Joaquim.coloa@gmail.com                          e depois da                          escola…                             ...
?Joaquim.coloa@gmail.com                             O que entendemos por transição                          PROCESSO     ...
?Joaquim.coloa@gmail.com                          O que entendemos por transição                          São as viagens q...
Joaquim.coloa@gmail.com                               Três grandes abordagens                                FAMILIA      ...
?Joaquim.coloa@gmail.com                           Para onde queremos ir                          O objetivo de cada pesso...
?Joaquim.coloa@gmail.com                            Quanto tempo vai demorar                          Seja qual for a idad...
?Joaquim.coloa@gmail.com                             Quem queremos levar                          A família, os amigos e c...
?Joaquim.coloa@gmail.com                          Que pesquisas temos que fazer                          relativamente à v...
?Joaquim.coloa@gmail.com                          Que competências são                          necessárias               ...
?Joaquim.coloa@gmail.com                          Quais são os contextos                           Em que locais o jovem p...
?Joaquim.coloa@gmail.com                          Quais os tempos livres e                          oportunidades sociais ...
?Joaquim.coloa@gmail.com                          Qual o financiamento necessário                          Deve-se fazer u...
Joaquim.coloa@gmail.com                          Componentes do processo de transição                                     ...
?Joaquim.coloa@gmail.com                          O que queremos                            Coordenação ao                ...
?Joaquim.coloa@gmail.com                          O que queremos                          Colaboração e                   ...
?Joaquim.coloa@gmail.com                          O que queremos                          Formação dos                    ...
?Joaquim.coloa@gmail.com                          Autonomia e qualidade de vida                            ambiente famili...
?Joaquim.coloa@gmail.com                          Autonomia e qualidade de vida                               uma escola d...
?Joaquim.coloa@gmail.com                          Autonomia e qualidade de vida                               com pessoas ...
?Joaquim.coloa@gmail.com                          Autonomia e qualidade de vida                           recursos da comu...
?Joaquim.coloa@gmail.com                          Autonomia e qualidade de vida                             atividades nor...
?Joaquim.coloa@gmail.com                          Autonomia e qualidade de vida                           que tomem decisõ...
?Joaquim.coloa@gmail.com                          Autonomia e qualidade de vida                          que trabalhem em ...
Joaquim.coloa@gmail.com                          http://www.youtube.com/wat                          ch?v=QC0Tdlug_4o     ...
Joaquim.coloa@gmail.com                          Alguma bibliografia                          Costa , A. M. B. da. (s/d). ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

E depois da escola... Contratam-se pessoas (d)eficientes?

1.118 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.118
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
34
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

E depois da escola... Contratam-se pessoas (d)eficientes?

  1. 1. Joaquim.coloa@gmail.com e depois da escola… ? Contratam-se pessoas (d) eficientes Seminário – Educação Especial Inclusiva – Nós e os Laços Joaquim Colôa Viseu – 9 de Março de 2013
  2. 2. ?Joaquim.coloa@gmail.com O que entendemos por transição PROCESSO no sentido do trabalho prévio requerido e do período de tempo necessário para a transição; TRANSFER na passagem de um nível educacional ou de um estadio de vida para outro; MUDANÇA em termos das situações pessoal e social (European Agency, 2001)
  3. 3. ?Joaquim.coloa@gmail.com O que entendemos por transição São as viagens que fazemos entre contextos, serviços, níveis de ensino, escolas, apoios, escolas e outros serviços comunitários…. É projetar a vida!
  4. 4. Joaquim.coloa@gmail.com Três grandes abordagens FAMILIA FAMILIA CRIANÇA JOVEM INTERVENÇÃO PRECOCE TRANSIÇÃO VIDA ADULTA Orientado para a família Orientado para a criança Orientado para o jovem e família Conjunto Individualizado Equilíbrio Qualidade de vida da Qualidade de vida do família Qualidade de vida da jovem criança e da família (Kim e Turnbull, 2004)
  5. 5. ?Joaquim.coloa@gmail.com Para onde queremos ir O objetivo de cada pessoa deve ser o de viver na comunidade, ter um trabalho significativo, desfrutar de uma vida social e ter a oportunidade de crescer e aprender. Todos temos de decidir para onde vamos na vida!
  6. 6. ?Joaquim.coloa@gmail.com Quanto tempo vai demorar Seja qual for a idade da criança deve existir um plano. A transição deve começar logo quando a criança vai para a escola. A pessoa deve aprender ao longo da vida as competências práticas que a ajudem a ser o mais autónoma possível. Toda a vida é mudança!
  7. 7. ?Joaquim.coloa@gmail.com Quem queremos levar A família, os amigos e colegas, os contatos pessoais e locais (autarquias, empresas,…), todo o pessoal da escola nomeadamente os docentes de educação especial e do ensino regular, instituições de educação especial, organizações locais, organismos do emprego são importantes para ajudar a planificar e projetar o futuro. Envolver outros ajuda a manter as amizades e o apoio.
  8. 8. ?Joaquim.coloa@gmail.com Que pesquisas temos que fazer relativamente à viagem é importante sabermos o apoio a que o aluno tem direito e como desenvolvê-lo. Qual a legislação de enquadramento… Quais as organizações / empresas disponíveis… Que tipo de trabalho… Os mapas e os guias de viagem são importantes!
  9. 9. ?Joaquim.coloa@gmail.com Que competências são necessárias "Lembre-se que qualquer competência que a criança aprende é uma coisa a menos que uma pessoa paga terá que fazer por ele/ela." (Lou Brown)
  10. 10. ?Joaquim.coloa@gmail.com Quais são os contextos Em que locais o jovem poderá desenvolver a sua atividade… que transportes terá que utilizar… Onde terá que ter que vir a viver e com que ajudas… Todos nós interagimos em diversos contextos!
  11. 11. ?Joaquim.coloa@gmail.com Quais os tempos livres e oportunidades sociais É importante considerar a vida social do jovem. Será que tem amigos onde vive e vai trabalhar? Têm acesso fácil a locais de ócio para conhecerem outras pessoas? Os tempos livres diversificam interesses e relações !
  12. 12. ?Joaquim.coloa@gmail.com Qual o financiamento necessário Deve-se fazer um mapeamento dos serviços necessários logo que a criança entra na escola. Interrogarmo-nos quais e quando começam e, ou deixam eles de ser essenciais. Nem sempre temos as mesmas necessidades!
  13. 13. Joaquim.coloa@gmail.com Componentes do processo de transição (Nova Scotia. Department of Education. Student Services Division, 2005)
  14. 14. ?Joaquim.coloa@gmail.com O que queremos Coordenação ao nível das políticas e das práticas
  15. 15. ?Joaquim.coloa@gmail.com O que queremos Colaboração e (re)criação de redes de apoio
  16. 16. ?Joaquim.coloa@gmail.com O que queremos Formação dos intervenientes
  17. 17. ?Joaquim.coloa@gmail.com Autonomia e qualidade de vida ambiente familiar E não uma instituição (Costa, s/d)
  18. 18. ?Joaquim.coloa@gmail.com Autonomia e qualidade de vida uma escola da sua comunidade E não uma escola especial, na maior parte dos casos, distante (Costa, s/d)
  19. 19. ?Joaquim.coloa@gmail.com Autonomia e qualidade de vida com pessoas sem deficiência E não unicamente com pessoas com deficiência (Costa, s/d)
  20. 20. ?Joaquim.coloa@gmail.com Autonomia e qualidade de vida recursos da comunidade E não confinados a espaços limitados e segregados (Costa, s/d)
  21. 21. ?Joaquim.coloa@gmail.com Autonomia e qualidade de vida atividades normais de recreação/lazer E não exclusivamente em programas recreativos especiais (Costa, s/d)
  22. 22. ?Joaquim.coloa@gmail.com Autonomia e qualidade de vida que tomem decisões sobre a sua vida E não sejam totalmente controlado pelos outros. (Costa, s/d)
  23. 23. ?Joaquim.coloa@gmail.com Autonomia e qualidade de vida que trabalhem em serviços da comunidade e sejam pagos pelo seu trabalho E não permaneçam inativos ou estejam ocupados em centros destinados exclusivamente à população com deficiência. (Costa, s/d)
  24. 24. Joaquim.coloa@gmail.com http://www.youtube.com/wat ch?v=QC0Tdlug_4o Bem-hajam e m h a” lp in cu i s e s co “d e r e u ua lq Apresentação disponível em: q http://proandee.weebly.com/ Seminário – Educação Especial Inclusiva – Nós e os Laços www.slideshare.net/jcoloa Joaquim Colôa Viseu – 9 de Março de 2013 www.facebook.com/groups/244591468914345/
  25. 25. Joaquim.coloa@gmail.com Alguma bibliografia Costa , A. M. B. da. (s/d). Currículo Funcional no Contexto da Educação Inclusiva. In http://redeinclusao.web.ua.pt/files/fl_46.pdf Kim , Kyeong-Hwa; Turnbull, A. (2004). Transition to Adulthood for Students With Severe Intellectual Disabilities: Shifting Toward Person-Family Interdependent Planning . In Research & Practice for Persons with Severe Disabilities, Vol. 29, No. 1, 53-57 Nova Scotia. Department of Education. Student Services Division. (2005). Transition Planning for Students with Special Needs: The Early Years through to adult Life. Nova Scotia: Department of Education. Student Services Division Realizing Potential. Achieving Goals. (s/d). Transition from School to Adulthood: Planning for a Future: Massachusetts: The ARC Soriano, V. (2001). Transição da Escola para o Emprego Principais Problemas, Questões e Opções Enfrentadas pelos Alunos com Necessidades Educativas Especiais em 16 países Europeus. Denmark: European Agency for Development in Special Needs Education

×