Pesquisa de dissertação em andamento.

1.678 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.678
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
68
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Pesquisa de dissertação em andamento.

    1. 1. Inserção profissional em tempos de capitalismo globalizado: COMO JOVENS ESTUDANTES PERCEBEM O MUNDO DO TRABALHO.
    2. 2. INSERÇÃO PROFISSIONAL EM TEMPOS DE CAPITALISMO GLOBALIZADO: como jovens estudantes percebem o mundo do trabalho. Valeria Bolognini Orientadora: Profª. Drª. Maria Aparecida da Silva
    3. 3. “ Não é a consciência dos homens que determina seu ser, mas, ao contrario, é o seu ser social que determina sua consciência.” Karl Marx , Pref á cio a Cr í tica da Economia Política , 1859.
    4. 4. O que faz um homem diferente de outro homem é o que ele pensa. O que o transforma, também, de um simples fazedor de homens, num criador de homens. Carlos Drummond de Andrade
    5. 5. O que faz um homem diferente de outro homem é o que ele pensa . O que o transforma, também, de um simples fazedor de homens, num criador de homens. Carlos Drummond de Andrade
    6. 6. PREOCUPAÇ ÕES TEÓRICAS As JUVENTUDE(s) De acordo com DAYRELL (2003), faz-se necessário compreender o jovem enquanto sujeito social, constituído histórica e culturalmente a partir da diversidade de condições sociais, culturais, étnicas, de gênero e também geográficas que vivencia em seu cotidiano.
    7. 7. PREOCUPAÇ ÕES TEÓRICAS O TRABALHO O trabalho é uma atividade que assume formas e significados específicos em cada período histórico e em cada sociedade. Assim constitui formas distintivas de sociabilidade, classe e cultura, articulando simbolicamente, economicamente e estruturalmente as identidades das classes sociais e dos sujeitos que vivem em determinada sociedade.
    8. 8. PREOCUPAÇ ÕES TEÓRICAS O MERCADO FLEX Í VEL No contexto macro econômico-social do capitalismo globalizado o mundo contemporâneo atravessa um período de intensas transformações que atingem e reestruturam as relações de produção, afetando, por conseguinte, a ação dos sujeitos em sociedade (MÉSZÀROS, 2006; FRIGOTTO e CIAVATTA, 2006; ANTUNES, 2006; SENNETT, 2002). A desregulamentação das relações de trabalho veio acompanhada de uma desregulamentação do tempo e do espaço de trabalho, possibilitada pela modernização informacional. O espaço e o tempo, agora virtualizados, permitiram vivências simultâneas, flexíveis, fluídas e imateriais que, na perspectiva de Sennett (2002) e Corrêa (2006), repercutiram negativamente no cotidiano dos trabalhadores.
    9. 9. PREOCUPAÇ ÕES TEÓRICAS A inserção desse segmento da população tem características distintas dos outros segmentos populacionais, que variam de acordo com a condição socioeconômica da família do jovem. Necessidade de considerar-se as juventudes em sua diversidade de classe social, gênero, raça, origem familiar, região que vivem e nas relações heterogêneas que vivenciam (CORROCHANO, 2007). As JUVENTUDEs E O TRABALHO
    10. 10. DIANTE DO EXPOSTO, esta pesquisa busca apreender a relação entre as questões econômicas-produtivas e as questões formativas-educativas no capitalismo contemporâneo.
    11. 11. OBJETIVO GERAL DA PESQUISA Apreender a percepção de jovens estudantes dentro da faixa escolar do ensino médio sobre o mundo do trabalho e sua inserção profissional no contexto das transformações sócio-econômicas, políticas e culturais ocorridas nas últimas décadas.
    12. 12. OBJETIVOS ESPECÍFICOS <ul><li>Levantar as expectativas e aspirações profissionais de jovens estudantes de nível médio; </li></ul><ul><li>Apreender o valor e o sentido que estes atribuem ao trabalho ; </li></ul><ul><li>Verificar o que estes jovens consideram como valores , normas , atitudes e comportamentos valorizados pelo mercado de trabalho ; </li></ul><ul><li>Verificar como estes jovens avaliam suas possibilidades de inserção no mercado de trabalho formal; </li></ul><ul><li>Identificar as estratégias e as táticas que jovens estudantes vêem adotando para sua inserção no mercado de trabalho. </li></ul>
    13. 13. PASSOS DA PESQUISA <ul><li>Redação final do projeto de pesquisa </li></ul><ul><li>Revisão da literatura – Fundamentação teórica </li></ul><ul><li>Seleção da escola e dos alunos voluntários </li></ul><ul><li>Realização dos grupos de discussão </li></ul><ul><li>Refinamento das categorias de análise </li></ul><ul><li>Análise dos dados obtidos </li></ul><ul><li>Redação final da Dissertação </li></ul>
    14. 14. ESTA PESQUISA EST Á TEMPORARIAMENTE FORA DO AR.
    15. 15. MOTIVOS <ul><li>Comprometimento dos sujeitos com a pesquisa. </li></ul><ul><li>Problemas com as filmagens e transcriç ões. </li></ul><ul><li>Adoecimento da pesquisadora </li></ul><ul><li>Falta de condiç ões materiais para o deslocamento até o campo. </li></ul>
    16. 16. E esse é só o começo

    ×