Dança Erudita

7.029 visualizações

Publicada em

Publicada em: Esportes
1 comentário
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Obrigado Duda ótimo trabalho, me ajudou bastante, bjs sua linda, te amoooooooo bb s2 s2 s2 s2 s2 s2 amor da minha vida, serio sem você eu não conseguiria fazer esse trabalho você é de mais !!!!
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.029
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
108
Comentários
1
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dança Erudita

  1. 1. A Dança  A dança é uma das três principais artes cênicas da Antiguidade. As danças eruditas eram dirigidas às camadas sociais instruídas e intelectualizadas. Possui uma coreografia baseada em música clássica de grandes compositores.
  2. 2. No Brasil “Giselle” em Lajedo - RS
  3. 3. •Balé Clássico; Contemporâneo. •Sapateado
  4. 4. Ballet (Balé) PRINCÍPIOS BÁSICOS: POSTURA ERETA ; USO DO EN DEHORS (ROTAÇÃO EXTERNA DOS MEMBROS INFERIORES); MOVIMENTOS CIRCULARES DOS MEMBROS SUPERIORES; VERTICALIDADE CORPORAL; DISCIPLINA; LEVEZA; HARMONIA E SIMETRIA.
  5. 5. Esse estilo de dança desenvolve a coordenação motora, a capacidade cardiorrespiratória, a força muscular, o equilíbrio, a impulsão e a flexibilidade. Mas quem pensa que os benefícios do balé clássico se resumem ao aspecto físico, não imagina as maravilhas que ele faz à alma. Exercitado através da música clássica, o balé desperta emoções, libera tensões e mobiliza sentimentos. Principais apresentações de balé: O Quebra Nozes Coppélia Don Quixote Giselle A Bela Adormecida
  6. 6. A Bela Adormecida
  7. 7. Coppelia
  8. 8. Giselle
  9. 9. O Quebra Nozes
  10. 10. Balé Clássico •Neste tipo de dança é muito exigida a técnica e a perícia do bailarino. •Usando simplesmente o corpo, eles conseguem expressar as mais variadas emoções e formam belas e harmoniosas expressões artísticas. •Como a técnica foi criada na França, até hoje são usadas palavras francesas para designar passos e posições do balé. •Na sua origem, uma busca pelo divino. Para alcança-lo, uso constante de saltos e de sapatilhas de pontas, movimentos que tentam contrariar a gravidade e alcançar o “Alto”. •Utilização de coreografias com narrativas lineares e com temáticas utópicas e/ou românticas.
  11. 11. Balé Contemporâneo ou Balé Moderno •É uma forma de dança influenciada pelo balé clássico e pela dança moderna. • Este tipo de dança permite uma maior amplitude de movimentos que não são comuns nas escolas tradicionais de balé. •Neste estilo de dança a coreografia começa a ter ideologias diferentes. •As roupas usadas no Balé Contemporâneo são geralmente colas e malhas, como em uma aula normal, para maior liberdade de movimento aos dançarinos.
  12. 12. Posições básicas do balé
  13. 13. Sapateado
  14. 14. Sapateado  Sapateado é um estilo de dança, originalmente irlandesa, na qual os dançarinos produzem sons sincopados, ritmados com os pés.  Sem registros históricos que possam precisar datas e locais, sabe-se muito pouco a respeito das origens do sapateado: algumas das suas primeiras manifestações datam de meados do século V. Posteriormente, desenvolveu-se a partir do período da primeira Revolução Industrial.  Por volta de 1800, os sapatos foram adaptados especialmente para esta dança.  Mais tarde, finas placas de pedra(taps) passaram a ser fixadas no lugar das moedas, o que aumentou ainda mais a qualidade do som
  15. 15. Alguns passos básicos do sapateado
  16. 16. Stamp – Ponha o seu pé inteiro (calcanhar e dedos ao mesmo tempo) no chão, colocando o peso do seu corpo sobre ele
  17. 17. Stomp – Igual ao passo anterior, mas sem colocar todo o peso do corpo sobre o pé.
  18. 18. Brush – Arraste a planta do pé pelo chão. Seu pé deve estar relaxado, o movimento vem da coxa. Pode ser feito para a frente e para trás.
  19. 19. Step – Ponha um pé no chão e deixe todo o peso do corpo recair sobre esse pé, levantando o outro pé se quiser.
  20. 20. Benefícios da Prática do Sapateado •Desenvolve o ritmo e musicalidade; •Melhora da coordenação motora; •Trabalha a autoestima; •Desenvolve o tônus muscular.

×