SlideShare uma empresa Scribd logo
Tratamento de
Água e Efluentes
 2º. Sem./2010
 Eng.Ambiental
2
Programa

I UNIDADE
  Introdução – Histórico – Panorama
  Caracterização das Águas e Esgotos
  Princípios Químicos, Físicos e Biológicos do TA
  Interpretação de Análises e Elaboração de Laudos
  Considerações Projetos e Técnicas de Tratamento
  Tecnologia para Tratamento de Água
  Parâmetros de controle de qualidade de Água
  Legislação Aplicada e Padrões




                                                      3
Nesta Aula Veremos ...


 Introdução – Notícias sites
 Estudo de Caso Água do Rio do Antônio-BA
 Estudo de Caso Rio Brumado-BA
 Noções de Qualidade das Águas
 Uso das Águas
 Impurezas Encontradas nas Águas
 Parâmetros de Qualidade da Água
Introdução




             5
Introdução




             6
Introdução




             7
Introdução
  A UFBA divulga análise da água do
  rio do Antônio

  "Observando estes resultados
  comprovados pela Dra. Xxxxxxx –
  Coord. do Lab. de Bromatologia -
  UFBA, conclui-se que a água
  consumida pela população
  rioantoniense, fornecida pela
  EMBASA, atende ao que é
  estabelecido na PORTARIA 518, de
  25 de março de 2004

Fonte: “Diário eletrônico” – Cidade Rio do
Antônio – www.cemflorindosilveira.com.br/




                                              8
Introdução




             9
Introdução




Dúvidas !!??   10
Introdução

              Perguntas:
      Este Laudo esta Completo ?
Os parâmetros apresentados atendente as
      exigências da Portaria 518 ?
    Quantos e quais parâmetros são
necessários para se mensurar a qualidade
       de uma amostra de água ?
    O você beberia desta água (sem
             tratamento) ?

                                           11
“ ... Deve considerar-se que uma
água esta poluída, quando a sua
composição ou o seu estado
estão de tal modo alterados que
já não reúnem as condições
necessárias para as utilizações
para as quais estava destinada no
seu estado natural”.
           OMS - ONU
                                    12
Características Água

             Noções de Qualidade

“A Água devido às suas propriedades como
 solvente e à sua capacidade de transportar
partículas, incorpora a si diversas impurezas
   as quais definem a qualidade da água”

             Condições Naturais
           Interferência Antrópica


                                            13
Características Água

                     Noções de Qualidade

Bacia Hidrográfica: é uma área
natural cujos limites são definidos
pelos pontos mais altos do relevo
(divisores de água) e dentro da qual
a     água    pluvial    é    drenada
superficialmente por um curso de
água principal até sua saída da
bacia, no local mais baixo do relevo,
ou seja, na foz do curso d’água.




                                           14
Características Água

  Noções de Qualidade

                             Exemplo
                           da inter-
                        relação entre
                           o uso e a
                        ocupação do
                         solo e focos
                         alterados da
                        qualidade da
                             água
                          (adaptado
                        Von Sperling)
                                        15
16
Características Água

            Noções de Qualidade

Qualidade Existente x Qualidade Desejável

 Existente: função das condições
naturais e do uso e da ocupação do solo
na bacia hidrográfica
 Desejável: função do uso previsto



                                            17
Características Água

        Principais Usos
abastecimento doméstico
abastecimento industrial
irrigação
dessedentação de animais
preservação flora e fauna
recreação e lazer
criação de espécies
geração de energia
navegação
harmonia paisagística
diluição e transporte de dejetos
                                   18
Características Água

            Rotas Uso

Ciclos internos:
 água bruta
 água tratada
 água usada (esgoto bruto)
 esgoto tratado
 água pluvial
 corpo receptor
 reuso

                             19
Características Água

      Rotas Uso




                       20
Características Água

      Uso e Qualidade Requerida



    Uso                Uso
    doméstico          industrial
    • Requer           • Requer a
      satisfação de      satisfação de
      diversos           critérios
      critérios de       específicos de
      qualidade          qualidade

  exceção: uso menos     uso múltiplo: no
nobre na diluição de   processo ou como
dejetos (esgoto)       utilidades
                                            21
Características Água

          Impurezas na Água

      Água Pura não existe !!!

    Requisitos de Potabilidade

Inofensiva a saúde
Agradável aos sentidos
Adequada para uso domiciliar


                                 22
Características Água

               Impurezas na Água

Uma Água contaminada ou poluída pode
  ser observada pelas alterações ...


    biológic
               físicas
       as                            Eco
                                   toxicol
                                   ógicas



         químicas


                                             23
Características Água

                                 impurezas


          Físicas                  Químicas                 Biológicas


Sólidos             gases   inorgânicos   Orgânicos         Seres vivos



  suspensos                                   Matéria em        Animais
                                             decomposição


   coloidais                                                    Vegetais



 dissolvidos                                                  microrganismos


                                                                               24
Características Água

            Sólidos - classificação
    Todos os contaminantes presentes na água
(exceção gases) contribuem para carga de sólidos:

Classificação pelas características físicas
   Sólidos em suspensão
   Sólidos coloidais
   Sólidos dissolvidos

Classificação pelas características químicas
   Sólidos inorgânicos
   Sólidos orgânicos


                                                    25
Características Água

 Sólidos – por tamanho




                         26
Características Água

                            Sólidos – por química
 Ao submeter os sólidos a temperatura elevada (550º C),
  a fração orgânica é volatilizada, permanecendo, após
      combustão, a fração inorgânica (não voláteis):


Removidos
            inorgânicos




                          ou sólidos não    ou sólidos                   Removidos
    por                   voláteis (fixos   voláteis,                        por




                                                             orgânicos
processos                 ou inertes),      representam                  processos
 físicos.                 representam a     uma estimativa               biológicos
                          matéria           da matéria
                          inorgânica ou     orgânica
                          mineral           presente na
                                            água



                                                                                      27
Características Água

                     Organismos na Água

Atuam tanto no processo de depuração dos despejos ou
         associados a doenças ligadas a água
 05 Reinos: Moneras, Protista, Fungi, Plantae e Animale:

Tipo             Reino          Organismo                Células

procariontes     Monera   Bactérias, arqueobactérias,    unicelulares
                          cianobactérias

eucariontes    Protista     Protozoários e algas         unicelulares

               Fungi        Fungos                       uni ou pluri

               Plantae      Todos vegetais              pluricelulares

               Animale      Todos animais               pluricelulares

                                                                         28
Características Água

  Organismos na Água




                       29
Características Água

               Parâmetros de Qualidade
 A qualidade da água pode ser representada através de
  diversos parâmetros que traduzem as suas principais
  características físicas, químicas e biológicas

    Padrão de            Portaria 518 (2004), MS
    Potabilidade

    Padrão de             Resolução CONAMA 357
    Corpos D’Água         (2005), MMA e LE

    Padrões de           Resolução CONAMA 357
    Lançamento           (2005), MMA e LE

                                                         30
Características Água

             Parâmetros de Qualidade
 Utilizam-se indicadores para qualificar água
  de abastecimento, residual, corpo receptor
 IQA - Índice de qualidade das águas (geral);
 IAP - águas destinadas para fins de
  abastecimento público - IAP;
 IVA - águas destinadas para a proteção da vida
  aquática;
 Índice para águas destinadas para o banho -
  Classificação da Praia.
 IQE – Índice de qualidade de Efluentes (Cetrel)
                                                    31
Características Água




Parâmetros de Qualidade
                          32
cor
                   Turbidez
                   sólidos




                                  Físicas
               Temperatura
               Sabor e Odor
          Ph
         Acidez




                              1
      Alcalinidade
         dureza
        Sulfato
        Sulfeto
        Cloreto
                              2

        Cianeto
       Nitrogênio
        Fósforo
                                             Parâmetros




         Ferro
     Metais pesados
                              3
                                  Químicas




     Cloro residual
                                                                                    Características Água




        fluoreto
                                                          Parâmetros de Qualidade




          OD
          MO
          DTO
                              4




         DQO
          DBO
      Óleos/Graxas
         Fenóis
33
Onde Estudar a Aula de Hoje


Nos Livros
• Von Sperling, Marcos – Introdução a Qualidade
das Águas – Editora UFMG 3ª. Ed ( Cap. 1 –
Noções de Qualidade das Águas)
• Telles D’Alkimin, Dirceu – Reúso da Água – Ed.
Blucher (Cap. 3 – Qualidade da água)
Na Próxima Aula Veremos ...

       Tratamento de Água

Características das Águas
Parâmetros Físicos
Parâmetros Químicos
Parâmetros Biológicos
Contato




          36

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 11 qualidade de água
Aula 11   qualidade de águaAula 11   qualidade de água
Aula 11 qualidade de água
Suely Machado
 
Aula 12 introdução aos metodos tratamento - prof. nelson (area 1) - 13.10
Aula 12   introdução aos metodos tratamento - prof. nelson (area 1) - 13.10Aula 12   introdução aos metodos tratamento - prof. nelson (area 1) - 13.10
Aula 12 introdução aos metodos tratamento - prof. nelson (area 1) - 13.10
Nelson Virgilio Carvalho Filho
 
Aula 2 exercício od tratamento de águas residuárias
Aula 2   exercício od tratamento de águas residuáriasAula 2   exercício od tratamento de águas residuárias
Aula 2 exercício od tratamento de águas residuárias
Giovanna Ortiz
 
Aula 6 lagoas de estabilização e lagoas facultativas
Aula 6 lagoas de estabilização e lagoas facultativasAula 6 lagoas de estabilização e lagoas facultativas
Aula 6 lagoas de estabilização e lagoas facultativas
Giovanna Ortiz
 
Analise de agua
Analise de aguaAnalise de agua
Analise de agua
Douglas Alves
 
Efluentes domésticos e industriais
Efluentes domésticos e industriaisEfluentes domésticos e industriais
Efluentes domésticos e industriais
Rafael Luis Tembo
 
Aula 14 tratamentos biológicos - 27.10
Aula 14   tratamentos biológicos - 27.10Aula 14   tratamentos biológicos - 27.10
Aula 14 tratamentos biológicos - 27.10
Nelson Virgilio Carvalho Filho
 
Taa 8
Taa 8Taa 8
Qualidade de água
Qualidade de água Qualidade de água
Qualidade de água
LCGRH UFC
 
Tratamento dos esgotos
Tratamento dos esgotosTratamento dos esgotos
Tratamento dos esgotos
PAULO TAYLOR MACIEL DA SILVA
 
Manual Técnico Para Coleta de Amostras de Água
Manual Técnico Para Coleta de Amostras de ÁguaManual Técnico Para Coleta de Amostras de Água
Manual Técnico Para Coleta de Amostras de Água
Ministério Público de Santa Catarina
 
parametros qualidade agua
parametros qualidade aguaparametros qualidade agua
parametros qualidade agua
Raquel Gastao Daniel
 
Aula 15 - Tratamento do lodo e reuso - 03.11
Aula 15 - Tratamento do lodo e reuso - 03.11Aula 15 - Tratamento do lodo e reuso - 03.11
Aula 15 - Tratamento do lodo e reuso - 03.11
Nelson Virgilio Carvalho Filho
 
Aula 05 - Considerações projeto eta - tecnica tratamento 25.08
Aula 05 - Considerações projeto eta - tecnica tratamento 25.08Aula 05 - Considerações projeto eta - tecnica tratamento 25.08
Aula 05 - Considerações projeto eta - tecnica tratamento 25.08
Nelson Virgilio Carvalho Filho
 
Aula 7 lagoas anaeróbias e lagoas aeradas
Aula 7 lagoas anaeróbias e lagoas aeradasAula 7 lagoas anaeróbias e lagoas aeradas
Aula 7 lagoas anaeróbias e lagoas aeradas
Giovanna Ortiz
 
Aula caracterizacao efluentes
Aula caracterizacao efluentesAula caracterizacao efluentes
Aula caracterizacao efluentes
Nilton Goulart
 
Slides lodos ativados
Slides lodos ativadosSlides lodos ativados
Slides lodos ativados
Emelayne Prata
 
Teli 1
Teli 1Teli 1
Águas e Efluentes.ppt
Águas e Efluentes.pptÁguas e Efluentes.ppt
Águas e Efluentes.ppt
IFMT - Pontes e Lacerda
 
Aula 07 - Tecnicas de tratamento - parte 3 - 08.09
Aula 07 - Tecnicas de tratamento - parte 3 - 08.09Aula 07 - Tecnicas de tratamento - parte 3 - 08.09
Aula 07 - Tecnicas de tratamento - parte 3 - 08.09
Nelson Virgilio Carvalho Filho
 

Mais procurados (20)

Aula 11 qualidade de água
Aula 11   qualidade de águaAula 11   qualidade de água
Aula 11 qualidade de água
 
Aula 12 introdução aos metodos tratamento - prof. nelson (area 1) - 13.10
Aula 12   introdução aos metodos tratamento - prof. nelson (area 1) - 13.10Aula 12   introdução aos metodos tratamento - prof. nelson (area 1) - 13.10
Aula 12 introdução aos metodos tratamento - prof. nelson (area 1) - 13.10
 
Aula 2 exercício od tratamento de águas residuárias
Aula 2   exercício od tratamento de águas residuáriasAula 2   exercício od tratamento de águas residuárias
Aula 2 exercício od tratamento de águas residuárias
 
Aula 6 lagoas de estabilização e lagoas facultativas
Aula 6 lagoas de estabilização e lagoas facultativasAula 6 lagoas de estabilização e lagoas facultativas
Aula 6 lagoas de estabilização e lagoas facultativas
 
Analise de agua
Analise de aguaAnalise de agua
Analise de agua
 
Efluentes domésticos e industriais
Efluentes domésticos e industriaisEfluentes domésticos e industriais
Efluentes domésticos e industriais
 
Aula 14 tratamentos biológicos - 27.10
Aula 14   tratamentos biológicos - 27.10Aula 14   tratamentos biológicos - 27.10
Aula 14 tratamentos biológicos - 27.10
 
Taa 8
Taa 8Taa 8
Taa 8
 
Qualidade de água
Qualidade de água Qualidade de água
Qualidade de água
 
Tratamento dos esgotos
Tratamento dos esgotosTratamento dos esgotos
Tratamento dos esgotos
 
Manual Técnico Para Coleta de Amostras de Água
Manual Técnico Para Coleta de Amostras de ÁguaManual Técnico Para Coleta de Amostras de Água
Manual Técnico Para Coleta de Amostras de Água
 
parametros qualidade agua
parametros qualidade aguaparametros qualidade agua
parametros qualidade agua
 
Aula 15 - Tratamento do lodo e reuso - 03.11
Aula 15 - Tratamento do lodo e reuso - 03.11Aula 15 - Tratamento do lodo e reuso - 03.11
Aula 15 - Tratamento do lodo e reuso - 03.11
 
Aula 05 - Considerações projeto eta - tecnica tratamento 25.08
Aula 05 - Considerações projeto eta - tecnica tratamento 25.08Aula 05 - Considerações projeto eta - tecnica tratamento 25.08
Aula 05 - Considerações projeto eta - tecnica tratamento 25.08
 
Aula 7 lagoas anaeróbias e lagoas aeradas
Aula 7 lagoas anaeróbias e lagoas aeradasAula 7 lagoas anaeróbias e lagoas aeradas
Aula 7 lagoas anaeróbias e lagoas aeradas
 
Aula caracterizacao efluentes
Aula caracterizacao efluentesAula caracterizacao efluentes
Aula caracterizacao efluentes
 
Slides lodos ativados
Slides lodos ativadosSlides lodos ativados
Slides lodos ativados
 
Teli 1
Teli 1Teli 1
Teli 1
 
Águas e Efluentes.ppt
Águas e Efluentes.pptÁguas e Efluentes.ppt
Águas e Efluentes.ppt
 
Aula 07 - Tecnicas de tratamento - parte 3 - 08.09
Aula 07 - Tecnicas de tratamento - parte 3 - 08.09Aula 07 - Tecnicas de tratamento - parte 3 - 08.09
Aula 07 - Tecnicas de tratamento - parte 3 - 08.09
 

Destaque

Aula 01 inicial - apresentação e introdução
Aula 01   inicial - apresentação e introduçãoAula 01   inicial - apresentação e introdução
Aula 01 inicial - apresentação e introdução
Nelson Virgilio Carvalho Filho
 
Aula 06 - Tecnicas de tratamento - parte 2 - 01.09
Aula 06 - Tecnicas de tratamento - parte 2 - 01.09Aula 06 - Tecnicas de tratamento - parte 2 - 01.09
Aula 06 - Tecnicas de tratamento - parte 2 - 01.09
Nelson Virgilio Carvalho Filho
 
Aula 14 - Controle das reações químicas - parte I (equilíbrio químico)
Aula 14 - Controle das reações químicas - parte I (equilíbrio químico)Aula 14 - Controle das reações químicas - parte I (equilíbrio químico)
Aula 14 - Controle das reações químicas - parte I (equilíbrio químico)
Nelson Virgilio Carvalho Filho
 
Aula 09 revisão ap1- quimica aplicada engenharia
Aula 09   revisão ap1- quimica aplicada engenhariaAula 09   revisão ap1- quimica aplicada engenharia
Aula 09 revisão ap1- quimica aplicada engenharia
Nelson Virgilio Carvalho Filho
 
Aula 03 - Estrutura dos átomos e moléculas
Aula 03 - Estrutura dos átomos e moléculasAula 03 - Estrutura dos átomos e moléculas
Aula 03 - Estrutura dos átomos e moléculas
Nelson Virgilio Carvalho Filho
 
Aula 13 controle das reações químicas - parte i (cinética química) - 27.04.11
Aula 13   controle das reações químicas - parte i (cinética química) - 27.04.11Aula 13   controle das reações químicas - parte i (cinética química) - 27.04.11
Aula 13 controle das reações químicas - parte i (cinética química) - 27.04.11
Nelson Virgilio Carvalho Filho
 
Aula 16 combustão industrial e controle das emissões - parte ii - 20.05.11
Aula 16   combustão industrial e controle das emissões - parte ii - 20.05.11Aula 16   combustão industrial e controle das emissões - parte ii - 20.05.11
Aula 16 combustão industrial e controle das emissões - parte ii - 20.05.11
Nelson Virgilio Carvalho Filho
 
Aula 07 estados da materia - sólidos, líquidos e gases - 16.03
Aula 07   estados da materia - sólidos, líquidos e gases - 16.03Aula 07   estados da materia - sólidos, líquidos e gases - 16.03
Aula 07 estados da materia - sólidos, líquidos e gases - 16.03
Nelson Virgilio Carvalho Filho
 
Apostila tratamento de efluentes industriais
Apostila   tratamento de efluentes industriaisApostila   tratamento de efluentes industriais
Apostila tratamento de efluentes industriais
Livia Iost Gallucci
 
Principais processos de_tratamento_de_água_de_abastecimento_-_tania
Principais processos de_tratamento_de_água_de_abastecimento_-_taniaPrincipais processos de_tratamento_de_água_de_abastecimento_-_tania
Principais processos de_tratamento_de_água_de_abastecimento_-_tania
João Siqueira da Mata
 
Teli 2
Teli 2Teli 2
tratamento de efluentes
tratamento de efluentestratamento de efluentes
tratamento de efluentes
Jaqueline Santos
 
Teli 6
Teli 6Teli 6
Apostila tratamento de efluentes
Apostila tratamento de efluentesApostila tratamento de efluentes
Apostila tratamento de efluentes
Mônica Xavier
 
Palestra principais usos da água na indústria e técnicas
Palestra    principais usos da água na indústria e técnicasPalestra    principais usos da água na indústria e técnicas
Palestra principais usos da água na indústria e técnicas
Roeli Paulucci
 
Abiquim industria quimica-brasileira 2010
Abiquim   industria quimica-brasileira 2010Abiquim   industria quimica-brasileira 2010
Abiquim industria quimica-brasileira 2010
Nelson Virgilio Carvalho Filho
 
Aula 07 tecnologias da eng quimica - reatores quimicos - 18.03
Aula 07   tecnologias da eng quimica - reatores quimicos - 18.03Aula 07   tecnologias da eng quimica - reatores quimicos - 18.03
Aula 07 tecnologias da eng quimica - reatores quimicos - 18.03
Nelson Virgilio Carvalho Filho
 

Destaque (17)

Aula 01 inicial - apresentação e introdução
Aula 01   inicial - apresentação e introduçãoAula 01   inicial - apresentação e introdução
Aula 01 inicial - apresentação e introdução
 
Aula 06 - Tecnicas de tratamento - parte 2 - 01.09
Aula 06 - Tecnicas de tratamento - parte 2 - 01.09Aula 06 - Tecnicas de tratamento - parte 2 - 01.09
Aula 06 - Tecnicas de tratamento - parte 2 - 01.09
 
Aula 14 - Controle das reações químicas - parte I (equilíbrio químico)
Aula 14 - Controle das reações químicas - parte I (equilíbrio químico)Aula 14 - Controle das reações químicas - parte I (equilíbrio químico)
Aula 14 - Controle das reações químicas - parte I (equilíbrio químico)
 
Aula 09 revisão ap1- quimica aplicada engenharia
Aula 09   revisão ap1- quimica aplicada engenhariaAula 09   revisão ap1- quimica aplicada engenharia
Aula 09 revisão ap1- quimica aplicada engenharia
 
Aula 03 - Estrutura dos átomos e moléculas
Aula 03 - Estrutura dos átomos e moléculasAula 03 - Estrutura dos átomos e moléculas
Aula 03 - Estrutura dos átomos e moléculas
 
Aula 13 controle das reações químicas - parte i (cinética química) - 27.04.11
Aula 13   controle das reações químicas - parte i (cinética química) - 27.04.11Aula 13   controle das reações químicas - parte i (cinética química) - 27.04.11
Aula 13 controle das reações químicas - parte i (cinética química) - 27.04.11
 
Aula 16 combustão industrial e controle das emissões - parte ii - 20.05.11
Aula 16   combustão industrial e controle das emissões - parte ii - 20.05.11Aula 16   combustão industrial e controle das emissões - parte ii - 20.05.11
Aula 16 combustão industrial e controle das emissões - parte ii - 20.05.11
 
Aula 07 estados da materia - sólidos, líquidos e gases - 16.03
Aula 07   estados da materia - sólidos, líquidos e gases - 16.03Aula 07   estados da materia - sólidos, líquidos e gases - 16.03
Aula 07 estados da materia - sólidos, líquidos e gases - 16.03
 
Apostila tratamento de efluentes industriais
Apostila   tratamento de efluentes industriaisApostila   tratamento de efluentes industriais
Apostila tratamento de efluentes industriais
 
Principais processos de_tratamento_de_água_de_abastecimento_-_tania
Principais processos de_tratamento_de_água_de_abastecimento_-_taniaPrincipais processos de_tratamento_de_água_de_abastecimento_-_tania
Principais processos de_tratamento_de_água_de_abastecimento_-_tania
 
Teli 2
Teli 2Teli 2
Teli 2
 
tratamento de efluentes
tratamento de efluentestratamento de efluentes
tratamento de efluentes
 
Teli 6
Teli 6Teli 6
Teli 6
 
Apostila tratamento de efluentes
Apostila tratamento de efluentesApostila tratamento de efluentes
Apostila tratamento de efluentes
 
Palestra principais usos da água na indústria e técnicas
Palestra    principais usos da água na indústria e técnicasPalestra    principais usos da água na indústria e técnicas
Palestra principais usos da água na indústria e técnicas
 
Abiquim industria quimica-brasileira 2010
Abiquim   industria quimica-brasileira 2010Abiquim   industria quimica-brasileira 2010
Abiquim industria quimica-brasileira 2010
 
Aula 07 tecnologias da eng quimica - reatores quimicos - 18.03
Aula 07   tecnologias da eng quimica - reatores quimicos - 18.03Aula 07   tecnologias da eng quimica - reatores quimicos - 18.03
Aula 07 tecnologias da eng quimica - reatores quimicos - 18.03
 

Semelhante a Aula 02 - Caracterização das águas

1 conceitos introdutórios
1 conceitos introdutórios1 conceitos introdutórios
1 conceitos introdutórios
Gilson Adao
 
01
0101
Aspectos fundamentais da microbiologia analítica da água
Aspectos fundamentais da microbiologia analítica da águaAspectos fundamentais da microbiologia analítica da água
Aspectos fundamentais da microbiologia analítica da água
Denyse Cruz
 
Formaçao capa conformidade
Formaçao capa   conformidadeFormaçao capa   conformidade
Formaçao capa conformidade
Adriano Gomes
 
Água Potável
Água PotávelÁgua Potável
Água Potável
claudialopes
 
2 aula qualidadeparamentros
2 aula qualidadeparamentros2 aula qualidadeparamentros
2 aula qualidadeparamentros
Filgueira Nogueira
 
AULA 02 ÁGUAS RESIDUÁRIAS.pdf
AULA 02 ÁGUAS RESIDUÁRIAS.pdfAULA 02 ÁGUAS RESIDUÁRIAS.pdf
AULA 02 ÁGUAS RESIDUÁRIAS.pdf
WeslleyMaycon
 
Slides 02- TE -Caracteristicas dos Efluentes.pptx
Slides 02- TE -Caracteristicas dos Efluentes.pptxSlides 02- TE -Caracteristicas dos Efluentes.pptx
Slides 02- TE -Caracteristicas dos Efluentes.pptx
Elienai Carvalho Cardoso
 
Sistema de coleta Trat de esgoto-Introdução.pptx
Sistema de coleta Trat de esgoto-Introdução.pptxSistema de coleta Trat de esgoto-Introdução.pptx
Sistema de coleta Trat de esgoto-Introdução.pptx
Francisca Nara Moreira
 
46455 apostila i--_água_ifpe
46455 apostila i--_água_ifpe46455 apostila i--_água_ifpe
46455 apostila i--_água_ifpe
Gracipaula Duarte
 
Apostila sobre tratatamento de agua
Apostila sobre tratatamento de aguaApostila sobre tratatamento de agua
Apostila sobre tratatamento de agua
Henrique rebouças
 
Agua na terra
Agua na terraAgua na terra
Agua na terra
M. Eugénia Antunes
 
Agua
AguaAgua
Qualidade da agua aula 2
Qualidade da agua   aula 2Qualidade da agua   aula 2
Qualidade da agua aula 2
LeoncioFonsecaJr
 
Tema 1 TTA.pptx
Tema 1  TTA.pptxTema 1  TTA.pptx
Tema 1 TTA.pptx
BaptistaBoanha
 
Apresentação luiz di bernardo 1- seminário cianobactérias
Apresentação   luiz di bernardo 1- seminário cianobactériasApresentação   luiz di bernardo 1- seminário cianobactérias
Apresentação luiz di bernardo 1- seminário cianobactérias
Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Doce - CBH-Doce
 
Slides 7 - PMA_Parâmetros Qumico - PARTE 01.pptx
Slides 7 - PMA_Parâmetros Qumico - PARTE 01.pptxSlides 7 - PMA_Parâmetros Qumico - PARTE 01.pptx
Slides 7 - PMA_Parâmetros Qumico - PARTE 01.pptx
Elienai Cardoso
 
Tratamento de resíduos e efluentes
Tratamento de resíduos e efluentesTratamento de resíduos e efluentes
Tratamento de resíduos e efluentes
RafaelNeves651350
 
Tecnologia de Tratamento de Água e Efluente. Parte1
Tecnologia de Tratamento de Água e Efluente. Parte1Tecnologia de Tratamento de Água e Efluente. Parte1
Tecnologia de Tratamento de Água e Efluente. Parte1
Roberto Emery-Trindade
 
Aula 2 Higiene e segurança dos alimentos.pptx
Aula 2 Higiene e segurança dos alimentos.pptxAula 2 Higiene e segurança dos alimentos.pptx
Aula 2 Higiene e segurança dos alimentos.pptx
JaquelineRumo
 

Semelhante a Aula 02 - Caracterização das águas (20)

1 conceitos introdutórios
1 conceitos introdutórios1 conceitos introdutórios
1 conceitos introdutórios
 
01
0101
01
 
Aspectos fundamentais da microbiologia analítica da água
Aspectos fundamentais da microbiologia analítica da águaAspectos fundamentais da microbiologia analítica da água
Aspectos fundamentais da microbiologia analítica da água
 
Formaçao capa conformidade
Formaçao capa   conformidadeFormaçao capa   conformidade
Formaçao capa conformidade
 
Água Potável
Água PotávelÁgua Potável
Água Potável
 
2 aula qualidadeparamentros
2 aula qualidadeparamentros2 aula qualidadeparamentros
2 aula qualidadeparamentros
 
AULA 02 ÁGUAS RESIDUÁRIAS.pdf
AULA 02 ÁGUAS RESIDUÁRIAS.pdfAULA 02 ÁGUAS RESIDUÁRIAS.pdf
AULA 02 ÁGUAS RESIDUÁRIAS.pdf
 
Slides 02- TE -Caracteristicas dos Efluentes.pptx
Slides 02- TE -Caracteristicas dos Efluentes.pptxSlides 02- TE -Caracteristicas dos Efluentes.pptx
Slides 02- TE -Caracteristicas dos Efluentes.pptx
 
Sistema de coleta Trat de esgoto-Introdução.pptx
Sistema de coleta Trat de esgoto-Introdução.pptxSistema de coleta Trat de esgoto-Introdução.pptx
Sistema de coleta Trat de esgoto-Introdução.pptx
 
46455 apostila i--_água_ifpe
46455 apostila i--_água_ifpe46455 apostila i--_água_ifpe
46455 apostila i--_água_ifpe
 
Apostila sobre tratatamento de agua
Apostila sobre tratatamento de aguaApostila sobre tratatamento de agua
Apostila sobre tratatamento de agua
 
Agua na terra
Agua na terraAgua na terra
Agua na terra
 
Agua
AguaAgua
Agua
 
Qualidade da agua aula 2
Qualidade da agua   aula 2Qualidade da agua   aula 2
Qualidade da agua aula 2
 
Tema 1 TTA.pptx
Tema 1  TTA.pptxTema 1  TTA.pptx
Tema 1 TTA.pptx
 
Apresentação luiz di bernardo 1- seminário cianobactérias
Apresentação   luiz di bernardo 1- seminário cianobactériasApresentação   luiz di bernardo 1- seminário cianobactérias
Apresentação luiz di bernardo 1- seminário cianobactérias
 
Slides 7 - PMA_Parâmetros Qumico - PARTE 01.pptx
Slides 7 - PMA_Parâmetros Qumico - PARTE 01.pptxSlides 7 - PMA_Parâmetros Qumico - PARTE 01.pptx
Slides 7 - PMA_Parâmetros Qumico - PARTE 01.pptx
 
Tratamento de resíduos e efluentes
Tratamento de resíduos e efluentesTratamento de resíduos e efluentes
Tratamento de resíduos e efluentes
 
Tecnologia de Tratamento de Água e Efluente. Parte1
Tecnologia de Tratamento de Água e Efluente. Parte1Tecnologia de Tratamento de Água e Efluente. Parte1
Tecnologia de Tratamento de Água e Efluente. Parte1
 
Aula 2 Higiene e segurança dos alimentos.pptx
Aula 2 Higiene e segurança dos alimentos.pptxAula 2 Higiene e segurança dos alimentos.pptx
Aula 2 Higiene e segurança dos alimentos.pptx
 

Mais de Nelson Virgilio Carvalho Filho

Aula 05 - Estrutura dos átomos e molécula II (ligações quimicas)
Aula 05 - Estrutura dos átomos e molécula II (ligações quimicas)Aula 05 - Estrutura dos átomos e molécula II (ligações quimicas)
Aula 05 - Estrutura dos átomos e molécula II (ligações quimicas)
Nelson Virgilio Carvalho Filho
 
Aula 02 ferramentas da química - 09.02.11
Aula 02   ferramentas da química - 09.02.11Aula 02   ferramentas da química - 09.02.11
Aula 02 ferramentas da química - 09.02.11
Nelson Virgilio Carvalho Filho
 
Aula 01 introdução e apresentação do curso - prof. nelson (area 1) - 02.02.11
Aula 01   introdução e apresentação do curso - prof. nelson (area 1) - 02.02.11Aula 01   introdução e apresentação do curso - prof. nelson (area 1) - 02.02.11
Aula 01 introdução e apresentação do curso - prof. nelson (area 1) - 02.02.11
Nelson Virgilio Carvalho Filho
 
Aula 15 combustão industrial e controle das emissões - parte i - 13.05.11
Aula 15   combustão industrial e controle das emissões - parte i - 13.05.11Aula 15   combustão industrial e controle das emissões - parte i - 13.05.11
Aula 15 combustão industrial e controle das emissões - parte i - 13.05.11
Nelson Virgilio Carvalho Filho
 
Aula 14 balanço de energia em processos químicos - 06.05.11
Aula 14   balanço de energia em processos químicos - 06.05.11Aula 14   balanço de energia em processos químicos - 06.05.11
Aula 14 balanço de energia em processos químicos - 06.05.11
Nelson Virgilio Carvalho Filho
 
Aula 13 balanço de massa - prof. nelson (area 1) - 29.04.11
Aula 13   balanço de massa - prof. nelson (area 1) - 29.04.11Aula 13   balanço de massa - prof. nelson (area 1) - 29.04.11
Aula 13 balanço de massa - prof. nelson (area 1) - 29.04.11
Nelson Virgilio Carvalho Filho
 
Aula 11 petroquimica - prof. nelson (area 1) - 15.04.11
Aula 11   petroquimica - prof. nelson (area 1) - 15.04.11Aula 11   petroquimica - prof. nelson (area 1) - 15.04.11
Aula 11 petroquimica - prof. nelson (area 1) - 15.04.11
Nelson Virgilio Carvalho Filho
 
Aula 09 tecnologia da engenharia química - operações unitárias ii - 01.04
Aula 09   tecnologia da engenharia química - operações unitárias ii - 01.04Aula 09   tecnologia da engenharia química - operações unitárias ii - 01.04
Aula 09 tecnologia da engenharia química - operações unitárias ii - 01.04
Nelson Virgilio Carvalho Filho
 
Aula 08 tecnologia da engenharia química - operações unitárias i - 25.03.11
Aula 08   tecnologia da engenharia química - operações unitárias i - 25.03.11Aula 08   tecnologia da engenharia química - operações unitárias i - 25.03.11
Aula 08 tecnologia da engenharia química - operações unitárias i - 25.03.11
Nelson Virgilio Carvalho Filho
 
Aula 06 tecnologia da engenharia química - reações industriais - 11.03.11
Aula 06   tecnologia da engenharia química - reações industriais - 11.03.11Aula 06   tecnologia da engenharia química - reações industriais - 11.03.11
Aula 06 tecnologia da engenharia química - reações industriais - 11.03.11
Nelson Virgilio Carvalho Filho
 

Mais de Nelson Virgilio Carvalho Filho (10)

Aula 05 - Estrutura dos átomos e molécula II (ligações quimicas)
Aula 05 - Estrutura dos átomos e molécula II (ligações quimicas)Aula 05 - Estrutura dos átomos e molécula II (ligações quimicas)
Aula 05 - Estrutura dos átomos e molécula II (ligações quimicas)
 
Aula 02 ferramentas da química - 09.02.11
Aula 02   ferramentas da química - 09.02.11Aula 02   ferramentas da química - 09.02.11
Aula 02 ferramentas da química - 09.02.11
 
Aula 01 introdução e apresentação do curso - prof. nelson (area 1) - 02.02.11
Aula 01   introdução e apresentação do curso - prof. nelson (area 1) - 02.02.11Aula 01   introdução e apresentação do curso - prof. nelson (area 1) - 02.02.11
Aula 01 introdução e apresentação do curso - prof. nelson (area 1) - 02.02.11
 
Aula 15 combustão industrial e controle das emissões - parte i - 13.05.11
Aula 15   combustão industrial e controle das emissões - parte i - 13.05.11Aula 15   combustão industrial e controle das emissões - parte i - 13.05.11
Aula 15 combustão industrial e controle das emissões - parte i - 13.05.11
 
Aula 14 balanço de energia em processos químicos - 06.05.11
Aula 14   balanço de energia em processos químicos - 06.05.11Aula 14   balanço de energia em processos químicos - 06.05.11
Aula 14 balanço de energia em processos químicos - 06.05.11
 
Aula 13 balanço de massa - prof. nelson (area 1) - 29.04.11
Aula 13   balanço de massa - prof. nelson (area 1) - 29.04.11Aula 13   balanço de massa - prof. nelson (area 1) - 29.04.11
Aula 13 balanço de massa - prof. nelson (area 1) - 29.04.11
 
Aula 11 petroquimica - prof. nelson (area 1) - 15.04.11
Aula 11   petroquimica - prof. nelson (area 1) - 15.04.11Aula 11   petroquimica - prof. nelson (area 1) - 15.04.11
Aula 11 petroquimica - prof. nelson (area 1) - 15.04.11
 
Aula 09 tecnologia da engenharia química - operações unitárias ii - 01.04
Aula 09   tecnologia da engenharia química - operações unitárias ii - 01.04Aula 09   tecnologia da engenharia química - operações unitárias ii - 01.04
Aula 09 tecnologia da engenharia química - operações unitárias ii - 01.04
 
Aula 08 tecnologia da engenharia química - operações unitárias i - 25.03.11
Aula 08   tecnologia da engenharia química - operações unitárias i - 25.03.11Aula 08   tecnologia da engenharia química - operações unitárias i - 25.03.11
Aula 08 tecnologia da engenharia química - operações unitárias i - 25.03.11
 
Aula 06 tecnologia da engenharia química - reações industriais - 11.03.11
Aula 06   tecnologia da engenharia química - reações industriais - 11.03.11Aula 06   tecnologia da engenharia química - reações industriais - 11.03.11
Aula 06 tecnologia da engenharia química - reações industriais - 11.03.11
 

Último

Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Pedro Luis Moraes
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdfTrabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
erico paulo rocha guedes
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
MarceloMonteiro213738
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdfTrabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 

Aula 02 - Caracterização das águas

  • 1. Tratamento de Água e Efluentes 2º. Sem./2010 Eng.Ambiental
  • 2. 2
  • 3. Programa I UNIDADE  Introdução – Histórico – Panorama  Caracterização das Águas e Esgotos  Princípios Químicos, Físicos e Biológicos do TA  Interpretação de Análises e Elaboração de Laudos  Considerações Projetos e Técnicas de Tratamento  Tecnologia para Tratamento de Água  Parâmetros de controle de qualidade de Água  Legislação Aplicada e Padrões 3
  • 4. Nesta Aula Veremos ...  Introdução – Notícias sites  Estudo de Caso Água do Rio do Antônio-BA  Estudo de Caso Rio Brumado-BA  Noções de Qualidade das Águas  Uso das Águas  Impurezas Encontradas nas Águas  Parâmetros de Qualidade da Água
  • 8. Introdução A UFBA divulga análise da água do rio do Antônio "Observando estes resultados comprovados pela Dra. Xxxxxxx – Coord. do Lab. de Bromatologia - UFBA, conclui-se que a água consumida pela população rioantoniense, fornecida pela EMBASA, atende ao que é estabelecido na PORTARIA 518, de 25 de março de 2004 Fonte: “Diário eletrônico” – Cidade Rio do Antônio – www.cemflorindosilveira.com.br/ 8
  • 11. Introdução Perguntas: Este Laudo esta Completo ? Os parâmetros apresentados atendente as exigências da Portaria 518 ? Quantos e quais parâmetros são necessários para se mensurar a qualidade de uma amostra de água ? O você beberia desta água (sem tratamento) ? 11
  • 12. “ ... Deve considerar-se que uma água esta poluída, quando a sua composição ou o seu estado estão de tal modo alterados que já não reúnem as condições necessárias para as utilizações para as quais estava destinada no seu estado natural”. OMS - ONU 12
  • 13. Características Água Noções de Qualidade “A Água devido às suas propriedades como solvente e à sua capacidade de transportar partículas, incorpora a si diversas impurezas as quais definem a qualidade da água” Condições Naturais Interferência Antrópica 13
  • 14. Características Água Noções de Qualidade Bacia Hidrográfica: é uma área natural cujos limites são definidos pelos pontos mais altos do relevo (divisores de água) e dentro da qual a água pluvial é drenada superficialmente por um curso de água principal até sua saída da bacia, no local mais baixo do relevo, ou seja, na foz do curso d’água. 14
  • 15. Características Água Noções de Qualidade Exemplo da inter- relação entre o uso e a ocupação do solo e focos alterados da qualidade da água (adaptado Von Sperling) 15
  • 16. 16
  • 17. Características Água Noções de Qualidade Qualidade Existente x Qualidade Desejável Existente: função das condições naturais e do uso e da ocupação do solo na bacia hidrográfica Desejável: função do uso previsto 17
  • 18. Características Água Principais Usos abastecimento doméstico abastecimento industrial irrigação dessedentação de animais preservação flora e fauna recreação e lazer criação de espécies geração de energia navegação harmonia paisagística diluição e transporte de dejetos 18
  • 19. Características Água Rotas Uso Ciclos internos: água bruta água tratada água usada (esgoto bruto) esgoto tratado água pluvial corpo receptor reuso 19
  • 20. Características Água Rotas Uso 20
  • 21. Características Água Uso e Qualidade Requerida Uso Uso doméstico industrial • Requer • Requer a satisfação de satisfação de diversos critérios critérios de específicos de qualidade qualidade exceção: uso menos uso múltiplo: no nobre na diluição de processo ou como dejetos (esgoto) utilidades 21
  • 22. Características Água Impurezas na Água Água Pura não existe !!! Requisitos de Potabilidade Inofensiva a saúde Agradável aos sentidos Adequada para uso domiciliar 22
  • 23. Características Água Impurezas na Água Uma Água contaminada ou poluída pode ser observada pelas alterações ... biológic físicas as Eco toxicol ógicas químicas 23
  • 24. Características Água impurezas Físicas Químicas Biológicas Sólidos gases inorgânicos Orgânicos Seres vivos suspensos Matéria em Animais decomposição coloidais Vegetais dissolvidos microrganismos 24
  • 25. Características Água Sólidos - classificação Todos os contaminantes presentes na água (exceção gases) contribuem para carga de sólidos: Classificação pelas características físicas Sólidos em suspensão Sólidos coloidais Sólidos dissolvidos Classificação pelas características químicas Sólidos inorgânicos Sólidos orgânicos 25
  • 26. Características Água Sólidos – por tamanho 26
  • 27. Características Água Sólidos – por química Ao submeter os sólidos a temperatura elevada (550º C), a fração orgânica é volatilizada, permanecendo, após combustão, a fração inorgânica (não voláteis): Removidos inorgânicos ou sólidos não ou sólidos Removidos por voláteis (fixos voláteis, por orgânicos processos ou inertes), representam processos físicos. representam a uma estimativa biológicos matéria da matéria inorgânica ou orgânica mineral presente na água 27
  • 28. Características Água Organismos na Água Atuam tanto no processo de depuração dos despejos ou associados a doenças ligadas a água 05 Reinos: Moneras, Protista, Fungi, Plantae e Animale: Tipo Reino Organismo Células procariontes Monera Bactérias, arqueobactérias, unicelulares cianobactérias eucariontes Protista Protozoários e algas unicelulares Fungi Fungos uni ou pluri Plantae Todos vegetais pluricelulares Animale Todos animais pluricelulares 28
  • 29. Características Água Organismos na Água 29
  • 30. Características Água Parâmetros de Qualidade  A qualidade da água pode ser representada através de diversos parâmetros que traduzem as suas principais características físicas, químicas e biológicas Padrão de Portaria 518 (2004), MS Potabilidade Padrão de Resolução CONAMA 357 Corpos D’Água (2005), MMA e LE Padrões de Resolução CONAMA 357 Lançamento (2005), MMA e LE 30
  • 31. Características Água Parâmetros de Qualidade  Utilizam-se indicadores para qualificar água de abastecimento, residual, corpo receptor  IQA - Índice de qualidade das águas (geral);  IAP - águas destinadas para fins de abastecimento público - IAP;  IVA - águas destinadas para a proteção da vida aquática;  Índice para águas destinadas para o banho - Classificação da Praia.  IQE – Índice de qualidade de Efluentes (Cetrel) 31
  • 33. cor Turbidez sólidos Físicas Temperatura Sabor e Odor Ph Acidez 1 Alcalinidade dureza Sulfato Sulfeto Cloreto 2 Cianeto Nitrogênio Fósforo Parâmetros Ferro Metais pesados 3 Químicas Cloro residual Características Água fluoreto Parâmetros de Qualidade OD MO DTO 4 DQO DBO Óleos/Graxas Fenóis 33
  • 34. Onde Estudar a Aula de Hoje Nos Livros • Von Sperling, Marcos – Introdução a Qualidade das Águas – Editora UFMG 3ª. Ed ( Cap. 1 – Noções de Qualidade das Águas) • Telles D’Alkimin, Dirceu – Reúso da Água – Ed. Blucher (Cap. 3 – Qualidade da água)
  • 35. Na Próxima Aula Veremos ... Tratamento de Água Características das Águas Parâmetros Físicos Parâmetros Químicos Parâmetros Biológicos
  • 36. Contato 36