SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
HidroFrat
Workshop HidroFrat: hidrogeologia de
aquíferos fraturados brasileiros
Ricardo Hirata (CEPAS|USP)
Eloi Campos (UnB)
Marcos Imério Leão (IPH-UFRGS)
Mirna Neves (UFES)
Reginaldo Bertolo (CEPAS|USP)
CEPAS|USP
HidroFrat
Objetivo do workshop
 Discutir os desafios que se colocam em estudos de
aquíferos fraturados no Brasil, tanto em
hidrogeologia, contaminantes e gestão dos recursos
hídricos
 Apresentar os resultados dos vários subprojetos do
projeto HidroFrat|FINEP
 Propor a criação de uma Rede Nacional de
Hidrogeologia de Aquíferos Fraturados
[Rede Hidrofrat]
HidroFrat
Porque aquiferos fraturados:
a. grande complexidade e variedade geológica, não
permitindo a previsão do fluxo e da vazão, dentro
de limites das técnicas tradicionais;
b. desenvolvimento da hidrogeologia, apartada da
geologia estrutural de
detalhe; e
c. grande variedade de
aquíferos com imposição
complexa de clima,
geomorfologia e geologia.
HidroFrat
Hidrofrat | Finep
 O Hidrofrat é um projeto que objetivou a
criação de uma rede entre centros de pesquisa
para estudar os aquíferos fraturados em
aspectos de abastecimento de água,
potencialidade hídrica, contaminação e gestão
 HidroFrat (2010-2016)
 Cada centro desenvolveu um subprojeto
específico que cobria alguns aspectos da
hidrogeologia de fraturados
Hidrofrat | Finep
FINEP
CEPAS|USP
IG-UnBIPH-UFRGS
CCA-UFES
Ministério Público do
Estado de São Paulo
FAPESP/CNPq
IG-SMA/CETESB
Cia privadas
G360 (UoGuelph,
Waterloo, EUA/Europa)
CORSAN-RGS
CNPq, UFES
HidroFrat
Várias escalas, vários enfoques, vários temas: um
aquífero
HIDROES: Mapeamento hidrogeológico e prospecção de áreas
mais produtivas de água subterrânea em terrenos cristalinos
Regional
Semi
regional
PRODESAS: Monitoramento de poços tubulares e aquíferos
de rochas vulcânicas (Serra Geral) e o seu gerenciamento
RECARFRAT: Gestão das águas subterrâneas e recarga em
aquíferos fraturados no Semiárido
Local
GESOL: Gestão de áreas contaminadas por solventes clorados
em aquíferos fraturados
Detalhe
HidroFrat
Hidrofrat | Finep
Além dos resultados particulares de cada
subprojeto, a REDE:
 Facilitou e otimizou o uso de equipamentos e
de serviços, que foram compartilhados entre os
diferentes parceiros
 Aproximou os vários profissionais de diferentes
instituições
 Compartilhou conhecimentos (*)
 Formou um grande número de profissionais em
diversos niveis (graduação, mestrado e
doutorado)
HidroFrat
Nosso trabalho hoje
 14h00-14h25: A Rede HidroFrat|Finep e seus 6
anos de trabalho.
Ricardo Hirata (CEPAS|USP)
 14h25-15h10: Aquíferos fraturados: novos desafios
e perspectivas tecnológicas
Uwe Troger (Universidade Técnica de Berlim e
Coordenador da Rede de Aquíferos Fraturados da
Associação Internacional de Hidrogeólogos)
HidroFrat
Nosso trabalho hoje
 Apresentação dos resultados dos subprojetos do
HidroFrat|Finep
 15h10-15h35: Gestão dos recursos hídricos
subterrâneos em regiões semiáridas: recarga
artificial dos aquíferos (RECARFRAT).
José Elói Guimarães Campos (UnB)
 15h35-16h00: Delimitação de áreas prioritárias
para prospecção de água subterrânea em
terrenos cristalinos na Bacia Hidrográfica do
Itapemirim (HIDROES).
Mirna Neves Aparecida (UFES)
 16h00- 16h30 Café (visita ao trailer)
HidroFrat
Nosso trabalho hoje
 Apresentação dos resultados dos subprojetos do
HidroFrat|Finep
 16h30-16h55: Sistemas de monitoramento de
poços tubulares e hidrogeologia de aquíferos
fraturados associados às rochas vulcânicas da
Formação Serra Geral como ferramentas de
gerenciamento de recursos hídricos
subterrâneos. [PRODESAS].
Marcos Imério Leão (UFRGS)
 16h55- 17h20: Bases técnicas para a gestão de
áreas contaminadas por solventes clorados em
aquíferos fraturados (GESOL).
Reginaldo Bertolo (CEPAS|USP)
HidroFrat
Nosso trabalho hoje
 17h20-18h10: Discussão aberta
 18h10-18h30: Conclusões dos trabalhos e as bases
para a criação de uma nova Rede de cooperação
em pesquisa de aquíferos fraturados
HidroFrat
Proposta de criação da Rede HidroFrat
 Rede para criar sinergias entre diferentes
instituições e empresas governamentais e privadas
para:
(a)Aprofundar o conhecimento da hidráulica e do
comportamento de contaminantes em meios
fraturados
(b)Distribuir e publicizar estudos e seus resultados
para um público de interessados, incluindo
pesquisadores, sociedade e gestores dos recursos
hídricos
(c) Networking entre diferentes profissionais do setor
de águas subterrâneas, recursos hídricos e gestão
HidroFrat
Proposta de implementação da Rede HidroFrat
(a)Criação de um grupo de discussão na internet
(b)Criação de uma página WEB dedicada, onde se cria
uma bibliotéca de documentos de interesse (acesso
restrito a associados)
(c) Divulgação da Rede Hidrofrat na comunidade
nacional e latino-americana
(d)Criação de documentos em temas específicos
(segundo demandas da sociedade ou da
comunidade técnica e de pesquisa), com autores da
rede
(e)Aproximação da Rede HidroFrat da Rede de
Aquíferos Fraturados da IAH
Contato para a participar da Rede HidroFrat
Escreva para :
hidrofrat@gmail.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

VALOR: Reuso de Água
VALOR: Reuso de ÁguaVALOR: Reuso de Água
VALOR: Reuso de Água
 
Sistemas de monitoramento de poços tubulares e hidrogeologia de aquíferos fra...
Sistemas de monitoramento de poços tubulares e hidrogeologia de aquíferos fra...Sistemas de monitoramento de poços tubulares e hidrogeologia de aquíferos fra...
Sistemas de monitoramento de poços tubulares e hidrogeologia de aquíferos fra...
 
PROGRAMA AQUÍFERO GUARANI: DIFUSÃO DE HIDROGEOLOGIA NAS PRAÇAS PÚBLICAS E ESC...
PROGRAMA AQUÍFERO GUARANI: DIFUSÃO DE HIDROGEOLOGIA NAS PRAÇAS PÚBLICAS E ESC...PROGRAMA AQUÍFERO GUARANI: DIFUSÃO DE HIDROGEOLOGIA NAS PRAÇAS PÚBLICAS E ESC...
PROGRAMA AQUÍFERO GUARANI: DIFUSÃO DE HIDROGEOLOGIA NAS PRAÇAS PÚBLICAS E ESC...
 
EXPANSÃO DO AGROHIDRONEGÓCIO NO PONTAL DO PARANAPANEMA (UGRHI-22): OCUPAÇÃO D...
EXPANSÃO DO AGROHIDRONEGÓCIO NO PONTAL DO PARANAPANEMA (UGRHI-22): OCUPAÇÃO D...EXPANSÃO DO AGROHIDRONEGÓCIO NO PONTAL DO PARANAPANEMA (UGRHI-22): OCUPAÇÃO D...
EXPANSÃO DO AGROHIDRONEGÓCIO NO PONTAL DO PARANAPANEMA (UGRHI-22): OCUPAÇÃO D...
 
ÁGUA SUSTENTÁVEL (AS) E AS INDÚSTRIAS DE CERVEJA NAS BACIAS HIDROGRÁFICAS PCJ...
ÁGUA SUSTENTÁVEL (AS) E AS INDÚSTRIAS DE CERVEJA NAS BACIAS HIDROGRÁFICAS PCJ...ÁGUA SUSTENTÁVEL (AS) E AS INDÚSTRIAS DE CERVEJA NAS BACIAS HIDROGRÁFICAS PCJ...
ÁGUA SUSTENTÁVEL (AS) E AS INDÚSTRIAS DE CERVEJA NAS BACIAS HIDROGRÁFICAS PCJ...
 
Apresentação dessal valors economico abas comentado fabian
Apresentação dessal valors economico abas comentado fabianApresentação dessal valors economico abas comentado fabian
Apresentação dessal valors economico abas comentado fabian
 
NOVOS PARADIGMAS NA GESTÃO DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS
NOVOS PARADIGMAS NA GESTÃO DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEASNOVOS PARADIGMAS NA GESTÃO DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS
NOVOS PARADIGMAS NA GESTÃO DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS
 
Problemas de Qualidade e Tratamento de Água de Poços
Problemas de Qualidade e Tratamento de Água de PoçosProblemas de Qualidade e Tratamento de Água de Poços
Problemas de Qualidade e Tratamento de Água de Poços
 
HIDROGEOQUÍMICA DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS, JACAREÍ E CAÇAPAVA, NO VALE DO PARAÍB...
HIDROGEOQUÍMICA DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS, JACAREÍ E CAÇAPAVA, NO VALE DO PARAÍB...HIDROGEOQUÍMICA DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS, JACAREÍ E CAÇAPAVA, NO VALE DO PARAÍB...
HIDROGEOQUÍMICA DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS, JACAREÍ E CAÇAPAVA, NO VALE DO PARAÍB...
 
APLICAÇÃO DO MÉTODO GOD PARA AVALIAÇÃO DE VULNERABILIDADE DE AQUÍFERO LIVRE E...
APLICAÇÃO DO MÉTODO GOD PARA AVALIAÇÃO DE VULNERABILIDADE DE AQUÍFERO LIVRE E...APLICAÇÃO DO MÉTODO GOD PARA AVALIAÇÃO DE VULNERABILIDADE DE AQUÍFERO LIVRE E...
APLICAÇÃO DO MÉTODO GOD PARA AVALIAÇÃO DE VULNERABILIDADE DE AQUÍFERO LIVRE E...
 
ENCONTRO DE PERFURADORES Ações da ABAS Voltadas a Perfuração de Poços
ENCONTRO DE PERFURADORES Ações da ABAS Voltadas a Perfuração de PoçosENCONTRO DE PERFURADORES Ações da ABAS Voltadas a Perfuração de Poços
ENCONTRO DE PERFURADORES Ações da ABAS Voltadas a Perfuração de Poços
 
INFLUÊNCIA DE DEMANDAS HÍDRICAS AGRÍCOLAS NA RESPOSTA DA ÁGUA SUBTERRÂNEA NA ...
INFLUÊNCIA DE DEMANDAS HÍDRICAS AGRÍCOLAS NA RESPOSTA DA ÁGUA SUBTERRÂNEA NA ...INFLUÊNCIA DE DEMANDAS HÍDRICAS AGRÍCOLAS NA RESPOSTA DA ÁGUA SUBTERRÂNEA NA ...
INFLUÊNCIA DE DEMANDAS HÍDRICAS AGRÍCOLAS NA RESPOSTA DA ÁGUA SUBTERRÂNEA NA ...
 
SISTEMA ALTERNATIVO PARA O DESAGUAMENTO EM MACIÇOS ROCHOSOS DE BAIXA PERMEABI...
SISTEMA ALTERNATIVO PARA O DESAGUAMENTO EM MACIÇOS ROCHOSOS DE BAIXA PERMEABI...SISTEMA ALTERNATIVO PARA O DESAGUAMENTO EM MACIÇOS ROCHOSOS DE BAIXA PERMEABI...
SISTEMA ALTERNATIVO PARA O DESAGUAMENTO EM MACIÇOS ROCHOSOS DE BAIXA PERMEABI...
 
Visão Geral sobre o Reuso de Água no Brasil
Visão Geral sobre o Reuso de Água no BrasilVisão Geral sobre o Reuso de Água no Brasil
Visão Geral sobre o Reuso de Água no Brasil
 
RECARGA INDUZIDA ATRAVÉS DO BOMBEAMENTO NAS MARGENS E O PAPEL DA MEIOFAUNA NO...
RECARGA INDUZIDA ATRAVÉS DO BOMBEAMENTO NAS MARGENS E O PAPEL DA MEIOFAUNA NO...RECARGA INDUZIDA ATRAVÉS DO BOMBEAMENTO NAS MARGENS E O PAPEL DA MEIOFAUNA NO...
RECARGA INDUZIDA ATRAVÉS DO BOMBEAMENTO NAS MARGENS E O PAPEL DA MEIOFAUNA NO...
 
ANÁLISE SOBRE A IMPORTÂNCIA E OS CRITÉRIOS PARA O CONSENTIMENTO DE OUTORGA QU...
ANÁLISE SOBRE A IMPORTÂNCIA E OS CRITÉRIOS PARA O CONSENTIMENTO DE OUTORGA QU...ANÁLISE SOBRE A IMPORTÂNCIA E OS CRITÉRIOS PARA O CONSENTIMENTO DE OUTORGA QU...
ANÁLISE SOBRE A IMPORTÂNCIA E OS CRITÉRIOS PARA O CONSENTIMENTO DE OUTORGA QU...
 
MODELAGEM DA OSCILAÇÃO DO NÍVEL FREÁTICO PARA MENSURAR O VOLUME EXPLORÁVEL DA...
MODELAGEM DA OSCILAÇÃO DO NÍVEL FREÁTICO PARA MENSURAR O VOLUME EXPLORÁVEL DA...MODELAGEM DA OSCILAÇÃO DO NÍVEL FREÁTICO PARA MENSURAR O VOLUME EXPLORÁVEL DA...
MODELAGEM DA OSCILAÇÃO DO NÍVEL FREÁTICO PARA MENSURAR O VOLUME EXPLORÁVEL DA...
 
Brasil é um País com 26 UF e Distrito Federal
Brasil é um País com 26 UF e Distrito FederalBrasil é um País com 26 UF e Distrito Federal
Brasil é um País com 26 UF e Distrito Federal
 
CARACTERIZAÇÃO DE UNIDADES AQUÍFERAS APARTIR DE DADOS DO CADASTRO DE POÇOS DE...
CARACTERIZAÇÃO DE UNIDADES AQUÍFERAS APARTIR DE DADOS DO CADASTRO DE POÇOS DE...CARACTERIZAÇÃO DE UNIDADES AQUÍFERAS APARTIR DE DADOS DO CADASTRO DE POÇOS DE...
CARACTERIZAÇÃO DE UNIDADES AQUÍFERAS APARTIR DE DADOS DO CADASTRO DE POÇOS DE...
 
ASSINATURA ISOTÓPICA DAS ÁGUAS PLUVIAIS E SUBTERRÂNEAS NA BACIA HIDROGRÁFICA ...
ASSINATURA ISOTÓPICA DAS ÁGUAS PLUVIAIS E SUBTERRÂNEAS NA BACIA HIDROGRÁFICA ...ASSINATURA ISOTÓPICA DAS ÁGUAS PLUVIAIS E SUBTERRÂNEAS NA BACIA HIDROGRÁFICA ...
ASSINATURA ISOTÓPICA DAS ÁGUAS PLUVIAIS E SUBTERRÂNEAS NA BACIA HIDROGRÁFICA ...
 

Destaque

Destaque (20)

“DUPLA DOMINIALIDADE DAS ÁGUAS NO BRASIL: ENTRAVES LEGAIS PARA O ADEQUADO GER...
“DUPLA DOMINIALIDADE DAS ÁGUAS NO BRASIL: ENTRAVES LEGAIS PARA O ADEQUADO GER...“DUPLA DOMINIALIDADE DAS ÁGUAS NO BRASIL: ENTRAVES LEGAIS PARA O ADEQUADO GER...
“DUPLA DOMINIALIDADE DAS ÁGUAS NO BRASIL: ENTRAVES LEGAIS PARA O ADEQUADO GER...
 
ANÁLISE DOS PONTOS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS NO MUNICÍPIO DE ARA...
ANÁLISE DOS PONTOS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS NO MUNICÍPIO DE ARA...ANÁLISE DOS PONTOS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS NO MUNICÍPIO DE ARA...
ANÁLISE DOS PONTOS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS NO MUNICÍPIO DE ARA...
 
AVALIAÇÃO REGIONAL E IDENTIFICAÇÃO DE CRITÉRIOS PARA LOCAÇÃO DE POÇOS NOS AQU...
AVALIAÇÃO REGIONAL E IDENTIFICAÇÃO DE CRITÉRIOS PARA LOCAÇÃO DE POÇOS NOS AQU...AVALIAÇÃO REGIONAL E IDENTIFICAÇÃO DE CRITÉRIOS PARA LOCAÇÃO DE POÇOS NOS AQU...
AVALIAÇÃO REGIONAL E IDENTIFICAÇÃO DE CRITÉRIOS PARA LOCAÇÃO DE POÇOS NOS AQU...
 
Eficiência e Dimensionamento de Bombas Submersas
Eficiência e Dimensionamento de Bombas SubmersasEficiência e Dimensionamento de Bombas Submersas
Eficiência e Dimensionamento de Bombas Submersas
 
CARACTERIZAÇÃO HIDROGEOLÓGICA E HIDROQUÍMICA DO SISTEMA AQUÍFERO BAURU NO MUN...
CARACTERIZAÇÃO HIDROGEOLÓGICA E HIDROQUÍMICA DO SISTEMA AQUÍFERO BAURU NO MUN...CARACTERIZAÇÃO HIDROGEOLÓGICA E HIDROQUÍMICA DO SISTEMA AQUÍFERO BAURU NO MUN...
CARACTERIZAÇÃO HIDROGEOLÓGICA E HIDROQUÍMICA DO SISTEMA AQUÍFERO BAURU NO MUN...
 
Avaliação Hidrogeológica dos Sistemas Aquíferos Tubarão e Cristalino da Porçã...
Avaliação Hidrogeológica dos Sistemas Aquíferos Tubarão e Cristalino da Porçã...Avaliação Hidrogeológica dos Sistemas Aquíferos Tubarão e Cristalino da Porçã...
Avaliação Hidrogeológica dos Sistemas Aquíferos Tubarão e Cristalino da Porçã...
 
DUPLA DOMINIALIDADE DAS ÁGUAS NO BRASIL: ENTRAVES LEGAIS PARA O ADEQUADO GERE...
DUPLA DOMINIALIDADE DAS ÁGUAS NO BRASIL: ENTRAVES LEGAIS PARA O ADEQUADO GERE...DUPLA DOMINIALIDADE DAS ÁGUAS NO BRASIL: ENTRAVES LEGAIS PARA O ADEQUADO GERE...
DUPLA DOMINIALIDADE DAS ÁGUAS NO BRASIL: ENTRAVES LEGAIS PARA O ADEQUADO GERE...
 
Hidroquímica das águas subterrâneas e superficiais na área de proteção ambien...
Hidroquímica das águas subterrâneas e superficiais na área de proteção ambien...Hidroquímica das águas subterrâneas e superficiais na área de proteção ambien...
Hidroquímica das águas subterrâneas e superficiais na área de proteção ambien...
 
Água Mineral Termal em Poço Tubular Profundo na Bacia do Paraná, Pinto Bandei...
Água Mineral Termal em Poço Tubular Profundo na Bacia do Paraná, Pinto Bandei...Água Mineral Termal em Poço Tubular Profundo na Bacia do Paraná, Pinto Bandei...
Água Mineral Termal em Poço Tubular Profundo na Bacia do Paraná, Pinto Bandei...
 
Mapeamento da recarga de águas subterrâneas no Sistema Aquífero Bauru (SAB) e...
Mapeamento da recarga de águas subterrâneas no Sistema Aquífero Bauru (SAB) e...Mapeamento da recarga de águas subterrâneas no Sistema Aquífero Bauru (SAB) e...
Mapeamento da recarga de águas subterrâneas no Sistema Aquífero Bauru (SAB) e...
 
Dimensionamento do sistema de recirculação de lama e problemas de desenvolvim...
Dimensionamento do sistema de recirculação de lama e problemas de desenvolvim...Dimensionamento do sistema de recirculação de lama e problemas de desenvolvim...
Dimensionamento do sistema de recirculação de lama e problemas de desenvolvim...
 
ESTUDO DE ÁREA CONTAMINADA POR HIDROCARBONETOS POR APLICAÇÃO DO MÉTODO POLARI...
ESTUDO DE ÁREA CONTAMINADA POR HIDROCARBONETOS POR APLICAÇÃO DO MÉTODO POLARI...ESTUDO DE ÁREA CONTAMINADA POR HIDROCARBONETOS POR APLICAÇÃO DO MÉTODO POLARI...
ESTUDO DE ÁREA CONTAMINADA POR HIDROCARBONETOS POR APLICAÇÃO DO MÉTODO POLARI...
 
Estudo Hidrogeológico para a Implantação do Cemitério Max Domini Castanhal
Estudo Hidrogeológico para a Implantação do Cemitério Max Domini CastanhalEstudo Hidrogeológico para a Implantação do Cemitério Max Domini Castanhal
Estudo Hidrogeológico para a Implantação do Cemitério Max Domini Castanhal
 
VALOR: Economia
VALOR: Economia VALOR: Economia
VALOR: Economia
 
Impactos das Tecnologias dos Compressores de Ar na Produtividade do Perfurador
Impactos das Tecnologias dos Compressores de Ar na Produtividade do PerfuradorImpactos das Tecnologias dos Compressores de Ar na Produtividade do Perfurador
Impactos das Tecnologias dos Compressores de Ar na Produtividade do Perfurador
 
CARACTERIZAÇÃO HIDROQUÍMICA DO SISTEMA AQUÍFERO BAURU NO ESPIGÃO DE MARÍLIA (SP)
CARACTERIZAÇÃO HIDROQUÍMICA DO SISTEMA AQUÍFERO BAURU NO ESPIGÃO DE MARÍLIA (SP)CARACTERIZAÇÃO HIDROQUÍMICA DO SISTEMA AQUÍFERO BAURU NO ESPIGÃO DE MARÍLIA (SP)
CARACTERIZAÇÃO HIDROQUÍMICA DO SISTEMA AQUÍFERO BAURU NO ESPIGÃO DE MARÍLIA (SP)
 
APLICAÇÃO DO MÉTODO DA FLUTUAÇÃO DO NÍVEL D’ÁGUA SUBTERRÂNEA PARA ESTIMATIVA ...
APLICAÇÃO DO MÉTODO DA FLUTUAÇÃO DO NÍVEL D’ÁGUA SUBTERRÂNEA PARA ESTIMATIVA ...APLICAÇÃO DO MÉTODO DA FLUTUAÇÃO DO NÍVEL D’ÁGUA SUBTERRÂNEA PARA ESTIMATIVA ...
APLICAÇÃO DO MÉTODO DA FLUTUAÇÃO DO NÍVEL D’ÁGUA SUBTERRÂNEA PARA ESTIMATIVA ...
 
OCORRÊNCIA DE NITRATO NO SISTEMA AQUÍFERO BAURU E SUA RELAÇÃO COM A OCUPAÇÃO ...
OCORRÊNCIA DE NITRATO NO SISTEMA AQUÍFERO BAURU E SUA RELAÇÃO COM A OCUPAÇÃO ...OCORRÊNCIA DE NITRATO NO SISTEMA AQUÍFERO BAURU E SUA RELAÇÃO COM A OCUPAÇÃO ...
OCORRÊNCIA DE NITRATO NO SISTEMA AQUÍFERO BAURU E SUA RELAÇÃO COM A OCUPAÇÃO ...
 
CONFERÊNCIA: Promises of fluorescent tracers techniques in contaminant hydrog...
CONFERÊNCIA: Promises of fluorescent tracers techniques in contaminant hydrog...CONFERÊNCIA: Promises of fluorescent tracers techniques in contaminant hydrog...
CONFERÊNCIA: Promises of fluorescent tracers techniques in contaminant hydrog...
 
A RELAÇÃO ENTRE A HIDROGEOLOGIA E OS LINEAMENTOS ESTRUTURAIS DO PLANALTO SERR...
A RELAÇÃO ENTRE A HIDROGEOLOGIA E OS LINEAMENTOS ESTRUTURAIS DO PLANALTO SERR...A RELAÇÃO ENTRE A HIDROGEOLOGIA E OS LINEAMENTOS ESTRUTURAIS DO PLANALTO SERR...
A RELAÇÃO ENTRE A HIDROGEOLOGIA E OS LINEAMENTOS ESTRUTURAIS DO PLANALTO SERR...
 

Semelhante a Workshop: Abertura e dinâmica dos trabalhos e composição da mesa da Rede HidroFrat|Finep.

PARTICIPAÇÃO DO GDE/LABRE NA ASSEMBLÉIA GERAL DA IARU REGIÃO 2
PARTICIPAÇÃO DO GDE/LABRE NA ASSEMBLÉIA GERAL DA IARU REGIÃO 2PARTICIPAÇÃO DO GDE/LABRE NA ASSEMBLÉIA GERAL DA IARU REGIÃO 2
PARTICIPAÇÃO DO GDE/LABRE NA ASSEMBLÉIA GERAL DA IARU REGIÃO 2
Fmoreira4
 
Boletim no 8 Wetlands Brasil
Boletim no 8 Wetlands BrasilBoletim no 8 Wetlands Brasil
Boletim no 8 Wetlands Brasil
Samara RH
 

Semelhante a Workshop: Abertura e dinâmica dos trabalhos e composição da mesa da Rede HidroFrat|Finep. (20)

Centro Integrado de Ensino em Realidade Virtual - CIERV
Centro Integrado de Ensino em Realidade Virtual - CIERVCentro Integrado de Ensino em Realidade Virtual - CIERV
Centro Integrado de Ensino em Realidade Virtual - CIERV
 
Workshop Ap2 H2 Conclusoes
Workshop Ap2 H2   ConclusoesWorkshop Ap2 H2   Conclusoes
Workshop Ap2 H2 Conclusoes
 
Newsletter SPE Brasil - Edição 02/2017
Newsletter SPE Brasil - Edição 02/2017Newsletter SPE Brasil - Edição 02/2017
Newsletter SPE Brasil - Edição 02/2017
 
Reuniao final fechos 30_04_2019
Reuniao final fechos 30_04_2019Reuniao final fechos 30_04_2019
Reuniao final fechos 30_04_2019
 
REMOSA Dossier Portugal
REMOSA Dossier PortugalREMOSA Dossier Portugal
REMOSA Dossier Portugal
 
Introdução ao Testbed FIBRE e visão de futuro
Introdução ao Testbed FIBRE e visão de futuroIntrodução ao Testbed FIBRE e visão de futuro
Introdução ao Testbed FIBRE e visão de futuro
 
e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 1
e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 1e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 1
e-Jornadas FCCN 2020 - Sessão do Projeto RCAAP - Parte 1
 
7183 26053-2-pb
7183 26053-2-pb7183 26053-2-pb
7183 26053-2-pb
 
Apresentação natal
Apresentação natalApresentação natal
Apresentação natal
 
Construção de um Repositório de Dados Oceanográficos
Construção de um Repositório de Dados OceanográficosConstrução de um Repositório de Dados Oceanográficos
Construção de um Repositório de Dados Oceanográficos
 
Jornadas 2018 - RCAAP - Parte I
Jornadas 2018 - RCAAP - Parte IJornadas 2018 - RCAAP - Parte I
Jornadas 2018 - RCAAP - Parte I
 
PARTICIPAÇÃO DO GDE/LABRE NA ASSEMBLÉIA GERAL DA IARU REGIÃO 2
PARTICIPAÇÃO DO GDE/LABRE NA ASSEMBLÉIA GERAL DA IARU REGIÃO 2PARTICIPAÇÃO DO GDE/LABRE NA ASSEMBLÉIA GERAL DA IARU REGIÃO 2
PARTICIPAÇÃO DO GDE/LABRE NA ASSEMBLÉIA GERAL DA IARU REGIÃO 2
 
APRESENTAÇÃO Cabo Delgado.pptx
APRESENTAÇÃO Cabo Delgado.pptxAPRESENTAÇÃO Cabo Delgado.pptx
APRESENTAÇÃO Cabo Delgado.pptx
 
Energia eolica offshore
Energia eolica offshoreEnergia eolica offshore
Energia eolica offshore
 
Boletim no 8 Wetlands Brasil
Boletim no 8 Wetlands BrasilBoletim no 8 Wetlands Brasil
Boletim no 8 Wetlands Brasil
 
Apresentação EnergyIN Bruxelas por Teresa Bertrand
Apresentação EnergyIN Bruxelas por Teresa BertrandApresentação EnergyIN Bruxelas por Teresa Bertrand
Apresentação EnergyIN Bruxelas por Teresa Bertrand
 
Prosab reatores anaeróbios
Prosab   reatores anaeróbiosProsab   reatores anaeróbios
Prosab reatores anaeróbios
 
2015_12_03_-_Sinduscon_PR_e_CGLR_CC[66761].pdf
2015_12_03_-_Sinduscon_PR_e_CGLR_CC[66761].pdf2015_12_03_-_Sinduscon_PR_e_CGLR_CC[66761].pdf
2015_12_03_-_Sinduscon_PR_e_CGLR_CC[66761].pdf
 
Plano de Trabalho - Projeto Produtores de Água
Plano de Trabalho - Projeto Produtores de ÁguaPlano de Trabalho - Projeto Produtores de Água
Plano de Trabalho - Projeto Produtores de Água
 
Folder Institucional
Folder InstitucionalFolder Institucional
Folder Institucional
 

Mais de slides-mci

Mais de slides-mci (20)

11h00 alex bastos 24 08 pao de acucar
11h00 alex bastos  24 08 pao de acucar11h00 alex bastos  24 08 pao de acucar
11h00 alex bastos 24 08 pao de acucar
 
17h10 2 marco braga politica ufrj 21-08 pao de acucar
17h10 2 marco braga politica ufrj 21-08 pao de acucar17h10 2 marco braga politica ufrj 21-08 pao de acucar
17h10 2 marco braga politica ufrj 21-08 pao de acucar
 
09h10 1 fernanda delgado 23 08 pedra da gavea
09h10 1 fernanda delgado 23 08 pedra da gavea 09h10 1 fernanda delgado 23 08 pedra da gavea
09h10 1 fernanda delgado 23 08 pedra da gavea
 
17h10 ricardo gotelib 21 08 pao de acucar
17h10 ricardo gotelib 21 08 pao de acucar17h10 ricardo gotelib 21 08 pao de acucar
17h10 ricardo gotelib 21 08 pao de acucar
 
09h10 1 marcelo sperle 24-08 pao de acucar
09h10 1  marcelo sperle 24-08 pao de acucar09h10 1  marcelo sperle 24-08 pao de acucar
09h10 1 marcelo sperle 24-08 pao de acucar
 
14h40 2 marcelo sperle 24-08 pao de acucar
14h40 2   marcelo sperle 24-08 pao de acucar14h40 2   marcelo sperle 24-08 pao de acucar
14h40 2 marcelo sperle 24-08 pao de acucar
 
11h00 st11 elton dantas 22 8 urca
11h00 st11 elton dantas 22 8 urca11h00 st11 elton dantas 22 8 urca
11h00 st11 elton dantas 22 8 urca
 
09h10 victor ramos 23 08 - corcovado
09h10 victor ramos 23 08 - corcovado09h10 victor ramos 23 08 - corcovado
09h10 victor ramos 23 08 - corcovado
 
09h10 ricardo hirata 22 09 pontal
09h10 ricardo hirata 22 09 pontal09h10 ricardo hirata 22 09 pontal
09h10 ricardo hirata 22 09 pontal
 
17h10 mesa redonda ildeu moreira 23 08 - corcovado
17h10 mesa redonda ildeu moreira 23 08 - corcovado17h10 mesa redonda ildeu moreira 23 08 - corcovado
17h10 mesa redonda ildeu moreira 23 08 - corcovado
 
17h10 marcus marques 21 08 pao de acucar
17h10 marcus marques 21 08 pao de acucar17h10 marcus marques 21 08 pao de acucar
17h10 marcus marques 21 08 pao de acucar
 
17h10 1 marco braga acidentes 21 08 pao de acucar
17h10 1 marco braga acidentes 21 08 pao de acucar17h10 1 marco braga acidentes 21 08 pao de acucar
17h10 1 marco braga acidentes 21 08 pao de acucar
 
17h00 decio oddone pao de acucar 22 08
17h00 decio oddone pao de acucar 22 0817h00 decio oddone pao de acucar 22 08
17h00 decio oddone pao de acucar 22 08
 
15h20 marcelo sperle 24 08 pao de acucar
15h20 marcelo sperle 24 08 pao de acucar15h20 marcelo sperle 24 08 pao de acucar
15h20 marcelo sperle 24 08 pao de acucar
 
14h40 marcio remedio 23 08 leme
14h40 marcio remedio 23 08 leme 14h40 marcio remedio 23 08 leme
14h40 marcio remedio 23 08 leme
 
14h00 rosangela botelho 22 08 barra
14h00 rosangela botelho 22 08 barra14h00 rosangela botelho 22 08 barra
14h00 rosangela botelho 22 08 barra
 
11h00 carlos roberto 21 08 botafogo
11h00 carlos roberto 21 08 botafogo11h00 carlos roberto 21 08 botafogo
11h00 carlos roberto 21 08 botafogo
 
11h00 aline rocha 24 08 barra
11h00 aline rocha 24 08 barra11h00 aline rocha 24 08 barra
11h00 aline rocha 24 08 barra
 
10h10 carlos roberto 21 08 botafogo
10h10 carlos roberto 21 08 botafogo10h10 carlos roberto 21 08 botafogo
10h10 carlos roberto 21 08 botafogo
 
09h50 mr marcia gaspar 24 08 pontal
09h50 mr marcia gaspar 24 08 pontal09h50 mr marcia gaspar 24 08 pontal
09h50 mr marcia gaspar 24 08 pontal
 

Workshop: Abertura e dinâmica dos trabalhos e composição da mesa da Rede HidroFrat|Finep.

  • 1. HidroFrat Workshop HidroFrat: hidrogeologia de aquíferos fraturados brasileiros Ricardo Hirata (CEPAS|USP) Eloi Campos (UnB) Marcos Imério Leão (IPH-UFRGS) Mirna Neves (UFES) Reginaldo Bertolo (CEPAS|USP) CEPAS|USP
  • 2. HidroFrat Objetivo do workshop  Discutir os desafios que se colocam em estudos de aquíferos fraturados no Brasil, tanto em hidrogeologia, contaminantes e gestão dos recursos hídricos  Apresentar os resultados dos vários subprojetos do projeto HidroFrat|FINEP  Propor a criação de uma Rede Nacional de Hidrogeologia de Aquíferos Fraturados [Rede Hidrofrat]
  • 3. HidroFrat Porque aquiferos fraturados: a. grande complexidade e variedade geológica, não permitindo a previsão do fluxo e da vazão, dentro de limites das técnicas tradicionais; b. desenvolvimento da hidrogeologia, apartada da geologia estrutural de detalhe; e c. grande variedade de aquíferos com imposição complexa de clima, geomorfologia e geologia.
  • 4. HidroFrat Hidrofrat | Finep  O Hidrofrat é um projeto que objetivou a criação de uma rede entre centros de pesquisa para estudar os aquíferos fraturados em aspectos de abastecimento de água, potencialidade hídrica, contaminação e gestão  HidroFrat (2010-2016)  Cada centro desenvolveu um subprojeto específico que cobria alguns aspectos da hidrogeologia de fraturados
  • 5. Hidrofrat | Finep FINEP CEPAS|USP IG-UnBIPH-UFRGS CCA-UFES Ministério Público do Estado de São Paulo FAPESP/CNPq IG-SMA/CETESB Cia privadas G360 (UoGuelph, Waterloo, EUA/Europa) CORSAN-RGS CNPq, UFES
  • 6. HidroFrat Várias escalas, vários enfoques, vários temas: um aquífero HIDROES: Mapeamento hidrogeológico e prospecção de áreas mais produtivas de água subterrânea em terrenos cristalinos Regional Semi regional PRODESAS: Monitoramento de poços tubulares e aquíferos de rochas vulcânicas (Serra Geral) e o seu gerenciamento RECARFRAT: Gestão das águas subterrâneas e recarga em aquíferos fraturados no Semiárido Local GESOL: Gestão de áreas contaminadas por solventes clorados em aquíferos fraturados Detalhe
  • 7. HidroFrat Hidrofrat | Finep Além dos resultados particulares de cada subprojeto, a REDE:  Facilitou e otimizou o uso de equipamentos e de serviços, que foram compartilhados entre os diferentes parceiros  Aproximou os vários profissionais de diferentes instituições  Compartilhou conhecimentos (*)  Formou um grande número de profissionais em diversos niveis (graduação, mestrado e doutorado)
  • 8. HidroFrat Nosso trabalho hoje  14h00-14h25: A Rede HidroFrat|Finep e seus 6 anos de trabalho. Ricardo Hirata (CEPAS|USP)  14h25-15h10: Aquíferos fraturados: novos desafios e perspectivas tecnológicas Uwe Troger (Universidade Técnica de Berlim e Coordenador da Rede de Aquíferos Fraturados da Associação Internacional de Hidrogeólogos)
  • 9. HidroFrat Nosso trabalho hoje  Apresentação dos resultados dos subprojetos do HidroFrat|Finep  15h10-15h35: Gestão dos recursos hídricos subterrâneos em regiões semiáridas: recarga artificial dos aquíferos (RECARFRAT). José Elói Guimarães Campos (UnB)  15h35-16h00: Delimitação de áreas prioritárias para prospecção de água subterrânea em terrenos cristalinos na Bacia Hidrográfica do Itapemirim (HIDROES). Mirna Neves Aparecida (UFES)  16h00- 16h30 Café (visita ao trailer)
  • 10. HidroFrat Nosso trabalho hoje  Apresentação dos resultados dos subprojetos do HidroFrat|Finep  16h30-16h55: Sistemas de monitoramento de poços tubulares e hidrogeologia de aquíferos fraturados associados às rochas vulcânicas da Formação Serra Geral como ferramentas de gerenciamento de recursos hídricos subterrâneos. [PRODESAS]. Marcos Imério Leão (UFRGS)  16h55- 17h20: Bases técnicas para a gestão de áreas contaminadas por solventes clorados em aquíferos fraturados (GESOL). Reginaldo Bertolo (CEPAS|USP)
  • 11. HidroFrat Nosso trabalho hoje  17h20-18h10: Discussão aberta  18h10-18h30: Conclusões dos trabalhos e as bases para a criação de uma nova Rede de cooperação em pesquisa de aquíferos fraturados
  • 12. HidroFrat Proposta de criação da Rede HidroFrat  Rede para criar sinergias entre diferentes instituições e empresas governamentais e privadas para: (a)Aprofundar o conhecimento da hidráulica e do comportamento de contaminantes em meios fraturados (b)Distribuir e publicizar estudos e seus resultados para um público de interessados, incluindo pesquisadores, sociedade e gestores dos recursos hídricos (c) Networking entre diferentes profissionais do setor de águas subterrâneas, recursos hídricos e gestão
  • 13. HidroFrat Proposta de implementação da Rede HidroFrat (a)Criação de um grupo de discussão na internet (b)Criação de uma página WEB dedicada, onde se cria uma bibliotéca de documentos de interesse (acesso restrito a associados) (c) Divulgação da Rede Hidrofrat na comunidade nacional e latino-americana (d)Criação de documentos em temas específicos (segundo demandas da sociedade ou da comunidade técnica e de pesquisa), com autores da rede (e)Aproximação da Rede HidroFrat da Rede de Aquíferos Fraturados da IAH
  • 14. Contato para a participar da Rede HidroFrat Escreva para : hidrofrat@gmail.com