SlideShare uma empresa Scribd logo
Vencendo as tentações
Apresentação
Edilson José Barbosa
ESTUDO
BÍBLICO 69
O que diz a palavra de Deus.
“ Porque não faço o bem que prefiro,
mas o mal que não quero, esse faço. ”
(Romanos 7.19)
Vamos pensar um pouco
• Quem nunca foi tentado?
•As tentações existem, mas como elas são?
De onde elas vem e como elas se
manifestam?
•Porque caímos em tentações?
•É possível estar seguro das tentações?
•Quem pode nos ajudar a vencê-las?
As vezes fazemos coisas até mesmo
contra a nossa vontade. Facilmente
somos influenciados e levados por
maus pensamentos e caímos em
tentações. Existem pessoas que
tomam atitudes repentinas e mais
tarde se arrependem e outras nem
sempre. A culpa é nossa ou existe
algum poder superior agindo sobre
nós?
A palavra diz: Efésios 6:13-18
"Por esse motivo, vesti toda a armadura de Deus, a fim de que
possais resistir firmemente no dia mau e, havendo batalhado
até o final, permanecereis inabaláveis, sem retroceder. Estai,
portanto, firmes, trazendo em volta da cintura a verdade e
vestindo a couraça da justiça, calçando os vossos pés com a
proteção do Evangelho da paz; embraçando sempre o escudo
da fé, com o qual podereis apagar todas as setas inflamadas do
Maligno. Usai igualmente o capacete da salvação e a espada do
Espírito, que é a Palavra de Deus. Usai igualmente o capacete
da salvação e a espada do Espírito, que é a Palavra de Deus.
Orai no Espírito em todas as circunstâncias, com toda petição
e humilde insistência. Tendo isso em mente, vigiai com toda a
perseverança na oração por todos os santos."
Vencendo as  tentações.ppsx
O que significa tentação?
É um estímulo ou indução a um ato
que pareça atraente, ainda que seja
inapropriado ou contradiz alguma
norma ou convenção social. A
tentação está presente no objeto
de desejo ou no modo como este é
apresentado.
E se cairmos em tentações?
•Perdemos a condição de ser abençoados.
•Nossa mente é dominada e perdemos força.
•Coisas ruins começam a acontecer, sem que
percebamos as causas.
•Nossa fé em Deus é abalada.
•Nossas orações não chegam ao Senhor.
•Nossa vida entra em desespero.
• Perdemos em nossas convicções.
•Deus se afasta e você agora está sozinho.
•Perdemos a segurança e mergulhamos no pecado.
Contextualizando
Quem aqui não tem pelo menos
uma fraqueza? Todos nós . Mesmo
que busquemos a Deus, as
fraquezas estão sempre diante de
nós. A Bíblia chama isso de guerra
do espírito contra a carne .
Vitórias contra as tentações
Mas será que existe algo que
facilite nossa luta e vitória contra
as tentações da carne e nos
ajude a vencer e agradar a
Deus?
1: Admita sua fraqueza
Alguns fingem que elas não
existem. Que elas não são fortes o
suficientes, até que são derrubados
por elas. Por um tempo ficam
“espertos”, mas logo ignoram
novamente sua fraqueza e caem
novamente.
2: Não faça da fraqueza uma
desculpa para pecar
Alguns dizem: Eu caí porque “a
carne é fraca”; Essa é a forma
negativa e incorreta de interpretar
a orientação de Jesus. Ele quer
que sejamos conscientes e mais
cuidadosos.
Não vencemos as tentações por
milagres.
Não vencemos as tentações
apenas pelas nossas próprias
forças.
3: A vitória contra as tentações é
uma parceria entre Deus e você.
O que diz a palavra de Deus
“ Vigiai e orai, para que
não entreis em tentação”
(Mateus 26.41)
Interpretando a palavra
“VIGIAI” pressupõe uma atitude nossa, a nossa
parte.
“ORAI” pressupõe algo que confiamos ao poder
de Deus, a parte de Deus.
Isso é uma parceria que, se levada a sério,
funciona perfeitamente contra as
tentações.
Jesus sendo tentado no
deserto.
Foi a parceria vista na vida de
Jesus Cristo.
Diga não recebo as mensagens tentadoras.
Diga não ao consumismo.
Diga não a uma falsa amizade.
Diga não aos programas tendenciosos.
Diga não a pornografia.
Diga não as bebidas fortes.
Diga não as drogas.
Diga não aos comportamentos inadequados.
Diga não a todo tipo de atitude que Deus
reprova.
4: Faça sua parte
E você? Está sendo vencido?
•Está cedendo às tentações .
•A maioria tenta entender; a buscar
uma solução. Se esforçam mudando
hábitos, fechando brechas, e mudando
o estilo de vida, mas não conseguem.
Analisando nossa vida
Somos seres racionais, precisamos avaliar
cuidadosamente as possibilidades e porquês.
•Por que cedemos as tentações e pecamos?
•Por que caímos sempre no mesmo pecado?
•Por que estamos tão fracos?
•Será que gostamos de sofrer?
•Porque passar por desespero, se sabemos
que é melhor resistir?
Muitas pessoas desconfiam se Deus
realmente está agindo a favor delas.
Precisamos exercer a fé e as
práticas espirituais. Jesus mandou
orarmos. Isso pressupõe fé e
relacionamento com o Deus que
age nos ajudando.
5- Será que Deus fará a
parte dele?
“Não vos sobreveio tentação que não
fosse humana; mas Deus é fiel e não
permitirá que sejais tentados além
das vossas forças; pelo contrário,
juntamente com a tentação, vos
proverá livramento, de sorte que a
possais suportar.”
(1 Coríntios 10.13)
O que diz a palavra de Deus
Muitas pessoas estão muito
machucadas devido a anos em guerra
contra as tentações. Algumas desistem.
6: DÊ O PRIMEIRO PASSO
Porém, Deus nos chama a sermos
santos; a levantar a cabeça e ser contra
a tudo que fira nossa santidade.
•Comece a vigiar e a orar mais.
•Tome atitudes concretas diante da
tentação.
•Seja como um soldado diante do
inimigo.
Muitos têm recaídas, talvez por
descuido ou por outro motivo. Se
acontecer com você busque o perdão de
Deus. Seu empenho, Ele sabe. Entre
novamente na guerra, mas agora mais
revigorado para não mais cair nas
mesmas tentações.
7: NÃO DESISTA SE PERDER
A BATALHA
“Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e
ele fugirá de vós.” Tiago 4:7
Nos braços do meu Deus eu vou seguro,
pela força do seu poder, eu sei que
estarei em paz . Amém
Irmãos lutar contra as tentações e se ver rendido a ela é
terrível. Nós que somos cristãos, nos sentimos arrasados por
termos feito algo contra a vontade de Deus. Quando caímos em
tentação certamente estamos pecando. Neste exato momento
muitas pessoas dizem que não conseguem se arrepender do
pecado que cometeram pois tiveram prazer nele. Irmãos, ter
prazer no pecado acontece. Nossa carne busca se alimentar dos
prazeres e até gostamos. Pense por um instante. Cair em
tentação muitas vezes é comum ao homem, mas precisamos
ser humildes o suficiente para reconhecer a queda e lutar para
não cair novamente. Se você cometeu algo contra Deus e
arrependa-se já em oração, porque um pecado puxa o outro e
abre uma brecha que pode ser utilizada pelo inimigo contra
você. Volte-se de imediato pra Deus pois Ele está pronto para
te perdoar e te receber em Seus braços e te proteger de todas
a tentações. Pense nisso.
Vencendo as  tentações.ppsx
Vencendo as  tentações.ppsx

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A vida do novo convertido
A vida do novo convertidoA vida do novo convertido
A vida do novo convertido
Igreja Evangélica Assembleia de Deus
 
INTIMIDADE COM DEUS
INTIMIDADE COM DEUSINTIMIDADE COM DEUS
Lição 1 - A formação do caráter do cristão
Lição 1 - A formação do caráter do cristãoLição 1 - A formação do caráter do cristão
Lição 1 - A formação do caráter do cristão
Erberson Pinheiro
 
estudo biblico
estudo biblicoestudo biblico
estudo biblico
valmarques
 
Lição 1- As obras da carne e o fruto do espírito
Lição 1- As obras da carne e o fruto do espíritoLição 1- As obras da carne e o fruto do espírito
Lição 1- As obras da carne e o fruto do espírito
Erberson Pinheiro
 
Lição 12 – Vivendo em Constante Vigilância
Lição 12 – Vivendo em Constante VigilânciaLição 12 – Vivendo em Constante Vigilância
Lição 12 – Vivendo em Constante Vigilância
Éder Tomé
 
Aprendendo com os erros de sansão
Aprendendo com os erros de sansãoAprendendo com os erros de sansão
Aprendendo com os erros de sansão
Celso do Rozário Brasil Gonçalves
 
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser SuestimadaLição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Éder Tomé
 
Vencendo as obras da carne - Pecados emocionais
Vencendo as obras da carne - Pecados emocionaisVencendo as obras da carne - Pecados emocionais
Vencendo as obras da carne - Pecados emocionais
Michel Plattiny
 
Os três campos de batalha parte 1 - a mente
Os três campos de batalha   parte 1 - a menteOs três campos de batalha   parte 1 - a mente
Os três campos de batalha parte 1 - a mente
Escola Bíblica Sem Fronteiras
 
Estudo biblico 22
Estudo biblico 22Estudo biblico 22
Estudo biblico 22
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
SERVIÇO - Viva para Servir
SERVIÇO - Viva para ServirSERVIÇO - Viva para Servir
SERVIÇO - Viva para Servir
IBMemorialJC
 
As obras da carne e do Espírito
As obras da carne e do EspíritoAs obras da carne e do Espírito
As obras da carne e do Espírito
Joselito Machado
 
109513320 apostila-de-libertacao-office-2003
109513320 apostila-de-libertacao-office-2003109513320 apostila-de-libertacao-office-2003
109513320 apostila-de-libertacao-office-2003
George Átila Moreira
 
Marcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa MaduraMarcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa Madura
guestc5d870
 
Slides batalha espiritual
Slides   batalha espiritualSlides   batalha espiritual
Slides batalha espiritual
Abdias Barreto
 
Vida de oração
Vida de oraçãoVida de oração
Vida de oração
Márcio Melânia
 
Uma vida cristã equilibrada
Uma vida cristã equilibradaUma vida cristã equilibrada
Uma vida cristã equilibrada
Moisés Sampaio
 
O que devo fazer para ser salvo?
O que devo fazer para ser salvo?O que devo fazer para ser salvo?
O que devo fazer para ser salvo?
Rafael Bernardo de Castro
 
LIBERTAÇÃO
LIBERTAÇÃOLIBERTAÇÃO

Mais procurados (20)

A vida do novo convertido
A vida do novo convertidoA vida do novo convertido
A vida do novo convertido
 
INTIMIDADE COM DEUS
INTIMIDADE COM DEUSINTIMIDADE COM DEUS
INTIMIDADE COM DEUS
 
Lição 1 - A formação do caráter do cristão
Lição 1 - A formação do caráter do cristãoLição 1 - A formação do caráter do cristão
Lição 1 - A formação do caráter do cristão
 
estudo biblico
estudo biblicoestudo biblico
estudo biblico
 
Lição 1- As obras da carne e o fruto do espírito
Lição 1- As obras da carne e o fruto do espíritoLição 1- As obras da carne e o fruto do espírito
Lição 1- As obras da carne e o fruto do espírito
 
Lição 12 – Vivendo em Constante Vigilância
Lição 12 – Vivendo em Constante VigilânciaLição 12 – Vivendo em Constante Vigilância
Lição 12 – Vivendo em Constante Vigilância
 
Aprendendo com os erros de sansão
Aprendendo com os erros de sansãoAprendendo com os erros de sansão
Aprendendo com os erros de sansão
 
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser SuestimadaLição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
 
Vencendo as obras da carne - Pecados emocionais
Vencendo as obras da carne - Pecados emocionaisVencendo as obras da carne - Pecados emocionais
Vencendo as obras da carne - Pecados emocionais
 
Os três campos de batalha parte 1 - a mente
Os três campos de batalha   parte 1 - a menteOs três campos de batalha   parte 1 - a mente
Os três campos de batalha parte 1 - a mente
 
Estudo biblico 22
Estudo biblico 22Estudo biblico 22
Estudo biblico 22
 
SERVIÇO - Viva para Servir
SERVIÇO - Viva para ServirSERVIÇO - Viva para Servir
SERVIÇO - Viva para Servir
 
As obras da carne e do Espírito
As obras da carne e do EspíritoAs obras da carne e do Espírito
As obras da carne e do Espírito
 
109513320 apostila-de-libertacao-office-2003
109513320 apostila-de-libertacao-office-2003109513320 apostila-de-libertacao-office-2003
109513320 apostila-de-libertacao-office-2003
 
Marcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa MaduraMarcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa Madura
 
Slides batalha espiritual
Slides   batalha espiritualSlides   batalha espiritual
Slides batalha espiritual
 
Vida de oração
Vida de oraçãoVida de oração
Vida de oração
 
Uma vida cristã equilibrada
Uma vida cristã equilibradaUma vida cristã equilibrada
Uma vida cristã equilibrada
 
O que devo fazer para ser salvo?
O que devo fazer para ser salvo?O que devo fazer para ser salvo?
O que devo fazer para ser salvo?
 
LIBERTAÇÃO
LIBERTAÇÃOLIBERTAÇÃO
LIBERTAÇÃO
 

Destaque

TentaçãO
TentaçãOTentaçãO
O propósito da tentação
O propósito da tentaçãoO propósito da tentação
O propósito da tentação
Moisés Sampaio
 
Azul campeão 2011
Azul campeão 2011Azul campeão 2011
Azul campeão 2011
Noimix
 
O que é tentação
O que é tentaçãoO que é tentação
O que é tentação
Wanderley da Silva
 
LIÇÃO 02 – O PROPÓSITO DA TENTAÇÃO
LIÇÃO 02 – O PROPÓSITO DA TENTAÇÃOLIÇÃO 02 – O PROPÓSITO DA TENTAÇÃO
LIÇÃO 02 – O PROPÓSITO DA TENTAÇÃO
Polícia Militar do Estado do Tocantins
 
LIÇÃO 2 - O PROPÓSITO DA TENTAÇÃO
LIÇÃO 2 - O PROPÓSITO DA TENTAÇÃOLIÇÃO 2 - O PROPÓSITO DA TENTAÇÃO
LIÇÃO 2 - O PROPÓSITO DA TENTAÇÃO
Alexsandro Martins
 
LIÇÃO 04 - A TENTAÇÃO DE JESUS
LIÇÃO 04 - A TENTAÇÃO DE JESUSLIÇÃO 04 - A TENTAÇÃO DE JESUS
LIÇÃO 04 - A TENTAÇÃO DE JESUS
Polícia Militar do Estado do Tocantins
 
O Propósito da Tentação
O Propósito da TentaçãoO Propósito da Tentação
O Propósito da Tentação
pralucianaevangelista
 
Tentação
TentaçãoTentação
Tentação
Noimix
 
Tentação e provação
Tentação e provaçãoTentação e provação
Tentação e provação
Vilmar Nascimento
 

Destaque (10)

TentaçãO
TentaçãOTentaçãO
TentaçãO
 
O propósito da tentação
O propósito da tentaçãoO propósito da tentação
O propósito da tentação
 
Azul campeão 2011
Azul campeão 2011Azul campeão 2011
Azul campeão 2011
 
O que é tentação
O que é tentaçãoO que é tentação
O que é tentação
 
LIÇÃO 02 – O PROPÓSITO DA TENTAÇÃO
LIÇÃO 02 – O PROPÓSITO DA TENTAÇÃOLIÇÃO 02 – O PROPÓSITO DA TENTAÇÃO
LIÇÃO 02 – O PROPÓSITO DA TENTAÇÃO
 
LIÇÃO 2 - O PROPÓSITO DA TENTAÇÃO
LIÇÃO 2 - O PROPÓSITO DA TENTAÇÃOLIÇÃO 2 - O PROPÓSITO DA TENTAÇÃO
LIÇÃO 2 - O PROPÓSITO DA TENTAÇÃO
 
LIÇÃO 04 - A TENTAÇÃO DE JESUS
LIÇÃO 04 - A TENTAÇÃO DE JESUSLIÇÃO 04 - A TENTAÇÃO DE JESUS
LIÇÃO 04 - A TENTAÇÃO DE JESUS
 
O Propósito da Tentação
O Propósito da TentaçãoO Propósito da Tentação
O Propósito da Tentação
 
Tentação
TentaçãoTentação
Tentação
 
Tentação e provação
Tentação e provaçãoTentação e provação
Tentação e provação
 

Semelhante a Vencendo as tentações.ppsx

SÉRIE GUERREIRAS - ESTUDO 3.pptx
SÉRIE GUERREIRAS - ESTUDO 3.pptxSÉRIE GUERREIRAS - ESTUDO 3.pptx
SÉRIE GUERREIRAS - ESTUDO 3.pptx
Adina Silva
 
Campo de batalha da mente joyce meyer
Campo de batalha da mente   joyce meyerCampo de batalha da mente   joyce meyer
Campo de batalha da mente joyce meyer
Elton Vinicius
 
Principios para superar desafios
Principios para superar desafiosPrincipios para superar desafios
Principios para superar desafios
Christian Lepelletier
 
A vida que vence
A vida que venceA vida que vence
Estudo da Semana - O homem da mão mirrada
Estudo da Semana - O homem da mão mirradaEstudo da Semana - O homem da mão mirrada
Estudo da Semana - O homem da mão mirrada
Unção Do Crescimento
 
Culto dirigido pelos jovens
Culto dirigido pelos jovensCulto dirigido pelos jovens
Culto dirigido pelos jovens
thiago marinho
 
Avidaquevence 110324204737-phpapp02
Avidaquevence 110324204737-phpapp02Avidaquevence 110324204737-phpapp02
Avidaquevence 110324204737-phpapp02
antonio ferreira
 
Estudo para homens
Estudo para homensEstudo para homens
Estudo para homens
Cesar Oliveira
 
SÉRIE CONHECENDO NOSSA IDENTIDADE - ESTUDO 5.pptx
SÉRIE CONHECENDO NOSSA IDENTIDADE  - ESTUDO 5.pptxSÉRIE CONHECENDO NOSSA IDENTIDADE  - ESTUDO 5.pptx
SÉRIE CONHECENDO NOSSA IDENTIDADE - ESTUDO 5.pptx
Adina Silva
 
Luiz antonio gasparetto realização - curso completo
Luiz antonio gasparetto   realização -  curso completoLuiz antonio gasparetto   realização -  curso completo
Luiz antonio gasparetto realização - curso completo
saioborba
 
Estudo da Semana - Continuando Uma Caminhada de Sucesso
Estudo da Semana - Continuando Uma Caminhada de SucessoEstudo da Semana - Continuando Uma Caminhada de Sucesso
Estudo da Semana - Continuando Uma Caminhada de Sucesso
Unção Do Crescimento
 
O poder liberador do perdão
O poder liberador do perdãoO poder liberador do perdão
O poder liberador do perdão
Rosa Luzia Da Hora
 
13072011 promotores da paz - enfrentando a rejeição
13072011   promotores da paz - enfrentando a rejeição13072011   promotores da paz - enfrentando a rejeição
13072011 promotores da paz - enfrentando a rejeição
Renato Lopes
 
Sendo Reconhecido Como Um Grande Vencedor
Sendo Reconhecido Como Um Grande VencedorSendo Reconhecido Como Um Grande Vencedor
Sendo Reconhecido Como Um Grande Vencedor
Unção Do Crescimento
 
Pai nosso 6 - Tema 01/07/12
Pai nosso 6 - Tema 01/07/12Pai nosso 6 - Tema 01/07/12
Pai nosso 6 - Tema 01/07/12
EBJ IPBCP
 
SÉRIE VIDA QUE VENCE - ESTUDO 3.pptx
SÉRIE VIDA QUE VENCE - ESTUDO 3.pptxSÉRIE VIDA QUE VENCE - ESTUDO 3.pptx
SÉRIE VIDA QUE VENCE - ESTUDO 3.pptx
Adina Silva
 
2018 04-27-15 41-23-mensagem-9-aprendendo-a-confiar-nas-pessoas-slide-pptx
2018 04-27-15 41-23-mensagem-9-aprendendo-a-confiar-nas-pessoas-slide-pptx2018 04-27-15 41-23-mensagem-9-aprendendo-a-confiar-nas-pessoas-slide-pptx
2018 04-27-15 41-23-mensagem-9-aprendendo-a-confiar-nas-pessoas-slide-pptx
Marcos Gomes
 
Estudo da Semana - A Força do Amor
Estudo da Semana - A Força do AmorEstudo da Semana - A Força do Amor
Estudo da Semana - A Força do Amor
Unção Do Crescimento
 
Estudo GCD - O que fazer para conquistarmos os nossos projetos
Estudo GCD - O que fazer para conquistarmos os nossos projetosEstudo GCD - O que fazer para conquistarmos os nossos projetos
Estudo GCD - O que fazer para conquistarmos os nossos projetos
Unção Do Crescimento
 
Ser tentato é uma bênção!
Ser tentato é uma bênção!Ser tentato é uma bênção!
Ser tentato é uma bênção!
Abel Martins Leite
 

Semelhante a Vencendo as tentações.ppsx (20)

SÉRIE GUERREIRAS - ESTUDO 3.pptx
SÉRIE GUERREIRAS - ESTUDO 3.pptxSÉRIE GUERREIRAS - ESTUDO 3.pptx
SÉRIE GUERREIRAS - ESTUDO 3.pptx
 
Campo de batalha da mente joyce meyer
Campo de batalha da mente   joyce meyerCampo de batalha da mente   joyce meyer
Campo de batalha da mente joyce meyer
 
Principios para superar desafios
Principios para superar desafiosPrincipios para superar desafios
Principios para superar desafios
 
A vida que vence
A vida que venceA vida que vence
A vida que vence
 
Estudo da Semana - O homem da mão mirrada
Estudo da Semana - O homem da mão mirradaEstudo da Semana - O homem da mão mirrada
Estudo da Semana - O homem da mão mirrada
 
Culto dirigido pelos jovens
Culto dirigido pelos jovensCulto dirigido pelos jovens
Culto dirigido pelos jovens
 
Avidaquevence 110324204737-phpapp02
Avidaquevence 110324204737-phpapp02Avidaquevence 110324204737-phpapp02
Avidaquevence 110324204737-phpapp02
 
Estudo para homens
Estudo para homensEstudo para homens
Estudo para homens
 
SÉRIE CONHECENDO NOSSA IDENTIDADE - ESTUDO 5.pptx
SÉRIE CONHECENDO NOSSA IDENTIDADE  - ESTUDO 5.pptxSÉRIE CONHECENDO NOSSA IDENTIDADE  - ESTUDO 5.pptx
SÉRIE CONHECENDO NOSSA IDENTIDADE - ESTUDO 5.pptx
 
Luiz antonio gasparetto realização - curso completo
Luiz antonio gasparetto   realização -  curso completoLuiz antonio gasparetto   realização -  curso completo
Luiz antonio gasparetto realização - curso completo
 
Estudo da Semana - Continuando Uma Caminhada de Sucesso
Estudo da Semana - Continuando Uma Caminhada de SucessoEstudo da Semana - Continuando Uma Caminhada de Sucesso
Estudo da Semana - Continuando Uma Caminhada de Sucesso
 
O poder liberador do perdão
O poder liberador do perdãoO poder liberador do perdão
O poder liberador do perdão
 
13072011 promotores da paz - enfrentando a rejeição
13072011   promotores da paz - enfrentando a rejeição13072011   promotores da paz - enfrentando a rejeição
13072011 promotores da paz - enfrentando a rejeição
 
Sendo Reconhecido Como Um Grande Vencedor
Sendo Reconhecido Como Um Grande VencedorSendo Reconhecido Como Um Grande Vencedor
Sendo Reconhecido Como Um Grande Vencedor
 
Pai nosso 6 - Tema 01/07/12
Pai nosso 6 - Tema 01/07/12Pai nosso 6 - Tema 01/07/12
Pai nosso 6 - Tema 01/07/12
 
SÉRIE VIDA QUE VENCE - ESTUDO 3.pptx
SÉRIE VIDA QUE VENCE - ESTUDO 3.pptxSÉRIE VIDA QUE VENCE - ESTUDO 3.pptx
SÉRIE VIDA QUE VENCE - ESTUDO 3.pptx
 
2018 04-27-15 41-23-mensagem-9-aprendendo-a-confiar-nas-pessoas-slide-pptx
2018 04-27-15 41-23-mensagem-9-aprendendo-a-confiar-nas-pessoas-slide-pptx2018 04-27-15 41-23-mensagem-9-aprendendo-a-confiar-nas-pessoas-slide-pptx
2018 04-27-15 41-23-mensagem-9-aprendendo-a-confiar-nas-pessoas-slide-pptx
 
Estudo da Semana - A Força do Amor
Estudo da Semana - A Força do AmorEstudo da Semana - A Força do Amor
Estudo da Semana - A Força do Amor
 
Estudo GCD - O que fazer para conquistarmos os nossos projetos
Estudo GCD - O que fazer para conquistarmos os nossos projetosEstudo GCD - O que fazer para conquistarmos os nossos projetos
Estudo GCD - O que fazer para conquistarmos os nossos projetos
 
Ser tentato é uma bênção!
Ser tentato é uma bênção!Ser tentato é uma bênção!
Ser tentato é uma bênção!
 

Mais de Edilson Jose Barbosa Barbosa

Eb 144-uma igreja forte
Eb 144-uma igreja forteEb 144-uma igreja forte
Eb 144-uma igreja forte
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
EB112-a igreja missionária
EB112-a  igreja  missionáriaEB112-a  igreja  missionária
EB112-a igreja missionária
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Eb 111 Fazendo o bem sem olhar a quem
Eb 111   Fazendo o bem sem olhar a quemEb 111   Fazendo o bem sem olhar a quem
Eb 111 Fazendo o bem sem olhar a quem
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Eb 110 - o valor da vida
Eb   110 - o valor da  vida Eb   110 - o valor da  vida
Eb 110 - o valor da vida
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Um presente para Deus.
Um presente para Deus.Um presente para Deus.
Um presente para Deus.
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Abandone suas Alfaias
Abandone suas AlfaiasAbandone suas Alfaias
Abandone suas Alfaias
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Cidadão do céu
Cidadão do céuCidadão do céu
Eu e meu irmão
Eu e meu irmão Eu e meu irmão
Uma jornada com Deus
Uma   jornada  com DeusUma   jornada  com Deus
Uma jornada com Deus
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Profecia do amor
Profecia do amorProfecia do amor
As torrentes do neguebe.
As  torrentes  do  neguebe.As  torrentes  do  neguebe.
As torrentes do neguebe.
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Estudo 97 as torrents do neguebe.pub
Estudo 97   as torrents do neguebe.pubEstudo 97   as torrents do neguebe.pub
Estudo 97 as torrents do neguebe.pub
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
O poder da palavra de Deus
O poder da palavra de DeusO poder da palavra de Deus
O poder da palavra de Deus
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
O cativeiro da vontade.pub
O cativeiro da vontade.pubO cativeiro da vontade.pub
O cativeiro da vontade.pub
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Vida cheia do esirito santo.pub
Vida cheia do esirito santo.pubVida cheia do esirito santo.pub
Vida cheia do esirito santo.pub
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Um altar para Deus
Um altar para DeusUm altar para Deus
Um altar para Deus
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
O perfume de cristo.pub
O perfume de cristo.pubO perfume de cristo.pub
O perfume de cristo.pub
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Em busca da salvação pub
Em busca da salvação pubEm busca da salvação pub
Em busca da salvação pub
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Ele está aqui part 3.pub
Ele está aqui part 3.pubEle está aqui part 3.pub
Ele está aqui part 3.pub
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Ele está aqui Part 2
Ele está aqui Part 2Ele está aqui Part 2
Ele está aqui Part 2
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 

Mais de Edilson Jose Barbosa Barbosa (20)

Eb 144-uma igreja forte
Eb 144-uma igreja forteEb 144-uma igreja forte
Eb 144-uma igreja forte
 
EB112-a igreja missionária
EB112-a  igreja  missionáriaEB112-a  igreja  missionária
EB112-a igreja missionária
 
Eb 111 Fazendo o bem sem olhar a quem
Eb 111   Fazendo o bem sem olhar a quemEb 111   Fazendo o bem sem olhar a quem
Eb 111 Fazendo o bem sem olhar a quem
 
Eb 110 - o valor da vida
Eb   110 - o valor da  vida Eb   110 - o valor da  vida
Eb 110 - o valor da vida
 
Um presente para Deus.
Um presente para Deus.Um presente para Deus.
Um presente para Deus.
 
Abandone suas Alfaias
Abandone suas AlfaiasAbandone suas Alfaias
Abandone suas Alfaias
 
Cidadão do céu
Cidadão do céuCidadão do céu
Cidadão do céu
 
Eu e meu irmão
Eu e meu irmão Eu e meu irmão
Eu e meu irmão
 
Uma jornada com Deus
Uma   jornada  com DeusUma   jornada  com Deus
Uma jornada com Deus
 
Profecia do amor
Profecia do amorProfecia do amor
Profecia do amor
 
As torrentes do neguebe.
As  torrentes  do  neguebe.As  torrentes  do  neguebe.
As torrentes do neguebe.
 
Estudo 97 as torrents do neguebe.pub
Estudo 97   as torrents do neguebe.pubEstudo 97   as torrents do neguebe.pub
Estudo 97 as torrents do neguebe.pub
 
O poder da palavra de Deus
O poder da palavra de DeusO poder da palavra de Deus
O poder da palavra de Deus
 
O cativeiro da vontade.pub
O cativeiro da vontade.pubO cativeiro da vontade.pub
O cativeiro da vontade.pub
 
Vida cheia do esirito santo.pub
Vida cheia do esirito santo.pubVida cheia do esirito santo.pub
Vida cheia do esirito santo.pub
 
Um altar para Deus
Um altar para DeusUm altar para Deus
Um altar para Deus
 
O perfume de cristo.pub
O perfume de cristo.pubO perfume de cristo.pub
O perfume de cristo.pub
 
Em busca da salvação pub
Em busca da salvação pubEm busca da salvação pub
Em busca da salvação pub
 
Ele está aqui part 3.pub
Ele está aqui part 3.pubEle está aqui part 3.pub
Ele está aqui part 3.pub
 
Ele está aqui Part 2
Ele está aqui Part 2Ele está aqui Part 2
Ele está aqui Part 2
 

Último

Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
Rogério Augusto Ayres de Araujo
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Ricardo Azevedo
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
nadeclarice
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
Marta Gomes
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
Nilson Almeida
 
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
PIB Penha
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.128 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
PIB Penha
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
DavidBertelli3
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
AntonioMugiba
 
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
EdimarEdigesso
 
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptxO MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
valneirocha
 
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
PIB Penha
 
5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...
5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...
5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...
PIB Penha
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
AlexandreCarvalho858758
 
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são pe...
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são  pe...2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são  pe...
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são pe...
PIB Penha
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
carla983678
 

Último (20)

Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
 
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.128 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
 
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
 
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptxO MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
 
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
 
5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...
5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...
5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
 
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são pe...
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são  pe...2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são  pe...
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são pe...
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
 

Vencendo as tentações.ppsx

  • 1. Vencendo as tentações Apresentação Edilson José Barbosa ESTUDO BÍBLICO 69
  • 2. O que diz a palavra de Deus. “ Porque não faço o bem que prefiro, mas o mal que não quero, esse faço. ” (Romanos 7.19)
  • 3. Vamos pensar um pouco • Quem nunca foi tentado? •As tentações existem, mas como elas são? De onde elas vem e como elas se manifestam? •Porque caímos em tentações? •É possível estar seguro das tentações? •Quem pode nos ajudar a vencê-las?
  • 4. As vezes fazemos coisas até mesmo contra a nossa vontade. Facilmente somos influenciados e levados por maus pensamentos e caímos em tentações. Existem pessoas que tomam atitudes repentinas e mais tarde se arrependem e outras nem sempre. A culpa é nossa ou existe algum poder superior agindo sobre nós?
  • 5. A palavra diz: Efésios 6:13-18 "Por esse motivo, vesti toda a armadura de Deus, a fim de que possais resistir firmemente no dia mau e, havendo batalhado até o final, permanecereis inabaláveis, sem retroceder. Estai, portanto, firmes, trazendo em volta da cintura a verdade e vestindo a couraça da justiça, calçando os vossos pés com a proteção do Evangelho da paz; embraçando sempre o escudo da fé, com o qual podereis apagar todas as setas inflamadas do Maligno. Usai igualmente o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a Palavra de Deus. Usai igualmente o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a Palavra de Deus. Orai no Espírito em todas as circunstâncias, com toda petição e humilde insistência. Tendo isso em mente, vigiai com toda a perseverança na oração por todos os santos."
  • 7. O que significa tentação? É um estímulo ou indução a um ato que pareça atraente, ainda que seja inapropriado ou contradiz alguma norma ou convenção social. A tentação está presente no objeto de desejo ou no modo como este é apresentado.
  • 8. E se cairmos em tentações? •Perdemos a condição de ser abençoados. •Nossa mente é dominada e perdemos força. •Coisas ruins começam a acontecer, sem que percebamos as causas. •Nossa fé em Deus é abalada. •Nossas orações não chegam ao Senhor. •Nossa vida entra em desespero. • Perdemos em nossas convicções. •Deus se afasta e você agora está sozinho. •Perdemos a segurança e mergulhamos no pecado.
  • 9. Contextualizando Quem aqui não tem pelo menos uma fraqueza? Todos nós . Mesmo que busquemos a Deus, as fraquezas estão sempre diante de nós. A Bíblia chama isso de guerra do espírito contra a carne .
  • 10. Vitórias contra as tentações Mas será que existe algo que facilite nossa luta e vitória contra as tentações da carne e nos ajude a vencer e agradar a Deus?
  • 11. 1: Admita sua fraqueza Alguns fingem que elas não existem. Que elas não são fortes o suficientes, até que são derrubados por elas. Por um tempo ficam “espertos”, mas logo ignoram novamente sua fraqueza e caem novamente.
  • 12. 2: Não faça da fraqueza uma desculpa para pecar Alguns dizem: Eu caí porque “a carne é fraca”; Essa é a forma negativa e incorreta de interpretar a orientação de Jesus. Ele quer que sejamos conscientes e mais cuidadosos.
  • 13. Não vencemos as tentações por milagres. Não vencemos as tentações apenas pelas nossas próprias forças. 3: A vitória contra as tentações é uma parceria entre Deus e você.
  • 14. O que diz a palavra de Deus “ Vigiai e orai, para que não entreis em tentação” (Mateus 26.41)
  • 15. Interpretando a palavra “VIGIAI” pressupõe uma atitude nossa, a nossa parte. “ORAI” pressupõe algo que confiamos ao poder de Deus, a parte de Deus. Isso é uma parceria que, se levada a sério, funciona perfeitamente contra as tentações.
  • 16. Jesus sendo tentado no deserto. Foi a parceria vista na vida de Jesus Cristo.
  • 17. Diga não recebo as mensagens tentadoras. Diga não ao consumismo. Diga não a uma falsa amizade. Diga não aos programas tendenciosos. Diga não a pornografia. Diga não as bebidas fortes. Diga não as drogas. Diga não aos comportamentos inadequados. Diga não a todo tipo de atitude que Deus reprova. 4: Faça sua parte
  • 18. E você? Está sendo vencido? •Está cedendo às tentações . •A maioria tenta entender; a buscar uma solução. Se esforçam mudando hábitos, fechando brechas, e mudando o estilo de vida, mas não conseguem.
  • 19. Analisando nossa vida Somos seres racionais, precisamos avaliar cuidadosamente as possibilidades e porquês. •Por que cedemos as tentações e pecamos? •Por que caímos sempre no mesmo pecado? •Por que estamos tão fracos? •Será que gostamos de sofrer? •Porque passar por desespero, se sabemos que é melhor resistir?
  • 20. Muitas pessoas desconfiam se Deus realmente está agindo a favor delas. Precisamos exercer a fé e as práticas espirituais. Jesus mandou orarmos. Isso pressupõe fé e relacionamento com o Deus que age nos ajudando. 5- Será que Deus fará a parte dele?
  • 21. “Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar.” (1 Coríntios 10.13) O que diz a palavra de Deus
  • 22. Muitas pessoas estão muito machucadas devido a anos em guerra contra as tentações. Algumas desistem. 6: DÊ O PRIMEIRO PASSO Porém, Deus nos chama a sermos santos; a levantar a cabeça e ser contra a tudo que fira nossa santidade.
  • 23. •Comece a vigiar e a orar mais. •Tome atitudes concretas diante da tentação. •Seja como um soldado diante do inimigo.
  • 24. Muitos têm recaídas, talvez por descuido ou por outro motivo. Se acontecer com você busque o perdão de Deus. Seu empenho, Ele sabe. Entre novamente na guerra, mas agora mais revigorado para não mais cair nas mesmas tentações. 7: NÃO DESISTA SE PERDER A BATALHA
  • 25. “Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.” Tiago 4:7
  • 26. Nos braços do meu Deus eu vou seguro, pela força do seu poder, eu sei que estarei em paz . Amém
  • 27. Irmãos lutar contra as tentações e se ver rendido a ela é terrível. Nós que somos cristãos, nos sentimos arrasados por termos feito algo contra a vontade de Deus. Quando caímos em tentação certamente estamos pecando. Neste exato momento muitas pessoas dizem que não conseguem se arrepender do pecado que cometeram pois tiveram prazer nele. Irmãos, ter prazer no pecado acontece. Nossa carne busca se alimentar dos prazeres e até gostamos. Pense por um instante. Cair em tentação muitas vezes é comum ao homem, mas precisamos ser humildes o suficiente para reconhecer a queda e lutar para não cair novamente. Se você cometeu algo contra Deus e arrependa-se já em oração, porque um pecado puxa o outro e abre uma brecha que pode ser utilizada pelo inimigo contra você. Volte-se de imediato pra Deus pois Ele está pronto para te perdoar e te receber em Seus braços e te proteger de todas a tentações. Pense nisso.