SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 44
PLANTAS MEDICINAIS  E NUTRIÇÃO ,[object Object],[object Object]
PLANTAS MEDICINAIS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
HISTÓRICO ,[object Object],[object Object],[object Object]
HISTÓRICO ,[object Object]
PLANTAS MEDICINAIS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
PLANTAS MEDICINAIS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Contexto Brasil ,[object Object],[object Object]
Políticas Públicas ,[object Object],[object Object],[object Object]
CONCEITOS ,[object Object],Flores de  Passiflora alata  – maracujá-doce
CONCEITOS ,[object Object],[object Object],[object Object],Maytenus ilicifolia  gastrite, úlcera
RDC 17/ 2000 - ANVISA ,[object Object]
PRINCÍPIOS ATIVOS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
PRINCÍPIOS ATIVOS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Atuação  Conjunta ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
PRINCÍPIOS ATIVOS ,[object Object],[object Object]
PRINCÍPIOS ATIVOS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
PRINCÍPIOS ATIVOS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Taraxacum officinale   diurético, hepatoprotetor
PRINCÍPIOS ATIVOS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
TOXICIDADE ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
TOXICIDADE EM USO INTERNO ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
TOXICIDADE Quantidade acima do indicado Risco de aborto, reações alérgicas na pele. Emenagoga, antiespasmódica Arruda Convulsões, transtornos nervosos.  Anti-séptica, tonificante, emenagoga Sálvia Delírio, convulsões: causados pela essência anetol Digestiva, carminativa Anis-estrelado Dose excessiva Indicação PLANTA Transtornos nervosos e renais; abortivo. Digestiva, emenagoga Açafrão
Identificação de Plantas ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Identificação de Plantas ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],P. neochilus
Identificação de Plantas ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
RESOLUÇÃO CFN Nº 402/2007   ,[object Object],Aloe vera –  Babosa Mucilagem – queimaduras, gastrite, hidratação capilar, imunoestimulante (?) K, T3, T4
RESOLUÇÃO CFN Nº 402/2007 ,[object Object]
RESOLUÇÃO CFN Nº 402/2007 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
RESOLUÇÃO CFN Nº 402/2007 ,[object Object]
RESOLUÇÃO CFN Nº 402/2007 ,[object Object]
RESOLUÇÃO CFN Nº 402/2007 ,[object Object],[object Object],[object Object]
LEGISLAÇÃO - ANVISA ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Flor de laranjeira
CHÁS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
CHÁS ALIMENTÍCIOS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Chás Alimentícios -  RDC 267/05 e 219/06 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Chás “Funcionais” ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Chá “funcional” ??? ,[object Object],[object Object]
Procedência ,[object Object],[object Object],[object Object]
RE 98/2004 ,[object Object],Venda sem prescrição médica  Restrição de uso  Tópico  Via de Administração  8,8-17,6 mg de flavonóides  Dose Diária   Cicatrizante, anti-inflamatório  Indicações / Ações terapêuticas  Tintura, extratos  Formas de uso  Flavonóides totais expressos em quercetina ou hiperosídeos;   Padronização/Marcador  Flores   Parte usada  Calêndula   Nome popular  5  Calendula officinalis  L.  Nomenclatura botânica  
RE 98/2004 ,[object Object],Vermelho:  autoria do  Prof. Luis C. Marques Contra-indicado em gravidez e lactação Obs 2. Venda sem prescrição médica  Restrição de uso  Distúrbios gastrointestinais, alergias Efeitos colaterais Contra-indicado em colelitíase Obs 1. Promove a diminuição de colesterol sanguíneo Obs 3. Oral  Via de Administração  7,5 mg a 12,5 mg de cinarina ou derivados  Dose Diária   Colerético, colagogo Indicações /Ações terapêuticas  Tintura, extratos   Formas de uso  Cinarina ou Derivados do ácido cafeoilquínico expressos em Ácido Clorogênico  Padronização/Marcador  Folhas    (não utilizar extrato seco) Parte usada  Alcachofra   Nome popular  8  Cynara scolymus  L.  Nomenclatura botânica  
Fonte: Prof. Luis Carlos Marques – aula Fitoterapia, pdf, 2009
RE 98/2004 LISTA DE REGISTRO SIMPLIFICADO DE FITOTERÁPICOS Sem prescrição médica ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
Regulamentações diversas  Alimentos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
OBRIGADA [email_address] http://nutricaoefito.blogspot.com/

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Medicamentos Fitoterápicos
Medicamentos FitoterápicosMedicamentos Fitoterápicos
Medicamentos FitoterápicosLucash Martins
 
Plantas medicinais e fitoterápicos na atenção primária à saúde
Plantas medicinais e fitoterápicos na atenção primária à saúdePlantas medicinais e fitoterápicos na atenção primária à saúde
Plantas medicinais e fitoterápicos na atenção primária à saúdehenriquetabosa
 
C:\Fakepath\Fitoterapia
C:\Fakepath\FitoterapiaC:\Fakepath\Fitoterapia
C:\Fakepath\Fitoterapiaguestb8a1440
 
Consumo de alimentos industrializados
Consumo de alimentos industrializadosConsumo de alimentos industrializados
Consumo de alimentos industrializadosLuanna Delfino
 
Plantas medicinais-1-convertido (1)
Plantas medicinais-1-convertido (1)Plantas medicinais-1-convertido (1)
Plantas medicinais-1-convertido (1)cleberkanofre1
 
C1 e3 ppt_producao_de_medicamentos_fitoterapicos
C1 e3 ppt_producao_de_medicamentos_fitoterapicosC1 e3 ppt_producao_de_medicamentos_fitoterapicos
C1 e3 ppt_producao_de_medicamentos_fitoterapicossedis-suporte
 
Mini Curso de Fitoterapia - Prof Lilian Pinto
Mini Curso de Fitoterapia - Prof Lilian PintoMini Curso de Fitoterapia - Prof Lilian Pinto
Mini Curso de Fitoterapia - Prof Lilian PintoAlessandraFerraro4
 
Introdução a Homeopatia
Introdução a HomeopatiaIntrodução a Homeopatia
Introdução a HomeopatiaSafia Naser
 
Fito modos de preparo , indicação e contra indicação, NATUROPATIA, TERAPIAS N...
Fito modos de preparo , indicação e contra indicação, NATUROPATIA, TERAPIAS N...Fito modos de preparo , indicação e contra indicação, NATUROPATIA, TERAPIAS N...
Fito modos de preparo , indicação e contra indicação, NATUROPATIA, TERAPIAS N...Innap Naturopatia
 
O futuro da biotecnologia na indústria farmacêutica - Merck Serono
O futuro da biotecnologia na indústria farmacêutica - Merck SeronoO futuro da biotecnologia na indústria farmacêutica - Merck Serono
O futuro da biotecnologia na indústria farmacêutica - Merck SeronoEmpreender Saúde
 
Sais Minerais e Vitaminas
Sais Minerais e VitaminasSais Minerais e Vitaminas
Sais Minerais e VitaminasKelly Gonzatto
 
Plantas Tóxicas
Plantas TóxicasPlantas Tóxicas
Plantas TóxicasDiogo Silva
 

Mais procurados (20)

Chas
ChasChas
Chas
 
Medicamentos Fitoterápicos
Medicamentos FitoterápicosMedicamentos Fitoterápicos
Medicamentos Fitoterápicos
 
Plantas medicinais e fitoterápicos na atenção primária à saúde
Plantas medicinais e fitoterápicos na atenção primária à saúdePlantas medicinais e fitoterápicos na atenção primária à saúde
Plantas medicinais e fitoterápicos na atenção primária à saúde
 
7ª aula classes de medicamentos
7ª aula   classes de medicamentos7ª aula   classes de medicamentos
7ª aula classes de medicamentos
 
C:\Fakepath\Fitoterapia
C:\Fakepath\FitoterapiaC:\Fakepath\Fitoterapia
C:\Fakepath\Fitoterapia
 
Consumo de alimentos industrializados
Consumo de alimentos industrializadosConsumo de alimentos industrializados
Consumo de alimentos industrializados
 
Plantas medicinais-1-convertido (1)
Plantas medicinais-1-convertido (1)Plantas medicinais-1-convertido (1)
Plantas medicinais-1-convertido (1)
 
tecnologia alimentos
tecnologia alimentostecnologia alimentos
tecnologia alimentos
 
C1 e3 ppt_producao_de_medicamentos_fitoterapicos
C1 e3 ppt_producao_de_medicamentos_fitoterapicosC1 e3 ppt_producao_de_medicamentos_fitoterapicos
C1 e3 ppt_producao_de_medicamentos_fitoterapicos
 
Farmacognosia.pptx
Farmacognosia.pptxFarmacognosia.pptx
Farmacognosia.pptx
 
Fitoterapia (1)
Fitoterapia (1)Fitoterapia (1)
Fitoterapia (1)
 
Mini Curso de Fitoterapia - Prof Lilian Pinto
Mini Curso de Fitoterapia - Prof Lilian PintoMini Curso de Fitoterapia - Prof Lilian Pinto
Mini Curso de Fitoterapia - Prof Lilian Pinto
 
Introdução a Homeopatia
Introdução a HomeopatiaIntrodução a Homeopatia
Introdução a Homeopatia
 
Fito modos de preparo , indicação e contra indicação, NATUROPATIA, TERAPIAS N...
Fito modos de preparo , indicação e contra indicação, NATUROPATIA, TERAPIAS N...Fito modos de preparo , indicação e contra indicação, NATUROPATIA, TERAPIAS N...
Fito modos de preparo , indicação e contra indicação, NATUROPATIA, TERAPIAS N...
 
O futuro da biotecnologia na indústria farmacêutica - Merck Serono
O futuro da biotecnologia na indústria farmacêutica - Merck SeronoO futuro da biotecnologia na indústria farmacêutica - Merck Serono
O futuro da biotecnologia na indústria farmacêutica - Merck Serono
 
Fitoterapia racional
Fitoterapia racionalFitoterapia racional
Fitoterapia racional
 
Sais Minerais e Vitaminas
Sais Minerais e VitaminasSais Minerais e Vitaminas
Sais Minerais e Vitaminas
 
13 alcaloides
13 alcaloides13 alcaloides
13 alcaloides
 
Carboidratos aula (2)
Carboidratos aula (2)Carboidratos aula (2)
Carboidratos aula (2)
 
Plantas Tóxicas
Plantas TóxicasPlantas Tóxicas
Plantas Tóxicas
 

Semelhante a Plantas Medicinais E NutriçãO

Cartilha Informativa de Plantas Medicinais
Cartilha Informativa de Plantas MedicinaisCartilha Informativa de Plantas Medicinais
Cartilha Informativa de Plantas MedicinaisPET Agronomia IFPA
 
Oficina de fitoterapia
Oficina de fitoterapiaOficina de fitoterapia
Oficina de fitoterapiaarquisasousa
 
Fruteira e hortaliças
Fruteira e hortaliçasFruteira e hortaliças
Fruteira e hortaliçasEd Soares
 
Plantas importantes para a cadeia alimentar no ecossistema
Plantas importantes para a cadeia alimentar no ecossistemaPlantas importantes para a cadeia alimentar no ecossistema
Plantas importantes para a cadeia alimentar no ecossistemaEva Yunus Ornay
 
Ervas Medicinais - Erva Doce; Chá Verde; Chá Preto e Pariri
Ervas Medicinais - Erva Doce; Chá Verde; Chá Preto e PaririErvas Medicinais - Erva Doce; Chá Verde; Chá Preto e Pariri
Ervas Medicinais - Erva Doce; Chá Verde; Chá Preto e PaririCarlos Carvalho
 
Apostila de fitoterapia prof. rogério versolatto
Apostila de fitoterapia prof. rogério versolattoApostila de fitoterapia prof. rogério versolatto
Apostila de fitoterapia prof. rogério versolattoAugusto Santana
 
Apostila do Curso de Fitoterapia Chinesa
Apostila do Curso de Fitoterapia ChinesaApostila do Curso de Fitoterapia Chinesa
Apostila do Curso de Fitoterapia ChinesaRogério Versolatto
 
Plantas Medicinais
Plantas MedicinaisPlantas Medicinais
Plantas MedicinaisSafia Naser
 
Aula fitoterapia2 (1)
Aula fitoterapia2 (1)Aula fitoterapia2 (1)
Aula fitoterapia2 (1)Simone Dreher
 
Plantas-medicinais-nativas-do-Bioma-Pampa.pdf
Plantas-medicinais-nativas-do-Bioma-Pampa.pdfPlantas-medicinais-nativas-do-Bioma-Pampa.pdf
Plantas-medicinais-nativas-do-Bioma-Pampa.pdfDaianaBittencourt
 

Semelhante a Plantas Medicinais E NutriçãO (20)

remédios caseiros
 remédios caseiros remédios caseiros
remédios caseiros
 
Cartilha Informativa de Plantas Medicinais
Cartilha Informativa de Plantas MedicinaisCartilha Informativa de Plantas Medicinais
Cartilha Informativa de Plantas Medicinais
 
Aula Plantas medicinais I-2-53.pdf
Aula Plantas medicinais I-2-53.pdfAula Plantas medicinais I-2-53.pdf
Aula Plantas medicinais I-2-53.pdf
 
PALESTRA CHÁ.pdf
PALESTRA CHÁ.pdfPALESTRA CHÁ.pdf
PALESTRA CHÁ.pdf
 
Oficina de fitoterapia
Oficina de fitoterapiaOficina de fitoterapia
Oficina de fitoterapia
 
Cartilha plantas
Cartilha plantasCartilha plantas
Cartilha plantas
 
Fruteira e hortaliças
Fruteira e hortaliçasFruteira e hortaliças
Fruteira e hortaliças
 
Plantas importantes para a cadeia alimentar no ecossistema
Plantas importantes para a cadeia alimentar no ecossistemaPlantas importantes para a cadeia alimentar no ecossistema
Plantas importantes para a cadeia alimentar no ecossistema
 
Vitafoods 2014 presentation
Vitafoods 2014 presentationVitafoods 2014 presentation
Vitafoods 2014 presentation
 
Ervas Medicinais - Erva Doce; Chá Verde; Chá Preto e Pariri
Ervas Medicinais - Erva Doce; Chá Verde; Chá Preto e PaririErvas Medicinais - Erva Doce; Chá Verde; Chá Preto e Pariri
Ervas Medicinais - Erva Doce; Chá Verde; Chá Preto e Pariri
 
Apostila Cha
Apostila ChaApostila Cha
Apostila Cha
 
Apostila de fitoterapia prof. rogério versolatto
Apostila de fitoterapia prof. rogério versolattoApostila de fitoterapia prof. rogério versolatto
Apostila de fitoterapia prof. rogério versolatto
 
Apostila do Curso de Fitoterapia Chinesa
Apostila do Curso de Fitoterapia ChinesaApostila do Curso de Fitoterapia Chinesa
Apostila do Curso de Fitoterapia Chinesa
 
Plantas Medicinais
Plantas MedicinaisPlantas Medicinais
Plantas Medicinais
 
100receitas saude
100receitas saude100receitas saude
100receitas saude
 
100receitas saude
100receitas saude100receitas saude
100receitas saude
 
Aula fitoterapia2 (1)
Aula fitoterapia2 (1)Aula fitoterapia2 (1)
Aula fitoterapia2 (1)
 
Importancia da elaboração de monografias de plantas
Importancia da elaboração de monografias de plantasImportancia da elaboração de monografias de plantas
Importancia da elaboração de monografias de plantas
 
Plantas-medicinais-nativas-do-Bioma-Pampa.pdf
Plantas-medicinais-nativas-do-Bioma-Pampa.pdfPlantas-medicinais-nativas-do-Bioma-Pampa.pdf
Plantas-medicinais-nativas-do-Bioma-Pampa.pdf
 
Chas medicinais
Chas medicinaisChas medicinais
Chas medicinais
 

Último

Alimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades Públicas
Alimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades PúblicasAlimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades Públicas
Alimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades PúblicasProf. Marcus Renato de Carvalho
 
Altas habilidades/superdotação. Adelino Felisberto
Altas habilidades/superdotação. Adelino FelisbertoAltas habilidades/superdotação. Adelino Felisberto
Altas habilidades/superdotação. Adelino Felisbertoadelinofelisberto3
 
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdfRELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdfHELLEN CRISTINA
 
Manual Técnico para Diagnóstico da Sífilis.pdf
Manual Técnico para Diagnóstico da Sífilis.pdfManual Técnico para Diagnóstico da Sífilis.pdf
Manual Técnico para Diagnóstico da Sífilis.pdfDanieldaSade
 
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdfrelatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdfHELLEN CRISTINA
 
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdfIANAHAAS
 
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUSHomens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUSProf. Marcus Renato de Carvalho
 
Manual Técnico para Diagnóstico da Infecção pelo HIV.pdf
Manual Técnico para Diagnóstico da Infecção pelo HIV.pdfManual Técnico para Diagnóstico da Infecção pelo HIV.pdf
Manual Técnico para Diagnóstico da Infecção pelo HIV.pdfDanieldaSade
 
relatorio ciencias morfofuncion ais.pdf
relatorio ciencias morfofuncion  ais.pdfrelatorio ciencias morfofuncion  ais.pdf
relatorio ciencias morfofuncion ais.pdfHELLEN CRISTINA
 
Características gerais dos vírus- Estrutura, ciclos
Características gerais dos vírus- Estrutura, ciclosCaracterísticas gerais dos vírus- Estrutura, ciclos
Características gerais dos vírus- Estrutura, ciclosThaiseGerber2
 

Último (10)

Alimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades Públicas
Alimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades PúblicasAlimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades Públicas
Alimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades Públicas
 
Altas habilidades/superdotação. Adelino Felisberto
Altas habilidades/superdotação. Adelino FelisbertoAltas habilidades/superdotação. Adelino Felisberto
Altas habilidades/superdotação. Adelino Felisberto
 
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdfRELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
 
Manual Técnico para Diagnóstico da Sífilis.pdf
Manual Técnico para Diagnóstico da Sífilis.pdfManual Técnico para Diagnóstico da Sífilis.pdf
Manual Técnico para Diagnóstico da Sífilis.pdf
 
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdfrelatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
 
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf
 
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUSHomens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
 
Manual Técnico para Diagnóstico da Infecção pelo HIV.pdf
Manual Técnico para Diagnóstico da Infecção pelo HIV.pdfManual Técnico para Diagnóstico da Infecção pelo HIV.pdf
Manual Técnico para Diagnóstico da Infecção pelo HIV.pdf
 
relatorio ciencias morfofuncion ais.pdf
relatorio ciencias morfofuncion  ais.pdfrelatorio ciencias morfofuncion  ais.pdf
relatorio ciencias morfofuncion ais.pdf
 
Características gerais dos vírus- Estrutura, ciclos
Características gerais dos vírus- Estrutura, ciclosCaracterísticas gerais dos vírus- Estrutura, ciclos
Características gerais dos vírus- Estrutura, ciclos
 

Plantas Medicinais E NutriçãO

  • 1.
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21. TOXICIDADE Quantidade acima do indicado Risco de aborto, reações alérgicas na pele. Emenagoga, antiespasmódica Arruda Convulsões, transtornos nervosos. Anti-séptica, tonificante, emenagoga Sálvia Delírio, convulsões: causados pela essência anetol Digestiva, carminativa Anis-estrelado Dose excessiva Indicação PLANTA Transtornos nervosos e renais; abortivo. Digestiva, emenagoga Açafrão
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 26.
  • 27.
  • 28.
  • 29.
  • 30.
  • 31.
  • 32.
  • 33.
  • 34.
  • 35.
  • 36.
  • 37.
  • 38.
  • 39.
  • 40. Fonte: Prof. Luis Carlos Marques – aula Fitoterapia, pdf, 2009
  • 41.
  • 42.  
  • 43.

Notas do Editor

  1. Emenagoga – faz descer menstruação Carminativa – gases intestinais
  2. RESOLUÇÃO