantêm virgem para o
casamento tem grandes possibilidades de sucesso
na sua vida emocional e afetiva.
3. A sua experiência sexual, com certeza vai ser mais
prazerosa, pois não vai haver comparações com
experiências anteriores. O risco do adultério não
vai estar ausente, é obvio, mas prazer sexual para
este indivíduo, não será na variedade sexual.
Pr. Moisés Sampaio de Paula 26
VIRGINDADE
4. A virgindade garante uma grande possibilidade
de sucesso na fidelidade conjugal e
estabilidade emocional; a promiscuidade
sexual é uma programação do cérebro para o
prazer na diversidade, ou na furtividade
emocional.
5. Os estímulos e o nível de prazer oferecidos
irão dopar a pessoa a um nível viciante, e se for
uma única pessoa estabelece-se a fidelidade,
dai a importância da primeira relação sexual.
Caso ocorram várias relações furtivas e com
pessoas diferentes surge o mecanismo da
promiscuidade.
Ver mais:
Pr. Moisés Sampaio de Paula 27
VIRGINDADE
• E a virgindade, tanto
do rapaz, quanto da
moça, continua a ser
muito importante aos
olhos de Deus.
• E a virgindade, tanto
do rapaz, quanto da
moça, continua a ser
muito importante aos
olhos de Deus.
http://palestrante.blogspot.com.br/2007/01/virgindade-masculina.html
http://palestrante.blogspot.com.br/2007/01/virgindade-feminina.html
O valor da virgindade
Pr. Moisés Sampaio de Paula 28
Algumas perguntas
O homossexualismo é pecado?O homossexualismo é pecado?
Pr. Moisés Sampaio de Paula 29
Como a igreja deve lidar com o
homossexualismo?
Como a igreja deve lidar com o
homossexualismo?
Como deve ser o nosso
relacionamento pessoal com um
homossexual (na escola, no trabalho,
etc.)?"
Como deve ser o nosso
relacionamento pessoal com um
homossexual (na escola, no trabalho,
etc.)?"
III. O SEXO QUE A BÍBLIA
CONDENA
30Pr. Moisés Sampaio de Paula
A união heterossexual é
o único modelo de
casamento aprovado
por Deus. Tal verdade
condena o
homossexualismo
1. A prática do homossexualismo.
2. Educando os jovens na Palavra de Deus.
1. A prática do homossexualismo.
2. Educando os jovens na Palavra de Deus.
• De acordo com o Dicio nário
Houaiss, homossexualismo
é a prática amorosa ou sexual
entre indivíduos do mesmo
sexo. O que a Bíblia tem a
dizer sobre esse assunto?
31Pr. Moisés Sampaio de Paula
1. A prática do homossexualismo.1. A prática do homossexualismo.
III. O SEXO QUE A BÍBLIA
CONDENA
• No princípio, o Criador não uniu dois
"machos" nem duas "fêmeas". A Bíblia é
clara: "E criou Deus o homem à sua
imagem; à imagem de Deus o criou; macho
e fêmea os criou" (Gn 1.27). Mais adiante,
acrescenta o texto bíblico: "E disse o
Senhor Deus: Não é bom que o homem
esteja só; far-lhe-ei uma adjutora que
esteja como diante dele" (Gn 2.18). Tais
passagens mostram que Deus criou
apenas dois gêneros bem distintos:
homem e mulher. Isto significa que
o homossexualismo é pecado.
32Pr. Moisés Sampaio de Paula
1. A prática do homossexualismo.1. A prática do homossexualismo.
III. O SEXO QUE A BÍBLIA
CONDENA
• Não resta dúvida! É um pecado de tal
forma abominável que até mesmo o
dinheiro proveniente de tal prática não
deve ser introduzido na Casa de Deus:
"Não trarás salário de prostituição nem
preço de sodomita à Casa do Senhor, teu
Deus, por qualquer voto; porque uma e
outra coisa são igualmente abomináveis ao
Senhor, teu Deus" (Dt 23.18 - ARA).
• Cumpre ressaltar, aqui, que não admitimos
qualquer tipo de violência contra os
homossexuais. Mesmo porque, cumpre-
nos ganhá-los para Jesus. E, graças a Deus,
há muitos ex-homossexuais que, hoje,
servem fielmente ao Senhor (1 Co 6.11). 33Pr. Moisés Sampaio de Paula
1. A prática do homossexualismo.1. A prática do homossexualismo.
III. O SEXO QUE A BÍBLIA
CONDENA
Homossexualísmo- DEFINIÇÃO
• A Homossexualidade, também chamada de
homossexualismo
• Vem do grego antigo:
– μός (homos), igual + latim sexus = sexo)ὁ
• Refere-se à característica onde uma pessoa
sente atração sexual por outra pessoa do mesmo
sexo .
• Pode também ser caracterizada pelo desejo de
ser ou pela decisão por se comportar como uma
pessoa do sexo oposto.
Pr. Moisés Sampaio de Paula 34
Orientação Sexual
• A orientação sexual pode se apresentar da
seguinte forma:
Heterossexualidade Homossexualidade Bissexualidade
Atração sexual por pessoas
do sexo oposto
Atração sexual por
pessoas do mesmo sexo
Atração sexual por
pessoas tanto do
mesmo sexo quanto
do sexo oposto
Pr. Moisés Sampaio de Paula 35
COMPORTAMENTO SEXUAL FORA DO
PLANO DE DEUS
• O Sexo é uma benção exclusiva do casamento
• Deus criou a sexualidade e colocou os instintos em nós, para a satisfação
do casal em santo sexo e senso de realização.
• Deus não planejou um sexo pervertido, barateado e comercializado, mas
um santo sexo que fica bom com o tempo, com o casal mais amadurecido
no amor e nas artes amorosas.
Práticas sexuais fora do padrão
bíblico
Definição
Homem com ele mesmo MASTURBAÇÃO(FORNICAÇÃO/ADUL
TÉRIO)
Solteiro + solteiro FORNICAÇÃO
Solteiro + casado ADULTÉRIO
Homem + animal BESTIALISMO
Homem + homem HOMOSSEXUALISMO
Pr. Moisés Sampaio de Paula 36
Causas - Fatores Familiares
• Uma mãe dominante e um pai apagado. Ela é opressora e
impede o desenvolvimento do marido . Já o filho não
encontra no pai facilidade de identificação.
• Uma supermãe que é tão envolvente que para o filho só há
uma mulher. E por causa das severas proibições ela é vista
como uma assexuada.
• A mãe frustrada no seu casamento com o marido incute nas
filhas que homem nenhum não presta.
• Um superpai que exige do filho uma virilidade acima das suas
capacidades. Os pais que desejando uma filha, nasce um filho
• Descaso dos pais quanto ao comportamento dos filhos
Pr. Moisés Sampaio de Paula 37
Causas – Fatores Sociais
• O unissexismo ocorre na forma de segregação ou
igualitarismo quando pessoas do mesmo sexo são isoladas.
Por exemplo, as cadeias, internatos, navios etc.
• O Anarquismo foi uma forma praticada pelos intelectuais
anárquicos que defendiam a abolição de qualquer
autoridade organizada.
• A Sedução por adultos quando um menor não estando
preparado psicologicamente se mete com uma parceira
adulta ficando depois traumatizado apesar do prazer e se
refugia em buscar a vivência sexual menos angustiante.
• A Influência do meio quando a convivência em um grupo
afeta o comportamento individual
Pr. Moisés Sampaio de Paula 38
Causas – Fatores Espirituais
• Em meio aos outros fatores, com toda certeza
existe a ação do mal. Quer seja pelo:
• Sistema mundano que tende a dizer que isso
é normal e que não aceitar é “Homofobísmo”,
• Influência direta do inimigo através da
sugestão, tentação, influencia, opressão ou
até mesmo pela possessão.
• Pela própria ação da natureza caída do
homem que o afasta de Deus.
Pr. Moisés Sampaio de Paula 39
Relato Bíblico mais antigo
(Gênesis 19:1-11)
• 1 - E VIERAM os dois anjos a Sodoma à tarde, e estava Ló
assentado à porta de Sodoma; e vendo-os Ló, levantou-se ao seu
encontro e inclinou-se com o rosto à terra;... 4 - E antes que se
deitassem, cercaram a casa, os homens daquela cidade, os
homens de Sodoma, desde o moço até ao velho; todo o povo de
todos os bairros. 5 - E chamaram a Ló, e disseram-lhe: Onde
estão os homens que a ti vieram nesta noite? Traze-os fora a
nós, para que os conheçamos.
• 6 - Então saiu Ló a eles à porta, e fechou a porta atrás de si, 7 - E
disse: Meus irmãos, rogo-vos que não façais mal; 8 - Eis aqui,
duas filhas tenho, que ainda não conheceram homens; fora vo-
las trarei, e fareis delas como bom for aos vossos olhos; somente
nada façais a estes homens, porque por isso vieram à sombra do
meu telhado.
Pr. Moisés Sampaio de Paula 40
O PADRÃO DIVINO PARA A
SEXUALIDADE (MC 10:7,8 E 1 CO 6:16)
• (Marcos 10:7,8) - Por isso deixará o homem a
seu pai e a sua mãe, e unir-se-á a sua mulher,
e serão os dois uma só carne; e assim já não
serão dois, mas uma só carne.
• (I Corintios 6:16)- Ou não sabeis que o que
se ajunta com a meretriz, faz-se um corpo
com ela? Porque serão, disse, dois numa só
carne.
Pr. Moisés Sampaio de Paula 41
O resultado que agrada a Deus
O Padrão Divino Resultado que agrada a
Deus
Um homem para uma
mulher
um ser (uma só carne)
Pr. Moisés Sampaio de Paula 42
Ohomossexualismo
QUE A BÍBLIA DIZ? Novo Test. 1
• "Não sabeis que os injustos não hão de herdar o
reino de Deus? Não erreis: nem os devassos, nem os
idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados,
nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os
avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes,
nem os roubadores herdarão o reino de Deus. E é o
que alguns têm sido; mas haveis sido lavados, mas
haveis sido santificados, mas haveis sido justificados
em nome do Senhor Jesus, e pelo Espírito do nosso
Deus" (1 Co 6.9-11).
Pr. Moisés Sampaio de Paula
Homossexualismo
O QUE A BÍBLIA DIZ? Novo Test. 2
• Porque as obras da carne são manifestas, as quais são:
adultério, prostituição, impureza, lascívia, Idolatria,
feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas,
dissensões, heresias, Invejas, homicídios, bebedices,
glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das
quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que
cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus.
(Gálatas 5:19-21)
• (A lei é) Para os devassos, para os sodomitas, para os
roubadores de homens, para os mentirosos, para os
perjuros, e para o que for contrário à sã doutrina, (1
Timóteo 1:10)
Pr. Moisés Sampaio de Paula
• "Pelo que Deus os abandonou às paixões
infames. Porque até as suas mulheres mudaram
o uso natural, no contrário à natureza. E,
semelhantemente, também os varões, deixando
o usos natural da mulher, se inflamaram em sua
sensualidade uns para com os outros, varão com
varão, cometendo torpeza e recebendo em si
mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.
E, como eles se não importaram de ter
conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a
um sentimento perverso, para fazerem coisas
que não convém" (Rm 1.26-28).
Homossexualismo
O QUE A BÍBLIA DIZ? Novo Test. 3
Pr. Moisés Sampaio de Paula
QUAL O PROBLEMA ?
• A Bíblia diz que tal pecado é abominável
diante do Senhor. A palavra abominação
significa intensa repulsa, pessoa ou coisa
abominável, detestável, execrável.
“ As cidades de Sodoma e Gomorra foram destruídas por causa do seu
pecado. E o pecado que se destaca foi o homossexualismo, a ponto de se
tornar, até hoje, o adjetivo denominado "sodomia". Sabe-se que este
pecado era tão dominante que os homens de Sodoma queriam invadir a
casa de Ló para "possuir" sexualmente os anjos de Deus que vieram para
seu resgate. A cidade foi destruída pela ira de Deus (Gn 19.10,11).”
Pr. Moisés Sampaio de Paula 46
O QUE MAIS A BÍBLIA DIZ?
• Torpeza, Paixões infames e Mudança do uso
natural, optando pelo que é contrário à natureza.
• O próprio homossexualismo é um pecado pessoal
como um castigo coletivo em resposta a uma
humanidade pervertida. A Bíblia diz que recebem
em si mesmos a recompensa de seu erro.
“Contrária à natureza” significa “simplesmente contra a
intenção de Deus para o comportamento sexual humano
que é explicitamente visível na natureza, na função
complementar dos órgãos sexuais e dos temperamentos do
macho e da fêmea”.
Pr. Moisés Sampaio de Paula 47
E O TRAVESTISMO?
• A Bíblia também é contra o travestismo, ou
seja um homem usar roupas de mulher e vice-
versa.
•
Deuteronômio 22:5 - Não haverá traje de
homem na mulher, e nem vestirá o homem
roupa de mulher; porque, qualquer que faz
isto, abominação é ao SENHOR teu Deus.
Pr. Moisés Sampaio de Paula 48
• Com base na Bíblia Sagrada, ensinemos às
nossas crianças, adolescentes e jovens, que
o sexo é permitido por Deus para o prazer
de um homem e uma mulher unidos pelo
matrimônio.
• O sexo fora ou antes do casamento é
pecado e contrário ao plano de Deus na
vida de um casal crente.
• Enquanto isso, prontifiquemo-nos a orar
pelas autoridades constituídas, para que
não instituam leis cujo único objetivo é
promover o pecado e destruir a família
tradicional
49Pr. Moisés Sampaio de Paula
2. Educando os jovens na Palavra de Deus.2. Educando os jovens na Palavra de Deus.
III. O SEXO QUE A BÍBLIA
CONDENA
Pense nisso!
• A postura da igreja
local é educar os seus
membros à luz da
Bíblia mostrando que
o homossexualismo é
pecado e como o
crente deve lidar com
essa questão
Pr. Moisés Sampaio de Paula 50
Pense nisso!
• O Senhor aborrece a
prática pecaminosa, mas
ama as pessoas, pois foi
por elas que o Senhor
Jesus morreu.
Pr. Moisés Sampaio de Paula 51
Conclusão
• O casamento, de acordo com a
Palavra de Deus, é monogâmico,
heterossexual e indissolúvel. E
não podemos fugir a esse padrão.
Quanto ao ato sexual, só é lícito
se praticado no casamento;
antes e fora do matrimônio é
pecado. Que sejamos, como
servos do Senhor, exemplo de
moderação, ética e, acima de
tudo, santidade e pureza em
todos os aspectos de nossa vida.
Pr. Moisés Sampaio de Paula 52
Pr. Moisés Sampaio de Paula 53

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O casamento bíblico
O casamento bíblicoO casamento bíblico
O casamento bíblico
Moisés Sampaio
 
O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,
Felicio Araujo
 
Propósito no namoro.
Propósito no namoro.Propósito no namoro.
Propósito no namoro.
Quenia Damata
 
Regeneração
RegeneraçãoRegeneração
Regeneração
Pr Neto
 
Sexo, defraudação e hedonismo
Sexo, defraudação e hedonismoSexo, defraudação e hedonismo
Sexo, defraudação e hedonismo
Rogério Nunes
 
Casais Inteligentes envelhecem Juntos
Casais Inteligentes envelhecem Juntos Casais Inteligentes envelhecem Juntos
Casais Inteligentes envelhecem Juntos
Ev,Israel Leandro
 
O cristão e a sexualidade
O cristão e a sexualidadeO cristão e a sexualidade
O cristão e a sexualidade
Luan Almeida
 
O que é Namoro para o Cristão
O que é Namoro para o CristãoO que é Namoro para o Cristão
O que é Namoro para o Cristão
Pregador Manasses
 
Palestra namoro
Palestra   namoroPalestra   namoro
Palestra namoro
Joel Silva
 
Lição 03 - A Oferta de Manjares
Lição 03 - A Oferta de ManjaresLição 03 - A Oferta de Manjares
Lição 03 - A Oferta de Manjares
Éder Tomé
 
01 genesis o livro da criação divina
01  genesis o livro da criação divina01  genesis o livro da criação divina
01 genesis o livro da criação divina
Márcio Martins
 
O sexo que os cristãos praticam
O sexo que os cristãos praticamO sexo que os cristãos praticam
O sexo que os cristãos praticam
Pr Ismael Carvalho
 
Sinais de alerta para o casal
Sinais de alerta para o casalSinais de alerta para o casal
Sinais de alerta para o casal
Pr Ismael Carvalho
 
O Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito SantoO Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito Santo
Quenia Damata
 
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Um amor abundante, um leito viçoso em pdf
Um amor abundante, um leito viçoso em pdfUm amor abundante, um leito viçoso em pdf
Um amor abundante, um leito viçoso em pdf
Pr Ismael Carvalho
 
Os dez mandamentos do Senhor
Os dez mandamentos do SenhorOs dez mandamentos do Senhor
Os dez mandamentos do Senhor
Moisés Sampaio
 
Família, criação de Deus
Família, criação de DeusFamília, criação de Deus
Família, criação de Deus
Moisés Sampaio
 
Os Desafios de uma Família Segundo o Coração de Deus
Os Desafios de uma Família Segundo o Coração de DeusOs Desafios de uma Família Segundo o Coração de Deus
Os Desafios de uma Família Segundo o Coração de Deus
IBMemorialJC
 
Melhorando o relacionamento conjugal
Melhorando o relacionamento conjugalMelhorando o relacionamento conjugal
Melhorando o relacionamento conjugal
Pr Ismael Carvalho
 

Mais procurados (20)

O casamento bíblico
O casamento bíblicoO casamento bíblico
O casamento bíblico
 
O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,
 
Propósito no namoro.
Propósito no namoro.Propósito no namoro.
Propósito no namoro.
 
Regeneração
RegeneraçãoRegeneração
Regeneração
 
Sexo, defraudação e hedonismo
Sexo, defraudação e hedonismoSexo, defraudação e hedonismo
Sexo, defraudação e hedonismo
 
Casais Inteligentes envelhecem Juntos
Casais Inteligentes envelhecem Juntos Casais Inteligentes envelhecem Juntos
Casais Inteligentes envelhecem Juntos
 
O cristão e a sexualidade
O cristão e a sexualidadeO cristão e a sexualidade
O cristão e a sexualidade
 
O que é Namoro para o Cristão
O que é Namoro para o CristãoO que é Namoro para o Cristão
O que é Namoro para o Cristão
 
Palestra namoro
Palestra   namoroPalestra   namoro
Palestra namoro
 
Lição 03 - A Oferta de Manjares
Lição 03 - A Oferta de ManjaresLição 03 - A Oferta de Manjares
Lição 03 - A Oferta de Manjares
 
01 genesis o livro da criação divina
01  genesis o livro da criação divina01  genesis o livro da criação divina
01 genesis o livro da criação divina
 
O sexo que os cristãos praticam
O sexo que os cristãos praticamO sexo que os cristãos praticam
O sexo que os cristãos praticam
 
Sinais de alerta para o casal
Sinais de alerta para o casalSinais de alerta para o casal
Sinais de alerta para o casal
 
O Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito SantoO Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito Santo
 
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
 
Um amor abundante, um leito viçoso em pdf
Um amor abundante, um leito viçoso em pdfUm amor abundante, um leito viçoso em pdf
Um amor abundante, um leito viçoso em pdf
 
Os dez mandamentos do Senhor
Os dez mandamentos do SenhorOs dez mandamentos do Senhor
Os dez mandamentos do Senhor
 
Família, criação de Deus
Família, criação de DeusFamília, criação de Deus
Família, criação de Deus
 
Os Desafios de uma Família Segundo o Coração de Deus
Os Desafios de uma Família Segundo o Coração de DeusOs Desafios de uma Família Segundo o Coração de Deus
Os Desafios de uma Família Segundo o Coração de Deus
 
Melhorando o relacionamento conjugal
Melhorando o relacionamento conjugalMelhorando o relacionamento conjugal
Melhorando o relacionamento conjugal
 

Destaque

A família e a sexualidade – lição 09 – para escola dominical
A família e a sexualidade – lição 09 – para escola dominicalA família e a sexualidade – lição 09 – para escola dominical
A família e a sexualidade – lição 09 – para escola dominical
yosseph2013
 
A Família Cristã e a Sexualidade
A Família Cristã e a Sexualidade A Família Cristã e a Sexualidade
A Família Cristã e a Sexualidade
yosseph2013
 
A familia e a ideologia de gênero
A familia e a ideologia de gêneroA familia e a ideologia de gênero
A familia e a ideologia de gênero
Cleonilson Freitas
 
Palestra seminario de casais 2015
Palestra seminario de casais 2015Palestra seminario de casais 2015
Palestra seminario de casais 2015
Junior Cesar Santiago
 
Trabalho sobre Sexualidade
Trabalho sobre SexualidadeTrabalho sobre Sexualidade
Trabalho sobre Sexualidade
Cocax8
 
Relacionamento uma questão de sobrevivência (powerpoint)
Relacionamento uma questão de sobrevivência (powerpoint)Relacionamento uma questão de sobrevivência (powerpoint)
Relacionamento uma questão de sobrevivência (powerpoint)
Ev Nelson Fernandes
 
Palestra - Hábitos dos casais felizes
Palestra - Hábitos dos casais felizesPalestra - Hábitos dos casais felizes
Palestra - Hábitos dos casais felizes
Pr Ismael Carvalho
 
Apostila palestra para casais
Apostila   palestra para casaisApostila   palestra para casais
Apostila palestra para casais
Construção Edificações
 
Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)
Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)
Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)
Alinebrauna Brauna
 
Culto Arena de Abril: Mundo ou santidade. Qual é a sua escolha? -- Ir. Antoni...
Culto Arena de Abril: Mundo ou santidade. Qual é a sua escolha? -- Ir. Antoni...Culto Arena de Abril: Mundo ou santidade. Qual é a sua escolha? -- Ir. Antoni...
Culto Arena de Abril: Mundo ou santidade. Qual é a sua escolha? -- Ir. Antoni...
arenajovemjb
 
Sexualidade e Desenvolvimento Humano
Sexualidade e Desenvolvimento HumanoSexualidade e Desenvolvimento Humano
Sexualidade e Desenvolvimento Humano
Eduardo Lucas Andrade
 
Aprendizado
AprendizadoAprendizado
Aprendizado
Eduardo Bessa
 
Calendário 2012 Escola Dominical
Calendário 2012 Escola DominicalCalendário 2012 Escola Dominical
Calendário 2012 Escola Dominical
ferrazrx
 
ESCOLA DOMINICAL
ESCOLA DOMINICALESCOLA DOMINICAL
ESCOLA DOMINICAL
Rafael Souza Melo Melo
 
Como Administrar Finanças Domesticas
Como Administrar Finanças DomesticasComo Administrar Finanças Domesticas
Como Administrar Finanças Domesticas
Gledson-Oliveira
 
Reavivamento e reforma no casamento - Ministério da Família, Igreja Adventista
Reavivamento e reforma no casamento  - Ministério da Família, Igreja AdventistaReavivamento e reforma no casamento  - Ministério da Família, Igreja Adventista
Reavivamento e reforma no casamento - Ministério da Família, Igreja Adventista
Igreja Adventista do Sétimo Dia
 
A familia e a sexualidade
A familia e a sexualidadeA familia e a sexualidade
A familia e a sexualidade
Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
 
Lição 7 - Deus convoca todos à santificação para a travessia do Jordão
Lição 7 - Deus convoca todos à santificação para a travessia do JordãoLição 7 - Deus convoca todos à santificação para a travessia do Jordão
Lição 7 - Deus convoca todos à santificação para a travessia do Jordão
Éder Tomé
 
Como ser feliz no casamento
Como ser feliz no casamentoComo ser feliz no casamento
Como ser feliz no casamento
Joab Duarte
 
LBJ LIÇÃO 6 - O PAPEL DO MARIDO NA FAMÍLIA
LBJ LIÇÃO 6 - O PAPEL DO MARIDO NA FAMÍLIALBJ LIÇÃO 6 - O PAPEL DO MARIDO NA FAMÍLIA
LBJ LIÇÃO 6 - O PAPEL DO MARIDO NA FAMÍLIA
Natalino das Neves Neves
 

Destaque (20)

A família e a sexualidade – lição 09 – para escola dominical
A família e a sexualidade – lição 09 – para escola dominicalA família e a sexualidade – lição 09 – para escola dominical
A família e a sexualidade – lição 09 – para escola dominical
 
A Família Cristã e a Sexualidade
A Família Cristã e a Sexualidade A Família Cristã e a Sexualidade
A Família Cristã e a Sexualidade
 
A familia e a ideologia de gênero
A familia e a ideologia de gêneroA familia e a ideologia de gênero
A familia e a ideologia de gênero
 
Palestra seminario de casais 2015
Palestra seminario de casais 2015Palestra seminario de casais 2015
Palestra seminario de casais 2015
 
Trabalho sobre Sexualidade
Trabalho sobre SexualidadeTrabalho sobre Sexualidade
Trabalho sobre Sexualidade
 
Relacionamento uma questão de sobrevivência (powerpoint)
Relacionamento uma questão de sobrevivência (powerpoint)Relacionamento uma questão de sobrevivência (powerpoint)
Relacionamento uma questão de sobrevivência (powerpoint)
 
Palestra - Hábitos dos casais felizes
Palestra - Hábitos dos casais felizesPalestra - Hábitos dos casais felizes
Palestra - Hábitos dos casais felizes
 
Apostila palestra para casais
Apostila   palestra para casaisApostila   palestra para casais
Apostila palestra para casais
 
Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)
Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)
Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)
 
Culto Arena de Abril: Mundo ou santidade. Qual é a sua escolha? -- Ir. Antoni...
Culto Arena de Abril: Mundo ou santidade. Qual é a sua escolha? -- Ir. Antoni...Culto Arena de Abril: Mundo ou santidade. Qual é a sua escolha? -- Ir. Antoni...
Culto Arena de Abril: Mundo ou santidade. Qual é a sua escolha? -- Ir. Antoni...
 
Sexualidade e Desenvolvimento Humano
Sexualidade e Desenvolvimento HumanoSexualidade e Desenvolvimento Humano
Sexualidade e Desenvolvimento Humano
 
Aprendizado
AprendizadoAprendizado
Aprendizado
 
Calendário 2012 Escola Dominical
Calendário 2012 Escola DominicalCalendário 2012 Escola Dominical
Calendário 2012 Escola Dominical
 
ESCOLA DOMINICAL
ESCOLA DOMINICALESCOLA DOMINICAL
ESCOLA DOMINICAL
 
Como Administrar Finanças Domesticas
Como Administrar Finanças DomesticasComo Administrar Finanças Domesticas
Como Administrar Finanças Domesticas
 
Reavivamento e reforma no casamento - Ministério da Família, Igreja Adventista
Reavivamento e reforma no casamento  - Ministério da Família, Igreja AdventistaReavivamento e reforma no casamento  - Ministério da Família, Igreja Adventista
Reavivamento e reforma no casamento - Ministério da Família, Igreja Adventista
 
A familia e a sexualidade
A familia e a sexualidadeA familia e a sexualidade
A familia e a sexualidade
 
Lição 7 - Deus convoca todos à santificação para a travessia do Jordão
Lição 7 - Deus convoca todos à santificação para a travessia do JordãoLição 7 - Deus convoca todos à santificação para a travessia do Jordão
Lição 7 - Deus convoca todos à santificação para a travessia do Jordão
 
Como ser feliz no casamento
Como ser feliz no casamentoComo ser feliz no casamento
Como ser feliz no casamento
 
LBJ LIÇÃO 6 - O PAPEL DO MARIDO NA FAMÍLIA
LBJ LIÇÃO 6 - O PAPEL DO MARIDO NA FAMÍLIALBJ LIÇÃO 6 - O PAPEL DO MARIDO NA FAMÍLIA
LBJ LIÇÃO 6 - O PAPEL DO MARIDO NA FAMÍLIA
 

Semelhante a A família e a sexualidade

Advertências contra o adultério
Advertências contra o adultérioAdvertências contra o adultério
Advertências contra o adultério
Moisés Sampaio
 
Lição 8 - Relacionamento sexual segundo a perspectiva cristã
Lição 8 - Relacionamento sexual segundo a perspectiva cristãLição 8 - Relacionamento sexual segundo a perspectiva cristã
Lição 8 - Relacionamento sexual segundo a perspectiva cristã
Éder Tomé
 
2013 - 2 tri - lição 9 - a família e a sexualidade
2013 - 2 tri - lição 9 - a família e a sexualidade2013 - 2 tri - lição 9 - a família e a sexualidade
2013 - 2 tri - lição 9 - a família e a sexualidade
Natalino das Neves Neves
 
A FamíLia Cristã
A FamíLia CristãA FamíLia Cristã
A FamíLia Cristã
renaapborges
 
Lição 09
Lição 09Lição 09
Lição 09
Ailton da Silva
 
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
Natalino das Neves Neves
 
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
Pastor Natalino Das Neves
 
Licao-03-A-Sutileza-da-Imoralidade-Sexual (1).pptx
Licao-03-A-Sutileza-da-Imoralidade-Sexual (1).pptxLicao-03-A-Sutileza-da-Imoralidade-Sexual (1).pptx
Licao-03-A-Sutileza-da-Imoralidade-Sexual (1).pptx
Laercio Fernandes
 
ocasamentobblico-130407155914-phpapp01.ppt
ocasamentobblico-130407155914-phpapp01.pptocasamentobblico-130407155914-phpapp01.ppt
ocasamentobblico-130407155914-phpapp01.ppt
MARCIO MARTINS SILVA
 
TEOLOGIA PASTORAL 2 (AULA 01 - MÉDIO CETADEB)
TEOLOGIA PASTORAL 2  (AULA 01 - MÉDIO CETADEB)TEOLOGIA PASTORAL 2  (AULA 01 - MÉDIO CETADEB)
TEOLOGIA PASTORAL 2 (AULA 01 - MÉDIO CETADEB)
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
CRISES EXISTENCIAIS NO CASAMENTO
CRISES EXISTENCIAIS NO CASAMENTOCRISES EXISTENCIAIS NO CASAMENTO
CRISES EXISTENCIAIS NO CASAMENTO
Wemerson Silva Mendes
 
Casamento e sexo
Casamento e sexoCasamento e sexo
Casamento e sexo
Pastor Robson Colaço
 
Relacionamento Sexual Segundo a Perspectiva Cristã_2019 LBJ 2 TRI Lição 8
Relacionamento Sexual Segundo a Perspectiva Cristã_2019 LBJ 2 TRI Lição 8Relacionamento Sexual Segundo a Perspectiva Cristã_2019 LBJ 2 TRI Lição 8
Relacionamento Sexual Segundo a Perspectiva Cristã_2019 LBJ 2 TRI Lição 8
Natalino das Neves Neves
 
Casamento biblico 2013
Casamento biblico 2013Casamento biblico 2013
Casamento biblico 2013
Neide Santos
 
A sexualidade do casal
A sexualidade do casalA sexualidade do casal
A sexualidade do casal
antonio ferreira
 
Lição 9 - Seja santo, fuja do pecado
Lição 9 - Seja santo, fuja do pecadoLição 9 - Seja santo, fuja do pecado
Lição 9 - Seja santo, fuja do pecado
Éder Tomé
 
O jovem e a sexualidade
O jovem e a sexualidadeO jovem e a sexualidade
O jovem e a sexualidade
Marcos Patricio Patricio
 
2013_2 tri - lição 2 - o casamento bíblico
2013_2 tri - lição 2 - o casamento bíblico2013_2 tri - lição 2 - o casamento bíblico
2013_2 tri - lição 2 - o casamento bíblico
Natalino das Neves Neves
 
Não adulterarás
Não adulterarásNão adulterarás
Não adulterarás
Moisés Sampaio
 
3º informativo web setembro de 2015
3º informativo web   setembro de 20153º informativo web   setembro de 2015
3º informativo web setembro de 2015
Pastor Marcello Rocha
 

Semelhante a A família e a sexualidade (20)

Advertências contra o adultério
Advertências contra o adultérioAdvertências contra o adultério
Advertências contra o adultério
 
Lição 8 - Relacionamento sexual segundo a perspectiva cristã
Lição 8 - Relacionamento sexual segundo a perspectiva cristãLição 8 - Relacionamento sexual segundo a perspectiva cristã
Lição 8 - Relacionamento sexual segundo a perspectiva cristã
 
2013 - 2 tri - lição 9 - a família e a sexualidade
2013 - 2 tri - lição 9 - a família e a sexualidade2013 - 2 tri - lição 9 - a família e a sexualidade
2013 - 2 tri - lição 9 - a família e a sexualidade
 
A FamíLia Cristã
A FamíLia CristãA FamíLia Cristã
A FamíLia Cristã
 
Lição 09
Lição 09Lição 09
Lição 09
 
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
 
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
 
Licao-03-A-Sutileza-da-Imoralidade-Sexual (1).pptx
Licao-03-A-Sutileza-da-Imoralidade-Sexual (1).pptxLicao-03-A-Sutileza-da-Imoralidade-Sexual (1).pptx
Licao-03-A-Sutileza-da-Imoralidade-Sexual (1).pptx
 
ocasamentobblico-130407155914-phpapp01.ppt
ocasamentobblico-130407155914-phpapp01.pptocasamentobblico-130407155914-phpapp01.ppt
ocasamentobblico-130407155914-phpapp01.ppt
 
TEOLOGIA PASTORAL 2 (AULA 01 - MÉDIO CETADEB)
TEOLOGIA PASTORAL 2  (AULA 01 - MÉDIO CETADEB)TEOLOGIA PASTORAL 2  (AULA 01 - MÉDIO CETADEB)
TEOLOGIA PASTORAL 2 (AULA 01 - MÉDIO CETADEB)
 
CRISES EXISTENCIAIS NO CASAMENTO
CRISES EXISTENCIAIS NO CASAMENTOCRISES EXISTENCIAIS NO CASAMENTO
CRISES EXISTENCIAIS NO CASAMENTO
 
Casamento e sexo
Casamento e sexoCasamento e sexo
Casamento e sexo
 
Relacionamento Sexual Segundo a Perspectiva Cristã_2019 LBJ 2 TRI Lição 8
Relacionamento Sexual Segundo a Perspectiva Cristã_2019 LBJ 2 TRI Lição 8Relacionamento Sexual Segundo a Perspectiva Cristã_2019 LBJ 2 TRI Lição 8
Relacionamento Sexual Segundo a Perspectiva Cristã_2019 LBJ 2 TRI Lição 8
 
Casamento biblico 2013
Casamento biblico 2013Casamento biblico 2013
Casamento biblico 2013
 
A sexualidade do casal
A sexualidade do casalA sexualidade do casal
A sexualidade do casal
 
Lição 9 - Seja santo, fuja do pecado
Lição 9 - Seja santo, fuja do pecadoLição 9 - Seja santo, fuja do pecado
Lição 9 - Seja santo, fuja do pecado
 
O jovem e a sexualidade
O jovem e a sexualidadeO jovem e a sexualidade
O jovem e a sexualidade
 
2013_2 tri - lição 2 - o casamento bíblico
2013_2 tri - lição 2 - o casamento bíblico2013_2 tri - lição 2 - o casamento bíblico
2013_2 tri - lição 2 - o casamento bíblico
 
Não adulterarás
Não adulterarásNão adulterarás
Não adulterarás
 
3º informativo web setembro de 2015
3º informativo web   setembro de 20153º informativo web   setembro de 2015
3º informativo web setembro de 2015
 

Mais de Moisés Sampaio

Jesus e o dinheiro
Jesus e o dinheiroJesus e o dinheiro
Jesus e o dinheiro
Moisés Sampaio
 
As limitações dos discípulos
As limitações dos discípulosAs limitações dos discípulos
As limitações dos discípulos
Moisés Sampaio
 
O poder de Jesus sobre a natureza e os demônios
O poder de Jesus sobre a natureza e os demôniosO poder de Jesus sobre a natureza e os demônios
O poder de Jesus sobre a natureza e os demônios
Moisés Sampaio
 
Poder sobre as doenças e morte
Poder sobre as doenças e mortePoder sobre as doenças e morte
Poder sobre as doenças e morte
Moisés Sampaio
 
Mulheres que ajudaram Jesus
Mulheres que ajudaram JesusMulheres que ajudaram Jesus
Mulheres que ajudaram Jesus
Moisés Sampaio
 
Jesus escolhe seus discípulos
Jesus escolhe seus discípulosJesus escolhe seus discípulos
Jesus escolhe seus discípulos
Moisés Sampaio
 
A tentação de Jesus
A tentação de JesusA tentação de Jesus
A tentação de Jesus
Moisés Sampaio
 
A infância de Jesus
A infância de JesusA infância de Jesus
A infância de Jesus
Moisés Sampaio
 
O nascimento de Jesus
O nascimento de JesusO nascimento de Jesus
O nascimento de Jesus
Moisés Sampaio
 
O evangelho segundo Lucas
O evangelho segundo LucasO evangelho segundo Lucas
O evangelho segundo Lucas
Moisés Sampaio
 
A igreja e a lei de Deus
A igreja e a lei de DeusA igreja e a lei de Deus
A igreja e a lei de Deus
Moisés Sampaio
 
9 - Cafarnaum
9 - Cafarnaum9 - Cafarnaum
9 - Cafarnaum
Moisés Sampaio
 
8 - Mar da Galiléia
8 - Mar da Galiléia8 - Mar da Galiléia
8 - Mar da Galiléia
Moisés Sampaio
 
Não cobiçarás
Não cobiçarásNão cobiçarás
Não cobiçarás
Moisés Sampaio
 
7- Tiberíades
7- Tiberíades7- Tiberíades
7- Tiberíades
Moisés Sampaio
 
6 meggido
6   meggido6   meggido
6 meggido
Moisés Sampaio
 
Não darás falso testemunho
Não darás falso testemunhoNão darás falso testemunho
Não darás falso testemunho
Moisés Sampaio
 
5 - Monte Carmelo
5 - Monte Carmelo5 - Monte Carmelo
5 - Monte Carmelo
Moisés Sampaio
 
4 - Haifa
4 - Haifa4 - Haifa
4 - Haifa
Moisés Sampaio
 
3 - Cesaréia Marítima
3 - Cesaréia Marítima3 - Cesaréia Marítima
3 - Cesaréia Marítima
Moisés Sampaio
 

Mais de Moisés Sampaio (20)

Jesus e o dinheiro
Jesus e o dinheiroJesus e o dinheiro
Jesus e o dinheiro
 
As limitações dos discípulos
As limitações dos discípulosAs limitações dos discípulos
As limitações dos discípulos
 
O poder de Jesus sobre a natureza e os demônios
O poder de Jesus sobre a natureza e os demôniosO poder de Jesus sobre a natureza e os demônios
O poder de Jesus sobre a natureza e os demônios
 
Poder sobre as doenças e morte
Poder sobre as doenças e mortePoder sobre as doenças e morte
Poder sobre as doenças e morte
 
Mulheres que ajudaram Jesus
Mulheres que ajudaram JesusMulheres que ajudaram Jesus
Mulheres que ajudaram Jesus
 
Jesus escolhe seus discípulos
Jesus escolhe seus discípulosJesus escolhe seus discípulos
Jesus escolhe seus discípulos
 
A tentação de Jesus
A tentação de JesusA tentação de Jesus
A tentação de Jesus
 
A infância de Jesus
A infância de JesusA infância de Jesus
A infância de Jesus
 
O nascimento de Jesus
O nascimento de JesusO nascimento de Jesus
O nascimento de Jesus
 
O evangelho segundo Lucas
O evangelho segundo LucasO evangelho segundo Lucas
O evangelho segundo Lucas
 
A igreja e a lei de Deus
A igreja e a lei de DeusA igreja e a lei de Deus
A igreja e a lei de Deus
 
9 - Cafarnaum
9 - Cafarnaum9 - Cafarnaum
9 - Cafarnaum
 
8 - Mar da Galiléia
8 - Mar da Galiléia8 - Mar da Galiléia
8 - Mar da Galiléia
 
Não cobiçarás
Não cobiçarásNão cobiçarás
Não cobiçarás
 
7- Tiberíades
7- Tiberíades7- Tiberíades
7- Tiberíades
 
6 meggido
6   meggido6   meggido
6 meggido
 
Não darás falso testemunho
Não darás falso testemunhoNão darás falso testemunho
Não darás falso testemunho
 
5 - Monte Carmelo
5 - Monte Carmelo5 - Monte Carmelo
5 - Monte Carmelo
 
4 - Haifa
4 - Haifa4 - Haifa
4 - Haifa
 
3 - Cesaréia Marítima
3 - Cesaréia Marítima3 - Cesaréia Marítima
3 - Cesaréia Marítima
 

Último

Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
FernandoCavalcante48
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
marcobueno2024
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 

Último (10)

Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 

A família e a sexualidade

  • 1. A FAMÍLIA E A SEXUALIDADE2º Trimestre de 2013 Lição 9
  • 2. TEXTO ÁUREO 2Pr. Moisés Sampaio de Paula "E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; macho e fêmea os criou" (Gn 1.27). "E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; macho e fêmea os criou" (Gn 1.27).
  • 3. VERDADE PRÁTICA 3Pr. Moisés Sampaio de Paula Apesar da grotesca e abominável exploração sexual que vitima o mundo atual, não podemos esquecer-nos dos princípios bíblicos que regem o relacionamento entre os sexos. Apesar da grotesca e abominável exploração sexual que vitima o mundo atual, não podemos esquecer-nos dos princípios bíblicos que regem o relacionamento entre os sexos.
  • 4. OBJETIVOS • Após esta aula, o aluno deverá estar apto a: • Identificar algumas questões importantes sobre a sexualidade. • Reconhecer o valor da pureza sexual antes do casamento. • Compreender o que a Bíblia ensina sobre a homossexualidade 4Pr. Moisés Sampaio de Paula
  • 5. Palavra chave 5Pr. Moisés Sampaio de Paula
  • 6. I. QUESTÕES SOBRE A SEXUALIDADE 1. Um mundo dominado pelo erotismo. 2. Fornicação é pecado. 3. Prazer no casamento. II.O VALOR DA PUREZA SEXUAL ANTES DO CASAMENTO 1. No Antigo Testamento. 2. Em o Novo Testamento. III. O SEXO QUE A BÍBLIA CONDENA 1. A prática do homossexualismo. 2. Educando os jovens na Palavra de Deus. I. QUESTÕES SOBRE A SEXUALIDADE 1. Um mundo dominado pelo erotismo. 2. Fornicação é pecado. 3. Prazer no casamento. II.O VALOR DA PUREZA SEXUAL ANTES DO CASAMENTO 1. No Antigo Testamento. 2. Em o Novo Testamento. III. O SEXO QUE A BÍBLIA CONDENA 1. A prática do homossexualismo. 2. Educando os jovens na Palavra de Deus. Esboço da Lição 6Pr. Moisés Sampaio de Paula
  • 7. Pense nisso! • Por muito tempo era tabu falar sobre a sexualidade na Igreja Evangélica. Muito se avançou neste sentido, mas sabemos que o assunto ainda é necessário e precisa ser desenvolvido com propriedade e seriedade. Pr. Moisés Sampaio de Paula 7
  • 8. • Sabemos que o sexo foi criado por Deus com um propósito elevado, nobre e saudável. No entanto, desde a Queda, a sexualidade vem sendo deturpada de modo irresponsável, pecaminoso e grotesco. Assim, por ser também um tema bíblico, tal assunto deve ser abordado na Escola Dominical. O objetivo desta lição é ajudar às famílias, proporcionando-lhes uma visão bíblica e ortodoxa a respeito deste assunto. Afinal, como Igreja de Cristo, temos de ser santos em toda a nossa maneira de ser. 8Pr. Moisés Sampaio de Paula INTRODUÇÃO
  • 9. I. QUESTÕES SOBRE A SEXUALIDADE 9Pr. Moisés Sampaio de Paula Vivemos numa sociedade dominada pelo erotismo e pela sexualidade distorcida que nada tem com a ética cristã. 1. Um mundo dominado pelo erotismo. 2. Fornicação é pecado. 3. Prazer no casamento. 1. Um mundo dominado pelo erotismo. 2. Fornicação é pecado. 3. Prazer no casamento.
  • 10. • Vivemos numa sociedade marcada por um erotismo tão maligno e ímpio, que não poupa sequer as crianças. • Nossas famílias, principalmente as crianças, estão sendo expostas à exploração do sexo de modo intenso e irresponsável. • O sexo em si não é pecaminoso, pois foi Deus quem o criou. O Diabo, porém, encarregou-se de transformá-lo em algo vergonhoso e vil. 10Pr. Moisés Sampaio de Paula 1. Um mundo dominado pelo erotismo.1. Um mundo dominado pelo erotismo. I. QUESTÕES SOBRE A SEXUALIDADE
  • 11. • Eis porque temos de educar nossas crianças e jovens segundo os princípios da Palavra de Deus, para que não sejam destruídos. • Infelizmente há cristãos, inclusive obreiros, que, utilizando-se indevidamente da internet tornam-se vítimas da pornografia. O fácil acesso a esse tipo de material vem roubando a alegria da salvação de muita gente . Portanto, tomemos cuidado com o que vemos no computador (leia Sl 101.3). 11Pr. Moisés Sampaio de Paula 1. Um mundo dominado pelo erotismo.1. Um mundo dominado pelo erotismo. I. QUESTÕES SOBRE A SEXUALIDADE
  • 12. • Não querendo Deus que o homem vivesse só, deu-lhe uma esposa (Gn 2.18). Por isso, o Cântico dos Cânticos de Salomão exalta o relacionamento sexual não entre solteiros, mas entre um homem e uma mulher devidamente casados (Ct 4.1-12; Ef 5.22-25). Isso significa que o sexo antes ou fora do casamento desagrada a Deus. E quem vive na prática do pecado não herdará o Reino de Deus (Ef 5.5). 12Pr. Moisés Sampaio de Paula 2. Fornicação é pecado.2. Fornicação é pecado. I. QUESTÕES SOBRE A SEXUALIDADE
  • 13. Pense nisso! • Os cristãos devem entender que o sexo no âmbito do casamento expressa a vontade de Deus para um matrimônio feliz Pr. Moisés Sampaio de Paula 13
  • 14. • Muita gente acha que o relacionamento sexual entre marido e mulher tem como único objetivo a procriação. Isso é um erro. • Na Bíblia, encontramos vários textos que incentivam o casal a desfrutar das alegrias conjugais. Em Provérbios 5.18-23, os cônjuges são exortados a usufruírem da intimidade matrimonial. • Por outro lado, o homem é advertido contra "a mulher estranha", a adúltera. • Em seguida, é incentivado a valorizar a união matrimonial e santa, exaltando sempre a monogamia, a fidelidade e o amor (Ec 9.9; Ct 4.1-12; 7.1-9). 14Pr. Moisés Sampaio de Paula 3. Prazer no casamento.3. Prazer no casamento. I. QUESTÕES SOBRE A SEXUALIDADE
  • 15. Para ter vida sexual satisfatória, é preciso... • A mulher, embora dotada de impulsos equivalentes, tem reação mais lenta e não é tão impulsionada pelos estímulos visuais; para ela, são mais significativos os gestos, o romantismo e as palavras. • Quando o homem e a mulher têm consciência das diferentes necessidades um do outro e procuram supri-las, então, o sexo torna-se satisfatório para os dois.Pr. Moisés Sampaio de Paula 15 • Conhecimento das diferentes respostas sexuais - Homens e mulheres são diferentes na forma como reagem aos estímulos sexuais. Para o homem, o desejo sexual está ligado ao acúmulo de líquido seminal, que traz consigo a necessidade física de eliminação. Por isso, o impulso sexual masculino é forte e constante. O homem também, mais do que a mulher, é atraído por aquilo que vê.
  • 16. Para ter vida sexual satisfatória, é preciso... Saber como os orgãos sexuais são e como funcionam – Ele e ela devem conhecer: a) as fases do ato sexual, como excitação, entrega, orgasmo e declinação; b) o que muda em cada fase; e c) como conseguir que, do princípio ao fim, a satisfação seja plena para os dois. Procure se informar de fontes sadias, conselheiros confiáveis e bons livros, escritos por autores sérios. Pr. Moisés Sampaio de Paula 16
  • 17. Para manter a chama viva... Para manter os sentimentos ternos e românticos que embelezam a vida sexual, você pode fazer duas coisas: 1) Acentuar o aspecto positivo: a) Cultivem o amor físico, separando tempo para estar juntos e em privacidade; b) Cuidado com a aparência física. Ela demonstra apreço pela opinião do(a) parceiro(a) e respeito por si mesmo(a); c) Conversem acerca das necessidades individuais, procurando o bem um do outro. d) Manifestem carinho físico não sexual. Pr. Moisés Sampaio de Paula 17
  • 18. Para manter a chama viva... 2) Eliminar o aspecto negativo: a) Os sentimentos de hostilidade, a amargura e as expectativas irreais quanto ao seu cônjuge, para não impedir que o relacionamento se desenvolva. b) As ações negativas como o excesso de atividades que provocam cansaço (as que podem ser eliminadas) e de tempo na frente da TV (esse hábito tem um efeito anestesiante e leva à inércia). Pessoas exaustas, confusas ou apáticas dificilmente gozam um bom relacionamento sexual. c) O estímulo de fantasias extraconjugais. Pr. Moisés Sampaio de Paula 18
  • 19. Pense nisso! • Pessoas mal resolvidas na sua sexualidade podem ter sérios problemas conjugais. É importante desconstruir a ideia de que o sexo é pecaminoso. Pr. Moisés Sampaio de Paula 19
  • 20. Pr. Moisés Sampaio de Paula 20
  • 21. Uma pergunta Pr. Moisés Sampaio de Paula 21 Qual o valor da pureza sexual antes do casamento? Qual o valor da pureza sexual antes do casamento?
  • 22. II.O VALOR DA PUREZA SEXUAL ANTES DO CASAMENTO 22Pr. Moisés Sampaio de Paula No Antigo e em o Novo testamento, a pureza sexual de um jovem é exaltada e valorizada. 1. No Antigo Testamento. 2. Em o Novo Testamento. 1. No Antigo Testamento. 2. Em o Novo Testamento.
  • 23. • A Bíblia exalta a pureza na vida de um jovem (Sl 119.9-11). Aliás, esse texto é indispensável a todo servo de Deus. As leis sobre a castidade eram rigorosas. • Se uma jovem, por exemplo, tivesse relações sexuais antes do casamento era apedrejada até à morte (Dt 22.20,21), • O sacerdote só poderia se casar com uma virgem (lv 21.13,14), demostrando que em Israel, a virgindade era necessária e valorizada por todos (Gn 34.7). 23Pr. Moisés Sampaio de Paula 1. No Antigo Testamento.1. No Antigo Testamento. II.O VALOR DA PUREZA SEXUAL ANTES DO CASAMENTO
  • 24. • Doutrinando os coríntios sobre a fidelidade a Cristo, Paulo faz alusão ao valor da virgindade: "Porque estou zeloso de vós com zelo de Deus; porque vos tenho preparado para vos apresentar como uma virgem pura a um marido, a saber, a Cristo" (2 Co 11.2). Por conseguinte, a pureza sexual em o Novo testamento é tanto para o homem quanto para a mulher. Ambos devem manter-se castos e virgens até o casamento. 24Pr. Moisés Sampaio de Paula 2. Em o Novo Testamento.2. Em o Novo Testamento. II.O VALOR DA PUREZA SEXUAL ANTES DO CASAMENTO
  • 25. Uma Pergunta • O sexo antes e fora do casamento é pecado (Êx 20.14; 1 ts 4.3). Pr. Moisés Sampaio de Paula 25 Sendo o casamento tão importante, seria certo praticar sexo antes para sabermos se dará certo depois?
  • 26. 1. A primeira relação sexual determina os rumos que tomarão a nossa vida sexual e nosso patrimônio emocional, por isso que essa experiência é tão marcante. 2. Um jovem que se mantêm virgem para o casamento tem grandes possibilidades de sucesso na sua vida emocional e afetiva. 3. A sua experiência sexual, com certeza vai ser mais prazerosa, pois não vai haver comparações com experiências anteriores. O risco do adultério não vai estar ausente, é obvio, mas prazer sexual para este indivíduo, não será na variedade sexual. Pr. Moisés Sampaio de Paula 26 VIRGINDADE
  • 27. 4. A virgindade garante uma grande possibilidade de sucesso na fidelidade conjugal e estabilidade emocional; a promiscuidade sexual é uma programação do cérebro para o prazer na diversidade, ou na furtividade emocional. 5. Os estímulos e o nível de prazer oferecidos irão dopar a pessoa a um nível viciante, e se for uma única pessoa estabelece-se a fidelidade, dai a importância da primeira relação sexual. Caso ocorram várias relações furtivas e com pessoas diferentes surge o mecanismo da promiscuidade. Ver mais: Pr. Moisés Sampaio de Paula 27 VIRGINDADE • E a virgindade, tanto do rapaz, quanto da moça, continua a ser muito importante aos olhos de Deus. • E a virgindade, tanto do rapaz, quanto da moça, continua a ser muito importante aos olhos de Deus. http://palestrante.blogspot.com.br/2007/01/virgindade-masculina.html http://palestrante.blogspot.com.br/2007/01/virgindade-feminina.html
  • 28. O valor da virgindade Pr. Moisés Sampaio de Paula 28
  • 29. Algumas perguntas O homossexualismo é pecado?O homossexualismo é pecado? Pr. Moisés Sampaio de Paula 29 Como a igreja deve lidar com o homossexualismo? Como a igreja deve lidar com o homossexualismo? Como deve ser o nosso relacionamento pessoal com um homossexual (na escola, no trabalho, etc.)?" Como deve ser o nosso relacionamento pessoal com um homossexual (na escola, no trabalho, etc.)?"
  • 30. III. O SEXO QUE A BÍBLIA CONDENA 30Pr. Moisés Sampaio de Paula A união heterossexual é o único modelo de casamento aprovado por Deus. Tal verdade condena o homossexualismo 1. A prática do homossexualismo. 2. Educando os jovens na Palavra de Deus. 1. A prática do homossexualismo. 2. Educando os jovens na Palavra de Deus.
  • 31. • De acordo com o Dicio nário Houaiss, homossexualismo é a prática amorosa ou sexual entre indivíduos do mesmo sexo. O que a Bíblia tem a dizer sobre esse assunto? 31Pr. Moisés Sampaio de Paula 1. A prática do homossexualismo.1. A prática do homossexualismo. III. O SEXO QUE A BÍBLIA CONDENA
  • 32. • No princípio, o Criador não uniu dois "machos" nem duas "fêmeas". A Bíblia é clara: "E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; macho e fêmea os criou" (Gn 1.27). Mais adiante, acrescenta o texto bíblico: "E disse o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma adjutora que esteja como diante dele" (Gn 2.18). Tais passagens mostram que Deus criou apenas dois gêneros bem distintos: homem e mulher. Isto significa que o homossexualismo é pecado. 32Pr. Moisés Sampaio de Paula 1. A prática do homossexualismo.1. A prática do homossexualismo. III. O SEXO QUE A BÍBLIA CONDENA
  • 33. • Não resta dúvida! É um pecado de tal forma abominável que até mesmo o dinheiro proveniente de tal prática não deve ser introduzido na Casa de Deus: "Não trarás salário de prostituição nem preço de sodomita à Casa do Senhor, teu Deus, por qualquer voto; porque uma e outra coisa são igualmente abomináveis ao Senhor, teu Deus" (Dt 23.18 - ARA). • Cumpre ressaltar, aqui, que não admitimos qualquer tipo de violência contra os homossexuais. Mesmo porque, cumpre- nos ganhá-los para Jesus. E, graças a Deus, há muitos ex-homossexuais que, hoje, servem fielmente ao Senhor (1 Co 6.11). 33Pr. Moisés Sampaio de Paula 1. A prática do homossexualismo.1. A prática do homossexualismo. III. O SEXO QUE A BÍBLIA CONDENA
  • 34. Homossexualísmo- DEFINIÇÃO • A Homossexualidade, também chamada de homossexualismo • Vem do grego antigo: – μός (homos), igual + latim sexus = sexo)ὁ • Refere-se à característica onde uma pessoa sente atração sexual por outra pessoa do mesmo sexo . • Pode também ser caracterizada pelo desejo de ser ou pela decisão por se comportar como uma pessoa do sexo oposto. Pr. Moisés Sampaio de Paula 34
  • 35. Orientação Sexual • A orientação sexual pode se apresentar da seguinte forma: Heterossexualidade Homossexualidade Bissexualidade Atração sexual por pessoas do sexo oposto Atração sexual por pessoas do mesmo sexo Atração sexual por pessoas tanto do mesmo sexo quanto do sexo oposto Pr. Moisés Sampaio de Paula 35
  • 36. COMPORTAMENTO SEXUAL FORA DO PLANO DE DEUS • O Sexo é uma benção exclusiva do casamento • Deus criou a sexualidade e colocou os instintos em nós, para a satisfação do casal em santo sexo e senso de realização. • Deus não planejou um sexo pervertido, barateado e comercializado, mas um santo sexo que fica bom com o tempo, com o casal mais amadurecido no amor e nas artes amorosas. Práticas sexuais fora do padrão bíblico Definição Homem com ele mesmo MASTURBAÇÃO(FORNICAÇÃO/ADUL TÉRIO) Solteiro + solteiro FORNICAÇÃO Solteiro + casado ADULTÉRIO Homem + animal BESTIALISMO Homem + homem HOMOSSEXUALISMO Pr. Moisés Sampaio de Paula 36
  • 37. Causas - Fatores Familiares • Uma mãe dominante e um pai apagado. Ela é opressora e impede o desenvolvimento do marido . Já o filho não encontra no pai facilidade de identificação. • Uma supermãe que é tão envolvente que para o filho só há uma mulher. E por causa das severas proibições ela é vista como uma assexuada. • A mãe frustrada no seu casamento com o marido incute nas filhas que homem nenhum não presta. • Um superpai que exige do filho uma virilidade acima das suas capacidades. Os pais que desejando uma filha, nasce um filho • Descaso dos pais quanto ao comportamento dos filhos Pr. Moisés Sampaio de Paula 37
  • 38. Causas – Fatores Sociais • O unissexismo ocorre na forma de segregação ou igualitarismo quando pessoas do mesmo sexo são isoladas. Por exemplo, as cadeias, internatos, navios etc. • O Anarquismo foi uma forma praticada pelos intelectuais anárquicos que defendiam a abolição de qualquer autoridade organizada. • A Sedução por adultos quando um menor não estando preparado psicologicamente se mete com uma parceira adulta ficando depois traumatizado apesar do prazer e se refugia em buscar a vivência sexual menos angustiante. • A Influência do meio quando a convivência em um grupo afeta o comportamento individual Pr. Moisés Sampaio de Paula 38
  • 39. Causas – Fatores Espirituais • Em meio aos outros fatores, com toda certeza existe a ação do mal. Quer seja pelo: • Sistema mundano que tende a dizer que isso é normal e que não aceitar é “Homofobísmo”, • Influência direta do inimigo através da sugestão, tentação, influencia, opressão ou até mesmo pela possessão. • Pela própria ação da natureza caída do homem que o afasta de Deus. Pr. Moisés Sampaio de Paula 39
  • 40. Relato Bíblico mais antigo (Gênesis 19:1-11) • 1 - E VIERAM os dois anjos a Sodoma à tarde, e estava Ló assentado à porta de Sodoma; e vendo-os Ló, levantou-se ao seu encontro e inclinou-se com o rosto à terra;... 4 - E antes que se deitassem, cercaram a casa, os homens daquela cidade, os homens de Sodoma, desde o moço até ao velho; todo o povo de todos os bairros. 5 - E chamaram a Ló, e disseram-lhe: Onde estão os homens que a ti vieram nesta noite? Traze-os fora a nós, para que os conheçamos. • 6 - Então saiu Ló a eles à porta, e fechou a porta atrás de si, 7 - E disse: Meus irmãos, rogo-vos que não façais mal; 8 - Eis aqui, duas filhas tenho, que ainda não conheceram homens; fora vo- las trarei, e fareis delas como bom for aos vossos olhos; somente nada façais a estes homens, porque por isso vieram à sombra do meu telhado. Pr. Moisés Sampaio de Paula 40
  • 41. O PADRÃO DIVINO PARA A SEXUALIDADE (MC 10:7,8 E 1 CO 6:16) • (Marcos 10:7,8) - Por isso deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á a sua mulher, e serão os dois uma só carne; e assim já não serão dois, mas uma só carne. • (I Corintios 6:16)- Ou não sabeis que o que se ajunta com a meretriz, faz-se um corpo com ela? Porque serão, disse, dois numa só carne. Pr. Moisés Sampaio de Paula 41
  • 42. O resultado que agrada a Deus O Padrão Divino Resultado que agrada a Deus Um homem para uma mulher um ser (uma só carne) Pr. Moisés Sampaio de Paula 42
  • 43. Ohomossexualismo QUE A BÍBLIA DIZ? Novo Test. 1 • "Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus? Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus. E é o que alguns têm sido; mas haveis sido lavados, mas haveis sido santificados, mas haveis sido justificados em nome do Senhor Jesus, e pelo Espírito do nosso Deus" (1 Co 6.9-11). Pr. Moisés Sampaio de Paula
  • 44. Homossexualismo O QUE A BÍBLIA DIZ? Novo Test. 2 • Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia, Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus. (Gálatas 5:19-21) • (A lei é) Para os devassos, para os sodomitas, para os roubadores de homens, para os mentirosos, para os perjuros, e para o que for contrário à sã doutrina, (1 Timóteo 1:10) Pr. Moisés Sampaio de Paula
  • 45. • "Pelo que Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza. E, semelhantemente, também os varões, deixando o usos natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro. E, como eles se não importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convém" (Rm 1.26-28). Homossexualismo O QUE A BÍBLIA DIZ? Novo Test. 3 Pr. Moisés Sampaio de Paula
  • 46. QUAL O PROBLEMA ? • A Bíblia diz que tal pecado é abominável diante do Senhor. A palavra abominação significa intensa repulsa, pessoa ou coisa abominável, detestável, execrável. “ As cidades de Sodoma e Gomorra foram destruídas por causa do seu pecado. E o pecado que se destaca foi o homossexualismo, a ponto de se tornar, até hoje, o adjetivo denominado "sodomia". Sabe-se que este pecado era tão dominante que os homens de Sodoma queriam invadir a casa de Ló para "possuir" sexualmente os anjos de Deus que vieram para seu resgate. A cidade foi destruída pela ira de Deus (Gn 19.10,11).” Pr. Moisés Sampaio de Paula 46
  • 47. O QUE MAIS A BÍBLIA DIZ? • Torpeza, Paixões infames e Mudança do uso natural, optando pelo que é contrário à natureza. • O próprio homossexualismo é um pecado pessoal como um castigo coletivo em resposta a uma humanidade pervertida. A Bíblia diz que recebem em si mesmos a recompensa de seu erro. “Contrária à natureza” significa “simplesmente contra a intenção de Deus para o comportamento sexual humano que é explicitamente visível na natureza, na função complementar dos órgãos sexuais e dos temperamentos do macho e da fêmea”. Pr. Moisés Sampaio de Paula 47
  • 48. E O TRAVESTISMO? • A Bíblia também é contra o travestismo, ou seja um homem usar roupas de mulher e vice- versa. • Deuteronômio 22:5 - Não haverá traje de homem na mulher, e nem vestirá o homem roupa de mulher; porque, qualquer que faz isto, abominação é ao SENHOR teu Deus. Pr. Moisés Sampaio de Paula 48
  • 49. • Com base na Bíblia Sagrada, ensinemos às nossas crianças, adolescentes e jovens, que o sexo é permitido por Deus para o prazer de um homem e uma mulher unidos pelo matrimônio. • O sexo fora ou antes do casamento é pecado e contrário ao plano de Deus na vida de um casal crente. • Enquanto isso, prontifiquemo-nos a orar pelas autoridades constituídas, para que não instituam leis cujo único objetivo é promover o pecado e destruir a família tradicional 49Pr. Moisés Sampaio de Paula 2. Educando os jovens na Palavra de Deus.2. Educando os jovens na Palavra de Deus. III. O SEXO QUE A BÍBLIA CONDENA
  • 50. Pense nisso! • A postura da igreja local é educar os seus membros à luz da Bíblia mostrando que o homossexualismo é pecado e como o crente deve lidar com essa questão Pr. Moisés Sampaio de Paula 50
  • 51. Pense nisso! • O Senhor aborrece a prática pecaminosa, mas ama as pessoas, pois foi por elas que o Senhor Jesus morreu. Pr. Moisés Sampaio de Paula 51
  • 52. Conclusão • O casamento, de acordo com a Palavra de Deus, é monogâmico, heterossexual e indissolúvel. E não podemos fugir a esse padrão. Quanto ao ato sexual, só é lícito se praticado no casamento; antes e fora do matrimônio é pecado. Que sejamos, como servos do Senhor, exemplo de moderação, ética e, acima de tudo, santidade e pureza em todos os aspectos de nossa vida. Pr. Moisés Sampaio de Paula 52
  • 53. Pr. Moisés Sampaio de Paula 53