C:\Fakepath\Fitoterapia

2.491 visualizações

Publicada em

EFA Dairas

Publicada em: Educação, Tecnologia, Negócios
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.491
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
21
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
109
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

C:\Fakepath\Fitoterapia

  1. 1. Fitoterapia ESCOLA E.B2,3 DAIRAS ANO LECTIVO 2009/2010 TEMA DE VIDA: “QUALIDADE DE VIDA E LAZER” TERAPIA MANUEL LUÍS PINTO
  2. 2. HISTÓRIA <ul><li>As plantas foram o primeiro medicamento do Homem . </li></ul><ul><li>A medicina herbal Chinesa data de há 5000 anos e tem sido também encontrada entre os vestígios dos nossos antepassados </li></ul>
  3. 3. ORIGEM <ul><li>Fitoterapia é o estudo das plantas medicinais e suas aplicações na cura das doenças. Ela surgiu independentemente na maioria dos povos. Na China, surgiu por volta de 3000 a.C . quando o imperador Cho-Chin-Kei descreveu as propriedades do Ginseng e da Cânfora . </li></ul>
  4. 4. EXPLICAÇÃO DO NOME <ul><li>Do grego phyton = vegetal e therapeia = tratamento, fitoterapia significa o tratamento com o recurso a remédios de origem vegetal. </li></ul>Fitoterapia
  5. 5. OBJECTIVOS / BENEFÍCIOS <ul><li>Os benefícios são sempre estabelecidos dentro de um intervalo de quantidade - abaixo dessa quantidade, é inofensivo e acima disso passa a ser tóxico. </li></ul>
  6. 6. MATERIAIS UTILIZADOS <ul><li>Papéis e toalhas de papel de uso único, rolo de papel; </li></ul><ul><li>Desinfectantes , álcool etílico a 60º ou tintura de iodo; </li></ul><ul><li>Algodão esterilizado e não esterilizado; </li></ul><ul><li>Recipientes resistentes com tampa para os resíduos; </li></ul><ul><li>Um estojo de primeiros socorros com ligaduras e cremes anti-sépticos; </li></ul><ul><li>Pensos e adesivos ; </li></ul><ul><li>Luvas cirúrgicas ; </li></ul><ul><li>As matérias-primas são plantas (folhas, caule, flores, raízes ou frutos) com efeitos farmacológicos medicinais, alimentares, coadjuvantes técnicos ou cosméticos. </li></ul>
  7. 7. CONTRA INDICAÇÕES <ul><li>Não existem contra indicações , uma vez que a Fitoterapia é baseada em tratamentos naturais. </li></ul>
  8. 8. DURAÇÃO DA TERAPIA <ul><li>Cada sessão tem a duração de uma hora e quarenta e cinco minutos . </li></ul>
  9. 9. FORMAÇÃO DO TERAPEUTA <ul><li>ACTIVIDADE FITOTERAPIA </li></ul><ul><li>Habilitações prévias: 12º Ano de Escolaridade; </li></ul><ul><li>Título Académico Licenciado em Fitoterapia; </li></ul><ul><li>Duração do Curso 4 Anos. </li></ul><ul><li>Total de Horas de Prática Clínica 1500. </li></ul>
  10. 10. LOCAIS PRÓXIMOS ONDE SE PODE REALIZAR <ul><li>Porto </li></ul><ul><li>Estrada circunvalação com Pq. Nascente - ih 32 </li></ul><ul><li>Viseu </li></ul><ul><li>Av. Emídio Navarro 94 </li></ul>
  11. 11. CUSTO / VALOR <ul><li>O uso de fitoterápico tem um menor custo, comparativamente, com os da terapia convencional. </li></ul>
  12. 12. CURIOSIDADES <ul><li>As plantas medicinais têm uma acção preventiva e deve-se conhecer cientificamente as funções de cada planta, antes de a usar em algum tratamento. </li></ul><ul><li>Alguns chás de plantas medicinais, quando tomados em doses elevadas , podem causar reacções adversas e nocivas ao organismo humano . Neste caso específico, alguns tipos de plantas são contra-indicados a grávidas, devido aos seus efeitos abortivos . </li></ul>
  13. 13. EXEMPLOS DE EFEITOS DE PLANTAS <ul><li>Alívio de tosse: </li></ul><ul><li>Malva (infusão): 5g de planta seca para 1 litro de água. Deixe repousar 5min e filtre. Beba1 a 3 chávenas por dia. </li></ul><ul><li>Febre: </li></ul><ul><li>Sabugueiro (tintura 1:5 de álcool a 25%) 20 gotas diluídas em água, 3 vezes por dia, depois das refeições. </li></ul>
  14. 14. EXEMPLOS DE EFEITOS DE PLANTAS <ul><li>Cidreira, serve como calmante e ajuda a dormir, entre outros. </li></ul><ul><li>Salsa, o Morangueiro, as Barbas de Milho , ou qualquer chá de folha de lenhosas parece acalmar os males da bexiga. </li></ul><ul><li>Urtigas, fazem aliviar a febre esfregando-as pelo corpo do doente. </li></ul><ul><li>Alecrim, serve como auxiliar da memória, para estados depressivos, estimula a circulação sanguínea, ajuda a fazer a digestão das gorduras (folhas) e problemas de fígado. </li></ul><ul><li>Arruda, ajuda na lavagem do estômago, fortalece a visão, é usado para lavar os olhos cansados (folha), é usado também como antídoto contra certas mordidelas de cobras. </li></ul>
  15. 15. TESTEMUNHOS <ul><li>A fitoterapia “aplica os princípios activos de alimentos – aqueles que tradicionalmente não eram designados como nutrientes ou nutrimentos – e que podem ser utilizados sobretudo para prevenir e/ou controlar algumas doenças », refere Sérgio Cunha Velho, nutricionista. Por exemplo, que «o estanol (derivado do fitoesterol) é utilizado para controlar e reduzir a absorção do colesterol e o cardo mariano (planta muito usada no Alentejo na confecção de alimentos) é excelente para doenças do fígado», acrescenta. </li></ul>
  16. 16. RECONHECIMENTO DA TERAPIA <ul><li>De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), oficialisou em 1978, cerca de 80% da população mundial já realizou tratamentos com base em plantas medicinais e, em pelo menos 30% dos casos, foi por indicação médica . A OMS tem vindo a incentivar a fitoterapia. </li></ul><ul><li>Em Portugal, foi criada, em 2007, a Sociedade Portuguesa de Fitoquímica e Fitoterapia – SPFito , uma associação sem fins lucrativos e de natureza científica cujo objectivo é divulgar esta forma de terapia. </li></ul>
  17. 17. WEBGRAFIA <ul><li>http://pt.wikipedia.org/wiki/Fitoterapia </li></ul><ul><li>http://www.fito09.org/ </li></ul><ul><li>http://www.jardimverde.pt/gca/?id=82 </li></ul><ul><li>http://scholar.google.pt/scholar?start=10&q=enciclopedia+dura%C3%A7%C3%A3o+de+uma+fitoterapia&hl=pt-PT&as_sdt=2000 </li></ul><ul><li>http://www.cofenacis.org/Fitoterapia_completa.pdf </li></ul><ul><li>http://www.revistas.ufg.br/index.php/REF/article/viewFile/5149/4256 </li></ul><ul><li>http://inforum.insite.com.br/53933/4745318.html </li></ul><ul><li>http://www.usc.br/salaimprensa/noticias/0561_galeria_fitoterapia_uati.htm </li></ul>

×