SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 26
Baixar para ler offline
Estudo dos capítulos XIV e XV de
O Livro dos Médiuns
“Toda pessoa que sente a
influência dos Espíritos, em
qualquer grau de intensidade, é
médium. Essa faculdade é
inerente ao homem.”
conceituando
O Livro dos Médiuns, XIV:159
“Usualmente, porém, essa qualificação
se aplica somente aos que possuem uma
faculdade mediúnica bem
caracterizada, que se traduz por
efeitos patentes de certa intensidade, o
que depende de sua organização mais
ou menos sensitiva.”
O Livro dos Médiuns, XIV:159
classificação
efeitos
físicos
sensitivos
auditivos ou
audientes
falantes ou
psicofônicos
videntes
sonâmbulos curadores
pneumatógrafos
escreventes ou
psicógrafos
O Livro dos Médiuns, XIV:159
efeitosfísicos
facultativos
involuntários
“Mas convém notar que a
faculdade de produzir efeitos
materiais raramente se manifesta
entre os que dispõem de meios
mais perfeitos de comunicação,
como a escrita e a palavra.”
O Livro dos Médiuns, XIV:160
“Pelo fato de pertencerem esses
fenômenos à ordem moral, deve-se
evitar, com cuidado não menos rigoroso,
todos os motivos de superexcitação da
imaginação.”
O Livro dos Médiuns, XIV:162
sensitivos ou impressionáveis
Todos os médiuns são necessariamente
impressionáveis, de maneira que a
impressionabilidade é antes uma qualidade,
geral do que é especial: é a faculdade
rudimentar indispensável ao desenvolvimento
de todas outras.”
O Livro dos Médiuns, XIV:164
médiuns audientes
“(...) é algumas vezes uma voz
interna que se faz ouvir no for
íntimo. De outras vezes é uma
voz externa, clara e distinta como
de uma pessoa viva.”
O Livro dos Médiuns, XIV:165
“Os médiuns audientes, que apenas
transmitem o que ouvem, não são
propriamente médiuns falantes.
Estes, na maioria das vezes, não
ouvem nada.”
O Livro dos Médiuns, XIV:166
médiuns falantes
“(...) os Espíritos agem sobre os órgãos
vocais, como agem sobre as mão nos médiuns
escreventes. (...) O médium falante, em geral,
se exprime sem ter consciência do que diz, e
quase sempre tratando de assuntos estranhos
às suas preocupações habituais, fora de seus
conhecimentos e mesmo do alcance de sua
inteligência.”
O Livro dos Médiuns, XIV:166
médiuns videntes
“(...) são dotados da faculdade de ver os
Espíritos. Há os que gozam dessa faculdade
em estado normal, perfeitamente acordados,
guardando lembranças precisa do que viram.
Outros só a possuem em estado sonambúlico
ou aproximado do sonambulismo. É raro que
esta faculdade seja permanentemente, sendo
quase sempre o resultado.”
O Livro dos Médiuns, XIV:167
“O médium vidente acredita ver
pelos olhos, como os que têm
dupla-vista, mas na realidade é a
alma que vê, e por essa razão eles
tanto veem com os olhos abertos e
ou fechados.”
O Livro dos Médiuns, XIV:167
médiuns sonâmbulos
“O sonambulismo pode ser considerado como
uma variedade da faculdade mediúnica, ou
melhor, trata-se de duas ordens de fenômeno
que se encontram frequentemente reunidos. O
sonambulismo age por influência do seu
próprio Espírito. É sua alma que, nos
momentos de emancipação, vê, ouve e percebe
além dos limites dos sentidos.”
O Livro dos Médiuns, XIV:172
“Mas um sonâmbulo pode se
assistido por um Espírito mentiroso,
leviano, ou até mesmo mau, como
acontece com os médiuns. Nisto,
sobretudo, é que as qualidades
morais têm grande influência, por
atraírem os Espíritos bons.”
O Livro dos Médiuns, XIV:174
médiuns curadores
“(...) esse gênero de mediunidade
consiste principalmente no dom
de curar por simples toques, pelo
olhar ou mesmo por um gesto,
sem nenhuma medicação.(...).”
O Livro dos Médiuns, XIV:175
magnetismo
prece
passe
fé
“A força magnética pertence ao homem, mas
é aumentada pela ajuda dos Espíritos a que
ele apela. Se magnetizas para curar, por
exemplo, e evocas um bom Espírito que se
interessa por ti e pelo doente, ele aumenta a
tua força e a tua vontade, dirige os teus
fluidos e lhes dá as qualidades
necessidades.”
O Livro dos Médiuns, XIV:176
“Quem tocou em minhas
vestes? (...). Filha, a tua fé
te salvou. Vai em paz, e sê
curada deste mal.” (Jesus)
Marcos, 5: 30 e 34.
médiuns pneumatógrafos
“Essa designação corresponde
aos médiuns que têm aptidão
para obter escrita direta, o que
não é dado a todos os médiuns
escreventes. Essa faculdade é,
por enquanto, muito rara.”
O Livro dos Médiuns, XIV:177
“(...). E escreveu nas
tábuas as palavras da
aliança, os dez
mandamentos.”
Exôdo, 35:28
escreventes ou psicógrafos
“De todas as formas de comunicação, a
escrita manual é a mais simples, a mais
cômoda e sobretudo a mais completa. Todos
os esforços devem ser feitos para o seu
desenvolvimento, porque ela permite
estabelecer relações tão permanentes e
regulares com os Espíritos, como a que
mantemos entre nós.”
O Livro dos Médiuns, XV:178
mecânicos intuitivos semimecânicos
inspirados pressentimentos
O Livro dos Médiuns, XV
“No médium puramente mecânico, o
movimento da mão é independente da
vontade. No médium intuitivo, o
movimento é voluntário e facultativo. O
médium semimecânico participa das duas
condições.”
O Livro dos Médiuns, XV:181
“ – Um escritor, um pintor, um músico, por
exemplo, nos momentos de inspiração, poderiam
ser considerados médiuns?
- Sim, pois nesses momentos têm a alma
mais livre e como separada da matéria, que,
então, recobra em parte as faculdades de
Espírito e recebe mais facilmente as
comunicações dos Espíritos que a
inspiram.”
O Livro dos Médiuns, XV:183

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mediunidade e corpo físico
Mediunidade e corpo físicoMediunidade e corpo físico
Mediunidade e corpo físicoWilma Badan C.G.
 
Evangeliza - Mediunidade com Jesus
Evangeliza - Mediunidade com JesusEvangeliza - Mediunidade com Jesus
Evangeliza - Mediunidade com JesusAntonino Silva
 
MANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEAS
MANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEASMANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEAS
MANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEASJorge Luiz dos Santos
 
Quarto Módulo - 2ª aula - Tipo de mediunidade
Quarto Módulo - 2ª  aula - Tipo de mediunidadeQuarto Módulo - 2ª  aula - Tipo de mediunidade
Quarto Módulo - 2ª aula - Tipo de mediunidadeCeiClarencio
 
Mistificações, contradições e animismo
Mistificações, contradições e animismoMistificações, contradições e animismo
Mistificações, contradições e animismojcevadro
 
08 o ectoplasma
08   o ectoplasma08   o ectoplasma
08 o ectoplasmajcevadro
 
Fundamentos e Finalidade da Reencarnação.pdf
Fundamentos e Finalidade da Reencarnação.pdfFundamentos e Finalidade da Reencarnação.pdf
Fundamentos e Finalidade da Reencarnação.pdfRosimeire Alves
 
05 classificação do médiuns
05   classificação do médiuns05   classificação do médiuns
05 classificação do médiunscarlos freire
 
Letargia, catalepsia e sonambulismo
Letargia, catalepsia e sonambulismoLetargia, catalepsia e sonambulismo
Letargia, catalepsia e sonambulismomarjoriestavismeyer
 
Mediunidade com Jesus
Mediunidade com JesusMediunidade com Jesus
Mediunidade com Jesusigmateus
 
Das evocações
Das evocaçõesDas evocações
Das evocaçõeshome
 
Mediunidade com Jesus
Mediunidade com JesusMediunidade com Jesus
Mediunidade com Jesushome
 
Palestra ESE 21 Falsos cristos e profetas
Palestra ESE 21 Falsos cristos e profetasPalestra ESE 21 Falsos cristos e profetas
Palestra ESE 21 Falsos cristos e profetasTiburcio Santos
 
Olm 100818-manif.inteligente-teoria manif.físicas-manif.físicas exp
Olm 100818-manif.inteligente-teoria manif.físicas-manif.físicas expOlm 100818-manif.inteligente-teoria manif.físicas-manif.físicas exp
Olm 100818-manif.inteligente-teoria manif.físicas-manif.físicas expCarlos Alberto Freire De Souza
 

Mais procurados (20)

Mediunidade e corpo físico
Mediunidade e corpo físicoMediunidade e corpo físico
Mediunidade e corpo físico
 
Fluido Cósmico Universal
Fluido Cósmico UniversalFluido Cósmico Universal
Fluido Cósmico Universal
 
Evangeliza - Mediunidade com Jesus
Evangeliza - Mediunidade com JesusEvangeliza - Mediunidade com Jesus
Evangeliza - Mediunidade com Jesus
 
Médiuns e mediunidade!
Médiuns e mediunidade!Médiuns e mediunidade!
Médiuns e mediunidade!
 
MANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEAS
MANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEASMANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEAS
MANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEAS
 
Quarto Módulo - 2ª aula - Tipo de mediunidade
Quarto Módulo - 2ª  aula - Tipo de mediunidadeQuarto Módulo - 2ª  aula - Tipo de mediunidade
Quarto Módulo - 2ª aula - Tipo de mediunidade
 
Mistificações, contradições e animismo
Mistificações, contradições e animismoMistificações, contradições e animismo
Mistificações, contradições e animismo
 
08 o ectoplasma
08   o ectoplasma08   o ectoplasma
08 o ectoplasma
 
Fundamentos e Finalidade da Reencarnação.pdf
Fundamentos e Finalidade da Reencarnação.pdfFundamentos e Finalidade da Reencarnação.pdf
Fundamentos e Finalidade da Reencarnação.pdf
 
05 classificação do médiuns
05   classificação do médiuns05   classificação do médiuns
05 classificação do médiuns
 
Letargia, catalepsia e sonambulismo
Letargia, catalepsia e sonambulismoLetargia, catalepsia e sonambulismo
Letargia, catalepsia e sonambulismo
 
Olm 100915-os médiuns
Olm 100915-os médiunsOlm 100915-os médiuns
Olm 100915-os médiuns
 
Mediunidade com Jesus
Mediunidade com JesusMediunidade com Jesus
Mediunidade com Jesus
 
Curso de médiuns
Curso de médiunsCurso de médiuns
Curso de médiuns
 
Leis divinas
Leis divinasLeis divinas
Leis divinas
 
Das evocações
Das evocaçõesDas evocações
Das evocações
 
Mediunidade com Jesus
Mediunidade com JesusMediunidade com Jesus
Mediunidade com Jesus
 
O Passe
O PasseO Passe
O Passe
 
Palestra ESE 21 Falsos cristos e profetas
Palestra ESE 21 Falsos cristos e profetasPalestra ESE 21 Falsos cristos e profetas
Palestra ESE 21 Falsos cristos e profetas
 
Olm 100818-manif.inteligente-teoria manif.físicas-manif.físicas exp
Olm 100818-manif.inteligente-teoria manif.físicas-manif.físicas expOlm 100818-manif.inteligente-teoria manif.físicas-manif.físicas exp
Olm 100818-manif.inteligente-teoria manif.físicas-manif.físicas exp
 

Destaque

13 classificação dos médiuns
13 classificação dos médiuns13 classificação dos médiuns
13 classificação dos médiunsAntonio SSantos
 
Classificacao da mediunidade
Classificacao da mediunidadeClassificacao da mediunidade
Classificacao da mediunidadeGraça Maciel
 
7_ Manifestacao mediunica dos Espiritos
7_ Manifestacao mediunica dos Espiritos7_ Manifestacao mediunica dos Espiritos
7_ Manifestacao mediunica dos EspiritosAri Carrasco
 
01 o médium conceito e classif. mediunidade com jesus
01   o médium conceito e classif. mediunidade com jesus01   o médium conceito e classif. mediunidade com jesus
01 o médium conceito e classif. mediunidade com jesusjcevadro
 
4ª aula dos médiuns - classificação geral - coem
4ª aula   dos médiuns - classificação geral - coem4ª aula   dos médiuns - classificação geral - coem
4ª aula dos médiuns - classificação geral - coemWagner Quadros
 
ATENDEIMENTO AO ESPIRITO COMUNICANTE
ATENDEIMENTO AO ESPIRITO COMUNICANTEATENDEIMENTO AO ESPIRITO COMUNICANTE
ATENDEIMENTO AO ESPIRITO COMUNICANTEAri Carrasco
 
Como avaliar se a reunião mediúnica esta bem
Como avaliar  se a reunião mediúnica esta bemComo avaliar  se a reunião mediúnica esta bem
Como avaliar se a reunião mediúnica esta bemGraça Maciel
 
Mediunidade conceitos e tipos - n.16
Mediunidade conceitos  e tipos - n.16Mediunidade conceitos  e tipos - n.16
Mediunidade conceitos e tipos - n.16Graça Maciel
 
Aula 1 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de Efeitos Físicos
Aula 1 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de Efeitos FísicosAula 1 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de Efeitos Físicos
Aula 1 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de Efeitos FísicosSergio Lima Dias Junior
 
Mediunidade com Jesus - n.17
Mediunidade com Jesus - n.17Mediunidade com Jesus - n.17
Mediunidade com Jesus - n.17Graça Maciel
 

Destaque (16)

13 classificação dos médiuns
13 classificação dos médiuns13 classificação dos médiuns
13 classificação dos médiuns
 
Classificacao da mediunidade
Classificacao da mediunidadeClassificacao da mediunidade
Classificacao da mediunidade
 
7_ Manifestacao mediunica dos Espiritos
7_ Manifestacao mediunica dos Espiritos7_ Manifestacao mediunica dos Espiritos
7_ Manifestacao mediunica dos Espiritos
 
01 o médium conceito e classif. mediunidade com jesus
01   o médium conceito e classif. mediunidade com jesus01   o médium conceito e classif. mediunidade com jesus
01 o médium conceito e classif. mediunidade com jesus
 
Mediunidade com jesus
Mediunidade com jesusMediunidade com jesus
Mediunidade com jesus
 
4ª aula dos médiuns - classificação geral - coem
4ª aula   dos médiuns - classificação geral - coem4ª aula   dos médiuns - classificação geral - coem
4ª aula dos médiuns - classificação geral - coem
 
ATENDEIMENTO AO ESPIRITO COMUNICANTE
ATENDEIMENTO AO ESPIRITO COMUNICANTEATENDEIMENTO AO ESPIRITO COMUNICANTE
ATENDEIMENTO AO ESPIRITO COMUNICANTE
 
Como avaliar se a reunião mediúnica esta bem
Como avaliar  se a reunião mediúnica esta bemComo avaliar  se a reunião mediúnica esta bem
Como avaliar se a reunião mediúnica esta bem
 
Mediunidade conceitos e tipos - n.16
Mediunidade conceitos  e tipos - n.16Mediunidade conceitos  e tipos - n.16
Mediunidade conceitos e tipos - n.16
 
Tipos de mediunidade
Tipos de mediunidadeTipos de mediunidade
Tipos de mediunidade
 
Aula 1 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de Efeitos Físicos
Aula 1 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de Efeitos FísicosAula 1 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de Efeitos Físicos
Aula 1 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de Efeitos Físicos
 
Mediunidade com Jesus - n.17
Mediunidade com Jesus - n.17Mediunidade com Jesus - n.17
Mediunidade com Jesus - n.17
 
Dairson: Reunião Mediúnica
Dairson: Reunião MediúnicaDairson: Reunião Mediúnica
Dairson: Reunião Mediúnica
 
Mediunidade efeitos físicos e intelectuais
Mediunidade efeitos físicos e intelectuaisMediunidade efeitos físicos e intelectuais
Mediunidade efeitos físicos e intelectuais
 
Aula 8 - Médium/Mediunidade
Aula 8 - Médium/MediunidadeAula 8 - Médium/Mediunidade
Aula 8 - Médium/Mediunidade
 
Médiuns
MédiunsMédiuns
Médiuns
 

Semelhante a Estudo dos capítulos XIV e XV de O Livro dos Médiuns

Todos nós somos médiuns?
Todos nós somos médiuns?Todos nós somos médiuns?
Todos nós somos médiuns?home
 
A psicofonia, a vidência e as manifestações visuais
A psicofonia, a vidência e as manifestações visuaisA psicofonia, a vidência e as manifestações visuais
A psicofonia, a vidência e as manifestações visuaisjcevadro
 
A audiência, a psicopictografia, psicometria e o sonambulismo
A audiência, a psicopictografia, psicometria e o sonambulismoA audiência, a psicopictografia, psicometria e o sonambulismo
A audiência, a psicopictografia, psicometria e o sonambulismojcevadro
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Leonardo Pereira
 
8ª aula do papel dos mediuns nas comunicações espiritas - coem
8ª aula   do papel dos mediuns nas comunicações espiritas - coem8ª aula   do papel dos mediuns nas comunicações espiritas - coem
8ª aula do papel dos mediuns nas comunicações espiritas - coemWagner Quadros
 
Classificação da mediunidade
Classificação da mediunidadeClassificação da mediunidade
Classificação da mediunidadeWilma Badan C.G.
 
14 29.05.2014 - classificação da mediunidade
14   29.05.2014 - classificação da mediunidade14   29.05.2014 - classificação da mediunidade
14 29.05.2014 - classificação da mediunidadeWilma Badan C.G.
 
Classificação da mediunidade - Wilma Badan CG -
Classificação da mediunidade - Wilma Badan CG - Classificação da mediunidade - Wilma Badan CG -
Classificação da mediunidade - Wilma Badan CG - Wilma Badan C.G.
 
Somos todos médiuns
Somos todos médiunsSomos todos médiuns
Somos todos médiunsHelio Cruz
 
O papel do médium no mecanismo das comunicações 1,5hs
O papel do médium no mecanismo das comunicações 1,5hsO papel do médium no mecanismo das comunicações 1,5hs
O papel do médium no mecanismo das comunicações 1,5hshome
 
Quarto Módulo - 1ª aula - O médiun e suas aptidões
Quarto Módulo - 1ª aula - O médiun e suas aptidõesQuarto Módulo - 1ª aula - O médiun e suas aptidões
Quarto Módulo - 1ª aula - O médiun e suas aptidõesCeiClarencio
 
Quarto Módulo - 9ª aula intuição e audição
Quarto Módulo - 9ª aula   intuição e audiçãoQuarto Módulo - 9ª aula   intuição e audição
Quarto Módulo - 9ª aula intuição e audiçãoCeiClarencio
 

Semelhante a Estudo dos capítulos XIV e XV de O Livro dos Médiuns (20)

Mediunidade
MediunidadeMediunidade
Mediunidade
 
Todos nós somos médiuns?
Todos nós somos médiuns?Todos nós somos médiuns?
Todos nós somos médiuns?
 
A psicofonia, a vidência e as manifestações visuais
A psicofonia, a vidência e as manifestações visuaisA psicofonia, a vidência e as manifestações visuais
A psicofonia, a vidência e as manifestações visuais
 
Médiuns e mediunidade!
Médiuns e mediunidade!Médiuns e mediunidade!
Médiuns e mediunidade!
 
A audiência, a psicopictografia, psicometria e o sonambulismo
A audiência, a psicopictografia, psicometria e o sonambulismoA audiência, a psicopictografia, psicometria e o sonambulismo
A audiência, a psicopictografia, psicometria e o sonambulismo
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 
Mediunidade _ Estudo para Mocidade
Mediunidade _ Estudo para MocidadeMediunidade _ Estudo para Mocidade
Mediunidade _ Estudo para Mocidade
 
8ª aula do papel dos mediuns nas comunicações espiritas - coem
8ª aula   do papel dos mediuns nas comunicações espiritas - coem8ª aula   do papel dos mediuns nas comunicações espiritas - coem
8ª aula do papel dos mediuns nas comunicações espiritas - coem
 
Medium e mediunidade com jesus
Medium e mediunidade com jesusMedium e mediunidade com jesus
Medium e mediunidade com jesus
 
Classificação da mediunidade
Classificação da mediunidadeClassificação da mediunidade
Classificação da mediunidade
 
14 29.05.2014 - classificação da mediunidade
14   29.05.2014 - classificação da mediunidade14   29.05.2014 - classificação da mediunidade
14 29.05.2014 - classificação da mediunidade
 
Classificação da mediunidade - Wilma Badan CG -
Classificação da mediunidade - Wilma Badan CG - Classificação da mediunidade - Wilma Badan CG -
Classificação da mediunidade - Wilma Badan CG -
 
Transe Mediúnico
Transe MediúnicoTranse Mediúnico
Transe Mediúnico
 
Somos todos médiuns
Somos todos médiunsSomos todos médiuns
Somos todos médiuns
 
O papel do médium no mecanismo das comunicações 1,5hs
O papel do médium no mecanismo das comunicações 1,5hsO papel do médium no mecanismo das comunicações 1,5hs
O papel do médium no mecanismo das comunicações 1,5hs
 
( Espiritismo) # - amag ramgis - a clarividencia(1)
( Espiritismo)   # - amag ramgis - a clarividencia(1)( Espiritismo)   # - amag ramgis - a clarividencia(1)
( Espiritismo) # - amag ramgis - a clarividencia(1)
 
( Espiritismo) # - amag ramgis - a clarividencia
( Espiritismo)   # - amag ramgis - a clarividencia( Espiritismo)   # - amag ramgis - a clarividencia
( Espiritismo) # - amag ramgis - a clarividencia
 
( Espiritismo) # - amag ramgis - a clarividencia(2)
( Espiritismo)   # - amag ramgis - a clarividencia(2)( Espiritismo)   # - amag ramgis - a clarividencia(2)
( Espiritismo) # - amag ramgis - a clarividencia(2)
 
Quarto Módulo - 1ª aula - O médiun e suas aptidões
Quarto Módulo - 1ª aula - O médiun e suas aptidõesQuarto Módulo - 1ª aula - O médiun e suas aptidões
Quarto Módulo - 1ª aula - O médiun e suas aptidões
 
Quarto Módulo - 9ª aula intuição e audição
Quarto Módulo - 9ª aula   intuição e audiçãoQuarto Módulo - 9ª aula   intuição e audição
Quarto Módulo - 9ª aula intuição e audição
 

Mais de Jorge Luiz dos Santos

O ESPIRITISMO E A NECESSIDADE DO TRABALHO
O ESPIRITISMO E A NECESSIDADE DO TRABALHOO ESPIRITISMO E A NECESSIDADE DO TRABALHO
O ESPIRITISMO E A NECESSIDADE DO TRABALHOJorge Luiz dos Santos
 
O ESPIRITISMO E AS DESIGUALDADES SOCIAIS
O ESPIRITISMO E AS DESIGUALDADES SOCIAISO ESPIRITISMO E AS DESIGUALDADES SOCIAIS
O ESPIRITISMO E AS DESIGUALDADES SOCIAISJorge Luiz dos Santos
 
O PENSAMENTO Uma abordagem espírita
O PENSAMENTO Uma abordagem espíritaO PENSAMENTO Uma abordagem espírita
O PENSAMENTO Uma abordagem espíritaJorge Luiz dos Santos
 
PERISPÍRITO - MODELO ORGANIZADOR BIOLÓGICO (MOB)
PERISPÍRITO - MODELO ORGANIZADOR BIOLÓGICO (MOB)PERISPÍRITO - MODELO ORGANIZADOR BIOLÓGICO (MOB)
PERISPÍRITO - MODELO ORGANIZADOR BIOLÓGICO (MOB)Jorge Luiz dos Santos
 
REENCARNAÇÃO - ASPECTOS CIENTÍFICOS, FILOSÓFICOS E MORAIS
REENCARNAÇÃO - ASPECTOS CIENTÍFICOS, FILOSÓFICOS E MORAISREENCARNAÇÃO - ASPECTOS CIENTÍFICOS, FILOSÓFICOS E MORAIS
REENCARNAÇÃO - ASPECTOS CIENTÍFICOS, FILOSÓFICOS E MORAISJorge Luiz dos Santos
 
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)Jorge Luiz dos Santos
 

Mais de Jorge Luiz dos Santos (20)

O ESPIRITISMO E A NECESSIDADE DO TRABALHO
O ESPIRITISMO E A NECESSIDADE DO TRABALHOO ESPIRITISMO E A NECESSIDADE DO TRABALHO
O ESPIRITISMO E A NECESSIDADE DO TRABALHO
 
O ESPIRITISMO E AS DESIGUALDADES SOCIAIS
O ESPIRITISMO E AS DESIGUALDADES SOCIAISO ESPIRITISMO E AS DESIGUALDADES SOCIAIS
O ESPIRITISMO E AS DESIGUALDADES SOCIAIS
 
A VERDADE QUE LIBERTA
A VERDADE QUE LIBERTAA VERDADE QUE LIBERTA
A VERDADE QUE LIBERTA
 
A ALMA DA TERRA
A ALMA DA TERRAA ALMA DA TERRA
A ALMA DA TERRA
 
MILAGRES À LUZ DO ESPIRITISMO
MILAGRES À LUZ DO ESPIRITISMOMILAGRES À LUZ DO ESPIRITISMO
MILAGRES À LUZ DO ESPIRITISMO
 
O PENSAMENTO Uma abordagem espírita
O PENSAMENTO Uma abordagem espíritaO PENSAMENTO Uma abordagem espírita
O PENSAMENTO Uma abordagem espírita
 
AMAI OS VOSSOS INIMIGOS
AMAI OS VOSSOS INIMIGOSAMAI OS VOSSOS INIMIGOS
AMAI OS VOSSOS INIMIGOS
 
LIVRE -ARBÍTRIO E DETERMINISMO
LIVRE -ARBÍTRIO E DETERMINISMOLIVRE -ARBÍTRIO E DETERMINISMO
LIVRE -ARBÍTRIO E DETERMINISMO
 
QUAL O TAMANHO DE VOSSA FÉ?
QUAL O TAMANHO DE VOSSA FÉ?QUAL O TAMANHO DE VOSSA FÉ?
QUAL O TAMANHO DE VOSSA FÉ?
 
O CONSOLADOR PROMETIDO
O CONSOLADOR PROMETIDOO CONSOLADOR PROMETIDO
O CONSOLADOR PROMETIDO
 
PERISPÍRITO - MODELO ORGANIZADOR BIOLÓGICO (MOB)
PERISPÍRITO - MODELO ORGANIZADOR BIOLÓGICO (MOB)PERISPÍRITO - MODELO ORGANIZADOR BIOLÓGICO (MOB)
PERISPÍRITO - MODELO ORGANIZADOR BIOLÓGICO (MOB)
 
REENCARNAÇÃO - ASPECTOS CIENTÍFICOS, FILOSÓFICOS E MORAIS
REENCARNAÇÃO - ASPECTOS CIENTÍFICOS, FILOSÓFICOS E MORAISREENCARNAÇÃO - ASPECTOS CIENTÍFICOS, FILOSÓFICOS E MORAIS
REENCARNAÇÃO - ASPECTOS CIENTÍFICOS, FILOSÓFICOS E MORAIS
 
O DUELO
O DUELOO DUELO
O DUELO
 
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
 
COMODISMO, O GRANDE OBSTÁCULO
COMODISMO, O GRANDE OBSTÁCULOCOMODISMO, O GRANDE OBSTÁCULO
COMODISMO, O GRANDE OBSTÁCULO
 
A VIDA CONTRA O ABORTO
A VIDA CONTRA O ABORTOA VIDA CONTRA O ABORTO
A VIDA CONTRA O ABORTO
 
O TEMPO - PRESENTE DO ETERNO
O TEMPO - PRESENTE DO ETERNOO TEMPO - PRESENTE DO ETERNO
O TEMPO - PRESENTE DO ETERNO
 
UM DESAFIO CHAMADO FAMIÍLIA
UM DESAFIO CHAMADO FAMIÍLIAUM DESAFIO CHAMADO FAMIÍLIA
UM DESAFIO CHAMADO FAMIÍLIA
 
Allan kardec, o homem, a missão
Allan kardec, o homem, a missãoAllan kardec, o homem, a missão
Allan kardec, o homem, a missão
 
150 ANOS DE "O CÉU E O INFERNO"
150 ANOS DE "O CÉU E O INFERNO"150 ANOS DE "O CÉU E O INFERNO"
150 ANOS DE "O CÉU E O INFERNO"
 

Último

Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...silvana30986
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxCelso Napoleon
 
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024RaniereSilva14
 
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaLIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaWillemarSousa1
 
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns EsclarecedoresEvangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns EsclarecedoresAntonino Silva
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoRicardo Azevedo
 
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalLIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalAmaroJunior21
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EMicheleRosa39
 
CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptx
CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptxCURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptx
CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptxWerquesonSouza
 

Último (10)

Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
 
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.pptFluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
 
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
 
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaLIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
 
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns EsclarecedoresEvangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
 
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalLIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
 
CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptx
CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptxCURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptx
CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptx
 

Estudo dos capítulos XIV e XV de O Livro dos Médiuns

  • 1. Estudo dos capítulos XIV e XV de O Livro dos Médiuns
  • 2. “Toda pessoa que sente a influência dos Espíritos, em qualquer grau de intensidade, é médium. Essa faculdade é inerente ao homem.” conceituando O Livro dos Médiuns, XIV:159
  • 3. “Usualmente, porém, essa qualificação se aplica somente aos que possuem uma faculdade mediúnica bem caracterizada, que se traduz por efeitos patentes de certa intensidade, o que depende de sua organização mais ou menos sensitiva.” O Livro dos Médiuns, XIV:159
  • 7. “Mas convém notar que a faculdade de produzir efeitos materiais raramente se manifesta entre os que dispõem de meios mais perfeitos de comunicação, como a escrita e a palavra.” O Livro dos Médiuns, XIV:160
  • 8. “Pelo fato de pertencerem esses fenômenos à ordem moral, deve-se evitar, com cuidado não menos rigoroso, todos os motivos de superexcitação da imaginação.” O Livro dos Médiuns, XIV:162
  • 9. sensitivos ou impressionáveis Todos os médiuns são necessariamente impressionáveis, de maneira que a impressionabilidade é antes uma qualidade, geral do que é especial: é a faculdade rudimentar indispensável ao desenvolvimento de todas outras.” O Livro dos Médiuns, XIV:164
  • 10. médiuns audientes “(...) é algumas vezes uma voz interna que se faz ouvir no for íntimo. De outras vezes é uma voz externa, clara e distinta como de uma pessoa viva.” O Livro dos Médiuns, XIV:165
  • 11. “Os médiuns audientes, que apenas transmitem o que ouvem, não são propriamente médiuns falantes. Estes, na maioria das vezes, não ouvem nada.” O Livro dos Médiuns, XIV:166
  • 12. médiuns falantes “(...) os Espíritos agem sobre os órgãos vocais, como agem sobre as mão nos médiuns escreventes. (...) O médium falante, em geral, se exprime sem ter consciência do que diz, e quase sempre tratando de assuntos estranhos às suas preocupações habituais, fora de seus conhecimentos e mesmo do alcance de sua inteligência.” O Livro dos Médiuns, XIV:166
  • 13. médiuns videntes “(...) são dotados da faculdade de ver os Espíritos. Há os que gozam dessa faculdade em estado normal, perfeitamente acordados, guardando lembranças precisa do que viram. Outros só a possuem em estado sonambúlico ou aproximado do sonambulismo. É raro que esta faculdade seja permanentemente, sendo quase sempre o resultado.” O Livro dos Médiuns, XIV:167
  • 14. “O médium vidente acredita ver pelos olhos, como os que têm dupla-vista, mas na realidade é a alma que vê, e por essa razão eles tanto veem com os olhos abertos e ou fechados.” O Livro dos Médiuns, XIV:167
  • 15. médiuns sonâmbulos “O sonambulismo pode ser considerado como uma variedade da faculdade mediúnica, ou melhor, trata-se de duas ordens de fenômeno que se encontram frequentemente reunidos. O sonambulismo age por influência do seu próprio Espírito. É sua alma que, nos momentos de emancipação, vê, ouve e percebe além dos limites dos sentidos.” O Livro dos Médiuns, XIV:172
  • 16. “Mas um sonâmbulo pode se assistido por um Espírito mentiroso, leviano, ou até mesmo mau, como acontece com os médiuns. Nisto, sobretudo, é que as qualidades morais têm grande influência, por atraírem os Espíritos bons.” O Livro dos Médiuns, XIV:174
  • 17. médiuns curadores “(...) esse gênero de mediunidade consiste principalmente no dom de curar por simples toques, pelo olhar ou mesmo por um gesto, sem nenhuma medicação.(...).” O Livro dos Médiuns, XIV:175
  • 19. “A força magnética pertence ao homem, mas é aumentada pela ajuda dos Espíritos a que ele apela. Se magnetizas para curar, por exemplo, e evocas um bom Espírito que se interessa por ti e pelo doente, ele aumenta a tua força e a tua vontade, dirige os teus fluidos e lhes dá as qualidades necessidades.” O Livro dos Médiuns, XIV:176
  • 20. “Quem tocou em minhas vestes? (...). Filha, a tua fé te salvou. Vai em paz, e sê curada deste mal.” (Jesus) Marcos, 5: 30 e 34.
  • 21. médiuns pneumatógrafos “Essa designação corresponde aos médiuns que têm aptidão para obter escrita direta, o que não é dado a todos os médiuns escreventes. Essa faculdade é, por enquanto, muito rara.” O Livro dos Médiuns, XIV:177
  • 22. “(...). E escreveu nas tábuas as palavras da aliança, os dez mandamentos.” Exôdo, 35:28
  • 23. escreventes ou psicógrafos “De todas as formas de comunicação, a escrita manual é a mais simples, a mais cômoda e sobretudo a mais completa. Todos os esforços devem ser feitos para o seu desenvolvimento, porque ela permite estabelecer relações tão permanentes e regulares com os Espíritos, como a que mantemos entre nós.” O Livro dos Médiuns, XV:178
  • 24. mecânicos intuitivos semimecânicos inspirados pressentimentos O Livro dos Médiuns, XV
  • 25. “No médium puramente mecânico, o movimento da mão é independente da vontade. No médium intuitivo, o movimento é voluntário e facultativo. O médium semimecânico participa das duas condições.” O Livro dos Médiuns, XV:181
  • 26. “ – Um escritor, um pintor, um músico, por exemplo, nos momentos de inspiração, poderiam ser considerados médiuns? - Sim, pois nesses momentos têm a alma mais livre e como separada da matéria, que, então, recobra em parte as faculdades de Espírito e recebe mais facilmente as comunicações dos Espíritos que a inspiram.” O Livro dos Médiuns, XV:183