ficha_efa_stc1_3

167 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

ficha_efa_stc1_3

  1. 1. Agrupamento de Escolas da Quinta do Conde ESCOLA BÁSICA INTEGRADA DA QUINTA DO CONDE CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS – NÍVEL SECUNDÁRIO 2011/2012 SOCIEDADE, TECNOLOGIA E CIÊNCIA Curso EFA – Nível Secundário Início em Setembro 2011 Área de Competência – Sociedade, Tecnologia e Ciência (STC) Núcleo gerador 1: Equipamentos – Princípios de funcionamento Temas: Aspectos do raciocínio matemático fundamentais para a utilização e gestão de equipamentos e sistemas técnicos Recursos/materiais: Computador, Recursos Multimédia, BE/CRE, Internet. Formadores: César Barros/João Novais Ficha de Trabalho n.º 31. Num caderno de Matemática há 40 exercícios (15 de Probabilidades, 13 de Equações e 12de trigonometria), numerados aleatoriamente de 1 a 40 e sem conhecimento dos alunos. Oprofessor propõe aos alunos que escolham, ao acaso, o número correspondente ao exercícioque querem resolver.1.1)Determine a probabilidade de o 1º exercício ser de Probabilidades. P(a)= P(a)= P(a)=37,5%1.2)Determine a probabilidade de o 1º exercício ser de Probabilidades ou de Trigonometria. P(b)= P(b)= 0,675 P(b)=1.3)Se o 1º exercício foi de Equações, qual é a probabilidade de o próximo também ser deEquações? P(c)= P(c)= P(c)=30,7%2. Um saco contém 6 bolas do mesmo tamanho, feitas do mesmo material e numeradas de 1 a6. Com os olhos fechados, tiram-se simultaneamente 2 bolas.2.1) Quais são os casos possíveis? 1,2; 1,3;1,4; 1,5,1,6; 2,3; 2,4; 2,5; 2,6; 3,4; 3,5; 3,6; 4,5; 4,5; 4,6; 5,6.2.2) Qual é a probabilidade de tirar dois números pares? P(a)= P(a)= P(a)=20%
  2. 2. Agrupamento de Escolas da Quinta do Conde ESCOLA BÁSICA INTEGRADA DA QUINTA DO CONDE CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS – NÍVEL SECUNDÁRIO 2011/2012 SOCIEDADE, TECNOLOGIA E CIÊNCIA Curso EFA – Nível Secundário Início em Setembro 20112.3) Qual é a probabilidade de tirar dois números ímpares? P(b)= P(b)=0,2 P(b)=20%3. Na seguinte tabela estão apresentados todos os acontecimentos elementares dolançamento de dois dados, tendo-se observado o número das faces voltadas para cima.3.1) Indique o número de todos os acontecimentos possíveis.O número de todos os acontecimentos possíveis é de 36.3.2) Classifique os seguintes acontecimentos: I. A soma das faces é inferior a 2. II. A somadas faces é inferior a 13. III. O produto das faces é múltiplo de 3.I – P(a)= acontecimento impossívelII –P(b)= - acontecimento certoIII – P(c)= - acontecimento possível3.3)Determina a probabilidade de saírem: 1 2 3 4 5 63.3.1) Dois números iguais. 1 (1 , 1) (1 , 2) (1 , 3) (1 , 4) (1 , 5) (1 , 6) 2 (2 , 1) (2 , 2) (2 , 3) (2 , 4) (2 , 5) (2 , 6)P(a) =0,166 P(a)=16,6% 3 (3 , 1) (3 , 2) (3 , 3) (3 , 4) (3 , 5) (3 , 6) 3.3.2) Dois números ímpares. 4 (4 , 1) (4 , 2) (4 , 3) (4 , 4) (4 , 5) (4 , 6) 5 (5 , 1) (5 , 2) (5 , 3) (5 , 4) (5 , 5) (5 , 6)P(b)= =0,25 P(b)=25% 6 (6 , 1) (6 , 2) (6 , 3) (6 , 4) (6 , 5) (6 , 6)3.3.3) Dois números pares.P(c)= P(c)=25%3.3.4) Dois números em que um seja múltiplo do outro.P(d)= P(d)=16,%3.3.5) Dois números primos.P(e)= P(e)=58,3%4. Uma fábrica de relógios de alta precisão pretende estudar a fiabilidade da sua produção.Segundo o diretor da secção de controlo de qualidade, um relógio considera-se fiável se o erroregistado após um mês de funcionamento for inferior a 1 segundo. É escolhida uma amostraaleatória de 10 relógios. Ao fim de um mês, estes relógios são confrontados com um relógiopadrão e o seu erro é registado.
  3. 3. Agrupamento de Escolas da Quinta do Conde ESCOLA BÁSICA INTEGRADA DA QUINTA DO CONDE CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS – NÍVEL SECUNDÁRIO 2011/2012 SOCIEDADE, TECNOLOGIA E CIÊNCIA Curso EFA – Nível Secundário Início em Setembro 2011 Erro em segundos >1 Entre 0,3 e < 0,3 0,7 Freq. 1 3 6 Absoluta Freq. 0,1 ou 10% 0,3 ou 30% 0,6 ou 60% Relativaa) Complete a tabela e comente os resultados obtidosb) Que regras deveria estabelecer para que a amostra fosse representativa do universo em estudo? Regras de observação e tentativas ao retirar de hora a hora um relogio. Aumentar o numero de ensaios dos relogios, comparar os relogios em estudo com mais de um relogio padrão. Fazer diferentes tipos de testes nos relogios em diferentes tipos de relogios de maquinazaçao, não estabelecendo um só padrao de aceitamento do material de forma a garantir que o material chegue aos consumidores com o minimo de problemas.

×