Successfully reported this slideshow.
O Ensino de Língua Inglesa e a Mediação Pedagógica no 
Desenvolvimento das Habilidades Comunicativas no IV Ciclo do 
Ensin...
Ouvir, falar, ler e escrever são 
habilidades básicas para a 
formação de outra língua, e 
essas, muitas vezes, não são 
...
Habilidades Interligadas 
Possibilidade de ampliar a consciência dos 
alunos sobre os sons da língua estrangeira, por 
mei...
 A pesquisa aconteceu nas Escolas João Alves de Morais e 
Padre Delfino na cidade de Matões, priorizando as 
informações ...
Professores/ Questões Professor A Professor B 
Pontos principais no 
planejamento. 
Enfatiza a leitura, gramática a compre...
Questão Professor A Professor B 
Pontos principais 
no planejamento. 
Enfatiza a leitura, gramática a 
compreensão oral e ...
 ...desenvolva, com os alunos, um trabalho que lhes 
possibilite confiar na própria capacidade de aprender. (PCN) 
 habi...
 Os recursos pedagógicos - facilitar a forma de transmissão do 
conhecimento – uso de tecnologias, de aulas dinâmicas e b...
 Planejamento de forma clássica – individualidade e cultura – 
livro didático 
 “se aprende uma língua de modo mais efic...
 Almeida Filho (2013) para um impacto profundo e perceptível no 
ensino-aprendizagem são necessárias inovações, mudanças,...
 Ativar os conhecimentos prévios 
– imagens e expressões. 
 Desenvolvimento das 
habilidades comunicativas 
interligadas...
 Ativar os conhecimentos 
prévios a partir da análise e 
discussão da imagem. 
 Brainstorming e mindmap. 
 Tarde de laz...
 Prática da compreensão 
oral e visual. 
 Ficha técnica. 
 Socialização de ideias 
sobre o tema da HQ. 
 Reorganizar H...
 Leitura visual e textual. 
 brainstorming / mind map 
- skimming e scanning 
 Canetas coloridas – 
inferencias 
 Proj...
 As habilidades comunicativas da LI são fatores que se desenvolvem 
de forma interligadas, então, não se deve trabalharas...
Leffa (apud LIMA, 2011, p. 22) “o saber 
não pode apenas espalhar-se pela 
superfície como um perfume sobre a pele; 
preci...
 ABNT. NBR 6023: Como Fazer Referências Bibliográficas: apresentação. Rio de Janeiro, 2011. 
 ALMEIDA FILHO, José Carlos...
 LIMA, Diógenes Cândido de (Org.). Ensino e Aprendizagem de Língua Inglesa – conversas 
com especialistas. 1 ed. - 1 reim...
Habilidades comunicativas da Língua Inglesa
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Habilidades comunicativas da Língua Inglesa

4.015 visualizações

Publicada em

ensino de língua inglesa e o desenvolvimento das habilidades comunicativas

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Habilidades comunicativas da Língua Inglesa

  1. 1. O Ensino de Língua Inglesa e a Mediação Pedagógica no Desenvolvimento das Habilidades Comunicativas no IV Ciclo do Ensino Fundamental Graduanda: Helany da Costa Sousa Prof. Orientador: Msc. Maura Rejane Amaral Rodrigues Amorim Timon-MA 2014
  2. 2. Ouvir, falar, ler e escrever são habilidades básicas para a formação de outra língua, e essas, muitas vezes, não são exploradas em sala de aula, prejudicando assim a compreensão do processo ensino-aprendizagem do aluno. Justifica-se pela necessidade de compreender o processo ensino-aprendizagem de Língua Estrangeira com foco nas habilidades comunicativas. Procurou-se observar as metodologias utilizadas pelo o professor, buscando analisar seus pontos positivos e negativos e propor algumas metodologias para trabalhar as habilidades comunicativas .
  3. 3. Habilidades Interligadas Possibilidade de ampliar a consciência dos alunos sobre os sons da língua estrangeira, por meio do uso, por exemplo, de expressões de saudação, de polidez, do trabalho com letras de música, com poemas e diálogos” (BRASIL, 1998, p.55). Relacionar a entonação, fatores linguísticos e extralinguísticos, pois a interpretação da fala do interlocutor depende da nossa compreensão linguística e cultural, sendo necessário conhecer a cultura com a qual estamos tratando, usando-a como fator interacional. (PAIVA, 2010,p. 103 – 110) Writing “Privilegiar o conhecimento de mundo e textual que o aluno tem como usuário de sua língua materna, para se ir pouco a pouco introduzindo o conhecimento sistêmico”, (BRASIL, 1998, p.90) O aluno deve ser instigado a manter o foco em sua leitura para que “leia em busca de um significado e não que fiquem presos a palavras individuais ou detalhes irrelevantes, perdendo-se do sentido principal do texto” (HADFIELD, 2009, p. 104). Listening Speaking Reading
  4. 4.  A pesquisa aconteceu nas Escolas João Alves de Morais e Padre Delfino na cidade de Matões, priorizando as informações obtidas dos professores de Língua Inglesa (LI) e a observação de aulas referentes ao IV ciclo do Ensino Fundamental. A pesquisa de cunho bibliográfico e de campo visou a análise sistemática dos dados para melhor compreender o processo de ensino da habilidades comunicativas em uma segunda língua (L2). • Questionários • Observações de aulas • Conversas informais
  5. 5. Professores/ Questões Professor A Professor B Pontos principais no planejamento. Enfatiza a leitura, gramática a compreensão oral e trabalha com texto e interpretação. Trabalha a leitura, escrita, gramática e textos com interpretação. Grau de conhecimento dos alunos. Alguns alunos estão compatíveis com a série aludida. Os alunos não tem o grau necessário de conhecimento para a série aludida. Utilização de recursos. Não há recursos suficientes na escola. Há recursos, porém mal conservados, não são suficientes. O tipo e a forma como a aula acontece. Enfatizando os pontos principais do planejamento, procurando desenvolver o Listening e o Reading, além de trabalhar o livro didático e buscas na internet. Enfatizando os pontos do planejamento, explicando o conteúdo com a utilização do livro didático e textos para traduzir e interpretar. Fatores que prejudicam o desenvolvimento da aula. Falta de interesse do aluno; carga horária; condições de trabalho; material inadequado; poucos recursos pedagógicos. Falta de interesse do aluno; material inadequado, quantidade de alunos; dificuldades da língua; poucos recursos pedagógicos.
  6. 6. Questão Professor A Professor B Pontos principais no planejamento. Enfatiza a leitura, gramática a compreensão oral e trabalha com texto e interpretação. Trabalha a leitura, escrita, gramática e textos com interpretação.  Tradicional ≠ percepção crítica e reflexiva  “Nem sempre o conhecimento de regras gramaticais capacita o aprendiz a usar a língua de forma significativa” (PAIVA, 2010, p. 173)  Confiar em si mesmo = Situações reais, uso da língua
  7. 7.  ...desenvolva, com os alunos, um trabalho que lhes possibilite confiar na própria capacidade de aprender. (PCN)  habilidade oral - a produção escrita - interação.  “Saber uma língua é utilizá-la adequadamente (...) comunicar ideias e sentimentos, permitindo aos seus falantes participação social e cultural (MICCOLI apud PAIVA, 2013, p. 31).
  8. 8.  Os recursos pedagógicos - facilitar a forma de transmissão do conhecimento – uso de tecnologias, de aulas dinâmicas e bem elaboradas, requerem do docente dedicação e reciclagem em seus métodos.  Havendo, na escola, acesso a revistas, jornais, livros, TV, vídeo, gravador, computador etc., típicos do mundo fora da sala de aula, tais recursos podem ser usados na elaboração de tarefas pedagógicas,(PCN, 1998, p. 88)  “Não se trata de um mero exercício consciente de aprender formas codificadas numa sequência lógica” (ALMEIDA FILHO, 2013, p. 49),
  9. 9.  Planejamento de forma clássica – individualidade e cultura – livro didático  “se aprende uma língua de modo mais eficiente quando os estudantes a usam como meio para adquiri informações e não como um fim em si mesma” (DOMINI; PLATERO; WEIGEL, 2010, p. 20).  “uma língua é bem mais que uma estrutura e que seu uso eficaz envolve muito mais do que ser capaz de dominar seus aspectos formais” (VALÉRIO apud PAIVA, 2010, p. 104)
  10. 10.  Almeida Filho (2013) para um impacto profundo e perceptível no ensino-aprendizagem são necessárias inovações, mudanças, intervenções não só no material didático ou no ambiente escolar.  “o que faz o professor ensinar como ensina é basicamente a sua abordagem que varia entre os pólos do explícito/conhecido e do implícito/desconhecido por ele” (ALMEIDA FILHO, 2013, p.30).  Leffa (apud LIMA, 2011, p. 22) “o saber não pode apenas espalhar-se pela superfície como um perfume sobre a pele; precisa penetrar no organismo para provocar mudanças”
  11. 11.  Ativar os conhecimentos prévios – imagens e expressões.  Desenvolvimento das habilidades comunicativas interligadas.  Relacionar conhecimentos adquiridos e formular frases e/ou pequenos textos
  12. 12.  Ativar os conhecimentos prévios a partir da análise e discussão da imagem.  Brainstorming e mindmap.  Tarde de lazer – registro de informações.
  13. 13.  Prática da compreensão oral e visual.  Ficha técnica.  Socialização de ideias sobre o tema da HQ.  Reorganizar HQ e/ou recriar uma historinha.  Criar um varal de historinhas, trono do leitor, dramatização da produção.
  14. 14.  Leitura visual e textual.  brainstorming / mind map - skimming e scanning  Canetas coloridas – inferencias  Projeto interdisciplinar
  15. 15.  As habilidades comunicativas da LI são fatores que se desenvolvem de forma interligadas, então, não se deve trabalharas de forma isolada, o aluno busca a compreensão do todo, e unindo os fragmentos de cada conhecimento podemos garantir num futuro próximo alunos capazes de expressar suas ideias e sentimentos numa língua alvo.  É viável não só um planejamento eficiente,  Prática motivadora e desafiante,  Planejamento do docente, flexível, esteja adaptado as reais necessidades dos alunos e da sociedade, assim o resultado do seu processo de ensino será alguém que interaja no meio e que tem visões criticas e o domínio das formas de comunicação.
  16. 16. Leffa (apud LIMA, 2011, p. 22) “o saber não pode apenas espalhar-se pela superfície como um perfume sobre a pele; precisa penetrar no organismo para provocar mudanças”
  17. 17.  ABNT. NBR 6023: Como Fazer Referências Bibliográficas: apresentação. Rio de Janeiro, 2011.  ALMEIDA FILHO, José Carlos Paes de. Dimensões Comunicativas no Ensino de Línguas. Edição Comemorativa 20 anos. 7 ed. Campinas, SP. Pontes. 2013.  AMOS, Eduardo; PRESCHER, Elizabeth; PASQUALIN, Ernesto. Our Way.5 ed. Editora: Richmond. São Paulo. 2009.  BRASIL, Ministério da Educação e Cultura. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Língua Estrangeira. Brasília: MEC, 1998.  DOMINI, Lívia. PLATERO. WEIGEL, Adriana. Ensino de Língua Inglesa – coleção ideias em ação. São Paulo: Cengale Learning. 2010.  HADFIELD, Jill; HADFIELD, Charles. Manual Oxford de Introdução ao Ensino da Língua Inglesa.1 ed. Curitiba: Editora Positivo. 2009.
  18. 18.  LIMA, Diógenes Cândido de (Org.). Ensino e Aprendizagem de Língua Inglesa – conversas com especialistas. 1 ed. - 1 reimpressão. São Paulo: Parábola Editorial. 2009/2010.  MCCARTHY, Michael; MCCARTEN, Jeanne; SANDIFORD, Helen. Touchstone. 1 ed. Editora: Cambridge University Press. 2009  PAIVA, Vera Lúcia Menezes de Oliveira e (Org.). Práticas de Ensino e Aprendizagem de Inglês com Foco na Autonomia. Edição Comemorativa. 3 ed. Campinas: Editora Pontes. 2010.  THE TELEGRAPH. Ronaldinho Gaucho’s Team. Disponível em: <http://www.telegraphindia.com/1101229/jsp/telekids/story_13361035.jsp>. Acesso em: 23/Nov./ 2013.  WILDGRUBE, Rosielen, et. al. O Trabalho Integrado das Habilidades Linguisticas em Língua Inglesa. Santa Catarina, 2008. 8f. Artigo Cientifico - Universidade do Contestado – UnC, Concórdia.

×