SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 35
Baixar para ler offline
1
Organizações Prestadoras de Serviços de Saúde
Manual Brasileiro de Acreditação



        Versão 2010



                                                2
Sistema Brasileiro de Acreditação - SBA


    - Estrutura

    - Processos

    - Resultados



                                     3
Fundamentos da Acreditação
-   Visão Sistêmica
-   Liderança e Estratégias
-   Orientação por Processos
-   Desenvolvimento das Pessoasas
-   Foco no Cliente
-   Foco na Prevenção
-   Foco na Segurança
-   Responsabilidade Socioambiental
-   Cultura da Inovação
-   Melhoria Contínua
-   Orientação para Resultados
                                      4
Princípios

   Nível 1
     Segurança

   Nível 2
     Gestão Integrada

   Nível 3
     Excelência em Gestão

                            5
Estrutura do Manual Brasileiro de Acreditação

Seções
Seção 1 – Gestão e Liderança
Seção 2 – Atenção ao Paciente/Cliente
Seção 3 – Diagnóstico
Seção 4 – Apoio Técnico
Seção 5 – Abastecimento e Apoio Logístico
Seção 6 – Infra-Estrutura


                                            6
Estrutura do Manual Brasileiro de Acreditação

Subseções (39)
  Tratam do escopo específico de cada serviço ou
  processo. Todas possuem o mesmo grau de
  importância.

Padrões
  Baseados nos 3 níveis; princípio do “tudo-ou-
  nada”.


                                                  7
Nível 1 – Princípio: Segurança

Padrão
  Atende aos requisitos formais, técnicos e de
  estrutura; executa as atividades proporcionando
  a segurança do cliente/paciente, conforme o
  perfil e porte da organização.




                                                    8
Nível 1 – Princípio: Segurança

Requisitos do Padrão
- Profissionais com capacitação compatível,
  dimensionados à complexidade e perfil da
  organização.
- Condições operacionais e de infraestrutura que
  permitam a execução das atividades,
  considerando o perfil do serviço.
- Critérios e procedimentos de segurança para
  utilização e manuseio de materiais, produtos,
  equipamentos e serviços.

                                                   9
Nível 1 – Princípio: Segurança

Requisitos do Padrão
- Gerencia o fluxo e a demanda do serviço.
- Comunicação efetiva entre as áreas.
- Sistema de informação com registros
  atualizados.
- Mecanismos de validação dos procedimentos
  de rastreabilidade da informação.
- Define planos de contingências.
- Assegura o suporte técnico e promove a
  educação permanente dos profissionais de
  saúde.
                                              10
Nível 1 – Princípio: Segurança
Requisitos do Padrão
- Monitora a qualificação dos fornecedores críticos.
- Monitora a manutenção preventiva e corretiva das
  instalações e dos equipamentos, incluindo, se
  aplicável, da calibração.
- Cumpre as diretrizes de prevenção e controle de
  infecção, se aplicável.
- Sistema de notificação e gerenciamento de Eventos
  Sentinela.
- Gerencia os resíduos.
- Gerencia os riscos assistenciais, sanitários,
  ambientais, ocupacionais e de responsabilidade civil.
                                                    11
Nível 2 – Princípio: Gestão Integrada


Padrão
Gerencia as interações entre os fornecedores e
  clientes; estabelece sistemática de medição do
  processo avaliando sua efetividade; promove
  ações de melhoria e aprendizado.




                                                   12
Nível 2 – Princípio: Gestão Integrada

Requisitos do Padrão
- Identifica fornecedores e clientes e sua
  interação sistêmica.
- Formaliza a interação entre cliente e
  fornecedores.
- Gerencia a interação entre os processos e sua
  melhoria.
- Evidencia a efetiva utilização do conhecimento e
  das habilidades, na execução das atividades
  dos processos.

                                                13
Nível 2 – Princípio: Gestão Integrada

Requisitos do Padrão
- Evidencia o impacto no processo decorrente
  das ações de aprendizado.
- Dispõe de sistemática de medição e avaliação
  da efetividade do processo.
- Promove ações de melhoria e minimização de
  riscos.
- Evidencia o impacto e a efetividade
   do gerenciamento de riscos.

                                                 14
Nível 3 – Princípio: Excelência em Gestão

Padrão
Desempenho dos processos alinhados e
  correlacionados às estratégias da organização;
  os resultados apresentam evolução de
  desempenho e tendência favorável; evidências
  de melhorias e inovações, decorrentes do
  processo de análise crítica, assegurando o
  comprometimento com a excelência.



                                               15
Nível 3 – Princípio: Excelência em Gestão

Requisitos do Padrão
- Indicadores alinhados e correlacionados às
  estratégias da organização.
- Resultados apresentam informações íntegras e
  atualizadas.
- Estabelece uma relação de causa e efeito entre
  os indicadores, onde os resultados de um
  influenciam os demais, bem como permitem a
  análise crítica do desempenho e a tomada de
  decisão.

                                               16
Nível 3 – Princípio: Excelência em Gestão

Requisitos do Padrão
- Apresenta evolução de desempenho e
  tendência dos indicadores de resultado global.
- Realiza análises críticas sistemáticas com
  evidências de ações de melhoria e inovações.
- Apresenta tendência favorável de desempenho
  de resultados.
- Identifica oportunidades de melhoria de
  desempenho através do processo contínuo de
  comparação com outras práticas
  organizacionais (referencial externo) com
  evidências de resultados positivos.
                                                   17
MA 1 Gestão e Liderança

MA 1/1 Liderança
- Planejamento Estratégico atualizado e
  desdobrado
- Política de Desenvolvimento de Pessoas
- Política de Gestão de Resíduos
- Política de Gestão de Riscos Assistenciais,
  Sanitários, Ambientais, Ocupacionais e de
  Responsabilidade Civil.

                                                18
-   MA 1/2 Gestão de Pessoas

- Acompanha a documentação e os registros
  correspondentes a segurança e saúde
  ocupacional
- Programas especiais: qualidade de vida e saúde
- Ações para retenção de conhecimentos
  conquistados pela organização



                                              19
MA 1/3 Gestão Administrativa
- Política de Gestão de Custos
- Gerencia as atividades de segregação,
   acondicionamento, identificação, transporte
   interno, armazenamento temporário, tratamento,
   armazenamento externo, coleta, transporte e
   disposição final dos resíduos gerados pela
   instituição
- Procedimentos para minimizar geração de
   resíduos
Nível 2:
- Acompanha e realiza ações de controle do
   impacto dos custos nos diferentes processos e
   procedimentos
                                                20
MA 1/4 Gestão de Suprimentos

- Procedimentos para identificação, segregação,
  descarte e inativação de materiais e
  suprimentos
- Gerencia os resíduos




                                                  21
MA 1/5 Gestão da Qualidade

- Dissemina ferramentas de gerenciamento para
  a melhoria dos processos
- Auditoria Interna sistemática visando a
  manutenção e a melhoria do sistema de gestão
- Indicadores alinhados e correlacionados com os
  objetivos estratégicos



                                               22
MA 2 Atenção ao Paciente/Cliente
MA 2/1 Atendimento

- Respeito às características individuais dos
  clientes/pacientes
- Serviços e/ou centros de referência em
  especialidades, para os quais devem ser
  transferidos ou referidos os casos em que a
  organização não tenha capacidade resolutiva




                                                23
MA 2/5 Atendimento Obstétrico

- Instrução e orientação à mãe do recém-
  nascido e estímulo ao aleitamento
  materno

MA 2/7 Atendimento Neonatal

- Sistemática segura para vacinação do
  recém-nascido




                                         24
MA 2/9 Mobilização de Doadores

- Sistemática de mobilização de doadores

MA 2/11 Assistência Hemoterápica

- Hemovigilância

MA 2/18 Assistência Farmacêutica

- Desenvolve ações de farmacovigilância



                                           25
MA 4 Apoio Técnico


  MA 4/1 Sistema de Informação do cliente/Paciente

  - Suporte para área administrativa nos
    aspectos financeiros e legais

  MA 4/2 Gestão de Equipamentos e Tecnologia Médico-Hospitalar

  - Evidencia ações de Tecnovigilância




                                                                 26
MA 4/3 Prevenção, Controle de Infecções e Eventos Adversos

- Monitora a efetividade do uso racional de
  antimicrobianos e germicidas
- Monitora a efetividade das ações de
  biossegurança
- Desenvolve ações de vigilância epidemiológica




                                                             27
MA 6 Infra-Estrutura

MA 6/1 Gestão da Estrutura Físico-Funcional

- Planejamento de obras
- Condições de acessibilidade para pessoas com
  necessidades especiais




                                              28
Administrar uma instituição hospitalar de forma
  eficiente e sustentável é um dos principais
          desafios do setor de saúde.




                                                  29
30
Sustentabilidade Ambiental

Resíduos




                             31
Sustentabilidade Financeira

O Hospital procura tornar seus processos
administrativo-financeiros ainda mais
ágeis e integrados a uma gestão de
dados precisa e pautada pelos objetivos
estratégicos e metas de crescimento da
Instituição.



                                   32
Sustentabilidade Social

  Para os Hospitais, a cidadania
empresarial está diretamente
relacionada ao desenvolvimento da
sociedade, por meio da contribuição
para a melhoria da qualidade de vida
e da saúde da população.




                                   33
34
Eduardo Rodrigues da Silva
eduardo@qualiminas.com
   www.qualiminas.com


                             35

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gestão de Qualidade em Serviços de Saúde
Gestão de Qualidade em Serviços de SaúdeGestão de Qualidade em Serviços de Saúde
Gestão de Qualidade em Serviços de Saúde
Alex Eduardo Ribeiro
 
Sistematização da assistência de enfermagem
Sistematização da assistência de enfermagemSistematização da assistência de enfermagem
Sistematização da assistência de enfermagem
Danilo Nunes Anunciação
 
Gestão da Qualidade ISO:9001
Gestão da Qualidade ISO:9001Gestão da Qualidade ISO:9001
Gestão da Qualidade ISO:9001
Greice Marques
 
Aula 8 epidemiologia das doenças e agravos não transmissíveis
Aula 8   epidemiologia das doenças e agravos não transmissíveisAula 8   epidemiologia das doenças e agravos não transmissíveis
Aula 8 epidemiologia das doenças e agravos não transmissíveis
Mario Gandra
 

Mais procurados (20)

Aula 5 metodologia do planejamento em enfermagem ppt
Aula 5 metodologia do planejamento em enfermagem pptAula 5 metodologia do planejamento em enfermagem ppt
Aula 5 metodologia do planejamento em enfermagem ppt
 
Conservação e técnicas de aplicação de vacinas
Conservação e técnicas de aplicação de vacinasConservação e técnicas de aplicação de vacinas
Conservação e técnicas de aplicação de vacinas
 
História da Qualidade
História da QualidadeHistória da Qualidade
História da Qualidade
 
Gestão de Qualidade em Serviços de Saúde
Gestão de Qualidade em Serviços de SaúdeGestão de Qualidade em Serviços de Saúde
Gestão de Qualidade em Serviços de Saúde
 
Gestão da qualidade - ISO 9001:2015
Gestão da qualidade - ISO 9001:2015Gestão da qualidade - ISO 9001:2015
Gestão da qualidade - ISO 9001:2015
 
Saúde coletiva - POLÍTICA NACIONAL DE PROMOÇÃO DA SAÚDE
Saúde coletiva - POLÍTICA NACIONAL DE PROMOÇÃO DA SAÚDESaúde coletiva - POLÍTICA NACIONAL DE PROMOÇÃO DA SAÚDE
Saúde coletiva - POLÍTICA NACIONAL DE PROMOÇÃO DA SAÚDE
 
Sistematização da assistência de enfermagem
Sistematização da assistência de enfermagemSistematização da assistência de enfermagem
Sistematização da assistência de enfermagem
 
Aula 2 iso 9000
Aula 2 iso 9000Aula 2 iso 9000
Aula 2 iso 9000
 
Conceituando a qualidade (foco em Serviços de Saúde)
Conceituando a qualidade (foco em Serviços de Saúde)Conceituando a qualidade (foco em Serviços de Saúde)
Conceituando a qualidade (foco em Serviços de Saúde)
 
Sistema urinario apresentação de slides
Sistema urinario apresentação de slidesSistema urinario apresentação de slides
Sistema urinario apresentação de slides
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascular Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascular
 
INTRODUÇÃO À GERÊNCIA EM SAÚDE
INTRODUÇÃO À GERÊNCIA EM SAÚDEINTRODUÇÃO À GERÊNCIA EM SAÚDE
INTRODUÇÃO À GERÊNCIA EM SAÚDE
 
Gestão da Qualidade ISO:9001
Gestão da Qualidade ISO:9001Gestão da Qualidade ISO:9001
Gestão da Qualidade ISO:9001
 
O que é qualidade
O que é qualidadeO que é qualidade
O que é qualidade
 
Apresentacao mudanças ISO 9001:2015
Apresentacao mudanças ISO 9001:2015Apresentacao mudanças ISO 9001:2015
Apresentacao mudanças ISO 9001:2015
 
Uti Neonatal Parte 1
Uti Neonatal Parte 1Uti Neonatal Parte 1
Uti Neonatal Parte 1
 
Gurus da Qualidade
Gurus da QualidadeGurus da Qualidade
Gurus da Qualidade
 
Aula 8 epidemiologia das doenças e agravos não transmissíveis
Aula 8   epidemiologia das doenças e agravos não transmissíveisAula 8   epidemiologia das doenças e agravos não transmissíveis
Aula 8 epidemiologia das doenças e agravos não transmissíveis
 
Choque (1) 1
Choque (1) 1Choque (1) 1
Choque (1) 1
 
Sistema de gestão da Qualidade
Sistema de gestão da QualidadeSistema de gestão da Qualidade
Sistema de gestão da Qualidade
 

Destaque

ACREDITAÇÃO EM SERVIÇOS DE SAÚDE - GARANTIA DE QUALIDADE TOTAL Maria Stella P...
ACREDITAÇÃO EM SERVIÇOS DE SAÚDE - GARANTIA DE QUALIDADE TOTAL Maria Stella P...ACREDITAÇÃO EM SERVIÇOS DE SAÚDE - GARANTIA DE QUALIDADE TOTAL Maria Stella P...
ACREDITAÇÃO EM SERVIÇOS DE SAÚDE - GARANTIA DE QUALIDADE TOTAL Maria Stella P...
Maria Stella
 

Destaque (9)

acreditação em centro cirúrgico
acreditação em centro cirúrgicoacreditação em centro cirúrgico
acreditação em centro cirúrgico
 
Empreendedorismo e Gestão de Clínicas
Empreendedorismo e Gestão de ClínicasEmpreendedorismo e Gestão de Clínicas
Empreendedorismo e Gestão de Clínicas
 
ACREDITAÇÃO EM SERVIÇOS DE SAÚDE - GARANTIA DE QUALIDADE TOTAL Maria Stella P...
ACREDITAÇÃO EM SERVIÇOS DE SAÚDE - GARANTIA DE QUALIDADE TOTAL Maria Stella P...ACREDITAÇÃO EM SERVIÇOS DE SAÚDE - GARANTIA DE QUALIDADE TOTAL Maria Stella P...
ACREDITAÇÃO EM SERVIÇOS DE SAÚDE - GARANTIA DE QUALIDADE TOTAL Maria Stella P...
 
Aula Centro Cirúrgico 01 - Introdução e Equipe
Aula Centro Cirúrgico 01 - Introdução e EquipeAula Centro Cirúrgico 01 - Introdução e Equipe
Aula Centro Cirúrgico 01 - Introdução e Equipe
 
Ferramentas de gestao
Ferramentas de gestaoFerramentas de gestao
Ferramentas de gestao
 
Centro CirúRgico Parte 1
Centro CirúRgico Parte 1Centro CirúRgico Parte 1
Centro CirúRgico Parte 1
 
Modelos de Gestão
Modelos de GestãoModelos de Gestão
Modelos de Gestão
 
MODELOS DE GESTÃO
MODELOS DE GESTÃOMODELOS DE GESTÃO
MODELOS DE GESTÃO
 
Implementação do Check List de Cirurgia Segura Hospital Alemão Oswaldo Cruz
Implementação do Check List de Cirurgia Segura Hospital Alemão Oswaldo CruzImplementação do Check List de Cirurgia Segura Hospital Alemão Oswaldo Cruz
Implementação do Check List de Cirurgia Segura Hospital Alemão Oswaldo Cruz
 

Semelhante a A sustentabilidade no manual da ona

Apresentação Qualificare WCT
Apresentação Qualificare WCTApresentação Qualificare WCT
Apresentação Qualificare WCT
RITA KALUF
 
fundamentos de Administração e Competências Gerencias.pdf
fundamentos de Administração e Competências Gerencias.pdffundamentos de Administração e Competências Gerencias.pdf
fundamentos de Administração e Competências Gerencias.pdf
RenataLabanca
 
Apresentação QAS_Normas
Apresentação QAS_NormasApresentação QAS_Normas
Apresentação QAS_Normas
Fatima Morais
 
Métricas de Controle de Processo
Métricas de Controle de ProcessoMétricas de Controle de Processo
Métricas de Controle de Processo
Fernando Berlitz
 
Ana Cristina de Abreu Maia, CV Portugues
Ana Cristina de Abreu Maia, CV PortuguesAna Cristina de Abreu Maia, CV Portugues
Ana Cristina de Abreu Maia, CV Portugues
Ana Cristina Maia
 

Semelhante a A sustentabilidade no manual da ona (20)

UFCD_6585_Circuitos e transporte de informação nas unidades e serviços da red...
UFCD_6585_Circuitos e transporte de informação nas unidades e serviços da red...UFCD_6585_Circuitos e transporte de informação nas unidades e serviços da red...
UFCD_6585_Circuitos e transporte de informação nas unidades e serviços da red...
 
Health services - Intervention proposal
Health services - Intervention proposalHealth services - Intervention proposal
Health services - Intervention proposal
 
Boas prática de fabricação na industria cosmetica pdf
Boas prática de fabricação na industria cosmetica pdfBoas prática de fabricação na industria cosmetica pdf
Boas prática de fabricação na industria cosmetica pdf
 
Apresentação Qualificare WCT
Apresentação Qualificare WCTApresentação Qualificare WCT
Apresentação Qualificare WCT
 
fundamentos de Administração e Competências Gerencias.pdf
fundamentos de Administração e Competências Gerencias.pdffundamentos de Administração e Competências Gerencias.pdf
fundamentos de Administração e Competências Gerencias.pdf
 
Apresentação QAS_Normas
Apresentação QAS_NormasApresentação QAS_Normas
Apresentação QAS_Normas
 
Iso 37001 chek list
Iso 37001 chek listIso 37001 chek list
Iso 37001 chek list
 
Apresentação sgi
Apresentação sgiApresentação sgi
Apresentação sgi
 
Apresentação sgi
Apresentação sgiApresentação sgi
Apresentação sgi
 
Métricas de Controle de Processo
Métricas de Controle de ProcessoMétricas de Controle de Processo
Métricas de Controle de Processo
 
Gestao Hospitalar | Gestão de Processos e Ativos hospitalares.
Gestao Hospitalar | Gestão de Processos e Ativos hospitalares.Gestao Hospitalar | Gestão de Processos e Ativos hospitalares.
Gestao Hospitalar | Gestão de Processos e Ativos hospitalares.
 
Aula: Desafios para o efetivo funcionamento dos Núcleos de Segurança do Pacie...
Aula: Desafios para o efetivo funcionamento dos Núcleos de Segurança do Pacie...Aula: Desafios para o efetivo funcionamento dos Núcleos de Segurança do Pacie...
Aula: Desafios para o efetivo funcionamento dos Núcleos de Segurança do Pacie...
 
Ana Cristina de Abreu Maia, CV Portugues
Ana Cristina de Abreu Maia, CV PortuguesAna Cristina de Abreu Maia, CV Portugues
Ana Cristina de Abreu Maia, CV Portugues
 
Padrões-de-Qualidade-slides.pptx
Padrões-de-Qualidade-slides.pptxPadrões-de-Qualidade-slides.pptx
Padrões-de-Qualidade-slides.pptx
 
Acreditação Hospitalar
Acreditação HospitalarAcreditação Hospitalar
Acreditação Hospitalar
 
Treinamento integraçao [modo de compatibilidade]
Treinamento integraçao [modo de compatibilidade]Treinamento integraçao [modo de compatibilidade]
Treinamento integraçao [modo de compatibilidade]
 
UFCD_6585_Circuitos e transporte de informação nas unidades e serviços da red...
UFCD_6585_Circuitos e transporte de informação nas unidades e serviços da red...UFCD_6585_Circuitos e transporte de informação nas unidades e serviços da red...
UFCD_6585_Circuitos e transporte de informação nas unidades e serviços da red...
 
Apostila sga
Apostila   sgaApostila   sga
Apostila sga
 
Qualidade e Avaliação dos Serviços de Saúde
Qualidade e  Avaliação dos Serviços de SaúdeQualidade e  Avaliação dos Serviços de Saúde
Qualidade e Avaliação dos Serviços de Saúde
 
Como gestores hospitalares utilizam indicadores de desempenho
Como gestores hospitalares utilizam indicadores de desempenho Como gestores hospitalares utilizam indicadores de desempenho
Como gestores hospitalares utilizam indicadores de desempenho
 

Mais de Pró-Saúde Araucária

Palestra a sustentabilidade no contexto hospitalar hma-femipa
Palestra a sustentabilidade no contexto hospitalar   hma-femipaPalestra a sustentabilidade no contexto hospitalar   hma-femipa
Palestra a sustentabilidade no contexto hospitalar hma-femipa
Pró-Saúde Araucária
 
Apresentação hma fórum de sustentabilidade
Apresentação hma fórum de sustentabilidadeApresentação hma fórum de sustentabilidade
Apresentação hma fórum de sustentabilidade
Pró-Saúde Araucária
 
Palestra a sustentabilidade no contexto hospitalar
Palestra a sustentabilidade no contexto hospitalarPalestra a sustentabilidade no contexto hospitalar
Palestra a sustentabilidade no contexto hospitalar
Pró-Saúde Araucária
 

Mais de Pró-Saúde Araucária (14)

Nota prefeitura de araucaria
Nota prefeitura de araucariaNota prefeitura de araucaria
Nota prefeitura de araucaria
 
Termo de rescisão
Termo de rescisãoTermo de rescisão
Termo de rescisão
 
Relatório de documentos processos protocolados
Relatório de documentos processos protocoladosRelatório de documentos processos protocolados
Relatório de documentos processos protocolados
 
Ata 01
Ata 01Ata 01
Ata 01
 
Ata de transição 003
Ata de transição 003Ata de transição 003
Ata de transição 003
 
Ata 002
Ata 002Ata 002
Ata 002
 
Palestra a sustentabilidade no contexto hospitalar hma-femipa
Palestra a sustentabilidade no contexto hospitalar   hma-femipaPalestra a sustentabilidade no contexto hospitalar   hma-femipa
Palestra a sustentabilidade no contexto hospitalar hma-femipa
 
Gestao de custos assistenciais gil
Gestao de custos assistenciais    gilGestao de custos assistenciais    gil
Gestao de custos assistenciais gil
 
Apresentação hma fórum de sustentabilidade
Apresentação hma fórum de sustentabilidadeApresentação hma fórum de sustentabilidade
Apresentação hma fórum de sustentabilidade
 
Palestra a sustentabilidade no contexto hospitalar
Palestra a sustentabilidade no contexto hospitalarPalestra a sustentabilidade no contexto hospitalar
Palestra a sustentabilidade no contexto hospitalar
 
Palestra a gri no brasil
Palestra a gri no brasilPalestra a gri no brasil
Palestra a gri no brasil
 
Instituto tindiquera
Instituto tindiqueraInstituto tindiquera
Instituto tindiquera
 
Ficha de inscrição
Ficha de inscriçãoFicha de inscrição
Ficha de inscrição
 
Relatório Anual 2009
Relatório Anual   2009Relatório Anual   2009
Relatório Anual 2009
 

Último

ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
azulassessoria9
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 

Último (20)

Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
 
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
 
Novena de Pentecostes com textos de São João Eudes
Novena de Pentecostes com textos de São João EudesNovena de Pentecostes com textos de São João Eudes
Novena de Pentecostes com textos de São João Eudes
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfMissa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 

A sustentabilidade no manual da ona

  • 1. 1
  • 2. Organizações Prestadoras de Serviços de Saúde Manual Brasileiro de Acreditação Versão 2010 2
  • 3. Sistema Brasileiro de Acreditação - SBA - Estrutura - Processos - Resultados 3
  • 4. Fundamentos da Acreditação - Visão Sistêmica - Liderança e Estratégias - Orientação por Processos - Desenvolvimento das Pessoasas - Foco no Cliente - Foco na Prevenção - Foco na Segurança - Responsabilidade Socioambiental - Cultura da Inovação - Melhoria Contínua - Orientação para Resultados 4
  • 5. Princípios Nível 1 Segurança Nível 2 Gestão Integrada Nível 3 Excelência em Gestão 5
  • 6. Estrutura do Manual Brasileiro de Acreditação Seções Seção 1 – Gestão e Liderança Seção 2 – Atenção ao Paciente/Cliente Seção 3 – Diagnóstico Seção 4 – Apoio Técnico Seção 5 – Abastecimento e Apoio Logístico Seção 6 – Infra-Estrutura 6
  • 7. Estrutura do Manual Brasileiro de Acreditação Subseções (39) Tratam do escopo específico de cada serviço ou processo. Todas possuem o mesmo grau de importância. Padrões Baseados nos 3 níveis; princípio do “tudo-ou- nada”. 7
  • 8. Nível 1 – Princípio: Segurança Padrão Atende aos requisitos formais, técnicos e de estrutura; executa as atividades proporcionando a segurança do cliente/paciente, conforme o perfil e porte da organização. 8
  • 9. Nível 1 – Princípio: Segurança Requisitos do Padrão - Profissionais com capacitação compatível, dimensionados à complexidade e perfil da organização. - Condições operacionais e de infraestrutura que permitam a execução das atividades, considerando o perfil do serviço. - Critérios e procedimentos de segurança para utilização e manuseio de materiais, produtos, equipamentos e serviços. 9
  • 10. Nível 1 – Princípio: Segurança Requisitos do Padrão - Gerencia o fluxo e a demanda do serviço. - Comunicação efetiva entre as áreas. - Sistema de informação com registros atualizados. - Mecanismos de validação dos procedimentos de rastreabilidade da informação. - Define planos de contingências. - Assegura o suporte técnico e promove a educação permanente dos profissionais de saúde. 10
  • 11. Nível 1 – Princípio: Segurança Requisitos do Padrão - Monitora a qualificação dos fornecedores críticos. - Monitora a manutenção preventiva e corretiva das instalações e dos equipamentos, incluindo, se aplicável, da calibração. - Cumpre as diretrizes de prevenção e controle de infecção, se aplicável. - Sistema de notificação e gerenciamento de Eventos Sentinela. - Gerencia os resíduos. - Gerencia os riscos assistenciais, sanitários, ambientais, ocupacionais e de responsabilidade civil. 11
  • 12. Nível 2 – Princípio: Gestão Integrada Padrão Gerencia as interações entre os fornecedores e clientes; estabelece sistemática de medição do processo avaliando sua efetividade; promove ações de melhoria e aprendizado. 12
  • 13. Nível 2 – Princípio: Gestão Integrada Requisitos do Padrão - Identifica fornecedores e clientes e sua interação sistêmica. - Formaliza a interação entre cliente e fornecedores. - Gerencia a interação entre os processos e sua melhoria. - Evidencia a efetiva utilização do conhecimento e das habilidades, na execução das atividades dos processos. 13
  • 14. Nível 2 – Princípio: Gestão Integrada Requisitos do Padrão - Evidencia o impacto no processo decorrente das ações de aprendizado. - Dispõe de sistemática de medição e avaliação da efetividade do processo. - Promove ações de melhoria e minimização de riscos. - Evidencia o impacto e a efetividade do gerenciamento de riscos. 14
  • 15. Nível 3 – Princípio: Excelência em Gestão Padrão Desempenho dos processos alinhados e correlacionados às estratégias da organização; os resultados apresentam evolução de desempenho e tendência favorável; evidências de melhorias e inovações, decorrentes do processo de análise crítica, assegurando o comprometimento com a excelência. 15
  • 16. Nível 3 – Princípio: Excelência em Gestão Requisitos do Padrão - Indicadores alinhados e correlacionados às estratégias da organização. - Resultados apresentam informações íntegras e atualizadas. - Estabelece uma relação de causa e efeito entre os indicadores, onde os resultados de um influenciam os demais, bem como permitem a análise crítica do desempenho e a tomada de decisão. 16
  • 17. Nível 3 – Princípio: Excelência em Gestão Requisitos do Padrão - Apresenta evolução de desempenho e tendência dos indicadores de resultado global. - Realiza análises críticas sistemáticas com evidências de ações de melhoria e inovações. - Apresenta tendência favorável de desempenho de resultados. - Identifica oportunidades de melhoria de desempenho através do processo contínuo de comparação com outras práticas organizacionais (referencial externo) com evidências de resultados positivos. 17
  • 18. MA 1 Gestão e Liderança MA 1/1 Liderança - Planejamento Estratégico atualizado e desdobrado - Política de Desenvolvimento de Pessoas - Política de Gestão de Resíduos - Política de Gestão de Riscos Assistenciais, Sanitários, Ambientais, Ocupacionais e de Responsabilidade Civil. 18
  • 19. - MA 1/2 Gestão de Pessoas - Acompanha a documentação e os registros correspondentes a segurança e saúde ocupacional - Programas especiais: qualidade de vida e saúde - Ações para retenção de conhecimentos conquistados pela organização 19
  • 20. MA 1/3 Gestão Administrativa - Política de Gestão de Custos - Gerencia as atividades de segregação, acondicionamento, identificação, transporte interno, armazenamento temporário, tratamento, armazenamento externo, coleta, transporte e disposição final dos resíduos gerados pela instituição - Procedimentos para minimizar geração de resíduos Nível 2: - Acompanha e realiza ações de controle do impacto dos custos nos diferentes processos e procedimentos 20
  • 21. MA 1/4 Gestão de Suprimentos - Procedimentos para identificação, segregação, descarte e inativação de materiais e suprimentos - Gerencia os resíduos 21
  • 22. MA 1/5 Gestão da Qualidade - Dissemina ferramentas de gerenciamento para a melhoria dos processos - Auditoria Interna sistemática visando a manutenção e a melhoria do sistema de gestão - Indicadores alinhados e correlacionados com os objetivos estratégicos 22
  • 23. MA 2 Atenção ao Paciente/Cliente MA 2/1 Atendimento - Respeito às características individuais dos clientes/pacientes - Serviços e/ou centros de referência em especialidades, para os quais devem ser transferidos ou referidos os casos em que a organização não tenha capacidade resolutiva 23
  • 24. MA 2/5 Atendimento Obstétrico - Instrução e orientação à mãe do recém- nascido e estímulo ao aleitamento materno MA 2/7 Atendimento Neonatal - Sistemática segura para vacinação do recém-nascido 24
  • 25. MA 2/9 Mobilização de Doadores - Sistemática de mobilização de doadores MA 2/11 Assistência Hemoterápica - Hemovigilância MA 2/18 Assistência Farmacêutica - Desenvolve ações de farmacovigilância 25
  • 26. MA 4 Apoio Técnico MA 4/1 Sistema de Informação do cliente/Paciente - Suporte para área administrativa nos aspectos financeiros e legais MA 4/2 Gestão de Equipamentos e Tecnologia Médico-Hospitalar - Evidencia ações de Tecnovigilância 26
  • 27. MA 4/3 Prevenção, Controle de Infecções e Eventos Adversos - Monitora a efetividade do uso racional de antimicrobianos e germicidas - Monitora a efetividade das ações de biossegurança - Desenvolve ações de vigilância epidemiológica 27
  • 28. MA 6 Infra-Estrutura MA 6/1 Gestão da Estrutura Físico-Funcional - Planejamento de obras - Condições de acessibilidade para pessoas com necessidades especiais 28
  • 29. Administrar uma instituição hospitalar de forma eficiente e sustentável é um dos principais desafios do setor de saúde. 29
  • 30. 30
  • 32. Sustentabilidade Financeira O Hospital procura tornar seus processos administrativo-financeiros ainda mais ágeis e integrados a uma gestão de dados precisa e pautada pelos objetivos estratégicos e metas de crescimento da Instituição. 32
  • 33. Sustentabilidade Social Para os Hospitais, a cidadania empresarial está diretamente relacionada ao desenvolvimento da sociedade, por meio da contribuição para a melhoria da qualidade de vida e da saúde da população. 33
  • 34. 34
  • 35. Eduardo Rodrigues da Silva eduardo@qualiminas.com www.qualiminas.com 35