OS PENSADORES DA PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO.
B. F. Skinner
O psicólogo nasceu em Susquehanna, estado da Pensilvânia (E.U.A.)
n...
A caixa de Skinner foi utilizada nas escolas para moldar o comportamento dos
alunos através de matérias cuidadosamente seq...
No ano de 1921, Eduardo Claparéde – psicólogo e diretor do Instituto Jean-
Jacques Rosseau, em Genebra, destinado à prepar...
No ano de 1950 editou o primeiro resumo de seus princípios básicos e
elementares do conhecimento denominado: “Introdução à...
cérebro e mente) em Leningrado, onde expõe com uma clareza impressionante
para um jovem de 28 anos, o tema da relação entr...
Henri Paul Hyacinthe Wallon
Nasceu em Paris, França, em 1879. Graduou-se em medicina e psicologia. Fez
também filosofia. A...
As emoções, para Wallon, têm papel preponderante no desenvolvimento da
pessoa. É por meio delas que o aluno exterioriza se...
desenvolvidos um conjunto deconceitos, de modoafavorecer odesenvolvimento da
aprendizagem significativa. Essesconceitos de...
Association for Applied Psychology, após ter dedicado algum tempo a
atividades de assistência social.
Em 1955 foi contempl...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Os pensadores da psicologia da educação

635 visualizações

Publicada em

psi

Publicada em: Meio ambiente
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
635
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Os pensadores da psicologia da educação

  1. 1. OS PENSADORES DA PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO. B. F. Skinner O psicólogo nasceu em Susquehanna, estado da Pensilvânia (E.U.A.) no ano de 1904. Sua criação deu-se em um ambiente disciplinado e rígido. Porém, Skinner tornou-se um estudante fora dos padrões, interessando-se por poesia e filosofia durante os anos de adolescência. B. F. Skinner acaba se formando na Universidade de Nova York em língua inglesa. Sua carreira foi direcionada para a psicologia apenas na universidade de Harvard, onde iniciou seu primeiro contato com a teoria behaviorista. Dedicou-se durante anos em atividades que envolviam experiências práticas com animais como pombos e ratos, baseando-se nessas observações para produção de seus livros. Skinner foi criador das caixas de Skinner, nas quais observava animais de laboratório e suas reações a diversos tipos de estímulos. Estes ambientes fechados foram adotados pela indústria farmacêutica, o que causou uma discussão sobre o abuso de animais na fabricação de remédios. Sua obsessão pela observação do comportamento animal era tamanha que, quando teve uma filha, criou um berço climatizado e, na época, isso deu origem a um boato de que estaria aplicando em sua filha as mesmas experiências que fazia com ratos e pombos. Skinner começa a dar aulas em Harvard no ano de 1948. Faleceu em 1990. Skinner foi um grande teórico da educação, sua teoria comportamentalista, baseia-se no condicionamento via estímulo-resposta. A base do trabalho de Skinner refere-se à compreensão do comportamento humano através do comportamento operante (Skinner dizia que o seu interesse era em compreender o comportamento humano e não manipulá-lo). Skinner criou o método de ensino programado, ensino que poderia ser praticado sem a intervenção do professor através de livros, apostilas ou máquinas.
  2. 2. A caixa de Skinner foi utilizada nas escolas para moldar o comportamento dos alunos através de matérias cuidadosamente sequenciadas e pelo fornecimento de recompensas ou reforços apropriados a aprendizagem, a aprendizagem programada e a máquina de ensinar eram meios apropriados para realizar a aprendizagem escolar. Jean Piaget Nasceu no dia 09 de agosto de 1896, na cidade de Neuchâtel, no Cantão francês, localizado na suíça e morreu no ano de 1980, na Genebra. Embora adolescente Piaget tornou-se internacionalmente prestigiado por conta da edição de vários trabalhos escritos sobre a importância dos moluscos – terceira grande classe do reino animal que abrange criaturas de corpo mole, quase sempre recoberto por uma concha calcária, sendo que alguns são dotados de movimento – cujo progresso, indicado pelos fósseis - restos ou vestígios preservados de animais, plantas ou outros seres vivos em rochas ou sedimentos - era a pista para se assinalar à idade das camadas das rochas em seu período. Suas pesquisas chamaram a atenção para a pesquisa petrolífera que era intensa no começo do século e acredita-se que Piaget tenha tomado gosto pelos assuntos relacionados à evolução e que viria a usar na elaboração dos testes para medir a inteligência infantil a que se aplicaria com esmero em uma outra etapa de sua vida. Piaget terminou seus estudos universitários formado em Biologia pela Universidade de Neuchâtel, no ano de 1915; fez doutorado em Ciências Naturais na mesma instituição, no ano de 1918 e logo após foi morar em Zurique com o intuito de instruir-se na área de Psicologia. A grande oportunidade, em 1919, de prestar serviço no laboratório de testes de Alfred Binet – grande pedagogo e psicólogo francês e autor da primeira avaliação de inteligência baseada nos contemporâneos testes de QI –, em Paris, foi crucial para definir seu rumo científico. Foi pesquisando e procurando tornar perfeito os testes de QI que Piaget iniciou suas investigações sobre as etapas de maturação do intelecto na criança.
  3. 3. No ano de 1921, Eduardo Claparéde – psicólogo e diretor do Instituto Jean- Jacques Rosseau, em Genebra, destinado à preparação de docentes – admirado com uma matéria de Piaget a respeito da compreensão fácil, nítida e perfeita da criança, lhe convidou a trabalhar no instituto como pesquisador. Durante sua estadia no instituto editou, em 1923, sua primeira obra intitulada “A Linguagem e o Pensamento da Criança”. Em 1924 casou-se com Valentine Châtenay, até então sua assessora, com quem teve três filhas, Jacqueline (1925), Lucienne (1927) e Laureni (1931); Piaget acompanhou a evolução mental de suas filhas e a expôs minuciosamente. As conclusões alcançadas com a experiência realizada com suas próprias filhas, desde o dia em que nasceram até perto dos 02 nos (período batizado por Piaget de “Sensorio-motor”), foram editados em 02 volumes denominados “O Naissance de I’ intelligence chez I’ enfant (“O nascimento da inteligência da criança”), em 1936, e “La construction du réel de I’enfant (“A construção de o real na criança"), em 1936. Mais tarde Piaget substituiu Claparede – famoso psicólogo e neurologista do desenvolvimento infantil, já falecido – na função de diretor e docente na Universidade de Genebra, onde ensinou História do Pensamento Científico, Psicologia e Sociologia. Os resultados obtidos da observação da conduta de seus próprios filhos, que abarcaram o período desde o nascimento até aproximadamente 02 anos (período que Piaget designou "sensorio-motor"), foram publicados em 2 volumes: O Naissance de l' intelligence chez l' enfant ("O nascimento da inteligência da criança"), de 1936, e La construction du réel de l'enfant ("A construção de o real na criança"), de 1936. Mais tarde Piaget sucedeu Claparede como diretor e como professor na universidade de Genebra onde lecionou História do Pensamento Científico, Psicologia e Sociologia. Em 1946, com o fim da guerra, Piaget tomou parte na fundação da UNESCO – Órgão das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura – ajudando na preparação de seu estatuto e atuando como membro do conselho executivo.
  4. 4. No ano de 1950 editou o primeiro resumo de seus princípios básicos e elementares do conhecimento denominado: “Introdução à Epistemologia Genética”. Em 1952 foi nomeado professor na Sorbone, local em que trabalhou até 1963. Os testes empregados por Piaget em crianças praticamente recém-nascidas, ocorridos no Centro Internacional por ele fundado em Genebra, comprovaram que as habilidades para o entendimento passam por uma série progressiva de transformações que levam em conta o progresso corpóreo da criança. Piaget demarcou quatro etapas de evolução na forma de pensar das pessoas, que vão do começo da sua juventude até chegar ao seu desenvolvimento físico. A primeira etapa já foi explicada acima, a “Sensório-motor”; O segundo estágio foi chamado de Pré-operacional, abrange dos dois aos sete anos; o terceiro estágio abrange dos sete aos doze anos e o quarto estágio pega dos doze anos até a idade adulta. Lev Semenovich Vygotsky Foi um psicólogo bielo-russo, descoberto nos meios acadêmicos ocidentais depois da sua morte, aos 38 anos. Pensador importante foi pioneiro na noção de que o desenvolvimento intelectual das crianças ocorre em função das interações sociais e condições de vida. Nasceu em 1896 em Orsha, na Bielo-Rússia; 1917 - Quando estudante na Universidade de Moscou foi um leitor ávido e assíduo de temas como Linguística, Ciências Sociais, Psicologia, Filosofia e Artes; 1917 – Conclui seus estudos em Direito e Filologia (conjunto de conhecimentos necessários para se interpretar um texto); 1917 – 1924 – Lecionou Literatura e Psicologia em Gomel e fundou a revista literária Verask; 1924 – Inicia seu trabalho sistemático com auxilio de estudantes e colaboradores, com uma série de pesquisas em Psicologia do Desenvolvimento, Educação e Psicopatologia. Participa do II Congresso de Psiconeurologia (estudo das interações entre
  5. 5. cérebro e mente) em Leningrado, onde expõe com uma clareza impressionante para um jovem de 28 anos, o tema da relação entre reflexos condicionados e comportamento consciente do homem; 1925 – 1934 – Lecionou Psicologia e Pedagogia em Moscou e Leningrado; 1934 – Morre vítima de Tuberculose. Para Vygotsky, o desenvolvimento mental da criança é um processo contínuo de aquisição de controle ativo sobre funções inicialmente passivas. Desenvolvimento intelectual e linguístico da criança relacionado à interiorização do diálogo em fala interior e pensamento. Desenvolvimento do agrupamento conceitual das crianças, onde inicialmente há um amontoado de conceitos, depois um complexo de conceitos, pseudoconceitos e, finalmente, conceitos verdadeiros. A capacidade de impor estruturas superiores no interesse de ver as coisas de modo mais simples e profundo é tida como um dos poderosos instrumentos da inteligência humana. Essa capacidade evita que, ao contato com novos conceitos, a criança tenha de reestruturar os conceitos já incorporados. Para Vygotsky o brinquedo é o mundo imaginário onde a criança pode realizar seus desejos. Zona de desenvolvimento proximal – é a “lacuna” entre aquilo que o indivíduo pode realizar sozinho e aquilo em que ele vai precisar da ajuda de alguém. Foi acusado de chauvinista russo, por ter declarado que a população iletrada da região não industrializada da Ásia Central, ainda não tinha a capacidade intelectual da civilização moderna. Escreveu sobre o método genético-experimental, que é um experimento que, se adequadamente concebido, pode dar ao experimentador condições de saber o curso real do desenvolvimento de uma determinada função. Uma técnica usada por Vygotsky era a de introduzir obstáculos e dificuldades na tarefa a fim de quebrar o método rotineiro de solução de problemas. Nesse estudo o mais importante não era o nível de desempenho, mas os métodos usados pela criança.
  6. 6. Henri Paul Hyacinthe Wallon Nasceu em Paris, França, em 1879. Graduou-se em medicina e psicologia. Fez também filosofia. Atuou como médico na Primeira Guerra Mundial (1914-1918), ajudando a cuidar de pessoas com distúrbios psiquiátricos. Em 1925, criou um laboratório de psicologia biológica da criança. Quatro anos mais tarde, tornou- se professor da Universidade Sorbonne e vice-presidente do Grupo Francês de Educação Nova - instituição que ajudou a revolucionar o sistema de ensino daquele país e da qual foi presidente de 1946 até morrer, também em Paris, em 1962. Ao longo de toda a vida, dedicou-se a conhecer a infância e os caminhos da inteligência nas crianças. Militante de esquerda, participou das forças de resistência contra Adolf Hitler e foi perseguido pela Gestapo (a polícia política nazista) durante a Segunda Guerra (1939-1945). Em 1947, propôs mudanças estruturais no sistema educacional francês. Coordenou o projeto Reforma do Ensino, conhecido como Langevin-Wallon - conjunto de propostas equivalente à nossa Lei de Diretrizes e Bases. Nele, por exemplo, está escrito que nenhum aluno deve ser reprovado numa avaliação escolar. Em 1948, lançou a revista Enfance, que serviria de plataforma de novas idéias no mundo da educação - e que rapidamente se transformou numa espécie de bíblia para pesquisadores e professores. Falar que a escola deve proporcionar formação integral (intelectual, afetiva e social) às crianças é comum hoje em dia. No início do século passado, porém, essa idéia foi uma verdadeira revolução no ensino. Uma revolução comandada por um médico, psicólogo e filósofo francês chamado Henri Wallon. Sua teoria pedagógica, que diz que o desenvolvimento intelectual envolve muito mais do que um simples cérebro, abalou as convicções numa época em que memória e erudição eram o máximo em termos de construção do conhecimento. Wallon foi o primeiro a levar não só o corpo da criança mas também suas emoções para dentro da sala de aula. Fundamentou suas idéias em quatro elementos básicos que se comunicam o tempo todo: a afetividade, o movimento, a inteligência e a formação do eu como pessoa. Militante apaixonado (tanto na política como na educação), dizia que reprovar é sinônimo de expulsar, negar, excluir. Ou seja, "a própria negação do ensino".
  7. 7. As emoções, para Wallon, têm papel preponderante no desenvolvimento da pessoa. É por meio delas que o aluno exterioriza seus desejos e suas vontades. Em geral são manifestações que expressam um universo importante e perceptível, mas pouco estimulado pelos modelos tradicionais de ensino. DAVID PAULAUSUBEL(25/10/1918±09/07/2008) Foi um grande psicólogo da educação estadunidense. Filho de família judia, e pobre, imigrantes da Europa Central, cresceuinsatisfeito com a educação que recebera .Revoltado contra os castigos e humilhações pelosquais passara naescola, afirma que a educaçãoé violenta e reacionária, relatando umdos episódios que o marcou profundamente nesse período. Um dos aspectos mais importantes da vasta obra de David Ausubel foi a sua preocupação em construir uma teoria de ensino que pudesse ajudar os professores no seu desempenho em sala de aula. Esta contribuição de Ausubel torna-se mais significativa no contexto atual da educação brasileira, em que se exige uma eficiência cada vez maior por parte das escolas, principalmente para enfrentar o grave problema da repetência nas primeiras séries do primeiro grau. Na ausência de teorias de ensino, os professores são levados a valerem-se das normas disponíveis no folclore educacional ou basearem-se no exemplo de seus próprios professores ou, ainda, tentar descobrir técnicas de ensino através de tentativas de ensaio e erro. Uma teoria de ensino tem por base a construção de princípios que possam ser adaptados tanto a diferentes sujeitos como a diferentes situações. O pensamento de David Ausubel foi introduzido no Brasil no início da década de 70 pelo Prof. Joel Martins, quando começou a ministrar cursos de Pós- Graduação na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, baseados nas ideias desse pesquisador norte americano. Segundo Ausubel, a aprendizagem significativa no processode ensino necessita fazer algum sentido para oaluno e,nesse processo,a informação deverá interagir eancorar-se nos conceitos relevantes já existentes na estrutura doaluno. O autor entende que a aprendizagem significativa severifica quando o banco deinformações no plano mental do aluno serevela, através da aprendizagem daaprendizagem pordescoberta epor recepção. O processoutilizado para ascrianças menores éo deformação deconceitos, envolvendo generalizações deinteresses específicospara que, na idadeescolar já tenham
  8. 8. desenvolvidos um conjunto deconceitos, de modoafavorecer odesenvolvimento da aprendizagem significativa. Essesconceitos deverão ser adquiridosatravés deassimilação, diferenciação. Carl Ransom Rogers Nasceu no dia 8 de janeiro de 1902 em Oak Park, Illinois nos EUA. Era psicopedagogo estadunidense. Um dos mais influentes pensadores americanos. Sua linha teórica é conhecida como Abordagem Centrada na Pessoa (ACP). Publicou 16 livros, dentre os quais se destacam: "Tornar-se Pessoa", "Um Jeito de Ser" e "Terapia Centrada no Cliente" Enquanto outros estudiosos se concentravam na idéia de que todo ser humano possuía uma neurose primordial, básica, Rógers rejeitou essa visão, defendendo que o núcleo básico da personalidade humana, na verdade, era tendente à saúde, ao bem-estar. Esta conclusão sobreveio a um longo e meticuloso processo de investigação científica levado a cabo por ele, ao longo de sua atuação profissional.. Alguns cientistas, psicólogos, psiquiatras e educadores, entre outros, consideram Rogers como um dos mais importantes psicólogos e educadores humanistas, humanistas existenciais, existencialistas e/ ou fenomenológos dos Estados Unidos da América e do mundo. Aos 12 anos foi morar para uma quinta, interessou-se por agricultura científica e por borboletas noturnas. No Liceu de Wisconsin estudou agricultura e mais tarde mudou para história devido ao seu interesse por religião. Em 1922, Rogers viajou à China para participar num congresso da Federação Mundial dos Estudantes Cristãos, apaixonou-se por Helen Elliot. Casou com Helen em Agosto de 1924. David Elliot Rogers nasceu em 17 de março de 1926 e Natalie Rogers em 9 de outubro 1928. Em 1924 tornou-se Bacharel em História, mudou-se para Nova Iorque e frequentou durante dois anos o Union Theological Seminary Em 1927, Rogers contatou com a obra de Freud quando trabalhou no Institute for Child Guidance, N.Y. Em 1928 começou a trabalhar em Rochester, onde permaneceu durante 12 anos. Em 1930 elaborou a sua tese acerca da medição da personalidade nas crianças com a qual obteve o doutoramento em 1931 pela Universidade de Colúmbia. Em 1938 Rogers criou um centro independente de psicopedagogia, o Rochester Guidance Center. Em 1940 Rogers entrou como professor efetivo de Psicologia na Universidade de Ohio, lecionou técnicas de tratamento e couseling. Em 1944 Rogers foi nomeado presidente da American
  9. 9. Association for Applied Psychology, após ter dedicado algum tempo a atividades de assistência social. Em 1955 foi contemplado com a medalha de prata Nicholas Murray Butler da Universidade de Colúmbia. No ano seguinte foi contemplado com o grau de doutor honoris causa em Letras pelo Lawrence College. De 1957 a 1964 Rogers voltou a lecionar em Winsconsin. Em 1968 fundou, com colegas do WBSI, o Center for the Studies of the Person (CPS). Viajou aos Estados Unidos, América do Sul, Rússia, Japão, Austrália e Europa. Em 1987 foi nomeado para Nobel da Paz. Rogers faleceu em La Jolla – Califórnia – EUA, em 4 de fevereiro de 1987.

×