Gargalos Econômicos do Brasil

507 visualizações

Publicada em

Aula de Geografia e Atualidades sobre a situação econômica do Brasil e os motivos "parciais" pelos quais essa crise está acontecendo

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Gargalos Econômicos do Brasil

  1. 1. SITUAÇÃO ECONÔMICA DO BRASIL •O BRASIL POSSUI ATUALMENTE UMA ECONOMIA FORTE E SÓLIDA. O PAÍS É UM GRANDE PRODUTOR E EXPORTADOR DE MERCADORIAS DE DIVERSOS TIPOS, PRINCIPALMENTE COMMODITIES MINERAIS, AGRÍCOLAS E MANUFATURADOS. AS ÁREAS DE AGRICULTURA, INDÚSTRIA E SERVIÇOS SÃO BEM DESENVOLVIDAS E ENCONTRAM-SE, ATUALMENTE, EM BOM MOMENTO DE EXPANSÃO. CONSIDERADO UM PAÍS EMERGENTE, O BRASIL OCUPA O 7º LUGAR NO RANKING DAS MAIORES ECONOMIAS DO MUNDO (DADOS DE 2013). O BRASIL POSSUI UMA ECONOMIA ABERTA E INSERIDA NO PROCESSO DE GLOBALIZAÇÃO.
  2. 2. • PIB DE 2014 (PRODUTO INTERNO BRUTO): R$ 5,52 TRILHÕES OU US$ 1,73 TRILHÃO* TAXA DE CÂMBIO USADA US$ 1,00 = R$ 3,19 (EM 27/03/2015) • RENDA PER CAPITA DE 2014 (PIB PER CAPITA): R$ 27.230 OU US$ 8.536 * TAXA DE CÂMBIO USADA US$ 1,00 = R$ 3,19 (EM 27/03/2015) • EVOLUÇÃO DO PIB NOS ÚLTIMOS ANOS: 1,3% (2001); 3,1% (2002); 1,2% (2003); 5,7% (2004); 3,1% (2005); 4% (2006); 6% (2007); 5% (2008); - 0,2% (2009); 7,6% (2010); 3,9% (2011); 1% (2012); 2,5% (2013); 0,1% (2014). • DESEMPENHO DO PIB NO 2º TRIMESTRE DE 2015: -1,9% (ENTRE ABRIL E JUNHO) EM RELAÇÃO AO 1º TRIMESTRE DE 2015. • TAXA BÁSICA DE JUROS DO BANCO CENTRAL (SELIC): 14,25% AO ANO (REFERÊNCIA: 30 DE JULHO DE 2015). • SALÁRIO MÍNIMO NACIONAL: R$ 788,00 (A PARTIR DE 1º DE JANEIRO DE 2015) SALÁRIO ANTERIOR (2014 R$ 724,00). • DÍVIDA EXTERNA: US$ 318 BILHÕES (US$ 83 BILHÕES DO SETOR PÚBLICO E US$ 235 BILHÕES DO SETOR PRIVADO) - DADOS RELATIVOS A MARÇO DE 2013.
  3. 3. •EXPORTAÇÕES: US$ 225,1 BILHÕES (2014) - QUEDA DE 6,2% EM RELAÇÃO AO ANO ANTERIOR. •IMPORTAÇÕES: US$ 229 BILHÕES (2014) - QUEDA DE 3% EM RELAÇÃO AO ANO ANTERIOR. •SALDO DA BALANÇA COMERCIAL (2014): DÉFICIT DE US$ 3,930 BILHÕES - QUEDA EM RELAÇÃO AO ANO DE 2013: 155% •PAÍSES QUE O BRASIL MAIS IMPORTOU (2014): ESTADOS UNIDOS , CHINA, ARGENTINA E ALEMANHA •PAÍSES QUE O BRASIL MAIS EXPORTOU (2014): CHINA, ESTADOS UNIDOS, ARGENTINA, HOLANDA E JAPÃO
  4. 4. •PRINCIPAIS PRODUTOS EXPORTADOS PELO BRASIL (2014):MINÉRIO DE FERRO, FERRO FUNDIDO E AÇO; ÓLEOS BRUTOS DE PETRÓLEO; SOJA E DERIVADOS; AUTOMÓVEIS; AÇÚCAR DE CANA; AVIÕES; CARNE BOVINA; CAFÉ E CARNE DE FRANGO. •PRINCIPAIS PRODUTOS IMPORTADOS PELO BRASIL (2014): PETRÓLEO BRUTO; CIRCUITOS ELETRÔNICOS; TRANSMISSORES/RECEPTORES; PEÇAS PARA VEÍCULOS, MEDICAMENTOS; AUTOMÓVEIS, ÓLEOS COMBUSTÍVEIS; GÁS NATURAL, EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS E MOTORES PARA AVIAÇÃO. •ORGANIZAÇÕES COMERCIAIS QUE O BRASIL PERTENCE: MERCOSUL, UNASUL E OMC (ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE COMÉRCIO)
  5. 5. •TIPOS DE ENERGIA CONSUMIDA NO BRASIL (DADOS DE 2013): - PETRÓLEO E DERIVADOS: 37,6% - HIDRÁULICA: 14,2% - GÁS NATURAL: 10,2% - CARVÃO MINERAL: 5,1% - BIOMASSA: 21,3% - LENHA: 9,5% - NUCLEAR: 1,4% - EÓLICA: 0,6%
  6. 6. •PRINCIPAIS PRODUTOS AGRÍCOLAS PRODUZIDOS: CAFÉ, LARANJA, CANA-DE-AÇÚCAR (PRODUÇÃO DE AÇÚCAR E ÁLCOOL), SOJA, TABACO, MILHO, MATE. •PRINCIPAIS PRODUTOS DA PECUÁRIA: CARNE BOVINA, CARNE DE FRANGO, CARNE SUÍNA •PRINCIPAIS MINÉRIOS PRODUZIDOS: FERRO, ALUMÍNIO, MANGANÊS, MAGNESITA E ESTANHO. •PRINCIPAIS SETORES DE SERVIÇOS: TELECOMUNICAÇÕES, TRANSPORTE RODOVIÁRIO, TÉCNICO-PROFISSIONAIS PRESTADOS À EMPRESAS, TRANSPORTE DE CARGAS, LIMPEZA PREDIAL E DOMICILIAR, INFORMÁTICA, TRANSPORTES AÉREOS E ALIMENTAÇÃO. •PRINCIPAIS SETORES INDUSTRIAIS: ALIMENTOS E BEBIDAS, PRODUTOS QUÍMICOS, VEÍCULOS, COMBUSTÍVEIS, PRODUTOS METALÚRGICOS BÁSICOS, MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS, PRODUTOS DE PLÁSTICO E BORRACHA, ELETRÔNICOS E PRODUTOS DE PAPEL E CELULOSE.
  7. 7. PRINCIPAIS GARGALOS ECONÔMICOS DO BRASIL
  8. 8. • O CUSTO BRASIL É UM TERMO GENÉRICO, USADO PARA DESCREVER O CONJUNTO DE DIFICULDADES ESTRUTURAIS, BUROCRÁTICAS E ECONÔMICAS QUE ENCARECEM O INVESTIMENTO NO BRASIL, DIFICULTANDO O DESENVOLVIMENTO NACIONAL, AUMENTANDO O DESEMPREGO, O TRABALHO INFORMAL, A SONEGAÇÃO DE IMPOSTOS E A EVASÃO DE DIVISAS. POR ISSO, É APONTADO COMO UM CONJUNTO DE FATORES QUE COMPROMETEM A COMPETITIVIDADE E A EFICIÊNCIA DA INDÚSTRIA NACIONAL. • EX: TRANSPORTES, CARGA TRIBUTÁRIA, ENERGIA, DISPONIBILIDADEDE MÃO DE OBRA, ETC...
  9. 9. TRANSPORTES E LOGÍSTICA • TRECHO CHINA BRASIL 17,000 KM • TRECHO PORTO DE SANTOS SÃO PAULO 77 KM • NAVIOS EM FILA PARA ATRACAR $ 1.200 por contêiner $ 1.200 por contêiner Mundo: 10 dias Brasil (Santos): 119 dias
  10. 10. TRANSPORTES RODOVIÁRIOS • BRASIL • BRICS • ESTADOS UNIDOS 60% das cargas (caminhões) 1,7 milhão de km de estradas 200 mil km de vias pavimentadas Rússia: 600 mil km de rodovias asfaltadas China / India: 1,5 milhão de vias asfaltadas 4 milhões de vias asfaltadas.
  11. 11. TRANSPORTES FERROVIÁRIOS • BRASIL • BRICS • ESTADOS UNIDOS 30 mil km + 10 mil (2015) Índia: 63 mil km China: 77 mil km Rússia: 87 mil km (80% das cargas) 220 mil km O custo médio de 1 km de ferrovia é de R$ 1,4 milhão, cerca de 4 vezes maior que uma rodovia.
  12. 12. TRANSPORTES DUTOVIÁRIOS • BRASIL • BRICS • ESTADOS UNIDOS 19 mil km India: 23 mil km China: 60 mil km Rússia: 250 mil km 800 mil km
  13. 13. TRANSPORTE HIDROVIÁRIO • BRASIL • BRICS • ESTADOS UNIDOS 14.000km – aposta na cabotagem. + ou - 13% do total China: 110mil km India: 15 mil km Rússia: 102 mil km 41 mil km As hidrovias apresentam os menores custos de instalação, manutenção e consumo e maior capacidade de carga.
  14. 14. SETOR PORTUÁRIO • SANTOS – SP • PARANAGUÁ- PR Aumento de 115% nos últimos 10 anos 4 vezes mais espera do que a média mundial (custo diário de $25,000) No Ranking internacional, entre 144 países avaliados o Brasil ficou na 102 posição entre os sistemas portuários. Hambürg – SUD: custo de $118 milhões em atrasos e cancelamentos. (aprox. 62.000 horas de atraso)
  15. 15. Brasil China Rússia Índia Chile Qualidade Total 104 69 100 86 32 Rodoviário 118 54 130 85 22 Ferroviário 91 21 29 24 82 Portuário 130 56 97 82 37 Aero pórtuário 122 72 105 67 35 Entre os melhores países do mundo em estrutura de transportes a Suécia fica em 1º Cingapura em 2º e Estados Unidos em 3º lugar.
  16. 16. SISTEMA ENERGÉTICO DO BRASIL
  17. 17. APAGÕES • 1999 10 ESTADOS 76 MILHÕES DE PESSOAS • 2009 19 ESTADOS 70 MILHÕES DEPESSOAS • 2011 1º 7 ESTADOS 30 MILHÕES DEPESSOAS • 2º 12 ESTADOS N/C (NÃO CONTABILIZADO) • 2012 1º 11 ESTADOS N/C • 2º 12 ESTADOS N/C O el niño causou a redução de vários reservatórios do Brasil, inclusive em Itaipu
  18. 18. Brasil Mundo Biomassa 30% (lenha = 10%) 11,5% Petróleo / Derivados 38,5% 35,5% Hidrelétrica 15% 2% Gás Natural 9,5% 21% Carvão Mineral 6% 24% Urânio 1% 6% Energia Renovável 45% 13,5% Hidrelétrica não representa uma energia limpa. Provoca danos ambientais e sociais gravíssimos. De acordo com a AIE (Agência Internacional de Energia), o Brasil deverá ser o maior fornecedor de Petróleo fora do Oriente Médio nas próximas duas décadas.
  19. 19. ESTRUTURA ECONÔMICA
  20. 20. • APAGÃO AÉREO • MÃO DE OBRA • CARGA TRIBUTÁRIA Durante a copa do mundo a Embraer trabalhou em 140% da capacidade. Aviões brasileiros são 15% mais caro que a média mundial. 75 mil bolsas até 2015. Qualificação e Produção científica. Com a iniciativa privada, o Brasil deve fornecer 101 mil bolsas de estudos no exterior para tentar melhorar a qualificação profissional dos brasileiros. 36% do PIB 4,5% superávit primário. O governo da Dilma vem procurando estimular o desenvolvimento através do alívio tributário para alguns setores industriais. 15 setores industriais

×