SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 42
Álbum de Figurinhas
Por: Vinicius Longo
Núcleo D
2015/1
Professora: Marli Everling
Introdução ao Design
os Primórdios
da Teoria do design
Mobiliário Thonet
Michael Thonet
Thonet
 Michel Thonet foi um
construtor de moveis que
se tornou famoso por
marceneiro- que, em pleno
século XIX, desenvolver um
processo de encurvar
madeira por meio do
vapor. Destaca-se na
historia do design por
apresentar ao mundo alem
da cadeira numero 14 de
diversas peças, um
mobiliário econômico,
modulado, embalagem
compacta criação de
processos envolventes.
Thonet
Material madeira de faia
encurvada , primeira
cadeira a ser produzida em
serie na época, custava
cerca de R$10,00 reais
desmontada em 6 partes
de madeira e 6 parafusos(
época 1859) 100 milhões de
unidades- funcional,
elegante,pratica, preço
acessível, leve e
ergonômica.
Arts & Crafts
…1860…
…1880...
Arts & Crafts...
REFORMISTAS POR REAGIR A PRODUÇÃO
INDUSTRIAL E MASSA- VALORIZAÇÃO DO PROCESSO
ARTESANAL E DA QUALIDADE ARTESANAL,
INSPIRAÇAO – NATUREZA. FAVORAVEL AO
ESTOICISMO, RECORRE AOS VALORES MEDIEVAIS E
SE OPÕE A INDUSTRIA
Willian Morris
 1843-1896
 Pintor e escritor,principais
fundadores do movimento
das artes e ofícios porque é
importante para a
discussão anticapitalista
romântica, se tornavam
caros e executivos, beleza
e utilidade se perdiam n
produção em massa,
socialista, luta pela reforma
das artes e ofícios.
Morris & Co
Moveis sólidos, caros
artesanais, tecidos
estampados com corantes
vegetais, tapetes tecidos
manualmente, azulejos
coloridos e vitrais. Cadeira
de tecelão: poltrona,
estrutura de madeira
entalhada, decorada e
pintada.
Arts & Crafts, Educação
e Indústria
Paladinos da industria :H.Cole, O.Jones e
Christopher Dresser- eram representante
do movimento Arts & Crafts, porem eram
favoráveis a produção industrial “o
desenvolvimento industrial não pode ser
impedido”
Jugendstil, Art nouveau…
…1890…
…1914…
Art Nouveau
FRANÇA- ART NOUVEAU
INGLATERRA – MODERNSTYLE
ÁUSTRIA- SECESSIONSSTIL
ESPANHA- MODERNISMO
ALEMANHA- JUGENDSTIL
ESPAÇO VISTO COMO OBRA DE ARTE INTEGRAL
CONCILIA,AO ENTRE ARTES E ARTESANATO.
ARTES DECORATIVAS COM FORMAS ORGÂNICAS
PRIMÓRDIOS DO DESIGN DE INTERIORES
SURGE O FUTURO DESIGN GRÁFICO
ORNAMENTO COMO ELEMENTOS DE LIGAÇÃO.
Henry Van De Velde
Arquiteto , designer e
pintor
Presença da arte na
criação
Alem de Morris ao dizer
que os projetos, nos
processos industriais,
deveriam ser trabalhos
de artistas
Defende a
funcionalidade por
meio de formas
simples,
honestas,praticas e
funcionais .
Arts & Crafts, Art Nouveau e século
XX
PODE- SE CONSIDERAR REFORMISTA, POIS SE
REBELA CONTRA O ESTOICISMO E A INDUSTRIA,
APENAS AS ELITES E A ARISTOCRACIA TINHAM
ACESSO.
DECAI NA VIRADA DO SÉCULO E UM FIM COM A
PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL.
AS PEÇAS PODIAM PAGAR POR ISSO DILEMA
ENTRE DESIGN E INDUSTRIA.
ARTS & CRAFTS E NOUVEAU REJEITAM O
DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL.
Art Nouveau e o Pré-
Modernismo
ART NOUVEAU SEVERO: PREFERENCIA POR LINHAS
SIMPLES E ENFASE NA FUNCIONALIDADE.
WIENER WERKSTATTEN (OFVEINENSE)E COLONIA DE
ARTISTAS DE DARMSTADT FAZIAM PARTE ARTESANATO
COM ALTO NIVEL MAS COM ESTETICA FUNCIONAL.
Chicago, Glasgow, Viena
Pré-Modernismo
Pré-Modernismo:
Chicago
EPOCA DA REVOLUÇAO INDUSTRIAL
CONSILIAÇÃO DOS DOIS PARA O SURGIMENTO DO DESIGN
PROPRIAMENTE DITO
HENRY VAN DE VELDE. FORMAS OBJETIVAS.
Escola de Chicago (EUA)
BUSCAVA UM PLANEJAMENTO( ESTUDO DOS
CENTROS URBANOS APÓS O GRANDE INCENDIO EM
1871.
REPRESENTANTES- SULLIVAN, BURNHAM, COOLIDGE,
LE BARON JENNY, HOLLABURD, F.L, WRIGHT E
OUTROS.
PRIMEIROS ARRANHA-CEUS PARA USO COMERCIAL E
ADMINISTRATIVO DOTADOS DE AÇO.
ESTETICA DETERMINADA POR CARACTERISTICAS
CONSTRUTIVAS.
IMPRESSIONA MODERNISMO COM O FUNCIONALISMO-
SENDO UTIL, SERA BELO “O QUE É UTIL É
VERDADEIRO E, PORTANTO, TAMBEM É BELO.
Frank lloyd wright
 Arquiteto, escritor e
educador de
engenheiro.
 Combinaçao de
materiais simples e
proximos a natureza
com outros modernos,
arquitetura, organição,
impulsiona modernismo.
 Materiais-
vidro,concreto, madeira,
pedra natural.
Frank lloyd wright
 Casa da cascata, na
pensilvania. EUA
projetada em 1934 e
construida em 1936
 - erguida sob queda da
agua.
 Hoje é museu- custou
155.000 dolares
 Refugio natural.
Louis H. Sullivan
 Primeiro arquiteto
modernista que
defendeu o
funcionalismo “a forma
segue a funçao”.
 Forma como resultado
da funcionalidade entre
elementos construtivos
e a edificaçao.
Louis H. Sullivan
 Sullivan center
anteriormente
conhecido como
edificio carson piriescott
building
 Ocupa quase um
quarteirao inteiro
 Relaçao entre
arquitetura e comercio.
Pré-Modernismo: Glasgow
ESCOLA DE ARTE NA ESCOCIO
NOVAS FORMAS, MAIS ABSTRATAS E
GEOMETRICAS
1890
CHARLES R. MACKINTOSH- 1868-1928- FORMAS
GEOMETRICAS E AMPLAS COM LINHAS
HORIZONTAIS E VERTICAIS
DESENHOS DO LIVRO.
Charles R. Mackintosh
 Arquiteto
 Interpretaçao nova e
fascinante da art
noveau trata cada
projeto com
individualidade tendo
funcoes esteticas mas
sem acessiveis as
pessoas.
Charles R. Mackintosh
 Completamente
moderna competiçao de
ideias feitas pela revista
zeitschrift fur innende
koration
 No Bellahouston Parts,
em glascou, escocia
 Inspiraçao na
arquitetura escocesa
tradicional alia
rusticidade exterior ao
detalhes e acabamento
interiores
 Possivel fazer tour
virtual pelo youtube.
Edward Johnston
 Projeto para metro de
londres
 Logotipo simples
escrita funcional
 Acesso do metro e
nos cartazes
publicitarios.
Modernismo Vienense
 Assemelha-se com o movimento secesion por surgir
contra academias de arte tradicionas e historicismo.
 Obra de arte integral, reforma das artes e oficios
 Gustav Klimt e Otto Wagner
 Oficina vienense coorporativa de produtos de arte e
oficios.
 Linguagem formal clara, angulos retos e linhas de
traçado severo
 Se opunha a Produçao em massa
 Critica objetos modernos, existem para todos.
Adolf Loos
 Rejeitava ornamentos-
formas puramente
funcionais
 - purificaçao do espaço
 Ornamento e crime
 “Quando uma cultura
evolui,gradativamente
abandona uso do
ornamento em objetos
utilitários”.
Pré-Modernismo:
Darmstadt
Colonia de artistas de darmstadt foi criado por Josepf
maria Olbrich a conirte do grao duque com o intuito de
construir moradias com preços acessiveis.
Virada do seculo XIX para o XX
Linguagem formal objetiva
Desenvolviam comodos singelos e confortaveis e
produtos fabricaveis em serie.
Peter Behrens
 Arquiteto design
alemao
 Considerado o
primeiro designer da
historia dos
fundadores oficiais
muniquenses
 Desenvolvia desde a
planta da casa ate os
utensilios domenticos
 Criadores de colonia
de artistas de
darmastadt.
Peter Behrens
 Fabrica de turbinas
 Design revolucionario
100 m de vidro e aço
paredes longas, e 15 m
de altura em ambos os
lados
 1909 Berlim
Comprimento de 123m
 É Agora parte da
seemens.
Deutscher Werkbund
Século XX
Século XX: Deutscher
Werkbund
 Contexto social de disputa entre os mercadores de
paises europeus
 Alemanha com ma fama nos produtos
 Liga alema do trabalho
 Associaçao entre empresarios, arquitetos, artistas,
profissionais das artes e oficios
 Associoaçao entre concepçao contraditoria ,
tradicionais e com versao de futuro a respeito do
design arts e crafts- enfoque artesanal e D.W- enfoque
na industria
Peter Behrens & AEG
 AEG- primeira grande
empresa alema a
contratar assessor
anterior.
 Projetou o edificio,
moradias dos
trabalhadores, midia
publicitaria, identidade
corporativa
 Sem ornamentos e
decoraçao superfula.
Bauhaus
Século XX
Século XX: BAuhaus
 Contexto por primeira guerra mundial, vontade de
romper como que era tradicional e radicalmente,
dar inicio ao novo.
 Relaçao com a D. Werkerind- integraçao da arte a
produçao industrial.
 Retomada de valores tradicionais- obra de arte
integral dessau: a Forma Bauhaus
 Preocupaçao com com a necessidade sociais
 Produtos padronizados, passiveis de produçao em
serie.
 Muda para Dessau em 1925 produtos baratos
visando atingir mais comandas sociais a era Meyer.
Bauhaus & Walter Gropius
 Fundador da Bauhaus
 Unifica as belas artes,
as artes aplicadas e o
artesanato
 Negaçao ao
historicismo
 Inicio do modernismo
Bauhaus & Marcel Breuer
 Parte da primeira geraçao de
alunos formados pela b.
 Importante no design de
mobiliario, que são
revolucionarios ate os dias de
atuais.
Bauhaus & Marcel Breuer
 Cadeira Wassely
 Homenagem ao
coleta Wassily
Kandinski
 Primeiros exemplos de
tecnologia de aço
tubular leveza,
aparencia rigida e
elegante
 Inspiraçao em
bicicleta
Bauhaus & Lazlo Moholy
Nagy
 Design hungaro
 Apaixonado por
tipografia, desenvolve
livros sobre a bauhaus
 Uniao entre as artese o
design grafico
 Defendia a interaçao
da tecnologia e nas
artes
 Explora, na
comunicaçao visual, a
abstraçao geometrica
 Capaiz dos anuncios
da bauhaus.
A Metafora das Maquinas
e Le Corbusier
 Consiste na observaçao
do espaço como
maquinas geometricas.
 “pseudonimo” charles
arquiteto.
Linha do Tempo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Arquitectura do Séc.XX
Arquitectura do Séc.XXArquitectura do Séc.XX
Arquitectura do Séc.XX
Michele Pó
 
O movimento das artes e ofícios e o art nouveau
O movimento das artes e ofícios e o art nouveauO movimento das artes e ofícios e o art nouveau
O movimento das artes e ofícios e o art nouveau
VIVIAN TROMBINI
 
Hs arquitetura moderna
Hs arquitetura modernaHs arquitetura moderna
Hs arquitetura moderna
Marcele Matos
 

Mais procurados (20)

História do Design (2016)
História do Design (2016)História do Design (2016)
História do Design (2016)
 
Arquitectura do Séc.XX
Arquitectura do Séc.XXArquitectura do Séc.XX
Arquitectura do Séc.XX
 
História do Design - Mov Reforma - Hd04
História do Design - Mov Reforma - Hd04História do Design - Mov Reforma - Hd04
História do Design - Mov Reforma - Hd04
 
O movimento das artes e ofícios e o art nouveau
O movimento das artes e ofícios e o art nouveauO movimento das artes e ofícios e o art nouveau
O movimento das artes e ofícios e o art nouveau
 
Hs arquitetura moderna
Hs arquitetura modernaHs arquitetura moderna
Hs arquitetura moderna
 
Estilo internacional
Estilo internacionalEstilo internacional
Estilo internacional
 
Movimento modernista na Europa no seculo xx
Movimento modernista na Europa no seculo xxMovimento modernista na Europa no seculo xx
Movimento modernista na Europa no seculo xx
 
Arquitetura moderna
Arquitetura modernaArquitetura moderna
Arquitetura moderna
 
Arts and crafts e a arte nova
Arts and crafts  e a arte novaArts and crafts  e a arte nova
Arts and crafts e a arte nova
 
A arquitetura moderna
A arquitetura modernaA arquitetura moderna
A arquitetura moderna
 
Arts & Crafts e Arte Nova
Arts & Crafts e Arte NovaArts & Crafts e Arte Nova
Arts & Crafts e Arte Nova
 
Início da arquitetura moderna
Início da arquitetura modernaInício da arquitetura moderna
Início da arquitetura moderna
 
Deutscher Werkbund
Deutscher WerkbundDeutscher Werkbund
Deutscher Werkbund
 
Design & Gênese - Art Nouveau
Design & Gênese - Art NouveauDesign & Gênese - Art Nouveau
Design & Gênese - Art Nouveau
 
Art Nouveau
Art NouveauArt Nouveau
Art Nouveau
 
Adolf Loos
Adolf LoosAdolf Loos
Adolf Loos
 
Arte e Função
Arte e FunçãoArte e Função
Arte e Função
 
HCA grupo C
HCA   grupo CHCA   grupo C
HCA grupo C
 
Arte nova e o Funcionalismo
Arte nova e o FuncionalismoArte nova e o Funcionalismo
Arte nova e o Funcionalismo
 
História do Design - Pós Guerra - Hd08
História do Design - Pós Guerra - Hd08História do Design - Pós Guerra - Hd08
História do Design - Pós Guerra - Hd08
 

Destaque (6)

Historia do Design - Aula 2
Historia do Design - Aula 2Historia do Design - Aula 2
Historia do Design - Aula 2
 
Historia Do Design
Historia Do DesignHistoria Do Design
Historia Do Design
 
(Breve) Introdução ao Design
(Breve) Introdução ao Design(Breve) Introdução ao Design
(Breve) Introdução ao Design
 
Movimento de artes e ofício e art nouveau
Movimento de artes e ofício e art nouveauMovimento de artes e ofício e art nouveau
Movimento de artes e ofício e art nouveau
 
Aula 3 - história do mobiliário
Aula 3 - história do mobiliárioAula 3 - história do mobiliário
Aula 3 - história do mobiliário
 
Timeline e historia do design
Timeline e historia do designTimeline e historia do design
Timeline e historia do design
 

Semelhante a Álbum de Figurinhas - Os Primórdios da Teoria do Design

designsociedadecultura_Aula03 artnoveau
designsociedadecultura_Aula03 artnoveaudesignsociedadecultura_Aula03 artnoveau
designsociedadecultura_Aula03 artnoveau
Izabel Meister
 
8A A Cultura da Gare_Arquitectura do Ferro e Arts and Crafts_Impressionismo.pdf
8A A Cultura da Gare_Arquitectura do Ferro e Arts and Crafts_Impressionismo.pdf8A A Cultura da Gare_Arquitectura do Ferro e Arts and Crafts_Impressionismo.pdf
8A A Cultura da Gare_Arquitectura do Ferro e Arts and Crafts_Impressionismo.pdf
EmilioBarbosa9
 
A arte do século XIX
A arte do século XIX   A arte do século XIX
A arte do século XIX
becresforte
 
A arquitetura da 1ª metade século xx
A arquitetura da 1ª metade século xxA arquitetura da 1ª metade século xx
A arquitetura da 1ª metade século xx
Ana Barreiros
 
Vanguardas Europeias
Vanguardas EuropeiasVanguardas Europeias
Vanguardas Europeias
Michele Pó
 

Semelhante a Álbum de Figurinhas - Os Primórdios da Teoria do Design (20)

Marli
MarliMarli
Marli
 
Aula 7 arts&crafts + art nouveau + art deco
Aula 7 arts&crafts + art nouveau + art decoAula 7 arts&crafts + art nouveau + art deco
Aula 7 arts&crafts + art nouveau + art deco
 
02 art nouveau
02 art nouveau02 art nouveau
02 art nouveau
 
Os primórdios do Design - João Victor P. Thomaz
Os primórdios do Design - João Victor P. Thomaz Os primórdios do Design - João Victor P. Thomaz
Os primórdios do Design - João Victor P. Thomaz
 
Aula 3_Art Nouveau e Art Decó.pdf
Aula 3_Art Nouveau e Art Decó.pdfAula 3_Art Nouveau e Art Decó.pdf
Aula 3_Art Nouveau e Art Decó.pdf
 
Revista Ideia Abstrata
Revista Ideia AbstrataRevista Ideia Abstrata
Revista Ideia Abstrata
 
designsociedadecultura_Aula03 artnoveau
designsociedadecultura_Aula03 artnoveaudesignsociedadecultura_Aula03 artnoveau
designsociedadecultura_Aula03 artnoveau
 
Art nouveau
Art nouveauArt nouveau
Art nouveau
 
L'Art Nouveau
L'Art NouveauL'Art Nouveau
L'Art Nouveau
 
L'art nouveau
L'art nouveauL'art nouveau
L'art nouveau
 
Artes Gráficas no Sec. XIX
Artes Gráficas no Sec. XIXArtes Gráficas no Sec. XIX
Artes Gráficas no Sec. XIX
 
8A A Cultura da Gare_Arquitectura do Ferro e Arts and Crafts_Impressionismo.pdf
8A A Cultura da Gare_Arquitectura do Ferro e Arts and Crafts_Impressionismo.pdf8A A Cultura da Gare_Arquitectura do Ferro e Arts and Crafts_Impressionismo.pdf
8A A Cultura da Gare_Arquitectura do Ferro e Arts and Crafts_Impressionismo.pdf
 
113729190 design-de-interiores
113729190 design-de-interiores113729190 design-de-interiores
113729190 design-de-interiores
 
A arte do século XIX
A arte do século XIX   A arte do século XIX
A arte do século XIX
 
História da Cadeira
História da CadeiraHistória da Cadeira
História da Cadeira
 
Art Nouveau
Art NouveauArt Nouveau
Art Nouveau
 
Art Nouveau
Art NouveauArt Nouveau
Art Nouveau
 
Bauhaus
BauhausBauhaus
Bauhaus
 
A arquitetura da 1ª metade século xx
A arquitetura da 1ª metade século xxA arquitetura da 1ª metade século xx
A arquitetura da 1ª metade século xx
 
Vanguardas Europeias
Vanguardas EuropeiasVanguardas Europeias
Vanguardas Europeias
 

Álbum de Figurinhas - Os Primórdios da Teoria do Design

  • 1. Álbum de Figurinhas Por: Vinicius Longo Núcleo D 2015/1 Professora: Marli Everling Introdução ao Design
  • 4. Thonet  Michel Thonet foi um construtor de moveis que se tornou famoso por marceneiro- que, em pleno século XIX, desenvolver um processo de encurvar madeira por meio do vapor. Destaca-se na historia do design por apresentar ao mundo alem da cadeira numero 14 de diversas peças, um mobiliário econômico, modulado, embalagem compacta criação de processos envolventes.
  • 5. Thonet Material madeira de faia encurvada , primeira cadeira a ser produzida em serie na época, custava cerca de R$10,00 reais desmontada em 6 partes de madeira e 6 parafusos( época 1859) 100 milhões de unidades- funcional, elegante,pratica, preço acessível, leve e ergonômica.
  • 7. Arts & Crafts... REFORMISTAS POR REAGIR A PRODUÇÃO INDUSTRIAL E MASSA- VALORIZAÇÃO DO PROCESSO ARTESANAL E DA QUALIDADE ARTESANAL, INSPIRAÇAO – NATUREZA. FAVORAVEL AO ESTOICISMO, RECORRE AOS VALORES MEDIEVAIS E SE OPÕE A INDUSTRIA
  • 8. Willian Morris  1843-1896  Pintor e escritor,principais fundadores do movimento das artes e ofícios porque é importante para a discussão anticapitalista romântica, se tornavam caros e executivos, beleza e utilidade se perdiam n produção em massa, socialista, luta pela reforma das artes e ofícios.
  • 9. Morris & Co Moveis sólidos, caros artesanais, tecidos estampados com corantes vegetais, tapetes tecidos manualmente, azulejos coloridos e vitrais. Cadeira de tecelão: poltrona, estrutura de madeira entalhada, decorada e pintada.
  • 10. Arts & Crafts, Educação e Indústria Paladinos da industria :H.Cole, O.Jones e Christopher Dresser- eram representante do movimento Arts & Crafts, porem eram favoráveis a produção industrial “o desenvolvimento industrial não pode ser impedido”
  • 12. Art Nouveau FRANÇA- ART NOUVEAU INGLATERRA – MODERNSTYLE ÁUSTRIA- SECESSIONSSTIL ESPANHA- MODERNISMO ALEMANHA- JUGENDSTIL ESPAÇO VISTO COMO OBRA DE ARTE INTEGRAL CONCILIA,AO ENTRE ARTES E ARTESANATO. ARTES DECORATIVAS COM FORMAS ORGÂNICAS PRIMÓRDIOS DO DESIGN DE INTERIORES SURGE O FUTURO DESIGN GRÁFICO ORNAMENTO COMO ELEMENTOS DE LIGAÇÃO.
  • 13. Henry Van De Velde Arquiteto , designer e pintor Presença da arte na criação Alem de Morris ao dizer que os projetos, nos processos industriais, deveriam ser trabalhos de artistas Defende a funcionalidade por meio de formas simples, honestas,praticas e funcionais .
  • 14. Arts & Crafts, Art Nouveau e século XX PODE- SE CONSIDERAR REFORMISTA, POIS SE REBELA CONTRA O ESTOICISMO E A INDUSTRIA, APENAS AS ELITES E A ARISTOCRACIA TINHAM ACESSO. DECAI NA VIRADA DO SÉCULO E UM FIM COM A PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL. AS PEÇAS PODIAM PAGAR POR ISSO DILEMA ENTRE DESIGN E INDUSTRIA. ARTS & CRAFTS E NOUVEAU REJEITAM O DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL.
  • 15. Art Nouveau e o Pré- Modernismo ART NOUVEAU SEVERO: PREFERENCIA POR LINHAS SIMPLES E ENFASE NA FUNCIONALIDADE. WIENER WERKSTATTEN (OFVEINENSE)E COLONIA DE ARTISTAS DE DARMSTADT FAZIAM PARTE ARTESANATO COM ALTO NIVEL MAS COM ESTETICA FUNCIONAL.
  • 17. Pré-Modernismo: Chicago EPOCA DA REVOLUÇAO INDUSTRIAL CONSILIAÇÃO DOS DOIS PARA O SURGIMENTO DO DESIGN PROPRIAMENTE DITO HENRY VAN DE VELDE. FORMAS OBJETIVAS.
  • 18. Escola de Chicago (EUA) BUSCAVA UM PLANEJAMENTO( ESTUDO DOS CENTROS URBANOS APÓS O GRANDE INCENDIO EM 1871. REPRESENTANTES- SULLIVAN, BURNHAM, COOLIDGE, LE BARON JENNY, HOLLABURD, F.L, WRIGHT E OUTROS. PRIMEIROS ARRANHA-CEUS PARA USO COMERCIAL E ADMINISTRATIVO DOTADOS DE AÇO. ESTETICA DETERMINADA POR CARACTERISTICAS CONSTRUTIVAS. IMPRESSIONA MODERNISMO COM O FUNCIONALISMO- SENDO UTIL, SERA BELO “O QUE É UTIL É VERDADEIRO E, PORTANTO, TAMBEM É BELO.
  • 19. Frank lloyd wright  Arquiteto, escritor e educador de engenheiro.  Combinaçao de materiais simples e proximos a natureza com outros modernos, arquitetura, organição, impulsiona modernismo.  Materiais- vidro,concreto, madeira, pedra natural.
  • 20. Frank lloyd wright  Casa da cascata, na pensilvania. EUA projetada em 1934 e construida em 1936  - erguida sob queda da agua.  Hoje é museu- custou 155.000 dolares  Refugio natural.
  • 21. Louis H. Sullivan  Primeiro arquiteto modernista que defendeu o funcionalismo “a forma segue a funçao”.  Forma como resultado da funcionalidade entre elementos construtivos e a edificaçao.
  • 22. Louis H. Sullivan  Sullivan center anteriormente conhecido como edificio carson piriescott building  Ocupa quase um quarteirao inteiro  Relaçao entre arquitetura e comercio.
  • 23. Pré-Modernismo: Glasgow ESCOLA DE ARTE NA ESCOCIO NOVAS FORMAS, MAIS ABSTRATAS E GEOMETRICAS 1890 CHARLES R. MACKINTOSH- 1868-1928- FORMAS GEOMETRICAS E AMPLAS COM LINHAS HORIZONTAIS E VERTICAIS DESENHOS DO LIVRO.
  • 24. Charles R. Mackintosh  Arquiteto  Interpretaçao nova e fascinante da art noveau trata cada projeto com individualidade tendo funcoes esteticas mas sem acessiveis as pessoas.
  • 25. Charles R. Mackintosh  Completamente moderna competiçao de ideias feitas pela revista zeitschrift fur innende koration  No Bellahouston Parts, em glascou, escocia  Inspiraçao na arquitetura escocesa tradicional alia rusticidade exterior ao detalhes e acabamento interiores  Possivel fazer tour virtual pelo youtube.
  • 26. Edward Johnston  Projeto para metro de londres  Logotipo simples escrita funcional  Acesso do metro e nos cartazes publicitarios.
  • 27. Modernismo Vienense  Assemelha-se com o movimento secesion por surgir contra academias de arte tradicionas e historicismo.  Obra de arte integral, reforma das artes e oficios  Gustav Klimt e Otto Wagner  Oficina vienense coorporativa de produtos de arte e oficios.  Linguagem formal clara, angulos retos e linhas de traçado severo  Se opunha a Produçao em massa  Critica objetos modernos, existem para todos.
  • 28. Adolf Loos  Rejeitava ornamentos- formas puramente funcionais  - purificaçao do espaço  Ornamento e crime  “Quando uma cultura evolui,gradativamente abandona uso do ornamento em objetos utilitários”.
  • 29. Pré-Modernismo: Darmstadt Colonia de artistas de darmstadt foi criado por Josepf maria Olbrich a conirte do grao duque com o intuito de construir moradias com preços acessiveis. Virada do seculo XIX para o XX Linguagem formal objetiva Desenvolviam comodos singelos e confortaveis e produtos fabricaveis em serie.
  • 30. Peter Behrens  Arquiteto design alemao  Considerado o primeiro designer da historia dos fundadores oficiais muniquenses  Desenvolvia desde a planta da casa ate os utensilios domenticos  Criadores de colonia de artistas de darmastadt.
  • 31. Peter Behrens  Fabrica de turbinas  Design revolucionario 100 m de vidro e aço paredes longas, e 15 m de altura em ambos os lados  1909 Berlim Comprimento de 123m  É Agora parte da seemens.
  • 33. Século XX: Deutscher Werkbund  Contexto social de disputa entre os mercadores de paises europeus  Alemanha com ma fama nos produtos  Liga alema do trabalho  Associaçao entre empresarios, arquitetos, artistas, profissionais das artes e oficios  Associoaçao entre concepçao contraditoria , tradicionais e com versao de futuro a respeito do design arts e crafts- enfoque artesanal e D.W- enfoque na industria
  • 34. Peter Behrens & AEG  AEG- primeira grande empresa alema a contratar assessor anterior.  Projetou o edificio, moradias dos trabalhadores, midia publicitaria, identidade corporativa  Sem ornamentos e decoraçao superfula.
  • 36. Século XX: BAuhaus  Contexto por primeira guerra mundial, vontade de romper como que era tradicional e radicalmente, dar inicio ao novo.  Relaçao com a D. Werkerind- integraçao da arte a produçao industrial.  Retomada de valores tradicionais- obra de arte integral dessau: a Forma Bauhaus  Preocupaçao com com a necessidade sociais  Produtos padronizados, passiveis de produçao em serie.  Muda para Dessau em 1925 produtos baratos visando atingir mais comandas sociais a era Meyer.
  • 37. Bauhaus & Walter Gropius  Fundador da Bauhaus  Unifica as belas artes, as artes aplicadas e o artesanato  Negaçao ao historicismo  Inicio do modernismo
  • 38. Bauhaus & Marcel Breuer  Parte da primeira geraçao de alunos formados pela b.  Importante no design de mobiliario, que são revolucionarios ate os dias de atuais.
  • 39. Bauhaus & Marcel Breuer  Cadeira Wassely  Homenagem ao coleta Wassily Kandinski  Primeiros exemplos de tecnologia de aço tubular leveza, aparencia rigida e elegante  Inspiraçao em bicicleta
  • 40. Bauhaus & Lazlo Moholy Nagy  Design hungaro  Apaixonado por tipografia, desenvolve livros sobre a bauhaus  Uniao entre as artese o design grafico  Defendia a interaçao da tecnologia e nas artes  Explora, na comunicaçao visual, a abstraçao geometrica  Capaiz dos anuncios da bauhaus.
  • 41. A Metafora das Maquinas e Le Corbusier  Consiste na observaçao do espaço como maquinas geometricas.  “pseudonimo” charles arquiteto.