Escola Estadual Senador Petrônio PortellaTempo IntegralEnsino Médio<br />Manaus-Amazonas<br />
Esquema de Estudos<br />ProfºErivonaldo Nunes de Oliveira<br />História do Brasil<br />Tema: “Invasões no Império Portuguê...
HISTÓRIA DO BRASIL<br />Bibliografia:<br />Ferreira, João Paulo Mesquita Hidalgo & Fernandes, Luiz Estevam de Oliveira. “I...
*A invasão francesa no Brasil:<br /> -Período: 1553....................................1558<br />                   -Gover...
*A criação da França Antártica:<br /> -Um projeto(1553-1555):<br />   *Nicolas Villegaignon<br />      -Vice-almirante da ...
*Uma questão importante:<br />  - O projeto da França Antártica era apenas<br />  um mero projeto missionário(?):<br />   ...
*O êxito inicial do projeto:<br />    -O apoio dos índios Tamoios:<br />      *A Confederação dos Tamoios<br />         -O...
*A ação do governador geral Mem de Sá:<br />  -As tropas lusas tomam o Forte Coligny<br />  em 1560.<br />*As alianças pol...
*Os franceses no Maranhão:<br /> -No século XVII – em 1605<br />    *ReifrancêsHenrique IV – Autorização:<br />      -Dani...
*As lutas entre portugueses X franceses:<br />*Período: 1612-1615<br />               -As tropas de:<br />                ...
*As informações obtidas do chefe francês:<br />      -Organização da expediçãodeFrancisco<br />CaldeiraBranco:<br />     -...
*A invasão holandesa no Brasil:<br />      -Uma crise sucessória<br />        *A morte do rei: <br />            -D.Sebast...
*Mesmo com um novo rei a crise se agrava:<br />  -Motivo:<br />     *Quatro pretendentes reclamaram o<br />     direito de...
3. D. Antônio, Prior do Crato:<br />               (Bisneto de D. Manuel)– O Ven-<br />turoso, antigo rei de Portugal).<br...
*As disputas se acirraram:<br />      1. D. Antônio, o Prior do Crato<br />             -Apoio popular;<br />             ...
*DisputasentreasProvínciasUnidas<br />dosPaísesBaixoseaEspanha:<br />1568.......1580.....1609....1621......1640.........16...
*|1568|.........|1609|        |1621...........|1648|<br /> -Uma verdadeira              -Uma verdadeira<br />guerra de ind...
1568.....1595.......1602...1621......1624......1648<br />  |       *Pilhandoa    |     |            |          |<br />  | ...
Leitura Dirigida:<br />*Leia a página 185 e observe no texto o que o autor comenta sobre:<br />  1. Os principais alvos da...
Leia a página 185 e registre no caderno o que se pede:<br />Os objetivos dos holandeses na invasão à Bahia:<br />Os portug...
3. O que disse o historiador Boris Fausto, <br />   acerca da invasão dos holandeses    na<br />   Bahia, entre 1624 e 162...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Invasões no império português

4.232 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.232
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
237
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
33
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Invasões no império português

  1. 1. Escola Estadual Senador Petrônio PortellaTempo IntegralEnsino Médio<br />Manaus-Amazonas<br />
  2. 2. Esquema de Estudos<br />ProfºErivonaldo Nunes de Oliveira<br />História do Brasil<br />Tema: “Invasões no Império Português”.<br />Série: 2ª - Turmas: 03-04-05-06<br />
  3. 3. HISTÓRIA DO BRASIL<br />Bibliografia:<br />Ferreira, João Paulo Mesquita Hidalgo & Fernandes, Luiz Estevam de Oliveira. “Invasões no Império Português” – Capítulo 12. In: Nova História Integrada – Ensino Médio. Vol. Único. Editora Companhia da Escola, 2005. Pág. 182-189.<br />
  4. 4. *A invasão francesa no Brasil:<br /> -Período: 1553....................................1558<br /> -Governo de Duarte da Costa<br /> -Lutas religiosas na França:<br /> *Católicos X Protestantes(huguenotes).<br /> -Os protestantes vêm para o Brasil:<br /> = A fundação da França Antártica<br />
  5. 5. *A criação da França Antártica:<br /> -Um projeto(1553-1555):<br /> *Nicolas Villegaignon<br /> -Vice-almirante da Bretanha.<br /> -Correspondência com o teólogo<br /> João Calvino.<br /> *Gaspard de Coligny.<br /> -O apoio do cardeal de Lorena(conselheiro<br />do rei Henrique II):<br /> *Defensor da Contrarreforma!<br />
  6. 6. *Uma questão importante:<br /> - O projeto da França Antártica era apenas<br /> um mero projeto missionário(?):<br /> *Não! O projeto envolveu três elementos:<br /> -O político;<br /> -O religioso;<br /> -O econômico.<br />*O apoio do Estado francês:<br /> -O rei Henrique II financiou duas naus<br /> armadas!<br /> -Villegaignon aportou na Guanabara<br /> em novembro de 1555. <br />
  7. 7. *O êxito inicial do projeto:<br /> -O apoio dos índios Tamoios:<br /> *A Confederação dos Tamoios<br /> -O bom relacionamento de franeceses e<br /> índios tamoios.<br />*As tensões internas na Colônia:<br /> -franceses X franceses (questões religiosas).<br />*As negociações de paz dos Pe. Jesuítas:<br /> -Manoel da Nóbrega<br /> -José de Anchieta.<br />
  8. 8. *A ação do governador geral Mem de Sá:<br /> -As tropas lusas tomam o Forte Coligny<br /> em 1560.<br />*As alianças políticas:<br />-Portugueses + Temiminós X Franceses+Ta-<br /> (Estácio de Sá)/*(Arariboia, líder) moios.<br /> *Questões importantes:<br /> -As guerras na Guanabara:<br /> *Disputa colonial e guerra indígena<br />tradicional.<br /> *Os grupos indígenas foram manipu- <br />lados pelos europeus?<br />
  9. 9. *Os franceses no Maranhão:<br /> -No século XVII – em 1605<br /> *ReifrancêsHenrique IV – Autorização:<br /> -DanieldelaTouche.<br /> *O direito de se estabelecer no Brasil.<br /> -Da associação:<br /> *LaRavardière;<br /> *FrançoisdeRazilly;<br /> *NicolasHarleydeSancy.<br /> -Nasceu o empreendimento:<br /> *A França Equinocial – Maranhão.<br />
  10. 10. *As lutas entre portugueses X franceses:<br />*Período: 1612-1615<br /> -As tropas de:<br /> *Jerônimo de Albuquerque;<br /> *Alexandre de Moura<br /> -Cerco à São Luís IX (homenagem à<br />Luís IX = Antecedeu do rei Luís XIII).<br /> -A rendição de La Ravardiére.<br />
  11. 11. *As informações obtidas do chefe francês:<br /> -Organização da expediçãodeFrancisco<br />CaldeiraBranco:<br /> -Itinerário: foz do rio Amazonas.<br /> -Objetivo: <br /> Estabelecimento de um núcleo<br /> de povoação portuguesa na região.<br /> *OFortedoPresépio:<br /> -Origemdaatual cidadede<br />Belém – Pará.<br />
  12. 12. *A invasão holandesa no Brasil:<br /> -Uma crise sucessória<br /> *A morte do rei: <br /> -D.Sebastião(04.08.1578) – Batalhade<br />AlcácerQuibir – Não tinha herdeiro.<br /> *A ascensão do tio-avô, o CardealD.<br />Henrique: <br /> -Aclamado rei em 28/08/1578.<br /> *Duas preocupações do novo rei:<br /> 1. Resgate de portugueses na África.<br /> 2. Nomear um sucessor legal.<br />
  13. 13. *Mesmo com um novo rei a crise se agrava:<br /> -Motivo:<br /> *Quatro pretendentes reclamaram o<br /> direito de assumir a Coroa Portuguesa:<br /> 1. D. CatarinadeMédicis:<br /> (Rainha da França)<br /> *Descendente de D. João III – antigo<br /> rei de Portugal.<br /> 2. D. Catarina de Bragança:<br /> (Duquesa de Bragança)<br /> *Sobrinha do Cardeal D. Henrique<br />
  14. 14. 3. D. Antônio, Prior do Crato:<br /> (Bisneto de D. Manuel)– O Ven-<br />turoso, antigo rei de Portugal).<br />4. Filipe II – Rei da Espanha:<br /> (Bisneto de D. Manuel).<br />*O Cardeal D. Henrique:<br /> -Convocação das Cortes de Portugal<br /> -ARegênciaInterina: cinco governadores.<br /> *A morte de D. Henrique: 31/01/1580.<br />
  15. 15. *As disputas se acirraram:<br /> 1. D. Antônio, o Prior do Crato<br /> -Apoio popular;<br /> -O único capaz de enfrentar Filipe II.<br /> 2. D. Catarina de Bragança:<br /> -Apoio dos nobres e do clero.<br /> 3. Filipe II – Rei da Espanha:<br /> -Soube articular:<br /> *Burguesia,<br /> *Nobreza,<br /> *Clero.<br /> -A invasão das tropas de Filipe II:<br /> *Em Tomar: abril/1581 – Rei Filipe I.<br />
  16. 16. *DisputasentreasProvínciasUnidas<br />dosPaísesBaixoseaEspanha:<br />1568.......1580.....1609....1621......1640.........1648<br />| | *Guerra dos 80 anos. | |<br /> | |1580........................164 | |<br /> | | *União Ibérica | |<br /> | | | | | |<br /> | | 1609........1621 | |<br /> | *Trégua dos 12 anos.<br /> 1568.....................1609......1621..................1648<br /> *1ª Fase: Guerra de| |*2ª Fase/Guerra<br />independência | | militar<br />
  17. 17. *|1568|.........|1609| |1621...........|1648|<br /> -Uma verdadeira -Uma verdadeira<br />guerra de indepen-guerra militar entre<br />dência nacional: potências coloniais:<br /> *A Espanhaquiz *Equilibrar a Eu-<br /> reimpor sua sobe- ropa entre católi-<br />rania à Holanda; cos/protestantes.<br /> *A Espanha católica *Aspirações das<br /> quis esmagar os dinastias: Habs-<br />calvinistas. burgos e Bour-<br />bons.<br />
  18. 18. 1568.....1595.......1602...1621......1624......1648<br /> | *Pilhandoa | | | |<br /> | África. | | | |<br /> | *Companhia | |<br /> | dasÍndias | |<br /> | Orientais. | |<br /> | | | |<br /> | *Companhia |<br /> | dasÍndiasOciden-<br /> | tais. | |<br /> | *Invasãoa<br /> 1568 Salvador. <br />
  19. 19. Leitura Dirigida:<br />*Leia a página 185 e observe no texto o que o autor comenta sobre:<br /> 1. Os principais alvos da Companhia das<br /> Índias Ocidentais, criada pelos holande-<br />deses, logo após o fim da trégua dos 12<br /> anos.<br /> 2. Como o autor caracteriza a invasão ho-<br />desana Bahia, entre os anos de 1624 e <br /> 1625.<br />
  20. 20. Leia a página 185 e registre no caderno o que se pede:<br />Os objetivos dos holandeses na invasão à Bahia:<br />Os portugueses tiveram dificuldades para expulsar os holandeses da Bahia? Comente.<br />O que comentou o historiador Boris Fausto, sobre a invasão holandesa na Bahia.<br />
  21. 21. 3. O que disse o historiador Boris Fausto, <br /> acerca da invasão dos holandeses na<br /> Bahia, entre 1624 e 1625.<br />4. Por que o autor chama de “Resistência”, o<br /> período entre os anos de 1630 e 1637?<br />5. Por que para os portugueses, nesse perío-<br />

×