O sistema nervoso

392 visualizações

Publicada em

Tudo sobre o sistema nervoso.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
392
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O sistema nervoso

  1. 1. O sistema nervoso
  2. 2. O sistema nervoso É responsável pela maioria das funções de controle em um organismo. É divido em Sistema Nervoso Central e Sistema Nervoso Periférico. Neurônio O neurônio é a unidade funcional do sistema nervoso. Os neurônios comunicam-se através de sinapses; por eles propagam-se os impulsos nervosos.
  3. 3. Sistema Nervoso Central Medula espinhal Encontra-se organizada em segmentos (região cervical, lombar, sacral, caudal, raiz dorsal e ventral). É uma estrutura subordinada ao cérebro, porem pode agir independente dele.
  4. 4. Cérebro O cérebro está relacionado com a maioria das funções do organismo como a recepção de informações visuais nos vertebrados, movimentos do corpo que requerem coordenação de grande número de partes do corpo.
  5. 5. Bulbo ou medula oblonga O bulbo tem a função relacionada com a respiração e é considerado um centro vital. Também está relacionado com os reflexos cardiovasculares e transmissão de informações sensoriais e motoras. Cerebelo O cerebelo é responsável pelo controle motor. Ponte A função da ponte é transmitir as informações da medula e do bulbo até o córtex cerebral.
  6. 6. Sistema Nervoso Periférico Sistema Nervoso Voluntário Está relacionado com os movimentos voluntários. Sistema Nervoso Autônomo Está relacionado com os movimentos involuntários dos músculos como não estriado e estriado cardíaco, sistema endócrino e respiratório. Arco reflexo Os atos reflexos são reações involuntárias que envolvem impulsos nervosos, percorrendo um caminho chamado arco reflexos.
  7. 7. Tecido Nervoso É o responsável pela troca de informações rápidas nos animais. É um tecido bastante importante, pois sem ele não seria possível comandar as diversas partes do organismo de forma rápida e eficiente.
  8. 8. Neurônios Os neurônios podem ser divididos em três tipos: receptores, de conexão ou mistos e efetores. que são células especializadas na condução de impulsos elétricos. Essa célula é dividida em três partes distintas: Corpo celular: é a parte onde ficam o núcleo e diversas organelas, como mitocôndrias, que irão produzir algumas substâncias importantes e energia para o funcionamento correto da célula. Dendritos: são várias pequenas ramificações que saem do corpo celular, e funcionam como “antenas”, para captar sinais elétricos e retransmiti-los através do axônio Axônio: é uma grande extensão, que se conecta a outros neurônios ou às células de tecidos, como músculos, glândulas, etc. Alguns axônios podem ultrapassar 1 metro de comprimento.
  9. 9. Neurônios receptores São os neurônios encarregados de captarem informações diretamente das células sensoriais como aquelas que compõem a retina (olho), o ouvido, tato, a língua, etc. Essa captação é feita utilizando os dendritos. Neurônios de conexão ou mistos Fazem a conexão entre dois neurônios. Recebe informação pelo dendrito, e a repassa à célula nervosa seguinte usando o axônio. Esse tipo é o mais encontrado nos sistemas nervosos animais.
  10. 10. Neurônios efetores São os neurônios que recebem as informações do cérebro (as respostas aos estímulos captados pelos neurônios receptores) e as repassam para os músculos, glândulas, etc. Nervos Os nervos são vários agrupamentos de feixes de axônios e dendritos.
  11. 11. Curiosidades: - Os seres humanos possuem cerca de 86 bilhões de neurônios (células nervosas) no cérebro - De acordo com pesquisas recentes, os seres humanos perdem neurônios com o passar dos anos. Este dado explica a existência de algumas doenças, ligadas ao sistema nervoso, que estão relacionadas aos idosos. Entre estas doenças estão a Demência Senil, Alzheimer, Parkinson entre outras. - A cafeína presente no café, chocolates e alguns tipos de chás é um estimulante do sistema nervoso autônomo. - O sistema nervoso autônomo é responsável pelo funcionamento de processos do corpo pelo qual não temos controle como, por exemplo, respiração, batimentos do coração, temperatura corporal e circulação sanguínea. - Existem drogas que agem diretamente no sistema nervoso central. Estas são chamadas de “drogas psicotrópicas”. Elas são capazes de causar, nas pessoas que as usam, alterações nos sentimentos, pensamentos e ações.
  12. 12. Órgãos sensoriais O nosso organismo tem a capacidade de perceber as condições internas do nosso corpo e do ambiente em que estamos. Isso se deve às células sensoriais ou receptores sensoriais que temos espalhados por todo o nosso corpo. Nos órgãos dos sentidos esses receptores estão em maior concentração e o conjunto desses órgãos forma o sistema sensorial.
  13. 13. Receptores sensoriais Os receptores sensoriais (células) estão organizados de maneira que cada um recebe um tipo de estímulo específico. São eles: • Mecanoceptores: receptores ativados por estímulos mecânicos; • Termoceptores: receptores ativados pela mudança de temperatura; • Fotoceptores: receptores ativados pela luz; • Quimioceptores: receptores ativados por substâncias químicas.
  14. 14. Outras células Outras células sensoriais estão adaptadas para captar estímulos internos do nosso corpo, são os chamados proprioceptores e interceptores. • Proprioceptores: são encontrados em músculos, tendões e órgãos internos do corpo. A função desses receptores é a de informar ao SNC (sistema nervoso central) a posição do corpo com relação à dos membros. • Interceptores: esses receptores são responsáveis por captar as condições internas do corpo, como a pressão osmótica nas células, temperatura, o PH, composição sanguínea, entre outras. Isso nos permite sentir fome, sede, náuseas etc. Todos esses receptores recebem estímulos que são enviados por impulsos nervosos até o SNC, causando todas as sensações.

×