SlideShare uma empresa Scribd logo
“Aspalavras”,deEugéniodeAndrade
São como um cristal,
As palavras.
Algumas, um punhal,
Um incêndio.
Outras,
Orvalho apenas.
Secretas vêm, cheias de memória.
Inseguras navegam:
Barcos ou beijos, as águas estremecem.
Desamparadas, inocentes,
Leves.
Tecidas são de luz
E são a noite.
E mesmo pálidas
Verdes paraísos lembram ainda.
Quem as escuta? Quem
As recolhe, assim,
Cruéis, desfeitas,
Nas suas conchas puras?
Porque se celebram os 800 anos da Língua Portuguesa, porque é dia da
Poesia, da Árvore e da Floresta e a SEMANA DA LEITURA, a equipa da
BECRE pede que leia um poema com os alunos. Obrigada!
“As Palavras Interditas”, de Eugénio de Andrade
Os navios existem, e existe o teu rosto
encostado ao rosto dos navios.
Sem nenhum destino flutuam nas cidades,
partem no vento, regressam nos rios.
Na areia branca, onde o tempo começa,
uma criança passa de costas para o mar.
Anoitece. Não há dúvida, anoitece.
É preciso partir, é preciso ficar.
Os hospitais cobrem-se de cinza.
Ondas de sombra quebram nas esquinas.
Amo-te... E entram pela janela
as primeiras luzes das colinas.
As palavras que te envio são interditas
até, meu amor, pelo halo das searas;
se alguma regressasse, nem já reconhecia
o teu nome nas suas curvas claras.
Dói-me esta água, este ar que se respira,
dói-me esta solidão de pedra escura,
estas mãos nocturnas onde aperto
os meus dias quebrados na cintura.
E a noite cresce apaixonadamente.
Nas suas margens nuas, desoladas,
cada homem tem apenas para dar
um horizonte de cidades bombardeadas.
“O Teu Olhar”, de Florbela Espanca
Passam no teu olhar nobres cortejos,
Frotas, pendões ao vento sobranceiros,
Lindos versos de antigos romanceiros,
Céus do Oriente, em brasa, como beijos,
Mares onde não cabem teus desejos;
Passam no teu olhar mundos inteiros,
Todo um povo de heróis e marinheiros,
Lanças nuas em rútilos lampejos;
Passam lendas e sonhos e milagres!
Passa a Índia, a visão do Infante em Sagres,
Em centelhas de crença e de certeza!
E ao sentir-se tão grande, ao ver-te assim,
Amor, julgo trazer dentro de mim
Um pedaço da terra portuguesa!
“Viagem”, de Miguel Torga
É o vento que me leva.
O vento lusitano.
É este sopro humano
Universal
Que enfuna a inquietação de Portugal.
É esta fúria de loucura mansa
Que tudo alcança
Sem alcançar.
Que vai de céu em céu,
De mar em mar,
Até nunca chegar.
E esta tentação de me encontrar
Mais rico de amargura
Nas pausas da ventura
De me procurar...
“Língua Portuguesa”, de Olavo Bilac
Última flor do Lácio, inculta e bela,
És, a um tempo, esplendor e sepultura:
Ouro nativo, que na ganga impura
A bruta mina entre os cascalhos vela
Amo-te assim, desconhecida e obscura
Tuba de algo clangor, lira singela,
Que tens o trom e o silvo da procela,
E o arrolo da saudade e da ternura!
Amo o teu viço agreste e o teu aroma
De virgens selvas e de oceano largo!
Amo-te, ó rude e doloroso idioma,
Em que da voz materna ouvi: "meu filho!",
E em que Camões chorou, no exílio amargo,
O génio sem ventura e o amor sem brilho!
“Amostra sem valor”, de António Gedeão
Eu sei que o meu desespero não interessa a ninguém.
Cada um tem o seu, pessoal e intransmissível:
com ele se entretém
e se julga intangível.
Eu sei que a Humanidade é mais gente do que eu,
sei que o Mundo é maior do que o bairro onde habito,
que o respirar de um só, mesmo que seja o meu,
não pesa num total que tende para infinito.
Eu sei que as dimensões impiedosos da Vida
ignoram todo o homem, dissolvem-no, e, contudo,
nesta insignificância, gratuita e desvalida,
Universo sou eu, com nebulosas e tudo.
JORGE SOUSA BRAGA, in HERBÁRIO (Assírio & Alvim, 1999)
As árvores como os livros
têm folhas e margens lisas ou recortadas,
e capas (isto é copas) e capítulos
de flores e letras de oiro nas lombadas.
E são histórias de reis, histórias de fadas
as mais fantásticas aventuras,
que se podem ler nas suas páginas,
no pecíolo, no limbo, nas nervuras.
As florestas são imensas bibliotecas,
e até há florestas especializadas,
com faias, bétulas e um letreiro
a dizer: «Floresta das zonas temperadas».
É evidente que não podes plantar
no teu quarto, plátanos ou azinheiras.
Para começar a construir uma biblioteca,
basta um vaso de sardinheiras.
21 de março - Poesia, Floresta, Árvore
21 de março - Poesia, Floresta, Árvore

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

HISTÓRIA_ DESCOBRINDO OS MEIOS DE TRANSPORTES.pdf
HISTÓRIA_ DESCOBRINDO OS MEIOS DE TRANSPORTES.pdfHISTÓRIA_ DESCOBRINDO OS MEIOS DE TRANSPORTES.pdf
HISTÓRIA_ DESCOBRINDO OS MEIOS DE TRANSPORTES.pdf
mariaapneves
 
Plural de palavras
Plural de palavrasPlural de palavras
Plural de palavras
Joel Ferreira
 
Leitura cecilia ou.isto.aquilo_guiao1
Leitura cecilia ou.isto.aquilo_guiao1Leitura cecilia ou.isto.aquilo_guiao1
Leitura cecilia ou.isto.aquilo_guiao1
Mércia Fonseca
 
Simulados força tarefa
Simulados força tarefa Simulados força tarefa
Simulados força tarefa
Silvânia Silveira
 
Uma aventura literária 2013 texto original - as férias de verão - ana marça...
Uma aventura literária 2013   texto original - as férias de verão - ana marça...Uma aventura literária 2013   texto original - as férias de verão - ana marça...
Uma aventura literária 2013 texto original - as férias de verão - ana marça...
tecaromeugil
 
Apresentação de Parlendas - 1º ano Maisa Fonseca Casarini
Apresentação de Parlendas - 1º ano Maisa Fonseca CasariniApresentação de Parlendas - 1º ano Maisa Fonseca Casarini
Apresentação de Parlendas - 1º ano Maisa Fonseca Casarini
Maisafc
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
Caderno de consolidação de leitura e escrita 1º ano casos de leitura / padrõe...
Caderno de consolidação de leitura e escrita 1º ano casos de leitura / padrõe...Caderno de consolidação de leitura e escrita 1º ano casos de leitura / padrõe...
Caderno de consolidação de leitura e escrita 1º ano casos de leitura / padrõe...
Jose Gomes
 
Portefolio de poemas_5_6_anos
Portefolio de poemas_5_6_anosPortefolio de poemas_5_6_anos
Portefolio de poemas_5_6_anos
bib2009
 
Chegou o outono[1]
Chegou o outono[1]Chegou o outono[1]
Chegou o outono[1]
Teresa Ramos
 
Видове изречения по състав
Видове изречения по съставВидове изречения по състав
Видове изречения по състав
roryace
 
285864379 caderno-1-ano-casos-da-leitura-160319120126
285864379 caderno-1-ano-casos-da-leitura-160319120126285864379 caderno-1-ano-casos-da-leitura-160319120126
285864379 caderno-1-ano-casos-da-leitura-160319120126
Joana Bessa
 
Poesias
PoesiasPoesias
Poesias
Professora
 
Artes atividades-130227220357-phpapp01
Artes atividades-130227220357-phpapp01Artes atividades-130227220357-phpapp01
Artes atividades-130227220357-phpapp01
Alcilane Tostes
 
FICHA TÉCNICA DOS ANIMAIS.pptx
FICHA TÉCNICA DOS ANIMAIS.pptxFICHA TÉCNICA DOS ANIMAIS.pptx
FICHA TÉCNICA DOS ANIMAIS.pptx
Marcia Cosme da Silva
 
Simulado a galinha dos ovos de ouro
Simulado  a galinha dos ovos de ouroSimulado  a galinha dos ovos de ouro
Simulado a galinha dos ovos de ouro
Rose Tavares
 
Poesia frio de inverno - noção de letra
Poesia  frio de inverno - noção de letraPoesia  frio de inverno - noção de letra
Poesia frio de inverno - noção de letra
beatriz123-madeira
 
Canções magusto
Canções magustoCanções magusto
Canções magusto
Ana Abrantes
 
Poema da primavera e dia mundial da floresta e da poesia
Poema da primavera e dia mundial da floresta e da poesiaPoema da primavera e dia mundial da floresta e da poesia
Poema da primavera e dia mundial da floresta e da poesia
Biblioteca Mãe Soberana
 

Mais procurados (20)

HISTÓRIA_ DESCOBRINDO OS MEIOS DE TRANSPORTES.pdf
HISTÓRIA_ DESCOBRINDO OS MEIOS DE TRANSPORTES.pdfHISTÓRIA_ DESCOBRINDO OS MEIOS DE TRANSPORTES.pdf
HISTÓRIA_ DESCOBRINDO OS MEIOS DE TRANSPORTES.pdf
 
Plural de palavras
Plural de palavrasPlural de palavras
Plural de palavras
 
число и цифра4
число и цифра4число и цифра4
число и цифра4
 
Leitura cecilia ou.isto.aquilo_guiao1
Leitura cecilia ou.isto.aquilo_guiao1Leitura cecilia ou.isto.aquilo_guiao1
Leitura cecilia ou.isto.aquilo_guiao1
 
Simulados força tarefa
Simulados força tarefa Simulados força tarefa
Simulados força tarefa
 
Uma aventura literária 2013 texto original - as férias de verão - ana marça...
Uma aventura literária 2013   texto original - as férias de verão - ana marça...Uma aventura literária 2013   texto original - as férias de verão - ana marça...
Uma aventura literária 2013 texto original - as férias de verão - ana marça...
 
Apresentação de Parlendas - 1º ano Maisa Fonseca Casarini
Apresentação de Parlendas - 1º ano Maisa Fonseca CasariniApresentação de Parlendas - 1º ano Maisa Fonseca Casarini
Apresentação de Parlendas - 1º ano Maisa Fonseca Casarini
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
Caderno de consolidação de leitura e escrita 1º ano casos de leitura / padrõe...
Caderno de consolidação de leitura e escrita 1º ano casos de leitura / padrõe...Caderno de consolidação de leitura e escrita 1º ano casos de leitura / padrõe...
Caderno de consolidação de leitura e escrita 1º ano casos de leitura / padrõe...
 
Portefolio de poemas_5_6_anos
Portefolio de poemas_5_6_anosPortefolio de poemas_5_6_anos
Portefolio de poemas_5_6_anos
 
Chegou o outono[1]
Chegou o outono[1]Chegou o outono[1]
Chegou o outono[1]
 
Видове изречения по състав
Видове изречения по съставВидове изречения по състав
Видове изречения по състав
 
285864379 caderno-1-ano-casos-da-leitura-160319120126
285864379 caderno-1-ano-casos-da-leitura-160319120126285864379 caderno-1-ano-casos-da-leitura-160319120126
285864379 caderno-1-ano-casos-da-leitura-160319120126
 
Poesias
PoesiasPoesias
Poesias
 
Artes atividades-130227220357-phpapp01
Artes atividades-130227220357-phpapp01Artes atividades-130227220357-phpapp01
Artes atividades-130227220357-phpapp01
 
FICHA TÉCNICA DOS ANIMAIS.pptx
FICHA TÉCNICA DOS ANIMAIS.pptxFICHA TÉCNICA DOS ANIMAIS.pptx
FICHA TÉCNICA DOS ANIMAIS.pptx
 
Simulado a galinha dos ovos de ouro
Simulado  a galinha dos ovos de ouroSimulado  a galinha dos ovos de ouro
Simulado a galinha dos ovos de ouro
 
Poesia frio de inverno - noção de letra
Poesia  frio de inverno - noção de letraPoesia  frio de inverno - noção de letra
Poesia frio de inverno - noção de letra
 
Canções magusto
Canções magustoCanções magusto
Canções magusto
 
Poema da primavera e dia mundial da floresta e da poesia
Poema da primavera e dia mundial da floresta e da poesiaPoema da primavera e dia mundial da floresta e da poesia
Poema da primavera e dia mundial da floresta e da poesia
 

Destaque

Livro de Poesias: "Recriando a Natureza"
Livro de Poesias: "Recriando a Natureza"Livro de Poesias: "Recriando a Natureza"
Livro de Poesias: "Recriando a Natureza"
ameliaioneda
 
A poesia é uma árvore
A poesia é uma árvoreA poesia é uma árvore
A poesia é uma árvore
Biblioteca Escolar Sobreira
 
Poema i am an oak tree (sou uma árvore de carvalho)
Poema   i am an oak tree (sou uma árvore de carvalho)Poema   i am an oak tree (sou uma árvore de carvalho)
Poema i am an oak tree (sou uma árvore de carvalho)
Gustavo Paz
 
1245693778 poema plantw
1245693778 poema plantw1245693778 poema plantw
1245693778 poema plantw
Pelo Siro
 
Floresta laurissilva
Floresta laurissilvaFloresta laurissilva
Floresta laurissilva
brunomfdias
 
Olavo bilac roteiro de estudo
Olavo bilac roteiro de estudoOlavo bilac roteiro de estudo
Olavo bilac roteiro de estudo
José Alexandre dos santos
 
Carta de um filho a todos os pais do mundo de Marita Abraham
Carta de um filho a todos os pais do mundo                  de Marita Abraham Carta de um filho a todos os pais do mundo                  de Marita Abraham
Carta de um filho a todos os pais do mundo de Marita Abraham
Biblioteca Mãe Soberana
 
Acrósticos de Natal
Acrósticos de NatalAcrósticos de Natal
Acrósticos de Natal
ministerio de educacion
 
Montando cartazes sobre o dia da arvore por simone drumond
Montando cartazes sobre o dia da arvore por simone drumondMontando cartazes sobre o dia da arvore por simone drumond
Montando cartazes sobre o dia da arvore por simone drumond
SimoneHelenDrumond
 
Formação be-10-11
Formação be-10-11Formação be-10-11
Eco escolas- ler e reciclar
Eco escolas- ler e reciclarEco escolas- ler e reciclar
Eco escolas- ler e reciclar
agrupamento de escolas D.JoãoII
 
olavo bilac - via láctea
 olavo bilac - via láctea olavo bilac - via láctea
olavo bilac - via láctea
José Ermida
 
Kit cidadania
Kit cidadaniaKit cidadania
Kit cidadania
LugaraoAfecto
 
Ficha de trabalho floresta virgem
Ficha de trabalho floresta virgemFicha de trabalho floresta virgem
Ficha de trabalho floresta virgem
Helena Cordeiro
 
Bosque dinãmico
Bosque dinãmicoBosque dinãmico
Bosque dinãmico
BE Visconde Salreu
 
Desfolhada
DesfolhadaDesfolhada
Desfolhada
BE Visconde Salreu
 
Bd racismo
Bd racismoBd racismo
Dia Da Floresta
Dia Da FlorestaDia Da Floresta
Dia Da Floresta
António Fortuna
 
Poesia 8 3
Poesia 8 3Poesia 8 3
Poesia 8 3
bibliotecaagansiao
 
2.2 ficha de trabalho - protecção e conservação da natureza (1)
2.2   ficha de trabalho - protecção e conservação da natureza (1)2.2   ficha de trabalho - protecção e conservação da natureza (1)
2.2 ficha de trabalho - protecção e conservação da natureza (1)
Joana Florindo
 

Destaque (20)

Livro de Poesias: "Recriando a Natureza"
Livro de Poesias: "Recriando a Natureza"Livro de Poesias: "Recriando a Natureza"
Livro de Poesias: "Recriando a Natureza"
 
A poesia é uma árvore
A poesia é uma árvoreA poesia é uma árvore
A poesia é uma árvore
 
Poema i am an oak tree (sou uma árvore de carvalho)
Poema   i am an oak tree (sou uma árvore de carvalho)Poema   i am an oak tree (sou uma árvore de carvalho)
Poema i am an oak tree (sou uma árvore de carvalho)
 
1245693778 poema plantw
1245693778 poema plantw1245693778 poema plantw
1245693778 poema plantw
 
Floresta laurissilva
Floresta laurissilvaFloresta laurissilva
Floresta laurissilva
 
Olavo bilac roteiro de estudo
Olavo bilac roteiro de estudoOlavo bilac roteiro de estudo
Olavo bilac roteiro de estudo
 
Carta de um filho a todos os pais do mundo de Marita Abraham
Carta de um filho a todos os pais do mundo                  de Marita Abraham Carta de um filho a todos os pais do mundo                  de Marita Abraham
Carta de um filho a todos os pais do mundo de Marita Abraham
 
Acrósticos de Natal
Acrósticos de NatalAcrósticos de Natal
Acrósticos de Natal
 
Montando cartazes sobre o dia da arvore por simone drumond
Montando cartazes sobre o dia da arvore por simone drumondMontando cartazes sobre o dia da arvore por simone drumond
Montando cartazes sobre o dia da arvore por simone drumond
 
Formação be-10-11
Formação be-10-11Formação be-10-11
Formação be-10-11
 
Eco escolas- ler e reciclar
Eco escolas- ler e reciclarEco escolas- ler e reciclar
Eco escolas- ler e reciclar
 
olavo bilac - via láctea
 olavo bilac - via láctea olavo bilac - via láctea
olavo bilac - via láctea
 
Kit cidadania
Kit cidadaniaKit cidadania
Kit cidadania
 
Ficha de trabalho floresta virgem
Ficha de trabalho floresta virgemFicha de trabalho floresta virgem
Ficha de trabalho floresta virgem
 
Bosque dinãmico
Bosque dinãmicoBosque dinãmico
Bosque dinãmico
 
Desfolhada
DesfolhadaDesfolhada
Desfolhada
 
Bd racismo
Bd racismoBd racismo
Bd racismo
 
Dia Da Floresta
Dia Da FlorestaDia Da Floresta
Dia Da Floresta
 
Poesia 8 3
Poesia 8 3Poesia 8 3
Poesia 8 3
 
2.2 ficha de trabalho - protecção e conservação da natureza (1)
2.2   ficha de trabalho - protecção e conservação da natureza (1)2.2   ficha de trabalho - protecção e conservação da natureza (1)
2.2 ficha de trabalho - protecção e conservação da natureza (1)
 

Semelhante a 21 de março - Poesia, Floresta, Árvore

Natércia Freire
Natércia FreireNatércia Freire
Natércia Freire
davidaaduarte
 
A biblioteca saiu da escola 1
A biblioteca saiu da escola 1A biblioteca saiu da escola 1
A biblioteca saiu da escola 1
PeroVaz
 
Biblioteca Global - Ponte entre Culturas
Biblioteca Global - Ponte entre CulturasBiblioteca Global - Ponte entre Culturas
Biblioteca Global - Ponte entre Culturas
Besaf Biblioteca
 
Caderno digital de Literatura
Caderno digital de LiteraturaCaderno digital de Literatura
Caderno digital de Literatura
davidaaduarte
 
Castro alves espumas flutuantes
Castro alves   espumas flutuantesCastro alves   espumas flutuantes
Castro alves espumas flutuantes
EMSNEWS
 
Leituras
LeiturasLeituras
Leituras
guida04
 
Poemas de vários autores
Poemas de vários autoresPoemas de vários autores
Poemas de vários autores
bibliotecanordeste
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
Isabella Silva
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
Isabella Silva
 
Sessão leitura poética 2014
Sessão leitura poética 2014Sessão leitura poética 2014
Sessão leitura poética 2014
Arlindo Rodrigues Vieira
 
AntóNio GedeãO (ExposiçãO Pelo 9 º Ano De 2006 2007)
AntóNio GedeãO (ExposiçãO Pelo 9 º Ano De 2006 2007)AntóNio GedeãO (ExposiçãO Pelo 9 º Ano De 2006 2007)
AntóNio GedeãO (ExposiçãO Pelo 9 º Ano De 2006 2007)
luisprista
 
Pp intertextualidade1
Pp intertextualidade1Pp intertextualidade1
Pp intertextualidade1
telasnorte1
 
Poetas nacionalismo.pdf
Poetas nacionalismo.pdfPoetas nacionalismo.pdf
Poetas nacionalismo.pdf
Homedigital3
 
Maratona da leitura
Maratona da leituraMaratona da leitura
Maratona da leitura
Fernanda Oliveira
 
L'odore del mio sempre
L'odore del mio sempreL'odore del mio sempre
L'odore del mio sempre
UNED
 
Poemas do mar
Poemas do marPoemas do mar
Poemas do mar
cruchinho
 
Mós - Aldeia Medieval
Mós - Aldeia MedievalMós - Aldeia Medieval
Mós - Aldeia Medieval
Américo Lino Vinhais
 
Romantismo - Gerações Poéticas
Romantismo - Gerações PoéticasRomantismo - Gerações Poéticas
Romantismo - Gerações Poéticas
Entrelinhas Curso
 
O Floral Poético - Com outra apresentação mais atual.
O Floral Poético - Com outra apresentação mais atual.O Floral Poético - Com outra apresentação mais atual.
O Floral Poético - Com outra apresentação mais atual.
Daniel Amaral
 
Augusto dos anjos_eu_e_outros_poemas
Augusto dos anjos_eu_e_outros_poemasAugusto dos anjos_eu_e_outros_poemas
Augusto dos anjos_eu_e_outros_poemas
ericasilveira
 

Semelhante a 21 de março - Poesia, Floresta, Árvore (20)

Natércia Freire
Natércia FreireNatércia Freire
Natércia Freire
 
A biblioteca saiu da escola 1
A biblioteca saiu da escola 1A biblioteca saiu da escola 1
A biblioteca saiu da escola 1
 
Biblioteca Global - Ponte entre Culturas
Biblioteca Global - Ponte entre CulturasBiblioteca Global - Ponte entre Culturas
Biblioteca Global - Ponte entre Culturas
 
Caderno digital de Literatura
Caderno digital de LiteraturaCaderno digital de Literatura
Caderno digital de Literatura
 
Castro alves espumas flutuantes
Castro alves   espumas flutuantesCastro alves   espumas flutuantes
Castro alves espumas flutuantes
 
Leituras
LeiturasLeituras
Leituras
 
Poemas de vários autores
Poemas de vários autoresPoemas de vários autores
Poemas de vários autores
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
Sessão leitura poética 2014
Sessão leitura poética 2014Sessão leitura poética 2014
Sessão leitura poética 2014
 
AntóNio GedeãO (ExposiçãO Pelo 9 º Ano De 2006 2007)
AntóNio GedeãO (ExposiçãO Pelo 9 º Ano De 2006 2007)AntóNio GedeãO (ExposiçãO Pelo 9 º Ano De 2006 2007)
AntóNio GedeãO (ExposiçãO Pelo 9 º Ano De 2006 2007)
 
Pp intertextualidade1
Pp intertextualidade1Pp intertextualidade1
Pp intertextualidade1
 
Poetas nacionalismo.pdf
Poetas nacionalismo.pdfPoetas nacionalismo.pdf
Poetas nacionalismo.pdf
 
Maratona da leitura
Maratona da leituraMaratona da leitura
Maratona da leitura
 
L'odore del mio sempre
L'odore del mio sempreL'odore del mio sempre
L'odore del mio sempre
 
Poemas do mar
Poemas do marPoemas do mar
Poemas do mar
 
Mós - Aldeia Medieval
Mós - Aldeia MedievalMós - Aldeia Medieval
Mós - Aldeia Medieval
 
Romantismo - Gerações Poéticas
Romantismo - Gerações PoéticasRomantismo - Gerações Poéticas
Romantismo - Gerações Poéticas
 
O Floral Poético - Com outra apresentação mais atual.
O Floral Poético - Com outra apresentação mais atual.O Floral Poético - Com outra apresentação mais atual.
O Floral Poético - Com outra apresentação mais atual.
 
Augusto dos anjos_eu_e_outros_poemas
Augusto dos anjos_eu_e_outros_poemasAugusto dos anjos_eu_e_outros_poemas
Augusto dos anjos_eu_e_outros_poemas
 

Mais de Dores Pinto

Entrepalavras - os 12 números do jornal
Entrepalavras - os 12 números do jornalEntrepalavras - os 12 números do jornal
Entrepalavras - os 12 números do jornal
Dores Pinto
 
Entrepalavras12 julho2017.pub
Entrepalavras12  julho2017.pubEntrepalavras12  julho2017.pub
Entrepalavras12 julho2017.pub
Dores Pinto
 
Divulgação do livro " A Oliveira Mágica" pps. Autoria: Celeste de Almeida Gon...
Divulgação do livro " A Oliveira Mágica" pps. Autoria: Celeste de Almeida Gon...Divulgação do livro " A Oliveira Mágica" pps. Autoria: Celeste de Almeida Gon...
Divulgação do livro " A Oliveira Mágica" pps. Autoria: Celeste de Almeida Gon...
Dores Pinto
 
Divulgação do livro " A Oliveira Mágica" pdf - autoria: Celeste de Almeida Go...
Divulgação do livro " A Oliveira Mágica" pdf - autoria: Celeste de Almeida Go...Divulgação do livro " A Oliveira Mágica" pdf - autoria: Celeste de Almeida Go...
Divulgação do livro " A Oliveira Mágica" pdf - autoria: Celeste de Almeida Go...
Dores Pinto
 
Entrepalavras10 dezembro 2016 final
Entrepalavras10 dezembro 2016 final Entrepalavras10 dezembro 2016 final
Entrepalavras10 dezembro 2016 final
Dores Pinto
 
Newsletter - ler, interpretar e desenhar - novembro 2016
Newsletter -  ler, interpretar e  desenhar - novembro 2016Newsletter -  ler, interpretar e  desenhar - novembro 2016
Newsletter - ler, interpretar e desenhar - novembro 2016
Dores Pinto
 
Newsletter colaboração Projeto Afirma te + BECRE2016: dia da Tolerância com a...
Newsletter colaboração Projeto Afirma te + BECRE2016: dia da Tolerância com a...Newsletter colaboração Projeto Afirma te + BECRE2016: dia da Tolerância com a...
Newsletter colaboração Projeto Afirma te + BECRE2016: dia da Tolerância com a...
Dores Pinto
 
Newsletter BEJSR ação pordatakids outubro 2016
Newsletter BEJSR ação pordatakids outubro 2016Newsletter BEJSR ação pordatakids outubro 2016
Newsletter BEJSR ação pordatakids outubro 2016
Dores Pinto
 
Entrepalavras9 julho 2016
Entrepalavras9 julho 2016Entrepalavras9 julho 2016
Entrepalavras9 julho 2016
Dores Pinto
 
Newsletter inauguração da requalificação da Biblioteca Escolar José Silvestre...
Newsletter inauguração da requalificação da Biblioteca Escolar José Silvestre...Newsletter inauguração da requalificação da Biblioteca Escolar José Silvestre...
Newsletter inauguração da requalificação da Biblioteca Escolar José Silvestre...
Dores Pinto
 
Dia da europa 2016
Dia da europa 2016Dia da europa 2016
Dia da europa 2016
Dores Pinto
 
10ª Concurso Nacional de Leitura - Belmonte 2016
10ª Concurso Nacional de Leitura - Belmonte 201610ª Concurso Nacional de Leitura - Belmonte 2016
10ª Concurso Nacional de Leitura - Belmonte 2016
Dores Pinto
 
Boletim BECRE José Silvestre Ribeiro 1 novembro 2006
Boletim  BECRE José Silvestre Ribeiro 1 novembro 2006Boletim  BECRE José Silvestre Ribeiro 1 novembro 2006
Boletim BECRE José Silvestre Ribeiro 1 novembro 2006
Dores Pinto
 
À conversa com Manuela Ribeiro
À conversa com Manuela Ribeiro À conversa com Manuela Ribeiro
À conversa com Manuela Ribeiro
Dores Pinto
 
Entrepalavras8 marco2016
Entrepalavras8 marco2016Entrepalavras8 marco2016
Entrepalavras8 marco2016
Dores Pinto
 
Newsletter Encontro com o escritor e ilustrador Pedro Seromenho
Newsletter Encontro com o escritor e ilustrador Pedro SeromenhoNewsletter Encontro com o escritor e ilustrador Pedro Seromenho
Newsletter Encontro com o escritor e ilustrador Pedro Seromenho
Dores Pinto
 
Newsletter CNL(1ª fase)
Newsletter CNL(1ª fase)Newsletter CNL(1ª fase)
Newsletter CNL(1ª fase)
Dores Pinto
 
entrepalavras 7- jornal do Agrupamento de Escolas José Silvestre Ribeiro - d...
 entrepalavras 7- jornal do Agrupamento de Escolas José Silvestre Ribeiro - d... entrepalavras 7- jornal do Agrupamento de Escolas José Silvestre Ribeiro - d...
entrepalavras 7- jornal do Agrupamento de Escolas José Silvestre Ribeiro - d...
Dores Pinto
 
6 entrepalavras julho 2015 final
6 entrepalavras julho 2015 final6 entrepalavras julho 2015 final
6 entrepalavras julho 2015 final
Dores Pinto
 
Ivo Rocha - Workshop de Escrita Criativa no Agrupamento de Escolas José Silve...
Ivo Rocha - Workshop de Escrita Criativa no Agrupamento de Escolas José Silve...Ivo Rocha - Workshop de Escrita Criativa no Agrupamento de Escolas José Silve...
Ivo Rocha - Workshop de Escrita Criativa no Agrupamento de Escolas José Silve...
Dores Pinto
 

Mais de Dores Pinto (20)

Entrepalavras - os 12 números do jornal
Entrepalavras - os 12 números do jornalEntrepalavras - os 12 números do jornal
Entrepalavras - os 12 números do jornal
 
Entrepalavras12 julho2017.pub
Entrepalavras12  julho2017.pubEntrepalavras12  julho2017.pub
Entrepalavras12 julho2017.pub
 
Divulgação do livro " A Oliveira Mágica" pps. Autoria: Celeste de Almeida Gon...
Divulgação do livro " A Oliveira Mágica" pps. Autoria: Celeste de Almeida Gon...Divulgação do livro " A Oliveira Mágica" pps. Autoria: Celeste de Almeida Gon...
Divulgação do livro " A Oliveira Mágica" pps. Autoria: Celeste de Almeida Gon...
 
Divulgação do livro " A Oliveira Mágica" pdf - autoria: Celeste de Almeida Go...
Divulgação do livro " A Oliveira Mágica" pdf - autoria: Celeste de Almeida Go...Divulgação do livro " A Oliveira Mágica" pdf - autoria: Celeste de Almeida Go...
Divulgação do livro " A Oliveira Mágica" pdf - autoria: Celeste de Almeida Go...
 
Entrepalavras10 dezembro 2016 final
Entrepalavras10 dezembro 2016 final Entrepalavras10 dezembro 2016 final
Entrepalavras10 dezembro 2016 final
 
Newsletter - ler, interpretar e desenhar - novembro 2016
Newsletter -  ler, interpretar e  desenhar - novembro 2016Newsletter -  ler, interpretar e  desenhar - novembro 2016
Newsletter - ler, interpretar e desenhar - novembro 2016
 
Newsletter colaboração Projeto Afirma te + BECRE2016: dia da Tolerância com a...
Newsletter colaboração Projeto Afirma te + BECRE2016: dia da Tolerância com a...Newsletter colaboração Projeto Afirma te + BECRE2016: dia da Tolerância com a...
Newsletter colaboração Projeto Afirma te + BECRE2016: dia da Tolerância com a...
 
Newsletter BEJSR ação pordatakids outubro 2016
Newsletter BEJSR ação pordatakids outubro 2016Newsletter BEJSR ação pordatakids outubro 2016
Newsletter BEJSR ação pordatakids outubro 2016
 
Entrepalavras9 julho 2016
Entrepalavras9 julho 2016Entrepalavras9 julho 2016
Entrepalavras9 julho 2016
 
Newsletter inauguração da requalificação da Biblioteca Escolar José Silvestre...
Newsletter inauguração da requalificação da Biblioteca Escolar José Silvestre...Newsletter inauguração da requalificação da Biblioteca Escolar José Silvestre...
Newsletter inauguração da requalificação da Biblioteca Escolar José Silvestre...
 
Dia da europa 2016
Dia da europa 2016Dia da europa 2016
Dia da europa 2016
 
10ª Concurso Nacional de Leitura - Belmonte 2016
10ª Concurso Nacional de Leitura - Belmonte 201610ª Concurso Nacional de Leitura - Belmonte 2016
10ª Concurso Nacional de Leitura - Belmonte 2016
 
Boletim BECRE José Silvestre Ribeiro 1 novembro 2006
Boletim  BECRE José Silvestre Ribeiro 1 novembro 2006Boletim  BECRE José Silvestre Ribeiro 1 novembro 2006
Boletim BECRE José Silvestre Ribeiro 1 novembro 2006
 
À conversa com Manuela Ribeiro
À conversa com Manuela Ribeiro À conversa com Manuela Ribeiro
À conversa com Manuela Ribeiro
 
Entrepalavras8 marco2016
Entrepalavras8 marco2016Entrepalavras8 marco2016
Entrepalavras8 marco2016
 
Newsletter Encontro com o escritor e ilustrador Pedro Seromenho
Newsletter Encontro com o escritor e ilustrador Pedro SeromenhoNewsletter Encontro com o escritor e ilustrador Pedro Seromenho
Newsletter Encontro com o escritor e ilustrador Pedro Seromenho
 
Newsletter CNL(1ª fase)
Newsletter CNL(1ª fase)Newsletter CNL(1ª fase)
Newsletter CNL(1ª fase)
 
entrepalavras 7- jornal do Agrupamento de Escolas José Silvestre Ribeiro - d...
 entrepalavras 7- jornal do Agrupamento de Escolas José Silvestre Ribeiro - d... entrepalavras 7- jornal do Agrupamento de Escolas José Silvestre Ribeiro - d...
entrepalavras 7- jornal do Agrupamento de Escolas José Silvestre Ribeiro - d...
 
6 entrepalavras julho 2015 final
6 entrepalavras julho 2015 final6 entrepalavras julho 2015 final
6 entrepalavras julho 2015 final
 
Ivo Rocha - Workshop de Escrita Criativa no Agrupamento de Escolas José Silve...
Ivo Rocha - Workshop de Escrita Criativa no Agrupamento de Escolas José Silve...Ivo Rocha - Workshop de Escrita Criativa no Agrupamento de Escolas José Silve...
Ivo Rocha - Workshop de Escrita Criativa no Agrupamento de Escolas José Silve...
 

Último

AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
FernandaOliveira758273
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
GracinhaSantos6
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
WELTONROBERTOFREITAS
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
katbrochier1
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
erssstcontato
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 

Último (20)

AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 

21 de março - Poesia, Floresta, Árvore

  • 1. “Aspalavras”,deEugéniodeAndrade São como um cristal, As palavras. Algumas, um punhal, Um incêndio. Outras, Orvalho apenas. Secretas vêm, cheias de memória. Inseguras navegam: Barcos ou beijos, as águas estremecem. Desamparadas, inocentes, Leves. Tecidas são de luz E são a noite. E mesmo pálidas Verdes paraísos lembram ainda. Quem as escuta? Quem As recolhe, assim, Cruéis, desfeitas, Nas suas conchas puras? Porque se celebram os 800 anos da Língua Portuguesa, porque é dia da Poesia, da Árvore e da Floresta e a SEMANA DA LEITURA, a equipa da BECRE pede que leia um poema com os alunos. Obrigada! “As Palavras Interditas”, de Eugénio de Andrade Os navios existem, e existe o teu rosto encostado ao rosto dos navios. Sem nenhum destino flutuam nas cidades, partem no vento, regressam nos rios. Na areia branca, onde o tempo começa, uma criança passa de costas para o mar. Anoitece. Não há dúvida, anoitece. É preciso partir, é preciso ficar. Os hospitais cobrem-se de cinza. Ondas de sombra quebram nas esquinas. Amo-te... E entram pela janela as primeiras luzes das colinas. As palavras que te envio são interditas até, meu amor, pelo halo das searas; se alguma regressasse, nem já reconhecia o teu nome nas suas curvas claras. Dói-me esta água, este ar que se respira, dói-me esta solidão de pedra escura, estas mãos nocturnas onde aperto os meus dias quebrados na cintura. E a noite cresce apaixonadamente. Nas suas margens nuas, desoladas, cada homem tem apenas para dar um horizonte de cidades bombardeadas.
  • 2. “O Teu Olhar”, de Florbela Espanca Passam no teu olhar nobres cortejos, Frotas, pendões ao vento sobranceiros, Lindos versos de antigos romanceiros, Céus do Oriente, em brasa, como beijos, Mares onde não cabem teus desejos; Passam no teu olhar mundos inteiros, Todo um povo de heróis e marinheiros, Lanças nuas em rútilos lampejos; Passam lendas e sonhos e milagres! Passa a Índia, a visão do Infante em Sagres, Em centelhas de crença e de certeza! E ao sentir-se tão grande, ao ver-te assim, Amor, julgo trazer dentro de mim Um pedaço da terra portuguesa! “Viagem”, de Miguel Torga É o vento que me leva. O vento lusitano. É este sopro humano Universal Que enfuna a inquietação de Portugal. É esta fúria de loucura mansa Que tudo alcança Sem alcançar. Que vai de céu em céu, De mar em mar, Até nunca chegar. E esta tentação de me encontrar Mais rico de amargura Nas pausas da ventura De me procurar...
  • 3. “Língua Portuguesa”, de Olavo Bilac Última flor do Lácio, inculta e bela, És, a um tempo, esplendor e sepultura: Ouro nativo, que na ganga impura A bruta mina entre os cascalhos vela Amo-te assim, desconhecida e obscura Tuba de algo clangor, lira singela, Que tens o trom e o silvo da procela, E o arrolo da saudade e da ternura! Amo o teu viço agreste e o teu aroma De virgens selvas e de oceano largo! Amo-te, ó rude e doloroso idioma, Em que da voz materna ouvi: "meu filho!", E em que Camões chorou, no exílio amargo, O génio sem ventura e o amor sem brilho! “Amostra sem valor”, de António Gedeão Eu sei que o meu desespero não interessa a ninguém. Cada um tem o seu, pessoal e intransmissível: com ele se entretém e se julga intangível. Eu sei que a Humanidade é mais gente do que eu, sei que o Mundo é maior do que o bairro onde habito, que o respirar de um só, mesmo que seja o meu, não pesa num total que tende para infinito. Eu sei que as dimensões impiedosos da Vida ignoram todo o homem, dissolvem-no, e, contudo, nesta insignificância, gratuita e desvalida, Universo sou eu, com nebulosas e tudo.
  • 4. JORGE SOUSA BRAGA, in HERBÁRIO (Assírio & Alvim, 1999) As árvores como os livros têm folhas e margens lisas ou recortadas, e capas (isto é copas) e capítulos de flores e letras de oiro nas lombadas. E são histórias de reis, histórias de fadas as mais fantásticas aventuras, que se podem ler nas suas páginas, no pecíolo, no limbo, nas nervuras. As florestas são imensas bibliotecas, e até há florestas especializadas, com faias, bétulas e um letreiro a dizer: «Floresta das zonas temperadas». É evidente que não podes plantar no teu quarto, plátanos ou azinheiras. Para começar a construir uma biblioteca, basta um vaso de sardinheiras.