SlideShare uma empresa Scribd logo
A COLETA DE LIXO EM SÃO PAULO   por Juliane Carvalho SENAC – TURMA 11 Ecogestão -  Profa. Valéria Bolognini
A cidade de São Paulo gera 15 mil toneladas de lixo diariamente (lixo residencial, de saúde, restos de feiras, podas de árvores, entulho etc). Só de resíduos domiciliares são coletados mais de 9,5 mil toneladas por dia.
[object Object],[object Object]
[object Object]
Volume médio diário de resíduos coletados em 2008 Resíduo Domiciliar - 9.500 toneladas Resíduo de Serviço de Saúde - 90 toneladas Resíduo de Varrição - 270 toneladas Resíduo Inerte - 3.000 toneladas Resíduo Seletivo - 130 toneladas Outros - 1.300 toneladas.
MATERIAIS RECICLÁVEIS.   ,[object Object]
Relação de Materiais
ALUMÍNIO: ,[object Object],[object Object]
METAIS FERROSOS:   ,[object Object]
PAPEL E PAPELÃO: - Jornais, revistas, impressos em geral;   - Papel de fax;   - Embalagens longa-vida.
VIDRO:   ,[object Object],[object Object]
Gráfico
Tempo de decomposição  :  ,[object Object]
Quanto é reciclado no país  :  ,[object Object]
[object Object]
RECICLAGEM ,[object Object]
[object Object]
[object Object],Você pode fazer sua parte
O QUE NÃO PODE SER RECICLADO?  O QUE PODE SER RECICLADO?  E
Vidro: ,[object Object],[object Object],Não pode ser reciclado: Espelhos, vidros de janela e box de banheiro, vidros de automóveis, cristal, lâmpadas, formas e travessas de vidro temperado, ampolas de remédio.
Plástico:  Pode ser reciclado: Potes (de todos os tipos), embalagens (de detergente,  shampoo, água sanitária, etc), tampas (de todos os tipos), sacos (de leite, de arroz, etc)   Não pode ser reciclado: Celofane, embalagens longa vida, espuma, embalagens a vácuo, fraldas descartáveis
Metal:  Não pode ser reciclado: Pilhas normais e alcalinas, filtros de ar para veículos, latas enferrujadas.  Pode ser reciclado: Latas, tampas (de refrigerante, cerveja, conservas, etc), arames, grampos, fios, pregos, marmitex, tubos de pasta dental, alumínio, cobre e outros.
Papel :   Pode ser reciclado: Revistas, jornais, papeis, caixas de papelão (de todos os tipos)  Não pode ser reciclado: Papel higiênico, guardanapos com comida, copos siliconizados, papel laminado, papéis plastificados (embrulho de bolacha), papel carbono
Para onde vai o lixo: ,[object Object],[object Object]
[object Object]
[object Object]
[object Object]
UM CONSUMIDOR MÉDIO DESCARTA, EM UM ANO: ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Projeto Cuidar de Planeta
Projeto Cuidar de PlanetaProjeto Cuidar de Planeta
Projeto Cuidar de Planeta
Madenardi
 
9 prevenção na coleta de lixo - coletor de lixo
9   prevenção na coleta de lixo - coletor de lixo9   prevenção na coleta de lixo - coletor de lixo
9 prevenção na coleta de lixo - coletor de lixo
Automotivoliberato
 
Treinamento Coleta Seletiva
Treinamento Coleta SeletivaTreinamento Coleta Seletiva
Treinamento Coleta Seletiva
Instituto IDEIAS
 
Coleta seletiva conscientização
Coleta seletiva conscientizaçãoColeta seletiva conscientização
Coleta seletiva conscientização
Ane Pimentel
 
TRABALHO COMPLETO SOBRE O LIXO
TRABALHO COMPLETO SOBRE O LIXO TRABALHO COMPLETO SOBRE O LIXO
TRABALHO COMPLETO SOBRE O LIXO
Ricardo Arend
 
Lixo, sustetabilidade 3º a
Lixo, sustetabilidade 3º aLixo, sustetabilidade 3º a
Lixo, sustetabilidade 3º a
dacnorte1
 
Separação resíduos e reciclagem
Separação resíduos e reciclagemSeparação resíduos e reciclagem
Separação resíduos e reciclagem
Zb Campanha
 
10 reciclagem 3002
10 reciclagem 300210 reciclagem 3002
10 reciclagem 3002
cristbarb
 

Mais procurados (20)

Catadores e decomposição de materiais
Catadores e decomposição de materiaisCatadores e decomposição de materiais
Catadores e decomposição de materiais
 
Projeto Cuidar de Planeta
Projeto Cuidar de PlanetaProjeto Cuidar de Planeta
Projeto Cuidar de Planeta
 
9 prevenção na coleta de lixo - coletor de lixo
9   prevenção na coleta de lixo - coletor de lixo9   prevenção na coleta de lixo - coletor de lixo
9 prevenção na coleta de lixo - coletor de lixo
 
Treinamento Coleta Seletiva
Treinamento Coleta SeletivaTreinamento Coleta Seletiva
Treinamento Coleta Seletiva
 
Poluição ambiental
Poluição ambientalPoluição ambiental
Poluição ambiental
 
Coleta seletiva conscientização
Coleta seletiva conscientizaçãoColeta seletiva conscientização
Coleta seletiva conscientização
 
O que é lixo
O que é lixoO que é lixo
O que é lixo
 
Lixo
LixoLixo
Lixo
 
TRABALHO COMPLETO SOBRE O LIXO
TRABALHO COMPLETO SOBRE O LIXO TRABALHO COMPLETO SOBRE O LIXO
TRABALHO COMPLETO SOBRE O LIXO
 
Apresentação sobre o lixo 4º ano
Apresentação sobre o lixo 4º anoApresentação sobre o lixo 4º ano
Apresentação sobre o lixo 4º ano
 
Lixo, sustetabilidade 3º a
Lixo, sustetabilidade 3º aLixo, sustetabilidade 3º a
Lixo, sustetabilidade 3º a
 
TCF sobre O lixo e os impactos no ambiente e na saúde da população de gamelei...
TCF sobre O lixo e os impactos no ambiente e na saúde da população de gamelei...TCF sobre O lixo e os impactos no ambiente e na saúde da população de gamelei...
TCF sobre O lixo e os impactos no ambiente e na saúde da população de gamelei...
 
Lixo
LixoLixo
Lixo
 
Planeta agua
Planeta aguaPlaneta agua
Planeta agua
 
Reciclagem, catadores e gestão do lixo dilemas e contradições na disputa pelo...
Reciclagem, catadores e gestão do lixo dilemas e contradições na disputa pelo...Reciclagem, catadores e gestão do lixo dilemas e contradições na disputa pelo...
Reciclagem, catadores e gestão do lixo dilemas e contradições na disputa pelo...
 
Separação resíduos e reciclagem
Separação resíduos e reciclagemSeparação resíduos e reciclagem
Separação resíduos e reciclagem
 
10 reciclagem 3002
10 reciclagem 300210 reciclagem 3002
10 reciclagem 3002
 
Lixo, um problema que tem solução
Lixo, um problema que tem soluçãoLixo, um problema que tem solução
Lixo, um problema que tem solução
 
RECICLAGEM
RECICLAGEMRECICLAGEM
RECICLAGEM
 
Tipos de lixo 6 c
Tipos de lixo 6 cTipos de lixo 6 c
Tipos de lixo 6 c
 

Semelhante a A Coleta De Lixo Em Sao Paulo

Projeto resíduos sólidos parte 4
Projeto resíduos sólidos parte 4Projeto resíduos sólidos parte 4
Projeto resíduos sólidos parte 4
escola
 
Olixourbano 100629124536-phpapp01
Olixourbano 100629124536-phpapp01Olixourbano 100629124536-phpapp01
Olixourbano 100629124536-phpapp01
Kelvin Oliveira
 
SensibilizaçãO Reciclagem
SensibilizaçãO ReciclagemSensibilizaçãO Reciclagem
SensibilizaçãO Reciclagem
pedro
 
Treinamento coleta seletiva (muito bom)
Treinamento coleta seletiva (muito bom)Treinamento coleta seletiva (muito bom)
Treinamento coleta seletiva (muito bom)
Ane Costa
 
Palestra Socioeducativa Sobre Lixo Domiciliar
Palestra Socioeducativa Sobre Lixo DomiciliarPalestra Socioeducativa Sobre Lixo Domiciliar
Palestra Socioeducativa Sobre Lixo Domiciliar
Nathália Vasconcelos
 
O que é a regra dos 3 rs
O que é a regra dos 3 rsO que é a regra dos 3 rs
O que é a regra dos 3 rs
GAVOLUNTARIA
 
Gerta Atividade5 Setembrino Lixo
Gerta Atividade5 Setembrino LixoGerta Atividade5 Setembrino Lixo
Gerta Atividade5 Setembrino Lixo
gertamadalena
 
Lixo em são paulo2
Lixo em são paulo2Lixo em são paulo2
Lixo em são paulo2
dacnorte1
 
O que é a regra dos 3 rs
O que é a regra dos 3 rsO que é a regra dos 3 rs
O que é a regra dos 3 rs
GAVOLUNTARIA
 
O que é a regra dos 3 rs
O que é a regra dos 3 rsO que é a regra dos 3 rs
O que é a regra dos 3 rs
GAVOLUNTARIA
 
Palestra de coleta seletiva m & b
Palestra de coleta seletiva m & bPalestra de coleta seletiva m & b
Palestra de coleta seletiva m & b
anealves
 
Slides de reciclagem
Slides de reciclagemSlides de reciclagem
Slides de reciclagem
mo27tta60
 
EducaçãO Ambiental
EducaçãO  AmbientalEducaçãO  Ambiental
EducaçãO Ambiental
ceicaoaugusto
 

Semelhante a A Coleta De Lixo Em Sao Paulo (20)

Palestra Coleta seletiva.ppt
Palestra Coleta seletiva.pptPalestra Coleta seletiva.ppt
Palestra Coleta seletiva.ppt
 
Semana do Meio Ambiente
Semana do Meio AmbienteSemana do Meio Ambiente
Semana do Meio Ambiente
 
Projeto resíduos sólidos parte 4
Projeto resíduos sólidos parte 4Projeto resíduos sólidos parte 4
Projeto resíduos sólidos parte 4
 
O lixo urbano
O lixo urbanoO lixo urbano
O lixo urbano
 
Olixourbano 100629124536-phpapp01
Olixourbano 100629124536-phpapp01Olixourbano 100629124536-phpapp01
Olixourbano 100629124536-phpapp01
 
Ppoint.Reciclagem
Ppoint.ReciclagemPpoint.Reciclagem
Ppoint.Reciclagem
 
SensibilizaçãO Reciclagem
SensibilizaçãO ReciclagemSensibilizaçãO Reciclagem
SensibilizaçãO Reciclagem
 
Treinamento coleta seletiva (muito bom)
Treinamento coleta seletiva (muito bom)Treinamento coleta seletiva (muito bom)
Treinamento coleta seletiva (muito bom)
 
LIXÃO DE CONCEIÇÃO DO COITÉ.
LIXÃO DE CONCEIÇÃO DO COITÉ.LIXÃO DE CONCEIÇÃO DO COITÉ.
LIXÃO DE CONCEIÇÃO DO COITÉ.
 
Palestra Socioeducativa Sobre Lixo Domiciliar
Palestra Socioeducativa Sobre Lixo DomiciliarPalestra Socioeducativa Sobre Lixo Domiciliar
Palestra Socioeducativa Sobre Lixo Domiciliar
 
O que é a regra dos 3 rs
O que é a regra dos 3 rsO que é a regra dos 3 rs
O que é a regra dos 3 rs
 
Gerta Atividade5 Setembrino Lixo
Gerta Atividade5 Setembrino LixoGerta Atividade5 Setembrino Lixo
Gerta Atividade5 Setembrino Lixo
 
Lixo em são paulo2
Lixo em são paulo2Lixo em são paulo2
Lixo em são paulo2
 
O que é a regra dos 3 rs
O que é a regra dos 3 rsO que é a regra dos 3 rs
O que é a regra dos 3 rs
 
O que é a regra dos 3 rs
O que é a regra dos 3 rsO que é a regra dos 3 rs
O que é a regra dos 3 rs
 
Palestra de coleta seletiva m & b
Palestra de coleta seletiva m & bPalestra de coleta seletiva m & b
Palestra de coleta seletiva m & b
 
Projeto Final Camila
Projeto Final CamilaProjeto Final Camila
Projeto Final Camila
 
Lixo, Problemas e Soluções
Lixo, Problemas e SoluçõesLixo, Problemas e Soluções
Lixo, Problemas e Soluções
 
Slides de reciclagem
Slides de reciclagemSlides de reciclagem
Slides de reciclagem
 
EducaçãO Ambiental
EducaçãO  AmbientalEducaçãO  Ambiental
EducaçãO Ambiental
 

Mais de vallmachado

Seminario do trabalho_2010
Seminario do trabalho_2010Seminario do trabalho_2010
Seminario do trabalho_2010
vallmachado
 
Pesquisa de dissertação em andamento.
Pesquisa de dissertação em andamento.Pesquisa de dissertação em andamento.
Pesquisa de dissertação em andamento.
vallmachado
 
Do desemprego juvenil a empregabilidade
Do desemprego juvenil a empregabilidadeDo desemprego juvenil a empregabilidade
Do desemprego juvenil a empregabilidade
vallmachado
 
Reformas da Educacao Profissional - anos 1920 a 1980
Reformas da Educacao Profissional - anos 1920 a 1980Reformas da Educacao Profissional - anos 1920 a 1980
Reformas da Educacao Profissional - anos 1920 a 1980
vallmachado
 
Reformas da Educacao Profissional - anos 80 e anos 90
Reformas da Educacao Profissional - anos 80 e anos 90Reformas da Educacao Profissional - anos 80 e anos 90
Reformas da Educacao Profissional - anos 80 e anos 90
vallmachado
 
Parte I - Centralidade do Trabalho no Marxismo Clássico
Parte I - Centralidade do Trabalho no Marxismo ClássicoParte I - Centralidade do Trabalho no Marxismo Clássico
Parte I - Centralidade do Trabalho no Marxismo Clássico
vallmachado
 
Parte II - Descentralidade do Trabalho e Modernidade
Parte II - Descentralidade do Trabalho e ModernidadeParte II - Descentralidade do Trabalho e Modernidade
Parte II - Descentralidade do Trabalho e Modernidade
vallmachado
 

Mais de vallmachado (20)

Seminario do trabalho_2010
Seminario do trabalho_2010Seminario do trabalho_2010
Seminario do trabalho_2010
 
Transporte Publico
Transporte PublicoTransporte Publico
Transporte Publico
 
Plano Diretor
Plano DiretorPlano Diretor
Plano Diretor
 
Energias Renováveis
Energias RenováveisEnergias Renováveis
Energias Renováveis
 
Rio Tiete Concluido
Rio Tiete ConcluidoRio Tiete Concluido
Rio Tiete Concluido
 
Rio+Tietê..
Rio+Tietê..Rio+Tietê..
Rio+Tietê..
 
Rio+Tietê..
Rio+Tietê..Rio+Tietê..
Rio+Tietê..
 
Uso do Solo
Uso do SoloUso do Solo
Uso do Solo
 
UrbanizaçãO e Crescimento Urbano
UrbanizaçãO e Crescimento UrbanoUrbanizaçãO e Crescimento Urbano
UrbanizaçãO e Crescimento Urbano
 
PoluiçãO1
PoluiçãO1PoluiçãO1
PoluiçãO1
 
Mudanças Climáticas
Mudanças ClimáticasMudanças Climáticas
Mudanças Climáticas
 
Energias NãO Renovaveis(WalkléBio)
Energias NãO Renovaveis(WalkléBio)Energias NãO Renovaveis(WalkléBio)
Energias NãO Renovaveis(WalkléBio)
 
Conferencias Do Clima
Conferencias Do ClimaConferencias Do Clima
Conferencias Do Clima
 
Pesquisa de dissertação em andamento.
Pesquisa de dissertação em andamento.Pesquisa de dissertação em andamento.
Pesquisa de dissertação em andamento.
 
Do desemprego juvenil a empregabilidade
Do desemprego juvenil a empregabilidadeDo desemprego juvenil a empregabilidade
Do desemprego juvenil a empregabilidade
 
Nossos Velhos
Nossos VelhosNossos Velhos
Nossos Velhos
 
Reformas da Educacao Profissional - anos 1920 a 1980
Reformas da Educacao Profissional - anos 1920 a 1980Reformas da Educacao Profissional - anos 1920 a 1980
Reformas da Educacao Profissional - anos 1920 a 1980
 
Reformas da Educacao Profissional - anos 80 e anos 90
Reformas da Educacao Profissional - anos 80 e anos 90Reformas da Educacao Profissional - anos 80 e anos 90
Reformas da Educacao Profissional - anos 80 e anos 90
 
Parte I - Centralidade do Trabalho no Marxismo Clássico
Parte I - Centralidade do Trabalho no Marxismo ClássicoParte I - Centralidade do Trabalho no Marxismo Clássico
Parte I - Centralidade do Trabalho no Marxismo Clássico
 
Parte II - Descentralidade do Trabalho e Modernidade
Parte II - Descentralidade do Trabalho e ModernidadeParte II - Descentralidade do Trabalho e Modernidade
Parte II - Descentralidade do Trabalho e Modernidade
 

Último

AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
ssuserbb4ac2
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Pastor Robson Colaço
 

Último (20)

Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Labor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdf
Labor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdfLabor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdf
Labor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdf
 
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
 
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anosFotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/AcumuladorRecurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
 

A Coleta De Lixo Em Sao Paulo

  • 1. A COLETA DE LIXO EM SÃO PAULO por Juliane Carvalho SENAC – TURMA 11 Ecogestão - Profa. Valéria Bolognini
  • 2. A cidade de São Paulo gera 15 mil toneladas de lixo diariamente (lixo residencial, de saúde, restos de feiras, podas de árvores, entulho etc). Só de resíduos domiciliares são coletados mais de 9,5 mil toneladas por dia.
  • 3.
  • 4.
  • 5. Volume médio diário de resíduos coletados em 2008 Resíduo Domiciliar - 9.500 toneladas Resíduo de Serviço de Saúde - 90 toneladas Resíduo de Varrição - 270 toneladas Resíduo Inerte - 3.000 toneladas Resíduo Seletivo - 130 toneladas Outros - 1.300 toneladas.
  • 6.
  • 8.
  • 9.
  • 10. PAPEL E PAPELÃO: - Jornais, revistas, impressos em geral; - Papel de fax; - Embalagens longa-vida.
  • 11.
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19. O QUE NÃO PODE SER RECICLADO? O QUE PODE SER RECICLADO? E
  • 20.
  • 21. Plástico: Pode ser reciclado: Potes (de todos os tipos), embalagens (de detergente, shampoo, água sanitária, etc), tampas (de todos os tipos), sacos (de leite, de arroz, etc) Não pode ser reciclado: Celofane, embalagens longa vida, espuma, embalagens a vácuo, fraldas descartáveis
  • 22. Metal: Não pode ser reciclado: Pilhas normais e alcalinas, filtros de ar para veículos, latas enferrujadas. Pode ser reciclado: Latas, tampas (de refrigerante, cerveja, conservas, etc), arames, grampos, fios, pregos, marmitex, tubos de pasta dental, alumínio, cobre e outros.
  • 23. Papel : Pode ser reciclado: Revistas, jornais, papeis, caixas de papelão (de todos os tipos) Não pode ser reciclado: Papel higiênico, guardanapos com comida, copos siliconizados, papel laminado, papéis plastificados (embrulho de bolacha), papel carbono
  • 24.
  • 25.
  • 26.
  • 27.
  • 28.
  • 29.