Ficha Técnica  GANODERMAProdutoCalêndula Internacional, S.A. - PortugalApresentação20 ampolas bebíveis de 10 ml – 200 mlIn...
Ficha TécnicaGanoderma lucidumO livro que serve como base à Medicina Tradicional Chinesa, Shinnoh Honsohkyo, classifica ed...
Ficha TécnicaComposição QuímicaOs compostos activos da Ganoderma lucidum têm sido exaustivamente estudados de forma a enco...
Ficha TécnicaPor outro lado, os polissacáridos que constituem a Ganoderma têm uma acção estimulante dafagocitose pelos mac...
Ficha TécnicaAcção anti-agregante plaquetáriaVários investigadores provaram durante a década de 80 os efeitos na inibição ...
Ficha TécnicaReferências Bibliográficas:1.    Pedersen, M.; Nutritional Herbology, P. Publishing, 1988.2.    Pelton, R.; O...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

FICHA TECNICA GANODERMA LUCIDUM REISHI

3.309 visualizações

Publicada em

Ganoderma Lucidum uma Erva Medicinal considerada como umas das mais poderosas até hoje! com mais de 200 fitonutrientes e 150 antioxidantes é realmente uma erva extraordinária e agora graças a um lider Visionário Mr. Bernie Chua que inseriu o conceito do café saudavel com ganoderma lucidum presente em mais de 26 paises agora é a vez do Brasil de receber a empresa e seu poderoso produto se for tem interesse de ser um Distribuidor (a) no brasil faça seu cadastro para treinamento é gratuito acesse: http://coffeepowerful.com/cafenarede

E não perca essa oportunidade saudavel rentavel simples fácil é café!

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.309
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

FICHA TECNICA GANODERMA LUCIDUM REISHI

  1. 1. Ficha Técnica GANODERMAProdutoCalêndula Internacional, S.A. - PortugalApresentação20 ampolas bebíveis de 10 ml – 200 mlIngredientesAgentes de transporte: Sorbitol, Frutose; Ganoderma 25%; agentes de transporte:Água Purificada, Etanol, Glicerina; conservante: p-Hidroxibenzoato de Metilo.Informação nutricional Por 2 ampolas 100 ml Valor energético 56 kcal / 234 kJ 279 kcal / 1168 kJ Proteínas 40 mg 0,2 g Glícidos 13 g 64,6 g dos quais Poliois 8g 40 g Lípidos < 20 mg < 0,1 g 10 2 ampolas contêm %D.D.R. Ganoderma 5000 mg n.d.** *D.D.R. – Dose Diária Recomendada **n.d. – não definido Teor de álcool 12%Conselhos de utilizaçãoDiluir o conteúdo de 1 ampola em meio copo com água e tomar 2 vezes por dia, antesdo pequeno-almoço e a meio da tarde.Recomendação de usoFígado gordo, Hiperlipidémias, Hipertensão arterial, Stresse, Hepatites.Tipo de acçãoEstimula as funções hepáticas, Imunoprotectora, Normaliza a tensão arterial,Normaliza alguns valores hematológicos. Suplementos Alimentares de Qualidade
  2. 2. Ficha TécnicaGanoderma lucidumO livro que serve como base à Medicina Tradicional Chinesa, Shinnoh Honsohkyo, classifica edescreve com certo detalhe os usos de mais de 365 plantas medicinais, sendo que estas sãodivididas em 3 classes principais: remédios superiores onde apenas cabem as plantas com umaacção de rejuvenescimento e capazes de prolongar a longevidade; remédios médios que sãoconsiderados como tónicos e os remédios simples que incluem a grande maioria das plantas paracada uma das principais patologias humanas. As plantas incluídas nos remédios simples ou médiosnão devem ser tomados continuamente e o seu uso deverá ser monitorizado por alguém comconhecimento na tradição, contrariamente aos remédios superiores que podem ser tomadoscontinuamente. De todas as plantas listadas o cogumelo Reishi ou Ganoderma como também éconhecido (recebendo a designação de “Ling zhi” na língua chinesa), é considerado a principal dasplantas medicinais conhecidas. A tradição chinesa atribui-lhe propriedades medicinais como o maisimportante tónico promotor de longevidade conhecido. As investigações modernas acerca dopotencial deste cogumelo parecem aproximar-se da confirmação de grande parte das propriedadesmedicinais atribuídas pela tradição chinesa.A ganoderma lucidum é um Basidiomiceto da família botânica Polyporaceae. À excepção da formarara denominada de rokkakushi, em forma de chifres de veado, e que surge quando o crescimento sedá em zonas de baixa luminosidade, todas as variedades de Reishi, têm um aspecto comum,partilhando o seu brilho que por vezes aparenta ter sido polido ou revestido com verniz.Farmacologicamente as variedades Ganoderma lucidum Kenrei tipo 300 e tipo 100, têm demonstradoter as maiores concentrações de princípios activos e nos últimos tempos foi possível obter estesexemplares através de cultivo em processos bastante complexos com meios e condições de culturaextremamente exigentes. Antigamente a obtenção destes espécimes apenas era possível através deuma busca exaustiva nas florestas, onde crescem em estado selvagem.A espécie G. lucidum engloba uma série de variedades ou sub-tipos que se distinguem com umacerta dificuldade para um observador menos experiente, mas a observação cuidadosa das suascaracterísticas morfológicas, dos corpos dos frutos bem como a observação microscópica dosesporos permite identificar várias subespécies ou variedades básicas. Assim, existem 6 tipos ouvariedades de cogumelos Reishi:• Aoshiba – Reishi azul• Akashiba – Reishi vermelho• Kishiba – Reishi amarelo• Siroshiba – Reishi branco• Kuroshiba – Reishi negro• Murasakishiba – Reishi púrpuraTodas as variedades de Reishi têm uma acção nos órgãos internos, aumentam a vitalidade eestimulam o equilíbrio entre o corpo e a mente, de acordo com os cânones da Medicina TradicionalChinesa. Suplementos Alimentares de Qualidade
  3. 3. Ficha TécnicaComposição QuímicaOs compostos activos da Ganoderma lucidum têm sido exaustivamente estudados de forma a encontrar assubstâncias responsáveis por cada uma das várias acções atribuídas a esta planta.A Ganoderma contém princípios amargos que aumentam o fluxo sanguíneo coronário, diminuem a tensãoarterial e os valores elevados de colesterol, permitindo ao músculo cardíaco funcionar mais eficientementemesmo em níveis mais reduzidos de aporte de oxigénio. Estes mesmos princípios têm uma acçãorelaxante, analgésica e anti-séptica. A Ganoderma também contém compostos mucilaginosos(polissacarídeos) que aumentam a resposta imunológica e diminuem a consistência das secreçõesbrônquicas.Nos últimos anos o estudo com os métodos da moderna farmacognósia foi possível isolar numerosostriterpenos que mostraram resultados bastante interessantes quando utilizados in vitro e emexperiências com animais (ratos). Os mais de 100 triterpenos isolados têm quatro estruturas básicas, nasua maioria derivados do lanosterol: ácidos ganodérmico, ganolucidico e lucidénico.Acções MedicinaisNa medicina popular do Extremo Oriente para além das acções acima descritas como tónico dalongevidade atribuem-se à Ganoderma acções medicinais em casos de neuroastenias, insónias,irritabilidade e perturbações do sistema nervoso, problemas de bronquite e asma crónicas e é tambémusado como um moderado diurético e laxante.Muitas das acções medicinais com comprovação científica ocidental nos nossos dias devem-se aostrabalhos do Instituto de Estudos Orientais da Universidade de Kinki em Osaka, que se tem dedicado nosúltimos anos ao estudo e verificação in vitro das propriedades medicinais do Reishi de acordo com osparâmetros e métodos científicos ocidentais. Os resultados de vários anos de estudo foram compilados empublicações do Conselho Médico Chinês (China Medical Council) e pela Academia Chinesa de MedicinaTradicional, com as seguintes conclusões:Eficaz no tratamento das hiperlipidémias e da patologia das coronárias;Acção anti-hipertensora;Melhoria considerável nos casos de stresse e neuroastenia;Melhoria nos casos de asma crónica;Útil em casos de alterações dos valores hematológicos, nomeadamente em casos de leucocitopénia;Prevenção e tratamento de determinados tipos de neoplasias;Prevenção e melhoria em variados tipos de doenças degenerativas.Efeito imuno-moduladorO tratamento de animais com Reishi permitiu observar um aumento na produção de interferão, bem comoum efeito imunopotenciador na estimulação da divisão celular de várias linhagens de leucócitos.Já em 1979 investigadores polacos descobriram que os ácidos nucleicos deste cogumelo prolongavam avida de animais de laboratório, se administrados antes da infecção por um vírus mortal. Esta acçãoprotectora deve-se à estimulação na produção de interferão, essencial para o organismo lutar contra asdoenças virais entre outras.Entre as substâncias estudadas e responsáveis pelos efeitos imunoestimulantes da Ganoderma está umcomposto denominado D6, que parece ter a capacidade de aumentar a resposta hematopoiética damedula óssea, particularmente das linhagens dos linfócitos B. Este efeito é importante não só no potencialtratamento das doenças infecciosas mas também nas neoplasias. Esta substância, D6, parece ter umefeito marcado no metabolismo das proteínas e dos ácidos nucleicos, aumentando a síntese proteica. Suplementos Alimentares de Qualidade
  4. 4. Ficha TécnicaPor outro lado, os polissacáridos que constituem a Ganoderma têm uma acção estimulante dafagocitose pelos macrófagos. Este efeito tem sido demonstrado mesmo em simples infusõesmedicinais do cogumelo. Curiosamente uma diminuição na capacidade fagocitária dos macrófagostem sido demonstrada em doentes com infecções recorrentes do tracto respiratório superior, o queconstituiu uma das principais aplicações tradicionais deste cogumelo.Uma equipa de investigadores japoneses demonstrou igualmente um efeito positivo na produção deanticorpos (particularmente Imunogobulinas G), aumentando simultaneamente a memória doslinfócitos T e capacidade secretora dos linfócitos T helper (CD4).Um efeito igualmente importante foi observado na inibição do crescimento de determinadas estirpesbacterianas patogénicas como estafilococos, estreptococos e Eschericia coli, o que parece mostraruma acção bacteriostática do extracto de Ganoderma.Efeito anti-cancerígenoOs efeitos anti-cancerígenos deste cogumelo têm sido particularmente estudados no Japão, ondeexiste uma série de tratamentos disponíveis, à base de Ganoderma, para este grupo de patologiasaprovados pelo Governo Japonês. As substâncias activas envolvidas parecem ser um determinadosubgrupo de polissacáridos, nomeadamente os Betaglucanos. Estudos realizados por médicosjaponeses mostraram um efeito sinergistico no tratamento do cancro com Reishi e Vitamina C, queparece aumentar a capacidade de absorção a nível intestinal dos polissacáridos de elevado pesomolecular.Em estudos efectuados em animais de laboratório foi possível demonstrar um efeito de redução demais de 50% em animais submetidos a indução de tumores malignos. Alguns estudos mostrarammesmo uma acção de prevenção e redução a 100% com alguns polissacáridos purificados.Efeito hipocolesterolémico e anti-dislipidémicoEm estudos epidemiológicos efectuados na China, o extracto de Reishi mostrou ser capaz de diminuiros níveis de hipercolesterolémia em mais de 70% dos doentes submetidos a tratamento, semalteração das respectivas dietas e com alteração benéfica dos valores de LDL e HDL (redução dosprimeiros e aumento dos valores dos segundos). Ainda na China e no tratamento da patologiacoronária, o Reishi demonstrou uma acção benéfica em mais de 60% dos pacientes submetidos atratamento em vários hospitais do país.Acção hipotensoraOs efeitos hipotensores dos polissacáridos que integram a composição do Reishi são conhecidosdesde os anos 70, tendo-se comprovado uma actuação em termos de inibição da Enzima deConversão da Angiotensina (ECA), acção comum a uma classe de medicamentos farmacológicoseficazmente utilizada para este efeito. Os efeitos hipotensores da Ganoderma no tratamento dahipertensão estão documentados em estudos humanos, onde se comprovou o potencial terapêuticodesta planta. O efeito redutor dos valores elevados de tensão arterial surge em médiaaproximadamente 10 dias após o início da toma da planta. Suplementos Alimentares de Qualidade
  5. 5. Ficha TécnicaAcção anti-agregante plaquetáriaVários investigadores provaram durante a década de 80 os efeitos na inibição da agregação dasplaquetas, dos extractos de Ganoderma. Este efeito é fundamental na prevenção dos enfartes etrombo-embolismo periféricos, sendo hoje uma das razões que leva muitas pessoas a consumiremsubstâncias farmacológicas.Acção analgésica e relaxanteUma das aplicações mais antigas e tradicionais deste cogumelo refere-se ao tratamento dasinsónias e neuroastenia. Investigadores japoneses mostraram um efeito relaxante muscular eindutor do sono em animais submetidos a tratamento com Reishi, tendo-se observadosimultaneamente um efeito antagónico ao da cafeína. Uma acção benéfica foi também demonstradana úlcera duodenal de causa ansiosa.Está demonstrada igualmente uma redução na excitabilidade parassimpática em doentes combronquite crónica.Efeito anti-alérgicoEstudos efectuados na China e no Japão demonstraram um alívio significativo das queixas em maisde 80% dos pacientes com asma e bronquite crónicas, submetidos a tratamento com extractos deGanoderma. Aparentemente e sem razão conhecida os doentes mais idosos têm uma resposta maisrápida e mais exuberante. Estes resultados comprovados posteriormente em vários ensaiosmulticêntricos, foram obtidos sem quaisquer efeitos secundários importantes, não existindoigualmente contra-indicações formais para a utilização medicinal da planta.Uma das principais acções medicinais do Reishi no tratamento dos problemas alérgicos parece sera capacidade de actuar como um potente inibidor da libertação da histamina. O extracto deGanoderma revelou-se igualmente capaz de inibir não só reacções alérgicas do tipo I mas tambémde tipo II, III e IV.Acção anti-inflamatória e antioxidanteDiversos polissacáridos e triterpenos isolados da Ganoderma lucidum têm revelado a capacidade dereduzir o edema induzido experimentalmente em animais. Os extractos de Reishi têm demonstradoigualmente ter a capacidade de aumentar significativamente a actividade antioxidante dos glóbulosvermelhos e do plasma sanguíneo. Simultaneamente alguns dos seus constituintes têm por si umaactividade antioxidante própria. Sabendo-se da importância que têm os radicais livres de oxigénio noenvelhecimento e nas doenças degenerativas em geral, bem como na resposta inflamatória, estaacção da ganoderma é bastante importante.Outras acçõesAlgumas outras substâncias entretanto isoladas da Ganoderma revelaram propriedadeshipoglicemiantes, sendo possível prever que o uso de Ganoderma possa vir a provar-se útil emdoentes com diabetes.Os extractos de ganoderma mostraram ainda um efeito de redução da acumulação de gorduras nofígado, contrariando assim um achado inicial comum em doentes com cirrose hepática (esteatosehepática). Foi igualmente possível aumentar em animais a taxa de regeneração hepática apósextracção parcial do fígado (hepatectomia parcial), induzindo uma melhoria nestes animais,aumentando a sobrevida e diminuindo a mortalidade. Suplementos Alimentares de Qualidade
  6. 6. Ficha TécnicaReferências Bibliográficas:1. Pedersen, M.; Nutritional Herbology, P. Publishing, 1988.2. Pelton, R.; Overholser, L.; Alternatives in Cancer Therapy, Fireside, 1994.3. Hoffmann, D.; Medical Herbalism, Thorsons, 1991.4. Miyazaki, T. et al.; Studies on fungal polysaccharides. Structural examination of a water- soluble, anti-tumor polysaccharide of ganoderma lucidum; Chemical and Pharmaceutical Bulletin; 29 (12); 3611-3616; 1981.5. Ikekawa, T. et al.; Antitumor action of some Basidiomycetes; The Japanese Journal of Cancer Research; 59: 155-157.6. Kim, B. et al.; Anti-neoplastic components of Korean Basidiomycetes; Korean Journal of Mycology; 8: 2; 1980.7. Mizuno, T. et al.; Fractionation, structural features and anti-tumor activity of water-soluble polysaccharide from Reishi ; Japanese Chemical Abst, ; 58 : 871-880 ; 1985.8. Wan, F. et al.; Anti-inflammatory and analgesic actions of artificial and fermentative ganoderma sinense; Jiangxi Institute of Materia Medica; 17: 619-622; 1992.9. Lei, L. et al.; Effect of Ganoderma polysaccharides on T cell subpopulations and production of interleukin 2 in mixed lymphocyte response; YHHP; 27:331-335; 1992.10. Won, S. et al.; Ganoderma mycellium enhances spenic natural killer cell activity and serum interferon production in mice; Japanese Journal of Pharmacology; 59: 171-176.11. He, Y et al.; Chemical studies on immunologically active polysaccharides of Ganoderma lucidum; Beijing Medical University; 17: 226-228, 256; 1992.12. Sieber, S.M. et al.; Pharmacology of anti-tumor agents from higher plants; Cancer Treatment Reports 60(8): 1127-39; 1976.13. University of Illinois, Department of Pharmacognosy, NAPALERT Database; 1985.14. Jong, S. et al.; Medicinal benefits of the mushroom Ganoderma; Advances in Applied Microbiology; 37: 101-134; 1992.15. Kino, K. et al.; Immunomodulator, LZ8, prevents antibody production in mice; International Journal of Immunopharmacology; 13: 1109-1115; 1991.16. Lin, C. et al.; Novel cytotoxic principles of Formosan Ganoderma lucidum; Journal of Natural Products; 54: 998-1002; 1991.17. Chen, H. et al.; In vitro cytotoxicity of ganoderma lucidum on oral cancer cells; CHIHTC; 48:554-58; 1991.18. Willard, Terry; Reishi mushroom; Sylvan Press; 1990.19. Lee, W. et al.; The medicinal benefits of mushrooms; Keats Publishing Co; 1985.20. Bocharova, O. et al.; Testing of plant extracts preparations for prevention and non-toxic therapy of oncologic diseases in experimental models; VRAMN; 2:52-55; 1994.21. Zhang, L. et al.; Effect of Japanese Ganoderma lucidum on the production of interleukin-2 from murine splenocytes; CKCHICHTC; 13:613-615; 1993.22. Lei, S. et al.; Effects of Ganoderma polysaccharides on the activity of DNA polymerase alpha of splenocytes and immune function in aged mice; Yao Hsueh Pao; 28: 577-582; 1993.23. Chen, K. et al.; Recent advances in studies on traditional Chinese anti-aging material medica; Journal of Traditional Chinese Medicine; 13: 223-226; 1993.24. Lin, J. et al.; Evaluation of the anti-inflammatory and liver-protective effects of ganoderma in rats; American Journal of Chinese Medicine; 221: 59-69; 1993.25. Xiao, P. et al.; Immunological aspects of Chinese medicinal plants as anti-aging drugs; Journal of Ethno-Pharmacology; 38: 167-175: 1993.26. Horner, W. et al.; Basidiomycetes allergens: comparison of three Ganoderma species; Allergy; 48: 110-116; 1993. Suplementos Alimentares de Qualidade

×