PROFESSOR RIVAIL

2.994 visualizações

Publicada em

Palestra Espírita realizada por Jorge Luiz, Fortaleza, Ceará, Brasil.
e-mail: jorge.grauca@gmail.com

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.994
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.655
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
38
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PROFESSOR RIVAIL

  1. 1. a educação como missão “A Educação é a obra de minha vida, não faltarei à minha missão, pois penso compreendê-la. Inimigo de todo charlatanismo, não tenho o tolo orgulho de acreditar cumpri-la com perfeição, mas tenho ao menos a convicção de cumpri-la com consciência.” (RIVAIL, H.L.D. apud INCONTRI, D. e GRZYBOWSKI P. – Kardec Educador)
  2. 2. a formação Lyon – primeiros estudos O Instituto de Yverdon – 10 anos de idade “O amor é o eterno fundamento da educação (J.H. Pestalozzi)
  3. 3. “Do Instituto de Pestalozzi espero a salvação da Alemanha.” (João Fitche – “Discursos à Nação Alemã”) (WANTUIL, Z. e THIESEN, F. in Allan Kardec – Vol. I)
  4. 4. a herança pestalozziana “O Educador da Humanidade” (Epitáfio)
  5. 5. cultivar o espírito natural de observação do educando; cultivar-lhe a inteligência e possibilitar o aluno a descobrir as regras por si próprio; partir sempre do conhecimento para o desconhecido; evitar toda atitude mecânica; fazê-lo apalpar com os dedos e com a vista todas as realidades; confiar à memória somente aquilo que já foi captado pela inteligência. (PIRES, J. Herculano in “Pedagogia Espírita”)
  6. 6. Rivail – o educador Início – 14 anos de idade; 1825 – Diretor de Escola – Fundou Escola de 1º grau; Poliglota; 1826 – O Instituto Rivail; 1828 – “A Educação é uma Ciência”; Diplomas e Recompensas; A didática.
  7. 7. “Podemos ver em todas as obras de Kardec a constante sucessão de dois elementos dinâmicos da sua didática: a observação e o ensino. Por isso ele definiu o Espiritismo como “ciência de observação e doutrina filosófica.” (PIRES, J. Herculano in “Pedagogia Espírita”
  8. 8. “Em seu lar, no período de 1835-1840, ele dirigia cursos populares gratuitos de Química, Física, Astronomia e Anatomia comparada.” (INCONTRI, D. e GRZYBOWSKI P. – Kardec Educador)
  9. 9. as obras de Rivail 1823 – primeira obra pedagógica “Curso Prático e Teórico de Aritmética Segundos os Princípios de Pestalozzi, com Modificações, brochura com 16 páginas distribuída a título de propaganda e visando atrair compradores. A obra completa em dois volumes apareceu em dezembro de 1823.) (INCONTRI, D. e GRZYBOWSKI P. – Kardec Educador)
  10. 10. “(...) há manuais didáticos, planos, coleções de exercícios, compilações sobre métodos para uso de professores e pais, projetos de reformas endereçados a deputados, governantes e pedagogos.” (INCONTRI, D. e GRZYBOWSKI P. – Kardec Educador)
  11. 11. “Memorando sobre o seguinte problema: qual é o sistema de estudo mais conveniente às necessidades da época atual? (Primeiro prêmio em um concurso e medalha de ouro atribuído à obra pela Academia Real de Ciência em Arras) (INCONTRI, D. e GRZYBOWSKI P. – Kardec Educador)
  12. 12. Espiritismo: obra de educação “Há um elemento, que não se ponderou bastante, e sem o qual a ciência econômica não passa de simples teoria: a educação. (...). Por que a educação é o conjunto de hábitos adquiridos.” (Allan Kardec) (“O Livro dos Espíritos, questão 685 “a”)
  13. 13. “O Livro dos Espíritos” é, pois, um manual de Educação Integral oferecido à Humanidade para a sua formação moral e espiritual da Terra.” (PIRES, J. Herculano in Pedagogia Espírita)
  14. 14. o livre-arbítrio “(...) Mas será sempre livre de agir como quiser. (...) Cabe à educação combater as más tendências e ela o fará de maneira eficiente quando se basear no estudo aprofundado da natureza moral do homem.” Allan Kardec (“O Livro dos Espíritos”, questão 872)
  15. 15. o progresso da humanidade “A educação, se for bem compreendida, será a chave do progresso moral.” Allan Kardec (“O Livro dos Espíritos”, questão 917)
  16. 16. as leis sociais “(...) Somente a educação pode reformar os homens, que assim não terão mais necessidades de leis tão rigorosas.” (“O Livro dos Espíritos”, questão 797)
  17. 17. o egoísmo “À medida que os homens se esclarecem sobre as coisas espirituais, dão menos valor às coisas materiais; em seguida é necessário reformar as instituições humanas que as entretêm e excitam. Isso depende da educação.” (“O Livro dos Espíritos”, questão 914)
  18. 18. os espíritas e a educação “(...) Assim, os pioneiros do que vai se tornar em 1881 a Liga Francesa de Ensino, são em sua maioria espíritas que com a sua doutrina lutam pela instrução gratuita, laica e obrigatória.” (LAPLANTINE, F. e AUBREÉ, Marion in “A Mesa, o Livro e os Espíritos”)
  19. 19. Eurípedes Barsanulfo Anália Franco Herculano Pires Ney Lobo Dora Incontri

×