SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 72
Baixar para ler offline
Lição 4 - Alegria, Fruto do Espírito;
Inveja, hábito da Velha Natureza
www.ebdemfoco.com Erberson R. Pinheiro dos Santos
Lição 4
Vantagens do slide em PowerPoint:
 Você pode editar;
 Tem muitas animações;
 É mais interativo.
Baixe em Power Point
www.ebdemfoco.com/slide
Regozijai-vos, sempre, no Senhor;
outra vez digo: regozijai-vos
(Fp 4.4).
"
Texto Áureo
A alegria, fruto do Espírito, não depende
de circunstâncias
"
Verdade prática
20 — Na verdade, na verdade vos digo que vós chorastes e vos
lamentareis, e o mundo se alegrará, e vós estareis tristes; mas a
vossa tristeza se converterá em alegria.
21 — A mulher, quando está para dar à luz, sente tristeza,
porque é chegada a sua hora; mas, depois de ter dado à luz a
criança, já se não lembra da aflição, pelo prazer de haver nascido
um homem no mundo.
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
(João 16.20-24)
22 — Assim também vós, agora, na verdade, tendes tristeza; mas
outra vez vos verei, e o vosso coração se alegrará, e a vossa
alegria, ninguém vo-la tirará.
23 — E, naquele dia, nada me perguntareis. Na verdade, na
verdade vos digo que tudo quanto pedirdes a meu Pai, em meu
nome, ele vo-lo há de dar.
24 — Até agora, nada pedistes em meu nome; pedi e recebereis,
para que a vossa alegria se cumpra.
Introdução
www.ebdemfoco.com
Na lição de hoje, estudaremos a alegria, como
fruto do Espírito, e a inveja, como obra da carne.
Alegria Inveja
Veremos que...
A alegria não depende das
circunstâncias
Mesmo enfrentando
dificuldades
podemos ter alegria em
nosso coração
Estudaremos também a respeito da inveja
Inveja
Um sentimento terrível que
faz parte da natureza
adâmica.
Alegria,
Felicidade
Interior
I www.ebdemfoco.com
1. A alegria do Senhor
Fruto do Espírito
Alegria
Não depende dos
bens materiais.
Não está relacionada às
circunstâncias
Alegria permanente
Assim também vós, agora, na verdade, tendes
tristeza; mas outra vez vos verei, e o vosso
coração se alegrará, e a vossa alegria, ninguém
vo-la tirará. Jo 16.22
Nada nesse mundo,
conseguiria tirar essa alegria
A alegria do Espírito é um estado de graça e de bem-estar
espiritual que resulta da comunhão com Deus.
Desânimo Melancolia Inveja
Quem tem a alegria do
Espírito não tem espaço
para...
Alegria do Espírito
Alegria do Espírito
“pois a alegria do Senhor é a nossa força” (Ne 8.10).
Alegra-te muito, ó filha de Sião;
exulta, ó filha de Jerusalém; eis que
o teu rei virá a ti, justo e Salvador,
pobre, e montado sobre um
jumento, e sobre um jumentinho,
filho de jumenta. Zacarias 9:9
A entrada de Jesus em
Jerusalém
Alegrem-se sempre no Senhor. Novamente direi:
alegrem-se!
Filipenses 4:4
Paulo incita a alegria
entre os crentes
Paulo faz referência à alegria 16 vezes na sua carta à
igreja de Filipos.
Alegrem-se sempre no Senhor. Novamente direi:
alegrem-se!
Filipenses 4:4
Paulo incita a alegria
entre os crentes
Mas, não vos alegreis porque se vos
sujeitem os espíritos; alegrai-vos antes por
estarem os vossos nomes escritos nos céus.
Esse é o motivo da
nossa alegria.
2. A fonte da nossa alegria
Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito
vem do alto, descendo do Pai das luzes, em
quem não há mudança nem sombra de
variação. Tiago 1:17
Qual a fonte da
nossa alegria?
O maior presente de Deus
A vinda de Cristo ao
mundo
Para morrer pelos
nossos pecados
Aquele que nem mesmo a seu
próprio Filho poupou, antes o
entregou por todos nós, como não
nos dará também com ele todas as
coisas? Romanos 8.32
Talvez você esteja enfrentando uma situação difícil e, por
isso, está com o seu coração triste e pesaroso.
O exemplo dos nossos
irmãos do primeiro século
Se alegravam
mesmo nas
perseguições.
E, perto da meia-noite, Paulo e Silas
oravam e cantavam hinos a Deus, e
os outros presos os escutavam.
Atos 16:25
O exemplo de Paulo e Silas
O que lhes motivavam
cantar na prisão?
3. A bênção da alegria
Oração Jejum Leitura da a Bíblia
Diante dos embates
e conflitos da vida.
O crente não perde a
paz nem a alegria.
O seu regozijo vem da
comunhão com o Pai.
O crente vive
por fé.
Não diante das
circunstâncias.
Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide;
ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não
produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam
arrebatadas, e nos currais não haja gado; Habacuque 3:17
Todavia eu me alegrarei no Senhor; exultarei no Deus da
minha salvação. Habacuque 3:18
Pertencer ao Senhor e receber da
sua alegria é um grande
privilégio que nos leva a exaltar e
adorar ao Senhor em todo o
tempo.
Inveja, Desgosto
pela Felicidade
Alheia
II www.ebdemfoco.com
1. Definição
Inveja
Do grego
phthonos
Dor intensa (interior), diante do sucesso do próximo.
Dor diante daquilo que é bom para o outro.
φθόνος
“a inveja é a podridão dos ossos”. Provérbios 14.30
A inveja faz com que as pessoas se utilizem de atitudes
mesquinhas e malévolas para prejudicar o outro.
Inveja
Definitivamente, a inveja é um sentimento negativo que
pertence à natureza adâmica.
Natureza adâmica
A origem da inveja
Como caíste desde o céu, ó Lúcifer, filho da alva! Como foste cortado
por terra, tu que debilitavas as nações!
E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, acima das estrelas de
Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me
assentarei, aos lados do norte.
Subirei sobre as alturas das nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo.
E contudo levado serás ao inferno, ao mais profundo do abismo.
Isaías 14:12-15
2. Inveja, fruto da velha
natureza
Inveja: obra da carne
Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: [...]
Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas
semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já
antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o
reino de Deus.
Gálatas 5:19,21
Uma pessoa dominada pela carne não mede esforços para
degradar as qualidades boas existentes em outras
pessoas.
Consegui!!!
Isso é um perdedor.
Inveja nos crentes?
Prejudicam a si
mesmos.
Prejudicam o
próximo
Prejudicam a
igreja
Que o Senhor livre
os nossos corações
dessa motivação
perversa.
3. Os efeitos da inveja
A inveja jamais trará bons resultados.
pois é nociva e destruidora
Sou invejoso e
me dou bem.
A inveja dos irmãos de José
Passando, pois, os mercadores
midianitas, tiraram e alçaram a
José da cova, e venderam José
por vinte moedas de prata, aos
ismaelitas, os quais levaram
José ao Egito. Gênesis 37:28
Resultado da inveja
A inveja de Raquel
Vendo Raquel que não dava
filhos a Jacó, teve inveja de sua
irmã, e disse a Jacó: Dá-me
filhos, se não morro.
Gênesis 30:1
A inveja de Saul
E aconteceu no outro dia, que o mau espírito
da parte de Deus se apoderou de Saul, e
profetizava no meio da casa; e Davi tocava a
harpa com a sua mão, como nos outros dias;
Saul, porém, tinha na mão uma lança.
E Saul atirou com a lança, dizendo:
Encravarei a Davi na parede. Porém Davi se
desviou dele por duas vezes.
1 Samuel 18:10,11
Destrói
igrejas.
Separa famílias.
Quantos não estão
sendo também
perseguidos e até
“mortos” pela inveja.
Destrói
igrejas.
Separa famílias.
Quantos não estão
sendo também
perseguidos e até
“mortos” pela inveja.
Destrói
igrejas.
Separa famílias.
Quantos não estão
sendo também
perseguidos e até
“mortos” pela inveja.
Jesus é entregue por
inveja
Porque sabia que por inveja o haviam entregado. Mateus 27:18
A inveja é obra da carne e somente
encontra guarida nos corações
daqueles que ainda são dominados
pela velha natureza e não pelo
Espírito Santo.
A Alegria do
Espírito é para ser
VividaIII
www.ebdemfoco.com
1. A alegria no viver
Não tenha medo de sorrir e de desfrutar da felicidade que
Cristo nos oferece.
O ladrão não vem senão a
roubar, a matar, e a destruir; eu
vim para que tenham vida, e a
tenham com abundância.
João 10:10
Mesmo
enfrentando
tribulações.
no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo
eu venci o mundo.
Disse-lhes Jesus:
2. Alegria no servir
Servi ao Senhor com alegria; e entrai diante dele com canto.
Salmos 100.2
Servir a Deus e ao próximo é um privilégio
Muitos querem ser servidos Precisamos seguir o
exemplo do mestre
Porque o Filho do homem também não
veio para ser servido, mas para servir e
dar a sua vida em resgate de muitos.
Marcos 10:45
3. Alegria no contribuir
Você tem entregue
seus dízimos e
ofertas com alegria?
Cada um contribua segundo propôs no seu
coração; não com tristeza, ou por necessidade;
porque Deus ama ao que dá com alegria.
2 Coríntios 9:7
Qual oferta que agrada a Deus?
A oferta de grande
valor?
A oferta de bom
coração?
ou
Nossas ofertas e dízimos são
uma forma de louvor e gratidão
a Deus por tudo que Ele fez,
tem feito e fará em nosso favor.
Nunca
Barganhar
Com Deus
tente...
Conclusão
Que a alegria, como fruto do Espírito, seja
derramada em nossos corações, mesmo
enfrentando lutas e tribulações e que jamais
venhamos permitir que a inveja tenha lugar
em nossos corações. Que amemos a Deus e ao
próximo, alegrando-nos com o seu sucesso.
Vantagens do slide em PowerPoint:
 Você pode editar;
 Tem muitas animações;
 É mais interativo.
Baixe em Power Point
www.ebdemfoco.com/slide
Segundo a lição, o que é a alegria do Espírito?
Qual é a fonte de nossa real alegria?
Defina inveja.
A inveja é resultado do quê?
Como deve ser a nossa contribuição?
Segundo a lição, o que é a alegria do Espírito?
A alegria do Espírito é um estado de graça e de bem-estar espiritual que resulta da
comunhão com Deus.
Qual é a fonte de nossa real alegria?
Deus é a fonte da nossa alegria e de todas as dádivas que recebemos.
Defina inveja.
A inveja é uma dor intensa (interior), diante do sucesso do próximo; “a inveja é a
podridão dos ossos”. Definitivamente, a inveja é um sentimento negativo que pertence à
natureza adâmica.
A inveja é resultado do quê?
A inveja é fruto da velha natureza.
Como deve ser a nossa contribuição?
Devemos contribuir não com tristeza ou por obrigação, mas com alegria, pois Deus ama
ao que oferta com contentamento.
Bibliografia recomendada
www.ebdemfoco.com
Fique por dentro do conteúdo da Escola
Dominical. Acesse o site
www.ebdemfoco.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Estudo sobre o fruto do espírito
Estudo sobre o fruto do espíritoEstudo sobre o fruto do espírito
Estudo sobre o fruto do espírito
Reginaldo Pacheco
 
Slides reflexão bíblica
Slides   reflexão bíblicaSlides   reflexão bíblica
Slides reflexão bíblica
eschappy
 
Alimento bíblico semanal 32“o segredo para a vitória” parte 2 persistência na...
Alimento bíblico semanal 32“o segredo para a vitória” parte 2 persistência na...Alimento bíblico semanal 32“o segredo para a vitória” parte 2 persistência na...
Alimento bíblico semanal 32“o segredo para a vitória” parte 2 persistência na...
Instituto Teológico Gamaliel
 

Mais procurados (20)

Estudo sobre o fruto do espírito
Estudo sobre o fruto do espíritoEstudo sobre o fruto do espírito
Estudo sobre o fruto do espírito
 
Slides reflexão bíblica
Slides   reflexão bíblicaSlides   reflexão bíblica
Slides reflexão bíblica
 
LBA Lição 6 - Paciência, evitando as dissenções
LBA Lição 6 - Paciência, evitando as dissençõesLBA Lição 6 - Paciência, evitando as dissenções
LBA Lição 6 - Paciência, evitando as dissenções
 
O selamento
O selamentoO selamento
O selamento
 
LBJ LIÇÃO 9 - CORAGEM EM MEIO À PERSEGUIÇÃO
LBJ LIÇÃO 9 - CORAGEM EM MEIO À PERSEGUIÇÃOLBJ LIÇÃO 9 - CORAGEM EM MEIO À PERSEGUIÇÃO
LBJ LIÇÃO 9 - CORAGEM EM MEIO À PERSEGUIÇÃO
 
Paciência, evitando as dissensões - Lição 06 - 1ºTrimestre 2017
Paciência, evitando as dissensões - Lição 06 - 1ºTrimestre 2017Paciência, evitando as dissensões - Lição 06 - 1ºTrimestre 2017
Paciência, evitando as dissensões - Lição 06 - 1ºTrimestre 2017
 
2 Coríntios capítulo 12 - As glórias no sofrimento cristão
2 Coríntios capítulo 12 - As glórias no sofrimento cristão2 Coríntios capítulo 12 - As glórias no sofrimento cristão
2 Coríntios capítulo 12 - As glórias no sofrimento cristão
 
Apr 11 2021 dominga 1
Apr 11 2021   dominga 1Apr 11 2021   dominga 1
Apr 11 2021 dominga 1
 
Lição 4 - Os Benefícios da Justificação
Lição 4 -  Os Benefícios da JustificaçãoLição 4 -  Os Benefícios da Justificação
Lição 4 - Os Benefícios da Justificação
 
Lições 04 1 tri 2017 apresentação final pdf
Lições 04 1 tri 2017 apresentação final pdfLições 04 1 tri 2017 apresentação final pdf
Lições 04 1 tri 2017 apresentação final pdf
 
Boletim dominical nº 29 fagundes dia 20.09.2015 1
Boletim dominical nº 29 fagundes dia 20.09.2015 1Boletim dominical nº 29 fagundes dia 20.09.2015 1
Boletim dominical nº 29 fagundes dia 20.09.2015 1
 
Boletim dominical nº 29 fagundes dia 20.09.2015
Boletim dominical nº 29 fagundes dia 20.09.2015Boletim dominical nº 29 fagundes dia 20.09.2015
Boletim dominical nº 29 fagundes dia 20.09.2015
 
Alimento bíblico semanal 32“o segredo para a vitória” parte 2 persistência na...
Alimento bíblico semanal 32“o segredo para a vitória” parte 2 persistência na...Alimento bíblico semanal 32“o segredo para a vitória” parte 2 persistência na...
Alimento bíblico semanal 32“o segredo para a vitória” parte 2 persistência na...
 
Slide da licao 1 3 trim 2020
Slide da licao 1   3 trim 2020Slide da licao 1   3 trim 2020
Slide da licao 1 3 trim 2020
 
Lição 5 - Ansiedade, a antecipação do tempo
Lição 5 - Ansiedade, a antecipação do tempoLição 5 - Ansiedade, a antecipação do tempo
Lição 5 - Ansiedade, a antecipação do tempo
 
Orando com-entendimento
Orando com-entendimentoOrando com-entendimento
Orando com-entendimento
 
Ebd 1° trimestre 2017 lição 8 a bondade que confere a vida.
Ebd  1° trimestre 2017 lição 8 a bondade que confere a vida.Ebd  1° trimestre 2017 lição 8 a bondade que confere a vida.
Ebd 1° trimestre 2017 lição 8 a bondade que confere a vida.
 
Watchman nee as três atitudes do crente
Watchman nee   as três atitudes do crenteWatchman nee   as três atitudes do crente
Watchman nee as três atitudes do crente
 
Apostila restaurando o altar
Apostila  restaurando o altarApostila  restaurando o altar
Apostila restaurando o altar
 
Lição 1- As obras da carne e o fruto do espírito
Lição 1- As obras da carne e o fruto do espíritoLição 1- As obras da carne e o fruto do espírito
Lição 1- As obras da carne e o fruto do espírito
 

Destaque

65677659 aula-teste-de-temperamentos
65677659 aula-teste-de-temperamentos65677659 aula-teste-de-temperamentos
65677659 aula-teste-de-temperamentos
Lidiane Menezes
 

Destaque (20)

Entrego a minha vida nas tuas mãos
Entrego a minha vida nas tuas mãosEntrego a minha vida nas tuas mãos
Entrego a minha vida nas tuas mãos
 
65677659 aula-teste-de-temperamentos
65677659 aula-teste-de-temperamentos65677659 aula-teste-de-temperamentos
65677659 aula-teste-de-temperamentos
 
Boletim246
Boletim246Boletim246
Boletim246
 
Lição 10ª Dons espirituais
Lição 10ª Dons espirituaisLição 10ª Dons espirituais
Lição 10ª Dons espirituais
 
LIÇÃO 02 – O PROPÓSITO DOS DONS ESPIRITUAIS / SLIDES
LIÇÃO 02 – O PROPÓSITO DOS DONS ESPIRITUAIS / SLIDESLIÇÃO 02 – O PROPÓSITO DOS DONS ESPIRITUAIS / SLIDES
LIÇÃO 02 – O PROPÓSITO DOS DONS ESPIRITUAIS / SLIDES
 
Conhecendo a Bíblia
Conhecendo a BíbliaConhecendo a Bíblia
Conhecendo a Bíblia
 
LIÇÃO 1 – E DEU DONS AOS HOMENS
LIÇÃO 1 – E DEU DONS AOS HOMENSLIÇÃO 1 – E DEU DONS AOS HOMENS
LIÇÃO 1 – E DEU DONS AOS HOMENS
 
Dons espirituais
Dons espirituaisDons espirituais
Dons espirituais
 
LIÇÃO 10 - MANSIDÃO: TORNA O CRENTE APTO PARA EVITAR PELEJAS
LIÇÃO 10 - MANSIDÃO: TORNA O CRENTE APTO PARA EVITAR PELEJASLIÇÃO 10 - MANSIDÃO: TORNA O CRENTE APTO PARA EVITAR PELEJAS
LIÇÃO 10 - MANSIDÃO: TORNA O CRENTE APTO PARA EVITAR PELEJAS
 
Projeto Isaque - Dons Espirituais
Projeto Isaque - Dons EspirituaisProjeto Isaque - Dons Espirituais
Projeto Isaque - Dons Espirituais
 
LIÇÃO 2- O PROPÓSITO DO FRUTO DO ESPÍRITO
LIÇÃO 2- O PROPÓSITO DO FRUTO DO ESPÍRITOLIÇÃO 2- O PROPÓSITO DO FRUTO DO ESPÍRITO
LIÇÃO 2- O PROPÓSITO DO FRUTO DO ESPÍRITO
 
Conferência A bíblia hoje
Conferência A bíblia hojeConferência A bíblia hoje
Conferência A bíblia hoje
 
Lição 8 - A IGREJA E OS DONS ESPIRITUAIS
Lição 8 - A IGREJA E OS DONS ESPIRITUAISLição 8 - A IGREJA E OS DONS ESPIRITUAIS
Lição 8 - A IGREJA E OS DONS ESPIRITUAIS
 
Estudo biblico 23 dons espirituais - part1
Estudo biblico 23  dons espirituais - part1Estudo biblico 23  dons espirituais - part1
Estudo biblico 23 dons espirituais - part1
 
Cidadão do céu
Cidadão do céuCidadão do céu
Cidadão do céu
 
Lição 9 - Hedonismo, um perigo do nosso tempo
Lição 9 - Hedonismo, um perigo do nosso tempo Lição 9 - Hedonismo, um perigo do nosso tempo
Lição 9 - Hedonismo, um perigo do nosso tempo
 
Os quatro gigantes da alma
Os quatro gigantes da alma Os quatro gigantes da alma
Os quatro gigantes da alma
 
Lição 7 - Política e corrupção na perspectiva cristã
Lição 7 - Política e corrupção na perspectiva cristãLição 7 - Política e corrupção na perspectiva cristã
Lição 7 - Política e corrupção na perspectiva cristã
 
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrioLição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
 
LIÇÃO 08 - SALVAÇÃO E LIVRE-ARBÍTRIO
LIÇÃO 08 - SALVAÇÃO E LIVRE-ARBÍTRIOLIÇÃO 08 - SALVAÇÃO E LIVRE-ARBÍTRIO
LIÇÃO 08 - SALVAÇÃO E LIVRE-ARBÍTRIO
 

Semelhante a Lição 4 - Alegria, Fruto do Espírito, Inveja, hábito da Velha Natureza

Nao Desista Da Sua Familia
Nao Desista Da Sua FamiliaNao Desista Da Sua Familia
Nao Desista Da Sua Familia
Top Cat
 
A boa maneira de diante do senhor robert murray m'cheyne
A boa maneira de diante do senhor   robert murray m'cheyneA boa maneira de diante do senhor   robert murray m'cheyne
A boa maneira de diante do senhor robert murray m'cheyne
soarescastrodf
 
A boa maneira de diante do senhor robert murray m'cheyne
A boa maneira de diante do senhor   robert murray m'cheyneA boa maneira de diante do senhor   robert murray m'cheyne
A boa maneira de diante do senhor robert murray m'cheyne
soarescastrodf
 
Novena ao espírito santo para os sete dons
Novena ao espírito santo para os sete donsNovena ao espírito santo para os sete dons
Novena ao espírito santo para os sete dons
gospa2012
 
O drama do sofrimento do justo
O drama do sofrimento do justoO drama do sofrimento do justo
O drama do sofrimento do justo
Eid Marques
 

Semelhante a Lição 4 - Alegria, Fruto do Espírito, Inveja, hábito da Velha Natureza (20)

LIÇÃO 04 - ALEGRIA, FRUTO DO ESPÍRITO; INVEJA, HÁBITO DA VELHA NATUREZA
LIÇÃO 04 - ALEGRIA, FRUTO DO ESPÍRITO; INVEJA, HÁBITO DA VELHA NATUREZALIÇÃO 04 - ALEGRIA, FRUTO DO ESPÍRITO; INVEJA, HÁBITO DA VELHA NATUREZA
LIÇÃO 04 - ALEGRIA, FRUTO DO ESPÍRITO; INVEJA, HÁBITO DA VELHA NATUREZA
 
Cura para o desânimo
Cura para o desânimoCura para o desânimo
Cura para o desânimo
 
Alegrai vos no senhor
Alegrai vos no senhorAlegrai vos no senhor
Alegrai vos no senhor
 
Lição 4 - A alegria, fruto do Espírito; Inveja, hábito da velha natureza
Lição 4 - A alegria, fruto do Espírito; Inveja, hábito da velha naturezaLição 4 - A alegria, fruto do Espírito; Inveja, hábito da velha natureza
Lição 4 - A alegria, fruto do Espírito; Inveja, hábito da velha natureza
 
Nao Desista Da Sua Familia
Nao Desista Da Sua FamiliaNao Desista Da Sua Familia
Nao Desista Da Sua Familia
 
Chanuká 2011 - consagração
Chanuká   2011 - consagraçãoChanuká   2011 - consagração
Chanuká 2011 - consagração
 
Cristo a nossa alegria
Cristo a nossa alegriaCristo a nossa alegria
Cristo a nossa alegria
 
Submissão sob o açoite de Deus
Submissão sob o açoite de DeusSubmissão sob o açoite de Deus
Submissão sob o açoite de Deus
 
JORMI - jornal missionário n° 78
JORMI -  jornal missionário n° 78JORMI -  jornal missionário n° 78
JORMI - jornal missionário n° 78
 
E.b.d adultos 1ºtrimestre 2017 lição 04
E.b.d   adultos 1ºtrimestre 2017 lição 04E.b.d   adultos 1ºtrimestre 2017 lição 04
E.b.d adultos 1ºtrimestre 2017 lição 04
 
As sete coisas que deus odeia
As sete coisas que deus odeiaAs sete coisas que deus odeia
As sete coisas que deus odeia
 
A boa maneira de diante do senhor robert murray m'cheyne
A boa maneira de diante do senhor   robert murray m'cheyneA boa maneira de diante do senhor   robert murray m'cheyne
A boa maneira de diante do senhor robert murray m'cheyne
 
A boa maneira de diante do senhor robert murray m'cheyne
A boa maneira de diante do senhor   robert murray m'cheyneA boa maneira de diante do senhor   robert murray m'cheyne
A boa maneira de diante do senhor robert murray m'cheyne
 
JORMI - Jornal Missionário n° 81
JORMI - Jornal Missionário n° 81JORMI - Jornal Missionário n° 81
JORMI - Jornal Missionário n° 81
 
JORMI - Jornal Missionário nº 81
JORMI - Jornal Missionário nº 81JORMI - Jornal Missionário nº 81
JORMI - Jornal Missionário nº 81
 
Novena ao espírito santo para os sete dons
Novena ao espírito santo para os sete donsNovena ao espírito santo para os sete dons
Novena ao espírito santo para os sete dons
 
A Felicidade de se Aproximar de Deus - Thomas Watson
A Felicidade de se Aproximar de Deus  - Thomas Watson A Felicidade de se Aproximar de Deus  - Thomas Watson
A Felicidade de se Aproximar de Deus - Thomas Watson
 
Regozijando no Senhor
Regozijando no SenhorRegozijando no Senhor
Regozijando no Senhor
 
O drama do sofrimento do justo
O drama do sofrimento do justoO drama do sofrimento do justo
O drama do sofrimento do justo
 
O fardo lançado sobre Deus - livro
O fardo lançado sobre Deus - livroO fardo lançado sobre Deus - livro
O fardo lançado sobre Deus - livro
 

Mais de Erberson Pinheiro

Mais de Erberson Pinheiro (20)

A bíblia: origem e propósito
A bíblia: origem e propósitoA bíblia: origem e propósito
A bíblia: origem e propósito
 
Lição 7 - A ordenança do batismo em águas
Lição 7 - A ordenança do batismo em águasLição 7 - A ordenança do batismo em águas
Lição 7 - A ordenança do batismo em águas
 
Lição 7 - A salvação pela graça
Lição 7 - A salvação pela graçaLição 7 - A salvação pela graça
Lição 7 - A salvação pela graça
 
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvaçãoLição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
 
Lutero e a reforma protestante
Lutero e a reforma protestanteLutero e a reforma protestante
Lutero e a reforma protestante
 
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus CristoLição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
 
Lição 4 - O cristão diante da pobreza e da desigualdade social
Lição 4 - O cristão diante da pobreza e da desigualdade socialLição 4 - O cristão diante da pobreza e da desigualdade social
Lição 4 - O cristão diante da pobreza e da desigualdade social
 
Lição 4 - Salvação - o amor e a misericórdia de deus
Lição 4 - Salvação - o amor e a misericórdia de deusLição 4 - Salvação - o amor e a misericórdia de deus
Lição 4 - Salvação - o amor e a misericórdia de deus
 
Lição 4 - Conhecendo o arrependimento bíblico e frutífero
Lição 4 - Conhecendo o arrependimento bíblico e frutíferoLição 4 - Conhecendo o arrependimento bíblico e frutífero
Lição 4 - Conhecendo o arrependimento bíblico e frutífero
 
Lição 3 - O problema da fome no mundo contemporâneo
Lição 3 - O problema da fome no mundo contemporâneoLição 3 - O problema da fome no mundo contemporâneo
Lição 3 - O problema da fome no mundo contemporâneo
 
Lição 3 - A salvação e o advento do Salvador
Lição 3 - A salvação e o advento do SalvadorLição 3 - A salvação e o advento do Salvador
Lição 3 - A salvação e o advento do Salvador
 
Lição 3 - A maravilhosa e inefável graça de deus
Lição 3 - A maravilhosa e inefável graça de deusLição 3 - A maravilhosa e inefável graça de deus
Lição 3 - A maravilhosa e inefável graça de deus
 
Lição 2 - Pecado uma realidade humana
Lição 2 - Pecado uma realidade humanaLição 2 - Pecado uma realidade humana
Lição 2 - Pecado uma realidade humana
 
Lição 1 - O Deus todo poderoso se revelou
Lição 1 - O Deus todo poderoso se revelouLição 1 - O Deus todo poderoso se revelou
Lição 1 - O Deus todo poderoso se revelou
 
Lição 1 - Relevantes como o sal, resplandecentes como a luz
Lição 1 - Relevantes como o sal, resplandecentes como a luzLição 1 - Relevantes como o sal, resplandecentes como a luz
Lição 1 - Relevantes como o sal, resplandecentes como a luz
 
Lição 1 - Uma promessa de salvação
Lição 1 - Uma promessa de salvaçãoLição 1 - Uma promessa de salvação
Lição 1 - Uma promessa de salvação
 
Lição 13 - A perseverança do discípulo de jesus cristo
Lição 13 - A perseverança do discípulo de jesus cristo Lição 13 - A perseverança do discípulo de jesus cristo
Lição 13 - A perseverança do discípulo de jesus cristo
 
Lição 13 - O tempo de deus está próximo
Lição 13 - O tempo de deus está próximoLição 13 - O tempo de deus está próximo
Lição 13 - O tempo de deus está próximo
 
Lição 13 - Sobre a família e a sua natureza
Lição 13 - Sobre a família e a sua naturezaLição 13 - Sobre a família e a sua natureza
Lição 13 - Sobre a família e a sua natureza
 
Lição 12 - O mundo vindouro
Lição 12 - O mundo vindouroLição 12 - O mundo vindouro
Lição 12 - O mundo vindouro
 

Último

Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
MilyFonceca
 

Último (8)

Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
 
pregacao romanos 12 9-21 honrar uns aos outros.pptx
pregacao romanos    12 9-21  honrar   uns aos outros.pptxpregacao romanos    12 9-21  honrar   uns aos outros.pptx
pregacao romanos 12 9-21 honrar uns aos outros.pptx
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
 
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxCulto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da ProvidênciaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
 

Lição 4 - Alegria, Fruto do Espírito, Inveja, hábito da Velha Natureza

  • 1. Lição 4 - Alegria, Fruto do Espírito; Inveja, hábito da Velha Natureza www.ebdemfoco.com Erberson R. Pinheiro dos Santos Lição 4
  • 2. Vantagens do slide em PowerPoint:  Você pode editar;  Tem muitas animações;  É mais interativo. Baixe em Power Point www.ebdemfoco.com/slide
  • 3. Regozijai-vos, sempre, no Senhor; outra vez digo: regozijai-vos (Fp 4.4). " Texto Áureo
  • 4. A alegria, fruto do Espírito, não depende de circunstâncias " Verdade prática
  • 5. 20 — Na verdade, na verdade vos digo que vós chorastes e vos lamentareis, e o mundo se alegrará, e vós estareis tristes; mas a vossa tristeza se converterá em alegria. 21 — A mulher, quando está para dar à luz, sente tristeza, porque é chegada a sua hora; mas, depois de ter dado à luz a criança, já se não lembra da aflição, pelo prazer de haver nascido um homem no mundo. LEITURA BÍBLICA EM CLASSE (João 16.20-24)
  • 6. 22 — Assim também vós, agora, na verdade, tendes tristeza; mas outra vez vos verei, e o vosso coração se alegrará, e a vossa alegria, ninguém vo-la tirará. 23 — E, naquele dia, nada me perguntareis. Na verdade, na verdade vos digo que tudo quanto pedirdes a meu Pai, em meu nome, ele vo-lo há de dar. 24 — Até agora, nada pedistes em meu nome; pedi e recebereis, para que a vossa alegria se cumpra.
  • 8. Na lição de hoje, estudaremos a alegria, como fruto do Espírito, e a inveja, como obra da carne. Alegria Inveja
  • 9. Veremos que... A alegria não depende das circunstâncias Mesmo enfrentando dificuldades podemos ter alegria em nosso coração
  • 10. Estudaremos também a respeito da inveja Inveja Um sentimento terrível que faz parte da natureza adâmica.
  • 12. 1. A alegria do Senhor
  • 13. Fruto do Espírito Alegria Não depende dos bens materiais. Não está relacionada às circunstâncias
  • 14. Alegria permanente Assim também vós, agora, na verdade, tendes tristeza; mas outra vez vos verei, e o vosso coração se alegrará, e a vossa alegria, ninguém vo-la tirará. Jo 16.22 Nada nesse mundo, conseguiria tirar essa alegria
  • 15. A alegria do Espírito é um estado de graça e de bem-estar espiritual que resulta da comunhão com Deus.
  • 16. Desânimo Melancolia Inveja Quem tem a alegria do Espírito não tem espaço para... Alegria do Espírito
  • 17. Alegria do Espírito “pois a alegria do Senhor é a nossa força” (Ne 8.10).
  • 18. Alegra-te muito, ó filha de Sião; exulta, ó filha de Jerusalém; eis que o teu rei virá a ti, justo e Salvador, pobre, e montado sobre um jumento, e sobre um jumentinho, filho de jumenta. Zacarias 9:9 A entrada de Jesus em Jerusalém
  • 19. Alegrem-se sempre no Senhor. Novamente direi: alegrem-se! Filipenses 4:4 Paulo incita a alegria entre os crentes Paulo faz referência à alegria 16 vezes na sua carta à igreja de Filipos.
  • 20. Alegrem-se sempre no Senhor. Novamente direi: alegrem-se! Filipenses 4:4 Paulo incita a alegria entre os crentes
  • 21. Mas, não vos alegreis porque se vos sujeitem os espíritos; alegrai-vos antes por estarem os vossos nomes escritos nos céus. Esse é o motivo da nossa alegria.
  • 22. 2. A fonte da nossa alegria
  • 23. Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação. Tiago 1:17 Qual a fonte da nossa alegria?
  • 24. O maior presente de Deus A vinda de Cristo ao mundo Para morrer pelos nossos pecados
  • 25. Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como não nos dará também com ele todas as coisas? Romanos 8.32 Talvez você esteja enfrentando uma situação difícil e, por isso, está com o seu coração triste e pesaroso.
  • 26. O exemplo dos nossos irmãos do primeiro século Se alegravam mesmo nas perseguições.
  • 27. E, perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos os escutavam. Atos 16:25 O exemplo de Paulo e Silas O que lhes motivavam cantar na prisão?
  • 28. 3. A bênção da alegria
  • 29. Oração Jejum Leitura da a Bíblia Diante dos embates e conflitos da vida. O crente não perde a paz nem a alegria. O seu regozijo vem da comunhão com o Pai.
  • 30. O crente vive por fé. Não diante das circunstâncias.
  • 31. Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado; Habacuque 3:17 Todavia eu me alegrarei no Senhor; exultarei no Deus da minha salvação. Habacuque 3:18
  • 32. Pertencer ao Senhor e receber da sua alegria é um grande privilégio que nos leva a exaltar e adorar ao Senhor em todo o tempo.
  • 35. Inveja Do grego phthonos Dor intensa (interior), diante do sucesso do próximo. Dor diante daquilo que é bom para o outro. φθόνος “a inveja é a podridão dos ossos”. Provérbios 14.30
  • 36. A inveja faz com que as pessoas se utilizem de atitudes mesquinhas e malévolas para prejudicar o outro.
  • 37. Inveja Definitivamente, a inveja é um sentimento negativo que pertence à natureza adâmica. Natureza adâmica
  • 38. A origem da inveja Como caíste desde o céu, ó Lúcifer, filho da alva! Como foste cortado por terra, tu que debilitavas as nações! E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me assentarei, aos lados do norte. Subirei sobre as alturas das nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo. E contudo levado serás ao inferno, ao mais profundo do abismo. Isaías 14:12-15
  • 39. 2. Inveja, fruto da velha natureza
  • 40. Inveja: obra da carne Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: [...] Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus. Gálatas 5:19,21
  • 41. Uma pessoa dominada pela carne não mede esforços para degradar as qualidades boas existentes em outras pessoas. Consegui!!! Isso é um perdedor.
  • 42. Inveja nos crentes? Prejudicam a si mesmos. Prejudicam o próximo Prejudicam a igreja
  • 43. Que o Senhor livre os nossos corações dessa motivação perversa.
  • 44. 3. Os efeitos da inveja
  • 45. A inveja jamais trará bons resultados. pois é nociva e destruidora Sou invejoso e me dou bem.
  • 46. A inveja dos irmãos de José Passando, pois, os mercadores midianitas, tiraram e alçaram a José da cova, e venderam José por vinte moedas de prata, aos ismaelitas, os quais levaram José ao Egito. Gênesis 37:28 Resultado da inveja
  • 47. A inveja de Raquel Vendo Raquel que não dava filhos a Jacó, teve inveja de sua irmã, e disse a Jacó: Dá-me filhos, se não morro. Gênesis 30:1
  • 48. A inveja de Saul E aconteceu no outro dia, que o mau espírito da parte de Deus se apoderou de Saul, e profetizava no meio da casa; e Davi tocava a harpa com a sua mão, como nos outros dias; Saul, porém, tinha na mão uma lança. E Saul atirou com a lança, dizendo: Encravarei a Davi na parede. Porém Davi se desviou dele por duas vezes. 1 Samuel 18:10,11
  • 49. Destrói igrejas. Separa famílias. Quantos não estão sendo também perseguidos e até “mortos” pela inveja.
  • 50. Destrói igrejas. Separa famílias. Quantos não estão sendo também perseguidos e até “mortos” pela inveja.
  • 51. Destrói igrejas. Separa famílias. Quantos não estão sendo também perseguidos e até “mortos” pela inveja.
  • 52. Jesus é entregue por inveja Porque sabia que por inveja o haviam entregado. Mateus 27:18
  • 53. A inveja é obra da carne e somente encontra guarida nos corações daqueles que ainda são dominados pela velha natureza e não pelo Espírito Santo.
  • 54. A Alegria do Espírito é para ser VividaIII www.ebdemfoco.com
  • 55. 1. A alegria no viver
  • 56. Não tenha medo de sorrir e de desfrutar da felicidade que Cristo nos oferece. O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância. João 10:10 Mesmo enfrentando tribulações.
  • 57. no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo eu venci o mundo. Disse-lhes Jesus:
  • 58. 2. Alegria no servir
  • 59. Servi ao Senhor com alegria; e entrai diante dele com canto. Salmos 100.2 Servir a Deus e ao próximo é um privilégio
  • 60. Muitos querem ser servidos Precisamos seguir o exemplo do mestre Porque o Filho do homem também não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos. Marcos 10:45
  • 61. 3. Alegria no contribuir
  • 62. Você tem entregue seus dízimos e ofertas com alegria?
  • 63. Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria. 2 Coríntios 9:7
  • 64. Qual oferta que agrada a Deus? A oferta de grande valor? A oferta de bom coração? ou
  • 65. Nossas ofertas e dízimos são uma forma de louvor e gratidão a Deus por tudo que Ele fez, tem feito e fará em nosso favor.
  • 67. Conclusão Que a alegria, como fruto do Espírito, seja derramada em nossos corações, mesmo enfrentando lutas e tribulações e que jamais venhamos permitir que a inveja tenha lugar em nossos corações. Que amemos a Deus e ao próximo, alegrando-nos com o seu sucesso.
  • 68. Vantagens do slide em PowerPoint:  Você pode editar;  Tem muitas animações;  É mais interativo. Baixe em Power Point www.ebdemfoco.com/slide
  • 69. Segundo a lição, o que é a alegria do Espírito? Qual é a fonte de nossa real alegria? Defina inveja. A inveja é resultado do quê? Como deve ser a nossa contribuição?
  • 70. Segundo a lição, o que é a alegria do Espírito? A alegria do Espírito é um estado de graça e de bem-estar espiritual que resulta da comunhão com Deus. Qual é a fonte de nossa real alegria? Deus é a fonte da nossa alegria e de todas as dádivas que recebemos. Defina inveja. A inveja é uma dor intensa (interior), diante do sucesso do próximo; “a inveja é a podridão dos ossos”. Definitivamente, a inveja é um sentimento negativo que pertence à natureza adâmica. A inveja é resultado do quê? A inveja é fruto da velha natureza. Como deve ser a nossa contribuição? Devemos contribuir não com tristeza ou por obrigação, mas com alegria, pois Deus ama ao que oferta com contentamento.
  • 72. Fique por dentro do conteúdo da Escola Dominical. Acesse o site www.ebdemfoco.com