PúblicaMiúdosReligião4Abril2010

645 visualizações

Publicada em

Página da Pública de 4 de Abril de 2010. Miúdos: "Deus não tem só um nome"

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
645
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
29
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PúblicaMiúdosReligião4Abril2010

  1. 1. miúdos Deus não tem só um nome Budismo Texto: Ignasi Ricart e Abraham Vélez; ilustração: Maria Rius; edição: Paulus. €5,90 O Grande Livro das Religiões Texto: Trevor Barnes; tradução: Ana Mafalda Costa; A Bíblia Texto: Michael Verlag; ilustração: edição: ASA. €20,90 Lisbeth Zwerger; tradução: Maria Amélia Pedroa; edição: Ambar. €15,75 Hinduísmo Texto: Ignasi Ricart A Bíblia, Histórias de Deus e Vicente Texto: Joaquín M.G. de Dios, Merlo; Maria Menéndez-Ponte; ilustração: ilustração: Rocío Martinezz, Maria Rius; Teresa Novoa; tradução: J. edição: Farias; edição: A Esfera dos Paulus. €5,90 Livros. €30
  2. 2. Islamismo, Judaísmo, Budismo, Cristianismo e Hinduísmo Bíblias para crianças há muitas; enciclopédias que mostrem várias religiões, algumas; livros infantis sobre Jesus, poucos; narrativas em que se fale de Alá, Buda ou Brahman, quase nada. Em português, é díficil ensinar os vários nomes de Deus. Hoje é domingo de Páscoa. Texto Rita Pimenta D ar a conhecer religiões do mundo. José Carlos que o editor considera positivos português. Quando quer pôr os as diferentes Nunes, padre e editor, explica e que diz serem provavelmente miúdos “a brincar com o texto”, religiões aos a opção editorial: “Decidimos resultado de algumas escolas Helena Presas socorre-se de miúdos com a traduzir estes livros pela terem adoptado estes livros nas ideias e de livros que “importa” ajuda de livros importância que damos ao aulas de Moral e Religião. — do Canadá e de França, “os que possam diálogo inter-religioso, para Os textos originais são melhores” — e que vai adaptando ser encontrados nas livrarias além do ecuménico [entre os italianos, os autores variam em para as suas sessões com os não é fácil. Se há bastantes cristãos]. Queremos que as função de cada religião, mas a miúdos. versões ilustradas da Bíblia crianças conheçam as facetas ilustradora é sempre a mesma, Embora reconheça que há nas prateleiras (e nos sites das diferentes das outras religiões.” Maria Rius, o que confere um esforço de renovação nas editoras), faltam em Portugal E não receia com isso perder unidade gráfica à colecção. publicações portuguesas, obras que difundam confissões fiéis. “Não há concorrência diz que tanto a linguagem não cristãs. E uma grande parte entre religiões. O conhecimento Faltam livros interactivos como o grafismo dos livros dos livros sobre cristianismo de todas elas permite-nos “De Bíblias estamos bem religiosos estão ultrapassados. está ultrapassada na linguagem, aprofundar ainda mais a nossa servidos”, diz Helena Presas, Dá o exemplo dos materiais de na ilustração e no grafismo, fé”, diz à Pública. coordenadora há 20 anos na preparação para a Quaresma. diz quem deles precisa para São cinco volumes, por esta catequese do Campo Grande, “Não há uma linguagem de ensinar. ordem: Hinduísmo, Budismo, em Lisboa. “Mas faltam livros comunicação actual. Até a letra A colecção Deus Tem Mais Judaísmo, Cristianismo e interactivos, de actividades”, é a de antigamente.” Por isso, Que Um Nome, da Editora Islamismo. Editados em 2007, como há para outras áreas do chega a escutar dos mais novos: Paulus, é uma das excepções o título mais vendido foi o conhecimento. “Isto é para o meu avô.” E não se e foi editada justamente pela Cristianismo, 2000 exemplares, Praticamente inexistentes espanta: “As imagens daqueles percepção de que no mercado seguindo-se o Judaísmo, 1300. são também materiais para os anjinhos… Os miúdos riem- português estavam a faltar Os restantes chegaram a menos diferentes suportes virtuais se para dentro ao olhar para obras que mostrassem as várias de mil leitores cada. Números ou DVD didácticos falados em aquilo.” c Pública • 4 Abril 2010 • 69
  3. 3. miúdos Orações, das edições Impala depois de lerem a Bíblia: “Não (2007), e a colecção da Paulus queremos este Deus. Este Deus é descrita no início deste texto. vingativo.” A catequista vai Acredita que os textos das salvaguardando que o universo parábolas (para idades de que melhor conhece é o urbano seis e sete anos) podem ser e não sabe se crianças com facilitadores da fé. Mas percebe outras experiências e vivências como é difícil para uma criança terão um entendimento e uma alicerçar a defesa dos seus “Como é que um miúdo aceitação diferentes dos livros de valores. E exemplifica, com que fala. graça: “Como é que um miúdo explica aos colegas o perdão? Outras Bíblias interessantes que a Pública encontrou no explica aos colegas o perdão? Quem perdoa é totó.” Quem perdoa é totó” circuito comercial (de que não reproduz imagens nestas Formada em Teologia pela Universidade Católica, iniciou páginas) são: A Bíblia Contada a actividade no Campo Grande Não falar em “igrejês” com uma Bíblia que considera às Crianças (Edições ASA); A depois de uma visita àquela A catequista nem percebe eficaz, editada pela Sociedade Bíblia Infantil Ilustrada (Everest paróquia porque queria que a como “ainda saem” algumas Bíblica (interconfessional), “que Editora) e A Bíblia Ilustrada — filha frequentasse a catequese, publicações dos Salesianos. transmite o Novo Testamento Histórias do Novo Testamento mas de uma maneira feliz. “Pedi “A maior parte das vezes a de uma forma actual, em (Porto Editora). para ver e pediram-me para ideia é boa, mas não resulta.” português corrente”. Os miúdos ajudar. Fiquei até hoje.” Lembra que certos cadernos e percebem, o que aumenta a “Este Deus é vingativo” O sincretismo religioso com livros de oração publicados se probabilidade de a lerem. À pergunta sobre se a fé que conviveu no Brasil (aos 18 destinam aos filhos de quem Certa de que não se deve se aprende, Helena Presas anos) fez com que vivesse, diz, tem hoje idades entre os 25 perder de vista, nas idades responde com as quatro “a fé de uma maneira muito e os 38 anos. “Não podemos seguintes, a escolha “de um dimensões da fé sistematizadas diferente, com mais festa, com falar-lhes na segunda pessoa vocabulário cuidado e uma por Danielle Hervieu Legger: a mais-valia da música e do do plural [vós]… Eles nem maior preocupação estética”, “Cognitiva (aprendizagem), envolvimento do corpo”. Foi o sabem o que isso é.” E Helena Presas não tem dúvidas cultural (valores da sociedade), que quis transmitir aos três filhos defende que se comunique de que é importante que o vivência (testemunho) e e aos miúdos que tem vindo a “em português e não em discurso e o grafismo estejam celebrativa (lado simbólico).” acompanhar nestes 20 anos. ‘igrejês’”. “adaptados a este tempo”. Aí, Explica também como a Certamente, conseguiu. Tendo a religiosidade elogia a editora Paulinas, que, aprendizagem, isto é, a “Deus tem muitos nomes, uma linguagem algo fora do para cada Evangelho, “tem um racionalidade, pode ser “tanto embora seja um único ser.” Uma comum, não se correrá o livro ilustrado diferente, muito impedimento da fé como frase atribuída a Aristóteles e risco de a empobrecer se se bonito, para idades dos oito aos abertura à fé”. que, mesmo para quem nunca for ao encontro do nível a que dez anos”. Conta que há crianças que lhe teve fé ou a perdeu por aí, até é as crianças estão, em vez de Refere também que, para os chegam por influência de outras, fácil de aceitar. Mais ainda pelos as estimular a subir mais um ainda mais novos, “há livros de mesmo com pais não religiosos, miúdos. degrau? “Até aos sete anos, oração com figuras actuais e e também recorda a história de Assim seja. A temos de descer ao nível da uma linguagem que se pode ler”. duas meninas que, embora de criança”, diz. E exemplifica Aconselha O Livro das Minhas famílias religiosas, lhe disseram, rpimenta@publico.pt Histórias Escolhidas da Historinhas da Bíblia Texto: Christina Bíblia Texto: Goodings; ilustração: Annabel José Tolentino Hudson; tradução: Rute Nunes; edição: Mendonça; O Islão Contado às Sociedade Bíblica. €14 ilustração: Ilda Crianças Texto: Tahar David; edição: Ben Jelloun; tradução: Assírio & Alvim. Carlos Oliveira; edição: €20 Livros do Brasil. €7,40 As Religiões Explicadas Histórias da Bíblia para aos Jovens e... aos Crianças Tradução Outros Texto: José interconfessional e edição: Jorge Letria; edição: Sociedade Bíblica de Portugal; Terramar. €5,50 ilustração: crianças. €11,90

×