Filipenses (Estudo 1)

1.819 visualizações

Publicada em

Estudo Bíblico em PowerPoint

Publicada em: Espiritual
  • Seja o primeiro a comentar

Filipenses (Estudo 1)

  1. 1. FilipensesFilipenses Introdução e Panorama Carta de Paulo aos
  2. 2. Filipos era a capital da província romana chamada Macedônia, localizada em território que hoje pertence à Grécia. Seu nome significa "pertencente a Filipe". A cidade foi fundada por Filipe, pai de Alexandre Magno, em 358 a.C. Era importante devido à sua localização junto à principal estrada que cortava a Macedônia no sentido leste-oeste, servindo de caminho entre a Ásia e Roma. Além disso, a cidade possuía minas de ouro e prata
  3. 3. O apóstolo Paulo visita Filipos pela primeira vez, por ocasião de sua Segunda viagem missionária, como descrito em Atos 16. A visão que Paulo teve em Trôade, era Deus convocando o apóstolo a passar ao continente europeu, dando-se ali, em Filipos, as primeiras conversões na Europa e, por isso, Filipos tem sido chamada o "berço do cristianismo europeu”
  4. 4. Rio da cidade de Filipos
  5. 5. Ruínas da cidade de Filipos
  6. 6. Prisão em Filipos
  7. 7. 1º) Quem foi o autor da carta? O apóstolo Paulo, corajoso missionário, ilustrado mestre, articulado apologista cristão e fundador da igreja de Filipos, é o remetente da carta.
  8. 8. 2º) Onde e quando a carta foi escrita? Essa é uma carta da prisão. Paulo esteve preso três vezes: Em Filipos (At 16.23) Em Jerusalém e Cesaréia (At 21.27–23.31) E finalmente em Roma (At 28.30,31) De onde escreveu a carta aos Filipenses (61 d.C.)
  9. 9. 3º) Por que Paulo escreveu esta carta? Paulo escreveu a Carta aos Filipenses com dois propósitos em mente: a) Para agradecer à igreja de Filipos sua generosidade. b) Para alertar a igreja sobre os perigos que estava enfrentando.
  10. 10. a) Para agradecer à igreja de Filipos sua generosidade. •Essa igreja foi a única que se associou a Paulo desde o início para sustentá-lo (4.15). •Enquanto Paulo esteve em Tessalônica, eles enviaram sustento para ele duas vezes (4.16). •Enquanto Paulo esteve em Corinto, a igreja de Filipos o socorreu financeiramente (2Co 11.8,9). •Quando Paulo esteve preso em Roma, a igreja de Filipos enviou a ele Epafrodito com donativos e para lhe prestar assistência na prisão (4.18). •Quando Paulo foi para Jerusalém depois da sua terceira viagem missionária, aquela igreja levantou ofertas generosas e sacrificais para atender os pobres da Judéia (2Co 8.1-5).
  11. 11. b) Para alertar a igreja sobre os perigos que estava enfrentando. A igreja de Filipos enfrentava dois sérios problemas: um interno e outro externo: 1º) Primeiro Perigo: A quebra da comunhão. A desunião dos crentes era um pecado que atacava o coração da igreja. Era uma arma destruidora que estava roubando a eficácia da igreja diante do mundo. •Presunção e Partidarismo (2.3) •Vaidosa superioridade (2.3) •Egoísmo (2.4) •Reclamação (2.14)
  12. 12.  Para alertar a igreja sobre os perigos que estava enfrentando. 1º) Primeiro Perigo: A quebra da comunhão. 2º) Segundo Perigo: A heresia doutrinária •A igreja estava sob ataque dos falsos mestres (3.2). •O judaísmo e o perfeccionismo atacavam a igreja. Eles se gloriavam na “carne”, se orgulhavam de suas vantagens, especialmente de seu conhecimento de Deus •A justiça deles era baseada na lei (3.9) ►Paulo os chama de adversários (1.28) ►Inimigos da cruz de Cristo (3.18)
  13. 13. FilipensesFilipenses Todas as quartas-feiras de setembro Carta de Paulo aos

×