AS BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS NAS
REDES SOCIAIS: FACEBOOK, ORKUT,
MYSPACE E NING
Giseli Adornato de Aguiar
Bibliotecária, ...
Acesso as redes sociais
Fonte:http://www.ibope.com/conectmidia/estudo/index.html
Objetivos
• Como as bibliotecas universitárias estão
explorando as redes sociais na internet?
• Identificar se as bibliote...
Redes Sociais
“a rede é um conjunto de nós conectados entre
si” (CASTELLS, 2009) e “estes nós estão em
constante movimento...
Redes Sociais
O Facebook, o Orkut, o MySpace e o Ning
não são redes sociais, são ferramentas, são
suportes para as interaç...
Bibliotecas universitárias e as
redes sociais
• as bibliotecas refletem as mudanças sociais, políticas,
históricas, cultur...
Metodologia
• Estudo exploratório dos
ambientes informacionais da
Web 2.0 denominados
Facebook, Orkut, MySpace e
Ning, com...
Resultados
Sites de Redes
Sociais
Brasil Estados Unidos Espanha
Facebook 5 20 23
Orkut 17 0 0
MySpace 0 8 0
Ning 1 0 1
Bib...
CONSIDERAÇÕES FINAIS
• São poucas as bibliotecas universitárias (no Brasil,
Estados Unidos e Espanha) que estão utilizando...
Referências
• BARABÁSI, Albert-László. Linked (conectado): a nova ciência dos
networks. São Paulo: Leopardo, 2009. 241 p.
...
Muito obrigada!
adornato@usp.br
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

SNBU2010 - As bibliotecas universitárias nas redes sociais: Facebook, Orkut, MySpace e Ning

2.222 visualizações

Publicada em

PowerPoint da apreentação realizada no XVI Seminário Nacional de Bibliotecas Universitárias e
II Seminário Internacional de Bibliotecas Digitais – Brasil. Realizado entre os dias 17 a 22 de outubro de 2010 no Rio de Janeiro, RJ.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.222
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
43
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

SNBU2010 - As bibliotecas universitárias nas redes sociais: Facebook, Orkut, MySpace e Ning

  1. 1. AS BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS NAS REDES SOCIAIS: FACEBOOK, ORKUT, MYSPACE E NING Giseli Adornato de Aguiar Bibliotecária, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP, São Paulo, SP, Brasil Mestranda, Escola de Comunicações e Artes da USP, São Paulo, SP, Brasil José Fernando Modesto da Silva Professor-Doutor, Escola de Comunicações e Artes da USP, São Paulo, SP, Brasil XVI Seminário Nacional de Bibliotecas Universitárias II Seminário Internacional de Bibliotecas Digitais – Brasil 17 a 22 de outubro de 2010
  2. 2. Acesso as redes sociais Fonte:http://www.ibope.com/conectmidia/estudo/index.html
  3. 3. Objetivos • Como as bibliotecas universitárias estão explorando as redes sociais na internet? • Identificar se as bibliotecas universitárias do Brasil, Estados Unidos e Espanha estão utilizando as redes sociais Facebook, Orkut, MySpace e Ning como ferramenta de comunicação, informação e interação com seus usuários.
  4. 4. Redes Sociais “a rede é um conjunto de nós conectados entre si” (CASTELLS, 2009) e “estes nós estão em constante movimento, são dinâmicos e em evolução” (BARABÁSI, 2009) “redes sociais referem-se a um conjunto de pessoas (ou organizações ou outras entidades sociais) conectadas por relacionamentos sociais, motivados pela amizade e por relações de trabalho ou compartilhamento de informações e, por meio dessas ligações, vão construindo e re-construindo a estrutura social” (TOMÁEL; MARTELATO, 2006)
  5. 5. Redes Sociais O Facebook, o Orkut, o MySpace e o Ning não são redes sociais, são ferramentas, são suportes para as interações que constituem as redes sociais (RECUERO, 2009). Baseados nos princípios fundamentais da Web 2.0 listados por O’Reilly (2005) as redes sociais na internet possuem algumas características: a combinação de diversas tecnologias associadas à facilidade de uso, mudança de foco da publicação para a participação e a possibilidade dos usuários serem produtores de conteúdos.
  6. 6. Bibliotecas universitárias e as redes sociais • as bibliotecas refletem as mudanças sociais, políticas, históricas, culturais etc. da sociedade; • o uso das tecnologias em ambientes de bibliotecas universitárias é uma evolução natural desses espaços de conhecimento. “Não requer muita imaginação começar a ver uma biblioteca como uma rede social em si. De fato, muitas das funções das bibliotecas ao longo da história tem sido como um lugar de reunião comum, um lugar de compartilhar identidade, comunicação, e ação. Redes sociais permitiriam que bibliotecários e usuários não somente interagissem, mas compartilhassem e transformassem recursos dinamicamente em um meio eletrônico.” (MANESS, 2007).
  7. 7. Metodologia • Estudo exploratório dos ambientes informacionais da Web 2.0 denominados Facebook, Orkut, MySpace e Ning, com vistas a identificar quantas bibliotecas universitárias do Brasil, Estados Unidos e Espanha estão utilizando essas redes sociais; • Período de 01/05/2010 até 31/05/2010; • Sites oficiais das instituições.
  8. 8. Resultados Sites de Redes Sociais Brasil Estados Unidos Espanha Facebook 5 20 23 Orkut 17 0 0 MySpace 0 8 0 Ning 1 0 1 Bibliotecas Universitárias
  9. 9. CONSIDERAÇÕES FINAIS • São poucas as bibliotecas universitárias (no Brasil, Estados Unidos e Espanha) que estão utilizando os sites de redes sociais como ferramenta de comunicação, informação e interação com os seus usuários; • Verificamos que, apesar do Facebook, Orkut, MySpace e Ning oferecerem alguma forma de participação e interação por meio de suas ferramentas, as redes sociais das bibliotecas universitárias identificadas, em geral, não se utilizam do potencial da rede; • É importante que o bibliotecário conheça as novas dinâmicas de informação, comunicação, organização e serviços presentes na Web 2.0 e acompanhe as mudanças tecnológicas, utilizando-as a seu favor e da instituição onde atua.
  10. 10. Referências • BARABÁSI, Albert-László. Linked (conectado): a nova ciência dos networks. São Paulo: Leopardo, 2009. 241 p. • CASTELLS, Manuel. A sociedade em rede. São Paulo: Paz e Terra, 2009. 698 p. • MANESS, J. M. Teoria da Biblioteca 2.0: Web 2.0 e suas implicações para as bibliotecas. Informação & Sociedade: Estudos, João Pessoa, v. 17, n.1, p. 43-51, jan./abr. 2007. Disponível em: <http://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/view/831/1464>. Acesso em: 11 abr. 2010. • O’REILLY, Tim. What is Web 2.0: design patterns and business models for the next generation of software. Sebastopol, CA: O’Reilly Media, 2005. Disponível em: <http://oreilly.com/web2/archive/what-is-web-20.html>. Acesso em: 09 abr. 2010. • RECUERO, Raquel. Rede social. In: SPYER, Juliano (Org.). Para entender a internet: noções, práticas e desafios da comunicação em rede. São Paulo: NãoZero, 2009. p. 25-26. Disponível em: <http://www.openinnovatio.org/wp-content/Para%20entender%20a %20Internet.pdf>. Acesso em: 10 abr. 2010. • TOMAÉL, Maria Inês; MARTELATO, Regina Maria. Redes sociais: posição dos atores no fluxo da informação. Enc. Bibli: Revista Eletr. de Bibliotecon. Ci. Inf., Florianópolis, n. esp., p. 75-91, 1° sem. 2006. Disponível em: <http://www.periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/viewFile/342/387>. Acesso em: 21 jun. 2010.
  11. 11. Muito obrigada! adornato@usp.br

×