SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
Baixar para ler offline
Escola Bíblica Dominical
A Palavra de Deus revelada na Terra – aos homens de boa vontade
Álvares Machado (SP) – Brasil
“Qual é o homem que teme ao
Senhor? Ele o ensinará no
caminho que deve escolher” (Sl
25.12).
TEXTO ÁUREO
O projeto primário de Deus foi salvar a
humanidade. Todavia, de acordo com
sua soberania, concedeu o livre-
arbítrio ao homem.
Escola Bíblica Dominical
A Palavra de Deus revelada na Terra – aos homens de boa vontade
Álvares Machado (SP) – Brasil
VERDADE PRÁTICA
14 — E, como Moisés levantou a serpente no
deserto, assim importa que o Filho do Homem seja
levantado,
15 — para que todo aquele que nele crê não
pereça, mas tenha a vida eterna.
16 — Porque Deus amou o mundo de tal maneira
que deu o seu Filho unigênito, para que todo
aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida
eterna.
17 — Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo
não para que condenasse o mundo, mas para que
o mundo fosse salvo por ele.
Escola Bíblica Dominical
A Palavra de Deus revelada na Terra – aos homens de boa vontade
Álvares Machado (SP) – Brasil
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
Jo 3.14-21
18 — Quem crê nele não é condenado; mas quem
não crê já está condenado, porquanto não crê no
nome do unigênito Filho de Deus.
19 — E a condenação é esta: Que a luz veio ao
mundo, e os homens amaram mais as trevas do
que a luz, porque as suas obras eram más.
20 — Porque todo aquele que faz o mal aborrece a
luz e não vem para a luz para que as suas obras
não sejam reprovadas.
21 — Mas quem pratica a verdade vem para a luz, a
fim de que as suas obras sejam manifestas,
porque são feitas em Deus.
Escola Bíblica Dominical
A Palavra de Deus revelada na Terra – aos homens de boa vontade
Álvares Machado (SP) – Brasil
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
Jo 3.14-21
Jesus Cristo ofereceu a salvação indistinta e
gratuitamente para todos os seres humanos (Ap
22.17). Por decisão pessoal, e liberdade individual,
os que recebem a oferta de salvação são
destinados à vida eterna, pois o Pai quer que todo
homem se salve e que ninguém se perca (2Pe 3.9).
Escola Bíblica Dominical
A Palavra de Deus revelada na Terra – aos homens de boa vontade
Álvares Machado (SP) – Brasil
INTRODUÇÃO
1. A ELEIÇÃO DE ISRAEL.
• Eleição no Antigo Testamento: chamado de Deus;
• Abraão: abriu as portas para novos “SIM”;
• Bênçãos são e foram perdidas devido ao livre-arbítrio.
2. A ELEIÇÃO PARA A SALVAÇÃO.
• Eleição divina: Deus chama pecadores em Cristo;
• Essa eleição é proclamada por meio do Evangelho;
• Deus deseja que todos sejam salvos, “digam sim”.
3. A PRESCIÊNCIA DIVINA.
• Presciência: capacidade de Deus saber todas as coisas;
• Ele sabe quem responderá positivamente ao convite;
• O pecado original não pegou Deus de surpresa.
Escola Bíblica Dominical
A Palavra de Deus revelada na Terra – aos homens de boa vontade
Álvares Machado (SP) – Brasil
I – ELEIÇÃO BÍBLICA
É SEGUNDO A PRESCIÊNCIA DIVINA
1. BREVE HISTÓRICO DE JACÓ ARMÍNIO.
• Arminianismo: tese defendida por Jacó Armínio;
• Armínio defendeu o livre-arbítrio humano;
• Sua defesa assombrou o mundo religioso da época.
2. O LIVRE-ARBÍTRIO.
• Livre-arbítrio: possibilidade de escolhas e decisões;
• Cada um pode se deixar convencer pelo Espírito Santo;
• O homem pode escolher entre a salvação e perdição.
3. O LIVRE-ARBÍTRIO NA BÍBLIA.
• Deus nos criou à sua imagem, semelhança e livre;
• O homem possui a faculdade de escolher seu caminho;
• Direito de escolha que pode levar a lugar nenhum.
Escola Bíblica Dominical
A Palavra de Deus revelada na Terra – aos homens de boa vontade
Álvares Machado (SP) – Brasil
II – ARMÍNIO E O LIVRE-ARBÍTRIO
1. A ELEIÇÃO DIVINA.
• A eleição é uma escolha soberana de Deus;
• Essa obra não leva em conta o mérito humano;
• Em Jesus, Deus nos elegeu com propósitos específicos:
2. ESCOLHA HUMANA E FATALISMO.
• A graça é estendida a todos os seres humanos;
• A eleição de Deus não é destinada somente a alguns;
• Deus não faz acepção de pessoas.
3. A POSSIBILIDADE DA ESCOLHA HUMANA.
• O ser humano é livre para escolher;
• Não somos robôs, programados e controlados;
• Deus não interfere em nossas decisões, Ele aconselha.
Escola Bíblica Dominical
A Palavra de Deus revelada na Terra – aos homens de boa vontade
Álvares Machado (SP) – Brasil
III – A ELEIÇÃO DIVINA
E LIVRE-ARBÍTRIO
O Evangelho é um presente oferecido a todas as pessoas,
independente de méritos. Os que aceitam o convite de
Deus estão predestinados a “serem conforme a imagem
de seu filho”, Jesus Cristo. Deus deseja que todo ser
humano seja salvo!
Escola Bíblica Dominical
A Palavra de Deus revelada na Terra – aos homens de boa vontade
Álvares Machado (SP) – Brasil
Contatos:
ailtonsilva2000@gmail.com
ailtonsilva2000.blogspot.com.br
Álvares Machado (SP) – 4º trim. 2017
WatsApp (18) 99790-3718 (Vivo)
CONCLUSÃO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A doutrina da Salvação
A doutrina da Salvação A doutrina da Salvação
A doutrina da Salvação Geversom Sousa
 
O Evangelho da Graça - Lição 02 - 3º Trimestre de 2015
O Evangelho da Graça - Lição 02 - 3º Trimestre de 2015O Evangelho da Graça - Lição 02 - 3º Trimestre de 2015
O Evangelho da Graça - Lição 02 - 3º Trimestre de 2015Pr. Andre Luiz
 
A Maravilhosa Graça de Deus | Luis Carlos Oliveira
A Maravilhosa Graça de Deus | Luis Carlos OliveiraA Maravilhosa Graça de Deus | Luis Carlos Oliveira
A Maravilhosa Graça de Deus | Luis Carlos OliveiraLuis Carlos Oliveira
 
Lição 4 - os benefícios da justificação
Lição 4 - os benefícios da justificaçãoLição 4 - os benefícios da justificação
Lição 4 - os benefícios da justificaçãoAilton da Silva
 
Doutrina sal da terra.
Doutrina  sal da terra.Doutrina  sal da terra.
Doutrina sal da terra.Joel Silva
 
Obras da carne e o Fruto do Espírito
Obras da carne e o Fruto do EspíritoObras da carne e o Fruto do Espírito
Obras da carne e o Fruto do EspíritoLuciana Evangelista
 
O Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito SantoO Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito SantoQuenia Damata
 
E.b.d adultos 1ºtrimestre 2017 lição 03
E.b.d   adultos 1ºtrimestre 2017 lição 03E.b.d   adultos 1ºtrimestre 2017 lição 03
E.b.d adultos 1ºtrimestre 2017 lição 03Joel Silva
 
34 Os Pregadores do Movimento da Fé (Neopentecostalismo) (Parte 1)
34   Os Pregadores do Movimento da Fé (Neopentecostalismo) (Parte 1)34   Os Pregadores do Movimento da Fé (Neopentecostalismo) (Parte 1)
34 Os Pregadores do Movimento da Fé (Neopentecostalismo) (Parte 1)Robson Tavares Fernandes
 
3º módulo 1ª aula
3º módulo   1ª aula3º módulo   1ª aula
3º módulo 1ª aulaJoel Silva
 
3° Trimestre 2015 Lição 05 Adultos
3° Trimestre 2015 Lição 05 Adultos3° Trimestre 2015 Lição 05 Adultos
3° Trimestre 2015 Lição 05 AdultosJoel Silva
 
E.b.d adultos 1ºtrimestre 2017 lição 02
E.b.d   adultos 1ºtrimestre 2017 lição 02E.b.d   adultos 1ºtrimestre 2017 lição 02
E.b.d adultos 1ºtrimestre 2017 lição 02Joel Silva
 
Lição 1 - As obras da carne e o fruto do Espírito Santo
Lição 1 - As obras da carne e o fruto do Espírito SantoLição 1 - As obras da carne e o fruto do Espírito Santo
Lição 1 - As obras da carne e o fruto do Espírito SantoAilton da Silva
 
As Obras da Carne e o Fruto do Espirito
As Obras da Carne e o Fruto do EspiritoAs Obras da Carne e o Fruto do Espirito
As Obras da Carne e o Fruto do EspiritoMárcio Martins
 
3º módulo 2ª aula
3º módulo   2ª aula3º módulo   2ª aula
3º módulo 2ª aulaJoel Silva
 
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvaçãoLição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvaçãoAilton da Silva
 
Lição 11 - Vivendo de Forma Moderada
Lição 11 - Vivendo de Forma ModeradaLição 11 - Vivendo de Forma Moderada
Lição 11 - Vivendo de Forma ModeradaErberson Pinheiro
 

Mais procurados (20)

A doutrina da Salvação
A doutrina da Salvação A doutrina da Salvação
A doutrina da Salvação
 
O Evangelho da Graça - Lição 02 - 3º Trimestre de 2015
O Evangelho da Graça - Lição 02 - 3º Trimestre de 2015O Evangelho da Graça - Lição 02 - 3º Trimestre de 2015
O Evangelho da Graça - Lição 02 - 3º Trimestre de 2015
 
A Maravilhosa Graça de Deus | Luis Carlos Oliveira
A Maravilhosa Graça de Deus | Luis Carlos OliveiraA Maravilhosa Graça de Deus | Luis Carlos Oliveira
A Maravilhosa Graça de Deus | Luis Carlos Oliveira
 
LIÇÃO 13 - TEMA A DEUS EM TODO TEMPO
LIÇÃO 13 - TEMA A DEUS EM TODO TEMPOLIÇÃO 13 - TEMA A DEUS EM TODO TEMPO
LIÇÃO 13 - TEMA A DEUS EM TODO TEMPO
 
1. introducao
1. introducao1. introducao
1. introducao
 
Lição 4 - os benefícios da justificação
Lição 4 - os benefícios da justificaçãoLição 4 - os benefícios da justificação
Lição 4 - os benefícios da justificação
 
Doutrina sal da terra.
Doutrina  sal da terra.Doutrina  sal da terra.
Doutrina sal da terra.
 
Obras da carne e o Fruto do Espírito
Obras da carne e o Fruto do EspíritoObras da carne e o Fruto do Espírito
Obras da carne e o Fruto do Espírito
 
Lição 3 - A vida do Novo Convertido
Lição 3 - A vida do Novo ConvertidoLição 3 - A vida do Novo Convertido
Lição 3 - A vida do Novo Convertido
 
O Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito SantoO Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito Santo
 
E.b.d adultos 1ºtrimestre 2017 lição 03
E.b.d   adultos 1ºtrimestre 2017 lição 03E.b.d   adultos 1ºtrimestre 2017 lição 03
E.b.d adultos 1ºtrimestre 2017 lição 03
 
34 Os Pregadores do Movimento da Fé (Neopentecostalismo) (Parte 1)
34   Os Pregadores do Movimento da Fé (Neopentecostalismo) (Parte 1)34   Os Pregadores do Movimento da Fé (Neopentecostalismo) (Parte 1)
34 Os Pregadores do Movimento da Fé (Neopentecostalismo) (Parte 1)
 
3º módulo 1ª aula
3º módulo   1ª aula3º módulo   1ª aula
3º módulo 1ª aula
 
3° Trimestre 2015 Lição 05 Adultos
3° Trimestre 2015 Lição 05 Adultos3° Trimestre 2015 Lição 05 Adultos
3° Trimestre 2015 Lição 05 Adultos
 
E.b.d adultos 1ºtrimestre 2017 lição 02
E.b.d   adultos 1ºtrimestre 2017 lição 02E.b.d   adultos 1ºtrimestre 2017 lição 02
E.b.d adultos 1ºtrimestre 2017 lição 02
 
Lição 1 - As obras da carne e o fruto do Espírito Santo
Lição 1 - As obras da carne e o fruto do Espírito SantoLição 1 - As obras da carne e o fruto do Espírito Santo
Lição 1 - As obras da carne e o fruto do Espírito Santo
 
As Obras da Carne e o Fruto do Espirito
As Obras da Carne e o Fruto do EspiritoAs Obras da Carne e o Fruto do Espirito
As Obras da Carne e o Fruto do Espirito
 
3º módulo 2ª aula
3º módulo   2ª aula3º módulo   2ª aula
3º módulo 2ª aula
 
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvaçãoLição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
 
Lição 11 - Vivendo de Forma Moderada
Lição 11 - Vivendo de Forma ModeradaLição 11 - Vivendo de Forma Moderada
Lição 11 - Vivendo de Forma Moderada
 

Destaque

Lição 08 - Salvação e Livre-Arbítrio
Lição 08 - Salvação e Livre-ArbítrioLição 08 - Salvação e Livre-Arbítrio
Lição 08 - Salvação e Livre-ArbítrioÉder Tomé
 
Lição 6 - Neemias lidera um genuíno avivamento
Lição 6 - Neemias lidera um genuíno avivamentoLição 6 - Neemias lidera um genuíno avivamento
Lição 6 - Neemias lidera um genuíno avivamentoAilton da Silva
 
2 - Liderança em tempos de crise
2 - Liderança em tempos de crise2 - Liderança em tempos de crise
2 - Liderança em tempos de criseAilton da Silva
 
Lição 1 - O projeto original do reino de Deus
Lição 1 - O projeto original do reino de DeusLição 1 - O projeto original do reino de Deus
Lição 1 - O projeto original do reino de DeusAilton da Silva
 
Lição 13 - Somente em Jesus temos a verdadeira prosperidade
Lição 13 - Somente em Jesus temos a verdadeira prosperidadeLição 13 - Somente em Jesus temos a verdadeira prosperidade
Lição 13 - Somente em Jesus temos a verdadeira prosperidadeAilton da Silva
 
lição 12 - as consequências do jugo desigual
lição 12 - as consequências do jugo desiguallição 12 - as consequências do jugo desigual
lição 12 - as consequências do jugo desigualAilton da Silva
 
Lição 08 - O Perigo de querer barganhar com Deus
Lição 08 - O Perigo de querer barganhar com DeusLição 08 - O Perigo de querer barganhar com Deus
Lição 08 - O Perigo de querer barganhar com DeusAilton da Silva
 
07 - Sardes, a igreja morta
07 - Sardes, a igreja morta07 - Sardes, a igreja morta
07 - Sardes, a igreja mortaAilton da Silva
 
Lição 5 - A importância dos dons Espírituais
Lição 5 - A importância dos dons EspírituaisLição 5 - A importância dos dons Espírituais
Lição 5 - A importância dos dons EspírituaisAilton da Silva
 
lição 7 - Arrependimento, a base para o concerto
lição 7 - Arrependimento, a base para o concertolição 7 - Arrependimento, a base para o concerto
lição 7 - Arrependimento, a base para o concertoAilton da Silva
 
Lição 11 - Um Igreja autenticamente pentecostal
Lição 11 - Um Igreja autenticamente pentecostalLição 11 - Um Igreja autenticamente pentecostal
Lição 11 - Um Igreja autenticamente pentecostalAilton da Silva
 
8 - Compromisso com a Palavra de Deus
8 - Compromisso com a Palavra de Deus8 - Compromisso com a Palavra de Deus
8 - Compromisso com a Palavra de DeusAilton da Silva
 
Lição 11 - O Evangelho do Reino no Império do Mal
Lição 11 - O Evangelho do Reino no Império do MalLição 11 - O Evangelho do Reino no Império do Mal
Lição 11 - O Evangelho do Reino no Império do MalAilton da Silva
 
Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"
Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"
Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"Ailton da Silva
 
Lição 9 - A organização do serviço religioso
Lição 9 - A organização do serviço religiosoLição 9 - A organização do serviço religioso
Lição 9 - A organização do serviço religiosoAilton da Silva
 
Lição 12 - A integridade da doutrina cristã
Lição 12 - A integridade da doutrina cristãLição 12 - A integridade da doutrina cristã
Lição 12 - A integridade da doutrina cristãAilton da Silva
 
Lição 3 - A vida do novo convertido
Lição 3 - A vida do novo convertidoLição 3 - A vida do novo convertido
Lição 3 - A vida do novo convertidoAilton da Silva
 
10 - Uma igreja verdadeiramente próspera
10 - Uma igreja verdadeiramente próspera10 - Uma igreja verdadeiramente próspera
10 - Uma igreja verdadeiramente prósperaAilton da Silva
 
Lição 13 - a plentitude do reino de deus
Lição 13 - a plentitude do reino de deusLição 13 - a plentitude do reino de deus
Lição 13 - a plentitude do reino de deusAilton da Silva
 

Destaque (20)

Lição 08 - Salvação e Livre-Arbítrio
Lição 08 - Salvação e Livre-ArbítrioLição 08 - Salvação e Livre-Arbítrio
Lição 08 - Salvação e Livre-Arbítrio
 
LIÇÃO 08 - SALVAÇÃO E LIVRE-ARBÍTRIO
LIÇÃO 08 - SALVAÇÃO E LIVRE-ARBÍTRIOLIÇÃO 08 - SALVAÇÃO E LIVRE-ARBÍTRIO
LIÇÃO 08 - SALVAÇÃO E LIVRE-ARBÍTRIO
 
Lição 6 - Neemias lidera um genuíno avivamento
Lição 6 - Neemias lidera um genuíno avivamentoLição 6 - Neemias lidera um genuíno avivamento
Lição 6 - Neemias lidera um genuíno avivamento
 
2 - Liderança em tempos de crise
2 - Liderança em tempos de crise2 - Liderança em tempos de crise
2 - Liderança em tempos de crise
 
Lição 1 - O projeto original do reino de Deus
Lição 1 - O projeto original do reino de DeusLição 1 - O projeto original do reino de Deus
Lição 1 - O projeto original do reino de Deus
 
Lição 13 - Somente em Jesus temos a verdadeira prosperidade
Lição 13 - Somente em Jesus temos a verdadeira prosperidadeLição 13 - Somente em Jesus temos a verdadeira prosperidade
Lição 13 - Somente em Jesus temos a verdadeira prosperidade
 
lição 12 - as consequências do jugo desigual
lição 12 - as consequências do jugo desiguallição 12 - as consequências do jugo desigual
lição 12 - as consequências do jugo desigual
 
Lição 08 - O Perigo de querer barganhar com Deus
Lição 08 - O Perigo de querer barganhar com DeusLição 08 - O Perigo de querer barganhar com Deus
Lição 08 - O Perigo de querer barganhar com Deus
 
07 - Sardes, a igreja morta
07 - Sardes, a igreja morta07 - Sardes, a igreja morta
07 - Sardes, a igreja morta
 
Lição 5 - A importância dos dons Espírituais
Lição 5 - A importância dos dons EspírituaisLição 5 - A importância dos dons Espírituais
Lição 5 - A importância dos dons Espírituais
 
lição 7 - Arrependimento, a base para o concerto
lição 7 - Arrependimento, a base para o concertolição 7 - Arrependimento, a base para o concerto
lição 7 - Arrependimento, a base para o concerto
 
Lição 11 - Um Igreja autenticamente pentecostal
Lição 11 - Um Igreja autenticamente pentecostalLição 11 - Um Igreja autenticamente pentecostal
Lição 11 - Um Igreja autenticamente pentecostal
 
8 - Compromisso com a Palavra de Deus
8 - Compromisso com a Palavra de Deus8 - Compromisso com a Palavra de Deus
8 - Compromisso com a Palavra de Deus
 
Lição 11 - O Evangelho do Reino no Império do Mal
Lição 11 - O Evangelho do Reino no Império do MalLição 11 - O Evangelho do Reino no Império do Mal
Lição 11 - O Evangelho do Reino no Império do Mal
 
Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"
Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"
Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"
 
Lição 9 - A organização do serviço religioso
Lição 9 - A organização do serviço religiosoLição 9 - A organização do serviço religioso
Lição 9 - A organização do serviço religioso
 
Lição 12 - A integridade da doutrina cristã
Lição 12 - A integridade da doutrina cristãLição 12 - A integridade da doutrina cristã
Lição 12 - A integridade da doutrina cristã
 
Lição 3 - A vida do novo convertido
Lição 3 - A vida do novo convertidoLição 3 - A vida do novo convertido
Lição 3 - A vida do novo convertido
 
10 - Uma igreja verdadeiramente próspera
10 - Uma igreja verdadeiramente próspera10 - Uma igreja verdadeiramente próspera
10 - Uma igreja verdadeiramente próspera
 
Lição 13 - a plentitude do reino de deus
Lição 13 - a plentitude do reino de deusLição 13 - a plentitude do reino de deus
Lição 13 - a plentitude do reino de deus
 

Semelhante a Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio

Salvação e Livre Arbítrio
Salvação e Livre ArbítrioSalvação e Livre Arbítrio
Salvação e Livre ArbítrioMárcio Martins
 
Lição 12 - A IGREJA E A SALVAÇÃO DOS PERDIDOS
Lição 12 - A IGREJA E A SALVAÇÃO DOS PERDIDOSLição 12 - A IGREJA E A SALVAÇÃO DOS PERDIDOS
Lição 12 - A IGREJA E A SALVAÇÃO DOS PERDIDOSErberson Pinheiro
 
Para onde
Para ondePara onde
Para ondel7g7r7
 
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosaLição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosaAilton da Silva
 
SLIDES - EBD - Lição 2 para dados religiosos e da criação.pdf
SLIDES - EBD - Lição 2 para dados religiosos e da criação.pdfSLIDES - EBD - Lição 2 para dados religiosos e da criação.pdf
SLIDES - EBD - Lição 2 para dados religiosos e da criação.pdfcarlos junior carlos
 
2. salvaã§ã£o do homem um presente de deus
2. salvaã§ã£o do homem um presente de deus2. salvaã§ã£o do homem um presente de deus
2. salvaã§ã£o do homem um presente de deustalmidimted
 
A espada e a espátula – nº 05 (vários autores)
A espada e a espátula – nº 05 (vários autores)A espada e a espátula – nº 05 (vários autores)
A espada e a espátula – nº 05 (vários autores)Deusdete Soares
 
Critérios cristãos para escolhas e decisões
Critérios cristãos para escolhas e decisõesCritérios cristãos para escolhas e decisões
Critérios cristãos para escolhas e decisõesAlmy Alves
 
Boletim dominical nº 06 fagundes dia 12.04.2015
Boletim dominical nº 06 fagundes dia 12.04.2015Boletim dominical nº 06 fagundes dia 12.04.2015
Boletim dominical nº 06 fagundes dia 12.04.2015Edvaldo Miranda
 
Vol2cap5 23 ago2017 rev1
Vol2cap5 23 ago2017 rev1Vol2cap5 23 ago2017 rev1
Vol2cap5 23 ago2017 rev1vitorazjr
 
ocaminhodavidaeterna-161120121812 (1) (1).pptx
ocaminhodavidaeterna-161120121812 (1) (1).pptxocaminhodavidaeterna-161120121812 (1) (1).pptx
ocaminhodavidaeterna-161120121812 (1) (1).pptxTiago Silva
 

Semelhante a Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio (20)

Salvação e Livre Arbítrio
Salvação e Livre ArbítrioSalvação e Livre Arbítrio
Salvação e Livre Arbítrio
 
Eleição Incondicional
Eleição IncondicionalEleição Incondicional
Eleição Incondicional
 
Para onde
Para ondePara onde
Para onde
 
Destino final
Destino finalDestino final
Destino final
 
Destino final
Destino finalDestino final
Destino final
 
Destino Final
Destino FinalDestino Final
Destino Final
 
Destino Final
Destino FinalDestino Final
Destino Final
 
Lição 12 - A IGREJA E A SALVAÇÃO DOS PERDIDOS
Lição 12 - A IGREJA E A SALVAÇÃO DOS PERDIDOSLição 12 - A IGREJA E A SALVAÇÃO DOS PERDIDOS
Lição 12 - A IGREJA E A SALVAÇÃO DOS PERDIDOS
 
Para onde
Para ondePara onde
Para onde
 
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosaLição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
 
SLIDES - EBD - Lição 2 para dados religiosos e da criação.pdf
SLIDES - EBD - Lição 2 para dados religiosos e da criação.pdfSLIDES - EBD - Lição 2 para dados religiosos e da criação.pdf
SLIDES - EBD - Lição 2 para dados religiosos e da criação.pdf
 
2. salvaã§ã£o do homem um presente de deus
2. salvaã§ã£o do homem um presente de deus2. salvaã§ã£o do homem um presente de deus
2. salvaã§ã£o do homem um presente de deus
 
A espada e a espátula – nº 05 (vários autores)
A espada e a espátula – nº 05 (vários autores)A espada e a espátula – nº 05 (vários autores)
A espada e a espátula – nº 05 (vários autores)
 
7623887 o-que-deus-faz
7623887 o-que-deus-faz7623887 o-que-deus-faz
7623887 o-que-deus-faz
 
7623887 o-que-deus-faz
7623887 o-que-deus-faz7623887 o-que-deus-faz
7623887 o-que-deus-faz
 
Critérios cristãos para escolhas e decisões
Critérios cristãos para escolhas e decisõesCritérios cristãos para escolhas e decisões
Critérios cristãos para escolhas e decisões
 
O caminho da vida eterna.
O caminho da vida eterna.O caminho da vida eterna.
O caminho da vida eterna.
 
Boletim dominical nº 06 fagundes dia 12.04.2015
Boletim dominical nº 06 fagundes dia 12.04.2015Boletim dominical nº 06 fagundes dia 12.04.2015
Boletim dominical nº 06 fagundes dia 12.04.2015
 
Vol2cap5 23 ago2017 rev1
Vol2cap5 23 ago2017 rev1Vol2cap5 23 ago2017 rev1
Vol2cap5 23 ago2017 rev1
 
ocaminhodavidaeterna-161120121812 (1) (1).pptx
ocaminhodavidaeterna-161120121812 (1) (1).pptxocaminhodavidaeterna-161120121812 (1) (1).pptx
ocaminhodavidaeterna-161120121812 (1) (1).pptx
 

Mais de Ailton da Silva

Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de AbraãoLição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de AbraãoAilton da Silva
 
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do simLição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do simAilton da Silva
 
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelaçãoLição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelaçãoAilton da Silva
 
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem LevíticaLição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem LevíticaAilton da Silva
 
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de DeusLição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de DeusAilton da Silva
 
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a MoisésLição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a MoisésAilton da Silva
 
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de CristoAilton da Silva
 
Lição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em CristoLição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em CristoAilton da Silva
 
Lição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na féLição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na féAilton da Silva
 
Lição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por DeusLição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por DeusAilton da Silva
 
Lição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvaçãoLição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvaçãoAilton da Silva
 
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus CristoLição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus CristoAilton da Silva
 
Lição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de CristoLição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de CristoAilton da Silva
 
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimentoLição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimentoAilton da Silva
 
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a DeusLição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a DeusAilton da Silva
 
Lição 5 - A identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A identidade do Espírito SantoLição 5 - A identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A identidade do Espírito SantoAilton da Silva
 
Lição 4 - O Senhor Jesus e Salvador
Lição 4 - O Senhor Jesus e SalvadorLição 4 - O Senhor Jesus e Salvador
Lição 4 - O Senhor Jesus e SalvadorAilton da Silva
 
Lição 3 - A Santíssima Trindade: um só Deus em três pessoas
Lição 3 - A Santíssima Trindade: um só Deus em três pessoasLição 3 - A Santíssima Trindade: um só Deus em três pessoas
Lição 3 - A Santíssima Trindade: um só Deus em três pessoasAilton da Silva
 
Lição 1 - Inspiração Divina e autoridade da Bíblia
Lição 1 - Inspiração Divina e autoridade da BíbliaLição 1 - Inspiração Divina e autoridade da Bíblia
Lição 1 - Inspiração Divina e autoridade da BíbliaAilton da Silva
 
Lição 13 - Jesus Cristo, o modelo supremo de carater
Lição 13 - Jesus Cristo, o modelo supremo de caraterLição 13 - Jesus Cristo, o modelo supremo de carater
Lição 13 - Jesus Cristo, o modelo supremo de caraterAilton da Silva
 

Mais de Ailton da Silva (20)

Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de AbraãoLição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
 
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do simLição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
 
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelaçãoLição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
 
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem LevíticaLição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
 
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de DeusLição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
 
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a MoisésLição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
 
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
 
Lição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em CristoLição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em Cristo
 
Lição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na féLição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na fé
 
Lição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por DeusLição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por Deus
 
Lição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvaçãoLição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvação
 
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus CristoLição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
 
Lição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de CristoLição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de Cristo
 
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimentoLição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
 
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a DeusLição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
 
Lição 5 - A identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A identidade do Espírito SantoLição 5 - A identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A identidade do Espírito Santo
 
Lição 4 - O Senhor Jesus e Salvador
Lição 4 - O Senhor Jesus e SalvadorLição 4 - O Senhor Jesus e Salvador
Lição 4 - O Senhor Jesus e Salvador
 
Lição 3 - A Santíssima Trindade: um só Deus em três pessoas
Lição 3 - A Santíssima Trindade: um só Deus em três pessoasLição 3 - A Santíssima Trindade: um só Deus em três pessoas
Lição 3 - A Santíssima Trindade: um só Deus em três pessoas
 
Lição 1 - Inspiração Divina e autoridade da Bíblia
Lição 1 - Inspiração Divina e autoridade da BíbliaLição 1 - Inspiração Divina e autoridade da Bíblia
Lição 1 - Inspiração Divina e autoridade da Bíblia
 
Lição 13 - Jesus Cristo, o modelo supremo de carater
Lição 13 - Jesus Cristo, o modelo supremo de caraterLição 13 - Jesus Cristo, o modelo supremo de carater
Lição 13 - Jesus Cristo, o modelo supremo de carater
 

Último

CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETODouglasVasconcelosMa
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 

Último (20)

CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 

Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio

  • 1.
  • 2. Escola Bíblica Dominical A Palavra de Deus revelada na Terra – aos homens de boa vontade Álvares Machado (SP) – Brasil “Qual é o homem que teme ao Senhor? Ele o ensinará no caminho que deve escolher” (Sl 25.12). TEXTO ÁUREO
  • 3. O projeto primário de Deus foi salvar a humanidade. Todavia, de acordo com sua soberania, concedeu o livre- arbítrio ao homem. Escola Bíblica Dominical A Palavra de Deus revelada na Terra – aos homens de boa vontade Álvares Machado (SP) – Brasil VERDADE PRÁTICA
  • 4. 14 — E, como Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do Homem seja levantado, 15 — para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. 16 — Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. 17 — Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. Escola Bíblica Dominical A Palavra de Deus revelada na Terra – aos homens de boa vontade Álvares Machado (SP) – Brasil LEITURA BÍBLICA EM CLASSE Jo 3.14-21
  • 5. 18 — Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus. 19 — E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más. 20 — Porque todo aquele que faz o mal aborrece a luz e não vem para a luz para que as suas obras não sejam reprovadas. 21 — Mas quem pratica a verdade vem para a luz, a fim de que as suas obras sejam manifestas, porque são feitas em Deus. Escola Bíblica Dominical A Palavra de Deus revelada na Terra – aos homens de boa vontade Álvares Machado (SP) – Brasil LEITURA BÍBLICA EM CLASSE Jo 3.14-21
  • 6. Jesus Cristo ofereceu a salvação indistinta e gratuitamente para todos os seres humanos (Ap 22.17). Por decisão pessoal, e liberdade individual, os que recebem a oferta de salvação são destinados à vida eterna, pois o Pai quer que todo homem se salve e que ninguém se perca (2Pe 3.9). Escola Bíblica Dominical A Palavra de Deus revelada na Terra – aos homens de boa vontade Álvares Machado (SP) – Brasil INTRODUÇÃO
  • 7. 1. A ELEIÇÃO DE ISRAEL. • Eleição no Antigo Testamento: chamado de Deus; • Abraão: abriu as portas para novos “SIM”; • Bênçãos são e foram perdidas devido ao livre-arbítrio. 2. A ELEIÇÃO PARA A SALVAÇÃO. • Eleição divina: Deus chama pecadores em Cristo; • Essa eleição é proclamada por meio do Evangelho; • Deus deseja que todos sejam salvos, “digam sim”. 3. A PRESCIÊNCIA DIVINA. • Presciência: capacidade de Deus saber todas as coisas; • Ele sabe quem responderá positivamente ao convite; • O pecado original não pegou Deus de surpresa. Escola Bíblica Dominical A Palavra de Deus revelada na Terra – aos homens de boa vontade Álvares Machado (SP) – Brasil I – ELEIÇÃO BÍBLICA É SEGUNDO A PRESCIÊNCIA DIVINA
  • 8. 1. BREVE HISTÓRICO DE JACÓ ARMÍNIO. • Arminianismo: tese defendida por Jacó Armínio; • Armínio defendeu o livre-arbítrio humano; • Sua defesa assombrou o mundo religioso da época. 2. O LIVRE-ARBÍTRIO. • Livre-arbítrio: possibilidade de escolhas e decisões; • Cada um pode se deixar convencer pelo Espírito Santo; • O homem pode escolher entre a salvação e perdição. 3. O LIVRE-ARBÍTRIO NA BÍBLIA. • Deus nos criou à sua imagem, semelhança e livre; • O homem possui a faculdade de escolher seu caminho; • Direito de escolha que pode levar a lugar nenhum. Escola Bíblica Dominical A Palavra de Deus revelada na Terra – aos homens de boa vontade Álvares Machado (SP) – Brasil II – ARMÍNIO E O LIVRE-ARBÍTRIO
  • 9. 1. A ELEIÇÃO DIVINA. • A eleição é uma escolha soberana de Deus; • Essa obra não leva em conta o mérito humano; • Em Jesus, Deus nos elegeu com propósitos específicos: 2. ESCOLHA HUMANA E FATALISMO. • A graça é estendida a todos os seres humanos; • A eleição de Deus não é destinada somente a alguns; • Deus não faz acepção de pessoas. 3. A POSSIBILIDADE DA ESCOLHA HUMANA. • O ser humano é livre para escolher; • Não somos robôs, programados e controlados; • Deus não interfere em nossas decisões, Ele aconselha. Escola Bíblica Dominical A Palavra de Deus revelada na Terra – aos homens de boa vontade Álvares Machado (SP) – Brasil III – A ELEIÇÃO DIVINA E LIVRE-ARBÍTRIO
  • 10. O Evangelho é um presente oferecido a todas as pessoas, independente de méritos. Os que aceitam o convite de Deus estão predestinados a “serem conforme a imagem de seu filho”, Jesus Cristo. Deus deseja que todo ser humano seja salvo! Escola Bíblica Dominical A Palavra de Deus revelada na Terra – aos homens de boa vontade Álvares Machado (SP) – Brasil Contatos: ailtonsilva2000@gmail.com ailtonsilva2000.blogspot.com.br Álvares Machado (SP) – 4º trim. 2017 WatsApp (18) 99790-3718 (Vivo) CONCLUSÃO