Durante a Idade Moderna (1453/1789), a Europa
sofreu grandes modificações econômicas, sociais,
políticas e culturais.
No p...
O Iluminismo foi o movimento filosófico de oposição ao
Antigo Regime que propunha a construção de um mundo
baseado na razã...
O Iluminismo ou Ilustração foi então, o movimento de
renovação filosófica e intelectual, que teve sua
maturidade na França...
Os pensadores iluministas combatiam: o
misticismo, a ignorância, o absolutismo, a
Igreja Católica, a intervenção do estado...
John Locke
(1632 - 1704)
Filósofo inglês, empirista.
Dizia que a mente é como
uma tabula rasa (papel em
branco), na qual a...
Montesquieu
(1689-1755)
Charles-Louis de
Secondat, barão de La
Brède e de
Montesquieu, conhecido
como Montesquieu, foi
um ...
Voltaire
François Marie
Arouet, mais
conhecido como
Voltaire, foi um
escritor, ensaísta,
deísta e filósofo
iluminista fran...
Jean-Jacques
Rousseau
(1712-1778)
Jean-Jacques Rousseau
foi um importante
filósofo, teórico
político, escritor e
composito...
A filosofia iluminista
A filosofia iluminista
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A filosofia iluminista

334 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
334
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A filosofia iluminista

  1. 1. Durante a Idade Moderna (1453/1789), a Europa sofreu grandes modificações econômicas, sociais, políticas e culturais. No plano político, ocorreu o apogeu do Estado absolutista, o qual era apoiado pelo clero católico, pela nobreza cortesã e, na sua fase inicial, pela burguesia. O mercantilismo foi a política econômica do Capitalismo, em sua fase primitiva. No plano social, a burguesia consolidou-se como classe social. No plano ideológico, o Renascimento e a Reforma Protestante negaram a cultura medieval, religiosa e aristocrata e propiciaram o nascimento de uma cultura leiga e burguesa.
  2. 2. O Iluminismo foi o movimento filosófico de oposição ao Antigo Regime que propunha a construção de um mundo baseado na razão. Suas origens estão vinculadas à chamada Revolução Científica do século XVII, que se apoiava nas teorias de Galileu Galilei, de René Descartes e de Isaac Newton, sendo que, René Descartes é considerado o fundador do racionalismo moderno. Levado à esfera política na investigação do status, direitos e responsabilidades do indivíduo e da sociedade, seus líderes acreditaram que poderiam conduzir o mundo ao progresso após um período longo de tradição obscura, irracionalidade, superstição, e tirania, denominado por eles de Idade dasTrevas.Para ele, era necessária a valorização da razão para se atingir a verdade.
  3. 3. O Iluminismo ou Ilustração foi então, o movimento de renovação filosófica e intelectual, que teve sua maturidade na França. A partir do século XVIII, recebeu a alcunha de Século das Luzes. Isso provocou grandes transformações econômicas, sociais, e políticas. Esse movimento ajudou a criar as bases intelectuais para as Revoluções Americana e Francesa, para a independência da América Latina e para a Constituição Polonesa de 1971; e contribuiu para a emergência do liberalismo clássico, da democracia e do capitalismo.
  4. 4. Os pensadores iluministas combatiam: o misticismo, a ignorância, o absolutismo, a Igreja Católica, a intervenção do estado na economia, os privilégios e as tradições. Os principais pensadores foram: Locke, Montesquieu,Voltaire e Rousseau.
  5. 5. John Locke (1632 - 1704) Filósofo inglês, empirista. Dizia que a mente é como uma tabula rasa (papel em branco), na qual as informações sensoriais, advindas da experiência, são escritas, gravadas. No Ensaio acerca do Entendimento Humano (An Essay concerning Human Understanding), de 1690, Locke defende que a experiência é a fonte do conhecimento, que depois se desenvolve por esforço da razão.
  6. 6. Montesquieu (1689-1755) Charles-Louis de Secondat, barão de La Brède e de Montesquieu, conhecido como Montesquieu, foi um político, filósofo e escritor francês. "É uma verdade eterna: qualquer pessoa que tenha o poder tende a abusar dele. Para que não haja abuso, é preciso organizar as coisas de maneira que o poder seja contido pelo poder." (Montesquieu. O Espírito das Leis.)
  7. 7. Voltaire François Marie Arouet, mais conhecido como Voltaire, foi um escritor, ensaísta, deísta e filósofo iluminista francês. Conhecido pela sua perspicácia e espirituosidade na defesa das liberdades civis, inclusive Liberdade religiosa e livre comércio.
  8. 8. Jean-Jacques Rousseau (1712-1778) Jean-Jacques Rousseau foi um importante filósofo, teórico político, escritor e compositor autodidata suíço. É considerado um dos principais filósofos do iluminismo e um precursor do romantismo. "O homem nasce livre, e em toda parte é posto a ferros . Quem se julga o senhor dos outros não deixa de ser tão escravo quanto eles."

×