Instituto tindiquera

625 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
625
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Instituto tindiquera

  1. 1. MUDANÇAS DE OLHAR, NA BIOLOGIA. ONTEM, ... ... CADEIAS, ... ... OU PIRÂMIDES.
  2. 2. HOJE, REDES ALIMENTARES.
  3. 3. REDE ENQUANTO METÁFORA DE CONEXÕES DE NÓS REDE DE PESCA REDES INTERPESSOAIS REDES SOCIAIS NA INTERNET REDES NUTRICIONAIS NA NATUREZA
  4. 4. A CRISE DO FIM DA MODERNIDADE. A segunda metade do século XX assistiu a um processo de mudanças na História do Pensamento e da Tecnologia. Ao lado da aceleração avassaladora nas tecnologias de comunicação, nas Artes, na industrialização e na Genética, ocorreram também mudanças paradigmáticas no modo de se pensar a sociedade e suas instituições fundamentais. Entramos na “pós-modernidade”. O Grito. Edwald Munch (1893).
  5. 5. A CRISE DO FIM DA MODERNIDADE. OS SINTOMAS. EMPREGO E RENDA VIOLÊNCIA CORRUPÇÃO ESTRESSE URBANO POLUIÇÃO COMPETITIVIDADE CONCORRÊNCIA NARCOTRÁFICO Gritam os homens!
  6. 6. A CRISE DO FIM DA MODERNIDADE. OS SINTOMAS. EMPREGO E RENDA VIOLÊNCIA CORRUPÇÃO POLUIÇÃO ESTRESSE EMOCIONAL EXCESSO DE TRABALHO NARCOTRÁFICO Gritam as mulheres!
  7. 7. A CRISE DO FIM DA MODERNIDADE. OS SINTOMAS. EMPREGO E RENDA ESTRESSE URBANO VIOLÊNCIA E ABUSOS DROGADICÇÃO EDUCAÇÃO E INFORMAÇÃO PROJETO DE FUTURO Gritam os jovens!
  8. 8. A CRISE DO FIM DA MODERNIDADE. OS SINTOMAS. AS MULHERES ASSUMINDO NOVOS PAPÉIS.
  9. 9. A CRISE DO FIM DA MODERNIDADE. OS SINTOMAS. PÃE = HOMEM COM OUTRA IDENTIDADE HOMENS EM CRISE DE IDENTIDADE
  10. 10. A CRISE DO FIM DA MODERNIDADE. AS REDESCOBERTAS. O VIÉS DA VISÃO LINEAR: A VIDA NÃO FLUI EM LINHA RETA!
  11. 11. A CRISE DO FIM DA MODERNIDADE. AS REDESCOBERTAS. Os processos não funcionam como mecanismo de relógio.
  12. 12. A CRISE DO FIM DA MODERNIDADE. INTERPRETAÇÃO Trata-se de outra mudança de era, outra etapa de um processo cíclico; mais um fimrecomeço da dinâmica civilizatória e, como sempre, traumático!
  13. 13. A DINÂMICA DA (DES)CONSTRUÇÃO Um sistema que se dizia sólido. É LEGAL! O ESTADO É SAGRADO! A IGREJA É NORMAL! A FAMÍLIA É NATURAL!? A ESCOLA
  14. 14. A DINÂMICA DA (DES)CONSTRUÇÃ0. O que era sólido, se desmancha no ar. O DINHEIRO COMO UM NOVO DEUS. O endereço do “templo”!
  15. 15. A DINÂMICA DA (DES)CONSTRUÇÃO O que era sólido, se desmancha no ar. O TEMPLO VEM ABAIXO! EU, HÉIM!? IMAGENS DA “CIVILIZAÇÃO”. SETOR IMOBILIÁRIO NOS EUA!
  16. 16. A DINÂMICA DA (DES)CONSTRUÇÃO. O que era sólido, se desmancha no ar. E, AQUI EM CASA, ACABA FICANDO ASSIM!!!
  17. 17. DO MODELO SISTEMÁTICO AO MODELO SISTÊMICO. SISTEMAS LINEARES (ESTADO – IGREJA – FAMÍLIA - ESCOLA) SISTEMAS COMPLEXOS (REDES)
  18. 18. A COEXISTÊNCIA DOS MODELOS. Então podemos inferir que a realidade é formada por dois tipos de sistemas, sob duas metáforas: Sistemas lineares Visão linear Organogramas Sistemas complexos Visão sistêmica Redes (redes)
  19. 19. A COEXISTÊNCIA DOS MODELOS. SISTEMAS LINEARES REDES Linearidade Complexidade Centralidade Acentralidade Concentração Dissipação Permanência, estabilidade Constante metamorfose Homogeneidade Heterogeneidade Competição Cooperação Hierarquia Parceria Tomização Conectividade Controle Co-responsabilidade Integridade Transitividade Classificação Fractalidade Exclusão Inclusão (Com base em LEVY, 1993; COSTA, 2004)
  20. 20. A COEXISTÊNCIA DOS MODELOS. As conexões (por vezes ocultas) determinando alta complexidade no mundo.
  21. 21. Fundado em 01 de setembro de 2008, é uma pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, constituída na forma de Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), tendo duração por tempo indeterminado, com sede na Av. das Araucárias, 3803, e foro na cidade de Araucária, Estado do Paraná; podendo vir a ter representações em qualquer parte do território nacional e internacional para melhor atender a seus objetivos.
  22. 22. Missão Promover, apoiar e realizar ações de caráter socioambiental que favoreçam o processo da sustentabilidade, entendida como harmonização das relações humanas com o ambiente natural. Visão Tornar-se uma organização inspiradora e reconhecida pelo seu trabalho, tanto para os diretamente envolvidos como para a sociedade no geral.
  23. 23. SERVIÇOS • Capacitação dos recursos humanos na elaboração e na gestão de projetos socioambientais (nível capacitação e especialização) • Planejamento e condu ão de projetos de educa ão condução educação ambiental para conservação de biodiversidade e de recursos hídricos • Diagnósticos econômicos e sócio ambientais locais • Estudo sobre o potencial de implementação do uso de energias renováveis • Estudo para a implementação de tecnologias sociais • Elaboração da Agenda 21 Municipal
  24. 24. PROJETOS ENCAMINHADOS Diagnóstico da Realidade Ambiental do Município de Araucária e Capacitação Socioambiental dos Professores Municipais (PM Araucária) Elaboração do plano de recuperação de áreas degradadas do Parque Ambiental do Passaúna - Araucária/Paraná (PM Araucária) Diagnóstico Socioambiental da Bacia Hidrográfica do Rio Faxinal e a Conservação dos Recursos Hídricos – Araucária/Paraná (Petrobrás) Definição de categoria de Unidade de Conservação da natureza para o espaço territorial constituído pela Reserva Ecológica da Juatinga e Área Estadual de lazer de Paraty-Mirin – Paraty/RJ (FunBio)
  25. 25. OBRIGADO! rosimeryfo@hotmail.com

×