SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
Aula 27 de Filosofia – 2
Ano
Tema de Hoje:
O MOVIMENTO
ILUMINISTA
(Páginas 8 à 11 do módulo 4)
O
ILUMINISMO
O que foi?
O Iluminismo foi um movimento
filosófico que se popularizou no século
XVII na Europa.
Esse movimento foi formado por
pensadores e cientistas que pregavam
o liberalismo em diversas áreas, eles
ficaram conhecidos como iluministas.
O que pregava?
A filosofia iluminista era baseada na razão, onde o
homem deveria ter a liberdade de pensar e tirar
suas próprias conclusões e críticas sobre o mundo
e a sociedade.
O Iluminismo e a Igreja
Na época do iluminismo a Igreja vivia numa
supremacia intensa e tinha muito poder sobre a
maioria dos governos, assim a população era
reprimida em relação a opção religiosa. Os
iluministas eram contra essa repressão, afinal era
uma censura.
Principais iluministas
René Descartes e Isaac Newton pregavam que o ser
humano deveria ter a liberdade de raciocinar e tirar
suas próprias conclusões sobre o mundo, Newton
formulou teorias que estavam relacionadas à física
quântica, astronomia que eram completamente
controversas aos dogmas da Igreja.
RENÉ ISAAC
NEWTON
Os franceses Voltaire e Rousseau criticavam a
Igreja dizendo que a mesma mantinha o povo na
ignorância. Também diziam que o governo devia
servir a população, realizando as necessidades
que o povo pede.
VOLTAIRE ROUSSEA
U
John Locke foi um dos mais importantes
iluministas, ele defendia o direito de propriedade
privada onde os frutos do trabalho do cidadão
deveriam pertencer ao mesmo e apoiava os
protestos contra os governos.
JOHN
LOCKE
Alguns iluministas tiveram ideias para a construção de
uma nova sociedade, essas ideias são seguidas até hoje
por alguns países. Montesquieu foi um iluminista que se
concentrou em criticar o poder absoluto dos reis, em uma
de suas obras ele propôs a criação de três poderes: o
Executivo, o Legislativo e o Judiciário, cada poder cuidava
de uma área política assim desconcentrando o poder do
rei, esse modelo é seguido até hoje por alguns países
como o próprio Brasil
MONTESQUI
Adam Smith foi outro iluminismo que tem suas ideias
seguidas até hoje por vários países, em suas obras ele
afirmava que os negócios de um individuo deveriam
pertencer a ele mesmo sem a intervenção do
governo(modelo do capitalismo), critica o mercantilismo, o
colonialismo pois dizia que os países deveriam ser livres
para estabelecer suas relações comerciais. Ele é
considerado o pai do liberalismo econômico.
ADAM
SMITH
Déspotas Esclarecidos
As burguesias de alguns países começaram a
perceber que a ideologia iluminista favorecia a
população e o comércio, tanto financeiramente
quanto socialmente. O apoio da população por
parte dos iluministas fez com que alguns
governantes com medo de serem depostos
começassem a impor essa filosofia nos países,
esses monarcas ficaram conhecidos como
Déspotas Esclarecidos.
Alguns Déspotas esclarecidos
Frederico II era um monarca da Prússia e mantinha
amizade com o iluminista Voltaire, Frederico foi
influenciado pelos pensamentos de Voltaire e impôs
medidas contra a tortura, tolerância religiosa além de
investir em muitas construções públicas em seu país.
FREDERIC
O déspota Marquês de Pombal foi símbolo do iluminismo
em Portugal, ele era primeiro-ministro quando Portugal
passava por uma crise econômica, sua ótima administração
financeira o fez subir de cargo, com mais poder
governamental conseguiu combater o clero e estimulou o
comércio, indústria, etc.
MARQUÊS DE
POMBAL

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

O Iluminismo, O Século das Luzes
O Iluminismo, O Século das LuzesO Iluminismo, O Século das Luzes
O Iluminismo, O Século das Luzes
 
O Iluminismo
O IluminismoO Iluminismo
O Iluminismo
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
O iluminismo
O iluminismoO iluminismo
O iluminismo
 
www.AulasDeHistoriaApoio.com - História - Iluminismo
www.AulasDeHistoriaApoio.com  - História - Iluminismowww.AulasDeHistoriaApoio.com  - História - Iluminismo
www.AulasDeHistoriaApoio.com - História - Iluminismo
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
A filosofia iluminista
A filosofia iluministaA filosofia iluminista
A filosofia iluminista
 
Iluminismo 8° ano
Iluminismo 8° anoIluminismo 8° ano
Iluminismo 8° ano
 
Iluminismo cruzadinhas 8º ano
Iluminismo cruzadinhas 8º anoIluminismo cruzadinhas 8º ano
Iluminismo cruzadinhas 8º ano
 
Filosofia da ilustração ou iluminismo
Filosofia da ilustração ou iluminismoFilosofia da ilustração ou iluminismo
Filosofia da ilustração ou iluminismo
 
Trabalho sobre iluminismo maria joana morais 11ºj
Trabalho sobre iluminismo  maria joana morais 11ºjTrabalho sobre iluminismo  maria joana morais 11ºj
Trabalho sobre iluminismo maria joana morais 11ºj
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Absolutismo Monárquico e Iluminismo
Absolutismo Monárquico e IluminismoAbsolutismo Monárquico e Iluminismo
Absolutismo Monárquico e Iluminismo
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Iluminismo power point
Iluminismo power pointIluminismo power point
Iluminismo power point
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Absolutismo e Iluminismo
Absolutismo e Iluminismo   Absolutismo e Iluminismo
Absolutismo e Iluminismo
 
Iluminismo, Revolução Francesa e Período Napoleônico
Iluminismo, Revolução Francesa e Período NapoleônicoIluminismo, Revolução Francesa e Período Napoleônico
Iluminismo, Revolução Francesa e Período Napoleônico
 

Destaque

Atividade3heinzpereiradeoliveira
Atividade3heinzpereiradeoliveiraAtividade3heinzpereiradeoliveira
Atividade3heinzpereiradeoliveiraHeinz Bim
 
Миллер Сергей+автомобиль+Водители
Миллер Сергей+автомобиль+ВодителиМиллер Сергей+автомобиль+Водители
Миллер Сергей+автомобиль+ВодителиСергей Миллер
 
Examen segundo bimestre
Examen segundo bimestreExamen segundo bimestre
Examen segundo bimestrereporta1
 
La biotecnología
La biotecnologíaLa biotecnología
La biotecnologíaYOElpapi
 
Казахи космонавты
Казахи космонавтыКазахи космонавты
Казахи космонавтыsmu_aktobe
 
Derechos imprescriptibles del lector
Derechos imprescriptibles del lectorDerechos imprescriptibles del lector
Derechos imprescriptibles del lectorYare Lima Rguez
 
Craetive Project Powerpoint
Craetive Project Powerpoint Craetive Project Powerpoint
Craetive Project Powerpoint Angel Rene Cortes
 
2.filosofíayciencia2metodosfcosycientificos
2.filosofíayciencia2metodosfcosycientificos2.filosofíayciencia2metodosfcosycientificos
2.filosofíayciencia2metodosfcosycientificosNombre Apellidos
 
Evolución del Marketing
Evolución del MarketingEvolución del Marketing
Evolución del MarketingRaúl Cortez
 
2016 Maze Live 1 GASB update
2016 Maze Live 1 GASB update2016 Maze Live 1 GASB update
2016 Maze Live 1 GASB updateDonald E. Hester
 
Unidad i recursos didácticos
Unidad i recursos didácticosUnidad i recursos didácticos
Unidad i recursos didácticos8093991915
 
Guia final INTRODUCCIÓN A LAS CIENCIAS SOCIALES
Guia final INTRODUCCIÓN A LAS CIENCIAS SOCIALESGuia final INTRODUCCIÓN A LAS CIENCIAS SOCIALES
Guia final INTRODUCCIÓN A LAS CIENCIAS SOCIALESSócrates Anchondo
 

Destaque (20)

6.2 falacias
6.2 falacias6.2 falacias
6.2 falacias
 
Atividade3heinzpereiradeoliveira
Atividade3heinzpereiradeoliveiraAtividade3heinzpereiradeoliveira
Atividade3heinzpereiradeoliveira
 
M3 taream3
M3 taream3M3 taream3
M3 taream3
 
Миллер Сергей+автомобиль+Водители
Миллер Сергей+автомобиль+ВодителиМиллер Сергей+автомобиль+Водители
Миллер Сергей+автомобиль+Водители
 
La ropa
La ropaLa ropa
La ropa
 
Examen segundo bimestre
Examen segundo bimestreExamen segundo bimestre
Examen segundo bimestre
 
La biotecnología
La biotecnologíaLa biotecnología
La biotecnología
 
Antecedentes del cine
Antecedentes del cineAntecedentes del cine
Antecedentes del cine
 
Казахи космонавты
Казахи космонавтыКазахи космонавты
Казахи космонавты
 
Derechos imprescriptibles del lector
Derechos imprescriptibles del lectorDerechos imprescriptibles del lector
Derechos imprescriptibles del lector
 
Entrevista elmar giemulla
Entrevista elmar giemullaEntrevista elmar giemulla
Entrevista elmar giemulla
 
Craetive Project Powerpoint
Craetive Project Powerpoint Craetive Project Powerpoint
Craetive Project Powerpoint
 
Lógica
LógicaLógica
Lógica
 
A antiga grecia
A antiga greciaA antiga grecia
A antiga grecia
 
2.filosofíayciencia2metodosfcosycientificos
2.filosofíayciencia2metodosfcosycientificos2.filosofíayciencia2metodosfcosycientificos
2.filosofíayciencia2metodosfcosycientificos
 
Evolución del Marketing
Evolución del MarketingEvolución del Marketing
Evolución del Marketing
 
2016 Maze Live 1 GASB update
2016 Maze Live 1 GASB update2016 Maze Live 1 GASB update
2016 Maze Live 1 GASB update
 
Unidad i recursos didácticos
Unidad i recursos didácticosUnidad i recursos didácticos
Unidad i recursos didácticos
 
Guia final INTRODUCCIÓN A LAS CIENCIAS SOCIALES
Guia final INTRODUCCIÓN A LAS CIENCIAS SOCIALESGuia final INTRODUCCIÓN A LAS CIENCIAS SOCIALES
Guia final INTRODUCCIÓN A LAS CIENCIAS SOCIALES
 
La descentralización en colombia
La descentralización en colombiaLa descentralización en colombia
La descentralización en colombia
 

Semelhante a 2º ano filosofia - aula 27 - 23.08.16

Semelhante a 2º ano filosofia - aula 27 - 23.08.16 (20)

O iluminismo(Resumo)
O iluminismo(Resumo)O iluminismo(Resumo)
O iluminismo(Resumo)
 
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - História - Iluminismo
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - História -  Iluminismowww.AulasParticularesApoio.Com.Br - História -  Iluminismo
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - História - Iluminismo
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Iluminismo(lutero)
Iluminismo(lutero)Iluminismo(lutero)
Iluminismo(lutero)
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Iluminismo 2ª ano a
Iluminismo 2ª ano a Iluminismo 2ª ano a
Iluminismo 2ª ano a
 
O ILUMINISMO
O ILUMINISMOO ILUMINISMO
O ILUMINISMO
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Ideias revolucionárias dos séculos XVII e XVIII
Ideias revolucionárias dos séculos XVII e XVIIIIdeias revolucionárias dos séculos XVII e XVIII
Ideias revolucionárias dos séculos XVII e XVIII
 
Iluminismo e despotismo esclarecido
Iluminismo e despotismo esclarecidoIluminismo e despotismo esclarecido
Iluminismo e despotismo esclarecido
 
O Iluminismo
O IluminismoO Iluminismo
O Iluminismo
 
Iluminismo e despotismo esclarecido
Iluminismo e despotismo esclarecido  Iluminismo e despotismo esclarecido
Iluminismo e despotismo esclarecido
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Aula sobre o iluminismo.
Aula sobre o iluminismo.Aula sobre o iluminismo.
Aula sobre o iluminismo.
 
Iluminismo - www.carloszaranza.com
Iluminismo - www.carloszaranza.comIluminismo - www.carloszaranza.com
Iluminismo - www.carloszaranza.com
 
O Iluminismo
O IluminismoO Iluminismo
O Iluminismo
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Historia Iluminismo 8ano
Historia Iluminismo 8anoHistoria Iluminismo 8ano
Historia Iluminismo 8ano
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 

Mais de Professor Liniker Santana

DESAFIO FILOSÓFICO - 1ª SÉRIE - SESI 2020.pptx
DESAFIO FILOSÓFICO - 1ª SÉRIE - SESI 2020.pptxDESAFIO FILOSÓFICO - 1ª SÉRIE - SESI 2020.pptx
DESAFIO FILOSÓFICO - 1ª SÉRIE - SESI 2020.pptxProfessor Liniker Santana
 
AULA 03 - CAPÍTULO 03 - LIBERDADE COMO PENSAMENTO E ATITUDE - 1º ANO -10.02.2...
AULA 03 - CAPÍTULO 03 - LIBERDADE COMO PENSAMENTO E ATITUDE - 1º ANO -10.02.2...AULA 03 - CAPÍTULO 03 - LIBERDADE COMO PENSAMENTO E ATITUDE - 1º ANO -10.02.2...
AULA 03 - CAPÍTULO 03 - LIBERDADE COMO PENSAMENTO E ATITUDE - 1º ANO -10.02.2...Professor Liniker Santana
 
PALESTRA MINISTRADA NA ASSEMBLEIA DE DEUS EM RIO LARGO - ALAGOAS
PALESTRA MINISTRADA NA ASSEMBLEIA DE DEUS EM RIO LARGO - ALAGOASPALESTRA MINISTRADA NA ASSEMBLEIA DE DEUS EM RIO LARGO - ALAGOAS
PALESTRA MINISTRADA NA ASSEMBLEIA DE DEUS EM RIO LARGO - ALAGOASProfessor Liniker Santana
 
PALESTRA NA ASSEMBLEIA DE DEUS DA COHAB - MACEIÓ -AL
PALESTRA NA ASSEMBLEIA DE DEUS DA COHAB - MACEIÓ -ALPALESTRA NA ASSEMBLEIA DE DEUS DA COHAB - MACEIÓ -AL
PALESTRA NA ASSEMBLEIA DE DEUS DA COHAB - MACEIÓ -ALProfessor Liniker Santana
 
PALESTRA PARA ADOLESCENTES - 38º UAADAC - 23.06.2019
PALESTRA PARA ADOLESCENTES - 38º UAADAC - 23.06.2019PALESTRA PARA ADOLESCENTES - 38º UAADAC - 23.06.2019
PALESTRA PARA ADOLESCENTES - 38º UAADAC - 23.06.2019Professor Liniker Santana
 
Aula de Filosofia - 2ª Série do Ensino Médio
Aula de Filosofia - 2ª Série do Ensino MédioAula de Filosofia - 2ª Série do Ensino Médio
Aula de Filosofia - 2ª Série do Ensino MédioProfessor Liniker Santana
 
Aula de Filosofia - 2ª Série do Ensino Médio
Aula de Filosofia - 2ª Série do Ensino MédioAula de Filosofia - 2ª Série do Ensino Médio
Aula de Filosofia - 2ª Série do Ensino MédioProfessor Liniker Santana
 
Aula de Filosofia - 2ª Série do Ensino Médio
Aula de Filosofia - 2ª Série do Ensino MédioAula de Filosofia - 2ª Série do Ensino Médio
Aula de Filosofia - 2ª Série do Ensino MédioProfessor Liniker Santana
 
Aula de Filosofia - 3ª Série do Ensino Médio
Aula de Filosofia - 3ª Série do Ensino MédioAula de Filosofia - 3ª Série do Ensino Médio
Aula de Filosofia - 3ª Série do Ensino MédioProfessor Liniker Santana
 

Mais de Professor Liniker Santana (9)

DESAFIO FILOSÓFICO - 1ª SÉRIE - SESI 2020.pptx
DESAFIO FILOSÓFICO - 1ª SÉRIE - SESI 2020.pptxDESAFIO FILOSÓFICO - 1ª SÉRIE - SESI 2020.pptx
DESAFIO FILOSÓFICO - 1ª SÉRIE - SESI 2020.pptx
 
AULA 03 - CAPÍTULO 03 - LIBERDADE COMO PENSAMENTO E ATITUDE - 1º ANO -10.02.2...
AULA 03 - CAPÍTULO 03 - LIBERDADE COMO PENSAMENTO E ATITUDE - 1º ANO -10.02.2...AULA 03 - CAPÍTULO 03 - LIBERDADE COMO PENSAMENTO E ATITUDE - 1º ANO -10.02.2...
AULA 03 - CAPÍTULO 03 - LIBERDADE COMO PENSAMENTO E ATITUDE - 1º ANO -10.02.2...
 
PALESTRA MINISTRADA NA ASSEMBLEIA DE DEUS EM RIO LARGO - ALAGOAS
PALESTRA MINISTRADA NA ASSEMBLEIA DE DEUS EM RIO LARGO - ALAGOASPALESTRA MINISTRADA NA ASSEMBLEIA DE DEUS EM RIO LARGO - ALAGOAS
PALESTRA MINISTRADA NA ASSEMBLEIA DE DEUS EM RIO LARGO - ALAGOAS
 
PALESTRA NA ASSEMBLEIA DE DEUS DA COHAB - MACEIÓ -AL
PALESTRA NA ASSEMBLEIA DE DEUS DA COHAB - MACEIÓ -ALPALESTRA NA ASSEMBLEIA DE DEUS DA COHAB - MACEIÓ -AL
PALESTRA NA ASSEMBLEIA DE DEUS DA COHAB - MACEIÓ -AL
 
PALESTRA PARA ADOLESCENTES - 38º UAADAC - 23.06.2019
PALESTRA PARA ADOLESCENTES - 38º UAADAC - 23.06.2019PALESTRA PARA ADOLESCENTES - 38º UAADAC - 23.06.2019
PALESTRA PARA ADOLESCENTES - 38º UAADAC - 23.06.2019
 
Aula de Filosofia - 2ª Série do Ensino Médio
Aula de Filosofia - 2ª Série do Ensino MédioAula de Filosofia - 2ª Série do Ensino Médio
Aula de Filosofia - 2ª Série do Ensino Médio
 
Aula de Filosofia - 2ª Série do Ensino Médio
Aula de Filosofia - 2ª Série do Ensino MédioAula de Filosofia - 2ª Série do Ensino Médio
Aula de Filosofia - 2ª Série do Ensino Médio
 
Aula de Filosofia - 2ª Série do Ensino Médio
Aula de Filosofia - 2ª Série do Ensino MédioAula de Filosofia - 2ª Série do Ensino Médio
Aula de Filosofia - 2ª Série do Ensino Médio
 
Aula de Filosofia - 3ª Série do Ensino Médio
Aula de Filosofia - 3ª Série do Ensino MédioAula de Filosofia - 3ª Série do Ensino Médio
Aula de Filosofia - 3ª Série do Ensino Médio
 

Último

Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaIlda Bicacro
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfPastor Robson Colaço
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaLuanaAlves940822
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfMaiteFerreira4
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfssuser06ee57
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdfdanielagracia9
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
Plano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaPlano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaanapsuls
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....LuizHenriquedeAlmeid6
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfRILTONNOGUEIRADOSSAN
 

Último (20)

Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é preciso
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Plano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaPlano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola pública
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 

2º ano filosofia - aula 27 - 23.08.16

  • 1. Aula 27 de Filosofia – 2 Ano Tema de Hoje: O MOVIMENTO ILUMINISTA (Páginas 8 à 11 do módulo 4)
  • 3. O que foi? O Iluminismo foi um movimento filosófico que se popularizou no século XVII na Europa. Esse movimento foi formado por pensadores e cientistas que pregavam o liberalismo em diversas áreas, eles ficaram conhecidos como iluministas.
  • 4. O que pregava? A filosofia iluminista era baseada na razão, onde o homem deveria ter a liberdade de pensar e tirar suas próprias conclusões e críticas sobre o mundo e a sociedade. O Iluminismo e a Igreja Na época do iluminismo a Igreja vivia numa supremacia intensa e tinha muito poder sobre a maioria dos governos, assim a população era reprimida em relação a opção religiosa. Os iluministas eram contra essa repressão, afinal era uma censura.
  • 5. Principais iluministas René Descartes e Isaac Newton pregavam que o ser humano deveria ter a liberdade de raciocinar e tirar suas próprias conclusões sobre o mundo, Newton formulou teorias que estavam relacionadas à física quântica, astronomia que eram completamente controversas aos dogmas da Igreja. RENÉ ISAAC NEWTON
  • 6. Os franceses Voltaire e Rousseau criticavam a Igreja dizendo que a mesma mantinha o povo na ignorância. Também diziam que o governo devia servir a população, realizando as necessidades que o povo pede. VOLTAIRE ROUSSEA U
  • 7. John Locke foi um dos mais importantes iluministas, ele defendia o direito de propriedade privada onde os frutos do trabalho do cidadão deveriam pertencer ao mesmo e apoiava os protestos contra os governos. JOHN LOCKE
  • 8. Alguns iluministas tiveram ideias para a construção de uma nova sociedade, essas ideias são seguidas até hoje por alguns países. Montesquieu foi um iluminista que se concentrou em criticar o poder absoluto dos reis, em uma de suas obras ele propôs a criação de três poderes: o Executivo, o Legislativo e o Judiciário, cada poder cuidava de uma área política assim desconcentrando o poder do rei, esse modelo é seguido até hoje por alguns países como o próprio Brasil MONTESQUI
  • 9. Adam Smith foi outro iluminismo que tem suas ideias seguidas até hoje por vários países, em suas obras ele afirmava que os negócios de um individuo deveriam pertencer a ele mesmo sem a intervenção do governo(modelo do capitalismo), critica o mercantilismo, o colonialismo pois dizia que os países deveriam ser livres para estabelecer suas relações comerciais. Ele é considerado o pai do liberalismo econômico. ADAM SMITH
  • 10. Déspotas Esclarecidos As burguesias de alguns países começaram a perceber que a ideologia iluminista favorecia a população e o comércio, tanto financeiramente quanto socialmente. O apoio da população por parte dos iluministas fez com que alguns governantes com medo de serem depostos começassem a impor essa filosofia nos países, esses monarcas ficaram conhecidos como Déspotas Esclarecidos.
  • 11. Alguns Déspotas esclarecidos Frederico II era um monarca da Prússia e mantinha amizade com o iluminista Voltaire, Frederico foi influenciado pelos pensamentos de Voltaire e impôs medidas contra a tortura, tolerância religiosa além de investir em muitas construções públicas em seu país. FREDERIC
  • 12. O déspota Marquês de Pombal foi símbolo do iluminismo em Portugal, ele era primeiro-ministro quando Portugal passava por uma crise econômica, sua ótima administração financeira o fez subir de cargo, com mais poder governamental conseguiu combater o clero e estimulou o comércio, indústria, etc. MARQUÊS DE POMBAL