Sons e letra 1

6.668 visualizações

Publicada em

0 comentários
7 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.668
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
37
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
346
Comentários
0
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sons e letra 1

  1. 1. Sons e LetrasSons e Letras Ensino MédioEnsino Médio Prof. NixsonProf. Nixson MachadoMachado
  2. 2. O QUE É FONOLOGIA? FonologiaFonologia é a parte da gramática que : estuda os sons da língua: – quanto a sua função no sistema de comunicação linguística, – quanto a sua organização e classificação. também cuida de aspectos relacionados a: – divisão silábica, – ortografia e – acentuação das palavras Como também indica a forma adequada de pronunciar certas palavras, de acordo com o padrão culto da língua.
  3. 3. Conceituando FonemaFonema é a menor unidade sonora das palavras /k/, /o/, /m/, /e/, /s/, /u/ - começo /e/, /s/, /i/, /t/, /ã/, /t/, /i/ - excitante LetraLetra é a representação gráfica dos fonemas da fala /ka u/ - c - a – r – r - oʀ
  4. 4. Classificação dos fonemas VogalVogal é o fonema produzido por uma corrente de ar que, vinda dos pulmões, passa livremente pela boca. As vogais funcionam como base da sílaba. SemivogalSemivogal é o fonema produzido como vogal, porém pronunciado com menos intencidade; por isso, não constitui sílaba sozinho e sempre acompanha uma vogal.
  5. 5.  O idioma português utiliza 34 fonemas, sendo 13 vogais, 19 consoantes e 2 semivogais. Estão representados na tabela a seguir:   FONEMA * CARACTERÍSTICAS FONÉTICAS EXEMPLOS ** VV OO GG AA II SS á Aberta, frontal, oral, não arredondada. átomo, arte â Semi-aberta, central, oral, não arredondada. pano, ramo, lanho ã Semi-aberta, central, nasal, não arredondada. antes, amplo, maçã, âmbito, ânsia é Semi-aberta, frontal, oral, não arredondada. métrica, peça. ê Semi-fechada, frontal, oral, não arredondada. medo, pêssego ẽ Semi-fechada, frontal, nasal, não arredondada. sempre, êmbolo, centro, concêntrico, têm, também.** ó Semi-aberta, posterior, oral, arredondada. ótima, ova. ô Semi-fechada, posterior, oral, arredondada. rolha, avô õ Semi-fechada, posterior, nasal, arredondada. ombro, ontem, cômputo, cônsul i Fechada, frontal, oral, não arredondada. item, silvícola ĩ Fechada, frontal, nasal, não arredondada. simples, símbolo, tinta, síncrono u Fechada, posterior, oral, arredondada. uva, útero ũ Fechada, posterior, nasal, arredondada. algum, plúmbeo, nunca, renúncia, muito
  6. 6. FONEMA FONEMA  CARACTERÍSTICAS FONÉTICASCARACTERÍSTICAS FONÉTICAS EXEMPLOS EXEMPLOS  CC OO NN SS OO AA NN TT EE SS m nasal, sonora, bilabial Marca n Nasal, sonora, alveolar Nervo ñ Nasal, sonora, palatal Arranhado b Oral, oclusiva, bilabial, sonora Barco p Oral, oclusiva, bilabial, surda Pato d Oral, oclusiva, linguodental, sonora Data t Oral, oclusiva, linguodental, surda Telha g Oral, oclusiva, velar, sonora Gato k Oral, oclusiva, velar, surda Carro, quanto v Oral, fricativa, labiodental, sonora Vento f Oral, fricativa, labiodental, surda Farelo z Oral, fricativa, alveolar, sonora zero, casa, exalar s Oral, fricativa, alveolar, surda seta, cebola, espesso, excesso, açúcar, auxílio, j Oral, fricativa, pós-alveolar, sonora gelo, jarro x Oral, fricativa, pós-alveolar, surda xarope, chuva R Oral, vibrante, sonora, uvular. rato, carroça r Oral, vibrante, sonora, alveolar. Variação λ Oral, lateral aproximante, sonora, palatal. Cavalheiro l Oral, lateral aproximante, sonora, alveolar Luz
  7. 7. Fonemas vocálicos orais | Letras correspondentes /a/ /ε/ /e/ /i/ /‫/כ‬ /o/ /u/ a, é, e, i, ó, o, u Fonemas vocálicos nasais | Letras correspondentes /ã/ /ẽ/ /ĩ/ /õ/ /ũ/ ã, ẽ, ĩ, õ, ũ, am, an, em, en, im, om, on, um, un Fonemas semivocálicos | Letras correspondentes boii sauudade /y/ /w/ i, e, o, u
  8. 8. Consoantes Na produção desses fonemas, a corrente de ar vinda dos pulmões encontra obstáculos. Língua Dentes Lábios /b/, /c/, /d/, /f/, /l/, /p/, /q/, /r/, /s/, /t/, etc.
  9. 9. Dígrafos As combinações de duas letras que representam um único fonema constituem o fenômeno linguístico chamado dígrafodígrafo.
  10. 10. Dígrafos lh /λ /: calhacalha nh /η/: banhabanha qu /k/: queixoqueixo gu /g/: guitarraguitarra rr /R/: amarraramarrar ss, sc, sç /s/: passar, nascer, desçapassar, nascer, desça am, an, /ã/: tampa, mantatampa, manta em, en / /:ẽ sempre, lentosempre, lento im, in /ĩ/: mim, cintomim, cinto om, on /õ/: bomba, contabomba, conta um, un /ũ/: algum, presuntoalgum, presunto
  11. 11. Sílabas É um fonema ou um grupo de fonemas pronunciados numa só emissão de voz. Exemplo: bocaExemplo: boca bobo –– caca duas sílabasduas sílabas A base da sílaba é a vogal; sem ela não há sílaba. Consoantes isoladas ou “mudas” não formam sílabas. Exemplo: aptidãoExemplo: aptidão ap – ti - dãoap – ti - dão três sílabastrês sílabas atmosferaatmosfera at – mos – fe – raat – mos – fe – ra quatro sílabasquatro sílabas
  12. 12. Sílaba tônica e sílaba átona sílaba tônicasílaba tônica – pronunciada com mais intensidade. sílaba átonasílaba átona – Pronunciada com baixa intensidade. Ex.: Com posEx.: Com pos tutu rara átona átona tônica átona
  13. 13.  MONOSSÍLABAS: são palavras de uma sílaba só. lá, vez, ai  DISSÍLABAS: são palavras de duas sílabas. urso, mamãe, sempre;  TRISSÍLABAS: são palavras de três sílabas. soluçou e falando;  POLISSÍLABAS: são palavras de mais de três sílabas. compostura e insensato Classificação das palavras quanto ao número deClassificação das palavras quanto ao número de sílabassílabas
  14. 14. Classificação das palavras de acordo com a sílaba tônica OxítonaOxítona: palavra com a última sílaba tônica Portuguêsês caféfé sofáfá parabénsbéns ParoxítonaParoxítona: palavra com a penúltima sílaba tônica Histótória cadeideira praprato ProparoxítonaProparoxítona: palavra com a antepenúltima sílaba tônica Matemática
  15. 15. ACENTUAÇÃO GRÁFICA NA SÍLABA TÔNICA – Classificação: • Agudo: ̷: ̷ • Grave: • Circunflexo: ˄ – Classificação das palavras quanto à sílaba tônica: o x í t o n a ma - ra - cu - já ú l tú l t i m ai m a p a r o x í t o n a a – mên – doa p e n ú l t i m ap e n ú l t i m a p r o p a r o x í t o n a pês – se - go a n t e p e n ú l t i m aa n t e p e n ú l t i m a
  16. 16. Encontros vocálicos União de vogais ou semivogais na mesma sílaba ou em sílabas diferentes.
  17. 17. Hiato É o encontro de duas vogais. Só pode haver uma vogal em cada sílaba, Vogais de hiatos ficam sempre em sílabas diferentes. Sa í da vogal + vogal Sa ú de vogal + vogal en jo ar vogal + vogal + vogal
  18. 18. Ditongo E o encontro de uma vogal e uma semivogal. Uma vogal sozinha não constitui sílaba. Um ditongo não se divide silabicamente. Decrescnte: Faiai xa Vogal + semivogal Crescente His tó riaia semivogal + vogal
  19. 19. Tritongo É o encontro de uma semivogal + uma vogal + uma semivogal, sempre nessa ordem. Contém uma só vogal. Um tritongo não se divide silabicamente. Quais quer semivogal + vogal + semivogal U ru guai semivogal + vogal + semivogal
  20. 20. Encontro consonantal É o agrupamento de duas ou mais consoantes, Sem vogal intermediária Desde que não constituam dígrafo. Podem ocorrer na mesma sílaba ou não.
  21. 21. Tipos de encontros consonantais: PerfeitosPerfeitos: consoante + l ou r - são encontros que pertencem a uma mesmamesma sílabasílaba.. – pra-to, pla-ca, bro-che, blu-sa, trei-no, a-tle-ta, cri-se, cla-ve, fran-co, flan-co. ImperfeitosImperfeitos: duas consoantes pertencentes a sílabassílabas diferentesdiferentes . É o que ocorre em: – ab-di-car, sub-so-lo, ad-vo-ga-do, ad-mi-tir, al-ge-ma, cor-te.
  22. 22. Tipos de encontros consonantais: Há grupos consonantais inseparáveis que surgem no ínicio dos vocábulos: – pneu-mo-ni-a, psi-co-se, gno-mo. Os encontros (gn, mn, pn, ps, pt e tm) não são muito comuns: – Quando iniciais, são inseparáveis. – Quando mediais, criam uma pronúncia mais difícil. – (gno-mo/ dig-no/ ap-to).
  23. 23. Ortoépia Trata da pronuncia adequada dos fonemas e das palavras de acordo com a variedade padrão da língua. AA ortoépiaortoépia trata da pronúncia correta das palavras. Quando astrata da pronúncia correta das palavras. Quando as palavras são pronunciadas incorretamente, comete-sepalavras são pronunciadas incorretamente, comete-se cacoépia.cacoépia. É comum encontrarmos erros de ortoépia na linguagem popular, maisÉ comum encontrarmos erros de ortoépia na linguagem popular, mais descuidada e com tendência natural para a simplificação.descuidada e com tendência natural para a simplificação.
  24. 24. Podemos citar como exemplos de cacoépiaPodemos citar como exemplos de cacoépia: - “guspe” em vez de cuspe. - “adevogado” em vez de advogado. - “estrupo” em vez de estupro. - “cardeneta” em vez de caderneta. - “peneu” em vez de pneu. - “abóbra” em vez de abóbora. - “prostar” em vez de prostrar.
  25. 25. Prosódia Trata da acentuação e da entoação adequadas dos fonemas de acordo com a variedade padrão da língua. AA prosódiaprosódia trata da correta acentuação tônica das palavras. Cometertrata da correta acentuação tônica das palavras. Cometer erro de prosódia é transformar uma palavra paroxítona em oxítona, ouerro de prosódia é transformar uma palavra paroxítona em oxítona, ou uma proparoxítona em paroxítona etc.uma proparoxítona em paroxítona etc. -“rúbrica” em vez de rubrica. -“sútil” em vez de sutil. - “côndor” em vez de condor.

×