História do ensino de Línguas Estrangeiras no Brasil

12.039 visualizações

Publicada em

História do ensino de Línguas Estrangeiras no Brasil

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
12.039
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
77
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
247
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

História do ensino de Línguas Estrangeiras no Brasil

  1. 1. História do Ensino de Línguas Estrangeiras no Brasil
  2. 2. 1500 <ul><li>Com a chegada dos colonizadores, a língua portuguesa começou a ser ensinada aos índios informalmente pelos jesuítas. Posteriormente, foi considerada a primeira Língua Estrangeira falada no Brasil. </li></ul>
  3. 3. 1750 <ul><li>Com a expulsão dos jesuítas e a proibição do ensino e do uso do tupi, o português virou língua oficial. Os objetivos eram enfraquecer o poder da Igreja Católica e organizar a escola pra servir aos interesses do Estado. </li></ul>
  4. 4. 1759 <ul><li>O alvará de 28 de julho determinou aulas de Gramática Latina e Grega, que continuaram como disciplinas dominantes na formação dos alunos e eram ministradas nos moldes jesuíticos. </li></ul>
  5. 5. 1808 <ul><li>Durante o período colonial, a língua francesa era ministrada somente nas escolas militares. Com a chegada da família real, esse idioma e o inglês foram introduzidos oficialmente no currículo. </li></ul>
  6. 6. 1889 <ul><li>Depois da Proclamação da República, as línguas inglesa e alemã passaram a ser opcionais nos currículos escolares. Somente no fim do século 19 elas se tornaram obrigatórias em algumas séries. </li></ul>
  7. 7. 1942 <ul><li>Na Reforma Capanema, durante o Governo de Getúlio Vargas (1882-1954), latim, francês e inglês eram matérias presentes no antigo ginasial. Já no colegial, as duas primeiras continuavam, mas o espanhol substituiu o latim. </li></ul>
  8. 8. 1945 <ul><li>Lançamento do Manual de Espanhol, de Idel Becker (1910-1994), que por muito tempo foi a única referência didática do ensino do idioma. Idel, argentino naturalizado brasileiro, tornou-se um dos pioneiros das pesquisas na área. </li></ul>
  9. 9. 1961 <ul><li>A Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) retira a obrigatoriedade do ensino de línguas estrangeiras no colegial e deixa a cargo dos estados a opção pela inclusão nos currículos das últimas quatro séries do ginasial. </li></ul>
  10. 10. 1976 <ul><li>Com a Resolução 58/76 do MEC, há um resgate parcial do ensino de línguas estrangeiras modernas nas escolas. É decretada a obrigatoriedade de ensino no colegial, não no ginasial. </li></ul>
  11. 11. 1978 <ul><li>Evento realizado na UFSC foi pioneiro no Brasil, contrapondo-se as idéias estruturalistas do método audiolingual, disseminando a abordagem comunicativa. </li></ul>
  12. 12. 1996 <ul><li>Nova LDB torna obrigatório o ensino de línguas a partir da 5a. série do Ensino Fundamental. No Ensino Médio, seria incluída uma língua estrangeira moderna, escolhida pela comunidade, e uma segunda língua estrangeira opcional. </li></ul>
  13. 13. 1998 <ul><li>Publicação dos PCNs de 5a.a 8a. Séries listou objetivos do ensino de línguas estrangeiras, sugerindo uma abordagem sociointeracionista associada à transversalidade de temas. </li></ul>
  14. 14. 2000 <ul><li>Nos PCNs do Ensino Médio, a língua estrangeira assume a função de veículo de acesso ao conhecimento para levar o aluno a comunicar-se de maneira adequada em diferentes situações. </li></ul>
  15. 15. 2005 <ul><li>A Lei 11.161 instituiu a obrigatoriedade do ensino de espanhol. Conselhos Estaduais de Educação elaboram normas para que a medida seja implantada em 5 anos, de acordo com a peculiaridade de cada região. </li></ul>
  16. 16. 2007 <ul><li>Foram desenvolvidas novas orientações ao Ensino Médio na publicação do PCN+, com sugestões de procedimentos pedagógicos adequados às transformações sociais e culturais do mundo contemporâneo. </li></ul>
  17. 17. FONTES <ul><li>Revista Nova Escola, Agosto 2008. </li></ul><ul><li>www.unb.br/il/let/helb/ História do Ensino de Línguas no Brasil – Programa de pós-graduação em Lingüística Aplicada da UNB </li></ul>

×