SlideShare uma empresa Scribd logo
1
Apoio do BNDES à
Geração Distribuída
BRAZIL SOLAR POWER 2018
13 de junho de 2018
2
Como apoiamos e atuamos
Operações Diretas
Realizadas diretamente
com o BNDES
 As operações do BNDES com
produtores rurais, micro,
pequenas e médias
empresas (99%) são
realizadas por meio dos
Agentes Financeiros
Credenciados
 Bancos Comerciais
Públicos e
Privados
 Agências de
Fomento
 Cooperativas de
Crédito
Operações Indiretas
Realizadas por meio de
Agente Financeiro
Credenciado
Formas de apoio
3
Quem pode solicitar financiamento?
Pessoas Físicas*
Empreendedores sem CNPJ
*Apenas em alguns casos
Pessoas Jurídicas
Empresas com CNPJ
4
Pessoas Físicas
Empreendedores sem CNPJ*
BNDES Microcrédito
Instituições de microcrédito
repassadoras
Caminhoneiro
Caminhão,
carreto, etc.
Produtor Rural
Programas agrícolas do
Governo Federal
Quem pode solicitar financiamento?
Consumidor de
Energia Elétrica
Programa BNDES Finame
Fundo Clima
5
SISTEMA FOTOVOLTAICO
Módulo Inversor Componentes Elétricos
Estrutura de
Sustentação
O que pode ser financiado
6
Sistema Fotovoltaico: o que é?
Para o BNDES, um sistema fotovoltaico é um produto financiável com 4 componentes:
1. Módulos (painéis) fotovoltaicos, independente de sua
tecnologia;
2. Inversores;
3. Componentes Elétricos:
• String boxes (se houver);
• Cabos de corrente contínua (todos os cabos até o
inversor).
4. Estrutura de Sustentação:
• Fixa ou;
• Móvel: chamada de tracker ou seguidor solar que
compreende a estrutura metálica, controladores,
acionamentos, sensores, etc.
OBS: Serviços de instalação podem ser incluídos no
preço de venda e financiados junto com o sistema
Credenciamento de Sistemas Fotovoltaicos no BNDES
7
Sistema Fotovoltaico: quem pode credenciar?
O Fornecedor do sistema fotovoltaico deverá estar credenciado no CFI e possuir
seu código FINAME. Para tanto, precisará cumprir os seguintes critérios básicos:
• Ser um fabricante industrial ou;
• Ser uma empresa de engenharia, ESCO ou EPCista que comprove a capacidade de
desenvolver projetos (possuir engenheiros próprios), ser responsável pela garantia
de performance do sistema e ser equiparado a um fabricante industrial;
* Cabos e estruturas fixas de sustentação não são credenciados, no entanto é necessário comprovar a origem nacional dos mesmos.
Para solicitar o credenciamento do sistema fotovoltaico é necessário que os
componentes partes estejam previamente credenciadas no CFI:
1. Módulos fotovoltaicos
2. Inversores
3. Componentes Elétricos *
4. Estrutura de Sustentação*
Credenciamento de Sistemas Fotovoltaicos no BNDES
8
Por que credenciar o sistema fotovoltaico?
BNDES • O BNDES somente poderá apoiar
a aquisição de equipamentos
fotovoltaicos com a apresentação
do código Finame do Sistema
Gerador Fotovoltaico;
• Os códigos dos componentes
não são passíveis de
financiamento: os componentes
do sistema fotovoltaico não são
apoiados isoladamente.
Credenciamento de Sistemas Fotovoltaicos no BNDES
Código Componente
Operação
de Crédito
9
MPME Sem aplicação do Fator C
Grande Empresa FC x teto de participação vigente da linha
Mecanismo de aplicação do Fator C para o Sistema:
Novo Resumo da Metodologia
Itens Obrigatórios
Itens Opcionais
Silício Filme fino/orgâncico até dez/2019 jan/20 a dez/22 2023 em diante
Vidro Substrato 5% 5% 5%
Backsheet ou
encapsulante
Cobertura ou
encapsulante
5% 5% 5%
Caixa de junção Caixa de junção 5% 5% 5%
Célula
Deposição e definição
das células
30% 30% 30%
Montagem completa +
frame
Encapsulamento 60% 50% 30%
C.2 Componentes Elétricos (cabos CC e combiner/string boxes) 10% 10% 10%
C.3 Estruturas metálicas (racks fixos em solo ou telhado e trackers) 10% 10% 10%
C.4 Inversor 20% 20% 20%
80% 90% 70%Fator C do Sistema com itens obrigatórios para permitir credenciamento
Tabela Resumo - Metodologia de Credenciamento de Módulos e Sistemas Geradores Fotovoltaicos
SistemaGeradorFotovoltaico
Componentes
C.1 Módulo
Credenciamento de Sistemas Fotovoltaicos no BNDES
10
BNDES Finame
Fundo Clima
BNDES Finame
Máquinas e
Equipamentos
BNDES FINEM
Eficiência Energética
BNDES Automático
Projetos de
Investimento
O que podemos financiar? // Focos de apoio financeiro
Operações Indiretas Operação Direta
11
O que podemos financiar? // FINEM Eficiência Energética
Podem ser financiados os seguintes
empreendimentos:
• eficientização energética de edificações, com foco
em condicionamento de ar, iluminação, envoltória
e geração distribuída, incluindo cogeração, para
unidades novas ou já existentes (retrofit),
conforme critérios definidos pelo BNDES;
• iluminação pública;
• eficientização energética de processos produtivos,
com foco em cogeração, aproveitamento de gases
de processo como fonte energética e outras
intervenções priorizadas pelo BNDES;
• repotenciação de usinas;
• redes elétricas inteligentes.
Financiamento a partir de R$ 10 milhões para projetos voltados
à redução do consumo de energia e aumento da eficiência do
sistema energético nacional.
Participação do BNDES: até 80% do valor total do projeto,
limitada a 100% dos itens financiáveis.
O prazo total é determinado em função da capacidade de
pagamento do empreendimento, do cliente e do grupo
econômico, limitado a 20 anos.
Durante o período de carência, que será de até seis meses
após a entrada do projeto em operação comercial, os juros
poderão ser capitalizados ou pagos pelo cliente.
12
Até 144 meses
Até 2 anos
Até 120 meses
Até 2 anos
Até 80% Até 100%
3,8% a.a.
BNDES Automático
Taxa Variável
BNDES Finame
Fundo Clima
BNDES Finame
Taxa Variável
Custo Financeiro(*)
Remuneração (**)
Agente Financeiro
Taxa Final
Prazo
Carência
Participação
Máxima (***)
6,5% a.a.
+/- 12,1% a.a.
(+/- 0,96% a.m.)
Até 240 meses
até 36 meses
Até 100%
+/- 4,03% a.a.
(+/- 0,33% a.m.)
+/- 11,8% a.a.
(+/- 0,93% a.m.)
Até 120 meses
Até 2 anos
Até 100%
O que podemos financiar? // Operações Indiretas
3,0% a.a.
0,1% a.a.
3,5% a.a.
6,5% a.a.
* Taxa Variável: TLP projetada em mai/18 para o ano de 2018. Condições para Micro, Pequenas e Médias Empresas.
** Informações referentes ao valor médio das operações dos últimos 3 meses (Fonte: BNDES AOI/DESCO).
*** A participação máxima do BNDES Automático deverá ser definida em função do valor total do projeto, limitada a 100% dos itens financiáveis.
Taxa do BNDES 1,5% a.a. 0,9% a.a.1,5% a.a.
+/- 11,2% a.a.
(+/- 0,89% a.m.)
3,5% a.a.
6,5% a.a.
0,9% a.a.
BNDES Finame
Energia Renovável
Negociado com Agente Financeiro
13
Resultados e Fundo Clima
Nº de
Operações
Total dos Projetos Total Financiado
Finame realizado 16 R$ 8.803.191,90 R$ 6.720.586,71
Fundo Clima 20 R$ 14.274.918,45 R$ 11.419.934,76
14
Obrigado.
Guilherme Arantes
guilherme.arantes@bndes.gov.br
facebook.com/bndes.imprensa
twitter.com/bndes_imprensa
youtube.com/bndesgovbr
slideshare.net/bndes
Portal BNDES
www.bndes.gov.br
Atendimento Empresarial
0800 702 6337
Ouvidoria
0800 702 6307
www.bndes.gov.br/ouvidoria
Fale Conosco
www.bndes.gov.br/faleconosco

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cartilha "O BNDES mais perto de você"
Cartilha "O BNDES mais perto de você"Cartilha "O BNDES mais perto de você"
Cartilha "O BNDES mais perto de você"
BNDES
 
O BNDES Mais Perto de Você
O BNDES Mais Perto de VocêO BNDES Mais Perto de Você
O BNDES Mais Perto de Você
BNDES
 
020010000101011
020010000101011020010000101011
020010000101011
RenanDantasdosSantos
 
Desempenho Operacional do BNDES em 2017 no Nordeste
Desempenho Operacional do BNDES em 2017 no NordesteDesempenho Operacional do BNDES em 2017 no Nordeste
Desempenho Operacional do BNDES em 2017 no Nordeste
BNDES
 
Novas políticas operacionais - Condições (2017)
Novas políticas operacionais - Condições (2017)Novas políticas operacionais - Condições (2017)
Novas políticas operacionais - Condições (2017)
BNDES
 
Apresentação – Cadastro Positivo: mitos e verdades (24/10/2017)
Apresentação – Cadastro Positivo: mitos e verdades (24/10/2017)Apresentação – Cadastro Positivo: mitos e verdades (24/10/2017)
Apresentação – Cadastro Positivo: mitos e verdades (24/10/2017)
Ministério da Economia
 
Monofolha protocolo barclays
Monofolha protocolo barclaysMonofolha protocolo barclays
Monofolha protocolo barclays
MZenida
 
Empréstimo às distribuidoras e seus impactos
Empréstimo às distribuidoras e seus impactosEmpréstimo às distribuidoras e seus impactos
Empréstimo às distribuidoras e seus impactos
Câmara de Comercialização de Energia Elétrica
 
Investimento, financiamento e o BNDES
Investimento, financiamento e o BNDES Investimento, financiamento e o BNDES
Investimento, financiamento e o BNDES
BNDES
 
Atuação do BNDES na Região Nordeste - Denor
Atuação do BNDES na Região Nordeste - DenorAtuação do BNDES na Região Nordeste - Denor
Atuação do BNDES na Região Nordeste - Denor
BNDES
 
BNDES - Apresentação Institucional
BNDES - Apresentação InstitucionalBNDES - Apresentação Institucional
BNDES - Apresentação Institucional
BNDES
 
Apresentação 2 t13
Apresentação 2 t13Apresentação 2 t13
Apresentação 2 t13
Paraná Banco
 
Questionamentos sobre cagepa1
Questionamentos sobre cagepa1Questionamentos sobre cagepa1
Questionamentos sobre cagepa1
gervasiomaiapb
 
015539000101011 (2)
015539000101011 (2)015539000101011 (2)
015539000101011 (2)
RenanDantasdosSantos
 
Apresentação BNDES - A importância das linhas de financiamento para inovação ...
Apresentação BNDES - A importância das linhas de financiamento para inovação ...Apresentação BNDES - A importância das linhas de financiamento para inovação ...
Apresentação BNDES - A importância das linhas de financiamento para inovação ...
BNDES
 
Banco do Brasil - Institucional 4T12
Banco do Brasil - Institucional 4T12Banco do Brasil - Institucional 4T12
Banco do Brasil - Institucional 4T12
InvestidorEmpresa
 
Dívida estadual: um pouco de luz sobre o tema - darcy carvalho dos santos - ...
Dívida estadual: um pouco de luz sobre o tema -  darcy carvalho dos santos - ...Dívida estadual: um pouco de luz sobre o tema -  darcy carvalho dos santos - ...
Dívida estadual: um pouco de luz sobre o tema - darcy carvalho dos santos - ...
Fundação de Economia e Estatística
 
Relatório Anual 2012
Relatório Anual 2012Relatório Anual 2012
Relatório Anual 2012
BNDES
 
BNDES - Organização e Desempenho
BNDES - Organização e DesempenhoBNDES - Organização e Desempenho
BNDES - Organização e Desempenho
BNDES
 
10º Encontro Nacional de Agentes do Setor Elétrico - ENASE - 21/05/13
10º Encontro Nacional de Agentes do Setor Elétrico - ENASE - 21/05/1310º Encontro Nacional de Agentes do Setor Elétrico - ENASE - 21/05/13
10º Encontro Nacional de Agentes do Setor Elétrico - ENASE - 21/05/13
Câmara de Comercialização de Energia Elétrica
 

Mais procurados (20)

Cartilha "O BNDES mais perto de você"
Cartilha "O BNDES mais perto de você"Cartilha "O BNDES mais perto de você"
Cartilha "O BNDES mais perto de você"
 
O BNDES Mais Perto de Você
O BNDES Mais Perto de VocêO BNDES Mais Perto de Você
O BNDES Mais Perto de Você
 
020010000101011
020010000101011020010000101011
020010000101011
 
Desempenho Operacional do BNDES em 2017 no Nordeste
Desempenho Operacional do BNDES em 2017 no NordesteDesempenho Operacional do BNDES em 2017 no Nordeste
Desempenho Operacional do BNDES em 2017 no Nordeste
 
Novas políticas operacionais - Condições (2017)
Novas políticas operacionais - Condições (2017)Novas políticas operacionais - Condições (2017)
Novas políticas operacionais - Condições (2017)
 
Apresentação – Cadastro Positivo: mitos e verdades (24/10/2017)
Apresentação – Cadastro Positivo: mitos e verdades (24/10/2017)Apresentação – Cadastro Positivo: mitos e verdades (24/10/2017)
Apresentação – Cadastro Positivo: mitos e verdades (24/10/2017)
 
Monofolha protocolo barclays
Monofolha protocolo barclaysMonofolha protocolo barclays
Monofolha protocolo barclays
 
Empréstimo às distribuidoras e seus impactos
Empréstimo às distribuidoras e seus impactosEmpréstimo às distribuidoras e seus impactos
Empréstimo às distribuidoras e seus impactos
 
Investimento, financiamento e o BNDES
Investimento, financiamento e o BNDES Investimento, financiamento e o BNDES
Investimento, financiamento e o BNDES
 
Atuação do BNDES na Região Nordeste - Denor
Atuação do BNDES na Região Nordeste - DenorAtuação do BNDES na Região Nordeste - Denor
Atuação do BNDES na Região Nordeste - Denor
 
BNDES - Apresentação Institucional
BNDES - Apresentação InstitucionalBNDES - Apresentação Institucional
BNDES - Apresentação Institucional
 
Apresentação 2 t13
Apresentação 2 t13Apresentação 2 t13
Apresentação 2 t13
 
Questionamentos sobre cagepa1
Questionamentos sobre cagepa1Questionamentos sobre cagepa1
Questionamentos sobre cagepa1
 
015539000101011 (2)
015539000101011 (2)015539000101011 (2)
015539000101011 (2)
 
Apresentação BNDES - A importância das linhas de financiamento para inovação ...
Apresentação BNDES - A importância das linhas de financiamento para inovação ...Apresentação BNDES - A importância das linhas de financiamento para inovação ...
Apresentação BNDES - A importância das linhas de financiamento para inovação ...
 
Banco do Brasil - Institucional 4T12
Banco do Brasil - Institucional 4T12Banco do Brasil - Institucional 4T12
Banco do Brasil - Institucional 4T12
 
Dívida estadual: um pouco de luz sobre o tema - darcy carvalho dos santos - ...
Dívida estadual: um pouco de luz sobre o tema -  darcy carvalho dos santos - ...Dívida estadual: um pouco de luz sobre o tema -  darcy carvalho dos santos - ...
Dívida estadual: um pouco de luz sobre o tema - darcy carvalho dos santos - ...
 
Relatório Anual 2012
Relatório Anual 2012Relatório Anual 2012
Relatório Anual 2012
 
BNDES - Organização e Desempenho
BNDES - Organização e DesempenhoBNDES - Organização e Desempenho
BNDES - Organização e Desempenho
 
10º Encontro Nacional de Agentes do Setor Elétrico - ENASE - 21/05/13
10º Encontro Nacional de Agentes do Setor Elétrico - ENASE - 21/05/1310º Encontro Nacional de Agentes do Setor Elétrico - ENASE - 21/05/13
10º Encontro Nacional de Agentes do Setor Elétrico - ENASE - 21/05/13
 

Semelhante a 20180613 apoio geracao distribuida

Condições do BNDES para Leilões de 2018 do Setor Elétrico
Condições do BNDES para Leilões de 2018 do Setor ElétricoCondições do BNDES para Leilões de 2018 do Setor Elétrico
Condições do BNDES para Leilões de 2018 do Setor Elétrico
asiciliano81
 
BNDES - Tagore Vilarim - Novas estratégias de financiamento para o setor de E...
BNDES - Tagore Vilarim - Novas estratégias de financiamento para o setor de E...BNDES - Tagore Vilarim - Novas estratégias de financiamento para o setor de E...
BNDES - Tagore Vilarim - Novas estratégias de financiamento para o setor de E...
Pe Business
 
Financiamento solar
Financiamento solar Financiamento solar
Financiamento solar
Jornal do Commercio
 
Apresentação luciana vasco - bndes
Apresentação   luciana vasco - bndesApresentação   luciana vasco - bndes
Apresentação luciana vasco - bndes
Telmo Teramoto
 
Modelos de negocio_gd_cela
Modelos de negocio_gd_celaModelos de negocio_gd_cela
Modelos de negocio_gd_cela
AGNALDO FAISSAL DUTRA
 
Encontro Nacional do Setor Elétrico - ENASE
Encontro Nacional do Setor Elétrico - ENASEEncontro Nacional do Setor Elétrico - ENASE
Encontro Nacional do Setor Elétrico - ENASE
Câmara de Comercialização de Energia Elétrica
 
Geração Distribuída de Energia Elétrica e Geração Solar - Seminário franco-br...
Geração Distribuída de Energia Elétrica e Geração Solar - Seminário franco-br...Geração Distribuída de Energia Elétrica e Geração Solar - Seminário franco-br...
Geração Distribuída de Energia Elétrica e Geração Solar - Seminário franco-br...
Câmara de Comercialização de Energia Elétrica
 
Bndes2014 mai apresentação g100
Bndes2014 mai apresentação g100Bndes2014 mai apresentação g100
Bndes2014 mai apresentação g100
terravivaviva
 
Apresentação - Desenbahia
Apresentação - DesenbahiaApresentação - Desenbahia
Apresentação - Desenbahia
Ecopa Salvador
 
Energia Solar - Mercado Fotovoltaico de geração Distribuida
Energia Solar - Mercado Fotovoltaico de geração DistribuidaEnergia Solar - Mercado Fotovoltaico de geração Distribuida
Energia Solar - Mercado Fotovoltaico de geração Distribuida
RandersonAndrews2
 
Apresentação de Márcia Leal
Apresentação de Márcia LealApresentação de Márcia Leal
Apresentação de Márcia Leal
CartaCapital
 
Agenda CCEE 2015
Agenda CCEE 2015Agenda CCEE 2015
BRDE - Evento Águia
BRDE - Evento ÁguiaBRDE - Evento Águia
BRDE - Evento Águia
BRDE Comunicação
 
Geração Distribuida - Oportunidades
Geração Distribuida - OportunidadesGeração Distribuida - Oportunidades
Geração Distribuida - Oportunidades
Prime Work Consultoria
 
Apresentação - Caixa
Apresentação - CaixaApresentação - Caixa
Apresentação - Caixa
Ecopa Salvador
 
Geração Distribuída de Energia Elétrica (Seminário Internacional - Impactos d...
Geração Distribuída de Energia Elétrica (Seminário Internacional - Impactos d...Geração Distribuída de Energia Elétrica (Seminário Internacional - Impactos d...
Geração Distribuída de Energia Elétrica (Seminário Internacional - Impactos d...
Câmara de Comercialização de Energia Elétrica
 
LGL Solar Estudo estrategico Janeiro 2020 Curso de Energia Solar
LGL Solar Estudo estrategico Janeiro 2020 Curso de Energia SolarLGL Solar Estudo estrategico Janeiro 2020 Curso de Energia Solar
LGL Solar Estudo estrategico Janeiro 2020 Curso de Energia Solar
Curso LGL Solar de Energia Solar
 
Panorama da comercialização de energia elétrica no Brasil
Panorama da comercialização de energia elétrica no BrasilPanorama da comercialização de energia elétrica no Brasil
Panorama da comercialização de energia elétrica no Brasil
Câmara de Comercialização de Energia Elétrica
 
Expocietec, 15/10/2012 - Apresentação do BNDES
Expocietec, 15/10/2012 - Apresentação do BNDESExpocietec, 15/10/2012 - Apresentação do BNDES
Expocietec, 15/10/2012 - Apresentação do BNDES
FecomercioSP
 
Perspectivas do Setor Elétrico
Perspectivas do Setor ElétricoPerspectivas do Setor Elétrico
Perspectivas do Setor Elétrico
ANEEL - Agência Nacional de Energia Elétrica
 

Semelhante a 20180613 apoio geracao distribuida (20)

Condições do BNDES para Leilões de 2018 do Setor Elétrico
Condições do BNDES para Leilões de 2018 do Setor ElétricoCondições do BNDES para Leilões de 2018 do Setor Elétrico
Condições do BNDES para Leilões de 2018 do Setor Elétrico
 
BNDES - Tagore Vilarim - Novas estratégias de financiamento para o setor de E...
BNDES - Tagore Vilarim - Novas estratégias de financiamento para o setor de E...BNDES - Tagore Vilarim - Novas estratégias de financiamento para o setor de E...
BNDES - Tagore Vilarim - Novas estratégias de financiamento para o setor de E...
 
Financiamento solar
Financiamento solar Financiamento solar
Financiamento solar
 
Apresentação luciana vasco - bndes
Apresentação   luciana vasco - bndesApresentação   luciana vasco - bndes
Apresentação luciana vasco - bndes
 
Modelos de negocio_gd_cela
Modelos de negocio_gd_celaModelos de negocio_gd_cela
Modelos de negocio_gd_cela
 
Encontro Nacional do Setor Elétrico - ENASE
Encontro Nacional do Setor Elétrico - ENASEEncontro Nacional do Setor Elétrico - ENASE
Encontro Nacional do Setor Elétrico - ENASE
 
Geração Distribuída de Energia Elétrica e Geração Solar - Seminário franco-br...
Geração Distribuída de Energia Elétrica e Geração Solar - Seminário franco-br...Geração Distribuída de Energia Elétrica e Geração Solar - Seminário franco-br...
Geração Distribuída de Energia Elétrica e Geração Solar - Seminário franco-br...
 
Bndes2014 mai apresentação g100
Bndes2014 mai apresentação g100Bndes2014 mai apresentação g100
Bndes2014 mai apresentação g100
 
Apresentação - Desenbahia
Apresentação - DesenbahiaApresentação - Desenbahia
Apresentação - Desenbahia
 
Energia Solar - Mercado Fotovoltaico de geração Distribuida
Energia Solar - Mercado Fotovoltaico de geração DistribuidaEnergia Solar - Mercado Fotovoltaico de geração Distribuida
Energia Solar - Mercado Fotovoltaico de geração Distribuida
 
Apresentação de Márcia Leal
Apresentação de Márcia LealApresentação de Márcia Leal
Apresentação de Márcia Leal
 
Agenda CCEE 2015
Agenda CCEE 2015Agenda CCEE 2015
Agenda CCEE 2015
 
BRDE - Evento Águia
BRDE - Evento ÁguiaBRDE - Evento Águia
BRDE - Evento Águia
 
Geração Distribuida - Oportunidades
Geração Distribuida - OportunidadesGeração Distribuida - Oportunidades
Geração Distribuida - Oportunidades
 
Apresentação - Caixa
Apresentação - CaixaApresentação - Caixa
Apresentação - Caixa
 
Geração Distribuída de Energia Elétrica (Seminário Internacional - Impactos d...
Geração Distribuída de Energia Elétrica (Seminário Internacional - Impactos d...Geração Distribuída de Energia Elétrica (Seminário Internacional - Impactos d...
Geração Distribuída de Energia Elétrica (Seminário Internacional - Impactos d...
 
LGL Solar Estudo estrategico Janeiro 2020 Curso de Energia Solar
LGL Solar Estudo estrategico Janeiro 2020 Curso de Energia SolarLGL Solar Estudo estrategico Janeiro 2020 Curso de Energia Solar
LGL Solar Estudo estrategico Janeiro 2020 Curso de Energia Solar
 
Panorama da comercialização de energia elétrica no Brasil
Panorama da comercialização de energia elétrica no BrasilPanorama da comercialização de energia elétrica no Brasil
Panorama da comercialização de energia elétrica no Brasil
 
Expocietec, 15/10/2012 - Apresentação do BNDES
Expocietec, 15/10/2012 - Apresentação do BNDESExpocietec, 15/10/2012 - Apresentação do BNDES
Expocietec, 15/10/2012 - Apresentação do BNDES
 
Perspectivas do Setor Elétrico
Perspectivas do Setor ElétricoPerspectivas do Setor Elétrico
Perspectivas do Setor Elétrico
 

Mais de BNDES

O BNDES e o apoio à inovação - Casos de sucesso
O BNDES e o apoio à inovação - Casos de sucessoO BNDES e o apoio à inovação - Casos de sucesso
O BNDES e o apoio à inovação - Casos de sucesso
BNDES
 
Matchfunding BNDES 2020 - Projetos Selecionados
Matchfunding BNDES 2020 - Projetos SelecionadosMatchfunding BNDES 2020 - Projetos Selecionados
Matchfunding BNDES 2020 - Projetos Selecionados
BNDES
 
BNDES Institutional presentation
BNDES Institutional presentationBNDES Institutional presentation
BNDES Institutional presentation
BNDES
 
Sondagem do Mercado - Companhia de Saneamento de Alagoas
Sondagem do Mercado - Companhia de Saneamento de AlagoasSondagem do Mercado - Companhia de Saneamento de Alagoas
Sondagem do Mercado - Companhia de Saneamento de Alagoas
BNDES
 
Apresentação BNDES - Exportações de Serviços
Apresentação BNDES - Exportações de ServiçosApresentação BNDES - Exportações de Serviços
Apresentação BNDES - Exportações de Serviços
BNDES
 
O BNDES e o apoio à inovação
O BNDES e o apoio à inovaçãoO BNDES e o apoio à inovação
O BNDES e o apoio à inovação
BNDES
 
Apresentação - Demonstrações financeiras - 1° trimestre de 2019
Apresentação - Demonstrações financeiras - 1° trimestre de 2019Apresentação - Demonstrações financeiras - 1° trimestre de 2019
Apresentação - Demonstrações financeiras - 1° trimestre de 2019
BNDES
 
Patrocínio Cultural
Patrocínio CulturalPatrocínio Cultural
Patrocínio Cultural
BNDES
 
O BNDES e o apoio à inovação
O BNDES e o apoio à inovaçãoO BNDES e o apoio à inovação
O BNDES e o apoio à inovação
BNDES
 
Demonstracoes financeiras Sistema BNDES 1º sem/2018
Demonstracoes financeiras Sistema BNDES 1º sem/2018Demonstracoes financeiras Sistema BNDES 1º sem/2018
Demonstracoes financeiras Sistema BNDES 1º sem/2018
BNDES
 
BNDES Garagem
BNDES GaragemBNDES Garagem
BNDES Garagem
BNDES
 
O BNDES Mais Perto de Você - Vitória (ES)
O BNDES Mais Perto de Você - Vitória (ES) O BNDES Mais Perto de Você - Vitória (ES)
O BNDES Mais Perto de Você - Vitória (ES)
BNDES
 
O apoio do BNDES à Inovação e ao setor de Aeroespaço & Defesa - Novembro/2017
O apoio do BNDES à Inovação e ao setor de Aeroespaço & Defesa - Novembro/2017O apoio do BNDES à Inovação e ao setor de Aeroespaço & Defesa - Novembro/2017
O apoio do BNDES à Inovação e ao setor de Aeroespaço & Defesa - Novembro/2017
BNDES
 
Desafios para a Reindustrialização Nacional – Diagnóstico e Ações
Desafios para a Reindustrialização Nacional – Diagnóstico e AçõesDesafios para a Reindustrialização Nacional – Diagnóstico e Ações
Desafios para a Reindustrialização Nacional – Diagnóstico e Ações
BNDES
 
"Rio: Hora da Virada" - Exame Fórum RJ
"Rio: Hora da Virada" - Exame Fórum RJ"Rio: Hora da Virada" - Exame Fórum RJ
"Rio: Hora da Virada" - Exame Fórum RJ
BNDES
 
Apresentação BNDES - Fundos de fomento à inovação e empreendedorismo
Apresentação BNDES - Fundos de fomento à inovação e empreendedorismoApresentação BNDES - Fundos de fomento à inovação e empreendedorismo
Apresentação BNDES - Fundos de fomento à inovação e empreendedorismo
BNDES
 
BNDES na Comunidade: “Navegação e Indústria Naval na Região Norte”
BNDES na Comunidade: “Navegação e Indústria Naval na Região Norte”BNDES na Comunidade: “Navegação e Indústria Naval na Região Norte”
BNDES na Comunidade: “Navegação e Indústria Naval na Região Norte”
BNDES
 
Apresentação BNDES - Inovadores do Mundo Real (Outubro/2017)
Apresentação BNDES - Inovadores do Mundo Real (Outubro/2017)Apresentação BNDES - Inovadores do Mundo Real (Outubro/2017)
Apresentação BNDES - Inovadores do Mundo Real (Outubro/2017)
BNDES
 
Apresentação BNDES: Lançamento do Estudo Nacional de Internet das Coisas (IoT...
Apresentação BNDES: Lançamento do Estudo Nacional de Internet das Coisas (IoT...Apresentação BNDES: Lançamento do Estudo Nacional de Internet das Coisas (IoT...
Apresentação BNDES: Lançamento do Estudo Nacional de Internet das Coisas (IoT...
BNDES
 
Apresentação BNDES - Senado (20/09/2017)
Apresentação BNDES - Senado (20/09/2017)Apresentação BNDES - Senado (20/09/2017)
Apresentação BNDES - Senado (20/09/2017)
BNDES
 

Mais de BNDES (20)

O BNDES e o apoio à inovação - Casos de sucesso
O BNDES e o apoio à inovação - Casos de sucessoO BNDES e o apoio à inovação - Casos de sucesso
O BNDES e o apoio à inovação - Casos de sucesso
 
Matchfunding BNDES 2020 - Projetos Selecionados
Matchfunding BNDES 2020 - Projetos SelecionadosMatchfunding BNDES 2020 - Projetos Selecionados
Matchfunding BNDES 2020 - Projetos Selecionados
 
BNDES Institutional presentation
BNDES Institutional presentationBNDES Institutional presentation
BNDES Institutional presentation
 
Sondagem do Mercado - Companhia de Saneamento de Alagoas
Sondagem do Mercado - Companhia de Saneamento de AlagoasSondagem do Mercado - Companhia de Saneamento de Alagoas
Sondagem do Mercado - Companhia de Saneamento de Alagoas
 
Apresentação BNDES - Exportações de Serviços
Apresentação BNDES - Exportações de ServiçosApresentação BNDES - Exportações de Serviços
Apresentação BNDES - Exportações de Serviços
 
O BNDES e o apoio à inovação
O BNDES e o apoio à inovaçãoO BNDES e o apoio à inovação
O BNDES e o apoio à inovação
 
Apresentação - Demonstrações financeiras - 1° trimestre de 2019
Apresentação - Demonstrações financeiras - 1° trimestre de 2019Apresentação - Demonstrações financeiras - 1° trimestre de 2019
Apresentação - Demonstrações financeiras - 1° trimestre de 2019
 
Patrocínio Cultural
Patrocínio CulturalPatrocínio Cultural
Patrocínio Cultural
 
O BNDES e o apoio à inovação
O BNDES e o apoio à inovaçãoO BNDES e o apoio à inovação
O BNDES e o apoio à inovação
 
Demonstracoes financeiras Sistema BNDES 1º sem/2018
Demonstracoes financeiras Sistema BNDES 1º sem/2018Demonstracoes financeiras Sistema BNDES 1º sem/2018
Demonstracoes financeiras Sistema BNDES 1º sem/2018
 
BNDES Garagem
BNDES GaragemBNDES Garagem
BNDES Garagem
 
O BNDES Mais Perto de Você - Vitória (ES)
O BNDES Mais Perto de Você - Vitória (ES) O BNDES Mais Perto de Você - Vitória (ES)
O BNDES Mais Perto de Você - Vitória (ES)
 
O apoio do BNDES à Inovação e ao setor de Aeroespaço & Defesa - Novembro/2017
O apoio do BNDES à Inovação e ao setor de Aeroespaço & Defesa - Novembro/2017O apoio do BNDES à Inovação e ao setor de Aeroespaço & Defesa - Novembro/2017
O apoio do BNDES à Inovação e ao setor de Aeroespaço & Defesa - Novembro/2017
 
Desafios para a Reindustrialização Nacional – Diagnóstico e Ações
Desafios para a Reindustrialização Nacional – Diagnóstico e AçõesDesafios para a Reindustrialização Nacional – Diagnóstico e Ações
Desafios para a Reindustrialização Nacional – Diagnóstico e Ações
 
"Rio: Hora da Virada" - Exame Fórum RJ
"Rio: Hora da Virada" - Exame Fórum RJ"Rio: Hora da Virada" - Exame Fórum RJ
"Rio: Hora da Virada" - Exame Fórum RJ
 
Apresentação BNDES - Fundos de fomento à inovação e empreendedorismo
Apresentação BNDES - Fundos de fomento à inovação e empreendedorismoApresentação BNDES - Fundos de fomento à inovação e empreendedorismo
Apresentação BNDES - Fundos de fomento à inovação e empreendedorismo
 
BNDES na Comunidade: “Navegação e Indústria Naval na Região Norte”
BNDES na Comunidade: “Navegação e Indústria Naval na Região Norte”BNDES na Comunidade: “Navegação e Indústria Naval na Região Norte”
BNDES na Comunidade: “Navegação e Indústria Naval na Região Norte”
 
Apresentação BNDES - Inovadores do Mundo Real (Outubro/2017)
Apresentação BNDES - Inovadores do Mundo Real (Outubro/2017)Apresentação BNDES - Inovadores do Mundo Real (Outubro/2017)
Apresentação BNDES - Inovadores do Mundo Real (Outubro/2017)
 
Apresentação BNDES: Lançamento do Estudo Nacional de Internet das Coisas (IoT...
Apresentação BNDES: Lançamento do Estudo Nacional de Internet das Coisas (IoT...Apresentação BNDES: Lançamento do Estudo Nacional de Internet das Coisas (IoT...
Apresentação BNDES: Lançamento do Estudo Nacional de Internet das Coisas (IoT...
 
Apresentação BNDES - Senado (20/09/2017)
Apresentação BNDES - Senado (20/09/2017)Apresentação BNDES - Senado (20/09/2017)
Apresentação BNDES - Senado (20/09/2017)
 

Último

Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 
dengue atividade e caça-palavras 6 ano exercicios
dengue atividade e caça-palavras 6 ano exerciciosdengue atividade e caça-palavras 6 ano exercicios
dengue atividade e caça-palavras 6 ano exercicios
wfsouza2
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 

Último (7)

Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
 
dengue atividade e caça-palavras 6 ano exercicios
dengue atividade e caça-palavras 6 ano exerciciosdengue atividade e caça-palavras 6 ano exercicios
dengue atividade e caça-palavras 6 ano exercicios
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
 

20180613 apoio geracao distribuida

  • 1. 1 Apoio do BNDES à Geração Distribuída BRAZIL SOLAR POWER 2018 13 de junho de 2018
  • 2. 2 Como apoiamos e atuamos Operações Diretas Realizadas diretamente com o BNDES  As operações do BNDES com produtores rurais, micro, pequenas e médias empresas (99%) são realizadas por meio dos Agentes Financeiros Credenciados  Bancos Comerciais Públicos e Privados  Agências de Fomento  Cooperativas de Crédito Operações Indiretas Realizadas por meio de Agente Financeiro Credenciado Formas de apoio
  • 3. 3 Quem pode solicitar financiamento? Pessoas Físicas* Empreendedores sem CNPJ *Apenas em alguns casos Pessoas Jurídicas Empresas com CNPJ
  • 4. 4 Pessoas Físicas Empreendedores sem CNPJ* BNDES Microcrédito Instituições de microcrédito repassadoras Caminhoneiro Caminhão, carreto, etc. Produtor Rural Programas agrícolas do Governo Federal Quem pode solicitar financiamento? Consumidor de Energia Elétrica Programa BNDES Finame Fundo Clima
  • 5. 5 SISTEMA FOTOVOLTAICO Módulo Inversor Componentes Elétricos Estrutura de Sustentação O que pode ser financiado
  • 6. 6 Sistema Fotovoltaico: o que é? Para o BNDES, um sistema fotovoltaico é um produto financiável com 4 componentes: 1. Módulos (painéis) fotovoltaicos, independente de sua tecnologia; 2. Inversores; 3. Componentes Elétricos: • String boxes (se houver); • Cabos de corrente contínua (todos os cabos até o inversor). 4. Estrutura de Sustentação: • Fixa ou; • Móvel: chamada de tracker ou seguidor solar que compreende a estrutura metálica, controladores, acionamentos, sensores, etc. OBS: Serviços de instalação podem ser incluídos no preço de venda e financiados junto com o sistema Credenciamento de Sistemas Fotovoltaicos no BNDES
  • 7. 7 Sistema Fotovoltaico: quem pode credenciar? O Fornecedor do sistema fotovoltaico deverá estar credenciado no CFI e possuir seu código FINAME. Para tanto, precisará cumprir os seguintes critérios básicos: • Ser um fabricante industrial ou; • Ser uma empresa de engenharia, ESCO ou EPCista que comprove a capacidade de desenvolver projetos (possuir engenheiros próprios), ser responsável pela garantia de performance do sistema e ser equiparado a um fabricante industrial; * Cabos e estruturas fixas de sustentação não são credenciados, no entanto é necessário comprovar a origem nacional dos mesmos. Para solicitar o credenciamento do sistema fotovoltaico é necessário que os componentes partes estejam previamente credenciadas no CFI: 1. Módulos fotovoltaicos 2. Inversores 3. Componentes Elétricos * 4. Estrutura de Sustentação* Credenciamento de Sistemas Fotovoltaicos no BNDES
  • 8. 8 Por que credenciar o sistema fotovoltaico? BNDES • O BNDES somente poderá apoiar a aquisição de equipamentos fotovoltaicos com a apresentação do código Finame do Sistema Gerador Fotovoltaico; • Os códigos dos componentes não são passíveis de financiamento: os componentes do sistema fotovoltaico não são apoiados isoladamente. Credenciamento de Sistemas Fotovoltaicos no BNDES Código Componente Operação de Crédito
  • 9. 9 MPME Sem aplicação do Fator C Grande Empresa FC x teto de participação vigente da linha Mecanismo de aplicação do Fator C para o Sistema: Novo Resumo da Metodologia Itens Obrigatórios Itens Opcionais Silício Filme fino/orgâncico até dez/2019 jan/20 a dez/22 2023 em diante Vidro Substrato 5% 5% 5% Backsheet ou encapsulante Cobertura ou encapsulante 5% 5% 5% Caixa de junção Caixa de junção 5% 5% 5% Célula Deposição e definição das células 30% 30% 30% Montagem completa + frame Encapsulamento 60% 50% 30% C.2 Componentes Elétricos (cabos CC e combiner/string boxes) 10% 10% 10% C.3 Estruturas metálicas (racks fixos em solo ou telhado e trackers) 10% 10% 10% C.4 Inversor 20% 20% 20% 80% 90% 70%Fator C do Sistema com itens obrigatórios para permitir credenciamento Tabela Resumo - Metodologia de Credenciamento de Módulos e Sistemas Geradores Fotovoltaicos SistemaGeradorFotovoltaico Componentes C.1 Módulo Credenciamento de Sistemas Fotovoltaicos no BNDES
  • 10. 10 BNDES Finame Fundo Clima BNDES Finame Máquinas e Equipamentos BNDES FINEM Eficiência Energética BNDES Automático Projetos de Investimento O que podemos financiar? // Focos de apoio financeiro Operações Indiretas Operação Direta
  • 11. 11 O que podemos financiar? // FINEM Eficiência Energética Podem ser financiados os seguintes empreendimentos: • eficientização energética de edificações, com foco em condicionamento de ar, iluminação, envoltória e geração distribuída, incluindo cogeração, para unidades novas ou já existentes (retrofit), conforme critérios definidos pelo BNDES; • iluminação pública; • eficientização energética de processos produtivos, com foco em cogeração, aproveitamento de gases de processo como fonte energética e outras intervenções priorizadas pelo BNDES; • repotenciação de usinas; • redes elétricas inteligentes. Financiamento a partir de R$ 10 milhões para projetos voltados à redução do consumo de energia e aumento da eficiência do sistema energético nacional. Participação do BNDES: até 80% do valor total do projeto, limitada a 100% dos itens financiáveis. O prazo total é determinado em função da capacidade de pagamento do empreendimento, do cliente e do grupo econômico, limitado a 20 anos. Durante o período de carência, que será de até seis meses após a entrada do projeto em operação comercial, os juros poderão ser capitalizados ou pagos pelo cliente.
  • 12. 12 Até 144 meses Até 2 anos Até 120 meses Até 2 anos Até 80% Até 100% 3,8% a.a. BNDES Automático Taxa Variável BNDES Finame Fundo Clima BNDES Finame Taxa Variável Custo Financeiro(*) Remuneração (**) Agente Financeiro Taxa Final Prazo Carência Participação Máxima (***) 6,5% a.a. +/- 12,1% a.a. (+/- 0,96% a.m.) Até 240 meses até 36 meses Até 100% +/- 4,03% a.a. (+/- 0,33% a.m.) +/- 11,8% a.a. (+/- 0,93% a.m.) Até 120 meses Até 2 anos Até 100% O que podemos financiar? // Operações Indiretas 3,0% a.a. 0,1% a.a. 3,5% a.a. 6,5% a.a. * Taxa Variável: TLP projetada em mai/18 para o ano de 2018. Condições para Micro, Pequenas e Médias Empresas. ** Informações referentes ao valor médio das operações dos últimos 3 meses (Fonte: BNDES AOI/DESCO). *** A participação máxima do BNDES Automático deverá ser definida em função do valor total do projeto, limitada a 100% dos itens financiáveis. Taxa do BNDES 1,5% a.a. 0,9% a.a.1,5% a.a. +/- 11,2% a.a. (+/- 0,89% a.m.) 3,5% a.a. 6,5% a.a. 0,9% a.a. BNDES Finame Energia Renovável Negociado com Agente Financeiro
  • 13. 13 Resultados e Fundo Clima Nº de Operações Total dos Projetos Total Financiado Finame realizado 16 R$ 8.803.191,90 R$ 6.720.586,71 Fundo Clima 20 R$ 14.274.918,45 R$ 11.419.934,76