Identificando o autismo
Instituto Walden4
Vídeo de observação
Vídeo 1
Vídeo 2
Vídeo 3
Definições vagas
"fracasso em desenvolver relacionamentos com seus pares
apropriados ao nível de desenvolvimento"
"preocup...
Comportamentos característicos
Comportamentos característicos
Comportamentos característicos
DSM-V : Transtorno do Espectro do Autismo (Critérios de
diagnóstico)
Comunicação
social e nas
interações sociais
Padrões r...
DSM-V : Transtorno do Espectro do Autismo (Critérios de
diagnóstico)
Comunicação
social e nas
interações sociais
Padrões r...
DSM-V : Transtorno do Espectro do Autismo (Critérios de
diagnóstico)
Comunicação
social e nas
interações sociais
Padrões r...
DSM-V : Transtorno do Espectro do Autismo (Critérios de
diagnóstico)
Comunicação
social e nas
interações sociais
Padrões r...
DSM-V : Transtorno do Espectro do Autismo (Critérios de
diagnóstico)
Comunicação
social e nas
interações sociais
Padrões r...
DSM-V : Transtorno do Espectro do Autismo (Critérios de
diagnóstico)
Comunicação
social e nas
interações sociais
Padrões r...
DSM-V : Transtorno do Espectro do Autismo (Critérios de
diagnóstico)
Comunicação
social e nas
interações sociais
Padrões r...
DSM-V : Transtorno do Espectro do Autismo (Critérios de
diagnóstico)
Comunicação
social e nas
interações sociais
Padrões r...
DSM-V : Transtorno do Espectro do Autismo (Critérios de
diagnóstico)
Os sintomas devem estar presentes no início da
infânc...
Autismo atípico
Transtornos Globais do Desenvolvimento
Autismo infantil
Sindrome de Rett
Transtorno Desintegrativo da Infâ...
Exemplos: desenvolvimento de 0 a 6 meses
Interação Social
Típico Atípico
Busca o
contato de
olhar
Pode não fazer
ou fazer ...
Exemplos: desenvolvimento de 0 a 6 meses
Interação Social
Típico Atípico
Aos 6 meses
observa mais
pessoas
Aos 6 meses
obse...
Exemplos: desenvolvimento de 0 a 6 meses
Interação Social
Típico Atípico
Identifica a
fala do
cuidador
Ignora ou presta
po...
Exemplos: desenvolvimento de 0 a 6 meses
Interação Social
Típico Atípico
Aos 6 meses já
emite sons na
presença do
cuidador...
Exemplos: desenvolvimento de 0 a 6 meses
Interação Social
Típico Atípico
Identifica a
fala do
cuidador
Ignora ou presta
po...
Exemplos: desenvolvimento de 0 a 6 meses
Uso de objetos
Típico Atípico
Explora
brinquedos de
formas diferentes
Ausência de...
Exemplos: desenvolvimento de 0 a 6 meses
Uso de objetos
Típico Atípico
Explora
brinquedos de
formas diferentes
Ausência de...
Olhar dos dados na perspetiva da pesquisa
científica
O autismo tem sofrido uma série de mudanças
ao longo do tempo
Definiç...
Definição/Diagnóstico
Em 1943 Kanner referiu-se ao autismo a um
quadro “uniforme”
Desligamento das
relações humanas
Falha ...
Abrangência do Autismo
O transtorno Autista tem em seu spectrum um
quadro comportamental heterogênio
Exemplos:
Desvio de d...
Abrangência do Autismo
O diagnóstico: comportamental ou biológico?
Instrumentos de avaliação
Critérios para diferenciar populações (grupos de pessoas com
características diferentes)
não obe...
Instrumentos de avaliação
Critérios para diferenciar populações (grupos de pessoas com
características)
não obeso obeso ob...
Instrumentos de avaliação
Critérios para diferenciar populações (grupos de pessoas com
características)
sem retardo mental...
Instrumentos de avaliação
Obesidade
Baixo ou alto
Transtornos do
desenvolvimento
Índice de Massa Corporal
Altura
O que? Co...
Instrumentos de avaliação
Exames laboratoriais
Exames clínicos
Instrumentos de avaliação
Exames laboratoriais
Exames clínicos
sangue ressonância funcional
observação questionário situac...
Instrumentos de avaliação
© 1999 Diana Robins, Deborah Fein e Marianne Barton. Traduç ão de Milena Pereira Pondé e Mire...
Instrumentos de avaliação
© 1999 Diana Robins, Deborah Fein e Marianne Barton. Traduç ão de Milena Pereira Pondé e Mire...
Instrumentos de avaliação
Connor, K.M. et al. Psychometric Properties of the Social Phobia Inventory Br. J. Psych. 2000; 1...
Instrumentos de avaliação
Connor, K.M. et al. Psychometric Properties of the Social Phobia Inventory Br. J. Psych. 2000; 1...
Instrumentos de avaliação
Instrumentos de avaliação
Valores padronizados: média = 10,33 e desvio
padrão: 7,91.
Instrumentos de avaliação
O que garante que um
questionário "funciona"?
Instrumentos de avaliação
Escala de Solidão para Idosos
Pocinho (2010, p. 69)
Instrumentos de avaliação
Escala de Solidão para Idosos
Pocinho (2010, p. 70)
Instrumentos de avaliação
Escala de Solidão para Idosos
Pocinho (2010, p. 71)
Instrumentos de avaliação
Tradução Tudo novamente!
Instrumentos de avaliação
http://www.pol.org.br/satepsi/sistema/admin.cfm?lista1=sim
Nome: João da Silva Masculino ( X ) Feminino ( )
Ano Mês Dia
Data Teste 2003 12 20 Nome dos pais João da Silva e Maria da
...
PEP-3: Exemplo
Escore
bruto
Idade
Desen.
%til Nível
Desen.
Grupo-Testes
1. Cognitivo Verbal/Préverbal (CVP)
2. Linguagem E...
PEP-3: Exemplo
PEP-3: Exemplo
Itens Materiais Orientações Critérios de avaliação
1. Desenroscar a tampa
da garrafa de bolha
independentem...
PEP-3: Exemplo
Demostração de avaliação.
PEP-3: Exemplo
PEP-3: Exemplo
PEP-3: Exemplo
PEP-3: Exemplo
Escore
bruto
Idade
Desen.
%til Nível
Desen.
Grupo-Testes
1. Cognitivo Verbal/Préverbal (CVP) 16
2. Linguage...
PEP-3: Exemplo
PEP-3: Exemplo
Escore
bruto
Idade
Desen.
%til Nível
Desen.
Grupo-Testes
1. Cognitivo Verbal/Préverbal (CVP) 16 18
2. Lingu...
PEP-3: Exemplo
PEP-3: Exemplo
Escore
bruto
Idade
Desen.
%til Nível
Desen.
Grupo-Testes
1. Cognitivo Verbal/Préverbal (CVP) 16 18 35
2. Li...
PEP-3: Exemplo
Percentil Nível Adaptativo/Desenvolvimento
> 89 Adequado
75-89 Leve
25-74 Moderado
< 25 Severo
PEP-3: Exemplo
Escore
bruto
Idade
Desen.
%til Nível
Desen.
Grupo-Testes
1. Cognitivo Verbal/Préverbal (CVP) 16 18 35 Mod
2...
PEP-3: Exemplo
Relatório do cuidador - Comportamento Problema
1. Comprometimento no contato de olhar, expressões faciais e...
PEP-3: Exemplo
Relatório do cuidador - Autocuidado
1. Durante as refeições ou lanches a sua criança pega ("pinça"), mastig...
PEP-3: Exemplo
Relatório do cuidador - Comportamento Adaptativo
1. A sua criança troca de atividades regularmente durante ...
PEP-3: Exemplo
Escore
bruto
Idade
Desen.
%til Nível
Desen.
Grupo-Testes
1. Cognitivo Verbal/Préverbal (CVP) 16 18 35 Mod
2...
PEP-3: Exemplo
CARS2 - Childhood Autism Rating Scale
Artigo científico
Avaliações quantitativa e qualitativa de um
menino autista: uma análise crítica
Lampreia, C. (2003). Ava...
Participante
Gustavo
● Já avaliado pelo DSM III-R
● Diagnosticado como autista
● 4 anos
Procedimento
DSM-IV
Instrumentos de avaliação
CARS
PEP-R
Anamnese feita pelo médico
Neurologista e observador
Observador e...
Anamnese
Segundo o relato da mãe, Gustavo nasceu a termo, com
3000gr de peso e Apgar normal. Teve complicações
respiratóri...
Anamnese
Na época desta segunda avaliação, ainda segundo o
relato da mãe, falava poucas palavras e o final de
algumas fras...
Anamnese
A bisavó materna teve PMD e a mãe se considera uma
pessoa deprimida. Ao exame físico, apresentou agitação
psicomo...
Resultado e Discussão
Diagnosticado como autista pelo DSM IV,
apresentando:
● 3 itens em social
● 2 itens em comunicação
●...
Resultado e Discussão
Lampreia (2003, p. 60)
Lampreia (2003, p. 60)
Lampreia (2003, p. 60)
Resultado e Discussão
Lampreia (2003, p. 61)
Resultado e Discussão
Lampreia (2003, p. 61)
A análise quantitativa: concordância.
Área social
Três itens
3,5
9 itens grav...
Resultado e Discussão
A análise qualitativa:
Área social Linguagem Imitação
1. Área social, seu relacionamento é nulo? Que...
Resultado e Discussão
A análise qualitativa:
Área social Linguagem Imitação
2. Área da linguagem - o Gustavo é não verbal,...
Resultado e Discussão
A análise qualitativa:
Área social Linguagem Imitação
3. Imitação - sujeito que não imita tem atençã...
Resultado e Discussão
Resultado e Discussão
Percepção
Resultado e Discussão
Percepção
Resultado e Discussão
Percepção
Resultado e Discussão
Coordenação
motora
Tabela 4 - continuação...
Resultado e Discussão
Integração mão
olho
Tabela 4 - continuação...
Resultado e Discussão
Apresentou
Linguagem
receptiva
Identificando o autismo (Partes I e II)
Identificando o autismo (Partes I e II)
Identificando o autismo (Partes I e II)
Identificando o autismo (Partes I e II)
Identificando o autismo (Partes I e II)
Identificando o autismo (Partes I e II)
Identificando o autismo (Partes I e II)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Identificando o autismo (Partes I e II)

912 visualizações

Publicada em

Curso ministrado pelo Instituto Walden4 (www.walden4.com.br) em agosto de 2013.
Esp. Gleidson Gabriel
Dr. Márcio Borges Moreira

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
912
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
64
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Identificando o autismo (Partes I e II)

  1. 1. Identificando o autismo Instituto Walden4
  2. 2. Vídeo de observação Vídeo 1 Vídeo 2 Vídeo 3
  3. 3. Definições vagas "fracasso em desenvolver relacionamentos com seus pares apropriados ao nível de desenvolvimento" "preocupação insistente com um ou mais padrões estereotipados e restritos de interesse, anormais em intensidade ou foco" "em indivíduos com fala adequada, acentuado prejuízo na capacidade de iniciar ou manter uma conversação"
  4. 4. Comportamentos característicos
  5. 5. Comportamentos característicos
  6. 6. Comportamentos característicos
  7. 7. DSM-V : Transtorno do Espectro do Autismo (Critérios de diagnóstico) Comunicação social e nas interações sociais Padrões restritos e repetitivos de comportamento, interesses e atividades.
  8. 8. DSM-V : Transtorno do Espectro do Autismo (Critérios de diagnóstico) Comunicação social e nas interações sociais Padrões restritos e repetitivos de comportamento, interesses e atividades. Déficits expressivos na comunicação não verbal e verbal usadas para interação social.
  9. 9. DSM-V : Transtorno do Espectro do Autismo (Critérios de diagnóstico) Comunicação social e nas interações sociais Padrões restritos e repetitivos de comportamento, interesses e atividades. Falta de reciprocidade social.
  10. 10. DSM-V : Transtorno do Espectro do Autismo (Critérios de diagnóstico) Comunicação social e nas interações sociais Padrões restritos e repetitivos de comportamento, interesses e atividades. Incapacidade para desenvolver e manter relacionamentos de amizade apropriados para o estágio de desenvolvimento.
  11. 11. DSM-V : Transtorno do Espectro do Autismo (Critérios de diagnóstico) Comunicação social e nas interações sociais Padrões restritos e repetitivos de comportamento, interesses e atividades. Incapacidade para desenvolver e manter relacionamentos de amizade apropriados para o estágio de desenvolvimento.
  12. 12. DSM-V : Transtorno do Espectro do Autismo (Critérios de diagnóstico) Comunicação social e nas interações sociais Padrões restritos e repetitivos de comportamento, interesses e atividades. Comportamentos motores ou verbais estereotipados, ou comportamentos sensoriais incomuns.
  13. 13. DSM-V : Transtorno do Espectro do Autismo (Critérios de diagnóstico) Comunicação social e nas interações sociais Padrões restritos e repetitivos de comportamento, interesses e atividades. Excessiva adesão/aderência a rotinas e padrões ritualizados de comportamento.
  14. 14. DSM-V : Transtorno do Espectro do Autismo (Critérios de diagnóstico) Comunicação social e nas interações sociais Padrões restritos e repetitivos de comportamento, interesses e atividades. Interesses restritos, fixos e intensos.
  15. 15. DSM-V : Transtorno do Espectro do Autismo (Critérios de diagnóstico) Os sintomas devem estar presentes no início da infância, mas podem não se manifestar completamente até que as demandas sociais excedam o limite de suas capacidades.
  16. 16. Autismo atípico Transtornos Globais do Desenvolvimento Autismo infantil Sindrome de Rett Transtorno Desintegrativo da Infância Sindrome de Asperger Transtorno Global do Desenvolvimento não especificado
  17. 17. Exemplos: desenvolvimento de 0 a 6 meses Interação Social Típico Atípico Busca o contato de olhar Pode não fazer ou fazer com meno frequência
  18. 18. Exemplos: desenvolvimento de 0 a 6 meses Interação Social Típico Atípico Aos 6 meses observa mais pessoas Aos 6 meses observa mais objetos
  19. 19. Exemplos: desenvolvimento de 0 a 6 meses Interação Social Típico Atípico Identifica a fala do cuidador Ignora ou presta pouca atenção ao som
  20. 20. Exemplos: desenvolvimento de 0 a 6 meses Interação Social Típico Atípico Aos 6 meses já emite sons na presença do cuidador Tender ao silêncio ou a gritos aleatórios
  21. 21. Exemplos: desenvolvimento de 0 a 6 meses Interação Social Típico Atípico Identifica a fala do cuidador Ignora ou presta pouca atenção ao som
  22. 22. Exemplos: desenvolvimento de 0 a 6 meses Uso de objetos Típico Atípico Explora brinquedos de formas diferentes Ausência de comportamentos exploratórios
  23. 23. Exemplos: desenvolvimento de 0 a 6 meses Uso de objetos Típico Atípico Explora brinquedos de formas diferentes Ausência de comportamentos exploratórios
  24. 24. Olhar dos dados na perspetiva da pesquisa científica O autismo tem sofrido uma série de mudanças ao longo do tempo Definição/Diagnóstico Instrumentos de avaliação têm sido desenvolvidos
  25. 25. Definição/Diagnóstico Em 1943 Kanner referiu-se ao autismo a um quadro “uniforme” Desligamento das relações humanas Falha no uso da linguagem Manutenção de uma rotina Fascinação por objetos Potencialidade cognitiva Auto-isolamento / preservação da rotina
  26. 26. Abrangência do Autismo O transtorno Autista tem em seu spectrum um quadro comportamental heterogênio Exemplos: Desvio de desenvolvimento nos primeiros dias e outras crianças com um ou dois anos. Alguns falam, outros não são verbais Algumas apresentam retardo outras não
  27. 27. Abrangência do Autismo O diagnóstico: comportamental ou biológico?
  28. 28. Instrumentos de avaliação Critérios para diferenciar populações (grupos de pessoas com características diferentes) não obeso obeso obsidade mórbida
  29. 29. Instrumentos de avaliação Critérios para diferenciar populações (grupos de pessoas com características) não obeso obeso obsidade mórbida IMC = peso/(peso)2
  30. 30. Instrumentos de avaliação Critérios para diferenciar populações (grupos de pessoas com características) sem retardo mental retardo mental leve retardo mental moderado sem TDAH TDAH tipo 1 TDAH tipo 2 sem autismo asperger autismo desenvolvimento típico TDAH autismo retardo mental paralisia cerebral síndrome de Rett ou...
  31. 31. Instrumentos de avaliação Obesidade Baixo ou alto Transtornos do desenvolvimento Índice de Massa Corporal Altura O que? Como?
  32. 32. Instrumentos de avaliação Exames laboratoriais Exames clínicos
  33. 33. Instrumentos de avaliação Exames laboratoriais Exames clínicos sangue ressonância funcional observação questionário situacional
  34. 34. Instrumentos de avaliação © 1999 Diana Robins, Deborah Fein e Marianne Barton. Traduç ão de Milena Pereira Pondé e Mirella Fiuza Losapio (2008).
  35. 35. Instrumentos de avaliação © 1999 Diana Robins, Deborah Fein e Marianne Barton. Traduç ão de Milena Pereira Pondé e Mirella Fiuza Losapio (2008). Indicação de autismo: "não" em 3 itens ou em 2 itens críticos (Itens 2 e 7, por exemplo).
  36. 36. Instrumentos de avaliação Connor, K.M. et al. Psychometric Properties of the Social Phobia Inventory Br. J. Psych. 2000; 176: 379-386. Traduç ão de Liliane Maria Pereira Vilete (2002).
  37. 37. Instrumentos de avaliação Connor, K.M. et al. Psychometric Properties of the Social Phobia Inventory Br. J. Psych. 2000; 176: 379-386. Traduç ão de Liliane Maria Pereira Vilete (2002).
  38. 38. Instrumentos de avaliação
  39. 39. Instrumentos de avaliação Valores padronizados: média = 10,33 e desvio padrão: 7,91.
  40. 40. Instrumentos de avaliação O que garante que um questionário "funciona"?
  41. 41. Instrumentos de avaliação Escala de Solidão para Idosos Pocinho (2010, p. 69)
  42. 42. Instrumentos de avaliação Escala de Solidão para Idosos Pocinho (2010, p. 70)
  43. 43. Instrumentos de avaliação Escala de Solidão para Idosos Pocinho (2010, p. 71)
  44. 44. Instrumentos de avaliação Tradução Tudo novamente!
  45. 45. Instrumentos de avaliação http://www.pol.org.br/satepsi/sistema/admin.cfm?lista1=sim
  46. 46. Nome: João da Silva Masculino ( X ) Feminino ( ) Ano Mês Dia Data Teste 2003 12 20 Nome dos pais João da Silva e Maria da Silva Data Nasc. 2000 10 29 Nome do examinador Carlos da Silva Idade 3 3 11 Função do examinador Psicólogo Escolar PEP-3: Exemplo
  47. 47. PEP-3: Exemplo Escore bruto Idade Desen. %til Nível Desen. Grupo-Testes 1. Cognitivo Verbal/Préverbal (CVP) 2. Linguagem Expressiva (LE) 3. Linguagem Receptiva (LR) 4. Motor Fino (MF) 5. Motor Grosso (MG) 6. Imitação visual-motora (IVM) 7. Expressões de Afeto (EA) 8. Reciprocidade Social (RS) 9. Comportamentos Motores Característicos (CMC) 10. Comportamentos Verbais Característicos (CVC) Relatório dos cuidadores 1. Comportamentos problema (CP) 2. Autocuidado (AC) 3. Comportamento Adaptativo (CA)
  48. 48. PEP-3: Exemplo
  49. 49. PEP-3: Exemplo Itens Materiais Orientações Critérios de avaliação 1. Desenroscar a tampa da garrafa de bolha independentemente. Garrafa de bolhas Coloque a garrafa sobre a mesa. Diga: "Essas são bolhas". Empurre a garrafa em direção à criança e faça um gesto para a criança desenroscar a tampa. Se a criança não abrir a garrafa, demostre uma vez e indique à criança o que fazer novamente. 2 - desenrosca independentemente. 1 - Não remove a tampa mas demonstra os movimentos necessários (i.e., coloca a mão na tampa e faz movimentos de torcer com a mão). 0 - Não remove a tampa e nem demonstra os movimentos necessários.
  50. 50. PEP-3: Exemplo Demostração de avaliação.
  51. 51. PEP-3: Exemplo
  52. 52. PEP-3: Exemplo
  53. 53. PEP-3: Exemplo
  54. 54. PEP-3: Exemplo Escore bruto Idade Desen. %til Nível Desen. Grupo-Testes 1. Cognitivo Verbal/Préverbal (CVP) 16 2. Linguagem Expressiva (LE) 18 3. Linguagem Receptiva (LR) 12 4. Motor Fino (MF) 34 5. Motor Grosso (MG) 27 6. Imitação visual-motora (IVM) 11 7. Expressões de Afeto (EA) 3 8. Reciprocidade Social (RS) 6 9. Comportamentos Motores Característicos (CMC) 7 10. Comportamentos Verbais Característicos (CVC) 10 Relatório dos cuidadores 1. Comportamentos problema (CP) 2. Autocuidado (AC) 3. Comportamento Adaptativo (CA)
  55. 55. PEP-3: Exemplo
  56. 56. PEP-3: Exemplo Escore bruto Idade Desen. %til Nível Desen. Grupo-Testes 1. Cognitivo Verbal/Préverbal (CVP) 16 18 2. Linguagem Expressiva (LE) 18 23 3. Linguagem Receptiva (LR) 12 19 4. Motor Fino (MF) 34 35 5. Motor Grosso (MG) 27 33 6. Imitação visual-motora (IVM) 11 27 7. Expressões de Afeto (EA) 3 8. Reciprocidade Social (RS) 6 9. Comportamentos Motores Característicos (CMC) 7 10. Comportamentos Verbais Característicos (CVC) 10 Relatório dos cuidadores 1. Comportamentos problema (CP) 2. Autocuidado (AC) 3. Comportamento Adaptativo (CA)
  57. 57. PEP-3: Exemplo
  58. 58. PEP-3: Exemplo Escore bruto Idade Desen. %til Nível Desen. Grupo-Testes 1. Cognitivo Verbal/Préverbal (CVP) 16 18 35 2. Linguagem Expressiva (LE) 18 23 78 3. Linguagem Receptiva (LR) 12 19 45 4. Motor Fino (MF) 34 35 87 5. Motor Grosso (MG) 27 33 89 6. Imitação visual-motora (IVM) 11 27 47 7. Expressões de Afeto (EA) 3 6 8. Reciprocidade Social (RS) 6 17 9. Comportamentos Motores Característicos (CMC) 7 10 10. Comportamentos Verbais Característicos (CVC) 10 25 Relatório dos cuidadores 1. Comportamentos problema (CP) 2. Autocuidado (AC) 3. Comportamento Adaptativo (CA)
  59. 59. PEP-3: Exemplo Percentil Nível Adaptativo/Desenvolvimento > 89 Adequado 75-89 Leve 25-74 Moderado < 25 Severo
  60. 60. PEP-3: Exemplo Escore bruto Idade Desen. %til Nível Desen. Grupo-Testes 1. Cognitivo Verbal/Préverbal (CVP) 16 18 35 Mod 2. Linguagem Expressiva (LE) 18 23 78 Lev 3. Linguagem Receptiva (LR) 12 19 45 Mod 4. Motor Fino (MF) 34 35 87 Lev 5. Motor Grosso (MG) 27 33 89 Lev 6. Imitação visual-motora (IVM) 11 27 47 Mod 7. Expressões de Afeto (EA) 3 6 Sev 8. Reciprocidade Social (RS) 6 17 Sev 9. Comportamentos Motores Característicos (CMC) 7 10 Sev 10. Comportamentos Verbais Característicos (CVC) 10 25 Mod Relatório dos cuidadores 1. Comportamentos problema (CP) 2. Autocuidado (AC) 3. Comportamento Adaptativo (CA)
  61. 61. PEP-3: Exemplo Relatório do cuidador - Comportamento Problema 1. Comprometimento no contato de olhar, expressões faciais e gestos de comunicação. ___ Não é problema ___ leve/moderado ___ problema severo 2. Tem atraso na linguagem falada ou não fala ___ Não é problema ___ leve/moderado ___ problema severo …. 10... Critério: ___ Não é problema = 2 ___ leve/moderado = 1 ___ problema severo = 0
  62. 62. PEP-3: Exemplo Relatório do cuidador - Autocuidado 1. Durante as refeições ou lanches a sua criança pega ("pinça"), mastiga e engole pequenas porções de comida? ___ Pega a comida, mastiga e engole sem problema. ___ Tem problemas ao pegar a comida ou mastigar e engolir a comida. ___ Não pega a comida ou não mastiga e engole. …. 13... Critério: ___ Primeira linha = 2 ___ Segunda linha = 1 ___ Terceira linha = 0
  63. 63. PEP-3: Exemplo Relatório do cuidador - Comportamento Adaptativo 1. A sua criança troca de atividades regularmente durante o dia? Ele(a) se cansa de uma atividade e muda para outra com pouco auxílio seu? ___ Troca de atividades regularmente durante o dia. ___ Ocasionalmente tenta novas atividades durante o dia. ___ Prefere repetir a mesma atividade várias e várias vezes. …. 15... Critério: ___ Primeira linha = 2 ___ Segunda linha = 1 ___ Terceira linha = 0
  64. 64. PEP-3: Exemplo Escore bruto Idade Desen. %til Nível Desen. Grupo-Testes 1. Cognitivo Verbal/Préverbal (CVP) 16 18 35 Mod 2. Linguagem Expressiva (LE) 18 23 78 Lev 3. Linguagem Receptiva (LR) 12 19 45 Mod 4. Motor Fino (MF) 34 35 87 Lev 5. Motor Grosso (MG) 27 33 89 Lev 6. Imitação visual-motora (IVM) 11 27 47 Mod 7. Expressões de Afeto (EA) 3 6 Sev 8. Reciprocidade Social (RS) 6 17 Sev 9. Comportamentos Motores Característicos (CMC) 7 10 Sev 10. Comportamentos Verbais Característicos (CVC) 10 25 Mod Relatório dos cuidadores 1. Comportamentos problema (CP) 7 14 Sev 2. Autocuidado (AC) 7 20 14 Sev 3. Comportamento Adaptativo (CA) 10 20 Sev
  65. 65. PEP-3: Exemplo
  66. 66. CARS2 - Childhood Autism Rating Scale
  67. 67. Artigo científico Avaliações quantitativa e qualitativa de um menino autista: uma análise crítica Lampreia, C. (2003). Avaliações quantitativa e qualitativa de um menino aurista: uma análise crítica. Psicologia em estudo.(Maringá), 8(1), 57-65.
  68. 68. Participante Gustavo ● Já avaliado pelo DSM III-R ● Diagnosticado como autista ● 4 anos
  69. 69. Procedimento DSM-IV Instrumentos de avaliação CARS PEP-R Anamnese feita pelo médico Neurologista e observador Observador e avaliador
  70. 70. Anamnese Segundo o relato da mãe, Gustavo nasceu a termo, com 3000gr de peso e Apgar normal. Teve complicações respiratórias no parto e, com um mês deidade, pneumonia. Começou a andar com um ano e dois meses e a falar frases com dois anos, mas na maior parte das vezes em que aprendia uma palavra a esquecia. Aos dois anos, após uma otite, parou de responder ao chamado de seu nome, progressivamente parou de falar e passou a ficar socialmente isolado. Houve suspeita de surdez.
  71. 71. Anamnese Na época desta segunda avaliação, ainda segundo o relato da mãe, falava poucas palavras e o final de algumas frases, tinha dificuldade de socialização, de concentração e para ficar sentado. Não apontava para chamar a atenção e só procurava atrair a atenção do adulto quando queria algo. Brincava pouco com outras crianças, mas gostava de brincar com a irmã. Eventualmente, olhava no olho. Estava começando a imitar movimentos e a brincar de faz-de-conta. Gostava de tudo sempre no mesmo lugar e em ordem.
  72. 72. Anamnese A bisavó materna teve PMD e a mãe se considera uma pessoa deprimida. Ao exame físico, apresentou agitação psicomotora e maneirismos, como olhar com o olho semifechado. A mãe relatou que chegou a apresentar automutilação, mas parou. Lampreia (2003)
  73. 73. Resultado e Discussão Diagnosticado como autista pelo DSM IV, apresentando: ● 3 itens em social ● 2 itens em comunicação ● 1 item em estereotipias.
  74. 74. Resultado e Discussão Lampreia (2003, p. 60)
  75. 75. Lampreia (2003, p. 60)
  76. 76. Lampreia (2003, p. 60)
  77. 77. Resultado e Discussão Lampreia (2003, p. 61)
  78. 78. Resultado e Discussão Lampreia (2003, p. 61) A análise quantitativa: concordância. Área social Três itens 3,5 9 itens graves em 12 DSM-IV PEP-R CARS Linguagem 2 itens 4 (comunicação) 3 NV 0 DSM-IV PEP-R CARS Imitação 0 4 0 DSM-IV PEP-R CARS
  79. 79. Resultado e Discussão A análise qualitativa: Área social Linguagem Imitação 1. Área social, seu relacionamento é nulo? Que forma de relacionamento tem?
  80. 80. Resultado e Discussão A análise qualitativa: Área social Linguagem Imitação 2. Área da linguagem - o Gustavo é não verbal, será que ele tem linguagem receptiva? Compreensão da fala e de gestos? linguagem expressiva (uso da fala e de gestos)?
  81. 81. Resultado e Discussão A análise qualitativa: Área social Linguagem Imitação 3. Imitação - sujeito que não imita tem atenção?, problemas sensoriais e/ou perceptuais? O que ele é capaz de imitar?
  82. 82. Resultado e Discussão
  83. 83. Resultado e Discussão Percepção
  84. 84. Resultado e Discussão Percepção
  85. 85. Resultado e Discussão Percepção
  86. 86. Resultado e Discussão Coordenação motora Tabela 4 - continuação...
  87. 87. Resultado e Discussão Integração mão olho Tabela 4 - continuação...
  88. 88. Resultado e Discussão Apresentou Linguagem receptiva

×