Profeciasdoapocalipse pg

1.354 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.354
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
30
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Profeciasdoapocalipse pg

  1. 1. Esta série de estudos é uma ferramenta valiosa para envolver os membros do PequenoGrupo na pesquisa aplicativa da Bíblia. A idéia é levar os participantes a mergulharem no texto bíblico, trazendo para si as verdades ali contidas. Sobretudo, anelamos que o maravilhoso Senhor, revelado na Página Sagrada, encontre lugar no coração de cada adorador. “Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em Meu Nome, aí estou Eu no meio deles”. Mt. 18:20 Comunhão e Missão
  2. 2. Profecias do ApocalipseLas Grandes Oraciones SERIE DE ESTUDIOS PRE TRIMESTRALES PG GP SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE DE
  3. 3. Profecias do ApocalipseLas Grandes Oraciones SERIE DE ESTUDIOS PRE TRIMESTRALES PG GP SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE DE
  4. 4. Sumário1. A revelação de Jesus e os bem-aventurados – Pr. Marcos Nunes2. Quem é Jesus? – Pr. Salomão Sarmento3. Laodicéia – Pr. Walmir Arantes4. Quem pode abrir o livro? – Pr. Edimar Sena5. Os 144 mil – Pr. Ariel Tenorio6. Os Glorificados – Pr. Cícero Gama7. As duas testemunhas – Pr. Salomão Sarmiento8. Babilônia, a falsa Igreja – Pr. Walmir Arante9. A Igreja Verdadeira – Pr. Ariel Tenorio10. oão e o Livrinho – Pr. Edimar Sena J11. A Fé de Jesus – Pr. Salomão Sarmiento12. Alto Clamor – Pr. Marcos Nunes O13. Destruição do Mal – Pr. Rafael Almeida A14. ovo Céu e Nova Terra – Pr. Cícero Gama NExpedienteProdução Executiva: Divisão Sul-Americana (UA, UE, UP, UPN, UPS,UU, UCOB, UEB, UNB, UNeB, UNoB, USB)Título: Profecias do ApocalipseCategoria: Pequenos GruposSérie preparada: pela União Centro-Oeste BrasileiraCoordenação Geral: Pr. Jolivê Chaves (DSA)Arte e Diagramação: Claudia Suzana R. Lima e Gláucia MeirelesDireito de Tradução e publicação: Divisão Sul-Americana PROFECIA DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG 3
  5. 5. ProgramaAs quatro etapas de um Pequeno Grupo relacional:1. Confraternização: Recepção, colocando aconversa em dia e quebra-gelo.2. Adoração: Louvor, oração, meditação,testemunhos e estudo.3. Estudo comparado da Bíblia: Ênfase naaplicação do texto à vida.4. Testemunho: Planejamento evangelístico dogrupo, oração intercessória, duplas.Ideais do Grupo1. Nome do grupo:2. Nosso lema:3. Nossa oração:4. Hino oficial:5. Nossa bandeira:6. Nosso texto bíblico: PROFECIA DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG 5
  6. 6. ApresentaçãoA Igreja Adventista do Sétimo Dia em todo o território da América doSul, tem buscado fazer com que os Pequenos Grupos se tornem real-mente o estilo de vida de cada um de seus membros.Sonhamos com uma igreja em que cada pessoa se sinta cuidada, am-parada e tenha condição de se tornar um verdadeiro discípulo de Cris-to, alguém maduro na fé e envolvido na missão de salvar pessoas paraJesus.Anelamos ver nosso povo vivendo uma experiência de comunhão emissão no seu dia a dia. Homens e mulheres movidos pelo EspíritoSanto, cujo caráter reflita a imagem de Deus através da frutificação edo serviço voluntário de acordo com os dons espirituais.Sobretudo, queremos ganhar muito mais pessoas para Deus e que,ao chegarem às nossas congregações, elas encontrem um ambientetão acolhedor e ao mesmo tempo capacitador que a apostasia sejabruscamente reduzida.Diante de tantos desafios, entendemos a necessidade dos PequenosGrupos, como a unidade básica de organização da igreja para o servi-ço e para o atendimento espiritual e relacional dos membros.Parabéns a você que está participando deste Pequeno Grupo. Nosajude a contagiar outros e avançar como um grande movimento.Esta série de temas bíblicos é um instrumento valioso para o estudoaplicativo da Palavra de Deus. Deixe a Bíblia falar ao seu coração ecompartilhe isso com os participantes de seu grupo.Que o bom Deus o abençoe ricamente nesta caminhada cujo final seráo lar celestial.Um abraço,Pr. Jolivê ChavesMinistério Pessoal DSA PROFECIA DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG 7
  7. 7. A REVELAÇÃO DE 1 JESUSCRISTO E OS BEM-AVENTURADOSQUEBRA-GELO: Você já conseguiu ler algum livro do começo ao fim?Como você se sentiu?INTRODUÇÃO:“O livro do Apocalipse revela os acontecimentos finais do grande con-flito entre o bem e o mal”. O próprio nome dado as suas inspiradaspáginas, ‘‘revelação”, contradiz a afirmação de que é um livro selado.O próprio Senhor revelou a seu servo os mistérios contidos nesse livro,e propõe que seja aberto ao estudo de todos. Aos que lêem e ouvem amensagem bíblica e profética e vivem em harmonia com ela, é assegu-rada a benção divina reservada aos fiéis no fim do tempo.TEXTO PARA ESTUDO: Apocalipse 1:1 - 3DISCUSSÃO:I. CONHECENDO O TEXTO1. Como o texto descreve a maneira como o livro do apocalipse che-gou até nós?2. Qual é o significado de: ‘‘Bem-aventurados aqueles que lêem, ou-vem e praticam as coisas nela escritas”?3. Adolescentes: Para você, o que é mais difícil: Ler, ouvir ou praticara Palavra de Deus? Na sua opinião, o que se deve fazer para superaressa dificuldade?4. Jovens: Qual é o significado da expressão ‘‘O tempo está próximo”?Que benefícios o estudo da Bíblia e do Apocalipse trazem para você?II. INTERPRETANDO O TEXTOAmpliando a visão: O Apocalipse foi o último livro escrito pelo apósto- PROFECIA DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG 9
  8. 8. lo João entre os anos 93 e 95 d.C., pouco antes de sua morte. O nome ‘‘Apocalipse”, do Grego ‘Apokálypsis, revelar, mostrar, manifestar, ato de desvendar ou de tornar conhecido. Vem do principal tema do livro: a revelação de Jesus. Deus revela a Seu povo a felicidade e segurança disponíveis em Sua Palavra. Diante disso, você está passando tempo suficiente lendo ou ouvindo a Palavra de Deus? Como está sua obedi- ência à revelação do “Assim diz o Senhor”? Ilustração: Certa vez perguntaram ao compositor alemão Franz Joseph Haydn a razão de suas composições sacras serem tão alegres. Ele respondeu: Não posso fazê-las de outro modo. Quando penso em Deus, medito em Sua Palavra e em Sua graça revelada em Jesus Cristo, Meu cora- ção fica tão cheio de alegria que as notas parecem saltar e dançar da pena com que escrevo. III. APLICANDO O TEXTO 1. Como pretende organizar o seu tempo para ler, ouvir e praticar a Palavra de Deus? Deseja ser um bem-aventurado? CONCLUSÃO: Deus deseja que a Bíblia seja lida e compreendida por todos. Não precisamos que outros pensem por nós. A compreensão bíblica não funciona apertando botões. Visto que requer esforço adicional, não de- sista sem encontrar a benção que Deus colocou ali para você. Descu- bra pessoalmente o seu valor e experimente a alegria profunda pelo diligente estudo das Escrituras.10 PROFECIAS DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG
  9. 9. 2 QUEM É JESUS?QUEBRA-GELO: Alguma vez você sentiu o perigo da morte? Comovocê lidou com a situação?INTRODUÇÃO:Hoje veremos que Jesus é Aquele que vive e tem as chaves da mortee do inferno. Com Ele, podemos enfrentar o passado sem remorso eo futuro sem receio. A morte nunca fez parte do plano divino. Ela tira asignificação e o propósito da vida, é cruel e insensível. Arrebata crian-ças inocentes, acaba inesperadamente com um romance e faz comque pessoas idosas definhem lentamente em sofrimento até a morte.Mas a vitória de Cristo sobre a morte possibilita que encaremos o futu-ro com confiança e sem temor.TEXTO PARA ESTUDO: Apocalipse 1:4-20DISCUSSÃO:I. CONHECENDO O TEXTO1. Na visão de João, qual é a aparência de Jesus? Descreva a visãoque João teve em relação à morte.2. Considere os fatos: O homem não tinha saída para a morte, viviaperdido e sem esperança. Que lições aprendemos da atitude dAqueleque é a “Vida” se entregar à morte por nós?3. Adolescentes: Jesus disse que tem as chaves da morte e do infer-no, mas quando pensamos em nossas falhas do passado, sentimosmedo da morte. Por que vem este tipo de medo? Remoer o passadotraz algum benefício?4. Jovens: Por que Jesus falou que esteve morto, mas está vivo? Quemensagem Ele deu ao dizer que tem as chaves da morte e do inferno?II. INTERPRETANDO O TEXTO PROFECIAS DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG 11
  10. 10. Amplie sua visão: A palavra de Cristo ressuscita os mortos. “Satanás não pode reter os mortos em seu poder quando o Filho de Deus lhes ordena que vivam. Não pode manter em morte espiritual uma alma que, com fé, recebe a poderosa palavra de Cristo. Deus está dizendo a todos que se acham mortos em pecado: ‘Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos’. Efésios 5: 14. Essa palavra é vida eterna” (O Desajado de Todas as Nações Ed. Popular p. 303). Ilustração: O pai de quatro filhos adultos sofreu um ataque cardíaco aos 63 anos de idade. Quando os filhos chegaram, foram cumprimen- tados por uma enfermeira que exclamou: “Lamentamos ter que dizer que o pai de você faleceu”. Os filhos ficaram aturdidos e perplexos, mas um raio de luz dissipou as trevas. O pastor esteve com aquele pai na UTI pouco antes dele falecer, e ouviu o moribundo sussurrar: “Jesus, sei que eu o verei na primeira ressurreição”. Aquele pai pôde enfrentar a morte com confiança e sem temor. Nada poderia ter sido mais confortante para os filhos do que ser informados de que as últi- mas palavras do pai foram uma expressão de vitória em Cristo. III. APLICANDO O TEXTO 1. O que significa para você a experiência de enfrentar a morte sem medo? Que atitudes você pretende demonstrar para ajudar as pessoas a enfrentarem a morte com confiança e sem temor? CONCLUSÃO: Ainda vivemos num mundo de sofrimentos e angústias, tristezas e de- silusões, mas a ressurreição de Cristo garante nossa ressurreição. Ele retém “as chaves do reino dos céus”, mas as partilha conosco. Jesus é Aquele que ressuscita os justos mortos da sepultura e traz de volta a alegria de viver. Em breve, enviará os Seus anjos, aos quatro cantos da terra, para chamar os nomes dos Seus filhos, os quais levantarão do sepulcro para receberem a coroa da vida eterna.12 PROFECIAS DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG
  11. 11. 3 LAODICÉIAQUEBRA-GELO: Alguma vez, ao estar doente, você teve de tomaralgum medicamento ou injeção que fosse ruim ou causasse dor? Oque você fez e por quê?INTRODUÇÃO:A mensagem à Igreja de Laodicéia tem especial aplicação à igreja nosúltimos dias. Laodicéia era muito semelhante à igreja contemporâneae possuía características que Deus deseja mudar em nós. No texto dehoje, o Grande Médico faz o diagnóstico da condição espiritual da SuaIgreja e oferece uma prescrição ou receita para que haja a cura com-pleta: colírio para os cegos, vestes para os nus e ouro para os pobres.TEXTO PARA ESTUDO: Apocalipse 3:14-22DISCUSSÃOI. CONHECENDO O TEXTO1. Como o texto descreve a condição espiritual de Laodicéia e queconselho Jesus da?2. O que Jesus queria dizer com a frase: “És um coitado, e miserável,e pobre, e cego, e nu”? Há algum desses pontos negativos que vocêprecisa vencer?3. Adolescentes: Jesus está rejeitando Laodicéia por sua mornidão.O que significa para você ser uma pessoa morna? Qual é a soluçãodivina para o aquecimento do coração?4. Jovens: Laodicéia demonstra não ter consciência de sua condiçãodeplorável. Qual você crê ser a razão para acharmos que está tudobem, quando na verdade a condição espiritual está péssima?II. INTERPRETANDO O TEXTO PROFECIAS DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG 13
  12. 12. Amplie sua visão: Identificando os símbolos: Morno: que não tem grande fervor espiritual. Ouro: riquezas espirituais oferecidas por Cris- to. Vestiduras brancas: o manto da justiça de Cristo. Colírio: o Espírito Santo, Ele nos abre os olhos para que vejamos nossa verdadeira con- dição espiritual. Porta: a entrada do coração. Ilustração: Um homem havia pintado um lindo quadro. No dia de apre- sentá-lo ao público, convidou todo mundo para vê-lo. Compareceram as autoridades do local, fotógrafos, jornalistas, e muita gente, pois o pintor era muito famoso e um grande artista. Chegado o momento, tirou-se o pano que velava o quadro. Houve caloroso aplauso. Era uma impressionante figura de Jesus batendo suavemente à porta de uma casa. O Cristo parecia vivo. Com o ouvido junto à porta, Ele parecia querer ouvir se lá dentro alguém respondia. Houve discursos e elogios. Todos admiravam aquela obra de arte. Um observador curioso, porém, achou uma falha no quadro: A porta não tinha fechadura. E foi pergun- tar ao artista: “Sua porta não tem fechadura! Como se fará para abri- -la?” E o pintor responde: “É assim mesmo - Esta é a porta do coração humano. Só se abre do lado de dentro”. III. APLICANDO O TEXTO 1. Há algo em seu coração impedindo-o de abrir a porta para Jesus entrar? Que atitudes são necessárias para Jesus morar em seu cora- ção e transformá-lo completamente? CONCLUSÃO: É bom saber que o mesmo Deus que não suporta a pessoa morna a ponto de vomitá-la de Sua boca, insiste em bater na porta do coração para ter intimidade e oferecer mudança de vida. A realidade de Laodi ceia não se aplica a você que abriu a porta para Jesus e teve o seu coração aquecido e transformado.14 PROFECIAS DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG
  13. 13. 4 QUEM PODE ABRIR O LIVRO?QUEBRA-GELO: Você se lembra de algum momento em sua vida emque teve medo de se aproximar de Deus por causa de ter cometidoalgum pecado? Pode descrever como se sentiu?INTRODUÇÃO:Jesus é o nosso Mediador e Juiz no santuário celestial. Sua morte eressurreição possibilitam o perdão, a purificação e a vida eterna aosque nEle confiam como Senhor e Salvador. Ao estudar o capítulo 5 doApocalipse, compreenderemos algo sobre um rolo (livro) muito impor-tante, selado com sete selos. Ele contém as decisões do Céu sobre odestino final de todos os que pecaram - salvos e perdidos.TEXTO PARA ESTUDO: Apocalipse 5:1-14.DISCUSSÃO:I. CONHECENDO O TEXTO1. Quais são as personagens descritas nessa passagem? Descrevaos diálogos entre elas.2. Considere os fatos: Qual foi a reação de João ao ver que ninguémpodia enfrentar o desafio do anjo forte? Que implicações sua reaçãorevela?3. Adolescentes: Qual o significado da frase: “Venceu para abrir o livroe os seus sete selos”? O que isso significa pra você?4. Jovens: O que significa: “Com o seu sangue compraste para Deusgente de toda tribo, língua, povo e nação” (Ap 5:9). Que segurança issonos dá de que seremos vitoriosos?II. INTERPRETANDO O TEXTOAmplie sua visão: A impossibilidade de encontrar alguém que abrisseo rolo significava adiar indefinidamente a decisão de Deus no tocante à PROFECIAS DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG 15
  14. 14. salvação dos seres humanos. Sem um veredito divino ninguém poderia ser salvo. A vitória de Cristo na cruz possibilitou nossa vitória, habilita- -O a romper os selos e a revelar o eterno veredito para Seu povo. Essa vitória também trouxe um veredito para Satanás e seus seguidores. Ilustração: Um pedreiro que trabalhava na construção caiu do andai- me, foi levado ao hospital e ali estava às portas da morte. O capelão chegou e lhe disse: “Meu prezado, estou apreensivo por causa da sua vida. Você se sentirá melhor fazendo sua paz com Deus”. Para sua surpresa, o homem disse: “Fazer minha paz com Deus! Ela já estava feita por mim na Cruz do Calvário, há mais de 1900 anos; e eu a já a tenho”. Sim, pelo sangue de Cristo, todos podemos vencer o pecado e ter paz com Deus. III. APLICANDO O TEXTO 1. Há alguns aspectos de sua vida, em que você necessita do poder de Cristo para ser vitorioso? Pode compartilhar isso com a pessoa que está ao seu lado? CONCLUSÃO: Uma vez que aceitamos a Jesus como Mediador e Salvador, mesmo que venhamos a pecar, temos a plena certeza de que Ele nos perdoa, purifica e nos dará a vida eterna. A Bíblia diz: “Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda a injustiça” (1Jo 1:9). Aproveite este momento para, em oração silenciosa, confessar seus pecados a Cristo e receber o perdão16 PROFECIAS DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG
  15. 15. 5 OS 144 MILQUEBRA-GELO: Alguma vez você chegou a algum lugar e teve a sur-presa de não encontrar seu nome na lista? Como você se sentiu?INTRODUÇÃO:O Apocalipse revela também uma obra especial de Deus, a de selar oSeu povo. O número dos selados é de 144.000. Este número provocacuriosidade em muitas pessoas: Quem são os selados? É um númerosimbólico ou literal? Posso ser contado entre os 144.000? Curiosida-des a parte, o ato de Deus selar Seu povo significa que Ele os livraráda iminente destruição que virá sobre o mundo e que os preservarápara Seu Reino. No estudo de hoje, perceberemos que há um chama-do divino para desenvolvermos um caráter semelhante ao de Cristo epara sermos fiéis até a volta de Jesus.TEXTO PARA ESTUDO: Apocalipse 7:1-8; 14:1-5DISCUSSÃO:I. CONHECENDO O TEXTO1. Mencione pelo menos dois detalhes relacionados com esta visão deJoão que mais lhe chamaram a atenção.2. Considere os fatos: Deus tem um povo, e eles são selados. Quaissão as características dos 144.000? O que isso tem a ver conosco?3. Adolescentes: De acordo com o texto, os 144.000 são os vitoriosos.Qual é a mensagem que Deus quer transmitir neste texto?4. Jovens: O selo do Deus vivo só será colocado sobre os que têm umcaráter semelhante ao de Cristo. De que maneira você pode refletir ocaráter de Deus no seu dia a dia?II. INTERPRETANDO O TEXTO PROFECIAS DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG 17
  16. 16. Amplie sua visão: Identificando os símbolos. Compreendemos que o número seja simbólico, por representar os resgatados do Senhor de todas as nações. ¨Quatro cantos¨: o mundo inteiro. ¨Quatro ventos¨: contendas e pragas do tempo de angústia final. ¨Selo do Deus Vivo¨: o caráter de Deus gravado na alma dos que se dedicaram inteiramente a Cristo. ¨Anjo do selamento¨: Cristo. Todo o povo de Deus precisa receber o selo de Deus no tempo do fim. Não ser selado é estar perdido. Como diz Ellen White, ¨somente os que receberem o selo do Deus vivo terão o passaporte que lhes permitirá entrar na Cidade Santa. O selo de Deus será colocado sobre os que são semelhantes a Cristo no caráter ¨ (SDABC, v. 7 p. 970). Se eu e você refletirmos o caráter de Deus, estaremos entre os 144.000. Ilustração: Certa mulher ao dormir teve um sonho, no qual ela era acometida por um tumor canceroso. A doença se alastrava rapida- mente por todo o corpo. Ela se sentia completamente desamparada e dominada pelo pavor e desespero. Muitas pessoas, quando estudam sobre os 144.000, têm o mesmo sentimento daquela mulher em seu ter rível sonho. Elas se sentem desesperadas ao pensarem em sua condição espiritual. Felizmente não precisamos nos sentir assim. Em Cristo e por Sua graça, podemos, sim, ter a certeza da salvação e de fazer parte dos 144.000. III. APLICANDO O TEXTO 1. Como você se sente ao pensar que Deus está contando com você dentro dos 144.000? Há algo que precisa mudar na sua vida? CONCLUSÃO: O sonho de Deus para cada um de nós é que nosso nome conste na lista dos 144.000, porém nem todos os que têm o nome de cristão estarão incluídos entre os redimidos. Para fazer parte desse número, é necessário ser fiel, obediente e leal ao Senhor. Portanto, demonstre- mos, como povo de Deus, estas características.18 PROFECIAS DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG
  17. 17. 6 OS GLORIFICADOSQUEBRA-GELO: O temor e a vergonha alguma vez o forçaram a seesconder? Como você resolveu a situação? Quais foram as consequ-ências a curto e em longo prazo?INTRODUÇÃO:Dentro de cada um de nós, há o desejo de ser vitorioso, porém a vitórianão vem sem luta e perseverança. Os seguidores de Cristo sabemque pela graça de Cristo, podem suportar a tribulação, triunfar sobre oinimigo e receber a bendita recompensa preparada para os fiéis. Embreve os salvos, em uma grande multidão, estarão revestidos da justi-ça de Cristo, vitoriosos diante do trono de Deus e salvos pelos méritose poder de Jesus Cristo.TEXTO PARA ESTUDO: Apocalipse 7:9 - 17.DISCUSSÃO:I. CONHECENDO O TEXTO1. Quem eram os componentes da grande multidão vista por João? Oque é dito sobre eles?2. Qual o significado da frase: “estes são os que vieram da grandetribulação e lavaram as suas vestes e as branquearam no sangue doCordeiro”? Que mensagem isso nos transmite?3. Adolescentes: O que significa: “Deus lhes enxugará dos olhos todalágrima”? Qual deve ser nossa motivação diante das tribulações davida?4. Jovens: O que significa lavar e branquear as vestes no sangue doCordeiro? Como o sangue de Cristo pode retirar as manchas de suavida? PROFECIAS DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG 19
  18. 18. II. INTERPRETANDO O TEXTO Amplie sua visão: A multidão inumerável abrange os fiéis de todas as épocas, raças e grupos étnicos. De um modo ou outro eles paga- ram o preço da fidelidade. Por meio de Cristo, as promessas divinas encontraram seu cumprimento definitivo. Ganharam a batalha contra o pecado. As vestiduras brancas representam a justiça de Cristo recebi- da pela fé (Ap 19:7-8). Ilustração: Certa noite, Martinho Lutero sonhou que viu o diabo em pé à sua frente, tendo na mão um rolo de pergaminho que chegava até o chão, embora só fosse desenrolado parcialmente. No pergaminho, Lutero viu a longa e aparentemente interminável lista de seus pecados. Ele notou, porém, que o diabo encobria uma parte do rolo com a mão. Lutero mandou que o diabo retirasse a mão, mas inutilmente. Então, ele repetiu a ordem no nome de Cristo. O diabo tirou a mão, e Lutero leu as palavras: “O sangue de Jesus, Seu Filho, nos purifica de todo pecado”. 1 João 1:7. III. APLICANDO O TEXTO 1. O que você precisa fazer para tornar-se parte da grande multidão? Há algo em sua vida pelo qual você gostaria que orássemos? CONCLUSÃO: A visão dos glorificados nos traz encorajamento e conforto. Como sa- bemos, a “cruz vem antes da coroa”. Portanto, em meio às tribulações desta vida, visualizemo-nos pela fé com os remidos no Céu e expres- semos uns aos outros a certeza que Cristo provê em Sua Palavra. Ele nos purificou dos nossos pecados por meio do Seu sangue, e pela Sua graça enfrentaremos o inimigo e sairemos vitoriosos.20 PROFECIAS DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG
  19. 19. 7 AS DUAS TESTEMUNHASQUEBRA-GELO: Alguma vez você teve que enfrentar oposição aopregar o evangelho? Como você reagiu a essa dificuldade?INTRODUÇÃO:Hoje podemos ver que as duas testemunhas, o Antigo e o Novo Testa-mento, são importantes quanto à origem e perpetuidade da lei de Deuse do poder da salvação. Nessa breve alegoria, é retratada a históriado grande conflito entre a verdade e a mentira. Ela mostra que os obs-táculos não são capazes de deter a pregação do evangelho e que acausa da justiça finalmente será vitoriosa.TEXTO PARA ESTUDO: Apocalipse 11:3 -13DISCUSSÃOI. CONHECENDO O TEXTO1. O que a voz vinda do Céu disse às testemunhas? Descreva o queaconteceu com as testemunhas após a morte delas.2. Considere os fatos: A Lei de Deus foi “pisoteada”, desprezada emodificada pelos homens até o estado de “morte”. Que lições aprende-mos ao pregar o evangelho e acharmos que não está tendo resultado?3. Adolescentes: Depois que as testemunhas morreram, os que habi-tavam sobre a terra se alegraram. Parecia que o mal havia vencido. Jáhouve algum momento em que você pensou que não havia saída, masno final deu tudo certo? Como foi?4. Jovens: Por que Deus permitiu que as testemunhas fossem mor-tas? Qual é a mensagem que Deus deu ao mencionar que elas res-suscitaram?II. INTERPRETANDO O TEXTO PROFECIAS DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG 21
  20. 20. Amplie sua visão: Ellen White, falando das duas testemunhas, dis- se: “Estas são as duas oliveiras e os dois castiçais que estão diante do Deus de toda a Terra’. (Apo. 11:4). ‘Tua palavra é lâmpada para meus pés, e luz para os meus caminhos’. (Sal. 119: 105). As duas testemu-nhas representam as Escrituras do Velho e Novo Testamento. Os tipos, sacrifícios e profecias do Velho Testamento apontam para um Salvador por vir. Os evangelhos e as epístolas do Novo Testamento falam acerca de um Salvador que veio exatamente da maneira predita pelos tipos e profetas” (O Grande Conflito p. 267). Ilustração: Dei estudos bíblicos para a filha de uma senhora, que foi batizada, e depois a mãe também aceitou a Jesus Cristo. Três meses após o batismo, a mãe cometeu suicídio. A notícia me abalou muito. O sermão fúnebre, feito pelo pastor da denominação anterior daquela senhora, já que quase toda a família era de outra religião, foi mais ataque à Igreja Adventista do que consolo para os familiares. Eu fiquei desnorteado. À saída do cemitério, a outra filha da falecida me pediu para ir à casa dela dizer se a mãe dela poderia ser salva. Foi uma ressurreição da Palavra de Deus. Durante mais dois anos liderei um Pequeno Grupo naquela casa e quase toda a família e alguns amigos foram batizados. Deus transforma as aparentes derrotas em vitórias. III. APLICANDO O TEXTO 1. Que implicações para sua vida existem no fato de reconhecer que você não tem enfrentado os desafios para testemunhar de Jesus? O que você vai fazer para enfrentar os desafios para que Cristo possa nascer nos corações? CONCLUSÃO: Estamos chegando aos últimos dias da história deste mundo e Deus espera que defendamos a sua Palavra contra os diversos tipos de ata- ques. Eles tentam “derrubar” a Bíblia, mas a Palavra de Deus triunfará. A necessidade de pregarmos a mensagem da salvação unicamente por Cristo e pela obediência às suas leis, transpondo obstáculos, nos leva a meditarmos se estamos dispostos a enfrentar os desafios as- sustadores. Lembre-se: com Deus, a vitória é certa.22 PROFECIAS DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG
  21. 21. 8 BABILÔNIA, A FALSA IGREJAQUEBRA-GELO: Alguma vez você já comprou algo falsificado pen-sando ser original? Qual foi sua reação ao ser enganado? Que cuida-dos devemos tomar para evitar cair nessa armadilha?INTRODUÇÃO:O Apocalipse usa a figura de uma mulher prostituta para descrever operíodo em que a apostasia atingirá o seu clímax. Nessa época, Sata-nás atuará por meio de um esforço conjunto de soberanos e religiões,na tentativa de exterminar o povo de Deus através do engano. Estetema oferece a oportunidade de refletirmos no tipo de ameaça que Ba-bilônia oferece para nós hoje. O que Deus fala a respeito do desfechofinal do Grande Conflito entre o bem e o mal? De que lado você e euestamos?TEXTO PARA ESTUDO: Apocalipse 17:1-5; 18:4DISCUSSÃO:I. CONHECENDO O TEXTO1. Como o texto descreve a mulher prostituta? Qual é o motivo deestar sendo condenada?2. Qual o significado da frase: “os habitantes da terra se embebeda-ram com o vinho da sua prostituição”? Que enganos de Satanás vocêclassifica como mais perigosos hoje?3. Adolescentes: Deus tem um povo que ainda está na Babilônia eestá sendo convidado a sair dela. Como você pode saber se ainda fazparte ou não da Babilônia?4. Jovens: O que significa ser cúmplice dos pecados da Babilônia? Emque aspecto você pode estar sendo enganado? PROFECIAS DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG 23
  22. 22. II. INTERPRETANDO O TEXTO Amplie sua visão: Identificando os símbolos: Mulher prostituta: a palavra “Mulher” em profecia, simboliza Igreja. Em contraste com a “Mulher Virgem”, que simboliza a Igreja Verdadeira, esta representa a Igreja Falsa. Cálice de abominação: falsas doutrinas e enganos. O cálice representa o irresis- tível fascínio das falsidades que a mulher representa ao mundo. Vestes de púrpura: sua habilidade para seduzir. A cor púrpura é um símbolo do pecado; representa a impureza moral. Ilustração: Um homem ficou assistindo a um índio preparar uma arma- dilha para pegar um animal selvagem. Ele  ficou surpreso ao aprender que os índios nunca acionam a armadilha ou puxam o laço na primeira vez que o animal aparece. Em vez disso, ele deixa o animal vir repe- tidamente buscar o alimento. Quando o animal fica familiarizado com o ambiente e não mais teme vir em busca do alimento, o índio fixa a armadilha de forma a pegá-lo da próxima vez que aparecer. Satanás age da mesma forma. A princípio, não dirige suas setas diretamente ao coração da vítima. Ela age com engano, atraindo a vítima aos poucos. Quando a vítima se mostra completamente dominada, dá-lhe o gol- pe fatal, levando-a à destruição total. III. APLICANDO O TEXTO 1. O que é “sair da Babilônia” para você? Compartilhe duas atitudes comuns à Babilônia que você deseja abandonar, para que oremos por você. CONCLUSÃO: Não basta compreender sobre a existência desta confederação do mal que existirá no fim do tempo, É preciso se posicionar contra Babilônia. O livramento final do povo de Deus resultará de sua fidelidade, a des- peito das forças que se levantarão contra eles. É certo que a grande meretriz não subsistirá, a Babilônia será julgada e destruída, e o povo de Deus atenderá ao Seu apelo final de sair dela e se unir em um só corpo.24 PROFECIAS DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG
  23. 23. 9 A IGREJA VERDADEIRAQUEBRA-GELO: Imagine-se em uma loja de sapatos. Um deles o en-cantou. A marca era exatamente a que você queria. O preço então. Sóque de repente você percebe que a marca estava falsificada. Comovocê se sentiria? Como reagiria?INTRODUÇÃO:Em meio a tantas religiões, tantas igrejas, e todos usando a Bíblia paradefender sua existência, fica a pergunta crucial: Existe uma igreja ver-dadeira? O livro do Apocalipse não apenas assinala sua existência,como também dá as características dessa igreja. É da vontade de Deusque conheçamos toda a verdade e que estejamos dispostos a segui-la.TEXTO PARA ESTUDO: Apocalipse 12:1, 13 - 17DISCUSSÃO:I. CONHECENDO O TEXTO1. Como você conseguiu identificar a mulher no texto? Poderia des-crevê-la?2. Veja que vários textos identificam a igreja como uma mulher (Jr 6:2;2 Co. 11:2; e Is 54:5). Como você acha que o texto de hoje está descre-vendo a igreja verdadeira? Quais são suas características?3. Adolescentes: Você se lembra de que a Bíblia chama Jesus de o solda justiça. Já teve a sensação de estar alguma vez em uma igreja oulugar onde “O sol da justiça” – Jesus – não estivesse?4. Jovens: Olhando para o texto de hoje, que qualidades você achaque deveriam existir em uma igreja que acredita ser a verdadeira?II. INTERPRETANDO O TEXTOAmplie sua visão: Identificando os símbolos. A mulher é símbolo da PROFECIAS DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG 25
  24. 24. igreja verdadeira, pois suas vestes são brancas, puras. Ela está ves- tida de sol, ou seja, com a glória de Deus. Muitos comentaristas acre- ditamque a lua é uma alusão aos ritos e sistemas judaicos que eram “sombra” da realidade de Cristo, o sol da justiça. A lua debaixo dos pés indica que os ritos não são mais praticados, mas continuam como uma base histórica. A coroa é símbolo de vitória. As 12 estrelas são facilmente identificadas com a base da igreja: os 12 patriarcas e os 12 apóstolos (SDABC, v. 7 p. 8220). Ilustração: Certo homem estava cansado de ler a Bíblia em casa, e ao chegar à igreja, ouvir seu líder local ensinando tudo ao contrário. Então, enquanto orava a Deus pedindo sabedoria, ouviu uma voz suave di- zendo: “leia Apocalipse 14:12, leia Apocalipse 14:12”... Intrigado pegou rapidamente sua Bíblia e começou a ler o texto. “Será essa a marca da igreja verdadeira?” Então orou novamente: “Senhor, que mensagem é essa que a igreja deve pregar?” Novamente a voz lhe respondeu: “leia Apocalipse 14:6 a 12”. Por fim perguntou a Deus: “Como identificar a igreja falsa?” A voz veio suave: “leia Apocalipse 17”. Então ele decidiu procurar a igreja que estava pregando essas mensagens. III. APLICANDO O TEXTO 1. Analisando a mensagem que a igreja verdadeira deve pregar, como você se sente ao ver a mensagem que sua igreja anuncia? Você tem certeza de que está participando da igreja verdadeira? Por quê? CONCLUSÃO: Como sempre, é mais fácil identificar os erros que os acertos das pes- soas ou da igreja, precisamos aprender a identificar o que é positivo. Se você tem se sentido enganado com a mensagem que tem ouvido, peça sabedoria a Deus para ajudá-lo a identificar a igreja verdadeira. Esteja disposto não somente a conhecer a verdade, mas também a pautar sua vida baseada nessa verdade.26 PROFECIAS DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG
  25. 25. 10 JOÃO E O LIVRINHOQUEBRA-GELO: Quando foi a última vez em que você esteve numasituação agradável no princípio, mas que depois lhe causou muito so-frimento? Como você se sentiu?INTRODUÇÃO:O estudo de hoje fala sobre desapontamento, mais precisamente oque aconteceu em 1844. Naquela época houve um grande desperta-mento mundial sobre a volta de Jesus e foi criada uma expectativa deque Cristo voltaria naquele ano. Curiosamente esse fato e seu desdo-bramento foram profetizados pelo Apocalipse e está repleto de liçõesque nos ajudam a perceber que Deus está dirigindo os acontecimentosrelacionados ao Seu povo.TEXTO PARA ESTUDO: Apocalipse 10:1-11DISCUSSÃO:I. CONHECENDO O TEXTO1. Que tipo de visão João teve relacionado a um livrinho? Que expe-riência ele teve com esse livrinho e que explicações lhe foram dadas?2. Se o livrinho representa as profecias referentes à volta de Cristo,qual e o significado dele ser doce na boca e amargo no ventre? Quelições aprendemos sobre os desapontamentos de esperar Cristo voltarnuma data e isso não acontecer?3. Adolescentes: Que lições podemos aprender da disposição de Joãoem comer o livrinho? Como você costuma reagir diante dos desapon-tamentos?4. Jovens: Qual o significado de: “É necessário que ainda profetizesa respeito de muitos povos, nações, línguas e reis”? O que isso tem aver conosco? PROFECIAS DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG 27
  26. 26. II. INTERPRETANDO O TEXTO Amplie sua visão: O livrinho da visão de João é o mesmo que foi se- lado nas visões de Daniel. Ao ser ele aberto nos últimos dias, significa que suas profecias, até então não compreendidas, deveriam tornar-se claras ao entendimento. Multidões dos mais devotos cristãos ficaram emocionadas pela mensagem e, tal como na profecia de João, toma- ram o livrinho e o comeram. A alegria encheu-lhes o coração. Espe- ravam Jesus voltar em 22/10/1844. Quando chegou o tempo e Jesus não apareceu, aquilo foi um golpe terrível para sua fé. O que tinha sido doce como mel, agora era amargo como o fel. Após o desapontamen- to, alguns renunciaram a fé, mas outros se aprofundaram no estudo das Escrituras, descobrindo mais verdades. Em obediência à ordem “importa profetizar outra vez a muitos povos”, pregaram em todo o mundo o retorno de Jesus, e hoje somos uma igreja mundial. III. APLICANDO O TEXTO 1. Que lições os cristãos de hoje podem extrair da visão de João? Como você pretende, de hoje em diante, se comportar diante dos de- -sapontamentos? CONCLUSÃO: Precisamos lembrar que embora as situações que nos afligem possam ser constrangedoras, desagradáveis e angustiantes, devemos confiar em Deus e em Sua promessa: “Todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus” (Rm 8:28). Mesmo que não saibamos os porquês, precisamos confiar.28 PROFECIAS DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG
  27. 27. 11 A FÉ DE JESUSQUEBRA- GELO: Alguma vez você manifestou fé através de um atode caridade? Como você se sentiu? Quais foram os resultados dessaatitude em você e na pessoa?INTRODUÇÃO:Como sabemos, temos fé menor que um grão de mostarda. Deus de-clara que devemos ter a “fé de Jesus” (Ap 14:12). Quando lemos esseverso, pensamos que ele fala somente da fé miraculosa e poderosados remanescentes dos últimos dias e damos ênfase à guarda dosmandamentos. Porém, Jesus quer que manifestemos a fé em obras deamor. Jesus é amor. Essa é a essência da mensagem dos três anjos.TEXTO PARA ESTUDO: Apocalipse 14: 12DISCUSSÃO:I. CONHECENDO O TEXTO1. Quais são as características dos santos descritas nesse verso?2. Que métodos podemos utilizar para demonstrar que temos a fé deJesus?3. Adolescentes: Quando pensamos em fé, a primeira coisa que nosvem à cabeça é algo miraculoso. Por que vem esse pensamento àmente? Podemos manifestar a fé de Jesus em coisas aparentementesimples? Comente.4. Jovens: A Bíblia relacionou a fé de Jesus com perseverança. Pode-mos viver praticando atos de caridade sem perseverança? Comente.II. INTERPRETANDO O TEXTOAmplie sua visão: Depois de citar Mateus 25, Ellen White escreve emO Desejado de Todas as Nações: “... descreveu Cristo aos discípulos, PROFECIAS DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG 29
  28. 28. no Monte das Oliveiras, as cenas do grande dia do juízo. E apresentou sua decisão como girando em torno de um ponto. Quando as nações se reunirem em torno dEle, não haverá senão duas classes, e seu destino eterno será determinado pelo que houverem feito ou negligen- ciado fazer por Ele na pessoa dos pobres e sofredores” (O Desejado de Todas as Nações, p. 637). Ilustração: Certa vez, alguém estava para comer um sanduíche e apa- receu um garoto e disse: “Moço, você pode me dar este sanduíche?” A pessoa disse: “Não!” O garoto foi embora. A esposa olhou nos olhos dele e ele entendeu o tamanho do seu egoísmo. Saiu correndo, à pro- cura do garoto, mas não o encontrou. Saíram de carro à procura de al- guém para dar o sanduíche, porém não havia ninguém. Incrível! Deu-o então ao porteiro do prédio. Deus precisa de pessoas que demonstrem a fé de Jesus. III. APLICANDO O TEXTO 1. Quais as implicações de não demonstrarmos a fé de Jesus? O que precisamos fazer para que as pessoas vejam o amor e a fé de Jesus em nós? CONCLUSÃO: É evidente que não é a vida egoísta que Jesus deseja ver em nós. Esse é um caminho de morte. É um caminho de falta de amor ao pró- ximo. É a estrada artificial construída pelo homem, e “o coração do homem é enganoso”. Precisamos reproduzir o caráter de Cristo. Se as pessoas não estão transmitindo o amor de Deus ao seu próximo, é porque não o tem. Santificação é, também, o processo de alguém tornar-se mais amoroso.30 PROFECIAS DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG
  29. 29. 12 O ALTO CLAMORQUEBRA-GELO: Você deixa para fazer as coisas na última hora ougosta de ter as coisas feitas assim que possível? Quis são os riscos eas vantagens disso?INTRODUÇÃO:O livro do Apocalipse apresenta uma das mais solenes mensagensencontradas na Palavra de Deus. Aqui se acha a última mensagem deadvertência a ser proclamada a um mundo condenado. Por séculos,um poder esteve em marcha contra Deus e seu povo, mas agora édeclarado o seu fim. O seu pecado atingiu, afinal, os portais do Céu.Deus, então, envia à humanidade seu último recado de advertência esalvação.TEXTO PARA ESTUDO: Apocalipse 18:1-4.DISCUSSÃO:I. CONHECENDO O TEXTO1. Nesta visão de João, o que é descrito sobre o anjo que desceu doCéu? Qual é a mensagem de “alto clamor” que ele dá?2. A palavra “glória” em Apocalipse 18 é a manifestação do caráter deCristo em seu povo. De que forma prática podemos iluminar a Terra?Que significado tem para nós a mensagem deste anjo?3. Adolescentes: “O vinho da prostituição” se refere ao vinho do erro,das doutrinas falsas e venenosas da Babilônia. Na sua opinião, comopodemos evitar ficar embriagados com o vinho das falsas doutrinas?4. Jovens: Qual o significado de “Caiu!, caiu a grande Babilônia”? Deque forma o erro caiu por terra, e que aplicação isso tem para nossavida hoje? PROFECIAS DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG 31
  30. 30. II. INTERPRETANDO O TEXTO Amplie sua visão: Babilônia: Babel foi o embrião da Babilônia, uma torre de orgulho erigida em desafio ao céu. A vilinha de Babel nas bor- das do Eufrates evoluiu, tornando-se uma cidade que cresceria até ser um Estado, uma nação, um império universal de ouro e finalmente um gigantesco sistema de confusão de religiões falsas, que se opõem ao verdadeiro Deus e ao Seu povo. Uma Babilônia que quase alcançou os limites do mundo. Conforme os planos do mal, atreveu-se a desafiar o verdadeiro Governante do Céu e da Terra, mas agora se depara em sua ruína na última curva da história. Ilustração: Durante a segunda guerra mundial, muitas mulheres traba- lhavam numa fábrica alemã de armas e munições. Elas dormiam juntas num barracão ligado à fábrica. Uma noite, houve atos de sabotagem, e fortes explosões encheram o ar e abalaram o solo. Apavoradas, as operárias se refugiaram num abrigo subterrâneo pouco profundo. À medida que a obra de destruição foi se intensificando, o abrigo come- çou a estalar e desmoronar. De repente, um oficial militar entrou impe- tuosamente no cenário desesperador e clamou em alta voz: “Vai cair! Vai cair! Saiam! Saiam!” As mulheres saíram segundos antes que o abrigo desabasse completamente. O Alto Clamor é o grito final do Céu alertando os sinceros a abandonarem a Babilônia caída. III. APLICANDO O TEXTO 1. Você já saiu completamente da Babilônia? O que você pode fazer para ajudar outras pessoas a saírem de lá? CONCLUSÃO: No derramamento final do Espírito Santo, o povo remanescente de Deus emitirá o alto clamor do terceiro anjo com majestade e impres- sionante poder. Esse é o último chamado com urgência a um mundo envolto no nevoeiro dos enganos da Babilônia. Ela caiu, mas ainda há tempo para atender ao último convite. Próximo está o fim de todas as coisas, e Deus apela a Seu povo com voz que soa com força irresistí- vel, que exige atenção, antes que seja tarde demais. Proclame isso em alto e bom som. Peça ao Espírito Santo que o envie a quem Ele quer que você anuncie.32 PROFECIAS DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG
  31. 31. 13 A DESTRUIÇÃO DO MALQUEBRA-GELO: Você se recorda de algum momento da sua vida emque você desejou muito que o mal não existisse?INTRODUÇÃO:Você já parou para pensar como seria maravilhoso viver em um mundosem pecado, sofrimento e morte? Apocalipse 20 nos diz que um diatoda a maldade já não mais existirá. Ele nos dá uma linda mensagemde esperança de que o Grande Conflito entre o bem e o mal terá umfinal. Deus vencerá Satanás para sempre, e os salvos reinarão eterna-mente com Cristo em um mundo perfeito.TEXTO PARA ESTUDO: Apocalipse 20:1-10DISCUSSÃO:I. CONHECENDO O TEXTO1. De acordo com o texto, como é que Deus pretende destruir Satanáse acabar com o pecado de uma vez por todas?2. Qual, você crê, ser a razão de Deus esperar o fim do milênio paradestruir Satanás? Por que Ele não o destrói agora e evita mais sofri-mento para mim e para você?3. Adolescentes: Por que muitas pessoas, mesmo sabendo que o malum dia será destruído, preferem continuar praticando coisas erradas?O que é preciso fazer para não ser lançado no lago de fogo?4. Jovens: Se Deus é amor e quer salvar a todos, por que é necessárioque os ímpios sejam destruídos juntos com Satanás? Que atitudes,muitas vezes imperceptíveis, podem levá-lo à condenação e à destrui-ção eterna?II. INTERPRETANDO O TEXTO PROFECIAS DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG 33
  32. 32. Amplie sua visão: Segundo a Bíblia, a destruição final do mal ocorre em três etapas: 1) na volta de Jesus, quando Satanás é preso por mil anos na Terra; 2) durante o milênio, quando ocorre o juízo comprovati- vo, que revela que as acusações de Satanás contra Deus são falsas; e 3) após o milênio, quando Satanás, seus anjos e todos os que rejeita- ram a Cristo são destruídos para sempre. Ilustração: Havia um grande muro separando dois grandes grupos. De um lado do muro estavam Deus, os anjos e os servos leais de Deus. Do outro lado do muro estavam Satanás, seus demônios e todos os humanos que não servem a Deus. Em cima do muro, havia um jovem indeciso que havia sido criado num lar cristão, mas que agora estava em dúvida se continuaria servindo a Deus ou se deveria aproveitar um pouco os prazeres do mundo. O jovem indeciso observou que o grupo do lado de Deus chamava e gritava sem parar para ele descer do muro e se posicionar ao lado de Deus. Já o grupo de Satanás não gritava nem dizia nada. Essa situação continuou por um tempo, até que o jo- vem indeciso resolveu perguntar a Satanás: “O grupo do lado de Deus fica o tempo todo me chamando para eu descer e ficar do lado deles. Por que você e seu grupo não me chamam nem dizem nada para me convencer a descer para o lado de vocês?” Grande foi a surpresa do jovem quando Satanás respondeu: “É porque o muro é MEU”. III. APLICANDO O TEXTO 1. O que Deus está dizendo para você mudar em sua vida, para fazer parte daqueles que serão salvos quando o mal for para sempre des- truído? CONCLUSÃO: “O grande conflito terminou. Pecado e pecadores não mais existem. O universo inteiro está purificado.” (O Grande Conflito, p. 678). Tanto os salvos como os perdidos receberão sua recompensa ou retribuição (Mt, 25:31-46). Os justos herdarão o reino eterno (Mt, 25:34). Os ím- pios sofrerão a destruição final – a segunda morte. Escolhamos hoje de que lado vamos estar quando este mundo chegar ao seu final.34 PROFECIAS DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG
  33. 33. 14 NOVO CÉU E NOVA TERRAQUEBRA-GELO: Das músicas que falam sobre a Nova Terra, qual é asua preferida? Pode cantar um pedacinho dela?INTRODUÇÃO:O livro do Apocalipse e a Bíblia terminam da maneira que era de seesperar, com o pecado eliminado do Universo e a terra restaurada parasua perfeição edênica. As dificuldades desta vida, por mais severasque possam ser, são insignificantes em comparação com a autênticaalegria e realização por vir. No entanto, será que nosso trabalho, ami-zades, interesses, negócios, televisão e as ”luzes” deste mundo têmobscurecido a sua visão da Nova Terra?TEXTO PARA ESTUDO: Apocalipse 21:1-18; 22:10 -17DISCUSSÃO:I. CONHECENDO O TEXTO1. Ajude o seu Pequeno Grupo na descrição dos detalhes da visão deJoão sobre o Novo Céu e a Nova Terra. Mencione um ou dois aspectosque mais lhe chamaram atenção.2. Que lições o Apocalipse quer nos ensinar ao fazer uma descriçãotão majestosa da Nova Terra? Que garantias são apresentadas de queisso de fato ocorrerá?3. Adolescentes: Baseado no texto de hoje, que argumentos vocêpode usar para demonstrar que os prazeres passageiros do pecadonão valem apena? De que maneira podemos ser vitoriosos em Cristo?4. Jovens: Qual é o significado da frase: “Bem-aventurados aquelesque lavam as suas vestiduras no sangue do Cordeiro”? O que precisa-mos fazer para ter a certeza que desfrutaremos das delícias da NovaTerra? PROFECIAS DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG 35
  34. 34. II. INTERPRETANDO O TEXTO Amplie sua visão: Tudo quanto Adão e Eva perderam quando peca- ram será restaurado na Nova Terra. Note estas comparações: Adão e Eva perderãm… Os salvos na Nova Terra… 1. O privilégio de falar com Deus 1. “Contemplarão a Sua face” (Ap face a face. 22:4). 2. Sua pureza – veste de inocên- 2. Receberão as veste da justiça cia de Cristo de “linho finíssimo” (Ap 19:8). 3. O lar edênico. 3. Serão reintegrados a Éden restaurado. 4. A oportunidade de comer da 4. Comerão para sempre da ár- árvore da vida. vore da vida (Ap, 22:2). 5. A perfeita felicidade familiar. 5. Desfrutarão dos propósitos ori- ginais de Deus para a família. 6. O domínio sobre os outros se- 6. Verão leões, cordeiros, leopar- res criados. dos e bezerros andarem juntos, “e um menino pequeno os guian- do” (Is 11:6). III. APLICANDO O TEXTO 1. Que coisa terrena é mais atraente para você e que pode impedi-lo de desfrutar da vida eterna? Deseja você neste momento, responder ao convite para receber de graça a água da vida? Quer que oremos por você? CONCLUSÃO: Por que somos tão propensos a nos apegar às coisas materiais e a ser atraídos às coisas terrestres, se Deus quer nos dar algo tão grandioso como a Nova Terra, a Nova Jerusalém e a vida eterna? Não há dúvida de que as glórias porvir, com a ausência de pecado e morte, doença e tristeza, exercem forte atração sobre nós. Hoje, e durante esta série de estudos sobre o Apocalipse, fomos exortados a renovar os nossos votos ao Senhor e a reafirmar nossa dedicação a Cristo enquanto ain- da há tempo.36 PROFECIAS DO APOCALIPSE SÉRIE DE ESTUDOS TRIMESTRAIS DE PG

×