Diagnóstico Socialdo Concelho de Ponte de Lima
Apresentação• A intervenção social em rede exige um referencial de leitura e interpretação dosproblemas existentes, numa p...
Metodologia• A escolha de métodos e técnicas utilizados foram delineados através de uma colaboraçãoestreita entre o Núcleo...
Demografia / População• Analisando os dados relativos ao total dapopulação residente no concelho dePonte de Lima registado...
Pirâmide etária 2011332225051198051873414110063463262112.000 7.000 2.000 3.000 8.0000 a 14 anos15 a 24 anos25 a 64 anos> 6...
Índice de envelhecimento por freguesia e variação dapopulação idosa, 2001/2011
Nível de instruçãoPopulação residente por nível de escolaridade mais elevado completo, 2011• Tendo em conta os valores glo...
EducaçãoNuma análise ao gráfico acima, constata-se que a taxa de analfabetismo de Ponte de Lima encontra-seem 2011 nos 7,1...
Famílias• Numa análise às famílias clássicas,Ponte de Lima, entre 2001/2011verificou um aumento de 8,9% no seutotal.• Em r...
AssociativismoContabilizam-se no concelho dePonte de Lima um total de 129associações e colectividades de carizcultural, re...
Emprego e Formação profissionalPopulaçãoempregada(Nº)Taxa deactividade(%)Taxa dedesemprego (%)Minho-Lima 91.794 42,5 11,8A...
Taxa de desemprego 2001/201113,16,27,06,35,98,07,86,05,27,76,76,79,712,512,411,913,111,19,89,810,211,802468101214Minho-Lim...
Taxa de desemprego por freguesia e sexoAs freguesias com valores mais altos dedesemprego são essencialmente as deperiferia...
Estrutura do emprego3,9 4,434,843,227,822,433,5 30,001020304050Sector primário SectorsecundárioSector terciário(social)Sec...
Empresas do concelhoVolume de negócios segundo CAEmilhares de euros6.20902.747272.5259.742226.71478.471B - Indústrias exta...
Acção socialFREGUESIA IPSS ESTABELECIMENTO RESPOSTA SOCIAL N.º UTENTESAPPACDM - Viana Castelo CAO - Ponte de Lima Centro A...
• Existem em Ponte de Lima 16 equipamentos sociais deresposta às necessidades da população. Desde crianças ejovens, adulto...
Equipamentos de apoio socialQuanto à localização dosequipamentos de apoio social, épossível verificar uma maiorconcentraçã...
Equipamentos sociais de apoio à infância ejuventudeQuanto à localização dosequipamentos sociais de apoio àinfância e juven...
Equipamentos de apoio social a idosos epessoas dependentesRelativamente aos equipamentos deapoio social a idosos e pessoas...
Identificação dos Problemasconcelhios por eixos de intervenção
EIXO I - VALORIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO,EMPREGO E FORMAÇÃOÁREAS TEMÁTICAS PROBLEMAS IDENTIFICADOSEducação• Desvalorização da esco...
EIXO II - CAPACITAÇÃO DA FAMÍLIA ECOMUNIDADE PARA A CIDADANIAÁREAS TEMÁTICAS PROBLEMAS IDENTIFICADOSFamília• Gestão desade...
EIXO III - PROMOÇÃO DO ENVELHECIMENTOACTIVOÁREAS TEMÁTICAS PROBLEMAS IDENTIFICADOSEnvelhecimento• Aumento do índice de dep...
EIXO IV - QUALIFICAÇÃO DAS RESPOSTASSOCIAISÁREAS TEMÁTICAS PROBLEMAS IDENTIFICADOSRespostas sociais• Insuficientes respost...
Análise SWOT por Eixos de Intervenção
EIXO I - VALORIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO,EMPREGO E FORMAÇÃOPONTOS FORTES PONTOS FRACOS Conjunto de medidas no âmbito do emprego e...
PONTOS FORTES (cont.) PONTOS FRACOS (cont.) Elevado número de entidades formadorasacreditadas que promovem respostasdiver...
OPORTUNIDADES AMEAÇAS Políticas de apoio ao empregoexpressas no programa Emprego 2010(estágios profissionais, InovJovem,I...
EIXO II - CAPACITAÇÃO DA FAMÍLIA ECOMUNIDADE PARA A CIDADANIAPONTOS FORTES PONTOS FRACOS Existência de IPSS’s e Associaçõ...
EIXO III - PROMOÇÃO DO ENVELHECIMENTOACTIVOPONTOS FORTES PONTOS FRACOS Existência de IPSS’s e Associações activas noterri...
OPORTUNIDADES AMEAÇAS Estabelecimento de parcerias com asentidades locais e estatais (Juntas deFreguesia, câmara IPSS’s);...
EIXO IV - QUALIFICAÇÃO DAS RESPOSTASSOCIAISPONTOS FORTES PONTOS FRACOS Equipamentos sociais existentes; Qualidade dos se...
OPORTUNIDADES AMEAÇAS Criação de um Banco de Voluntariado; Aposta na divulgação dos serviços prestadospelas instituições...
Diagnóstico Social do Concelho de Ponte de Lima
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Diagnóstico Social do Concelho de Ponte de Lima

1.177 visualizações

Publicada em

O Diagnóstico Social do Concelho de Ponte de Lima tem como objectivo apoiar o trabalho das instituições do concelho como um instrumento de trabalho, que permita uma leitura mais sustentada e rigorosa da sua realidade.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.177
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
202
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Diagnóstico Social do Concelho de Ponte de Lima

  1. 1. Diagnóstico Socialdo Concelho de Ponte de Lima
  2. 2. Apresentação• A intervenção social em rede exige um referencial de leitura e interpretação dosproblemas existentes, numa perspectiva analítica comum, geradora dearticulações e na convergência de objectivos e procedimentos.• Será o Diagnóstico Social o instrumento de um bom plano, ao permitir umacompreensão da realidade social, que inclui a identificação das necessidades edetecção dos problemas prioritários e respectivas causalidades, bem como dosrecursos e das potencialidades locais, que constituem reais oportunidades dedesenvolvimento.• O Diagnóstico Social do Concelho de Ponte de Lima tem como objectivo apoiar otrabalho das instituições do concelho como um instrumento de trabalho, quepermita uma leitura mais sustentada e rigorosa da sua realidade.
  3. 3. Metodologia• A escolha de métodos e técnicas utilizados foram delineados através de uma colaboraçãoestreita entre o Núcleo Executivo do CLAS de Ponte de Lima e a equipa técnica do projectoCapacitar para a Qualificação e a Inovação das Redes Sociais do Minho-Lima, pelo quepara a caracterização geral do concelho foram tratados uma bateria de indicadores préestabelecidos, nomeadamente ao nível da: DEMOGRAFIA, HABITAÇÃO, EDUCAÇÃO,ASSOCIATIVISMO, SAÚDE, ACÇÃO SOCIAL, SEGURANÇA, EMPREGO, ACTIVIDADEECONÓMICA e AMBIENTE.• A par da recolha e análise de dados estatísticos do INE e outros, procedeu-se também auma metodologia mais participativa, onde se convidou entidades do CLAS para participaçãonum workshop, onde a técnica adoptada foi a Nuvem de Problemas.• Concludentemente, para uma análise estratégica das problemáticas discutidas na Nuvem deProblemas procedeu-se à análise SWOT que consistiu na identificação das fraquezas,forças, oportunidades e ameaças de cada uma das problemáticas diagnosticadas pelosparceiros sociais.
  4. 4. Demografia / População• Analisando os dados relativos ao total dapopulação residente no concelho dePonte de Lima registados em 2001 e 2011(44.343 e 43.498 habitantes,respectivamente), verifica-se umavariação populacional de -1,9%, que emnúmeros absolutos se traduz numadiminuição de 845 indivíduos residentesno concelho. Esta variação negativa vemcontrastar com os valores verificadosanteriormente, entre 1991/2001, intervaloque apresentou um crescimentopopulacional de 2,1%. Estamos assimperante um processo acelerado doenvelhecimento aliado ao declínio dafecundidade devido às transformaçõeseconómicas e sociais.
  5. 5. Pirâmide etária 2011332225051198051873414110063463262112.000 7.000 2.000 3.000 8.0000 a 14 anos15 a 24 anos25 a 64 anos> 65 anosMulheres HomensDa análise da distribuição da população residente no concelho de Ponte de Lima porgrupos etários conclui-se que, a população idosa (65 ou mais anos) (19,9%) é superiorà população jovem (0-14 anos) (15,5 %). Este facto demonstra que a população doconcelho tende para um progressivo envelhecimento, uma vez que a percentagem deidosos aumentou de 16,9 %, em 2001, para 19,9 %, em 2011.Por outro lado, a população jovem diminuiu no concelho, no período intercensitário de2001/2011, passando de 18,1 %, em 2001, para 15,5 %, em 2011
  6. 6. Índice de envelhecimento por freguesia e variação dapopulação idosa, 2001/2011
  7. 7. Nível de instruçãoPopulação residente por nível de escolaridade mais elevado completo, 2011• Tendo em conta os valores globaisdos concelhos do Minho-Lima, Pontede Lima encontra-se num contexto deescolaridade baixa. Isto é, apercentagem de pessoas semqualquer nível de escolaridade epercentagem de pessoas com apenaso 1.º ciclo do ensino básicorepresentam 50% da população doconcelho.• Quanto às taxas relativas àescolaridade básica do 2.º e 3º ciclo,Ponte de Lima apresenta-se algunspontos percentuais acima da médiado Minho-Lima. Contudo, é relativo àstaxas de nível de escolaridade maiselevadas, a partir do secundário, queo concelho vê as suas taxas baixar.Sendo que a taxa a nível do ensinosuperior é bastante inferior à médiado Minho-Lima.
  8. 8. EducaçãoNuma análise ao gráfico acima, constata-se que a taxa de analfabetismo de Ponte de Lima encontra-seem 2011 nos 7,1%, sendo que a média dos concelhos do Minho-Lima situa-se ligeiramente abaixo, nos6,9%. Destacando-se pela negativa concelhos como Arcos de Valdevez e Paredes de Coura.Contrariamente, apresentam-se Caminha e Viana do Castelo com as taxas mais baixas.De referir a diminuição significativa em relação à anterior década (2001) onde a taxa de analfabetismode Ponte de Lima se situava nos 12%.Relativamente ao abandono escolar, Ponte de Lima em 2001 destacava-se pela negativa, apresentandoo valor mais elevado no Minho-Lima (3,7%). Contudo, em 2011 registou uma taxa de abandonorelativamente inferior, de 1,2%, apresentando-se assim com a terceira taxa mais baixa do Minho-Lima,logo a seguir Melgaço e Vila Nova de Cerveira.Taxa de analfabetismo e Percentagem de abandono escolar201112,69,58,111,45,16,10,8 1,24,47,111,14,46,91,01,22,61,62,31,41,81,81,402468101214Minho-LimaArcosdeValdevezCaminhaMelgaçoMonçãoParedesdeCouraPontedaBarcaPontedeLimaValençaVianadoCasteloVilaNovadeCerveiraTaxa de Analfabetismo Percentagem de Abandono Escolar
  9. 9. Famílias• Numa análise às famílias clássicas,Ponte de Lima, entre 2001/2011verificou um aumento de 8,9% no seutotal.• Em relação à sua dimensão é visíveluma predominância das famíliascompostas por 2 pessoas, e logo depoistambém com grande expressão asfamílias compostas por 3 pessoas.• Quanto aos outros tipos de famíliaexistentes no concelho é possívelverificar a existência de 11,6% defamílias clássicas unipessoais, queserão as famílias clássicas constituídaspor apenas uma pessoa.• Com 11,3% apresentam-se os núcleosfamiliares monoparentais, núcleosfamiliares que integram apenas um dosprogenitores, pai ou mãe, com filho(s).• Apenas 7,61% são famílias clássicas depessoas com 65 anos ou mais.
  10. 10. AssociativismoContabilizam-se no concelho dePonte de Lima um total de 129associações e colectividades de carizcultural, recreativo e desportivo,sendo estas distribuídas pela maioriadas freguesias, sendo as freguesiasde Ponte de Lima e Correlhã queconcentram um maior número deassociações
  11. 11. Emprego e Formação profissionalPopulaçãoempregada(Nº)Taxa deactividade(%)Taxa dedesemprego (%)Minho-Lima 91.794 42,5 11,8Arcos de Valdevez 7.058 34,4 10,2Caminha 6.263 43,2 13,1Melgaço 2.620 31,5 9,8Monção 6.516 37,6 9,8Paredes de Coura 3.348 40,9 11,1Ponte da Barca 3.972 37,9 13,1Ponte de Lima 16.544 43,2 11,9Valença 5.326 43,0 12,4Viana do Castelo 36.403 46,9 12,5Vila Nova de Cerveira 3.744 44,8 9,72011Segundo os dados definitivos dos Censos de 2011, cerca de 43,2% da populaçãoresidente no concelho de Ponte de Lima, em idade activa encontra-se empregada,correspondendo a um total de 16.544 indivíduos. Sendo que assim, a taxa dedesemprego se apresenta pelos 11,9%.
  12. 12. Taxa de desemprego 2001/201113,16,27,06,35,98,07,86,05,27,76,76,79,712,512,411,913,111,19,89,810,211,802468101214Minho-LimaArcosdeValdevezCaminhaMelgaçoMonçãoParedesdeCouraPontedaBarcaPontedeLimaValençaVianadoCasteloVilaNovadeCerveiraTaxa de desemprego 2001 Taxa de desemprego 2011Verificou-se uma enorme variação da taxa de desemprego na última década,sendo que o concelho de Ponte de Lima teve mesmo um aumento de 101,9%.Assinala-se assim o desemprego como um problema estrutural evidente, mesmoapesar do concelho de Ponte de Lima não apresentar a taxa mais elevada.
  13. 13. Taxa de desemprego por freguesia e sexoAs freguesias com valores mais altos dedesemprego são essencialmente as deperiferia, como Cabração (20%), Vilar dasAlmas (19,49%), Labrujó (18,52%), Rendufe(18,46%), Anais (16,92%) e Sandiães(16,76%).Com valores mais baixos apresentam-se asfreguesias de Feitosa (7,67%), Poiares(8,14%), Boalhosa (8,16%), Mato (8,2%),Gandra (8,99%), Ribeira (9,22%), Bárrio(9,38%) e Fojo Lobal (9,47%).Verifica-se que em quase todas as freguesiasa taxa de desemprego é superior no sexofeminino, havendo apenas poucas freguesiasonde se constata o oposto, como o caso deCabração, Vilar do Monte, Brandara, Rendufe,Beiral do Lima, Gondufe, Serdedelo eBertiandos.
  14. 14. Estrutura do emprego3,9 4,434,843,227,822,433,5 30,001020304050Sector primário SectorsecundárioSector terciário(social)Sector terciário(económico)Estrutura do emprego por sector de actividade (%)2011Minho-Lima Ponte de LimaDados definitivos dos Censos de 2011 apresentam uma estrutura do emprego onde o sector terciário seapresenta como predominante no concelho de Ponte de Lima (52,4% da população empregada)absorvendo um total de 8.669 trabalhadores, sendo que a sua maioria são do sexo feminino (56,3%).Com visível menor destaque apresenta-se o sector primário, que contudo, assume maior expressão emPonte de Lima com 4,4% da população empregada, com o total de 720 efectivos, contra os 3,9% damédia do Minho-Lima. De referir que neste sector, tal como os outros, é o sexo masculino a predominar.
  15. 15. Empresas do concelhoVolume de negócios segundo CAEmilhares de euros6.20902.747272.5259.742226.71478.471B - Indústrias extactivasC - Indústrias transformadorasD - Electricidade, gás, vapor, águaquente e fria e ar frioE - Captação, tratamento e distribuiçãode água; saneamento gestão de resíduose despoluiçãoF - ConstruçãoG - Comércio por grosso e a retalho,reparação de veículos automóveis emotociclosH - Transportes e armazenagemTendo em conta os Anuários estatísticos de 2010, foram contabilizados em Ponte de Limaem 2009 um total de 3.263 empresas, sendo o segundo concelho do Minho-Lima aapresentar o maior número de empresas, representando estas quase 15% do total noMinho-Lima. Do total de empresas do concelho a sua maioria são empresas de pequenadimensão, onde 94,36% são empresas com menos de 10 pessoas ao serviço.Contabilizando-se apenas uma empresa nesse conjunto com mais de 250 pessoas aoserviço.
  16. 16. Acção socialFREGUESIA IPSS ESTABELECIMENTO RESPOSTA SOCIAL N.º UTENTESAPPACDM - Viana Castelo CAO - Ponte de Lima Centro Actividades Ocupacionais 26Centro de Dia - Casa de Caridade Nossa Senhora da Conceição Centro de dia 10Lar para Idosos - Refoios - Casa de Caridade Nossa Senhora da Conceição Lar para idosos 28Lar para Idosos - Casa de Caridade Nossa Senhora da Conceição Lar para idosos 66SAD - Refoios - Casa de Caridade Nossa Senhora da Conceição Serviço de apoio domiciliário 15SAD - Casa de Caridade Nossa Senhora da Conceição Serviço de apoio domiciliário 40Creche - SCM de Ponte de Lima Creches 96Jardim de Infância - SCM de Ponte de Lima Educação Pré-escolar - Actividades educativas 100Lar para Crianças e Jovens - S. JOSÉ - SCM de Ponte de Lima Lar crianças e jovens 33Lar para Idosos - SCM de Ponte de Lima Lar para idosos 85SAD - SCM de Ponte de Lima Serviço de apoio domiciliário 11Centro de Dia - Casa do Povo de Vitorino de Piães Centro de dia 35Creche - Casa do Povo de Vitorino de Piães Creches 30Gandra Casa do Povo S. Martinho da Gandra Jardim de Infância - Casa do Povo S. Martinho da Gandra Educação Pré-escolar - Actividades educativas 95Centro de Dia - CP S. Julião Freixo (Lar Casa Magalhães) Centro de dia 8Lar para Idosos - CP S. Julião Freixo (Lar Casa Magalhães) Lar para idosos 10SAD - CP S. Julião Freixo (Lar Casa Magalhães) Serviço de apoio domiciliário 20Calheiros Centro Paroquial e Social de Calheiros SAD - CPS de Calheiros Serviço de apoio domiciliário 25Centro de Convívio - CPS de Fontão Centro de convívio 20Lar para Idosos - CPS de Fontão Lar para idosos 19SAD - CPS de Fontão Serviço de apoio domiciliário 32Centro de Dia - CPS de Fornelos Centro de dia 12Creche - CPS de Fornelos Creches 33Lar para Idosos - CPS de Fornelos Lar para idosos 11SAD - CPS de Fornelos Serviço de apoio domiciliário 34Centro de Convívio - CPS de Rebordões de Santa Maria Centro de convívio 10SAD - CPS de Rebordões de Santa Maria Serviço de apoio domiciliário 20Lar para Idosos - CPS de Santa Cruz do Lima Lar idosos c/dif positiva (até 20% dependentes) 8SAD - CPS de Santa Cruz do Lima Serviço de apoio domiciliário 11Centro de Dia - CPS de Santa Maria Beiral do Lima Centro de dia 15SAD - CPS de Santa Maria Beiral do Lima Serviço de apoio domiciliário 39CATL - CPS de Santa Maria dos Anjos ATL c/ extensão horário s/ almoço 60Centro de Convívio - CPS de Santa Maria dos Anjos Centro de convívio 20Centro de Dia - CSP da Correlhã Centro de dia 15Lar para Idosos - CSP da Correlhã Lar para idosos 22SAD - CSP da Correlhã Serviço de apoio domiciliário 30Arcozelo Centro Paroquial e Social de Arcozelo Centro de Convívio - CSP de Arcozelo Centro de convívio 30Centro de Dia - CSP de São Martinho da Gandra Centro de dia 30Lar para Idosos - CSP de São Martinho da Gandra Lar para idosos 27SAD - CSP de São Martinho da Gandra Serviço de apoio domiciliário 30Ponte de LimaCasa de Caridade Nossa Senhora da ConceiçãoSanta Casa da Misericórdia de Ponte de LimaVitorino dos Piães Casa do Povo de Vitorino de PiãesFreixo Casa do Povo S. Julião FreixoFontão Centro Paroquial e Social de FontãoFornelos Centro Paroquial e Social de FornelosRebordões (Santa Maria)Centro Paroquial e Social de Rebordões de Santa MariaCentro Paroquial e Social de Santa Cruz do LimaGandra Centro Paroquial e Social de São Martinho da GandraBeiral do LimaCentro Paroquial e Social de Santa Maria Beiral do LimaCentro Paroquial e Social de Santa Maria dos AnjosCorrelhã Centro Paroquial e Social da Correlhã
  17. 17. • Existem em Ponte de Lima 16 equipamentos sociais deresposta às necessidades da população. Desde crianças ejovens, adultos dependentes e idosos.• Pelos dados fornecidos pela Carta Social e pelos serviçosda Segurança Social local esse total de 16 instituiçõesexistentes no concelho dá resposta a 1.261 utentes, o quecorresponde a 2,9% do total da população.
  18. 18. Equipamentos de apoio socialQuanto à localização dosequipamentos de apoio social, épossível verificar uma maiorconcentração dos mesmos na zonacentral do concelho, distribuindo-sepelas freguesias de maior densidadepopulacional.Com maior número e diversidade deequipamentos sociais apresentam-seas freguesias de Ponte de Lima,Gandra, Fornelos e Refoios do Lima.
  19. 19. Equipamentos sociais de apoio à infância ejuventudeQuanto à localização dosequipamentos sociais de apoio àinfância e juventude, este encontram-se nas freguesias de Ponte de Lima,Gandra, Fornelos, Fontão, Facha eVitorino de Piães, dando resposta aum total de 447 utentes.Tendo em conta que em 2011 foramcontabilizados 6.736 crianças ejovens (0 aos 14 anos) no concelho,é possível aferir que 6,6% dessamesma população está a usufruir deapoio social prestado pelosequipamentos referidos.
  20. 20. Equipamentos de apoio social a idosos epessoas dependentesRelativamente aos equipamentos deapoio social a idosos e pessoasdependentes, por serem em maiornúmero, distribuem-se por maisfreguesias do concelho, dando apoioassim a 788 utentes, o que no totalda população idosa significa umapoio a 9,1% dos idosos do concelho.
  21. 21. Identificação dos Problemasconcelhios por eixos de intervenção
  22. 22. EIXO I - VALORIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO,EMPREGO E FORMAÇÃOÁREAS TEMÁTICAS PROBLEMAS IDENTIFICADOSEducação• Desvalorização da escola por parte dasfamílias• Falta de motivação e expectativas escolarespor parte dos alunosEmprego• Desadequação entre oferta e procura deemprego• Falta de estruturas de apoio ao emprego• Emprego precário• Desemprego jovem• Desemprego feminino• Deficiente rede de transportes públicosFormação• Baixo incremento da formação ao longo davida• Desadequação entre oferta de formação emercado• Baixa oferta de qualificação profissional denível técnico
  23. 23. EIXO II - CAPACITAÇÃO DA FAMÍLIA ECOMUNIDADE PARA A CIDADANIAÁREAS TEMÁTICAS PROBLEMAS IDENTIFICADOSFamília• Gestão desadequada do orçamento /organização familiar• Dificuldade na gestão da vida doméstica efamiliar• Negligência familiar que afecta crianças eidosos• Influência do álcool na desestruturação dasfamílias• Aumento de consumo de álcool nos jovens• Ruptura de relações / laços familiares• Violência doméstica• Enfraquecimento das redes familiaresComunidade • Enfraquecimento das redes de vizinhançaCidadania • Baixa cultura de cidadania
  24. 24. EIXO III - PROMOÇÃO DO ENVELHECIMENTOACTIVOÁREAS TEMÁTICAS PROBLEMAS IDENTIFICADOSEnvelhecimento• Aumento do índice de dependência eenvelhecimento• Baixos recursos económicos dos idosos• Aumento das despesas com a saúde• Desadequação entre as necessidades e asrespostas existentes• Assimetrias nas respostas sociais aos idosos• Ausente / insuficiente suporte de apoiofamiliar• Isolamento social• Baixa participação comunitária e social• Baixa auto-estima• Rotinas pouco saudáveis / diminuição daactividade• Baixo nível de exigência nos cuidadospessoais• Baixa acessibilidade a serviços básicos
  25. 25. EIXO IV - QUALIFICAÇÃO DAS RESPOSTASSOCIAISÁREAS TEMÁTICAS PROBLEMAS IDENTIFICADOSRespostas sociais• Insuficientes respostas sociais para idosos• Insuficiente número de lugares em Lares deIdosos face ao número pedidos• Insuficientes respostas para a população comdeficiência• Falta de equipamento destinado a vítimas deviolência doméstica• Falta de CAT – Centro de AcolhimentoTemporário para crianças e jovens• Falta de Centro de Alojamento Temporáriodestinado a pessoas adultas em situação decarência• Assimetrias das respostas sociais• Sobreposição de respostas sociais no mesmoterritório
  26. 26. Análise SWOT por Eixos de Intervenção
  27. 27. EIXO I - VALORIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO,EMPREGO E FORMAÇÃOPONTOS FORTES PONTOS FRACOS Conjunto de medidas no âmbito do emprego eda formação profissional, direccionado para osdiversos tipos de público pelo IEFP e SegurançaSocial; Gabinetes de Inserção Profissional; Tecido empresarial do concelho; Associação Empresarial de Ponte de Lima; Benefícios fiscais: isenção do pagamento daderrama municipal de todas as empresas doconcelho; Proximidade geográfica de Ponte de Lima agrandes cidades, Viana do Castelo, Braga ePorto; Desemprego (subida preocupante da taxa dedesemprego devido à actual conjunturasocioeconómica); Falta de oportunidades de emprego para apopulação jovem; Dificuldade de acesso ao emprego por parte dapopulação feminina; Dificuldade de acesso ao emprego por parte dapopulação com deficiência; Diminutas competências dos desempregadosna procura de emprego; Baixas qualificações e competências dapopulação empregada; Ofertas de emprego pouco qualificado;
  28. 28. PONTOS FORTES (cont.) PONTOS FRACOS (cont.) Elevado número de entidades formadorasacreditadas que promovem respostasdiversificadas ao nível da formação. Diversidade do leque de cursos profissionais; Diversidade de estabelecimentos de ensino; Apoios existentes para a educação; Apoios na alimentação, material escolar etransportes (apesar dos requisitos de acessoaos apoios serem mais restritos); Desadequação entre a oferta de formação eo mercado de trabalho; Desadequação entre a oferta e a procura deemprego; Empregos instáveis, precários e malremunerados; Insuficiente rede de acessibilidades /transportes; Absentismo / abandono escolar; Insucesso escolar; Desadequação do sistema educativo paralidar com alunos com problemascomportamentais; Violência na escola (Bullying).
  29. 29. OPORTUNIDADES AMEAÇAS Políticas de apoio ao empregoexpressas no programa Emprego 2010(estágios profissionais, InovJovem,InovSocial, etc); Programas comunitários definanciamento, nomeadamente o QREN(Sistemas de Incentivos, Novo Norte2,POPH); Programas de apoio à formação aolongo da vida; Dinamização do potencial turístico domunicípio; Promoção do auto – emprego. Aumento do desemprego (conjunturanacional/europeia); Discriminação / exclusão social; Pobreza; Descrédito da instituição escola; Aumento da violência.
  30. 30. EIXO II - CAPACITAÇÃO DA FAMÍLIA ECOMUNIDADE PARA A CIDADANIAPONTOS FORTES PONTOS FRACOS Existência de IPSS’s e Associaçõesactivas no território; Comissão Protecção de Crianças eJovens; Forte identidade da população com oterritório; Forte memória colectiva; Oferta cultural. Violência doméstica; Dificuldade das famílias na gestão de recursos; Fracas competências pessoais, sociais eparentais; Alcoolismo; Crise de valores; Desconhecimento / desrespeito pelos deveressociais; Falta de ocupação de tempos livres para osjovens.OPORTUNIDADES AMEAÇAS Criação de Banco de Voluntariado; Criação de um projecto de uma equipamultidisciplinar de intervenção nos domicíliospara apoio a famílias. Conjuntura sócio-económica nacional; Ruptura dos laços familiares; Enfraquecimento das redes de socialidade e desolidariedade primárias extra-familiares.
  31. 31. EIXO III - PROMOÇÃO DO ENVELHECIMENTOACTIVOPONTOS FORTES PONTOS FRACOS Existência de IPSS’s e Associações activas noterritório; Projectos de construção de lares já aprovadospelas entidades competentes; Forte identidade da população com o território; Forte memória colectiva. Baixos recursos económicos dos idosos; Desadequação entre as necessidades e asrespostas existentes; Ausente / insuficiente suporte de apoio familiar; Isolamento social; Baixa participação comunitária e social; Baixa auto-estima; Rotinas pouco saudáveis / diminuição daactividade; Baixo nível de exigência nos cuidadospessoais; Apoios à institucionalização; Falta de estruturas com actividades lúdicas eocupacionais para idosos com pouca autonomia.
  32. 32. OPORTUNIDADES AMEAÇAS Estabelecimento de parcerias com asentidades locais e estatais (Juntas deFreguesia, câmara IPSS’s); Dinamização de grupos de voluntáriosno apoio social aos idosos; Aumento dos laços intergeracionais; Valorização social do envelhecimentoactivo. Exclusão social; Aumento do índice de dependência eenvelhecimento; Aumento das despesas com a saúde; Baixa acessibilidade
  33. 33. EIXO IV - QUALIFICAÇÃO DAS RESPOSTASSOCIAISPONTOS FORTES PONTOS FRACOS Equipamentos sociais existentes; Qualidade dos serviços existentes; Apoios locais às instituições. Respostas insuficientes para a problemática dadeficiência; Insuficientes respostas sociais destinadas à 3ªidade; Falta de equipamentos destinados aoacolhimento de pessoas vítimas de violênciadoméstica; Falta de equipamento destinado a pessoasadultas em situação de carência (Centro deAlojamento Temporário); Falta de respostas sociais inovadoras; Sobreposição de respostas pelo território pelasinstituições; Dependência financeira das instituições.
  34. 34. OPORTUNIDADES AMEAÇAS Criação de um Banco de Voluntariado; Aposta na divulgação dos serviços prestadospelas instituições; Celebração de acordos com o CDSS; Elaboração de candidaturas concelhias,envolvendo diferentes parceiros locais; Candidaturas a programas e medidas deâmbito nacional e/ou regional – QREN | CLDS| POPH | PARES | PROGRIDE | PRODER |ESCOLHAS | Porta 65 |; Rede Social enquanto espaço mobilizador deinstituições. Fraca receptividade da população àsrespostas existentes; Desconhecimento por parte da populaçãosobre os serviços prestados pelas instituições; Diminuição das comparticipações do Estadoàs instituições; Desajustamento de politicas sociais àsnecessidades das pessoas idosas.

×