Seminário: Web 2.0 no Brasil  Revista INFO EU FUI !
A Visão do Espectador  2.0 <ul><li>Do que  me  trata:   </li></ul><ul><li>Sou líder de tecnologia em uma empresa ainda  1....
<ul><li>Daí, assisti mais de 40 pessoas em um único dia... </li></ul><ul><li>Entre Debatedores, Rebatedores, Mediadores e ...
<ul><li>Daí, assisti mais de 40 pessoas em um único dia... </li></ul><ul><li>Entre Debatedores, Rebatedores, Mediadores e ...
CONCEITUANDO <ul><li>E pra começar,  Sandra Carvalho  falou 5 minutos e disse novas coisas interessantes sobre a  Web 2.0 ...
O Internauta faz a Web <ul><li>Muitas notícias das mais acessadas foram criadas pelos próprios usuários ( 2.0 ) repórteres...
O Internauta faz a Web <ul><li>Muitas notícias das mais acessadas foram criadas pelos próprios usuários ( 2.0 ) repórteres...
(RESPOSTAS VIDE-VERSO) A nova PUBLICIDADE (links patrocinados) Dos 3  MONSTROS da PUBLICIDADE   Digital   ouvi coisas muit...
(RESPOSTAS VIDE-VERSO) <ul><li>Behavior Target : trata-se de  mapear os hábitos  de navegação do usuário a fim </li></ul><...
MASHUPS  – por Alfredo Reikdal Durante a apresentação,  enquanto não bebia sua latinha , o Gerente de Marketing exibiu a i...
Para  fazer bonito  no mapa da internet (sócios de 3 agências determinaram melhores práticas) <ul><li>Pensar em  centenas ...
Enquanto maioria ainda na  @   FIRST LIFE ... @  SECOND LIFE Nossa entrada objetivou fazer parte do  dia-a-dia do consumid...
<ul><li>Muitos brasileiros não tem a cultura de acessar internet por  não conhecerem seus benefícios . </li></ul><ul><li>F...
Alessandro Barbosa Lima – CEO da e.Life <ul><li>Para quem quiser iniciar o monitoramento de sua marca na Web, os Blogs são...
Alessandro Barbosa Lima – CEO da e.Life <ul><li>Para quem quiser iniciar o monitoramento de sua marca na Web, os Blogs são...
<ul><li>Web   2.0  & Tendências </li></ul><ul><li>Muitos dos críticos  diziam que era jogada de marketing , mas com o pass...
Sabedoria das Multidões  A rodada de Blogs foi cercada de  muito bom humor . Antonio Tabet do Blog  KIBELOCO  superou toda...
Ferramenta de Participação Os Wikis começaram com o TI, mas agora é um Projeto de todos. (Fabiana Lins – Gerente Web da Am...
Tecnologia da web 2.0 (3 especialistas de bateram  o assunto) <ul><li>Programação mais simples  com a Web 2.0  – sistemas ...
O Mapa nos Negócios <ul><li>Nessa ultima rodada, os especialistas afirmaram:  </li></ul><ul><li>Os MAPAS apresentam uma no...
Claro que valeu a pena  ! Eventos como esse, estimulam qualquer fã de inovações. Daí, ganhei uma coisa e gostaria de compa...
 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Seminário Web 20 - Info 09/2007

1.181 visualizações

Publicada em

Uma visão do Seminário Info de Web 2.0.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.181
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
42
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Seminário Web 20 - Info 09/2007

  1. 1. Seminário: Web 2.0 no Brasil Revista INFO EU FUI !
  2. 2. A Visão do Espectador 2.0 <ul><li>Do que me trata: </li></ul><ul><li>Sou líder de tecnologia em uma empresa ainda 1.0 </li></ul><ul><li>Comecei a estudar Web 2.0 há pouquíssimo tempo (como a maioria, certamente após o Tim O’Reilly... rsrsrs) </li></ul><ul><li>Resolvi me deslocar para SP com a seguinte expectativa: “ Assistir a falatória da Elite brasileira sobre WEB 2.0 ... ” </li></ul>Foi bom pra mim ???
  3. 3. <ul><li>Daí, assisti mais de 40 pessoas em um único dia... </li></ul><ul><li>Entre Debatedores, Rebatedores, Mediadores e Palestrantes </li></ul><ul><li>Anotei tudinho e comentei com a moça ao meu lado que o meu maior medo era não reconhecer minha letra quando chegasse em casa. </li></ul><ul><li>Pois é, o pouco que reconheci me permitiu preparar os slides que se seguem </li></ul>Note que essa é uma Visão do Espectador 2.0 , pois para minha angustia, a Promotora do Evento já havia deixado suas considerações no site poucos minutos após o término !
  4. 4. <ul><li>Daí, assisti mais de 40 pessoas em um único dia... </li></ul><ul><li>Entre Debatedores, Rebatedores, Mediadores e Palestrantes </li></ul><ul><li>Anotei tudinho e comentei com a moça ao meu lado que o meu maior medo era não reconhecer minha letra quando chegasse em casa. </li></ul><ul><li>Pois é, o pouco que reconheci me permitiu preparar os slides que se seguem </li></ul>Note que essa é uma Visão do Espectador 2.0 , pois para minha angustia, a Promotora do Evento já havia deixado suas considerações no site poucos minutos após o término ! AO MENOS ALGUMA COISA VOCÊ VAI APRENDER Eu espero ...   
  5. 5. CONCEITUANDO <ul><li>E pra começar, Sandra Carvalho falou 5 minutos e disse novas coisas interessantes sobre a Web 2.0 </li></ul><ul><li>Conteúdo Mixado e Sampleado ! </li></ul><ul><li>Vivemos um momento de ruptura </li></ul><ul><li>Passamos a ter profissionais e consumidores de outro tipo </li></ul>A 1ª Geração dos internautas entram no mercado de trabalho
  6. 6. O Internauta faz a Web <ul><li>Muitas notícias das mais acessadas foram criadas pelos próprios usuários ( 2.0 ) repórteres... </li></ul><ul><li>Textos, fotos e vídeos de ótima qualidade, chegam ao site com maior velocidade se comparadas aos profissionais ! </li></ul><ul><li>(Fernando Madeira – Diretor Geral do Terra na A.L.) </li></ul><ul><li>Podemos identificar 4 topologias de rede: </li></ul><ul><ul><li>Vertical – com um único “Dono” bem definido. Ex.: A maioria dos sites. </li></ul></ul><ul><ul><li>Horizontal Direto com comentários. Ex.: Notícias comentadas. </li></ul></ul><ul><ul><li>Horizontal Indireto – o usuário escreve e publica. Ex.: Blogs. </li></ul></ul><ul><ul><li>Modelo Wiki – cada um contribui e o próximo pode modificar o texto anterior. Ex.: Wikipedia.com </li></ul></ul><ul><ul><li>( Carlos Nepomuceno coordena o Instituto de Inteligência Coletiva) </li></ul></ul>
  7. 7. O Internauta faz a Web <ul><li>Muitas notícias das mais acessadas foram criadas pelos próprios usuários ( 2.0 ) repórteres... </li></ul><ul><li>Textos, fotos e vídeos de ótima qualidade, chegam ao site com maior velocidade se comparadas aos profissionais ! </li></ul><ul><li>(Fernando Madeira – Diretor Geral do Terra na A.L.) </li></ul><ul><li>Podemos identificar 4 topologias de rede: </li></ul><ul><ul><li>Vertical – com um único “Dono” bem definido. Ex.: A maioria dos sites. </li></ul></ul><ul><ul><li>Horizontal Direto com comentários. Ex.: Notícias comentadas. </li></ul></ul><ul><ul><li>Horizontal Indireto – o usuário escreve e publica. Ex.: Blogs. </li></ul></ul><ul><ul><li>Modelo Wiki – cada um contribui e o próximo pode modificar o texto anterior. Ex.: Wikipedia.com </li></ul></ul><ul><ul><li>( Carlos Nepomuceno coordena o Instituto de Inteligência Coletiva) </li></ul></ul>No triste episódio do acidente da TAM, um internauta mal intencionado enviou uma imagem para o site do UOL contendo a montagem de uma pessoa se jogando da janela do prédio atingido.... (Marion Strecker diretora de conteúdo do UOL) Então como verificar a autenticidade das informações enviadas ???
  8. 8. (RESPOSTAS VIDE-VERSO) A nova PUBLICIDADE (links patrocinados) Dos 3 MONSTROS da PUBLICIDADE Digital ouvi coisas muito intrigantes: Osvaldo da MS acertou o ALVO com um tal chamado: Behavior Target Roberto do Google questionou o melhor tipo de PUBLICIDADE para REDES SOCIAIS . E finalmente Guilherme do Yahoo não deixou barato e levantou qual a melhor estratégia de mídia online na atualidade.
  9. 9. (RESPOSTAS VIDE-VERSO) <ul><li>Behavior Target : trata-se de mapear os hábitos de navegação do usuário a fim </li></ul><ul><li>de DETERMINAR o que será exibido por PERFIL de navegação. </li></ul><ul><li>Publicidade em Redes Sociais deve ser uma estratégia de Branding . </li></ul><ul><li>Neste cenário a percepção é mais importante do que o clique . </li></ul><ul><li>A UNIÃO dos diversos tipos de mídia (Banners, </li></ul><ul><li>Links Patrocinados, etc.), alcança até 4 vezes maiores resultados </li></ul><ul><li>do que a utilização de algum deles sozinho... </li></ul><ul><ul><li>2 TENDÊNCIAS APONTADAS : </li></ul></ul><ul><ul><li>Click-to-Call : quando empresas sem site na </li></ul></ul><ul><ul><li>internet forem pesquisadas, poderão ser </li></ul></ul><ul><ul><li>contatadas diretamente pelo telefone com um </li></ul></ul><ul><ul><li>simples clique. (by Google Labs) </li></ul></ul><ul><ul><li>Parte do modelo de negócios dos </li></ul></ul><ul><ul><li>Links Patrocinados migrará gradativamente para </li></ul></ul><ul><ul><li>os serviços de MAPA oferecidos pelos PORTAIS . </li></ul></ul>A nova PUBLICIDADE (links patrocinados) Dos 3 MONSTROS da PUBLICIDADE Digital ouvi coisas muito intrigantes: Osvaldo da MS acertou o ALVO com um tal chamado: Behavior Target Roberto do Google questionou o melhor tipo de PUBLICIDADE para REDES SOCIAIS . E finalmente Guilherme do Yahoo não deixou barato e levantou qual a melhor estratégia de mídia online na atualidade.
  10. 10. MASHUPS – por Alfredo Reikdal Durante a apresentação, enquanto não bebia sua latinha , o Gerente de Marketing exibiu a inteligente ferramenta do site Coca-Cola . O conceito de MASHUP nesse caso, foi muito bem aplicado, possibilitando aos simpatizantes da Coca, reunir inúmeros serviços de diversos portais (vide acima), criando uma COCA.NET !
  11. 11. Para fazer bonito no mapa da internet (sócios de 3 agências determinaram melhores práticas) <ul><li>Pensar em centenas ou milhares de palavras chave (tags) combinadas para o seu site. </li></ul><ul><li>Para considerarmos a sua marca na internet, ao buscarmos as suas palavras chave, apareça como um dos primeiros ! </li></ul><ul><li>Duas ferramentas (Yahoo e Google) para análise de suas relevâncias, caem como uma luva. </li></ul><ul><li>O modelo de Link Patrocinado no Brasil, explodiu no ano passado como uma ótima ferramenta. </li></ul>Mas PRINCIPALMENTE: não tente trapacear, pois as ferramentas de busca estão DE OLHO ...
  12. 12. Enquanto maioria ainda na @ FIRST LIFE ... @ SECOND LIFE Nossa entrada objetivou fazer parte do dia-a-dia do consumidor . Fizemos uma festa Física (FL) e Virtual (SL) ao mesmo tempo. O que o DJ tocava era ouvido na FIRST LIFE e no SECOND LIFE para os 3000 Avatares online. ( Rodrigo Finotti, gerente de marketing da Procter & Gamble) Nossas áreas de inteligência utilizam o SL para contatos, testes e informações sobre novos conceitos . Fizemos um Reveillon no SL e obtivemos a marca de mais de 1.000 avatares as 00:00hs do dia 31 de dezembro. Temos uma faixa etária de usuários entre 25 a 38 anos no SL ( Tales Rocha, gerente de internet da Philips )
  13. 13. <ul><li>Muitos brasileiros não tem a cultura de acessar internet por não conhecerem seus benefícios . </li></ul><ul><li>Fazemos PodCasts Corporativos com grandes resultados. </li></ul><ul><li>As empresas fornecem ’informações simpáticas’ sobre os seus produtos e acabam por fidelizar os ouvintes . </li></ul><ul><li>Temos pelo menos 2 anos de defasagem para os EUA. </li></ul><ul><li>O usuário de internet dos Estados Unidos é muito diferente do nosso. </li></ul><ul><li>Lá fora, com 3 meses de vida , um site pode receber um aporte de milhões. No Brasil a realidade é bem diferente. </li></ul><ul><li>A maioria dos empreendedores brasileiros não monta o seu negócio pensando em vendê-lo. Mas esta é uma possibilidade que nos ronda diariamente . </li></ul>EMPREENDEDORES
  14. 14. Alessandro Barbosa Lima – CEO da e.Life <ul><li>Para quem quiser iniciar o monitoramento de sua marca na Web, os Blogs são uma boa fonte de métrica. </li></ul><ul><li>Quantitativamente e Qualitativamente – número de comentários. </li></ul><ul><li>Popularidade da Marca – número de participantes em uma comunidade. </li></ul><ul><li>Relevância e Repercussão são outros tipos de métrica utilizados. </li></ul><ul><li>A Inteligência de Mercado 2.0 é entender o volume boca a boca sobre a sua marca, que a partir de agora é todo documentado . </li></ul>MARKETING 2.0 Boca a Boca Monitorável Formadores de Opinião podem ser Blogueiros Desenvolvimento de produtos através de ‘insights’ dos consumidores
  15. 15. Alessandro Barbosa Lima – CEO da e.Life <ul><li>Para quem quiser iniciar o monitoramento de sua marca na Web, os Blogs são uma boa fonte de métrica. </li></ul><ul><li>Quantitativamente e Qualitativamente – número de comentários. </li></ul><ul><li>Popularidade da Marca – número de participantes em uma comunidade. </li></ul><ul><li>Relevância e Repercussão são outros tipos de métrica utilizados. </li></ul><ul><li>A Inteligência de Mercado 2.0 é entender o volume boca a boca sobre a sua marca, que a partir de agora é todo documentado . </li></ul>MARKETING 2.0 Boca a Boca Monitorável Formadores de Opinião podem ser Blogueiros Desenvolvimento de produtos através de ‘insights’ dos consumidores SAC 2.0 – CASE BOTICÁRIO Através de um monitoramento ‘por sentimento’ – positivo, negativo ou neutro – o Boticário analisa o que é falado sobre sua marca. Respostas são dadas diretamente aos usuários que copiam e colam em suas comunidades, propagando um sentimento de confiança na marca.
  16. 16. <ul><li>Web 2.0 & Tendências </li></ul><ul><li>Muitos dos críticos diziam que era jogada de marketing , mas com o passar do tempo e as mudanças realmente concebidas, o termo foi aprovado. </li></ul><ul><li>Nova fonte de Informação </li></ul><ul><li>‘ Perpetual Beta’ ( beta perpétuo ) – o desenvolvimento do software não tem fim e permite aos usuários estarem sempre aprimorando </li></ul><ul><li>Web como Plataforma - Plataforma de Participação 2.0 </li></ul><ul><li>Uso da Inteligência Coletiva </li></ul><ul><li>Foco no Usuário – como usuário e co-desenvolvedor </li></ul><ul><li>P2P Recommendation – Redes Sociais Recomendadas </li></ul><ul><li>Human Computation – cérebro humano na solução de tarefas que os computadores não resolvem </li></ul>Eu ouvi o Presidente do Google no Brasil falar
  17. 17. Sabedoria das Multidões A rodada de Blogs foi cercada de muito bom humor . Antonio Tabet do Blog KIBELOCO superou todas as expectativas !!! Tabet – A alavanca para o futuro é saber fazer internet para o povão . <ul><li>Participaram também: Fernando da Johnson&Johnson , Sergio do Boticário e Cezar da IBM . </li></ul><ul><li>Ficou claro que o Blog é uma ferramenta que está passando para o lado corporativo como uma grande oportunidade de comunicação – seja interna ou externa. </li></ul><ul><ul><li>Na IBM inúmeros Blogs foram criados por funcionários motivados pela empresa . </li></ul></ul><ul><li>As empresas que souberem utilizá-lo a seu favor, certamente estarão alguns passos a frente das outras. </li></ul>
  18. 18. Ferramenta de Participação Os Wikis começaram com o TI, mas agora é um Projeto de todos. (Fabiana Lins – Gerente Web da Amil) Com a criação do TWiki os usuários preferem acessar as informações online do que tirar as dúvidas com a equipe de TI. (Marcelo Camêlo – Gerente de TI da Hering) O conhecimento não pertence a MARCA , mas a REDE . (José Figueiredo – Diretor de Licenciamento da Le Postiche) <ul><li>As ações são colocadas na REDE e todos copiam o que foi feito de melhor. </li></ul><ul><li>Não basta instalar a ferramenta, a Empresa precisa entender a cultura . </li></ul><ul><li>Wiki – Pode ser Institucional no início, mas depois motiva a troca de experiências do dia-a-dia. </li></ul>
  19. 19. Tecnologia da web 2.0 (3 especialistas de bateram o assunto) <ul><li>Programação mais simples com a Web 2.0 – sistemas completos em menos tempo. </li></ul><ul><li>Flex e Silverlight para aplicações Corporativas , AJAX para Sites . </li></ul><ul><li>As tags <TABLE> são abandonadas e a Web 2.0 passa a trabalhar exclusivamente com CSS . </li></ul><ul><ul><li>- Separando a FORMA do CONTEÚDO. </li></ul></ul><ul><ul><li>- Criando do cargo de ‘ DIRETOR DE CSS ’. </li></ul></ul>
  20. 20. O Mapa nos Negócios <ul><li>Nessa ultima rodada, os especialistas afirmaram: </li></ul><ul><li>Os MAPAS apresentam uma nova forma de busca </li></ul>Stocco da Microsoft – a Web2.0 busca por dentro dos Mapas ao invés de buscar só por palavras . Rafael do Apontador – a sua empresa já pode se cadastrar nos Mapas e serem apontadas durante as buscas. Com inúmeros serviços Gratuitos !!! Bruno do Google – o usuário já é capaz de gerar informações que aparecem nos Mapas. Disponibilizamos ferramentas para as Empresas serem encontradas em seus sites através dos nosso Mapas.
  21. 21. Claro que valeu a pena ! Eventos como esse, estimulam qualquer fã de inovações. Daí, ganhei uma coisa e gostaria de compartilhar com você no próximo slide. Obrigado.

×