SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
Baixar para ler offline
A biblioteca
num plano
“phygital”
o melhor dos dois mundos
14º Encontro de
Serviços de Apoio às
Bibliotecas Escolares
Vila Nova de
Famalicão
03.12.2021
Maria José Gonçalves Fonseca Pereira
Os jovens são cada
vez mais… nómadas
digitais, com uma
nova relação com o
tempo, o lugar e a
educação.
• A biblioteca escolar deve, cada vez mais ser um espaço aberto,
itinerante na comunidade, que crie estratégias concertadas para que o
gosto pela leitura se torne central para os alunos, tanto na sua vida
académica como nas suas atividades de lazer, levando-os a ler,
escrever e criar produtos com valor nos vários ambientes em que
vivem. A biblioteca, espaço de encontro e de troca a diferentes níveis,
deve procurar diversificar os contextos de leitura, realizar um trabalho
de curadoria e provocar permanentemente a comunidade para a
criação colaborativa de oportunidades de aprendizagem estimulantes
para os alunos. Manuela Silva (2018)
Semelhanças
Experiência do utilizador
Abertura para além do
espaço físico
Presença em simultâneo
no espaço físico e no
espaço digital
“phygital”- interseção de dois mundos
• O conceito de espaço “phygital” resulta da combinação de formatos
(físico+digital)
• Surge do Marketing - ideia conceptual que liga as vendas online às lojas físicas
• Experiência imersiva entre o real e o digital - reação digital complementada
pela reação presencial, ou vice-versa
• A realidade “mista” em qualquer lugar e a qualquer hora, estende o ambiente
físico ao ambiente digital, em muitos casos recorrendo à realidade aumentada
para enriquecer a experiência para além do tangível.
Uma
biblioteca
“phygital”
Espaço de simbiose entre o físico e
o digital
Outros espaços de trabalho,
abertos, apetrechados e de fruição
Ambientes de conexão experiencial
e reflexiva
Ambientes de aprendizagem
inéditos e interativos envolvendo o
utilizador de forma holística
O melhor desses “mundos”...
• Permite criar momentos únicos entre as tecnologias digitais e as experiências
físicas, para que tudo aquilo que acontece no cenário digital influencie ou seja
influenciado pelo cenário físico.
• O cruzamento entre o mundo físico com o mundo digital, associado a
experiências presenciais proporcionadas pela tecnologia, pode ser uma
oportunidade para promover uma ligação mais coesa dos utilizadores com a
biblioteca.
• Um ambiente “phygital” despertará a curiosidade por áreas de interesse que,
associadas aos currículos escolares suportarão um novo “modo de ver” o
processo de ensino-aprendizagem.
• Com alterações tão aceleradas na nossa sociedade, queremos que a biblioteca
continue a ser um espaço de resposta às questões que vão surgindo. Queremos que
seja um organismo vivo, que se adapte às alterações. Queremos proporcionar
experiências de aprendizagem que tornem os alunos cada vez mais participativos,
continuarmos a formar os professores bibliotecários, com formação específica na área
das tecnologias, para que saibam dar respostas e ser inovadores. Atualizar as
bibliotecas com coleções impressas e digitais, além de apetrechá-las com tecnologia.
Torná-las espaços flexíveis. Garantir que são locais de produção de conteúdos. E que
os miúdos têm ali um espaço para se tornarem melhores cidadãos. Manuela Silva
(2016)
• Criar novas formas de ler e
explorar o conhecimento, de
aprender e saber estar.
• Proporcionar novas experiências
com as fontes tradicionais e as
digitais em interação num “espaço
de encontro”.
• Silva, M. P. (2016, setembro 17). Manuela Silva: O importante é
que a leitura permaneça. Expresso.
https://expresso.pt/sociedade/2016-09-17-Manuela-Silva-O-
importante-e-que-a-leitura-permaneca
• Silva, M. P. (2018). RBE: MIBE 2018 - Mensagem da
Coordenadora da RBE. https://www.rbe.mec.pt/np4/2185.html
Muito Obrigada.
Boas Festas J

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aprender com a_biblioteca_escolar guião
Aprender com a_biblioteca_escolar guiãoAprender com a_biblioteca_escolar guião
Aprender com a_biblioteca_escolar guiãoSofia Rebêlo
 
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar 2015-16
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar 2015-16Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar 2015-16
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar 2015-16Biblioteca Infanta D. Mafalda
 
A biblioteca escolar e os desafios no contexto da sociedade atual
A biblioteca escolar e os desafios no contexto da sociedade atualA biblioteca escolar e os desafios no contexto da sociedade atual
A biblioteca escolar e os desafios no contexto da sociedade atualtalhinhas
 
Apresentação final mac
Apresentação final macApresentação final mac
Apresentação final macpapacas
 
PABE - Plano de Ação da Biblioteca da Escola D. João II - ano letivo 13 14
PABE - Plano de Ação da Biblioteca da Escola D. João II - ano letivo 13 14PABE - Plano de Ação da Biblioteca da Escola D. João II - ano letivo 13 14
PABE - Plano de Ação da Biblioteca da Escola D. João II - ano letivo 13 14bedjoaoii
 
Escolas Comparacao
Escolas  ComparacaoEscolas  Comparacao
Escolas Comparacaoandretti26
 
Plano de Acção 2009/2013
Plano de Acção 2009/2013Plano de Acção 2009/2013
Plano de Acção 2009/2013be23ceb
 
Relatorio de Execução de Atividades e do Plano de Melhoria da biblioteca 13-14
Relatorio de Execução de Atividades e do Plano de Melhoria da biblioteca 13-14Relatorio de Execução de Atividades e do Plano de Melhoria da biblioteca 13-14
Relatorio de Execução de Atividades e do Plano de Melhoria da biblioteca 13-14bedjoaoii
 
APRENDER COM A BIBLIOTECA ESCOLAR
APRENDER COM A BIBLIOTECA ESCOLARAPRENDER COM A BIBLIOTECA ESCOLAR
APRENDER COM A BIBLIOTECA ESCOLARculturalmente
 

Mais procurados (18)

Biblioteca digital v2
Biblioteca digital v2Biblioteca digital v2
Biblioteca digital v2
 
Plano de atividades da Biblioteca 2010/2011
Plano de atividades da Biblioteca 2010/2011Plano de atividades da Biblioteca 2010/2011
Plano de atividades da Biblioteca 2010/2011
 
A5
A5A5
A5
 
Referencial aprender com a_biblioteca_escolar
Referencial aprender com a_biblioteca_escolarReferencial aprender com a_biblioteca_escolar
Referencial aprender com a_biblioteca_escolar
 
Prioridades2020.21
Prioridades2020.21Prioridades2020.21
Prioridades2020.21
 
Aprender com a_biblioteca_escolar guião
Aprender com a_biblioteca_escolar guiãoAprender com a_biblioteca_escolar guião
Aprender com a_biblioteca_escolar guião
 
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar 2015-16
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar 2015-16Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar 2015-16
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar 2015-16
 
Relatório de avaliação intermédia da Biblioteca Escolar
Relatório de avaliação intermédia da Biblioteca EscolarRelatório de avaliação intermédia da Biblioteca Escolar
Relatório de avaliação intermédia da Biblioteca Escolar
 
A biblioteca escolar e os desafios no contexto da sociedade atual
A biblioteca escolar e os desafios no contexto da sociedade atualA biblioteca escolar e os desafios no contexto da sociedade atual
A biblioteca escolar e os desafios no contexto da sociedade atual
 
Apresentação final mac
Apresentação final macApresentação final mac
Apresentação final mac
 
PABE - Plano de Ação da Biblioteca da Escola D. João II - ano letivo 13 14
PABE - Plano de Ação da Biblioteca da Escola D. João II - ano letivo 13 14PABE - Plano de Ação da Biblioteca da Escola D. João II - ano letivo 13 14
PABE - Plano de Ação da Biblioteca da Escola D. João II - ano letivo 13 14
 
Semana da leitura 2022
Semana da leitura 2022Semana da leitura 2022
Semana da leitura 2022
 
Escolas Comparacao
Escolas  ComparacaoEscolas  Comparacao
Escolas Comparacao
 
Grelha paa be
Grelha paa beGrelha paa be
Grelha paa be
 
Plano de Acção 2009/2013
Plano de Acção 2009/2013Plano de Acção 2009/2013
Plano de Acção 2009/2013
 
Relatorio de Execução de Atividades e do Plano de Melhoria da biblioteca 13-14
Relatorio de Execução de Atividades e do Plano de Melhoria da biblioteca 13-14Relatorio de Execução de Atividades e do Plano de Melhoria da biblioteca 13-14
Relatorio de Execução de Atividades e do Plano de Melhoria da biblioteca 13-14
 
Plano de ação da biblioteca escolar 2009(2013
Plano de ação da biblioteca escolar 2009(2013Plano de ação da biblioteca escolar 2009(2013
Plano de ação da biblioteca escolar 2009(2013
 
APRENDER COM A BIBLIOTECA ESCOLAR
APRENDER COM A BIBLIOTECA ESCOLARAPRENDER COM A BIBLIOTECA ESCOLAR
APRENDER COM A BIBLIOTECA ESCOLAR
 

Semelhante a A biblioteca num plano "phygital": o melhor dos dois mundos

Relatório - Tema 2
Relatório - Tema 2Relatório - Tema 2
Relatório - Tema 2JABatista
 
(Apresentação ler+jovem)
(Apresentação ler+jovem)(Apresentação ler+jovem)
(Apresentação ler+jovem)beaescd
 
Os professores e o desafio comunicacional da cibercultura
Os professores e o desafio comunicacional da ciberculturaOs professores e o desafio comunicacional da cibercultura
Os professores e o desafio comunicacional da ciberculturaisaberlandi
 
Literacia da informação - parte 4
Literacia da informação - parte 4Literacia da informação - parte 4
Literacia da informação - parte 4Manuela Silva
 
Projeto - Contar e Narr@r na Biblioteca Escolar dá Vontade de Experimentar!
Projeto - Contar e Narr@r na Biblioteca Escolar dá Vontade de Experimentar!Projeto - Contar e Narr@r na Biblioteca Escolar dá Vontade de Experimentar!
Projeto - Contar e Narr@r na Biblioteca Escolar dá Vontade de Experimentar!Bibliotecas Mortágua
 
Reflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolares
Reflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolaresReflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolares
Reflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolaresmariacosta
 
Ativ1 4-educação e tecnologia
Ativ1 4-educação e tecnologiaAtiv1 4-educação e tecnologia
Ativ1 4-educação e tecnologiaBiaContato
 
Biblioteca escolar – recurso e contexto de aprendizagem - Salreu 28 de outubr...
Biblioteca escolar – recurso e contexto de aprendizagem - Salreu 28 de outubr...Biblioteca escolar – recurso e contexto de aprendizagem - Salreu 28 de outubr...
Biblioteca escolar – recurso e contexto de aprendizagem - Salreu 28 de outubr...Isabel Nina
 
Escolas, bibliotecas públicas : integração com 3 C. S. Paulo (Brasil) 22.11.2012
Escolas, bibliotecas públicas : integração com 3 C. S. Paulo (Brasil) 22.11.2012Escolas, bibliotecas públicas : integração com 3 C. S. Paulo (Brasil) 22.11.2012
Escolas, bibliotecas públicas : integração com 3 C. S. Paulo (Brasil) 22.11.2012Maria Jose Vitorino
 
Teoria pedagógica no contexto da cibercultura
Teoria pedagógica no contexto da ciberculturaTeoria pedagógica no contexto da cibercultura
Teoria pedagógica no contexto da ciberculturaSandro Alves De Azevedo
 
AESCD aLer+
AESCD aLer+AESCD aLer+
AESCD aLer+beaescd
 
Desafios e mudanças nas Bibliotecas - Conferência na Biblioteca Municipal de ...
Desafios e mudanças nas Bibliotecas - Conferência na Biblioteca Municipal de ...Desafios e mudanças nas Bibliotecas - Conferência na Biblioteca Municipal de ...
Desafios e mudanças nas Bibliotecas - Conferência na Biblioteca Municipal de ...Pedro Príncipe
 
O que Queremos para as Bibliotecas? por Ross Todd
O que Queremos para as Bibliotecas? por Ross ToddO que Queremos para as Bibliotecas? por Ross Todd
O que Queremos para as Bibliotecas? por Ross ToddLuisa Lamas
 
Relatório - Tema 1
Relatório - Tema 1Relatório - Tema 1
Relatório - Tema 1JABatista
 
Plano acçao biblioteca_castelo
Plano acçao biblioteca_casteloPlano acçao biblioteca_castelo
Plano acçao biblioteca_casteloTeresa Gonçalves
 
Repensando a biblioteca escolar, traugott, wolffenbuttel
Repensando a biblioteca escolar, traugott, wolffenbuttelRepensando a biblioteca escolar, traugott, wolffenbuttel
Repensando a biblioteca escolar, traugott, wolffenbuttelpibiduergsmontenegro
 

Semelhante a A biblioteca num plano "phygital": o melhor dos dois mundos (20)

Relatório - Tema 2
Relatório - Tema 2Relatório - Tema 2
Relatório - Tema 2
 
Flyer bib a4 2017 p2
Flyer bib a4 2017 p2Flyer bib a4 2017 p2
Flyer bib a4 2017 p2
 
Leitura@Tecnologia
Leitura@TecnologiaLeitura@Tecnologia
Leitura@Tecnologia
 
(Apresentação ler+jovem)
(Apresentação ler+jovem)(Apresentação ler+jovem)
(Apresentação ler+jovem)
 
Os professores e o desafio comunicacional da cibercultura
Os professores e o desafio comunicacional da ciberculturaOs professores e o desafio comunicacional da cibercultura
Os professores e o desafio comunicacional da cibercultura
 
Literacia da informação - parte 4
Literacia da informação - parte 4Literacia da informação - parte 4
Literacia da informação - parte 4
 
TRANSLITERACY NA EDUCAÇÃO INFORMAL; PAPEL DA BIBLIOTECA ESCOLAR
TRANSLITERACY NA EDUCAÇÃO INFORMAL; PAPEL DA BIBLIOTECA ESCOLARTRANSLITERACY NA EDUCAÇÃO INFORMAL; PAPEL DA BIBLIOTECA ESCOLAR
TRANSLITERACY NA EDUCAÇÃO INFORMAL; PAPEL DA BIBLIOTECA ESCOLAR
 
Ideias de mérito
Ideias de mérito  Ideias de mérito
Ideias de mérito
 
Projeto - Contar e Narr@r na Biblioteca Escolar dá Vontade de Experimentar!
Projeto - Contar e Narr@r na Biblioteca Escolar dá Vontade de Experimentar!Projeto - Contar e Narr@r na Biblioteca Escolar dá Vontade de Experimentar!
Projeto - Contar e Narr@r na Biblioteca Escolar dá Vontade de Experimentar!
 
Reflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolares
Reflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolaresReflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolares
Reflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolares
 
Ativ1 4-educação e tecnologia
Ativ1 4-educação e tecnologiaAtiv1 4-educação e tecnologia
Ativ1 4-educação e tecnologia
 
Biblioteca escolar – recurso e contexto de aprendizagem - Salreu 28 de outubr...
Biblioteca escolar – recurso e contexto de aprendizagem - Salreu 28 de outubr...Biblioteca escolar – recurso e contexto de aprendizagem - Salreu 28 de outubr...
Biblioteca escolar – recurso e contexto de aprendizagem - Salreu 28 de outubr...
 
Escolas, bibliotecas públicas : integração com 3 C. S. Paulo (Brasil) 22.11.2012
Escolas, bibliotecas públicas : integração com 3 C. S. Paulo (Brasil) 22.11.2012Escolas, bibliotecas públicas : integração com 3 C. S. Paulo (Brasil) 22.11.2012
Escolas, bibliotecas públicas : integração com 3 C. S. Paulo (Brasil) 22.11.2012
 
Teoria pedagógica no contexto da cibercultura
Teoria pedagógica no contexto da ciberculturaTeoria pedagógica no contexto da cibercultura
Teoria pedagógica no contexto da cibercultura
 
AESCD aLer+
AESCD aLer+AESCD aLer+
AESCD aLer+
 
Desafios e mudanças nas Bibliotecas - Conferência na Biblioteca Municipal de ...
Desafios e mudanças nas Bibliotecas - Conferência na Biblioteca Municipal de ...Desafios e mudanças nas Bibliotecas - Conferência na Biblioteca Municipal de ...
Desafios e mudanças nas Bibliotecas - Conferência na Biblioteca Municipal de ...
 
O que Queremos para as Bibliotecas? por Ross Todd
O que Queremos para as Bibliotecas? por Ross ToddO que Queremos para as Bibliotecas? por Ross Todd
O que Queremos para as Bibliotecas? por Ross Todd
 
Relatório - Tema 1
Relatório - Tema 1Relatório - Tema 1
Relatório - Tema 1
 
Plano acçao biblioteca_castelo
Plano acçao biblioteca_casteloPlano acçao biblioteca_castelo
Plano acçao biblioteca_castelo
 
Repensando a biblioteca escolar, traugott, wolffenbuttel
Repensando a biblioteca escolar, traugott, wolffenbuttelRepensando a biblioteca escolar, traugott, wolffenbuttel
Repensando a biblioteca escolar, traugott, wolffenbuttel
 

Mais de tecnologiase

Adolescer em tempo covid 19
Adolescer em tempo covid 19Adolescer em tempo covid 19
Adolescer em tempo covid 19tecnologiase
 
Bibliotecas D. Maria II - Ano letivo 2018|2019
 Bibliotecas D. Maria II - Ano letivo 2018|2019 Bibliotecas D. Maria II - Ano letivo 2018|2019
Bibliotecas D. Maria II - Ano letivo 2018|2019tecnologiase
 
Particip@r - Bibliotecas Escolares+Media Participativos - Um caso de Facebook
Particip@r - Bibliotecas Escolares+Media Participativos - Um caso de FacebookParticip@r - Bibliotecas Escolares+Media Participativos - Um caso de Facebook
Particip@r - Bibliotecas Escolares+Media Participativos - Um caso de Facebooktecnologiase
 
O olhar dos nossos alunos sobre o 25 abril 2018
O olhar dos nossos alunos sobre o 25 abril 2018O olhar dos nossos alunos sobre o 25 abril 2018
O olhar dos nossos alunos sobre o 25 abril 2018tecnologiase
 
O perfil dos alunos à saída da escolaridade obrigatória
O perfil dos alunos à saída da escolaridade obrigatóriaO perfil dos alunos à saída da escolaridade obrigatória
O perfil dos alunos à saída da escolaridade obrigatóriatecnologiase
 
Cnleitura 12ed regulamento_e_calendario
Cnleitura 12ed regulamento_e_calendarioCnleitura 12ed regulamento_e_calendario
Cnleitura 12ed regulamento_e_calendariotecnologiase
 
Noticias pnc outubro 2017
Noticias pnc   outubro 2017Noticias pnc   outubro 2017
Noticias pnc outubro 2017tecnologiase
 
Noticias pnc setembro 2017
Noticias pnc   setembro 2017Noticias pnc   setembro 2017
Noticias pnc setembro 2017tecnologiase
 
Pnc 2017 18 lista filmes
Pnc  2017 18  lista filmesPnc  2017 18  lista filmes
Pnc 2017 18 lista filmestecnologiase
 
Pnc 2016 17 _ lista_de_filmes_ de referência
Pnc  2016 17 _ lista_de_filmes_ de referênciaPnc  2016 17 _ lista_de_filmes_ de referência
Pnc 2016 17 _ lista_de_filmes_ de referênciatecnologiase
 
Pnc 2016 17 _ lista de filmes de referência
Pnc  2016 17 _ lista de filmes de referênciaPnc  2016 17 _ lista de filmes de referência
Pnc 2016 17 _ lista de filmes de referênciatecnologiase
 
Ler caminhos mar_8_marco_2016
Ler caminhos mar_8_marco_2016Ler caminhos mar_8_marco_2016
Ler caminhos mar_8_marco_2016tecnologiase
 
2 periodo 15_4_2015
2 periodo 15_4_20152 periodo 15_4_2015
2 periodo 15_4_2015tecnologiase
 
1 periodo 21_1_2015
1 periodo 21_1_20151 periodo 21_1_2015
1 periodo 21_1_2015tecnologiase
 

Mais de tecnologiase (15)

Adolescer em tempo covid 19
Adolescer em tempo covid 19Adolescer em tempo covid 19
Adolescer em tempo covid 19
 
Bibliotecas D. Maria II - Ano letivo 2018|2019
 Bibliotecas D. Maria II - Ano letivo 2018|2019 Bibliotecas D. Maria II - Ano letivo 2018|2019
Bibliotecas D. Maria II - Ano letivo 2018|2019
 
Particip@r - Bibliotecas Escolares+Media Participativos - Um caso de Facebook
Particip@r - Bibliotecas Escolares+Media Participativos - Um caso de FacebookParticip@r - Bibliotecas Escolares+Media Participativos - Um caso de Facebook
Particip@r - Bibliotecas Escolares+Media Participativos - Um caso de Facebook
 
O olhar dos nossos alunos sobre o 25 abril 2018
O olhar dos nossos alunos sobre o 25 abril 2018O olhar dos nossos alunos sobre o 25 abril 2018
O olhar dos nossos alunos sobre o 25 abril 2018
 
O perfil dos alunos à saída da escolaridade obrigatória
O perfil dos alunos à saída da escolaridade obrigatóriaO perfil dos alunos à saída da escolaridade obrigatória
O perfil dos alunos à saída da escolaridade obrigatória
 
Cnleitura 12ed regulamento_e_calendario
Cnleitura 12ed regulamento_e_calendarioCnleitura 12ed regulamento_e_calendario
Cnleitura 12ed regulamento_e_calendario
 
Noticias pnc outubro 2017
Noticias pnc   outubro 2017Noticias pnc   outubro 2017
Noticias pnc outubro 2017
 
Noticias pnc setembro 2017
Noticias pnc   setembro 2017Noticias pnc   setembro 2017
Noticias pnc setembro 2017
 
Pnc 2017 18 lista filmes
Pnc  2017 18  lista filmesPnc  2017 18  lista filmes
Pnc 2017 18 lista filmes
 
Pnc 2016 17 _ lista_de_filmes_ de referência
Pnc  2016 17 _ lista_de_filmes_ de referênciaPnc  2016 17 _ lista_de_filmes_ de referência
Pnc 2016 17 _ lista_de_filmes_ de referência
 
Pnc 2016 17 _ lista de filmes de referência
Pnc  2016 17 _ lista de filmes de referênciaPnc  2016 17 _ lista de filmes de referência
Pnc 2016 17 _ lista de filmes de referência
 
Ler caminhos mar_8_marco_2016
Ler caminhos mar_8_marco_2016Ler caminhos mar_8_marco_2016
Ler caminhos mar_8_marco_2016
 
2 periodo 15_4_2015
2 periodo 15_4_20152 periodo 15_4_2015
2 periodo 15_4_2015
 
3 periodo 8_07_15
3 periodo 8_07_153 periodo 8_07_15
3 periodo 8_07_15
 
1 periodo 21_1_2015
1 periodo 21_1_20151 periodo 21_1_2015
1 periodo 21_1_2015
 

Último

Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptxSanta Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptxMartin M Flynn
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASyan1305goncalves
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdfLindinhaSilva1
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfKelly Mendes
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialDouglasVasconcelosMa
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...Eró Cunha
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptorlando dias da silva
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasBibliotecaViatodos
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxprofbrunogeo95
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 

Último (20)

Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptxSanta Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 

A biblioteca num plano "phygital": o melhor dos dois mundos

  • 1. A biblioteca num plano “phygital” o melhor dos dois mundos 14º Encontro de Serviços de Apoio às Bibliotecas Escolares Vila Nova de Famalicão 03.12.2021 Maria José Gonçalves Fonseca Pereira
  • 2. Os jovens são cada vez mais… nómadas digitais, com uma nova relação com o tempo, o lugar e a educação.
  • 3. • A biblioteca escolar deve, cada vez mais ser um espaço aberto, itinerante na comunidade, que crie estratégias concertadas para que o gosto pela leitura se torne central para os alunos, tanto na sua vida académica como nas suas atividades de lazer, levando-os a ler, escrever e criar produtos com valor nos vários ambientes em que vivem. A biblioteca, espaço de encontro e de troca a diferentes níveis, deve procurar diversificar os contextos de leitura, realizar um trabalho de curadoria e provocar permanentemente a comunidade para a criação colaborativa de oportunidades de aprendizagem estimulantes para os alunos. Manuela Silva (2018)
  • 4.
  • 5. Semelhanças Experiência do utilizador Abertura para além do espaço físico Presença em simultâneo no espaço físico e no espaço digital
  • 6. “phygital”- interseção de dois mundos • O conceito de espaço “phygital” resulta da combinação de formatos (físico+digital) • Surge do Marketing - ideia conceptual que liga as vendas online às lojas físicas • Experiência imersiva entre o real e o digital - reação digital complementada pela reação presencial, ou vice-versa • A realidade “mista” em qualquer lugar e a qualquer hora, estende o ambiente físico ao ambiente digital, em muitos casos recorrendo à realidade aumentada para enriquecer a experiência para além do tangível.
  • 7. Uma biblioteca “phygital” Espaço de simbiose entre o físico e o digital Outros espaços de trabalho, abertos, apetrechados e de fruição Ambientes de conexão experiencial e reflexiva Ambientes de aprendizagem inéditos e interativos envolvendo o utilizador de forma holística
  • 8. O melhor desses “mundos”... • Permite criar momentos únicos entre as tecnologias digitais e as experiências físicas, para que tudo aquilo que acontece no cenário digital influencie ou seja influenciado pelo cenário físico. • O cruzamento entre o mundo físico com o mundo digital, associado a experiências presenciais proporcionadas pela tecnologia, pode ser uma oportunidade para promover uma ligação mais coesa dos utilizadores com a biblioteca. • Um ambiente “phygital” despertará a curiosidade por áreas de interesse que, associadas aos currículos escolares suportarão um novo “modo de ver” o processo de ensino-aprendizagem.
  • 9. • Com alterações tão aceleradas na nossa sociedade, queremos que a biblioteca continue a ser um espaço de resposta às questões que vão surgindo. Queremos que seja um organismo vivo, que se adapte às alterações. Queremos proporcionar experiências de aprendizagem que tornem os alunos cada vez mais participativos, continuarmos a formar os professores bibliotecários, com formação específica na área das tecnologias, para que saibam dar respostas e ser inovadores. Atualizar as bibliotecas com coleções impressas e digitais, além de apetrechá-las com tecnologia. Torná-las espaços flexíveis. Garantir que são locais de produção de conteúdos. E que os miúdos têm ali um espaço para se tornarem melhores cidadãos. Manuela Silva (2016)
  • 10. • Criar novas formas de ler e explorar o conhecimento, de aprender e saber estar. • Proporcionar novas experiências com as fontes tradicionais e as digitais em interação num “espaço de encontro”.
  • 11.
  • 12. • Silva, M. P. (2016, setembro 17). Manuela Silva: O importante é que a leitura permaneça. Expresso. https://expresso.pt/sociedade/2016-09-17-Manuela-Silva-O- importante-e-que-a-leitura-permaneca • Silva, M. P. (2018). RBE: MIBE 2018 - Mensagem da Coordenadora da RBE. https://www.rbe.mec.pt/np4/2185.html