Entendendo o Ministério da Família

17.842 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
9 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
17.842
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10.169
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
307
Comentários
0
Gostaram
9
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Voce sabequaissao as tres bases de trabalho do Ministerio da Familia? Quaisdeveriamser as nossasprioridadescomolideresdestedepartamento?
  • Sugiro a voce trabalharemtres areas: fortalecendorelacionamentos da (1) FamiliacomDeus, tambem (2) da Familia com a propriaFamilia, e porfim, da (3) Familia com a Comunidade. Éclaroquecomoestas areas naosaoestanques (umadependemuito da outra), sera muitomelhortrabalhar com todasaomesmo tempo.
  • A Família com DeusA primeira area é a maisimportanteporquefortalece o relacionamento da familia com Deus, e porissoénelaque voce devefazer o maiorinvestimento.O objetivo final de nossosprogramasnaoéapenaspromoverpara as familias um bomrelacionamentohumano, mas vidaeterna.
  • Quando o relacionamento com Deus érestabelecido, as outrasrelacoestendem a melhorar (Proverbios 16:7).
  • Porisso, alem de promover a Semana da Familia, voce deveincluirnesta meta estabelecer o culto da familiaemcada casa de suaigreja.
  • Fale do culto, ensinecomofazer, divulgue e oferecalivrosqueensinem a fazer (Orientacao da Crianca, porexemplo), e motive seriamentecadafamilia a encomendar as ferramentaspara o culto e a comunhaopessoal: hinarios, meditacoesdiarias e licao da EscolaSabatina. Cadaevento de Ministerio da Familiadeveriaser um chamadoparafortalecer o Culto da Familia.
  • Fale do culto, ensinecomofazer, divulgue e oferecalivrosqueensinem a fazer (Orientacao da Crianca, porexemplo), e motive seriamentecadafamilia a encomendar as ferramentaspara o culto e a comunhaopessoal: hinarios, meditacoesdiarias e licao da EscolaSabatina. Cadaevento de Ministerio da Familiadeveriaser um chamadoparafortalecer o Culto da Familia.
  • A Família com a FamíliaNa segunda area, fortalecendorelacoes da Família com a Família, atraves de atividadescomoencontrose palestras, voce deveprovidenciar as ferramentasmaisbasicasparaquecadafamiliacuidemelhor de simesma, relacione-se melhor e mantenha o foconaeternidade.
  • Na segunda area, fortalecendorelacoes da Família com a Família, atraves de atividadescomoencontrose palestras, voce deveprovidenciar as ferramentasmaisbasicasparaquecadafamiliacuidemelhor de simesma, relacione-se melhor e mantenha o foconaeternidade.
  • Para isso, programeencontros e palestrascomoEncontros de Casais, o RCC (Renovacao de Casais com Cristo– vejapag 24 a 27), Encontros de Pais, Cursos de Noivos e atividadesrelacionadasaoMinisterio dos Solteiros. Invistatambemnasaudefisica e financeira das familias de suaigreja.
  • Para isso, programeencontros e palestrascomoEncontros de Casais, o RCC (Renovacao de Casais com Cristo– vejapag 24 a 27), Encontros de Pais, Cursos de Noivos e atividadesrelacionadasaoMinisterio dos Solteiros. Invistatambemnasaudefisica e financeira das familias de suaigreja.
  • Para isso, programeencontros e palestrascomoEncontros de Casais, o RCC (Renovacao de Casais com Cristo– vejapag 24 a 27), Encontros de Pais, Cursos de Noivos e atividadesrelacionadasaoMinisterio dos Solteiros. Invistatambemnasaudefisica e financeira das familias de suaigreja.
  • Aindadentrodesta area, outro aspectomuitoimportanteé a divulgacaoemsuaigreja (e venda) dos livros de familiaquesaoinspiradospor Deus e quenoschegaramatraves do domprofetico de Ellen G. White: O LarAdventista, Orientação da Criança, O MaiorDiscurso de Cristo, ConselhosaosPais, Professores e Estudantes, ConselhosSobreEducação, Educação, Mente, Caráter e Personalidade, AdministraçãoEficaz, Ciência do BomViver e ConselhosSobre o Regime Alimentar. Naodescanse ate quecadafamilia de suaigrejatenhapelomenososdoisprimeiros.
  • Aindadentrodesta area, outro aspectomuitoimportanteé a divulgacaoemsuaigreja (e venda) dos livros de familiaquesaoinspiradospor Deus e quenoschegaramatraves do domprofetico de Ellen G. White: O LarAdventista, Orientação da Criança, O MaiorDiscurso de Cristo, ConselhosaosPais, Professores e Estudantes, ConselhosSobreEducação, Educação, Mente, Caráter e Personalidade, AdministraçãoEficaz, Ciência do BomViver e ConselhosSobre o Regime Alimentar. Naodescanse ate quecadafamilia de suaigrejatenhapelomenososdoisprimeiros.
  • Aindadentrodesta area, outro aspectomuitoimportanteé a divulgacaoemsuaigreja (e venda) dos livros de familiaquesaoinspiradospor Deus e quenoschegaramatraves do domprofetico de Ellen G. White: O LarAdventista, Orientação da Criança, O MaiorDiscurso de Cristo, ConselhosaosPais, Professores e Estudantes, ConselhosSobreEducação, Educação, Mente, Caráter e Personalidade, AdministraçãoEficaz, Ciência do BomViver e ConselhosSobre o Regime Alimentar. Naodescanse ate quecadafamilia de suaigrejatenhapelomenososdoisprimeiros.
  • Aindadentrodesta area, outro aspectomuitoimportanteé a divulgacaoemsuaigreja (e venda) dos livros de familiaquesaoinspiradospor Deus e quenoschegaramatraves do domprofetico de Ellen G. White: O LarAdventista, Orientação da Criança, O MaiorDiscurso de Cristo, ConselhosaosPais, Professores e Estudantes, ConselhosSobreEducação, Educação, Mente, Caráter e Personalidade, AdministraçãoEficaz, Ciência do BomViver e ConselhosSobre o Regime Alimentar. Naodescanse ate quecadafamilia de suaigrejatenhapelomenososdoisprimeiros.
  • A Família com a ComunidadePorfim, existe a terceira area de atuacaoqueéfortalecer o relacionamento da Família com a Comunidade. Aqui, estamosfalando de evangelismomesmo e existeespacoparamuitacriatividade! Nés, osadventistas, naoqueremosapenas o evangelho social…
  • Nós, osadventistas, naoqueremosapenas o evangelho social queprocuramelhorar a vida das pessoas e naofala de pecado, justificacao, juizo e vidaeterna.
  • Queremosvermaisfamilias no Céu
  • Voce se torna um vasoaindamaisutilnasmaos de Deus quandocompreendeque o Ministerio da Familiaé um dos principaisinstrumentos de evangelismo da igreja.
  • Queremosvermaisfamilias no Céu e, paraisso, osprogramasprecisamsermuitoespirituais, totalmentecomprometidos com osprincipiosquecremos!
  • Desde a alimentacao, até as musicas, ilustracoes, filmesouentretenimentos, tudodeveapontarpara o Céu. Estamos no fim do tempo do fim e naotemosmais tempo a perder.
  • Desde a alimentacao, até as musicas, ilustracoes, filmesouentretenimentos, tudodeveapontarpara o Céu. Estamos no fim do tempo do fim e naotemosmais tempo a perder.
  • Entao, ajude as familias de suaigreja a desenvolveremaquelaespecie de amormais sublime: o amoraltruista. Quandomotivamos um casalouumafamilia a apenas se relacionaremmelhor entre simesmos, fortalecemosneles um tipo de relacaoegoistaquepodefinalmenteenvenenar o propriorelacionamento (lembre-se de que o egoismoéexatamente o oposto de amor). Mas quandoumafamiliaédesviada de simesma e élevada a trabalharporoutrasfamilias e pessoas, desenvolveestetiporaro de amordesinteressadoqueacabaráporinfluenciarpositivamente apropriarelacao.
  • Entao, ajude as familias de suaigreja a desenvolveremaquelaespecie de amormais sublime: o amoraltruista. Quandomotivamos um casalouumafamilia a apenas se relacionaremmelhor entre simesmos, fortalecemosneles um tipo de relacaoegoistaquepodefinalmenteenvenenar o propriorelacionamento (lembre-se de que o egoismoéexatamente o oposto de amor). Mas quandoumafamiliaédesviada de simesma e élevada a trabalharporoutrasfamilias e pessoas, desenvolveestetiporaro de amordesinteressadoqueacabaráporinfluenciarpositivamente apropriarelacao.
  • Entao, ajude as familias de suaigreja a desenvolveremaquelaespecie de amormais sublime: o amoraltruista. Quandomotivamos um casalouumafamilia a apenas se relacionaremmelhor entre simesmos, fortalecemosneles um tipo de relacaoegoistaquepodefinalmenteenvenenar o propriorelacionamento (lembre-se de que o egoismoéexatamente o oposto de amor). Mas quandoumafamiliaédesviada de simesma e élevada a trabalharporoutrasfamilias e pessoas, desenvolveestetiporaro de amordesinteressadoqueacabaráporinfluenciarpositivamente apropriarelacao.
  • Entao, ajude as familias de suaigreja a desenvolveremaquelaespecie de amormais sublime: o amoraltruista. Quandomotivamos um casalouumafamilia a apenas se relacionaremmelhor entre simesmos, fortalecemosneles um tipo de relacaoegoistaquepodefinalmenteenvenenar o propriorelacionamento (lembre-se de que o egoismoéexatamente o oposto de amor). Mas quandoumafamiliaédesviada de simesma e élevada a trabalharporoutrasfamilias e pessoas, desenvolveestetiporaro de amordesinteressadoqueacabaráporinfluenciarpositivamente apropriarelacao.
  • Entao, ajude as familias de suaigreja a desenvolveremaquelaespecie de amormais sublime: o amoraltruista. Quandomotivamos um casalouumafamilia a apenas se relacionaremmelhor entre simesmos, fortalecemosneles um tipo de relacaoegoistaquepodefinalmenteenvenenar o propriorelacionamento (lembre-se de que o egoismoéexatamente o oposto de amor). Mas quandoumafamiliaédesviada de simesma e élevada a trabalharporoutrasfamilias e pessoas, desenvolveestetiporaro de amordesinteressadoqueacabaráporinfluenciarpositivamente apropriarelacao.
  • Motive as familias e oscasais a trabalharemjuntospelasalvacao de outros, atraves de EstudosBiblicos, PequenoGrupo, DuplaMissionaria (éotimaquandoformadapor um casal), e evangelismoPublico.
  • Na verdade, cadaprograma do Ministério da Familiadeveriaestardirigidopara o publicoqueaindanao tem um compromisso com Jesus.
  • Devemhaverapelosclaros e definidosparaqueaceitem a Jesus, descamàsaguas do batismo…
  • Devemhaverapelosclaros e definidosparaqueaceitem a Jesus, descamàsaguas do batismo e ao final de cadaprogramaaindadevehaverumavisivelligacao com outro projetoevangelisticoda igreja, comoumaclassebiblicaouumaserie de evangelismo, porexemplo.Escolha as datas dos programas de Ministerio da Familia de modoqueterminemjustamente antes de iniciar, porexemplo, um projetoevangelistico da igreja (vejapag. 19 o calendario). Ah, e tambem motive as familias a trabalharem juntas para Deus, com casais, pais e filhos, distribuindo o livro “A Grande Esperanca”.
  • Envolvidasnamissao, as familiasdesenvolvem o proprioamor de Cristo que, emlugar de buscar o propriobem, esvaziou-se…
  • …deixou o conforto e estevedisposto a inclusive morrerparasalvar o pecador.
  • Quandoumafamiliacompreendeestefato e trabalhaemharmonia com o Criador, nao ha limites para o que Deus podefazerporaquela casa!
  • Entendendo o Ministério da Família

    1. 1. LIDER DO MF TRABALHA EM 3 ÁREASFortalecendo ao mesmo temporelacionamentos da:• Família com Deus• Família com a própria família• Família com a comunidade
    2. 2. 1a ÁREA: A FAMÍLIA COM DEUS• É a área mais importante• Por isso, faça nela seu maior investimento• O que não é nosso objetivo final: apenas melhorar relacionamentos• Nosso maior objetivo: levar pessoas à vida eterna
    3. 3. A FAMÍLIA COM DEUSPor que investir nesta área?• Quando o relacionamento com Deus é restabelecido, as outras relações tendem a melhorar.• "Sendo o caminho dos homens agradável ao Senhor, este reconcilia com eles os seus inimigos.”Pv. 16:7
    4. 4. Atividades sugestivas:• Promova a Semana da Família• Motive cada indivíduo para estabelecer a comunhão pessoal como um hábito• Estabeleça o Culto da Família como um hábito em cada casa
    5. 5. COMO MOTIVAR A COMUNHÃO PESSOAL EM SUA IGREJA?Incentive também:• Jornada das 40 madrugadas com Deus• Assinatura da Lição da Escola Sabatina
    6. 6. • Leitura diária da Bíblia e do Espírito de Profecia• A formação do hábito de buscar a Deus no primeiro momento do dia
    7. 7. COMO MOTIVAR O CULTO DA FAMÍLIA?• Fale sobre o Culto da Família em cada oportunidade• Utilize a Semana da Família para incentivar o Culto da Família• Incentive a compra da Cesta Básica (Lição, Meditações Diárias, Hinário, etc).
    8. 8. • Ensine como fazer• Divulgue livros que ensinam como fazer (OC, por exemplo).• Cada evento de Ministério da Família pode ser um chamado para fortalecer o Culto da Família
    9. 9. 2a ÁREA: A FAMÍLIA COM A FAMÍLIA• Por que investir nesta área? O amor ao próximo é evidência de discipulado!• "Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns pelos outros." João 13:35
    10. 10. Providencie ferramentas que ajudem afamília a:• Desenvolver a habilidade de amar• Cuidar de si mesma• Manter o foco na eternidade
    11. 11. Algumas atividades sugestivas:• Encontros da melhor idade, namorados, adolescentes, etc.• Palestras, seminários...• Encontros de Casais (tradicional)
    12. 12. • RCC (Renovação de Casais com Cristo)• Encontros de Pais• Cursos de Noivos
    13. 13. Atividades sugestivas:• Cursos de Preparo para o Namoro• Encontros de Solteiros• Cursos sobre a saúde na família (culinária, etc)• Cursos sobre as Finanças da Família
    14. 14. LIVROS BÁSICOS (REVELAÇÃO DE DEUS)• O Lar Adventista• Orientação da Criança• O Maior Discurso de Cristo• Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes
    15. 15. • Conselhos Sobre Educação• Educação• Mente, Caráter e Personalidade (I e II)• Administração Eficaz (Mordomia Cristã)
    16. 16. • Ciência do Bom Viver• Conselhos Sobre o Regime Alimentar• Conselhos Sobre Saúde
    17. 17. ALVO SUGESTIVO:Colocar em cada casa adventista pelomenos estes dois livros:• O Lar Adventista• Orientação da Criança
    18. 18. 3a ÁREA: A FAMÍLIA COM A COMUNIDADENosso objetivo final é o evangelismo, enão apenas o evangelho social!
    19. 19. EVANGELHO SOCIAL• Apenas procura melhorar a vida das pessoas• Preocupa-se mais com esta terra...• Mas não fala de pecado, juízo, justificação e vida eterna• Nem de um “coração novo”...
    20. 20. NOSSO OBJETIVO MAIS AMPLO:É evangelismo:Colocar mais famílias transformadas noCéu!
    21. 21. POR ISSO, O MINISTÉRIO DA FAMÍLIAPode ser um dos principais instrumentosde evangelismo da igreja
    22. 22. TODOS OS NOSSOS PROGRAMASDevem ser:• Muito espirituais - convidando a presença de Cristo• Totalmente de acordo com os princípios que cremos e pregamos
    23. 23. DETALHES NO PROGRAMAREVELAM DE QUE LADO ESTAMOS • Músicas • Ilustrações • Recreação • Filmes & entretenimento
    24. 24. • Guarda do sábado• Horários• Tipo de alimentação
    25. 25. COMO TER MAIS EFICIÊNCIA NO EVANGELISMO?Desenvolvendo nas famílias da igreja otipo mais sublime de amor:• AMOR ALTRUÍSTA (como o de Cristo)
    26. 26. AMOR ALTRUÍSTA (COMO O DE CRISTO)• Alvo do casal: "Nós, ainda mais juntos, a serviço dos outros, para a alegria e vida eterna de outros.”• O desejo de auxiliar a outros tende a desviar o olhar dos próprios problemas!
    27. 27. COMO É O “AMOR” EGOÍSTA• Alvo do casal: "Só nós, cada vez mais juntos, e para nós mesmos, para o nosso próprio prazer.”• Egoísmo é a essência da depravação; pertence ao reino das trevas• EGW diz que "Egoísmo" é o oposto de "amor"
    28. 28. EGOÍSMO PODE SER FORTALECIDO QUANDO:• Sugerimos às famílias que o alvo maior é apenas fortalecer o relacionamento mútuo• Não envolvemos as famílias em atividade missionária• Nossos programas não tem objetivo evangelístico
    29. 29. RESULTADO DO AMOR EGOÍSTANas famílias:• É desenvolvido um tipo de relação doentia e egoísta que pode finalmente envenenar o próprio relacionamento• Afastamento de Deus
    30. 30. RESULTADO DO AMOR EGOÍSTANas igrejas:• Estagnação, mornidão e morte espiritual• Perda do crescimento
    31. 31. O QUE FAZER?Motive famílias e casais atrabalharem juntos por outros• Formando duplas missionárias (ex.: distribuir o livro "A Grande Esperança”)• Dando estudos bíblicos• Dirigindo um PG (ou oferecendo a casa)
    32. 32. O IDEAL:Sempre que possível, todo programa deMinistério da Família deve ser dirigidopara o público que ainda não temcompromisso com o Senhor
    33. 33. AO PLANEJAR E EXECUTAR PROGRAMAS DE MFSeja proativo!• Não espere apenas que as pessoas se interessem na verdade• Faça convites claros e definidos para o estudo da Bíblia
    34. 34. • Faça convites para aceitarem a Jesus• Faça apelos para o batismo• Lembrete: a eficiência aumenta quando cada programa de MF tem ligação com projetos evangelísticos que vem a seguir
    35. 35. PROGRAMAS MF LIGADOS A PROJETOS EVANGELÍSTICOSExemplo:• Encontro de Casais, seguido de um destes: – Classe Bíblica – Evangelismo Semana Santa
    36. 36. – Pequenos Grupos– Semana de Colheita– Etc.
    37. 37. FAMÍLIAS ENVOLVIDAS NA MISSÃODesenvolvem amor semelhante ao deCristo, que• Não buscou seus próprios interesses• Esvaziou-se
    38. 38. • Deixou o conforto do Céu• Dispôs-se a morrer para alcançar ao pecador
    39. 39. Quando uma família compreende oamor de Cristo e trabalha em harmoniacom o Criador, não há limites para o que Deus pode fazer por aquela casa!

    ×